terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Curtas

- Diferença entre a óptica do adepto e a do jogador inteligente. "Espero que ele entenda que o futebol é um jogo colectivo e que tem mais companheiros em campo. Deve saber quando passar ou quando fazer uma jogada individual" Lucho sobre Iturbe. As crónicas de Miguel Sousa Tavares, porém fazem sempre recordar-nos de como a generalidade das pessoas vê o jogo. Sem qualquer noção da importância da tomada de decisão. O cronista ainda hoje não percebe porque Iturbe e Atsu não somam mais minutos e não são indispensáveis. Curioso que tende sempre a catalogar como negativas as prestações de Lucho. A incapacidade para perceber o jogo é perfeitamente normal. Desde que se mantenham estas pessoas longe das estruturas dos clubes...;

- Rojas o novo reforço do SL Benfica. Ainda teremos oportunidade de voltar ao paraguaio, quando mais observações ao Sudamericano forem realizadas. A imagem proporcionada nos dois primeiros jogos foi a de um jogador com qualidades individuais interessantes. Boa capacidade de drible e condução daquele que foi provavelmente o jogador mais veloz na passada do Sudamericano. Fica ainda por descobrir o mais importante. Qualidade na decisão e forma como se integra no colectivo;

- Muito tranquila a vitória do SL Benfica na Liga frente a uma das grandes sensações da Liga. A muito boa organização do Paços de Ferreira potencia o aparecimento das suas individualidades. Todos os seus jogadores estão hoje mais valorizados e reconhecidos. Porém a diferença de SL Benfica e FC Porto para todos os outros é abismal. Em Portugal juntas muita qualidade individual (técnica, física e de tomada de decisão) a excelência táctica e torna-se quase impossível competir a semelhante nível. Tacticamente os dois da frente estão ao nível do que melhor se faz por essa Europa fora. Individualmente a supremacia é também evidente;

- Derrota expectável do Sporting na Amoreira. Não há que desvalorizar o trabalho de Marco Silva. Todavia  torna-se fácil produzir bom futebol quando o onze é composto por vários jogadores de grande nível para aquela que é a realidade do Estoril Praia. Mais do que um colectivo cheio de qualidades está nas individualidades a explicação para o justo sétimo lugar dos canarinhos;

- Eric Dier tem potencial para se tornar numa grande figura do futebol europeu. É uma pena que não seja português. Qualidade em todos os factores de rendimento. Em dois/três anos, mais habituado à velocidade do jogo do futebol de adultos estará onde quiser estar;

- Gareth Bale com golos de todas as distâncias vai guiando Villas Boas ao sucesso. Com menos cinco anos que Ronaldo, poderá o galês ser um possível sucessor do português? É bem possível que esteja próximo de uma transferência milionária para um grande Europeu. Porque tem muito golo será sempre mais notado que Neymar, quando o brasileiro chegar à Europa;

- Carvalhal uma das pessoas mais competentes que passou pelo Sporting nos últimos anos coloca o dedo na ferida. "É importante para os clubes como o Sporting terem pessoas do futebol nas suas estruturas, ou como presidente ou como assessores. É fundamental. No tempo que lá passei, achei que o Sporting era um Formula 1 que muitas vezes não está a ser conduzido da devida forma". O pior Sporting (futebolisticamente) de sempre é reflexo da incompetência de quem toma decisões. Perceber de futebol é bastante diferente de pensar que se percebe. Miguel Sousa Tavares se fosse sportinguista seria mais um candidato a construir planteis e escolher treinadores. 




17 comentários:

Anónimo disse...

Excelente texto, a todos os níveis. Só um reparo: escreve-se assessor.

Miguel Nunes disse...

corrigido

zdamen disse...

E é tão difícil de explicar porque a tomada de decisão, mesmo nas peladinhas de amigos, é o que faz toda a diferença entre quem ganha e quem perde...

DC disse...

O Sousa Tavares é aberrante. Não há uma crónica em que não implique com o Varela e peça o Atsu e o Iturbe no lugar dele. Mas além dele já implicou com Lucho, Moutinho, Jackson, Defour, enfim...

O Atsu a mim, por exemplo, parece-me que faz sempre a mesma jogada: encara o adversário e finta para o lado do seu pé esquerdo. Tenha ou não apoio, tenha ou não hipótese de ter sucesso. Tem muito potencial mas também tem muito que aprender.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Gosto do Dier. Bom jogador. É forte, tem talento, decide bem, tem personalidade. Não lhe falta nada.

Leão de Alvalade disse...

Miguel,

sobre o Eric depois de o ver em campo (que é bem diferente de ver na tv) escrevi isto:

Um parêntesis para Eric Dier. Dos que vi jogar até agora é o jogador mais maduro, parece que sempre esteve ali, nasceu para jogar futebol, para ser um líder. E isso não tem a ver com a idade, nasce-se assim, potencia-se com uma grande escola.

O que dizes sobre Iturbe aplica-se no meu clube a Carrillo, Labyad e Viola. Com uma diferença, Carrillo já perdeu quase 2 anos...

Sobre o Carvalhal concordo, pena que o Costinha e o Bettencourt fossem dos muitos MST´s que por ai andam.



Hugo Martins disse...

Excelente "curtas". Mas o Rojo já está confirmado? Se sim, era serviço de interesse público uma análise detalhada de quem já o conhece, que não é o meu caso...
Esta frase é sublime: "Perceber de futebol é bastante diferente de pensar que se percebe." E faz-me lembrar um verdadeiro visionário que costuma aqui comentar e que parece ser uma concorrência de peso às tuas análises. Atentem ao que disse no final de novembro do ano passado:

http://ontemvi-tenoestadiodaluz.blogspot.pt/2012/11/vamos-prognosticar-os-proximos-10-jogos.html

Entre o "péssimo planeamento da época", e o "Benfica de Jesus forte contra fracos e fraco contra fortes", acho que não é preciso acrescentar mais nada sobre os conhecimentos de quem escreveu. Tem cuidado, PB, aquilo é um monstro a escrever sobre futebol, LOLOLOLOL

josé carlos disse...

Miguel, que achaste do Paços? Vais fazer algum post sobre eles? Sobretudo em organização ofensiva o que achaste deles? Não achas que o duplo pivot deles é muito para coberturas ofensivas apenas e aventura-se pouco em rupturas e em progressão no último terço? Que movimentos padronizados viste mais, para além dos habituais movimentos exteriores? Abraço.

Aza Delta disse...

Lol o Miguel Sousa Tavares até ter o Moutinho no Porto dizia que não percebia o que toda a gente via nele.


Joel disse...

Aza Delta;
O Miguel Sousa Tavares já por anos vem dizendo que os jogadores do Sporting não prestam. . . Pena é que não seja ele o presidente do FC Porto

Miguel Nunes disse...

Leão, acho q n nos vamos enganar c o Dier. Tem tudo, e nestas coisas a personalidade tb conta mt. Aquele jogo na Madeira, primeira aparição a central a gesticular a orientar toda a equipa...meu Deus! Só aquilo diz tanta coisa! Olha, foi o q sp faltou ao Pereirinha para se mostrar e outro nível.


Hugo, fazer prognósticos é sp de um risco enorme! Qd jogava no totobola sp fui péssimo! A única x que estive perto do 13, falhei no último jogo da jornada! Já tinha tudo certo, SLB x SCP tinha metido X. O Futre lixou-me o 13. Ficou 1 a 0.

Aza Delta, o MST ainda hj deve achar q o Moutinho é fraco, uma vez que n anda lá às fintas no meio. Qd perder vai voltar a lembrar-se das criticas.

Edson, para até tu, benfiquista doente falares assim do Dier...

DC, o Atsu tem mt para crescer. Tal como o Iturbe. O Argentino no sudamericano tb jogava sozinho. Finta um, dois, remata por cima. Foi o sudamericano todo nisto. Mas há potencial técnico e físico em ambos

José, n tomei mta atenção ao jogo do SLB x Paços

No.Worries disse...

A questão no sousa tavares não é só a de não perceber nada de futebol. Lembro-me perfeitamente que quando saíram as primeiras escutas do pinto da costa ele foi peremptório de que devia deixar a presidência do fcp, para uns dias mais tarde dizer que afinal não porque as escutas eram ilegais, ignorando o seu conteúdo. O que ele diz (ou escreve) não é para ser levado a sério.
Concordo que a derrota do scp na Amoreira era expéctavel, mas achas que também se deve esperar uma derrota tranquila no derby do próximo sábado?
Até acredito que o Dier tem potencial para se tornar uma grande figura do futebol europeu, mas para isso tem que sair dali o mais depressa possivel...

Spike disse...

Demorei um mês a ler o Lateral Esquerdo (LE), de uma ponta à outra.

Cheguei a uma conclusão, existe uma visão do futebol antes de ler o blog e outro futebol depois de o ler.

Assistir a partidas de futebol com pessoas que não leram o LE ou outra fonte do género, tornou-se insuportável. Meros palpites, sem nenhum fundamento, clubite sem sentido.

Dei comigo a apreciar a colocação dos centrais em relação aos postes, a organização dos triângulos de ataque ou de defesa, a importância do posicionamento. Comecei a perceber que um jogo que termina em 2-0, mostra que alguém fez o trabalho de casa. Descobri que por trás da dificuldade de se expressar em Português, o Jesus é um estudioso do jogo.

Por isso não compreendo os inaptos que lêem o LE e comentam, não aprendendo nada.
Muitos, afectados por uma clubite intratável.

Obrigado PB.

Possível conflito de interesses: sou adepto do Sporting.

Benfiquista Tripeiro disse...

Spike, muito bem escrito. Sou leitor assíduo do blog, não costumo comentar, porque não percebo nada de bola. Embora seja um "ferrenho" do meu clube, vejo o futebol como 99% dos adeptos, penso que percebo, mas não percebo (citando o autor do post).

Quando quero dar asas ao meu Benfiquismo, vou aos blogs do Benfica comentar. Quando quero ler futebol, venho aqui e aprendo.

Já agora, uma pergunta: é claro que quero que o sporting ganhe no sábado, por razões óbvias. Mas não acham que ao jogar com dois "júniores" no centro da defesa, frente a um predador como o jackson, se arriscam a levar uma abada?

Schmeichel disse...

Benfiquista Tripeiro, duvido que jogue com os dois e é quase certo que será o Ilori a sair. Para mal dos meus pecados, parece que quer lançar o Rojo (Deus nos acuda!).

O MST escreveu quando se fez a troca do Moutinho pelo Nuno André Coelho + 11 M€ que mesmo se fosse só troca por trocar (sem os 11 M€) o Porto já saía a perder. Está apresentado! :)

Bale é diferente do Cristiano Ronaldo (isto é um pouco Lapalice, não há jogadores iguais) mas tem muito em comum. Agora a forma como marca os livres, por exemplo. Engraçado que a primeira vez que o vi jogar (e a primeira vez que o vi ao vivo, num jogo com o Liverpool para a Taça da Liga em White Hart Lane) ele jogou a defesa-esquerdo. Deu nas vistas por subir bem, mas nada que indiciasse a locomotiva e o jogador decisivo nos últimos 30m que se tornou.

Miguel Nunes disse...

Spike, obrigadissimo pelas palavras!

Diário de um Dragão disse...

Realmente, concordo com o Spike. Ler este blog dá gosto, independentemente do clube de cada um, porque aqui o que se gosta é de futebol.

Espero que o Iturbe receba a "mensagem" de Lucho, mas sinceramente acho difícil que este empréstimo vá contribuir para melhorar a tomada de decisão do Iturbe.

http://www.diariodeumdragao.pt/2013/02/de-lucho-para-iturbe.html#.US4uGDBFpAc