segunda-feira, 18 de junho de 2012

Portugal x Holland. Second half. Euro 2012










A figura. Cristiano Ronaldo. Menos pressa dos portugueses em fazer a bola entrar logo na sua grande mais valia. Melhor Ronaldo também, a entregar aos colegas sempre que recebia ainda no meio campo defensivo, e pudemos assistir à melhor exibição individual do Euro 2012. A receber a bola em melhores situações, fruto também da desorganização adversária, Cristiano teve tempo e espaço para desequilibrar. E como desequilibrou! Dois golos, duas bolas no poste, e outros passes fantásticos. Foi nas suas asas que Portugal voou até aos quartos de final.


12 comentários:

Centro de Jogo disse...

Mais um grande post.

Interessante ver que os melhores períodos de Portugal são quando se deixa de pressas, e coloca a bola no chão, jogando uns com os outros, ou melhor "uns para os outros".

Impressionante também ver como a ocupação de espaços do Custódio é importante. Tem de jogar mais minutos se Portugal quiser ir mais longe.

Dás o exemplo de Pepe vs Bruno Alves na ocupação do espaço defensivo, tem muita importância o trabalho que têm nos seus clubes. O Zenit não trabalha da mesma maneira como o Real Madrid. Dai também as diferenças entre Coentrão e João Pereira (ainda que este último tenha estado melhor neste jogo com a Holanda) fechando mais perto do central quando há cruzamentos.

Os exemplos deste post vão dar mais argumentos para as críticas ao Nelson Oliveira já feitas no post anterior. O potêncial é tremendo. Ele percebe os timmings do apoio frontal tão bem quanto o Postiga. A diferença é que quando está perto da baliza.. "os graus de liberdade da sua tomada de decisão" diminuem drásticamente. Mesmo que não esteja nas melhores condições, a opção é sempre rematar.

O que diz muito sobre a sua personalidade. Em condições normais, um puto.. haveria de querer oferecer os golos muito mais do que arriscar, e já no Benfica ele toma o mesmo tipo de opções.. se tem um minimo de espaço.. é para a baliza, mesmo que tenha colegas em melhor opção. A imagem em que falas da Azia do Ronaldo é natural, tendo em conta que .. é muito mais fácil oferecer um golo, se o nosso colega também pensa dessa maneira.

O Potêncial está todo lá, desde que exista humildade para ouvir e melhorar, e que tenha bons treinadores e bom treino. Havia de passar obrigatóriamente 30 horas semanais só em exercícios de 4x4 na mesma equipa do Aimar+Saviola+Nolito... e estes terem liberdade de lhe dar na cabeça até que ele aprenda a jogar "uns para os outros".

Abraço,

Miguel P.

Anónimo disse...

Mais uma vez não é demais agradecer-te e congratular-te por este magnifico trabalho!

Fazes isto apenas dos melhores momentos, ou vês o jogo todo para o fazer?

Por curiosidade, fazes este trabalho profissionalmente para algum clube?

Grande abraço,
Sérgio

M. disse...

O Pepe tem me surpreendido bastante! Forte, vigoroso, rápido & etc já lhe conhecíamos, agora tem estado extraordinário em leitura e antecipação. Excelente.

Assim como o teu trabalho PB! Um jogo já não fica completo sem vir cá ver a análise:)

ricnog disse...

Maravilhoso trabalho....concordando quase com tudo.

- realçar primeira imagem: Veloso sempre muito mal na pressão e acompanhamento (minha opinião), deixando sempre muito soloto os jogadores no centro para receber, tentando sempre corrigir o seu mau posicionamento inicial, vi isso uma dezena de vezes

- ultima imagem, não achas que foi pelas referencias que Bruno Alves não corrigiu a possição de pepe? numa altura em que está com 3 centrais, acho que se atrapalham as referencias - acho péssima a decisão de PBento, que já é o segundo jogo que o faz. O jogo não estava a precisar de um 3 central, Portugal estava a sair perigosamente para o ataque. Não era mais viável tirar o Nani e entrar o Varela, ou o Quaresma? perdemos todas as referÊncias atacanetes daquele lado. Penso que não conseguimos tocar mais na bola...10 minutos de um pouco de sofrimento por uma decisão de "trapatoni".

Parabens por estes belos comentários PB

Tsubasa disse...

Fantástico Post!!

DC disse...

Não te pareceu a Holanda a equipa mais desorganizada do Euro? Não me lembro de ver uma equipa com tanto espaço entre os jogadores no meio-campo.
Acho que isso pode até ser prejudicial para Portugal, porque pelo menos nas meias-finais não acredito que tenhamos esse espaço todo para jogar.

PB disse...

Sérgio, vejo os jogos todos, mas n estou a conseguir acompanhar. Tenho já mts em atraso...

Sergio, trabalho para mais do que um clube, mas n faço isto. Ou melhor fiz mas só uma vez.

ricnog, independentemente do nº de centrais ou do sistema táctico, O B.Alves devia ter percebido a situação (no de jogadores atrás da linha da bola) e reagido como tal. Qd alguém sai o posicionamento nc pode ser igual e ele n deu nem um passinho para o lado

Joao disse...

PB,quero focar principalmente o Bruno Alves e perguntar-te da tua opiniao geral sobre ele. Para mim, claramente o jogador mais sobrevalorizado dos ultimos anos no futebol portugues. E para que nao entrem outros criterios na avaliaçao da minha opiniao(por parte de outros),aviso já que sou portista, sem que isso me tenha impedido de sempre ter analisado a selecçao com alguma imparcialidade.

Bruno Alves faz-me recordar Fernando Couto na fase terminal da sua carreira. Jogadores que sabem como se esconder do erro, sabem como não entrarem no cadafalso construido pela opiniao publica qdo as coisas correm mal. Jogadores ausentes, que nao arriscam nada mas que evidentemente pouco acrescentam. A diferença é que este modo de actuar em Couto foi consequencia da idade, o Alves é desde sempre.
Qdo Scolari retirou Couto para dar entrada a Carvalho, tudo se alterou(nao so por isso,claro)

Bruno Alves tem uma capacidade de reaçao praticamente nula, perante as mais diversas situaçoes. Mas sabe como aparecer nos grandes planos da camara...ora a ganhar imponentemente no ar, ora a mostrar agressividade, seja com a falta dura a meio campo, seja mandando um charuto para a frente ou para fora com a mesma ansiedade do comum adepto, em sofrimento em cada lance mais ameaçador...e na cabeça da maioria, fica esta empatia: "ah grande bruno, a limpar a situaçao" "isso grande bruno,tens que lhes impor respeito",etc,etc...

Inacreditavel como PC o impingiu por 30 milhoes aos russos. Sem duvida, o melhor negociador da historia do futebol mundial...

Com Bruno Alves na equipa, ficamos mais expostos quando procuramos subir as linhas...com Bruno Alves na equipa, a tendencia é a ultima linha se afundar, valha-nos Pepe, que tem moral e autoridade suficiente para impedir isso...é so recordar como foi o jogo na Dinamarca, na qualificaçao, com Rolando mais submetido à liderança posicional de B.Alves nesse jogo, sempre procurando ficar mais protegido das suas proprias fragilidades, mesmo que isso fragilize a equipa.
Bruno Alves raramente vai aparecer como culpado directo de um golo...é fiavel, nao se expoe ao erro. Mas é quase um pino que nós temos ali. Sem querer ir buscar lances ao passado e teriamos muitos, o primeiro golo da Dinamarca, embora obviamente, ele nao seja culpado, é um exemplo disto. Outro defesa, mais reativo, mais corajoso, teria dado um pequeno sprint a acompanhar o lance. B.Alves fez o que sempre faz. Omitiu-se da jogada(a culpa ja nao era dele mesmo), e confiou em Deus, que a bola iria sair ou haveria fora de jogo...

Quando lhe aparece um adversario pela frente com a bola controlada, ele apenas vai recuando, mesmo que seja improvavel que isso proporcione a chegada dos colegas a tempo para a ajuda.

Enfim, gostaria eu que alguem com peso na opiniao publica,analisasse ao detalhe a movimentaçao de B.Alves em campo, que tirassem os olhos da bola por um instante.

Se B.Alves fosse homossexual, seria sempre o gajo de costas para o lance!

Nuno disse...

Ao contrário do que é dito no 1º comentário acho que este post dá razão aos argumentos que o Nélson é superior ao Postiga. Afinal ele também se movimenta sem bola, tão bem ou melhor e com bola é mais perigoso pois procura mais vezes zonas de finalização e finalizar.
Se quiserem analisar sem querer ter sempre razão irão dar conta que Portugal fica sempre mais perigoso por volta da altura quando Nélson entra... coincidência?
Concordo com os comentários da imagem do remate qd tem o CR isolado sobre a esquerda...

Anónimo disse...

Que argumento da treta. Nélson tem entrado quando a equipa adversária está balanceada para o ataque à procura de mudar o resultado, logo com muito mais espaço e Portugal devido a esse espaço tem criado perigo.
Mas não tem marcado! E não tem muitas vezes por estupidez do Nélson.

jose disse...

Anonimo, o jogo com a Alemanha tira-te o argumento. O que nao implica que a tomada de decisao do Oliveira seja pessima neste momento. Ja agora explica la porque e que nao tem marcado mais por estupidez do Nelso?

jose disse...

Anonimo, o jogo com a Alemanha tira-te o argumento. O que nao implica que a tomada de decisao do Oliveira seja pessima neste momento. Ja agora explica la porque e que nao tem marcado mais por estupidez do Nelso?