quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Olympiacos de Leonardo Jardim











28 comentários:

DC disse...

É o meu preferido caso o VP saia. Isto não falando em sonhos mais ou menos impossíveis como o Pellegrini (apesar de ganhar menos que o JJ :D).

masterzen disse...

Boas,

Os três interiores jogam em triângulo invertido ou em triângulo normal com duplo pivot?
Nunca vi este Oly de Leonardo Jardim, que te pareceu?

Abraço

PB disse...

Um trinco, dois interiores. O Ibagaza mais à frente. o Da esq um pouco mais recuado. Depois a dinâmica faz com q o trinco esteja sp em cobertura. Ibazaga é quem mais sai p ir pressionar, mas qd é na zona do interior do outro lado ele volta para tras p o lado do trinco.

é 1+2, mas mtas x pela dinamica fica 2+1.

Ricardo Galeiras disse...

e os alas e o pL nao pressionam a saida?

Anónimo disse...

É o melhor treinador, ou o que tem mais condições, para suceder a Jorge Jesus no Benfica.

Anónimo disse...

Bom treinador, bom rigor defensivo

PB disse...

Galeiras,ficam c os laterais e c o outro central

Edson Arantes do Nascimento disse...

Bom treinador! Gostava de vê-lo, um dia, no Benfica.

Ricardo Galeiras disse...

Como não Falaste e não os vi na imagem...

Guilherme disse...

viva, é engano meu ou hoje na 1ª parte contra o Olhanense, o Jorge Jesus voltou ao 4-3-3? pelo menos na fase defensiva assim pareceu.

com andre gomes, gaitan e enzo, mais nolito, rodrigo e r.césar. passados dois anos desde a pré-época de 2010-11...

Bruno Miguel Espalha disse...

Só uma pequena correcção. O Ibagaza é Argentino e não Espanhol. De resto, tudo muito certo tirando o lance do primeiro golo do Pana. Dizes que o lateral esquerdo devia juntar mais ao central, mas isso ainda proporcionava mais espaço vazio ao extremo que marcou o golo não?

O problema de jogar em 4-3-3 é esse mesmo. Quando a bola entra no lado fraco da defesa (lado sem a bola) cria sempre uma inferioridade numérica para quem defende. Quem devia estar a acompanhar o extremo direito do Pana era o Extremo esquerdo do Olympiacos para que o lateral pudesse fechar mais ao centro. Assim, ficou a meio caminho.

masterzen disse...


Caro PB,

Já que estás numa de 433 quando é que fazes um post sobre a transição da fase Guardiola para Tito Vilanova?

Abraço

PB disse...

Não Bruno. O extremo pode estar sozinho à vontade. Qd a bola lá chegar alguém logo sai à bola... O adversario pode até ter 10 jogadores sozinhos e estar td mt bem defendido...

PB disse...

Guilherme só vi um pc da 2nda parte do SLB

lp22 disse...

PB, todos dizem que o Nolito jogou mal, serei o unico a achar que de todos nolito até foi o menos mau?

Tomaz disse...

o interior direito fica com um central, o PL com o outro, os alas acompanham os laterais, e quem fica com o trinco?

Guilherme disse...

@ obg na mesma pb! fiquei na duvida mas tenho a certeza que na 1ª parte foi um 4-3-3, pois o rodrigo c~esar estava sempre encostado à linha direita e o gaitan por vezes vinha buscar a bola atrás do meio campo. depois na segunda parte o Jesus mudou para o classico 4-1-3-2...

a primeira parte do nolito nao foi mto boa, falta de ritmo talvez, depois na segunda parte melhorou... mas para mim quem brilhou ao longo de todo o jogo foi o Gaitan. É o que se arrisca quando ele é colocado na posição devida...

Pedro disse...

Na primeira parte jogou mal pq agarrou-se demasiado à bola sem conseguir concluir com êxito. E a decisão foi péssima. Na segunda parte melhorou muito.

Blessing Lumueno disse...

Tomaz não é uma questão de jogadores... Estás a pensar em marcações como hxh... Defender zona pressupõe superioridade numérica na zona da bola... Caso a bola chegasse ao trinco ou ao pl ou aos extremos a equipa tinha de bascular de forma inteligente, para novamente criar superioridade na zona da bola e defender o espaço circundante de forma a não permitir a progressão adversária.
O PB responde bem. Até podem haver dez jogadores e livres e estar o espaço todo de jogo bem defendido.
Abraço

.D10S disse...

lp22, o problema é que grande parte das pessoas ao ver um jogo de futebol pela tv costuma, perdoe-se-me a expressão "emprenhar pelos ouvidos".

A qualidade dos comentários feitos na nossa tv é geralmente baixo mas os da TVI são ainda piores. Até acho que o JQM tem ´c#!$0s' naquilo que escreve em relação ao submundo do futebol em Portugal mas quando se trata de 'futebol a sério', de comentar um jogo, é muito fraco! E já nem me refiro ao Fernando Correia, que pensa que tá na rádio...

Nolito, não obstante não ter feito um grande jogo, mais uma vez, demosntrou que joga sempre com critério e com intenção. Nada do que fez no jogo de ontem foi por acaso. Na primeira parte isolou Rodrigo, e fez também um passe a rasgar que permitiu ao Gaitán centrar para Rodrigo (que rematou por cima). Na segunda parte, por várias vezes recorreu ao passe a 'rasgar', e em duas dessas situações colocou Lima na 'cara do golo'.

Estranhamente (ou não) JJ tirou-o numa altura em que já tinha 'aberto o livro'. Há coisas que não entendo no futebol...

http://benficacompaixao.blogspot.pt/

Vitó disse...

Bruno Miguel Espalha,

Sem ofensas, mas gostava de perceber como é que alguém que escreve um livro sobre como bater o Barça, depois fala em marcações hxh... Se a tua receita do livro passar por aí, não sei se terá grande resultado...

Abraço

Tomaz disse...

Blessing Lumueno
Certo, mas na 1ª figura diz que é uma situação de pressionar a saida de bola adversária, se não pressionares o trinco que normalmente baixa para receber, ele fica livre para sair a jogar.

jorge disse...

agradecia que fosse ao seu email
obrigado
jorge

Blessing Lumueno disse...

Não sei como funciona na equipa de jardim. Mas eu faria da seguinte forma :
Primeiro equipa em bloco médio com defesa a meio do meio campo defensivo e atacantes a meio do ofensivo.
Depois pl sai ao central que tem bola, fechando um lado e só permitindo que ele tenha visão para jogar num lado ou chutar longo na frente sem precisão pelo encurtar do espaço.
Nesse momento equipa sobe e bascula do lado onde pl condicionou e extremo sobe no lateral, interiores sobem ligeiramente um deles mais na zona da bola e outro em cobertura perto do médio defensivo em cobertura... Mesmo que um interior saia na bola tens outro em cobertura para pressionar rapidamente o trinco adversário e caso ele baixe para sair a jogar ou vai para dentro da zona de pressão ou então vai para o lado cego do centro, para onde ele não consegue jogar a bola por estar tapado e pressionado pelo pl. Caso um interior esteja num central e bola saia no trinco, outro pressiona trinco e o médio que estava no central tem de rapidamente oferecer cobertura ao seu colega que saiu no trinco adversário.

lp22 disse...

Completamente de acordo D10S ;)

Tomaz disse...

Perfeito Blessing Lumueno.

Anónimo disse...

há treinadores que deslocam o extremo contrário ao lado da bola para bloquear o trinco contrário

Leo disse...

Parece que vai haver muito boa gente a mudar de opinião a partir de hoje...