domingo, 30 de dezembro de 2012

Cordas! Tragam as cordas!

Há uns anos atrás, era o Liverpool de Rafael Benitez uma das equipas mais competentes defensivamente da Europa, o treinador espanhol exemplificou numa formação de treinadores em Inglaterra um exercício pouco ortodoxo a que por vezes recorria quando pretendia ensinar o posicionamento defensivo. Sobretudo aos seus defesas, mas também aos médios. Recorde que o Liverpool jogava em duas linhas bem rigidas de 4, quando se sagrou campeão europeu. 

Bastante curiosa a forma como Benitez ajudou os seus defesas a perceberem os seus conceitos defensivos, nomeadamente a distância a que deviam jogar uns dos outros. Contou Benitez que em alguns treinos levou cordas e amarrou os 4 defesas na mesma corda, a um distância um dos outros pré-definida pelo treinador espanhol. Sempre que um se movia, todos os outros eram puxados e obrigatoriamente tinham de definir o seu posicionamento em função dos colegas. Não havia a minima possibilidade de alguém se perder ou afastar em campo, porque acabava arrastado pela corda.

Vercauteren não vai mudar a dupla de centrais. Importava atá-los para estancar a enxurrada de golos que a equipa sofre e continuará a sofrer jogando com as peças nocivas. Nocivas por não terem a miníma noção do que fazem no campo de jogo.

Se ontem, jogassem atados, mantendo a distância entre eles, não teriamos a equipa a deslocar-se para o lado da bola e um dos seus elementos do corredor central a olhar para o lado contrário e a ficar preso ao segundo poste. 

Aqui fica um posicionamento alternativo. Teria sido obrigatório se os elementos da defesa leonina estivessem de facto atados e consequentemente obrigados a manter as distâncias entre si. E curiosamente teria sido suficiente para naquele determinado momento, manter as redes de Patrício invioladas.






Vercauteren não tem sido capaz de corrigir colectivamente muitos dos problemas do Sporting. Mas mesmo que o consiga fazer, bastará alguém perdido numa zona tão importante do campo para a todo instante a sua equipa estar em risco. Urge evoluir colectivamente, como urge afastar quem coloca em risco todos os ganhos que a equipa possa obter. Não o percebendo só aumentará a frustração de toda a gente. Só o treinador leonino pode mudar a situação do clube.

18 comentários:

Anónimo disse...

Concordo absolutamente!

Cada vez dou mais razão ao Manuel Fernandes... Rinaudo é muito fraco tacticamente, tal como Rojo, Xandão, Insua... e como todos os sul americanos!

Rinaudo e Rojo deveriam sair imediatamente da equipa... mas entraria quem???????

PS1:
Ah Rinaudo não... Esse nao se pode tocar... bla bla bla... o Godinho é que devia sair.... bla bla

PS2: Ok Godinho tem culpa... mas ele é que os contratou? ou foi o Freitas? o Godinho é que falha em frente à baliza?

PS3: Não, nao sou lambuças.... por acaso ate votei no bruno carvalho. Se fosse hoje tambem nao votaria no BC!

JMM disse...

Acreditando o que importa é o treino releva perceber porque é que isto ainda não foi MINIMAMENTE corrigido. Não que a equipa tenha subitamente de ser perfeita, mas porque não houve uma evolução mínima no comportamento da defesa?

Temos de voltar sempre à incompetência do treinador. Seria talvez boa ideia encostar alguns jogadores e apostar noutros que não tenham desaprendido como estes. Vercauteren não o quer fazer.

E nem tudo seria mau se o Sporting tivesse produção ofensiva, mas também não tem. É uma equipa que é deficiente em tudo! E assim fica complicado lutar por o que quer que seja.

Vercauteren não parece ser capaz, a equipa não registou qualquer evolução desde o início da temporada e se à primeira fazia sentido falar de um "começar de novo" agora já é demais.

O PB tem razão, só o treinador leonino pode resolver. MAs eu acrescento que esse treinador não pode ser Vercauteren

Mike Portugal disse...

Eu resolveria a situação de outra forma. Desde a 1ª imagem que aí tens que o jogador que está mais à frente deveria ter sido posto em fora-de-jogo. Ponto.

PB disse...

e n estaria em fdj se o Rojo amarrado ao Xandão estivesse onde estão as bolinhas? Está... Mas continuas a ver a coisa errada. Pq esse jogador (adversário) n deve determinar o posicionamento do defesa. Mas, tu n és profissional, n tem problema. O problema é q está no campo alguém c a mm interpretação, sp a tentar ver onde tá o adversário e sem perceber o espaço.

KARLOS disse...

Salve PB

Cordas são mesmos interessante , há tempos vi um video com elástico, deve ter o mesmo resultado (eu disse elástico mas não sei como vcs chamam aí em Portugal) o video é esse:

http://www.youtube.com/watch?v=z0ziJkgv4eA&list=PL7A5BB53B89B36BD9

Na verdade eu não sei quem "roubou" a idéia de quem... mas de qualquer forma ajudaria muitos times pelo mundo, inclusive o Sporting!!

Sempre q vc fala em defesa, lembro de um post q tu fizeste q gostei muito:

http://lateral-esquerdo.blogspot.com.br/2010/03/mais-uma-licao.html

Me ajudou um bocado...

Valeu PB, ABRAÇO.

Nuno Pinto disse...

Pergunto-me se alguma vez o Vercaunten vai dar um murro na mesa e mudar tudo...pior que estamos e impossivel! A Defesa comeca desde logo pelos atacantes e quantas vezes vi ontem a "vedeta" Carrillo correr para tras com o cu empinado quase a paco como se nao fosse nada com ele. A equipa recua toda, ninguem pressiona o portador da bola tendo os adversarios todo o tempo para decidir o que fazer! Ninguem ganha tambem as segundas bolas pelo que ha sempre uma nova oportunidade para estes atacarem...Uma equipa como o Sporting deve sempre jogar com dois avancados fixos! O Seba ate nao era mal se lhe tivessem dado condicoes e nao o despachassem logo no inicio da epoca!

PB disse...

Viva KArlos,

"Ao intervalo decidimos explorar outros movimentos. Decidimos que o Ramires passaria a ocupar espaços mais interiores, aquando da posse da bola, por forma a trazer consigo o Salino para dentro, ganhando espaço no corredor para as entradas do lateral". Jorge Jesus

Já nem me lembrava disso! E é assim q é tão fácil qq um ganhar ao Sporting. É só encostar alguém ao Rojo e chamá-lo para longe do centro do jogo. O Sporting joga só com um defesa central! E acho q isso não acontecia nem na década de 40!

PB disse...

Isso do elástico tá giro. Claro q é um bocado seca e só surge mm talvez num aquecimento sob forma de aprendizagem. Pessoalmente prefiro explicar demonstrando o q quero e fazer jogos q potenciem mtas repetições desse comportamento (por exemplo um 4x4), corrigindo-o eu, sp q alguém esta fora do seu posicionamento ideal.

Mas isso sou eu que acredito na inteligência e jamais quereria nas minhas equipas jogadores burros!

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jEOUPxNWkik

PB e se em vez de analisar esses coxos começar a analisar quem merece?

Daniel Oliveira disse...

Sinceramente nesse lance não culpo o Xandão. Ele simplesmente foi fazer a dobra ao Rinaudo e esse sim teve tempo e mais que tempo para ocupar o lugar do central enquanto o Xandão foi pressionar o portador da bola.

PB disse...

n ha nada p culpar no Xandão. Fez tudo o q podia ter feito. O problema é q parece jogar sozinho no centro da defesa. Mas isto n faz dele um grande central. Só q ao pé do colega de posição parece um Baresi...

PB disse...

Maravilhoso anónimo. Consegue arranjar-me os jogos do Paços? Tenho tanta curiosidade p os ver c atenção...

Anónimo disse...

Não tenho nenhum jogo gravado do paços infelizmente.

PB disse...

o post de cima é já uma pequena homenagem...

jose guinote disse...

Este é talvez o único blogue que desde cedo colocou o dedo na ferida dda péssima qualidade defensiva do Sporting. Essa má qualidade tem um nome: Rojo. Não me recordo de um jogador tão mau a jogar a central no Sporting. Certamente nunca terá existido. Xandão é muito melhor jogador mas uma equipa não pode jogar só com um central. Quando jogam Boularouz e Rojo o Sporting joga sem centrais. Faz-me confusão que Vercauteren que além do mais foi um bom jogador não perceba isso e continue a apostar no tal Rojo. Xandão, Polga e Onyewu com o Carriço algumas vezes garantiam solidez defensiva e eficácia no jogo aéreo em situações atacantes. Tudo isso foi varrido num momento trágico da vida do Sporting: a preparação desta temporada. Uma conjugação de incompetências várias que resultam neste pesadelo.Nenhuma solução virá se Vercauteren não começar a tomar medidas, umas atrás das outras. A primeira e a mais urgente é sem dúvida arranjar um parceiro credível para Xandão e mandar Rojo fazer aquilo que sabe que nada terá a ver com ser defesa-central.

PB disse...

Pois é José Guinote, ninguém pode dizer que não avisámos desde bem cedo (logo à 3a ou 4a jornada) que o homem era uma tragédia e q colectivamente o SCP n tinha a minima noção de como se deve defender.

RF disse...

Como o PB tem insistido, o grande problema da equipa de Futebol do Sporting passa pela falta de organização, princípios ou Modelo de Jogo. Qualidade esta, originada num trabalho de qualidade proporcionado através do treino por um treinador que trabalhe qualitativamente os comportamentos tácticos dos jogadores, sempre dentro de um referencial colectivo. Algo que parece que neste passado recente, Sá Pinto e Vercauteren desconhecem.

A solução mais simples seria tirar Rojo? Hipoteticamente, e no imediato talvez, porém escolher jogadores não é a única função de um treinador. Também lhe compete ensiná-los, corrigi-los e consolidá-los. E no caso do Sporting e de outros clubes essa já nem parece ser opção do treinador. Rojo tem obrigatoriamente de jogar:
http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=352087

KARLOS disse...

Na verdade, eu disse ser interessante(pra muitos times q não tem posicionamento correto! como se fosse "castigo" treinariam com cordas), mas não sou a favor, é como dá um atestado de burrice ao jogador, como vc mesmo disse a varias maneiras de se fazeir isso...

O video foi só pra mostrar o q vc falava das cordas...

;)