quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Puyol, sem halteres e sem barra é para meninos!


Lunge lateral.





15 comentários:

Anónimo disse...

pensava q eras Barça!?

Miguel Nunes disse...

Não sou barça nem real. Sou futebol!

No.Worries disse...

hehehehe, até mete dó essa imagem do puyol. Ter continuado em campo foi uma verdadeira surpresa..

zdamen disse...

Vai ser massacrado, mas quantos de nós já não sabem o que é fazer um sprint de 50 metros a acompanhar, conseguir enquadrar (lá está, adversário, bola, baliza) e depois ainda levar com aquela nozada.

Ele fez bem o trabalho dele, mas o outro fez o dele ainda melhor...

Jorge disse...

Acho que o Puyol esta a alongar os musculos depois do sprint. Sentiu alguma tensao e ja nao tem idade para correr riscos.

Rearviewmirror disse...

O Luisão em Nou Camp lesionou-se num lance idêntico a meio campo...
O estranho mesmo é Puyol não se ter lesionado.

... disse...

...

Manuel Humberto disse...

lol, que imagens.

Miguel Nunes disse...

já aqui tive um forum do Real em peso ahaha

Manuel Nascimento disse...

É uma pena que optes por colocar posts destes num blog destes.
Não sei quem és, nem que aconteceu ao PB. Mas nota-se a diferença e é logo por aí que as coisas costumam começar a acontecer.

Miguel Nunes disse...

Manuel, não te irrites.

Não o faria se fosse para clubes portugueses.

Manuel Nascimento disse...

Também não faz sentido nenhum essa justificação. Mas ok, tu lá sabes. Só disse que é pena, não que não utilizes o blog para o que te apetecer.

Miguel Nunes disse...

Claro que faz sentido. A ideia não era ferir susceptibilidades. Ainda que os portugueses se sintam muito feridos com tudo o que vem de Espanha.

Mas, de que forma te insultou o post?

Anónimo disse...

pb volta, tás perdoado.

Manuel Nascimento disse...

Insistes em tentar perceber o que é que me irritou ou se me sinto insultado, mas eu não me sinto insultado, o que seria. Nem me irritou. Fiquei triste, só isso. Senti pena, se preferires. Porque este blog costumava ser muito mais do que isto. Aliás, essa tua atitude mais agressiva nos comentários, comparando com a do PB, foi logo um dos primeiros sinais de que não vinha aí nada de tão bom, no mínimo.

Quanto à tua afirmação, "Claro que faz sentido", não percebo em que é que a nacionalidade do alvo da análise pode / deve influenciar o que para aqui escreves, ou as tuas ideias. Não percebo como é que o sítio onde o Puyol (neste caso) nasceu é determinante naquilo que decides, depois, dizer dele. Se fosse o Ricardo Carvalho, por dizer um, não gozavas, mas como é um espanhol (i.e. não-português) já fazes posts deste género.

Nem sequer paras para analisar o lance, e isso é que seria proveitoso do ponto de vista da linha que este blog vinha seguindo até aqui - e um dia, se este "até aqui" se transformar num "até tu apareceres"?