terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Ainda o primeiro golo do SL Benfica. A inacreditável decisão de Capel

Nos comentários ao último post, fizeram-nos saber que no lance imediatamente anterior ao golo encarnado, há uma decisão inacreditável de Diego Capel. Fomos procurar.


Inacreditável. O Sporting tem vantagem numérica. Há imenso espaço para jogar e um passe para a zona à frente da grande área criaria uma oportunidade incrível para chegar ao dois a zero. Se se lembrar das imensas jogadas perigosas que o Benfica foi criando pelas bolas que Cardozo recebeu naquele espaço (e dois dos golos passaram por ai) percebe como é decisivo chegar com a bola dominada e enquadrado com a baliza na "cabeça da área".

Com superioridade numérica, Capel sem levantar a cabeça do chão despeja a bola na área onde Ricky luta só contra três.


Curiosamente, num lance com algumas semelhanças, o Benfica haveria de chegar ao segundo golo. Ola John  sempre a procurar linhas de passe no espaço à frente dos centrais, vai servir Cardozo em tão importante espaço. O paraguaio entrega em Salvio. O desfecho já é sobejamente conhecido.

9 comentários:

Gonçalo Teixeira disse...

O Capel é dos jogadores mais overrated pelos adeptos do Sporting. Corre imenso, é um trabalhador nato, dá tudo em campo e parece gostar muito do clube mas sinceramente eu não consigo entender como é que um jogador que não tira a cabeça do chão pode ser bom jogador, mesmo sendo um extremo. Esse lance denota uma falta de visão gritante.

JMM disse...

Momentos antes da primeira imagem Capel tem Insua também bem colocado para seguir para a área.

Optou por seguir e despejar para a área. De que serve arranjar espaços se depois faz sempre merda?

hertz disse...

Eu pessoalmente nunca gostei do Capel.
Há lá um lance no jogo contra o Genk (Sporting ainda ganhava nessa altura) em que ele recebe a bola à entrada do meio campo adversário. Começa a encostar-se à linha lateral e a correr como um maluquinho e claro, sem nunca tirar os olhos do chão. Ele não sabe mais: é correr até à linha de fundo e depois cruzar para a área na esperança que a bola vá parar ao Wolfswinkel.

Pedro S disse...

PB, devias ainda recuar um bocado na jogada. É uma sequência de decisões idiotas que nao lembra a ninguém. O Capel tem a bola desde que ela é recuperada à saida da grande area do Sporting. Por duas vezes arrisca a finta ainda no meio campo do Sporting, com o Insúa a abrir um espaço gigante para o passe! Passou com ressaltos, caso contrário era extremamente perigoso para o Sporting. Depois vai até ao fim para fazer aquele disparate. Como se pode deixar um jogador assim em campo depois de um desastre destes?

PB disse...

ya. eu vi. disparate atrás de disparate, mas ganhou ressaltos e depois isto era lance p golo c outra decisão...

Pedro disse...

Capel é um dos mais fracos jogadores da nossa liga. É burro q nem uma porta. Só corre, corre e corre. Nada mais. A JL tem que ter uma placa, à lá Forrest Gump, a dizer para ele parar e centrar senão sai do estádio a correr...

Mas os gajos adoram-no. Tal é a necessidade em encontrar estrelas para adorar.

R disse...

Ok. O Capel corre cm um doido....isso pode ser aproveitado? Acho q sim. A capacidade q ele tem de ultrapassar linhas adversárias em condução é brutal....o que mais me surpreendeu neste lance,gritante no estádio, é o facto de o scp n contemplar esta característica do Capel. Ou seja, sabemos q ele é vertical, sabemos q se coloca muitas vezes em situação de perder a bola e ainda assim colocamos imensos jogadores a correr para a frente em vez de acautelarmos a perda de forma a n ficarmos desequilibrados. É verdade q estava um 5x4 mas isso tb nos diz cm estavam as coisas lá para trás.....considerando o portador da bola q posionamentos deve a equipa adoptar?

João disse...

Deve ser é tudo cego, o extremo do lado oposto passou o jogo todo a ver, sem sequer defender e no lance do golo é ele sim que oferece a bola aos avançados do benfica. O capel ao menos tentou, o carrilo é so porque se tá a lixar...

João disse...

eu devia tar distraido...o capel tudo bem, foi burro, perdeu a bola, mas ao menos correu e tentou...agora o extremo do lado oposto que passou o jogo todo a passear, sem defender, é que decidiu, depois de recuperada, oferecer a bola de calcanhar a frente da nossa área. tentem ser um bocado menos facciosos às vezes, um jogador vê-se por aquilo que produz, não basta ter talento.e neste derby o capel foi dos melhores do sporting a par do volkswinkel e rinaudo