sábado, 1 de setembro de 2012

Sporting de Braga, José Peseiro e Mossoró

"Agora temos mais e melhor qualidade de posse de bola. É diferente. O Rúben Amorim, o Micael e o Hélder Barbosa só querem a bola no chão." Mossoró.

Conhecemos José Peseiro desde 1998. Estávamos a entrar para a faculdade, e o Pedro, que contribui aqui para o blog, ainda que não de forma escrita, estava no seu primeiro ano de futebol sénior impressionado com o seu treinador, na altura no Oriental. Por Marvila três segundos lugares. É o treinador do quase, dizem. Contudo, depois de partir, o Oriental de três segundos, passou para último. Peseiro seguiu para a Madeira e por lá duas subidas de divisão seguidas e equipa revelação da primeira liga. 

Por todos os clubes por onde passou obteve sempre melhores resultados que qualquer outro. Porém, porque as expectativas talvez tenham estado sempre mais elevadas do que o que o potencial das suas equipas fazia antever, há uma certa descrença sobre as suas capacidades.

O Braga é a primeira grande sensação da nova época. Não pelos resultados, que poderiam e mereceriam ter sido melhores, mas pelas fabulosas exibições. 

Melhor que o Benfica na Luz (reparou como, e ao contrário dos de Jesus, os bracarenses foram sempre capazes de sair a jogar?) e sobretudo muito superior que a Udinese ao longo de todos os minutos dos dois jogos disputados, não viu traduzidas em vitórias a qualidade exibicional exibida.

No Minho, Salvador reuniu o terceiro melhor onze da Liga em capacidade actual (Muito diferente de potencial. Hoje, do meio campo para a frente, nenhum jogador do Sporting, por exemplo, roubaria o lugar a Custódio, Viana, Amorim, Mossoró, Lima(?!) e/ou Alan. E ainda há Barbosa, infinitamente superior a Capel e que no Minho vai ficando pelo banco de suplentes), com a melhor equipa técnica da Liga.

Em Braga já se percebe o tradicional futebol das equipas de Peseiro. O próprio Mossoró (que desequilibrador que tem estado. Notável!), um dos grandes beneficiados pelo actual estilo de jogo não se coibiu de o referir. Se se recordar, o estilo de jogo e as características dos jogadores bracarenses são muito próximos/as daqueles que outrora Peseiro guiou até uma final europeia.

Muita maturidade e muita qualidade no onze inicial do Sporting de Braga. Falta perceber o que Éder ou Michel podem acrescentar pós partida de Lima. Uma certeza, porém. Quem aprecia futebol, ver o Braga jogar é obrigatório. E se FC Porto ou SL Benfica baixarem um pouco a pontuação habitual nos últimos anos, quem sabe se não poderemos ter novo campeão. É algo improvável, mas uma candidatura muito forte ao podium é algo que já não se pode negar.

24 comentários:

Centro de Jogo disse...

Pena o Lima ter saído. Adorava ver um Braga ao mais alto nível. Ainda o podem conseguir mas ser+a certamente mais difícil.
Este Braga tem um passado recente muito bom, tem um plantel fortíssimo, mas para ser sincero acho que Peseiro ainda está a elevar mais esta equipa. Ainda bem, diga-se de passagem, o nosso futebol precisa disso.

Abraço, Jorge D.

Leão de Alvalade disse...

" E ainda há Barbosa, infinitamente superior a Capel e que no Minho vai ficando pelo banco de suplentes)"

Desde o ano passado que penso nisso e o que me leva também logo a pensar que se o Sporting vendesse o Capel e fosse buscar o Barbosa era capaz de haver 1 revolução...

PB disse...

se olharmos para a idade dos jogadores, está tudo no ponto certo. Tirava 2 anos ao Alan, de resto, assim de repente está tudo no máximo das suas capacidades, não tanto físicas, mas sobretudo de maturidade.

Vamos ver se a saída do Lima faz muita mossa. É tentar perceber o q pode dar o Éder ou o Michel. Mas, é uma grande baixa. Retirando o Jackson Martinez pq não conheço, é para mim o 2ndo melhor avançado da Liga portuguesa.

V disse...

Quem é o primeiro? Cardozo ou Rodrigo?

PB disse...

Ponta de lança, homem de área puro? Rodrigo. Mas a jogar como 2ndo avançado acho demasiado banal...

GC disse...

100 % de acordo com o post. O Braga tem apresentado o melhor futebol da liga. E acho ainda que o FCPorto está com um futebol também muito consistente. Curioso como dois treinadores tidos como "bananas" sabem tanto de bola. Veremos como regem os balneários. VP parece ter conseguido dominar o seu depois duma época um tanto atribulada; Peseiro tem tido uma entrada de rompante no Axa. Quem diria?

P.S.: PB, sem querer soar demasiado homossexual, é bom ler-te de novo. Devias escrever mais vezes!

Anónimo disse...

só por curiosidade... o pedro referido no inicio é o Pedro Andrade ?

PB disse...

Não, anónimo.

PTM disse...

Olá PB, leio regularmente, mas raramente comento, umas quantas questões se me permites.

1- Não vejo jogos da liga portuguesa porque normalmente é penoso portanto não tenho base de comparação, só vi mesmo o jogo do benfica-braga e pareceu-me efectivamente que o braga apresentou um modelo/estilo de jogo mais consolidado tendo obrigado invariavelmente o benfica a jogar desconfortavelmente (não é uma pergunta mas uma introdução), agora também não tenho problemas em concordar que o Braga apresenta melhor futebol que o sporting. Sendo assim o que comparas entre Braga e Sporting? Estilo de jogo ou aproveitamento dos jogadores?

2- quando dizes "Hoje, do meio campo para a frente, nenhum jogador do Sporting, por exemplo, roubaria o lugar a Custódio, Viana, Amorim, Mossoró, Lima(?!) e/ou Alan" queres dizer que jogadores como o Elias, Schaars, Rinaudo, André Martins, Adrien, Jeffren (não ponho os outros porque não conheco o seu futebol) não têm capacidade para interpretar o estilo do Peseiro? ou estás a falar mesmo no imediato "hoje"? acho a comparação injusta, é como julgar jogadores no momento ou unicamente na estatística. incompleto e muitas vezes errado

Faço te estas perguntas porque não me lembro do Sporting ter um plantel que desse tantas garantias e alternativas. O estilo e modelo será o mais acertado? sinceramente não compreendo o suficiente para poder argumentar ao teu nível mas parece-me que o sporting tem matéria prima para apresentar resultados mesmo neste sistema de jogo.

abraços

Pedro

PB disse...

Olá PTM, sim, o hoje é o imediato. Esta época. Não é só pelo estilo de jogo, é porque os de Braga estão no topo das suas capacidades em termos de qualidade e maturidade. O Elias, o Adrien e sobretudo o André Martins, por exemplo têm potencial para mais do que qualquer jogador do meio campo do Braga almejará, mas no imediato são lhes inferiores. Acho que do meio para a frente (esquecendo a questão do ponta de lança pq já n é o Lima) nenhum jogador q fosse transferido do Sporting para o Braga entrava na equipa tão cedo. Talvez entrassem no 11 com alguns meses de trabalho. No imediato, não acredito.

Alvalade XXI disse...

Caro PB antes de mais salutar o regreso aos Posts,

tenho só de discordar do ponto de comparação que faz, mesmo que seja só de momentos de forma actuais, entre os meios campos e ataques de Sporting e Braga.

Uma coisa é dizer que no momento actual o Braga esta a praticar um óptimo futebol, isso ninguém é capaz de discordar, outra é dizer que nenhum jogador do plantel actual do Sporting entrava no 11 do Braga.

Isto porque não está a contar com um factor fundamental. Uma coisa é jogar no Sporting outra é jogar no Braga. Beto, Ruben Amorim, Custódio, Alan, Helder Barbosa, Ruben Micael, etc tudo jogadores que nos chamados 3 grandes não rendiam metade do que agora rendem.

A forma como se treina, estilo de jogo, treinador, etc claro que são os factores primordiais mas o factor camisola não pode ser menosprezado na analise que fez.

O José Peseiro em Alvalade é verdade que foi a uma final Europeia e lutou pelo campeonato até ao fim mas há sempre o outro lado da moeda. Fez pouquíssimos pontos no campeonato, 61 (o ano passado o Sporting fez 59 com menos 4 jogos!) e bateu o Record de sempre de derrotas do clube num campeonato, 9. Na época seguinte foi despedido dado o péssimo campeonato que estava a realizar.


O que acha que aconteceria se se fizesse uma troca de planteis mantendo todos os outros factores intactos?

Num plantel com Carrillo, Jeffren, Labyad, Izmailov e Capel fez sentido equacionar o Helder Barbosa ou o Alan?

Um abraço


Alvalade XXI disse...

PB entretanto vi a sua resposta a outro comentário e o meu comentário perdeu um pouco o sentido.

Um abraço

josé carlos disse...

Onde estão essas afirmações do Mossoró? Abraço.

josé carlos disse...

Onde estão as declarações do Mossoró?

PB disse...

Jornal Abola de ontem.

Alvalade XXI, eu n dizia q o Sporting devia contratar no Braga. Nem sequer disse que os jogadores de Braga se fossem transferidos agora para o Sporting seriam todos titulares. É diferente ir do Braga para o Sporting ou do Sporting para o Braga. Mas, sim, creio que o meu comentário posterior explica um pouco a minha opinião.

PTM disse...

PB, permite-me discordar e já contra-argumento, mas primeiro explica-me, quanto das duas equipas é fruto do momento ( o Sporting está claramente num ciclo negativo e o Braga positivo) e de que forma o estilo do Sá Pinto - de uma forma genérica, não te peço muito- difere do Peseiro.

Em relação à titularidade, e nem vou utilizar o argumento do AlavladeXXI pois é algo que não se pode comprovar. Qualquer jogador do Sporting (neste plantel, com a execpção de um ou dois jogadores) tem qualidade tecnico-tactica para interpretar qualquer modelo de futebol (especialmente os da formação). Sendo óbvio que não rendem o mesmo, aquele belo dizer "não há dois jogadores iguais", acho que os jogadores do SCP podem sempre acrescentar algo ao XI do Braga.

Assim sendo, mantendo a estrutura do Braga, entrando qualquer jogador do sporting, não me parece que o futebol apresentado do braga se iria ressentir. Mais, qualquer jogador do Braga que entrasse neste Sporting muito dificilmente (sozinho) acrescentava algo. O problema não é, infelizmente a small picture.

SportingSempre disse...

"POR TODOS OS CLUBES ONDE PASSOU OBTEVE SEMPRE MELHORES RESULTADOS QUE QUALQUER OUTRO"

ALIÁS COMO É COMPROVADO CIÊNTIFICAMENTE PELO 3º LUGAR NO SPORTING CP, QUE NOS 4 ANOS SEGUINTES FICOU EM 2º COM PAULO BENTO.

OU A ELIMINAÇÃO COM O HALMSTADS 3 MESES DEPOIS DUMA FINAL EUROPEIA.

gosto do que escreves, acho que o Braga fez grandes jogos com slb e udinese mas na proxima um pouco mais de rigor não seria mal pensado PB.

PB disse...

qd o Sporting combinar um 2ndo lugar com uma final europeia, ou um 3o com uma vitória europeia, alguém terá feito melhor que o Peseiro.

Alvalade XXI disse...

Caro PB isso do Peseiro, como também já referi em cima, é um mito. Mais uma vez digo que lhe estou agradecido mas vamos a factos:

Peseiro em 2004-05

Uma equipa muito competitiva com vários jogadores experientes e com muita qualidade

34 jogos - 61 pontos em 102 possíveis

9 derrotas no campeonato - um record ainda histórico

Eliminado da taça

Final da taça UEFA

Peseiro 2005-06

Péssimo inicio de época, futebol praticado muito fraco e eliminado da taça UEFA pelo Halmstds

é despedido à 7 jornada com 12 pontos em 21 possíveis

O Paulo Bento praticamente não teve contratações e jogou sempre com muitos miúdos. Foram anos em que o Sporting praticamente não investiu na equipa de futebol.

No 1º ano de Paulo Bento, mesmo tendo pegado na equipa de Peseiro com 12 pontos à 7ª jornada, fez 72 pontos em 34 jornadas.

No 2º ano fez 68 pontos em 30 jornadas. Sempre muito a cima de Peseiro.

Lutou 2 vezes até ao fim pelo titulo em anos com um Porto muito mais forte. Nos 4 anos anos que esteve à frente da equipa ficou sempre em 2º lugar. Fez pontuações que davam para ser campeão em 2004-05 com 7 pontos de avanço.. Relembro que o 3º lugar de Peseiro foi contra o Porto do Italiano, do Victor Fernandez e do Couceiro.

Jogou sempre na Liga dos Campeões, ganhou taças, super taças e uma taça da liga (a do Pedro Silva).

Com estes dados não quero criticar o José Peseiro nem enaltecer os feitos do Paulo Bento.

O único objectivo é desmistificar um pouco o mito que se criou à volta da época do quase do treinador José Peseiro em Alvalade.

E aí concordo, tem de vir um que faça mais e melhor. E isso significa ter de ser campeão. Já lá vão muitos anos, infelizmente.

P.s- para quando um post sobre o Sporting? (sem criticar muito!:) )

Um abraço!


Pinto disse...

Jorge D., com Eder e Ze Luis esquecem o Lima num instante...

Pinto disse...

Jorge D., com Eder e Ze Luis esquecem o Lima num instante...

SportingSempre disse...

PB, N.Ã.O. TENS RAZÃO.

SIMPLE AS THAT

UM SEGUNDO LUGAR E TAÇA DE PORTUGAL COMO CONSEGUIMOS MAIS DO QUE UMA VEZ DEPOIS DO PESEIRO É MELHOR DO QUE UM 3º COM NOVE DERROTAS E 61 PONTOS EM 34 JOGOS/ FINAL DA UEFA PERDIDA.

admite que falhaste PB, só te fica bem.


PB disse...

epa, ganha juízo. Como só ligo ao que se passa na relva, não quero saber de receitas de champions, só trocaria uma final europeia por um 1o lugar no campeonato.

basta ver o n de finais europeias de Benfica, Porto e Sporting e o nº de taças ganhas para se perceber o q é mais dificil fazer

Anónimo disse...

PB voltando um pouco ao Braga, que é o que me traz aqui, achas que Mossoro tem estado de facto notavel? Cada vez me aborreço mais com ele, na generalidade dos casos decide mal a jogada. Mesmo na Luz teve um lance em que podia e devia ter seguido com bola mas entrega-a de imediato ao Alan (creio) e jogada morre ali. Na altura já estavamos a ganhar por 2-1 e poderia e devia ter sido mais decisivo. Contra Udinese fora teve apenas aquele lance em que isola Lima, mas de resto foi muito pouco. Quando Micael entrou subiu e muito de produção. Creio que este Braga está mais preparado para jogar em 4-4-2 losango com Custodio, Viana, Amorim e Micael, o problema é que com saída de Lima fica difícil jogar assim já que pontas de lança no plantel são quase todos pouco moveis, talvez o Éder seja excepção. Alan está algo desgastado mas e normal nesta fase da época aparecer tao em baixo. Outra coisa o Braga a defender parece-me que apresenta alguns problemas, como linhas demasiado rígidas e até mesmo algo distantes. Há muito espaço entre linhas, pelo menos às vezes fico com essa sensação. Sobre o Barbosa custa-me que seja visto como extremo, acho que podia render mais como segundo avançado, até porque como extremo (puro) deixa algo a desejar. É um bom jogador para estar entre linhas, um pouco à imagem do Saviola. Que dizes?
Abraço e continua o bom trabalho, sobretudo dando atenção a mais equipas do campeonato que não as habituais, seria interessante ver analise do Vitoria do Rui Vitoria ou até mesmo este Paços, cujo treinador parece-me interessante.
Manuel Teixeira