quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O que sabem eles?

15 comentários:

Mike Portugal disse...

Belo video.

Rui Monteiro disse...

Caro PB,

O vídeo é, no mínimo, demagógico. quantos jovens não se perderam pela obsessão em srem grandes jogadores de futebol? Quantos responsáveis andaram a criarar ilusões em miúdos para, anos depois, estarem no desemprego e sem qualificações?

Jogar futebol é bom. Como é bom fazer qualquer outro desporto. O futebol profissional é outra coisa. Nunca me conseguirei esquecer das épocas gloriosas do Queiros em que os miúdos passavam meses em estágios sem irem às aulas nem viverem a vida que é suposto os jovens viverem. Quantos foram destruídos por essa voragem? A história do Paulo Pilar é um exemplo muito interessante a este propósito.

Um abraço

PB disse...

O Paulo Pilar :) Craque! Ainda o vi jogar já bem gordinho na 2nda div B. Foi durante anos colega de equipa do SirLuis aqui do blog. Que qualidade de jogador! E ainda virou a TEresa Guilherme num estágio em Espanha!!! looooooooool

mas este video n tem nada a ver com o jogar futebol versus outra coisa qualquer. nada mesmo

JL Martins disse...

"mas este video n tem nada a ver com o jogar futebol versus outra coisa qualquer. nada mesmo"

Cum caraças tem a ver com quê então?!

PB disse...

Agora pensa

PB disse...

e se n lá chegares e se conheceres alguém que tenha sido futebolista amador, pergunta-lhe.

Rui Durães disse...

Rui e Martins,

acredito que vocês nunca tenham praticado desporto federado, porque não perceberam a essência do video. O que o PB queria dizer, acredito eu, é que o video não promove o praticar futebol em vez de estudar ou exercer uma profissão.

Eu sou médico e joguei sempre futebol federado. E revejo-me totalmente no video. O video fala de vocês (quem nunca foi atleta) não perceberem o sacrificio e o prazer que é jogar futebol não sendo essa a nossa principal actividade! O prazer que é jogar, mesmo sabendo que estamos na 3a ou distrital e que não temos futuro no futebol profissional. E essa é a razão porque todos os amadores jogam. PRAZER. Vocês nunca vão entender...

Abraço PB. Ainda te lembras de mim?

PB disse...

Claro que sim, amigo. Grande abraço. manda-me o teu mail sff

El Cusco disse...

Conta lá mas é essa história do Paulo Pilar e da Teresa Guilherme...

PB disse...

JL, n posso passar comentários com o meu nome. espero q compreendas.

PB disse...

EPa n foi só o Paulo Pilar. Metade daquela equipa sub20 tem histórias p contar LOL Figo inclusive!

JL Martins disse...

@PB

Tudo bem, pensei que o teu nome era público, my bad!

De resto podes colocar o comentário e troca o nome por PB, sff.

@braço.

dezazucr disse...

Não é à toa que ainda muitos como eu, apesar de ter uma profissão exigente em termos de tempo ainda perdem muitas horas ao fim de semana em campeonatos como o Inatel e outros do género...

PB disse...

Deza, há um tipo q comenta aqui (Pablito) q foi meu jogador (fut amador). É o dono de várias farmácias (n só em lisboa), tem 3 filhos pequenos. Eu perguntava-lhe se a mulher n o chateava de o gajo estar ali qs todos os dias a jogar a bola. Ele dizia-me, a minha mulher já sabe q se n vier aqui depois fica mais difícil aturar-me

JL, já tinha rejeitado o comentário. E claro q o meu nome não é público. Não sei sequer como o sabes, ainda q perceba q n deve ser nada difícil investigá-lo, pq nc escondi nada. Mas mm sendo fácil chegar lá, continuo sem interesse a q seja mencionado aqui. Qd isso acontecer c frequência, encerra-se a tasca.

JL Martins disse...

@PB,

fechar a tasca é que não, carago!

Como disse pensei que o nome era público, mas deixa lá, se era segredo fica entre nós, não te preocupes.

A minha resposta era para o Rui Durães, tinha mais piada no momento em que escrevi, até porque ao que parece partilhamos a profissão, mas acima de tudo o amor ao futebol.

Na minha juventude joguei no Vianense (Viana do Castelo) com Rogério (int. sub 21, Belenenses, Salamanca...), e na Faculdade joguei no Clube Futebol União de Coimbra.

E sempre por PRAZER e amor ao futebol.

Por isso dispenso moralismos para o meu lado, ok.

De resto desculpa o tom crítico que às vezes coloco nas minhas observações, o que não implica que adore ver as tuas análises, mesmo quando não concordo com as mesmas, o que até são muitas vezes.

@braço!