terça-feira, 10 de abril de 2012

Justo, ainda que curto

Até ontem não tinha sido bom o Sporting de Sá Pinto. Tem ganho quando precisa realmente de ganhar, mas não havia sido bom. Defende com todos, mas sempre incapaz de sair para o contra ataque. Incapaz de ter a bola.

Ontem foi diferente. Talvez não se deva arriscar creditar todo o mérito ao Sporting e ao seu treinador. O Benfica foi o que é. O que havia sido contra o Sporting de Braga. E foi o mesmo Benfica da última derrota com o Sporting, na altura com Quique Flores ao comando. Quatro Quatro Dois clássico, e uma incrível incapacidade para garantir uma boa transição defensiva. São demasiados os jogadores que jogam à frente da linha da bola e a cada perda sobram por norma apenas quatro para defender (os centrais, Javi e um dos laterais). O Braga não goleou na Luz porque não teve Matias ou Izmailov a conduzir os ataques rápidos. O Sporting não goleou em Alvalade porque não tem Lima para finalizar as suas jogadas. E é assim que o Benfica vai sobrevivendo. Muito pela latente falta de qualidade aqui e ali de um ou outro jogador adversário. É bom não ter de ir ao Dragão nesta fase da época.

Curioso que Jesus tenha criticado de forma bastante acérrima os treinadores britânicos e de forma indirecta Quique Flores, mas que uns anos depois se tenha convertido ao sistema táctico de quem tanto criticava, mesmo que consiga na sua dinâmica ter uma boa relação entre linhas. Pelas suas ideias (Javi) e pelas ideias dos seus melhores jogadores (Aimar e Saviola).

E é muito pela péssima resposta táctica do Benfica que se condiciona um pouco a análise às virtudes leoninas. Defendeu junto o Sporting, com alma, coração e cabeça. Soube aceitar e perceber que o domínio do Benfica o favorecia. E soube sempre que mais tarde ou mais cedo o adversário se haveria de descompensar. Soube esperar e teve na classe de Matias quem conduzisse os mortíferos contra-ataques. 

Era um jogo de paciência para o Sporting. Sá Pinto foi capaz de incutir essa mesma necessidade de saber esperar, e o jogo tornou-se muito mais fácil para o Sporting que para o Benfica. Mais fácil porque quando atacava encontrava situações de 3 ou 4x 4 ou 5 com meio campo para correr. Mais fácil porque quando defendia as situações eram de 6,7 x 9,10, em apenas meio campo. 

Jogo bastante semelhante ao Benfica x Braga onde o Benfica também havia sido subjugado ao longo de quase toda a partida. Por incapacidade individual não ganharam uns e não golearam outros.

Notas Individuais.

Matias. Melhor jogo do chileno em Portugal. Classe, classe e mais classe. Cada ataque por si conduzido parecia ser bola de golo. As suas simulações, o seu toque de bola, as suas decisões. Matias foi o homem do jogo, numa exibição verdadeiramente soberba.

Izmailov. Sabe quando progredir e quando soltar. Defende com tudo, sempre concentrado no jogo. Umas vezes mais sacrifício que inspiração, mas o russo é fantástico. É um jogador inteiro. Técnica, táctica (a ocupar e a decidir) e fisicamente, quando apto.

Elias. É certo que o adversário quando usa em simultâneo Cardozo e Rodrigo perde qualidade entre sectores. Todavia, Elias fez um jogo muito interessante. Sempre rapidíssimo a pegar em quem recebia a bola na sua zona, não permitiu nem por um instante que o Benfica trocasse a bola à frente dos dois centrais, que salvo as coberturas que foram obrigados a dar aos laterais puderam ter um jogo descansado.



45 comentários:

Anónimo disse...

bom texto, pb.

deixo ligação para uma entrevista que és capaz de achar interessante: http://www.martiperarnau.com/2012/04/vitor-frade-el-padre-de-la-periodizacion-tactica/

Anónimo disse...

Só tenho a comentar o seguinte: Saviola o melhor?! Por favor tenham olhos na cara!

PB disse...

http://www.zerozero.pt/jogador.php?id=773&op=zoomstats&tpstats=club

DC disse...

Concordo com quase tudo. Matias realmente é fabuloso, é o único jogador do Sporting que queria no Porto (talvez Izmailov mas aquele joelho não dá confiança).
Ontem o Sporting impressionou-me na fase de construção, Matias é soberbo e Elias e Izmailov acompanharam-no bem.
Capel é um idiota que não levanta a cabeça, só estraga jogo ao Sporting. Com ele o Sporting só perde!
Wolfswinkel, muito bem nos apoios e péssimo, mesmo muito muito mau na finalização. Está no limiar entre ser um Postiga ou um avançado a sério, se não melhora a finalização só pára no Zaragoza.
A defesa do Sporting, com excepção do Insua, é das coisas mais lamentáveis que me lembro de ver! Como é possível por tanta vez o Polga e o Xandão abordarem a mesma bola? Como é possível passes áereos de área a área serem recebidos calmamente por jogadores do Benfica sem haver um defesa do Sporting a interceptar ou no mínimo condicionar a recepção do benfiquista?

Quanto ao Benfica e ao JJ, parece que finalmente começas a mudar a opinião. Quando vi o Benfica-Chelsea disse para mim: "olha está ali a razão do título do Benfica, chama-se Ramires". JJ lê mal o jogo, esgota fisicamente os jogadores e não tem um plano B. Há quanto tempo é que o futebol do Benfica vive de bolas paradas? Quantas vezes entrou o Benfica de bola corrida na área do Sporting? Péssimo!

Ah e Javi Garcia? Nem para suplente do suplente do Fernando!

PB disse...

Não DC, não fui eu q mudei! Podia ter sido, já aconteceu muitas vezes, mas neste caso não fui eu q mudei. Foi mm o JJ q nc jogou em 442 classico ate ao ano passado.

No.Worries disse...

Boa! Que giro que é viver no "país do faz-de-conta"! Faz de conta que não há um penalty flagrante sobre o Gaitan ainda não estava decorrido um minuto de jogo (deve ser um recorde), faz de conta que não há um penalty flagrante por puxão ao Luisão com o àrbitro a assitir, faz de conta que não foram perdoados 3 ou 4 cartões a jogadores do botafogo, 2 deles (o pereira e o holandês que nem sei o nome) nem sequer acabavam a 1ª parte. Faz de conta que isto não tem influência. Agora os incendiàrios complexados têm todos os motivos para estarem contentes, com uma super equipa daquelas (lol, até o leiria e o feirense se lhes perdoassem 2 penalties em 45 minutos estavam fora da linha de àgua)... só é chato estarem em 4º lugar, mas o que isso interessa, se a vitoria de ontem foi festejada como se estiveseem no 1º?!?
Só gostava era que me explicasses, PB, se com outro treinador e/ou com outra táctica se era marcado o penalty sobre o Rodrigo em guimarães, se eram marcados os penalties em Coimbra, se era marcada a falta sobre o Witsel que antecedeu o 2º golo do clubeco regional de andrades corruptos, e se era anulado no mesmo jogo o golo da vitoria onde só (!) estavam 2 jogadores em fora de jogo, se o Aimar não seria o unico jogador deste campeonato a levar 2 jogos de castigo pelo vermelho direto (sem ser reincidente), além, claro dos penalties de ontem. Como não acredito em treinadores que ganhem campeonatos a jogar sempre contra 14, deixa lá o Jesus e a sua táctica que ninguém conseguia fazer melhor como técnico do Benfica neste futebolzinho...

DC disse...

E que achaste da defesa do Sporting? Eu sou um leigo, gosto sempre de ouvir a tua opinião mais fundada :)

PB disse...

é fraquinha DC. fraquinha... Dos centrais todos o único com valor para ser campeão é o Carriço... O golo do Metalist espelha o q disseste.

Se pudesse decidir as contratações da próxima época, era rapidamente pelo menos um central,se possível 2, e um avançado. O Ricky é inúmeras vezes pior que o Postiga...

O Bandido disse...

No Worries, por mais que te possas queixar da arbitragem, devias admitir que o Benfica jogou zero.. deves ser daqueles que fica contente com uma Taça da Liga, ganha juizo puto! Continua a apoiar o Vieira, o Fernando Gomes e etc etc.

SportingSempre disse...

DC: o Matias era o unico que querias do SCP no porto?! hahahha, essa teve graça, porque Rinaudo, Schaars, Elias ou mesmo RICKY (esta é pa ti PB, A UNICA SEMELHANÇA POSSIVEL COM POSTIGA É FALHAR GOLOS, É MELHOR EM TUDO O RESTO), e muitos outros não teriam lá lugar nem nada?!

EXEMPLO: QUANTO O montinho de esterco jogava no SCP nunca ouvi rivais elogiar, HOJE É O MELHOR JOGADOR DO PLANTEL do porto depois de Hulk, que é de um nivel superior ao futebol português.

o Sporting precisa de um grande central e de um grande ponta de lança APENAS E TEM UM PLANTEL AO NIVEL DOS VOSSOS DOIS CLUBES FACILMENTE, E CUSTANDO METADE.

MM disse...

PB,
E os centrais do Sporting tiveram nos últimos 2 jogos a benesse de Schaars / Martins na Ucrânia e Schaars / Elias ontem, precavendo muita coisinha má que de outro modo iria bater à sua porta. De duas formas: no jogo que não perdem (e uma palavra muito especial também para Insua, ontem, entregando a bola sempre sempre jogável aos homens da frente, dos melhores jogos do Argentino pelo Sporting) e no que defendem obrigando o SLB a sair do meio do campo. É alguma coisa que o Daniel Carriço possa fazer? Não, porque é central, e um central não tem por norma as "vistas largas" de jogadores como os 4 falados. PB até na postura do adversário, com tudo o que o "ambiente" da partida pode influenciar na seguinte percepção: Witsel pareceu encolhido. Já o Javi estava simplesmente alheado do jogo. Aquela equipa do SLB sem o Aimar é um conjunto agradável mas (mais) facilmente desarmável, porque não jogar com o Bruno César ao meio quando o Brasileiro não se esconde do jogo e dificilmente perde a bola?

PB o teu texto responde a muita coisa e deixa-me preocupado para os jogos com os Espanhóis. Bielsa pode ser o melhor treinador do mundo mas nem o Bielsa pode operar o milagre de dotar um jogador de qualidades (com bola) que à partida não possui. Mecanicamente podem ser muito fortes (não sei se são) mas as peças não serão em tese melhores do que as nossas (é o AC Bilbao, não é por exemplo o Villareal de há 2 ou 3 anos que tinha o Riquelme e o Fórlan. Muda tudo, vide por exemplo meia-final da Liga Europa o ano transacto - não digo que o FCP não passasse pelo submarino amarelo das épocas anteriores mas seria muito muito mais difícil).

O ponto aqui é (para além da já recorrente conversa de trampa do lampião de serviço que em vez de futebol consome certamente arbitragens, ele e outros):

É expectável que o Bielsa vá para cima do Sporting? Não acredito, e por isso das duas uma: ou vamos nós para cima deles [e o Izmailov e o Matías não terão o espaço que tiveram ontem e por isso não repetirão as exibições (ainda que possam ser de igual modo muito boas, mas de género diferente)] ou somos cautelosos e teremos uma reedição daquilo que durante 65 minutos vimos em Alvalade com o Metalist - uma partida dividida onde ninguém parecerá querer jogar.

PB é um dilema. O Sporting jogou bem com a bola, ontem, resta saber se conseguirá faze-lo com a bola, do mesmo modo, mas sem o espaço ... (e aqui temos de olhar para o que fazemos nos jogos de campeonato que vamos fazendo, ou o jogo que por exemplo fizemos em Kharkiv).

Seja como for somos competentes e temos um treinador competente, mais do que competente, Sá Pinto tem como técnico o 'flair' que tinha como jogador, o mesmo presente em futebolistas como Matías, Izmailov, Elias, Martins, e até num plano inferior a estes o João Pereira, Insua (menos que o lateral contrário) e claro, o Ás: Capel, Ás não porque seja melhor do que os demais (não é) mas porque é uma carta que não se sabe quando aparece.

Somos o Sporting, somos bons, temos como dizes coração, somos felizmente puros (com agrado, porque só nos faz mais fortes) e muito importante PB: temos-te a ti, a ti e toda a camada invísivel que faz do clube aquilo que é, e por arrasto, a sua equipa.
Ruge criatura felina, ruge porque o momento está aí para ser agarrado.
Um gigante abraço e um dia excelente pela frente PB.

SportingSempre disse...

já agora um PS:

com blocos altos, baixos ou medios, foi esta defesa e estes centrais que permitiram 4 OU 5 OPORTUNIDADES DE GOLO AO CITY EM 2 JOGOS (quando o porto permitiu cerca de 15) e uma ao benfica enquanto os brilhantes rolandos das antas levaram 7 golos do slb em 3 jogos.

factos são isso mesmo, permitem desmontar argumentos de quem tem a equipa mais cara da historia do futebol português e já foi eliminado em todas as provas menos a que o slb se deixou perder.

Jorge disse...

PB:

So tenho visto alguns highlights do Ricky, mas mesmo assim surpreende-me que o aches pior ponta-de-lance que o Postiga.
Acho o Postiga pouco incisivo mas principalmente nao me parece ter boa tecnica de remate, e pelo que vi do Ricky, apesar de ontem ter falhado tres ocasioes claras de golo uma delas devido a uma ma recepcao sem pressao o que e imperdoavel, parece-me que tem melhor tecnica de remate, tanto de cabeca como com os pes, que o Postiga e movimenta-se melhor dentro da area.

MM disse...

PB e já agora só uma coisinha pequena: vê o lance que na 1ª parte o Cardozo falha. Difícil, claro, e eu sou um fã do Paraguaio não digo isto para dasvalorizá-lo. Mas vendo o lance mete-o ao lado da jogada do Wolfswinkel na Ucrânia (e já agora o cruzamento, foi justamente nesse sentido que usei o termo "Ás"): o Cardozo está menos enquadrado é um facto, muito menos enquadrado, mas não devíamos exigir (eu não, mas os adeptos do SLB) que tivesse feito melhor? O gesto técnico está lá claro e a bola se vai à baliza é golo (milhares fez o Jardel daquele tão "natural" jeito) mas bom: o Wolfswinkel joga com o coração PB, e meteu-a lá dentro. Os 2 gestos técnicos são iguais, ou seriam iguais caso o do Cardozo tivesse entrado. Sintonia, e é também por isso que o Lobo vai falhando. É menos cientista. O Cardozo é mais Alemão, é um cirurgião. O Wolfswinkel não tem por isso a sua habilidade, mas tem o coração, sintoniza-se com o momento e joga de forma mais natural. Até a postura dos 2 o mostra: o nosso ri-se, entusiasma-se, entristece-se, tem um coração muito puro; já o Cardozo falha e sente vontade de agredir os adversários ou marcando sente vontade de insultar o seu próprio público.

MM disse...

Falo do bom lance de cabeça que o Cardozo atirou muito ao lado da baliza do Sporting. A bola passou longe mas naqueles lances a diferença entre o atirar muito ao lado ou mete-la na baliza é muito pequena. Fosse o Cardozo um jogador mais límpido (ou tivesse no seu clube quem didacticamente lhe cultivasse formas mais gentis de encarar a vida) e teria sido golo.

Vamos sempre parar ao mesmo: o SLB não é uma instituição talhada para vencer - porque é má. É por isso, e os jogadores da sua equipa sofrem muito com isso, infelizmente. Mesmo os bons (Saviola é um entre muitos).

MM disse...

PB e perdoa por favor a sequência de comentários mas só mesmo para terminar: não foi o Jorge Jesus que mudou. Teve azar em ter ido ali parar. Mudaram-no, que é coisa diferente. Opinião pessoal, claro.

Mourinho percebeu-o a tempo, em 2002. Só para que fique registado.

Rui Monteiro disse...

Caro PB,

Podemos estar aqui os próximos dias a discutir os probelmas do Wolfswinkel. Agora, pior do que o Postiga não é. Antes de mais por uma simples razão: ninguém é pior do que o Postiga. Gostava que o Benfica procurasse demonstrar o contrário (deve estar barato). O Sporting e o Porto (e uns outros tantos clubes) já tiveram a sua dose.

Um abraço

MM disse...

Este lance, 38' da primeira parte, dos 2 ou 3 capitais (que podem mudar o rumo duma partida) ao longo do jogo:

http://www.sporting.pt/Multimedia/Videos/videos.asp#/video?12942

Fosse o Cardozo jogador do Sporting e esta bola teria entrado. A execução está toda lá - é um jogador fantástico, mas faltou-lhe a pureza, o enquadramento filosófico ou fresco sopro fundamental.

É uma pena porque o Cardozo é jogador de selecção Alemã - melhor que o Bierhoff, como exemplo.

DC disse...

ò SportingSempre, não precisas de escrever em capslock que eu vejo bem.
Sim era o único. Izmailov tem o problema das lesões senão também queria.
De resto Moutinho é superior a Elias e Fernando é muito (mas mesmo muito) superior ao Rinaudo. Seriam bons suplentes, mas estava a pensar em jogadores para serem titulares no Porto e Matias para mim seria o único com condições para isso.

Quanto ao Ricky, o Porto precisa dum ponta-de-lança mas não é certamente um do nível do Ricky. Para isso dava-se uma oportunidade ao Thibault Vion que me parece ter muito futuro.

E, apesar de tu teres tomado quase como um insulto esta minha opinião, não deixa de ser uma opinião e nem sequer é pejorativa. O Sporting tem no plantel 4 ou 5 muito bons jogadores (Matias, Izmailov, Elias, Insua e talvez Rinaudo) e depois tem muitos medianos, uns com potencial outros com menos. É uma evidência que nem sequer pode ser colocada em causa face aos resultados, tanto com Domingos como Sá Pinto.
Schaars por exemplo que referes, não está sequer na mesma liga de Moutinho, Fernando, Lucho ou Witsel. Já o Ricky que tanto pareces apreciar, tira-lhe os golos de penalti vê com quantos fica, vê o número de minutos que jogou e depois compara com o Kléber do Porto. Sim, eu sei que um ponta de lança não se analisa com base nos golos mas ele não é propriamente fabuloso nas outras vertentes do jogo... E atenção que eu detesto o Kléber!

Pinto disse...

So? Nao foram mais penalties? Eu vi 437 e 23 golos mal anulados

Pinto disse...

Eu concordo com ele e nem seria titular. Dos que disseste nenhum cabe no meio campo do Porto que é de top. E o Ricky que ate podia aproveitar a pior posicao do nosso 11, consegue ser tao fraquinho como os nossos. Para mim nao e grande pistola.

SportingSempre disse...

eu apresentei factos, tu apresentas "este é melhor que aquele".

repito, o montinho é considerado o 2º melhor jogador da tua equipa, acorda! há varios jogadores do Sporting com lugar no onze do porto.

VARIOS, a começar pelo guarda redes e lateral direito (e talvez esquerdo apesar de Palito ser muito bom) a acabar no ponta de lança, passando por medios internacionais argentinos, holandeses e brasileiros, selecções em que montinho, fernando, defour ou lucho (de hoje em dia) não cheiram nem cheiravam.

Pinto disse...

Tambem estamos muito abaixo das nossas capacidades porque o treinador e mt fraco e ha/havia mts amuados na equipa, nao viste o Alvaro Pereira em Braga? O Rolando tbm foi encostado

Anónimo disse...

9 jogos depois, o ccp do jaime pacheco lá ganhou ao Benfica, mas foi porque as regras mudaram, os penaltis dão lugar a cantos, as jogadas de raguebi são perfeitamente legais no futebol, mesmo sendo quartos na classificação, a ganharem a metalist's e a não a moreirense's b's, são assim os melhores do mundo!

Pinto disse...

E o Rui Patricio tmb DC, o Carrillo pode vir a entrar no lote

Gonçalo Correia disse...

Lá vem o Noworries com os seus comentários tão perspicazes.

Não deixa ainda assim de ser cómico ver benfiquistas a falar de arbitragens.

Falta só ver o Pinto da Costa queixar-se dos "heróis" para o prato ficar completo.

Quanto ao post, que é o que verdadeiramente interessa, concordo.

O Sporting percebeu que o Benfica tem qualidade, que o Benfica precisava de ganhar e que tem algumas ausências importantes (Onyewu, Rodriguez, Pereirinha, Rinaudo, Jeffren...; e do lados deles, Aimar e Saviola, que se estivessem obrigariam a outra abordagem).

E foi, dentro de um estilo pragmático, muito mais equipa que o Benfica (não fosse o Artur, as finalizações do Wolfswinkel e o poste, e tinha dado goleada...).

Claro que este Sporting, exactamente como jogou, dificilmente vence o campeonato.

Ainda assim, é importante perceber que este não é a ideia de jogo do RSP, mas antes aquilo a que o actual momento indicava ser o mais correcto.

E, claro, a organização defensiva e a qualidade de algumas combinações atacantes (não apenas no contra-ataque... houve alguns momentos interessantes de trocas de bola no meio-campo defensivo do Benfica, com linhas de passe constantes dadas ao portador) são de enaltecer!

Estou contente pelos desempenhos presentes, e entusiasmado pelo Sporting futuro.

PB,

Quanto aos centrais, o Xandão tem melhorado (só lhe falta nalguns desarmes evitar o chutão para tentar dar mais sequência à posse de bola... mas pode vir a ser um back-up razoavelmente bom, como o Jardel), o Onyewu beneficiaria em jogar com um Carriço ao lado (só tem um defeito, mas que não é de somenos importância... qualidade nos gestos técnicos - recepção e passe, claro), e um Nuno Reis - ou até um Pedro Mendes... - vinham compor bem o plantel.

Não é assim tao fácil arranjar, a baixo custo, centrais a actuar na Europa com mais qualidade actual que estes...

Em relação ao Wolfswinkel, discordo do que dizes. É bom em quase todos os momentos do jogo.

Na finalização, esteve mal neste jogo com o Benfica, mas o seu desempenho, face ás oportunidades que tem tido, é globalmente positivo.

Eu não o trocava nem pelo Cardozo (pela idade, e pelo valor de activo que cada vez traduz menos para a Instituição Sport Lisboa...), nem pelo Rodrigo (faz-me lembrar o Rubio...), nem pelo Oliveira (uma mistura entre o Cardozo e o Rodrigo...).

Muito menos pelo Kléber ou, especialmente, pelo Janko.

Um avançado-centro que saiba baixar para dar apoio frontal, vir buscar a bola entre-linhas, que consiga manter a posse de bola em zonas ofensivas, que jogue bem de costas para a baliza (ele e forte nas 1ªs bolas) e que depois tenha uma eficácia tremenda na finalização é demasiado caro para o Sporting...

Gonçalo Correia disse...

Outro pormenor, que não é tão menor assim, PB...

Não sei se viste a entrevista do Onyewu ao Ojogo.

Genial!

Profissional impecável, sentido de grupo tremendo.

Honestidade.

Também ajuda (ao grupo, claro).

Bcool973 disse...

O que faz uma vitória. Acordem para a vida, um candidato ao título não pode passar um campeonato inteiro a dar a iniciativa de jogo ao adversário, consegue-o fazer em 6 ou 8 jogos, mas nos outros 22 tem que assumir o jogo e o sporting sempre que teve que assumir o jogo tiveram péssimas exibições.
Ontem ganharam bem, não vou discutir o penalty no primeiro minuto que era óbvio e mudava o jogo caso fosse concretizado, porque acho que o Benfica devia ter feito muito mais durante o jogo.
Mas a equipa está esgotada anímica e fisicamente como nos 2 anos anteriores nesta altura da época.
Jesus gere mal os jogadores, só usa Matic, Capdevilla quando não tem alternativas. Nolito passou incompreensivelmente à categoria de jogador dos últimos 20 ou 30 minutos.
Sinceramente, o Benfica perdeu o jogo, porque com a derrota em Londres acabou toda a motivação para os jogadores.
Jesus não dá para mais, é agradecer-lhe e mandá-lo para o porto como ele tanto deseja (de preferência sem indemnização). Com ele pode ir LFV e talvez o Benfica possa começar a ganhar campeonatos numa base regular.
Parabéns ao Sporting, mas não transformem esta vitória em mais do que ela é, mais do que a vossa vitória, foi a nossa derrota, Jesus perdeu o jogo por tudo aquilo que fez, ou não fez, durante a época

Anónimo disse...

MM, o Benfica não é uma instituição talhada para vencer...
E o Sporting Club Portugal é o quê?

Será que são os dois clubes do Norte, os das bolas de golfe, das pedradas nos autocarros, do pontapear e dar murros a stewards e bancos e túneis, será que é dessa cultura vencedora que falas?

Quanto ao jogo, nada a dizer. Uma das embarcações tinha capitão ao leme, a outra é como se não tivesse.

Muito interessante vai ser o embate com o Athletic.

-qua

Berrante De Encarnado disse...

Porque será que tenho a ligeira sensação de que este texto seria exactamente igual, mas com os elogios e criticas ao contrário, caso aquele penálti assombroso tem sido assinalado e convertido como o penálti forçado do sporting foi?

Deve ser só sensação minha.

Cumprimentos Benfiquistas

DC disse...

Sportingsempre, é a tua opinião, eu mantenho a minha. Já quanto á conversa dos internacionais, o Bolatti era internacional argentino e o Kléber é internacional brasileiro. O Lucho se calhar tem menos internacionalizações que o Rinaudo, não é isso que define se é melhor ou pior. Por exemplo, o nosso melhor central esta época, Maicon, é o único dos 4 que não é internacional.

Pinto, Matias porque Lucho está de rastos e obviamente porque respira classe.
Quanto ao Patrício ontem eu "fui sportinguista" e só posso dizer que o Patrício me deu muito mais calafrios do que o Hélton. Aliás o único lance de verdadeiro perigo do Benfica é causado por ele numa saída completamente idiota da baliza. Tem potencial mas para já o Hélton para mim é melhor.

PB disse...

Berrante, essa critica feita a mim n é justa. Tanto q isto n vai só pelo resultado q a cronica é qs igual à do jogo do Braga

Tsubasa disse...

Obviamente concordo com o texto, já concordava falaste do mesmo tema no jogo Benfica-Braga. Sobre este post quero apenas quero deixar duas notas:

- Penso que o Benfica em 4x4x2 perde mais nas transições ofensivas do que propriamente nas defensivas.
Considero Aimar um jogador incrível e até acho que muitas vezes se desgasta demais em processos defensivos (corrigindo a tal loucura do JJ) quando a sua função deveria passar quase exclusivamente por dar criatividade à equipa. Mas o que mais me espanta, é que na sua ausência a solução é mudar de sistema e colocar mais avançado, sem que a equipa tenha quaisquer processos ofensivos assimilados. Se o adversário tiver um meio-campo forte ou baixar o bloco (e o Sporting neste caso teve os dois casos) a equipa não sabe atacar. É o "joga no Nélson" que inventou o Vitto no Cabelo..
Na 1a parte foi gritante esta falta de soluções de saída. Eu pensei que a solução do JJ pós-intervalo seria passar por jogar directo!! Na segunda parte melhorou, mas sempre com muita dificuldade, porque esperam apenas que Witsel pegue e faça um pouco de Aimar.

-Por último não concordo nada com o descrédito dado a Ricky van Wolfswinkel. Penso que tem de melhorar a finalização, mas considero que pontas de lança que fazem o trabalho que ele faz, têm alguma desculpa e só com o tempo aprendem a participar activamente no jogo e depois ter a frieza de finalizar nas oportunidades que dispõem.
Alem de recuperar bolas e tabelar diversas vezes com os companheiros, o Ricky corre muito para obter oportunidades (como no lance do penalty ou com o Garay e outros tantos), coisa que o Cardozo não faz..
Comparando com Kléber (que até é um jogador em quem vejo mais qualidade do que a critica geral lhe atribui), o Ricky faz muito mais pela equipa e está, em época de estreia, a responder com um número apreciável de golos e alguns bons como contra o Metalist.
Como já disse, penso que vai crescer, a maturidade dar-lhe-à a frieza frente à baliza para concretizar mais as muitas oportunidades que cria (para um avançado deste Sporting, que joga sozinho na frente).


Um P.S.- não creio que Insúa seja assim tão bom..

Pinto disse...

SportingSempre

O Lucho com a idade do Rinaudo (que tem 4 intern.) na selecção:
http://www.zerozero.pt/jogador.php?edicao_id=471&id=6547&op=zoomstats&tpstats=national
O Defour é belga e suplente no Porto. O Moutinho é de longe melhor que qualquer um dos que sugeres implicitamente (coitado do Schaars). Não é titularissimo da selecção tambem? Seria titularíssimo na Holanda... por amor de Deus... qual Van Bommel, Strootman ou De Jong...
O Fernando não vai à selecção porque agrediu um arbitro nos sub20 e por interesses de empresarios. É bem melhor que o Elias (apesar de nem sequer serem o mesmo tipo de jogador).
O João Pereira é um enterra, prefiro o Sapu mas se isso é subjectivo temos o Danilo agora;
O Helton há muitos anos que é o melhor GR em Portugal; obviamente que a longo prazo ou até médio passará a ser o Rui Patricio pq o Helton nao dura para sempre.

O Wolfwinkel admito que jogaria a titular no Porto neste momento. Mas olha que isso não diz muito da qualidade dele, até o Yazalde era titular.

Pinto disse...

SportingSempre

O Lucho com a idade do Rinaudo (que tem 4 intern.) na selecção:
http://www.zerozero.pt/jogador.php?edicao_id=471&id=6547&op=zoomstats&tpstats=national
O Defour é belga e suplente no Porto. O Moutinho é de longe melhor que qualquer um dos que sugeres implicitamente (coitado do Schaars). Não é titularissimo da selecção tambem? Seria titularíssimo na Holanda... por amor de Deus... qual Van Bommel, Strootman ou De Jong...
O Fernando não vai à selecção porque agrediu um arbitro nos sub20 e por interesses de empresarios. É bem melhor que o Elias (apesar de nem sequer serem o mesmo tipo de jogador).
O João Pereira é um enterra, prefiro o Sapu mas se isso é subjectivo temos o Danilo agora;
O Helton há muitos anos que é o melhor GR em Portugal; obviamente que a longo prazo ou até médio passará a ser o Rui Patricio pq o Helton nao dura para sempre.

O Wolfwinkel admito que jogaria a titular no Porto neste momento. Mas olha que isso não diz muito da qualidade dele, até o Yazalde era titular.

SportingSempre disse...

Pinto, wrong...

tivemos o montinho durante muitos anos e qualquer um de Shaars, Rinaudo, Elias, Izma ou Matias é melhor.

o Fernando é um excelente trinco mas simplesmente não é melhor que nunhum dos primeiros 3 acima descritos, e ESTÁ PARTICULARMENTE A KILOMETROS DE DISTÂNCIA DE ELIAS, QUE FAZ TUDO O QUE FERNANDO PRODUZ EM PROCESSO DEFENSIVO E AINDA JÁ ESQUECEU O QUE FERNANDO NUNCA SOUBE COM A BOLA NO PÉ.

Anónimo disse...

Dois breves pontos sobre o jogo:

1- O Sporting não jogou mais que o Paços de Ferreira contra o Benfica, e a eficácia do Sporting até foi menor já que marcou de penalti.

2- O que não se diria neste País se fosse o Benfica a ganhar assim contra o Sporting ou seja de penalti duvidoso e um penalti contra por marcar ou dois dependendo da cor de cada um e a ficar com quatro pontos de vantagem sobre o segundo classificado o Porto.

Benfiquista de Baguim

EK disse...

PB gostava de saber a tua opinião sobre quem deveria subsituir Jesus no Benfica. Com o homem, está claro que não vamos lá.

Gonçalo Correia disse...

Pinto,

O Rui Patrício seria logicamente titular no Porto (mais que não seja por ser um jovem o que, adicionado à sua qualidade, o torna um activo fundamental - o Sporting, ao contrário do Porto, nunca terá problemas em substituir o seu guarda-redes, porque só o fará mediante um valor que lhe permitirá manter a qualidade na posição, por exemplo).

O João Pereira, com todos os defeitos que tem na posição (e eu acho que são bastantes, e espero que seja vendido este Verão), também seria titular no Porto (engraçado que fale no Danilo... que é bem inferior, pelo menos neste momento; o Sapunaru é uma autêntica nulidade nos momentos ofensivos).

O Daniel Carriço, para o centro da defesa, também o seria (faltou-lhe, a um dado momento, a continuidade que o Rolando, que é um defesa de qualidade bastante inferior - e ainda assim é de há muito proclamado "líder" do sector -; porque a qualidade do Daniel supera a sua).

Veremos quanto ao Rinaudo e ao Fernando... acho este último tremendo do ponto de vista defensiva (e mais maduro que o argentino), mas continuo a achar que nos momentos ofensivos é algo insuficiente...

Tenho dúvidas quanto ao Matías e ao Lucho, pelas razões que apontei na disputa entre o Patrício e o Helton...

O Marat Izmailov seria titular em qualquer equipa nacional. Do meio-campo para a frente, é o segundo melhor jogador da Liga, a seguir ao Aimar...

O Wolfswinkel também o seria - é melhor que o Kléber (que eu gosto; e que é bastante elogiado aqui pelo LE), e muito melhor que o Janko.

Bem vistas as coisas, a qualidade individual não difere assim tanto.

Especialmente se tivermos em conta que não são titulares jogadores como o Marcelo Boeck, o Pereirinha, o próprio Carriço não o é, o André Martins, o Carrillo... E ainda há o Onyewu (peca na saída da bola), os habitualmente lesionados Rodriguez (não o fosse, e estivesse aí por cima, também seria titular), Jeffren...

O Sporting tem um plantel perfeitamente capaz de discutir o título. O Porto, também. O Benfica, também.

Foram outros factores, que não a qualidade dos jogadores, que impediram as 3 equipas de atingir o nível que poderiam (umas, mais que outras).

SL

Ribeiro disse...

Avisamos todos os leitores do blogue O LADO DO FUTEBOL QUE NUNCA VIRAM, que o nosso blogue passou para site e mudou também o nome para TOP FUTEBOL.
Vejam aqui: http://topfutebol.com/

Pedimos também a todos os nossos fãs da no facebook que a partir de agora sigam a nossa nova página.
Carreguem então em gosto na nova página e fiquem assim a par das últimas do futebol nacional e internacional. Veja ainda crónicas, análises tácticas e muito mais... http://www.facebook.com/sitetopfutebol

Pinto disse...

Sportingsempre, eiish nao fazes por menos, esses sao todos melhores que o Moutinho? Já agora o Andre Santos e o Martins nao? É pena nao irem à Champions então... Por amor de Deus olha para o que estas a escrever... Como é possivel tanta qualidade estar a lutar com o Maritimo?
O Elias É um 8, estamos para aqui a comparar a capacidade ofensiva para que, o Fernando e um trinco, qnd muito compara ao Ramires (que e bem melhor). Quem dera ao Elias ter a capacidade defensiva do Fernando (que dizes que Se equivale)

Pinto disse...

Goncalo,
Concordo na questao do GR, mas estavamos a falar de capacidade atual,
O Sapunaru so sobe pela certa mas se formos por ai o Joao Pereira é um desastre defensivo, tipo o David Luiz no seu tempo na Luz, uma grande fatia dos golos era por culpa sua, prefiro a mediania fiavel do Sapunaru (que vai sair este ano),
Sinceramente o Kleber foi uma desilusao, parece um menino atarantado em campo, veremos com outro treinador;
Por fim, Carriço: nao percebo. E o maior hype para mim. Querem fazer dele um Carvalho, o pessoal destes blogues adora-o mas eu nao o queria nem dado. Aproveitem o interesse do Sevilha... O melhor central do Porto será o Mangala...

Tsubasa disse...

Não gosto de me meter nestas discussões clubisticas..

Mas a todos os que dizem que o Fernando é muito insuficiente nas saídas ofensivas vão lá ver o golo do James Rodriguez no 2-3 na Luz.. (salvo erro)
Só não faz mais porque não é essa a sua missão e não acho que o Rinaudo tenha mostrado até agora argumentos assim tão superiores ofensivamente... (já que defensivamente nem se discute)

Pindrikaz disse...

NO WORRIES, MAS MUITA AZIA!!

SIGA O DESFILE!

SL

Gonçalo Correia disse...

Pinto,

O problema é que o Sapunaru, subindo apenas pela certa, ataca mal...

O Kléber não é mau jogador (é melhor que o Janko), mas, é pior que o Wolfswinkel.

Quanto ao Carriço, apesar de sempre ter jogado bem a central (esteve mal contra o Marítimo, e apenas nas bolas paradas), posso-lhe recomendar uma visualização?

O jogo com o Leiria. Jogou em parelha com o Tiago Ilori, lembro-me que o médio mais defensivo era Schaars.

Um exemplo, só.

Tsubasa,

Não é só clubística, mas também futebolística...

Esteve muito bem (mesmo!) nesse lance, mas na maioria, ofensivamente, parece-me razoável (no máximo...)

E também não acho o Rinaudo brilhante (em vários capítulos) - embora seja igualmente muito bom (o Fernando é-o...).