quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O enorme César Peixoto. Sempre underrated.

"Jorge Jesus foi o treinador com quem mais aprendi. Sobretudo a nível de tática"

"No ano passado vi vários jogos e sentia que podia ser titular daquela equipa. Estaria a mentir se não o dissesse." Sobre o SL Benfica.

"O Mourinho é o melhor do mundo. E para se chegar a esse estatuto não pode ser só sorte. É muito bom, tem feito um trabalho fantástico nos clubes por onde passa e está de parabéns. A par do mister Jorge Jesus foi o melhor treinador com quem trabalhei."

"Mourinho marca muito as equipas onde trabalha, os jogadores estavam habituados aos seus métodos e o início foi atribulado. O mister Del Neri não foi muito bem aceite pela equipa nem pelo próprio clube. Sentíamos que as ideias de jogo dele e a forma como queria que a equipa jogasse não eram as adequadas. Acabou por ser despedido e começou aquele ano atípico com três treinadores no F.C. Porto. Não foi fácil para os jogadores adaptarem-se a um F.C. Porto sem Mourinho."

"E sugeriu-me: o que achas de passares para defesa esquerdo? Explicou-me que na tática dele, que era muito ofensiva, o defesa acabava por não o ser, de facto. Era um falso defesa esquerdo. Eu vinha de um empréstimo, queria afirmar-me e aceitei. " Sobre Adriaanse.

"...fui treinado pelos melhores e fui sempre opção para eles. Sinto que não dão o devido valor ao que consegui no futebol, mas continuo a jogar como se nada fosse e durmo de consciência tranquila. "

"Custa-me ler algumas crónicas nos jornais. Fico a pensar que não viram o mesmo jogo que eu"

"Gostava de ter representado mais vezes a seleção, mas a vida é assim."

Excelente entrevista de César Peixoto ao Maisfutebol. Quão difícil será para um excelente jogador de futebol conviver com as criticas acérrimas de quem nada percebe? Por aqui será sempre recordada a sua enorme classe. Talvez desde os tempos em que Rui Costa e Pedro Barbosa jogavam que não aparecia outro futebolista de nacionalidade portuguesa que nos divertisse tanto quanto Peixoto o fazia quando apto e disponível fisicamente.  


Um terrível lamento pelas lesões que não o impediram de almejar tudo, mas que impediram que o mundo percebesse o jogador que foi.

7 comentários:

Pedro disse...

O "problema" de Peixoto era a imagem que passava que aos 5 minutos de jogo, se lhe metessem a mão na boca, o gajo rebentava. :)

Excelente jogador, inteligente, com a bola nos pés a decisão era sempre correcta. O SLB sempre foi mais forte quando ele ocupava o meio campo. Tivesse ele boa imprensa como alguns bluffs tiverem durante anos e toda a qualidade de César Peixoto seria reconhecida por todos.

PB disse...

Já chegou mt tarde ao Benfica. Mas, se n fossem as lesões não teria chegado nunca

Joel disse...

O Problema do Peixoto foi que o nome dele não dá para fazer capas...

PB disse...

até dá! Olha lá a imagem do post! :)

lp22 disse...

Eu até o admiro como jogador, relembro aquela época péssima em que em certos jogos precisamos de apoio para Javi (um pouco à ramires), e o duplo pivot defensivo era (teve de ser) Peixoto-Javi, nesses jogos esteve sempre bem, e até acho que o SLB nao perdeu nenhum com ele ao lado de Javi...

Anónimo disse...

Sim lp22, esteve no Dragão no jogo da Taça que o Benfica venceu por 2-0. E se como defesa esquerdo já não servia, no meio campo ainda foi bastante útil no Benfica quer em 2009/10 quer em 2010/11.

Ricardo disse...

No Benfica foi desprezado por 90 e tal por cento dos adeptos. Dos gajos mais talentosos dos últimos largos anos.