sexta-feira, 15 de junho de 2012

Greece x Czech Republic. Euro 2012

Muitas facilidades para a República Checa ao longo da primeira parte. Os gregos sempre a correr atrás do posicionamento adversário, incapazes de pressionar o portador da bola e a permitirem demasiado espaço para que este pudesse decidir. Plasil e Rosicky tiveram um jogo bem fácil. Sempre a receberem, após alguém desequilibrar os seus adversários directos, com tempo e espaço para optar.






A figura. Rosicky. Excelente a trabalhar para receber, e excelente a entregar a bola sempre jogável. O jogo proporcionava facilidades ao meio campo checo. Serviu inúmeras vezes o veloz Selassie e as entradas de Jiracek. Se "apertado" já faz a diferença, imagine com espaço para jogar.

1 comentário:

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Fernando Santos é um tótó.