quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Ainda a organização (?!) defensiva do Sporting. Como resistir quando se joga sem defesas centrais?

Nunca a Académica tinha rematado tanto no campeonato nacional. Percebe-se bem o porquê.

P.S.  Boulahrouz já havia sido substituído.

15 comentários:

JMM disse...

Aliado aos problemas que já existem em termos de organização, aqui junta-se Xandão que é um problema em si.

Vercauteren poderá ter de resolver inicialmente o problema chamado ao 11 jogadores que não estejam "inseridos" neste problema de Sá Pinto.

Assim, Carriço (se recuperar), Pedro Mendes ou Dier podem ser opção.

Anónimo disse...

Bom dia,

Estava no campo e também me apercebi da falta de centrais. Nesta altura era o Rinaudo a jogar a defesa central só que saiu a jogar e ficou no meio campo contrário.

PB disse...

viva anónimo, o Rinaudo não saiu a jogar. Nenhum jogador do Sporting tocou na bola desde o pontapé de baliza adversário.

O rinaudo estava a central, mas distraiu-se. Foi disputar uma bola no ar e esqueceu-se de voltar. Como referido noutro post ele n está trabalhado posicionalmente para suprir os disparates dos colegas da defesa. Precisa desesperadamente de um treinador q o ajude para n ser apenas mais um a correr à toa pelo campo.

Nao ser central de origem dá-lhe uma certa desculpa para esta distração, neste lance especifico

No.Worries disse...

Não sei se o pedro emanuel não estará na porta de saída da académica a perder pontos com equipas destas...

Schmeichel disse...

Este percebe tanto isto como eu de física quântica: "o problema maior do Sporting não é na defesa (apenas mais 1 e 2 golos sofridos comparativamente a Benfica e FC Porto), mas sim no ataque" (Rui Santos)

Não sei ser será maior o menor que o ataque, mas é um grande problema e é o primeiro que o Vercauteren terá de resolver.

Agora achar que o Sporting está bem na defesa apenas olhando para as estatísticas de Porto e Benfica...

PB disse...

tb ja li q como a academica n marcou o Sporting melhorou defensivamente... pois eu desde os jogos em q n se sofriam golos dizia q anda à toa lá atras e q n dão segurança nenhuma.

Este jogo c a Académica defensivamente até me pareceu o pior de todos até ao momento. Mt pior q por exemplo c o Videoton...

PB disse...

qd comecei a dizer q o ROjo parecia uma criança dentro de um campo, criticaram-me bem. Mas desafio qq um a conseguir uma imagem q seja de qq um dos escalões de formação (podem começar logo nos mais novos de 2003) do Sporting parecida com isto

JMM disse...

PB,

Uma questão:

Tens falado do Rojo criticando, com razão, o seu posicionamento, etc. Contudo eu continuo a ver nele um bom central em potência. É rápido, não é baixo, sabe sair a jogar (apesar de ter de melhorar pois decide mal várias vezes)... Evidentemente que o seu posicionamento deixa a desejar mas isso não é algo que cabe a um treinador resolver?

Boula e Xandão têm cometido erros semelhantes. Assim, parece-me que o denominador comum não são as características do jogador mas sim Sá Pinto.

PB disse...

de acordo. acho q o facto do boula n jogar como central ha uns anos e de pelo q me informei o ROjo (foi central esquerdo numa defesa a 3, e na Russia qs nc jogava. o pouco q jogou parece q foi a lateral) nc o ter sido tb só prejudica

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Rojo sabe sair a jogar? Fonix... Tenham dó de mim. Aquilo é, 90% das vezes, bola prá frente e tá despachado. É desastrado na tomada de decisão. Não entende nada do jogo.

É rápido? Onde? Tem óbvios problemas de locomoção! Não se movimenta correctamente. A sua locomoção é horrível e eu não percebo nada de preparação física. Tem dificuldades enormes em rodar, por exemplo, parece que não tem rins. Coloca mal o corpo nas diferentes situações de jogo.

Sinceramente, eu sei que estão já a pensar "este lampião" etc, etc... Mas o Marcos Rojo está a ser dos piores jogadores que me lembro de ver nos últimos tempos. Em qualquer campeonato e qualquer divisão.

O camarada é horrível - e custou 4 milhões ou como é! Relembro que o Mangala (30 vezes melhor que o Rojo e com grande potencial) custou 7 milhões. O Jardel, que é 30 vezes melhor que o Rojo, custou 1 milhão de euros.

Respondam-me, se quiserem, a esta pergunta: há algum central - só peço um - do Sporting que seja titular indiscutível noutra equipa da 1ª Liga?

Se este cenário pode ser invertido com um treinador minimamente competente? Claro que sim. Mas esperar algo de diferente para muito melhor em termos de classificação final parece-me ser um abuso. A falta de classe é por demais evidente.

Na minha opinião há apenas três ou quatro jogadores do Sporting que têm espaço nos três primeiros da Liga (no plantel; porque no onze seria difícil): R. Patrício, Insúa, Izmailov e Carrillo.

Depois há uma linha de outros três, ou quatro, que tendo qualidade não têm argumentos suficientes (para já) para grandes voos: Cedric, A. Martins, Rinaudo (não é um jogador que me agrade) e Wolfswinkel. Como estou bem disposto, junto aqui o Schaars.

Os restantes nem no Petro de Luanda calçavam.

masterzen disse...


PB,

Explica-me lá, tu que és treinador como é possivel o Pedro Emanuel ter mantido aquele avançado centro?
O homem arruinou por completo quase todos os lances de 3c3 ou 4c4 ou até em superioridade numérica. Deu um ou dois bons passes, e ficou até ao minuto 83 em campo. Aquele lance da foto em que tá isolado, nem conseguiu dominar a bola como deve ser. Como é possível ter um avançado tão burro dentro de campo?!?
O Pedro Emanuel está armado em arqueólogo como o Jorge Jesus ou não tinha mais ninguém disponível?
Não sei como se quer ganhar com jogadores destes em campo.

Cumps

Pinto disse...

Falas do Cisse? Deixa o miudo jogar que pode melhorar. Nao esquecer que a alternativa é o... Edinho!

A Academica fez brilharete na primeira metade do ano passado. So não ficou num lugar de destaque porque teve de se encostar o... Eder. Mesmo assim ganharam a Taça!

Válter disse...

Concordo com o Pinto em relação aos avançados da académica, Edinho é mesmo muito mau.
Eu sendo fraco fisicamente (tenho 1.66m e sou magro) quando jogava futebol jogava praticamente em todas as posições, Cheguei a jogar a central num jogo em que um dos centrais da minha equipa foi expulso e garanto que era bem melhor que estas duas Marias do Sporting.

GBC disse...

Nota - o Edinho da Académica é (bem) melhor que o Cissé (que é perigoso).

Vi a discussão que tiveste no twitter sobre os treinos físicos do FV, PB. Por cito outros excertos da entrevista (que só apareceram na versão impressa):

«Não estranhei as cargas físicas enquanto fui treinado por ele. Foram moderadas. O Franky prefere deixar o preparador-físico e os adjuntos tratarem dessa área com normalidade, mas ele não gosta de exageros. Com este técnico, não há treinos em que vão todos correr para o bosque. A bola tem de estar sempre presente para manter o jogador feliz. Ele tem tudo muito bem programado, não duvide.»

Mais esperança?

Uma outra citação do Vossen na mesma entrevista:

«Há sempre uma atenção ao que se faz sem bola. Um extremo ou avançado que não corra atrás no desdobramento defensivo ouve logo do Vercauteren (risos). (...) É bom que quem jogue - a extremo - não se perca em fintas. Ele não gosta disso; s jogadores têm sempre de ser práticos, objectivos e escolher as melhores opções, senão...».

GBC disse...

Adenda:

Quanto ao Rojo, PB, a ideia que tinha é que era um jogador com potencial; muito verdinho ainda (mais até do que um ou dois na B, por exemplo; e bem mais que o Carriço ou até o Boulahrouz), mas com potencial. Estava provavelmente errado - acho agora.

Mas pergunto-te:

A questão do posicionamento não depende muito mais do treinador que do jogador? Não é a "reacção" que depende muito mais do jogador? E essa o Rojo não melhorará com mais jogos naquele lugar, naquela defesa - e numa estrutura mais organizada, com a cabeça mais limpa, menos ansioso (algo que se viu nos últimos jogos, com tempos de entrada estranhos e faltas agressivas - coisas que não se tinham visto no ínicio do seu percurso no Sporting)?