domingo, 28 de outubro de 2012

SL Benfica. De quem se fala.

André Gomes. Muita determinação, capacidade física e sobretudo personalidade. No seu primeiro ano de sénior joga como um jogador experiente. É um jogador de potencial elevado. Todavia, ainda soma demasiados erros técnicos e tácticos para o nível de exigência do clube. Posicionalmente há que melhorar as coberturas ao colega médio centro, quando este sai à bola. Várias foram as vezes em que por não se movimentar para trás de Matic, obrigou um dos centrais a desposicionar-se para controlar o lance. Tecnicamente, para além de vários passes errados, há que continuar a melhorar a recepção. O jogo é agora mais rápido e agressivo e receber bem é manter a bola junto ao pé, e não ter de dar um ou dois passos para a manter.

Luisinho. Grande qualidade técnica. Mais do que a finalização, impressionou a forma como iniciou a jogada do primeiro golo. É todavia um jogador que se preocupa um pouco mais consigo do que com a equipa. Diversas vezes podia ter soltado mais cedo para colegas em melhor posição e foi preferindo progredir. Dá nas vistas, porque tem de facto um toque de bola excelente, e é inteligente nos espaços que individualmente procura, mas nem sempre oferece o que a equipa precisa. Perde várias vezes timings para soltar. Sente algumas dificuldades defensivas, mas nada que um bom modelo de jogo não consiga ocultar. É uma óptima solução num plantel de vinte e alguns jogadores.

Ola John. O melhor em Barcelos! Depois de uma pré-época medíocre e do consequente desaparecimento, finalmente o holandês em campo. Excelente os timings e as opções que toma quando solta a bola. Boa qualidade de passe e sempre à procura de colegas soltos no corredor central. Foi uma verdadeira agradável surpresa. Somou algumas perdas, mas sempre em momentos em que a equipa o deixou entregue a si, sem soluções que não o drible. Não é seguramente o jogador que Jesus supunha, depois das arrancadas que trucidaram Maxi no jogo da época transacta. É um jogador mais cerebral, que procura mais soluções conjuntas do que individuais. Mais próximo de Nolito do que de Sálvio, por exemplo. É pouco intenso após a perda, e numa equipa tão desequilibrada como o Benfica, que depende em demasia das recuperações altas, tal pode ser letal e justificar a sua prolongada ausência.

Lima. Avançado completo. Sabe finalizar, sabe participar na fase que antecede a finalização. Recebe em apoio no corredor central, ou desmarca-se para o lateral quando faltam opções sobre o exterior ao portador. Sabe tudo sobre o seu trabalho, é generoso e lutador. É rápido q.b., agressivo a atacar o espaço e bom a receber no pé. Parece por agora o único avançado com lugar garantido na equipa de Jorge Jesus. Notável a sua utilidade. Tem feito a diferença.

16 comentários:

Bernardo disse...

achei o mesmo do luisinho,, como ainda não tinha visto nada dele fiquei agradado com a capacidade técnica dele e até o posicionamento defensivo que foi aguentando sem grandes erros. achei também que na fase ofensiva muitas vezes estava a jogar para se mostrar, porque ora fazia combinações boas quando estava apertado, ora quando tinha espaço não dava a bola mesmo percebendo q era a melhor opção, preferindo tentar o individual ou forçar um cruzamento à espera que saísse dali uma assistência para os jornais...gostei do andré gomes também, opinião muito parecia com a tua. mas de quem gostei mais do JJ a motivar o pessoal: "não me iludo, campeonato é uma coisa e champions é outra e para aqui vai dando", referindo-se a luisinho e ola john. que mestre...

Constantino disse...

penso que, ao contrario do que jesus parece defender, Lima pode ser muito melhor "saviola" do que Rodrigo.

PB disse...

O JJ nestas coisas é mesmo uma besta LOL os jogadores n podem ler os jornais, mas é p se protegerem do seu próprio treinador LOL

O Ola John tá fdd, pq ao contrário do q pensava o Jesus, n é jogador de andar sp a ir p cima deles... Parece um jogador c alguns conceitos de temporização e timings p soltar mt fortes. N era nada esta a ideia q tinha dele...

Zé disse...

bem, concordo com lima e luisinho. já agora, acho que enzo na ala é indiscutível, no meio.. não me parece. no meio farta-se de correr mas produz pouco ofensivamente.

discordo relativamente a andré gomes e olá jon.

andré gomes tem um potencial elevadíssimo e por mim, podia muito bem ser já titular do benfica. não vi assim tantas falhas técnicas, ou pelo menos não vi mais falhas em andré gomes do que nos outros jogadores. posicionalmente sim, precisa melhorar, mas também, entrar de rompante no 442 kamikaze de jesus, com o matic atrás e dois pontas de lança à frente.. o rapaz na equipa b joga em 433.. seja como for penso que o potencial é tremendo.

já o olá jon.. continua a parecer uma espécie de yanick djaló. jogando sobre a esquerda conseguiu cortar várias vezes para dentro e foi algumas vezes perigoso mas de resto pareceu-me muitas vezes alheado do jogo sobretudo na 2ª parte. penso mesmo que podia ter sido ele a sair quando entrou bruno cesar. a saida de matic não fez muito sentido, para mim.

MM disse...

E enquanto esteve no Braga era quase só (por adeptos que não são do Braga, como eu) conhecido pelos golos. Jogos vistos por resumos e tal, era dos golos que se falava.

Quantos jogadores aparecem nos 'grandes', onde os adeptos suspeitam (duvidam) do seu valor - porque não os conhecem bem, e revelam-se tão bons que perguntamo-nos porque não vieram mais cedo.

Sá Pinto é um bom exemplo, a sua qualidade foi uma surpresa em 94.
Zahovic.
Drulovic.
Deco, ninguém suspeitava que seria tão tão bom.
Marco Aurélio.
Tonel (embora fosse internacional PT).
O excelente Lula (central).
Sérgio Conceição (treinador por Jesus).

O melhor exemplo de todos é para mim o Tiago (Braga). O Tiago deveria ter sido um dos 10 melhores jogadores de sempre na história do futebol Português. Começou a jogar no SLB e ninguém adivinhava que seria tão bom.

Depois há outros que são à partida muito gabados quando vêm de clubes médios, espera-se muito mas não passam de medianos / algo fracos:

Ayew.
Mauro Soares.
Chainho.
Féher (até vinha do FCP).
Jankauskas (em sentido inverso).

PB, se eu fosse ministro do Desporto, além de extinguir enquanto instituição o SLB numa medida inserida num pacote do domínio parasitário / sanitário, proibiria os clubes Portugueses de contratar além-fronteiras. Atingiríamos assim, pelo menos: maior qualidade nos plantéis; os clubes grandes passariam a gastar 1/20 do que gastam (em transferências e salários). Claro, o mercado interno seria reanimado e todos os outros clubes sairiam de igual modo beneficiados.

Foi o que assassinou Portugal, PB, a partir de meados dos anos 70: a trela toda que se deu ao Benfica, o abandono da actividade agrícola, o abandono das reservas piscatórias, e o empobrecimento do mercado interno que fez Pedro Barbosa chegar ao Sporting vindo de Guimarães, por exemplo.

E também ao nível de treinadores. Se o mercado interno funcionasse estarias hoje num clube da I Liga, serias famoso porque aparecerias no domingo desportivo, e amanhã estarias de certeza num grande. De preferência no Sporting (para bem do Sporting).

PB disse...

zé, eu vi a saída do Matic como um poupar o único jogador do plantel q joga a 6, uma vez q estava 3 a 0. N percebi foi pq n fez igual ao freamunde

Que é feito disse...

Muito boa análise. Acrescento apenas que gostei do Luisinho a defender, com uma grande capacidade de tackle. O André Gomes ainda tem muito para crescer e o Ola John também tem uma margem de progressão muito grande. De referir que concordo com o Jesus. Estes jogadores ainda não dão garantias nem na Champions nem em jogos contra o Porto ou Braga. Não sei se o actual plantel chega para se ser campeão.

PB disse...

Oh MM tu és tão doido, man!

só reforçar o q dizes do Tiago. Tb pensei q ia ter uma carreira melhor. Super craque! o Chelsea acentava-lhe bem. Foi pena n ter dado.

Já conhecia bem o Lima. Antes de chegar ao Benfica,mas ainda esta época tenho ai um comentário qq a dizer q o achava o 2ndo melhor p.lança do campeonato. Mas, qd se está rodeado por jogadores ainda melhores, ainda se dá mais nas vistas. Já sabia q era bom, mas confesso q ainda está a superar as expectativas

Anónimo disse...

Caro Pb,

Isto de ir ganhar a campos complicados c malta q ainda n tinha tocado na chicha é mto bonito e a rapaziada até parece entender da coisa - O plantel n será tão curto qto se pensou qdo o cabelo do Witsel partiu em direcção das estepes.
Mas, mais importante q isso - N será talvez de realçar q o Jasus, antes de de mostrar os seus dotes de motivador no final do jogo, meteu ontem em campo algo semelhante àquela táctica fofa de q falasteis há um par de posts atrás?

caro MM, por falar em parasitas, a q horas joga o Sportém?



Minha Pessoa

hertz disse...

Em relação ao Luisinho, normalmente os jogadores quando não são opções regulares e têm a sua oportunidade de jogar, tornam-se um pouco individualistas pois querem tentar resolver e mostrar serviço. Talvez fosse isso que aconteceu ao Luisinho. Infelizmente não pude ver o jogo, mas tive a ver o resumo e achei a movimentação dele no 2º golo excelente.
Não achas que ele é melhor solução do que o Melgarejo? É que do que eu tenho visto dos 2, gostei mais do Luisinho. Parece-me que o Luisinho ataca com fluidez e o Melgarejo agora parece um jogador mais preso de movimentos no ataque e que é um jogador mais defensivo.
E já agora, também não achas que o Miguel Rosa já merecia uma oportunidade no plantel principal?

JS disse...

"Luisinho (...) É todavia um jogador que se preocupa um pouco mais consigo do que com a equipa."

Uma dúvida, Nolito quando joga não está cada vez mais neste género... partir para cima deles é que é bom? Fiquei com essa ideia e pergunto-te pelo que dizes do Luisinho. É que parece-me psicológico nos jogadores do Benfica actual "tenho é de fazer um brilharete já que não me levam a sério de outra forma", para não falar da desconfiança no resto da equipa.

Estava para fazer também a mesma pergunta sobre Lima. Já tinha essa ideia e ontem fiquei mesmo naquela: "este gajo é que deve ser 2º ponta-de-lança com o Rodrigo à sua frente". O Luis Freitas Lobo também falava de Cardozo, vai ser complicado ele integrar-se tão bem nesta dinâmica como na de há 2 e 3 anos, certo?

Posto isto, face a este potencial de jogadores ter Lima+Rodrigo+1 extremo com 3 médios seria a melhor das opções para esta época, certo?

PB disse...

Sim. creio q seria interessante, até pelo potencial ofensivo q os laterais têm

Rafa disse...

Acho que a solução passa por 2 avançados mais um extremo, com o Enzo na outra ala a dar equilibrio ao meio-campo (tal como o ramirez fazia). este esquema assimetrico parece-me a unica forma de equilibrar a obsessão de JJ pelo rolo compressor.apesar dos jovens que surgem a falta de opções no meio-campo e gritante, e se ontem tivemos este esquema foi mesmo pelas lesões. a teimosia de JJ vai voltar a atacar em força. Que acham?

Vasco disse...

Seria o melhor, sem dúvida. Mas...e coragem? Nolito, Gáitan e Ola John sempre de fora?

Count Zaccone disse...

Então PB, o que achaste do regresso ao 442 com um "extremo" mais central e o outro mais profundo?

Sinceramente gostava que o JJ usasse mais este esquema.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Mais uma vez acho que falta aqui uma observação sobre o Enzo. Na minha opinião foi, mais uma vez, um dos melhores do Benfica.

Sabe tudo (ou quase tudo) sobre o jogo. Gosto muito.