terça-feira, 26 de junho de 2012

Spain X France. First half. Euro 2012











Adenda. Faltou legendar a última imagem. Fabregas vai oferecer a linha de passe que não existia, passando pelas costas do portador. Porém, e ao contrário do que fariam quase a totalidade dos outros jogadores (não espanhóis) na situação, não vai para explorar o 2x1 no corredor. Trava e mantêm-se ao lado de Silva, ainda que Silva acabe por dar a bola no espaço. A razão? Voltar ao corredor central. Com apenas um jogador a aparecer na grande área, não teria sentido forçar a entrada pelo corredor lateral. Perceber o potencial de perigo de cada jogada / acção é um dos traços dos jogadores da "roja".

8 comentários:

Mike Portugal disse...

Por acaso não concordo nada com a tua análise desta imagem: http://3.bp.blogspot.com/-gnXBdNgQzXU/T-jx0hRsoOI/AAAAAAAACqU/GXLZ7j_ogDw/s1600/IMAG0008.JPG

Ou melhor, concordo com a teoria. Mas neste caso particular a Espanha estava muito mal posicionada perante o jogador que tinha a bola. Esse jogador é que foi burro e quis fazer não se sabe muito bem o quê, mas se tivesse explorado o facto de estar em superioridade numérica naquele sítio do terreno, poderia ter acontecido um golo.

Esse jogador deveria ter passado a bola para o outro que estava lá perto, mas no espaço e não para o jogador. Bastava um passe nas costas do lateral em direção à baliza, o jogador corria para controlar a bola e o outro Espanhol que estava a tapar o branco (o que estava mais perto do original) teria que abandonar a marcação para ir pressionar. Nesse momento saía o passe para um jogador sem marcação perto da pequena área.

PB disse...

Mike,percebo o q dizes. Mas durante o percurso do passe para o espaço vazio, haveria mais q tempo para o jogador da cobertura (o tal q tapa o branco) sair para a contenção e colocar-se entre Á frente de quem ia receber a bola. Teria de haver um passe por baixo das pernas para a bola entrar no meio. Mas mm assim, n apareceria ng sozinho, pq o tempo do percurso da bola no tal passe q referes, seria ainda o suficiente para um dos jogadores da 2nda linha ocupar a 1a.

Basicamente a movimentação (ajustando posicionamentos) acontece durante o percurso da bola. E se o passe seria curto, a proximidade dos jogadores tb é grande e permite sp ajustar facilmente.

PB disse...

e há outro pormenor importante. Para a bola passar nesse espaço sem ser interceptada, o passe n poderia ser mt na diagonal, e isto seria o suficiente para quem quem vai receber no espaço vazio esteja virado para a linha de fundo, qs de costas para a baliza. Nunca conseguiria fazer um passe para trás.

PB disse...

rabisquei aqui uma imagem para explicar o q te dizia (a questão dos pés do jogador frances q recebe a bola provavelmente impediria a jogada de prosseguir e se o espanhol da cobertura saisse rápido, o frances ficaria mm de costas para o jogo e a ter de ir na direcção da bandeirola de canto.

se mandares o mail, envio-te a imagem q rabisquei num instante

Bicadas disse...

E a hipótese do drible?

HC Marx disse...

PB,

se o RAMI não confiasse em dois jogadores para travar o Jordi Alba (e nos outros dois no outro lado) e fosse ele também como sugeres para a área, TALVEZ pudesse ter cortado o centro se este fosse mais baixo/curto... But then again, foi um cruzamento longo em que até os defesas do lado esquerdo foram batidos, portanto parece-me um grau reduzido de probabilidade.

Poderá ser argumentado que a sua descida e continuidade em com o resto da "linha" defensiva poderia ter alterado o posicionamento ou o comportamento dos jogadores na abordagem ao lance... mas o mesmo poderia ser dito que se Rami não tem ficado para trás e continuado a linha defensiva deixaria um espaço enorme à entrada da área francesa que pelo que percebi, mais ninguém dos 'azuis' estaria a ocupar. Tu próprio aqui mostraste que não é pela Espanha ter um gajo com a bola no espaço no corredor é sinónimo de cruzamento, e no entanto talvez fosse provável se Rami tem descido, a bola em vez de ser cruzada para o segundo poste aparecesse à entrada da área.

E entre escolher o Xabi Alonso a cabecear ao 2 poste ou ter Silva ou Iniesta (ou ambos) à entrada da área com pouca ou nenhuma oposição, qual escolherias?

Cumprimentos!
HC Marx

PB disse...

HC marx

o Ramis n foi e foi por isso q o lateral esquerdo veio fazer de central e libertou o 2ndo poste

nc ng receberia c pouca oposição. o passe p a entrada da área apanharia os 4 defesas franceses atrás da linha da bola e aptos a sair à mesma. A proximidade era tal q depois do passe sair para tras havia mais q tempo p q um dos defesas saisse e chegasse ao adversario antes dele poder sequer rematar. Para a proximidade ser menor, os espanhois teriam de receber bem fora da área e ai n estariam em posição de finalizar.

Ou seja o Rami n ia lá p cortar o centro. Ia lá para permitir melhor posicionamento dos q lá estavam. 2 jogadores a cobrir a largura toda da linha da área até ao 2ndo poste é uma loucura

Bruno disse...

Faltou só pôr a tag "Euro 2012". :-D