quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Depois de perder Ramires, e ganhar alguns extremos de qualidade, voltou Jesus ao modelo que o sagrou campeão?

A resposta é sim.

No dia dezasseis de Dezembro de 2011, o ainda treinador do SL Benfica voltou a apresentar um onze não só organizado da mesmíssima forma com que se sagrou campeão, como assente em jogadores cujas principais características são a inteligência e a tomada de decisão, em detrimento da velocidade e "sofreguidão" ofensiva.

Um único extremo em campo, e por sinal o mais culto de todos, um médio interior próximo do "seis", e Aimar nas costas de Saviola e Cardozo.

A ficha do tal jogo está aqui.

O outrora excelente treinador do Belenenses, Sporting de Braga e SL Benfica já não existe, e deve ser substituído no cargo o quanto antes. O que se lamenta, porque o seu potencial é enorme. Com os ganhos que promoveu nas individualidades, o Benfica estará pronto a ganhar logo que contrate um treinador que promova um modelo de jogo minimamente equilibrado. Um treinador que mesmo não tendo um terço do conhecimento do jogo de Jesus, seja capaz de aproveitar o que de bom foi feito, e corrigir o que de mau ainda se faz.

17 comentários:

Pedro Malaquias disse...

Haja coragem para is buscar o Peseiro (PB, concordámos completamente quando o Benfica foi buscar o Jesus; não achas que Peseiro seria uma óptima escolha?)

SLBfan disse...

Concordo em absoluto. A falta de Ramirez.
o problema tem sido a falta de um jogador que compense a saída do Ramires defensiva e ofensivamente. Com o Ramires parecia que jogavamos com 12.

Pelo que tem revelado nestes ultimos jogos, acho que esse jogador pode ser o Enzo, mas para isso tem de jogar sobre a direita e não como médio centro.

No modelo do ano que fomos campeões o médio direito compensava muito mais defensivamente, o que permitia em termos de posicionamento, ter 3 homens no miolo. Tirando o Salvio da direita colocando o Enzo no seu lugar e jogando com matic na posição 8.
O outro problema é a falta de intensidade, é inaceitavel.
Nos ultimos minutos apesar de não muito organizados, jogamos com intensidade e fomos para cima deles. Como é possivel não termos começado o jogo assim, como é possível não começarem todos os jogos com essa atitude?

pjsimoes disse...

Sempre defendi o que escreves!! quando Witsel cegou ao Benfica pensei que JJ iria fazer dele o novo Ramires em termos tácticos. Errado!!!

O André Almeida poderia fazer essa posição ou até Enzo mas JJ quer que Enzo faça de 10 e de 8 ao mesmo tempo no meio campo e assim nem faz bem uma nem outra posição.

hertz disse...

Um treinador que tinha tudo para ter sucesso e ganhar vários títulos, mas a sua ganância, teimosia, falta de humildade e incapacidade para aprender com os erros e alterar as coisas para melhor não o permitem.
O JJ, é quase certo, que sairá no final da época e muito provavelmente irá para o Porto onde decerteza conquistará muitos títulos pois a estrutura do Porto não lhe permitirá as veleidades que tem no Benfica.

PB disse...

Concordamos inteiramente, Pedro Malaquias.

O Peseiro trazia o Custódio e o Amorim de Braga e mt provavelmente (depedendo tb do que seria a época do FCP) seria campeão no Benfica.

Scorpman disse...

A pergunta é como é que um excelente treinador se transforma num treinador fraco ?

Anónimo disse...

Boas PB,

Discordo completamente. Compreendo que a tua paixão pelo jogo e a forma exaustiva como vens analisando o percurso de JJ ao longo destes anos te leve a ligar o complicador. Se é unânime que o JJ é bom em quase todas as componentes do jogo e do treino porquê despedir? Se é unânime que ele no FCP será melhor pois não terá a liberdade que tem no SLB porque não retirar-lhe essa liberdade? Porque não haver alguém no SLB que, nem que seja à custa dos básicos vídeos, lhe demonstre o erro tal qual ele deve fazer com os seus jogadores? Se vier outro treinador trará concerteza outros conceitos, jogadores, etc e como tal tudo pode mudar. Fazes lembrar o treinador que quando no decorrer do jogo fica sem o lateral dtº, em vez da substituição directa muda o central, o trinco e sabe-se lá mais o quê porque não confia no substituto natural que está no banco. Espero, como Portista, que faças parte da equipa do Vieira para o próximo mandato.

ricnog disse...

Continuo a referir o que disseste:

- aimar, depois da epoca em que o benfica foi campeao, quando jogou mais na sua posição? Teve sempre um médio a acompanhar, witsel ou outro qq....

Como segunda avançado coloca o rodrigo, ou o aimar, jogadores demasiado intelegentes, que até conseguem superar as dificuldades de posicçoes que nao sao deles, mas que para potenciar, terão que jogar nas suas posições.

Não entendo o que conseguem ver no Enzo, pois o gajo tem pes, luta é esforçado....mas como médio? acho que ele não sabe mesmo, não comete muitos erros de principiante, mas que nao sabe jogar naquela posição não sabe........

João.D10S disse...

Sinceramente eu já não sei nada. Porque quanto mais penso nisto mais confusão me faz. É que me custa acreditar que tudo isto que JJ tem feito seja resultado de uma 'loucura' que eu mesmo lhe costumo atribuir.

É demasiado. Mesmo que seja incompetente, que não saiba aproveitar os meios que tem À disposição parece-me que os seus erros são demasiado óbvios e agudos. Há aqui alguma coisa estranha, algo não me cheira bem. Agora vou armar-me em 'agente conspirador' e deixar uma dúvida que me assalta a mente muitas vezes.. será que JJ já está 'calçado' para o ano??

http://benficacompaixao.blogspot.pt/

Gonçalo Teixeira disse...

Curiosamente, penso que foi a única vez que Saviola, Aimar e Nolito jogaram juntos de início.

Anónimo disse...

Muito sinceramente quando é que JJ foi um grande treinador?! No ano que foi campeão alguem se lembra que foi com o coração nas mãos que foi ganho? O JJ não é nem nunca será um Grande nem Bom treinador pois as suas falhas são mais que muitas, quer na escolha de jogadores quer na gestão da equipa já não falando da sua pouca versatilidade pois o Benfica quer jogue com a Equipa A ou B e sempre mais do mesmo e claro...desaires atras de desaires nas alturas mais cruciais da Época, resultado das inumeras falhas que demonstra.

Ricardo Perna disse...

Concordo com a análise, e apesar de achar q era mais fácil pôr juízo na cabeça do Jesus, sei que tal n irá acontecer.

Na tua opinião, porque é que isto sucede? Ganhou asism e dps quis mostrar que era tão fantástico que conseguia mudar tudo e continuar a ganhar? É uma questão de ego? ou algo mais?

Daniel Oliveira disse...

PB, deixando o Benfica um pouco de lado, até porque o jogo de cartaz desta semana foi em Old Trafford, será que se poderia analisar o jogo do Sp. Braga e a demora de Peseiro em reagir ao poderio ofensivo do "Nyte" na 2ª parte? Porque não o fez mais cedo? Porque meteu o Aníbal logo aos 50' ou 55'? Ou porque não meteu Mossoró/Barbosa na esquerda e puxou Amorim para junto de Custódio? Uma equipa depois de estar a ganhar por 2, não pode perder assim...

Ficaria agradecido por um post com a sua análise.

PB disse...

viva Daniel, tenho o jogo gravado, mas ainda n o vi...

PB disse...

Ricardo Perna, neste momento estou inclinado a achar q ele é mau profissional. q se está a borrifar...

PB disse...

pq sabe q tem porta aberta noutros lados

Edson Arantes do Nascimento disse...

Mau profissional? Enfim, acho que entramos aqui numa dimensão metafísica que ninguém domina. São argumentos patéticos.

Quanto ao Peseiro: tirem-me deste filme. No meu Benfica nunca seria treinador. A carreira deste senhor tem sido absolutamente patética.