segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Por onde lhe pegaste, Vercauteren?

"Qual foi a primeira preocupação de Vercauteren (em termos de preparação táctica da equipa no processo de treino) aquando da sua chegada ao SCP ???" Amoroso na caixa de comentários do último post.


Não se sabe. Mas, aquela que teria sido a primeira preocupação do Lateral Esquerdo se tivesse nos "sapatos" de Vercauteren, ficou registada no final de Outubro.

E curiosamente talvez o desfecho no fim de semana tivesse sido diferente. 

"Back to basics

"Nesta fase, até o aquecimento deve ser pensado para fazer evoluir tacticamente a equipa.

Integrar no aquecimento jogos que trabalhem tacticamente (as respostas a dar em função da situação de jogo) todos os atletas, sobretudo os que compõem a linha defensiva do Sporting é fundamental. Todo o tempo é demasiado curto para o que urge mudar. 

Exemplos para aquecimento.

Jogos de 2x2. Pontua quem ultrapassa a linha final adversária com a bola dominada. Obrigatoriedade de defender em duas linhas (contenção / cobertura defensiva). Mais do que cair em cima do adversário directo para recuperar rápido, há que garantir segurança defensiva.

Jogos de 3x3. Pontua quem ultrapassa a linha final adversária com a bola dominada. Obrigatoriedade de defender em duas linhas (linha da contenção com um jogador, linha de cobertura com dois). Trabalhar os equilíbrios, a cada mudança do portador da bola, um jogador diferente sai para a contenção, voltando quem estava na contenção para a linha de cobertura.

Exercícios potencialmente interessantes para a coordenação da linha defensiva, nos momentos em que fica com 4 ou 5 atrás da linha da bola.

Jogos de 4x4. Pontua quem ultrapassa a linha final adversária com a bola dominada. Obrigatoriedade de defender em duas linhas (linha da contenção com um jogador, linha de cobertura com três). Trabalhar os equilíbrios, a cada mudança do portador da bola, um jogador diferente sai para a contenção, voltando quem estava na contenção para a linha de cobertura.

Jogos de 5x5.  Pontua quem ultrapassa a linha final adversária com a bola dominada. Obrigatoriedade de defender em duas linhas (linha da contenção com um ou dois jogadores, linha de cobertura com três ou quatro jogadores, dependendo das ideias do treinador e do corredor de jogo. Isto é: 4+1 ou 3+2). Trabalhar os equilíbrios, a cada mudança do portador da bola, um jogador diferente sai para a contenção, voltando quem estava na contenção para a linha de cobertura.

Primeiramente há que reorganizar defensivamente a equipa. Começando pelos que jogam mais atrás. Como defender com 2, 3, 4, 5 atrás da linha da bola?

Progressivamente ir inserindo mais jogadores, para mais situações que promovam também a coordenação entre sectores e dentro dos próprios sectores." aqui.

13 comentários:

PedroF disse...

Nem a pedido:

"Manuel Sérgio não poupa nos elogios ao treinador do Benfica Jorge Jesus.

«É um grande treinador de futebol. Os treinos dele são exemplares. Os alunos de desporto deviam assistir aos seus treinos. A intensidade é o segredo. O treino deve imitar o jogo e deve ter a mesma duração», elogiou o professor catedrático em entrevista à Antena 1.

«Há uma escola de treinadores em Portugal», atirou."

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=374935

POC disse...

Sai JJ entra PB.

Leão de Alvalade disse...

LE, peço desculpa por ainda vir com o assunto do post anterior, mas como o assunto deste ainda entronca na mesma matéria...

Tem a ver com a observação sobre o Josué, que faz sentido, face ao que jogou.

Mas também faz sentido dizer que o Sporting é, neste momento, o adversário ideal para brilhar.

lembro-me de ver o jogo da taça com o Moreirense e a dada altura parecer que estavamos a jogar com o Barcelona. Ora o Moreirense é das equipas mais fraquinhas da 1º Liga

Pedro disse...

"Sai JJ entra PB."

Na hora!! :)

Ricardo Galeiras disse...

boas
tentei noutro post, mas não consegui.
conheço o josué desde os tempos do Candal, segui a sua carreira atentamente pois sempre foi o craque das equipas por onde passou, tinha tudo para ser enorme e titular do seu Porto...o contexto social não lhe permitiu melhor, mas parece que ganhou juizo!! ainda vai bem a tempo de brilhar, quem sabe no mundial do brasil, assim alguém aposte!

reforço o pedido PB, ve o golo do pizzi e compara-o com o golo do milito na final da champions!!


abraço

Anónimo disse...

Does one head only repost the following to my personal
website? Among the finest to guarantee credit ratings emerges exactly where it really
is due. Have a great a single!
Also visit my web blog :: Genital Warts Remedies

JMM disse...

É evidente que jogar bem contra o Sporting se tornou algo relativo na medida em que pode ser desvalorizado.

A analogia ideal é aquele golo do Neymar candidato, faria isso na Europa? Duvido. Jogar bem contra o Sporting é a mesma coisa: faria isso contra uma equipa de futebol?


Vercauteren? Com Vercauteren nada mudou. A progressão é zero mas não me quero alongar. Estou como dizer no A Norte e que acaba por ser suportado neste blog: sem cortar o treinador e contratar competência o SCP não vai lá.

Nuno Pinto disse...

O Problema deste sporting nao e do Vercauten mas vem desde o inicio da epoca. E impensavel uma equipa como o Sporting ter apenas um ponta de lanca (para nao dizer avancado com um minimo de experiencia) no inicio de uma epoca. Seria preferivel ter gasto os 4.5 milhoes do Rojo nesse tal avancado - O Michu que e um dos melhores marcadores da Premmier League pelo Swansea custou 4 milhoes!
No golo do Pacos, concordo em parte com a analise, embora devamos tambem perguntar onde estava o Rinaudo. O ataque do Pacos resulta de uma segunda bola no meio campo em que o Rinaudo esta pela direita, a nao fazer muito bem o que e e ganha pelo Josue, sozinho no meio campo. Contra 3 em corrida, parece-me que pouco poderiam os defesas fazer. Talvez a falta para parar a jogada? As pessoas parecem dar demasiada importancia ao Rinaudo, esquecendo que veio da Argentina de uma equipa acabada de descer...ora, se ai nao fazia a diferenca, nao creio que o faca no Sporting.
Sem ovos, o homem nao pode fazer grandes omoletas e parece condenado a jogar naquele modelo "estupido" do Sa Pinto, com dois alas a correr como tolos a linha a tentar cruzar para um Wolfs que nem de helicoptero chega la,ate porque nao e feito para isso!

JC disse...

Nuno Pinto:
O Porto ganhou o campeonato o ano passado sem ponta de lança.
Não digas que or problema é em termos apenas um.
Por favor.

Lateral Esquerdo:
Esses exemplos de treino que apresentas...
Para isso, precisavamos de ter um treinador à frente da equipa.
O que não temos.
O Vercauteren é tanto treinador de futebol como eu sou agricultor.
Palavra de honra que preferia o José Mota, o Jaime Pacheco ou o Cajuda a treinar o SCP do que este belga.
Isto nem no tempo do Paulo Sérgio, que, dizia-se, não tinha jogadores de qualidade.
Nem sequer um pinheirinho....

PB disse...

Leão, sim é fácil brilhar c o Sporting. Mas o brilho do Josué foi diferente. Foi nas coisas simples q n têm directamente a ver c o adversário.

A forma como temporiza e como decide e executa o melhor passe (e não o mais óbvio) foi mt acima da média. E isto é sp independente do adversário q estás a enfrentar. O adversário facilita em dar mais espaço, mas ele mm nos momentos q teve menos esteve mt acima

PB disse...

Nuno Pinto, bem sei eu q o principal responsavel do estado calamitoso do fut do Sporting é o Sá Pinto! Se n fosse assim n teria sugerido q Vercauteren treinasse coisas tão básicas...

JMM disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JMM disse...

Boa tarde,

Disse Jesus sobre Jesualdo:

" Sabe perfeitamente o que é dar dinâmica a uma equipa. Na minha opinião, em 4x3x3, não há ninguém como ele em Portugal", disse.



A minha questão é simples, que quer isto dizer? Ele é o melhor em 4-3-3? Sinceramente não entendo pois o modo como classifico um treinador pode ser baseado em muita coisa (qualidade de jogo, consistência defensiva, etc...) mas nunca me passa pela cabeça dizer que é o melhor na táctica X. Tem que ver com a dinâmica da equipa nesse esquema?