segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Messi esteve na Luz este fim de semana e houve uma "tentativa de pega de caras ou 4 tentativas simultâneas de cernelha"


Ou então era o Danilo Dias e o que há em comum de um lance para o outro é o facto das equipas de Jesus defenderem sempre desta forma quando alguém vem em condução de fora para dentro naquela zona do campo. Estão apenas oito jogadores no lance (no anterior eram dez), porque ao contrário do que se passou em Camp Nou não houve um canto segundos antes.

Pode divertir-se com os comentários aqui.

P.S. - Nem todas as equipas têm esta preocupação de encurtar ao máximo o espaço, aproximando toda a gente da bola. Este fim de semana há um lance em todo idêntico, mas cuja resposta posicional dos jogadores foi diferente. 


18 comentários:

JMM disse...

Mal analisado o lance, os dois que estão dentro da área mais para baixo não querem deixar o jogador que tem a bola sozinho e por isso põem os dois mais abaixo em jogo. Aquele que está a entrada da área está a proteger a outra baliza não vá o jogador do nacional atrasar. é tudo pensado.


Agora mais a sério, foi um golo ridículo mas deixa-me que pergunte: Dier não está bem posicionado pois não? Não devia estar mais perto e mais para dentro? Está a proteger a linha de fundo?

PB disse...

O Dier foi driblado, por isso está ali. Se tivesse sido mais agressivo talvez conseguisse apertar um pouco mais, depois de ter sido driblado.

Anónimo disse...

Auch esta doeu! És muito bom PB!

lp22 disse...

E agora uma questão "MUITO dificil" ;)

Qual dos lances na imagem deu golo, e qual deles não deu em nada?

Ai Zé que grizo! disse...

mt mas mm mt engraçados os comentários de um anónimo, acho q sp o mesmo

"Só faltou dizer que JJ está muito orgulhoso desta foto! "

"deixem-se de merdas ou então façam-no em privado, numa palavra pânico!"

"As minhas dúvidas sobre se se tratou efectivamente de uma tentativa de pega de caras ou 4 tentativas simultâneas de cernelha mantêm-se tal e qual. E sobretudo depois de confirmar os 5 jogadores do Barça efectivamente deslocados, o que faz com que fiquem a faltar outros 5. Claro que também imagino que devem estar a ser controlados pelo "olho" do Ola, que deve ser totalmente impossível que lhe apareça algum pelas costas.

E isto tudo por uma razão muito simples, uma coisa é a linha defensiva, outra coisa é a baliza ou a bola e outra ainda e completamente diferente é a obsessão generalizada que todos os jogadores do Benfica e num espaço mesmo muito pequeno evidenciam e de que maneira por Messi, um adversário! E é só este o comentário também generalizado que a fotografia tem merecido por todo o mundo. Imagino que só por ignorantes. "




ahahahah o q é q este burro dirá agora? Já sei para além do Messi o Benfica tb morre de medo do Danilo Dias looooooooooooooooooooooool

as figuras que se faz quando se quer falar do que n se percebe.

MM disse...

"Ouch", mesmo. Quem sabe sabe. Nós por cá aprendemos.

PB disse...

Isto é uma prova de que o Benfica tem treinador. Pode-se concordar, discordar. Mas tem treinador. Os jogadores reproduzem as ideias do seu treinador.

E por acaso, mesmo não concordando com algumas coisas(basta consultar as etiquetas), algumas delas bem importantes, há que dar um grande crédito ao treinador do Benfica. Em mais de metade dos treinadores do fut profissional não consegues perceber respostas iguais p situações iguais. Isto pq é dar a bola e eles que joguem... Não há ideias.

E um treinador com más ideias mas com um modelo de jogo decidido é melhor que outro sem ideias. Nesse sentido, por exemplo, o Paulo Sérgio é bastante superior ao Sá Pinto. Era mt curto para o Sporting, mas pelo menos tinha ideias.

Gosto do JJ pq me permite provar que a real importância do treinador é durante a semana qd prepara a sua equipa p as diferentes situações de jogo e naõ ao fds qd escolhe 11 jogadores e uma táctica fixa

MCA disse...

Ora nem mais! A diferença entre esta situação e a de Messi, para além da inexistência do pontapé de canto, é a capacidade do jogador do Barcelona em conduzir a bola para dentro, mesmo rodeado por adversários.

Esta penetração obriga os jogadores do Benfica a encurtar coberturas e a concentrar na bola, parecendo que estão preocupados apenas com um jogador... Mas na verdade é um comportamento colectivo independente do portador, mas dependente da bola.

Apetece dizer que não o vemos mais vezes porque muitas equipas portuguesas procuram incessantemente a bandeirola de canto...

Leão Curioso disse...

Mas neste lance não há também uma grande passividade dos jogadores que estão na pressão(??),que deixam rematar sem oposição(seguem a movimentação com os olhos) aparentemente sem noção do local onde está a bola(Não estão a cobrir a baliza)o que permitiu o golo.Não deviam ser mais agressivos ,1 atacando a bola e os outros tapando os espaços e as linhas de passe.E se sim ,é o treinador que os prepara assim?
Verc. é incompetente?

Blessing Lumueno disse...

O problema é que a malta que vem cá comentar, como diz o Jorge D, acha que defender zona é uma forma de confeccionar bacalhau. A partir daí, surgem essas doses elevadas de atrevimento no que concerne aos comentários. Não percebem que o conceito de zona é treinado e estruturado independente do adversário pois os estímulos para resposta defensiva têm apenas haver com posição da bola relativamente à baliza e posições dos nossos colegas. De resto, sim Jesus é treinador. Mas de facto não gosto dele. Das ideias dele na globalidade. Mas o homem percebe muito de jogo e de treino, porque de facto às equipas dele reproduzem o que treinam. Abraço

Anónimo disse...

Afinal não eram 4 mas sim 5 cernelhas. Até certas brincadeiras estão interditas aos miúdos. É preciso um esforço enorme para conseguir ver semelhanças entre um 1 frame em que não se passa nada de anormal e outro cheio de magnetismo. Para além de desta vez não estar ninguém a marcar o árbitro também há marcações ao resto da zona e inclusive a outros jogadores, de modo a impedir a sua penetração! E viva a censura!

No.Worries disse...

Muita boa essa imagem do jogo contra o maritimo e as semelhanças com o post do jogo e do lance do Messi. E se nem o argentino conseguiu "furar" o posicionamento defensivo do SLB, ninguém conseguirá fazer golo num lance idêntico.
Começa a ser imagem de marca deste Benfica de Jesus essa forma de defender, e comparar isto com o scp, onde não há a minima qualidade individual ou colectiva é injusto. Cómico mas injusto.

PB disse...

ahh estão a marcar os do Maritimo...

tem tudo a ver com marcações...

Blessing Lumueno disse...

Formar zonas de pressão sem coberturas não é formar zonas de pressão... É simplesmente pressionar o portador da bola.
E caso se pressione e seja ultrapassado é suicídio, porque não tendo jogadores perto para reagir ao facto de ter sido ultrapassado o caminho da baliza está livre.
Então como podes pedir a um jogador para ser agressivo se ele sabe que se for ultrapassado, não tem ninguém perto e o outro fica perto de fazer golo?

Se o Sporting, tal como o Benfica, formasse a tal zona de pressão, que exige coberturas e um ou mais jogadores perto da bola, poderias pedir agressividade a esses jogadores mais perto da bola. Caso contrário o melhor mesmo é fazer contenção e reagir perante o adversário...

Daí a defesa zonal e as zonas de pressão terem maior eficácia que outros comportamentos defensivos, na minha opinião.

Abraco

JS disse...

«E um treinador com más ideias mas com um modelo de jogo decidido é melhor que outro sem ideias.»

Foi uma das primeiras máximas que ouvi no meu curso de gestão... ou uma parecida:

"Mais vale uma má decisão do que não decidir"

B Cool disse...

Só uma questão PB, neste lance, o Maxi e o outro antes dele, penso que seja o Jardel, não estão um pouco mal posicionados, pois não fazem a linha, isto é suponho que devam ter demorado um pouco mais a subir que os companheiros, colocando, penso que seja o Fidelis, numa zona que pode criar perigo ?

Quanto ao paralelismo com o lance do Messi, é impressionante a mecanização (trabalho durante a semana).

Obrigado por mais esta demonstração, algo que vendo os jogos ao vivo, confesso que me passa completamente ao lado.

João Martinho disse...

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=bJFHBN9UKL0

PB o que tens a dizer sobre isto?

PB disse...


Remeto para aqui

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2012/12/o-inexistente-defensivamente-meio-campo.html

Quando se junta desconhecimento do jogo com falta de vontade, dá isto. Andam a ficar de fora miúdos cheios de qualidade para jogar um nome. O Elias não é o único. No Sporting jogam os nomes. Olha, vou recuperar um post