domingo, 3 de Fevereiro de 2013

Sporting a crescer colectivamente.

Significativamente. E é decisivo que assim o seja. Pelo presente (chegar ao longe e complicado acesso às provas europeias) e pelo futuro.

Subitamente, todos parecem acreditar que bastará incutir um pouco de excelência colectiva e o Sporting estará pronto para se aproximar de FC Porto e SL Benfica. Não basta. O incremento da competência colectiva aproximará o Sporting do Sporting de Braga.

E urge evoluir colectivamente para que quem toma as decisões técnicas relativas ao plantel não cometa erros de subestimar ou sobrevalorizar os atletas, quando tiver de constuir o plantel em anos vindoiros. Ou porque não, já para a próxima época.

O Sporting continuará a crescer colectivamente e continuará a perder pontos. Mais do que os que seriam e serão expectáveis para um clube de tal dimensão. 

Tempos houve (Izmailov, Romagnoli, Veloso, Matias, Moutinho, Simon, Pereirinha, Carriço, Liedson) em que procurámos sempre passar a mensagem de que individualmente o Sporting estava próximo do FC Porto, e que urgia incrementar processos coletivos para dar o salto qualitativo que pudesse permitir chegar com mais frequência aos titulos. 

Subitamente, parece crer-se que basta tal desiderato para que o clube se aproxime. Não basta. A qualidade individual de outrora já partiu. Não bastará incrementar os processos colectivos. Individualmente dois terços do plantel do Sporting é constituído por jogadores desinteressantes. Uns com umas qualidades, outros com outras. Poucos realmente interessantes por simplesmente não terem o que é preciso. Uns tê-lo-ão mais tarde. Outros nunca lá chegarão. É hoje bastante fácil entrar naquele plantel e entrar naquele onze. Há mais de uma dezena de jogadores de equipas classificadas abaixo do terceiro lugar que entrariam directamente no onze. O Sporting não descobriu recentemente um craque para a sua lateral esquerda. Mesmo que venha a evoluir para um jogador importante. A entrada do ex lateral esquerdo do Beira Mar directamente no onze, espelha mais o nível actual do plantel do Sporting que o próprio valor do atleta. Que poderá até ser interessante.

Não terá sido por acaso que o próprio treinador leonino já foi dando o recado de que é melhor não esperarem grandes "coisas".

P.S. - O menor poder de investimento quando comparado com o FC Porto, pode servir como uma óptima desculpa para a distância a que no relvado os clubes se encontram. As armas negociais não são as mesmas. Porém, o que sobretudo não é igual é a competência de quem toma decisões. De quem forma planteis, de quem decide equipas técnicas e contratações.

P.S. II - O texto não pretende de forma alguma condicionar ou até abordar situações relativas à instabilidade "politica" do clube. Apenas dar a perceber que independentemente da direcção que estiver em funções, só criando um departamento com um leque de pessoas que perceba verdadeiramente de futebol, o Sporting poderá voltar a aproximar-se do título. Por vezes, nem é preciso gastar-se tanto assim para se chegar a boas escolhas. É preciso é conhecimento e observação.

45 comentários:

GC disse...

Gosto de chegar aqui e re-encontrar as minhas linhas de pensamento. Sinto que, afinal, não estou sozinho. Estou cansado do discurso de que "com este treinador não vamos lá" e do "com jogador x e y em vez de a e b não vamos lá". Tem que haver competência na formação dos planteis e competência no treino. Bons jogadores com maus treinadores não darão nada. E maus jogadores com bons treinadores também não. O problema do Sporting é, fundamentalmente, a falta de competência. Esperemos que, na próxima época, já assim não seja.

Mike Portugal disse...

Por acaso fiquei bem impressionado com o Joãozinho. Parece-me melhor que o Insua em posicionamento defensivo e cruza muito melhor, embora perca em termos de poder fisico, de remate e tecnica de condução de bola. Não acredito que seja por aquele lado que o SCP tenha muitos problemas. Preocupa-me muito mais o outro lado.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Eu sempre disse aqui, podem confirmar no arquivo, que o Sporting tem uma equipa confrangedora. Confesso que me dá algum prazer dizer isto, ainda que seja à custa da pimenta no cú do outro.

No entanto é óbvio que Jesualdo já conseguiu melhorar algumas coisas. A forma como jogam nada tem a ver com os últimos doze meses. Mas como também disse aqui várias vezes, só isso não chega. E quando estou a dizer não chega refiro-me ao Sporting de Braga. O Sporting neste momento não tem, sequer, nível para ameaçar o Sporting Braga - que é treinado por uma abécula.

O plantel do Sporting era muito fraco e agora ficou fraquíssimo. O Miguel falou no tal de Joãozinho. Não vamos já rasgar o rapaz porque é jovem e tem muito que pedalar. Agora, não podemos ser hipócritas. Ontem fez um jogo miserável...

Acho que não teve uma decisão assertiva ao longo da partida. Péssimas decisões. Falhou posicionamentos uns atrás dos outros. Com a bola nos pés nunca esteve confortável. Fisicamente também não deslumbra. Será que vai dar alguma coisa? Veremos...

Porto e Benfica estão na estratosfera. Nem vale a pena explicar porquê. É tão óbvio!

Anónimo disse...

Esta do lateral esquerdo do beira-mar entrar directo no onze do Sporting espelhar a qualidade baixa da equipa é de bradar aos céus, para além de falta de originalidade. Parecem papagaios! De onde é que veio o que entrou directo no Benfica? De onde é que vieram tantos que foram campeões europeus com o Mourinho no Porto? Campeões Europeus! Já com Jesualdo e ainda hoje no Porto há vários outros exemplos. O que é que a qualidade tem a ver com a proveniência? O Sporting começou a época com 11 internacionais das melhores selecções do Mundo e a coisa estava preta antes de Jesualdo chegar.

PLF disse...

PB,

Uma dezena abaixo do 3º lugar, directamente para o 11? Então quais são?

Para simplificar as coisas, vamos estabelecer que o 11 titular do Sporting é o seguinte: Patrício; Miguel Lopes, Boulharouz, Rojo e Joãozinho; Rinaudo, Adrien, André Martins (ou Labyad); Carrillo, Wolfswinkel e Capel.

Arranjava uma dezena de jogadores que poderiam ser muito úteis - embora tivessem essa característica dos que "nunca lá chegarão" - mas para o 11 titular, não acredito. Mas estou curioso!

Miguel Nunes disse...

PLF, só em extremos q entram no 11 do Sporting q estejam na 1a liga sou logo capaz de arranjar a dezena q te prometo, sem ir buscar ng aos 3 primeiros classificados.

Miguel Nunes disse...

atenção q n digo q arranjo um 11 todo melhor q esse 11. O q digo é: diz-me uma posição qq (excepto gr) q digo-te um jogador q entrava directo no 11 do SCP numa equipa do 3o para baixo.

jose guinote disse...

Subscrevo completamente o espírito do post. O Sporting com Jesualdo manifesta um crescimento colectivo evidente. O problema não se coloca nesse domínio que até à bem pouco parecia uma tarefa insanável para quem treinava o clube. Mas, a evolução colectiva permitindo potenciar o valor individual dos jogadores coloca " a descoberto" a fraca qualidade do plantel. O jogo com o Rio-Ave, tal como o anterior com o Guimarães, ajuda-nos a perceber o problema com que estamos confrontados. O Sporting esteve organizado, dominou uma parte do jogo, marcou cedo, teve até hipóteses de marcar o segundo golo e, provavelmente, arrumar a questão. A equipa mostrou as qualidades e os defeitos que o jogo com o Guimarães já evidenciara. Melhorou muito por comparação com o período pré-jesualdo mas, infelizmente, parece já se ter aproximado do seu limite. Aqui é que reside o problema. Se a evolução colectiva já pssibilitou a alguns jogadores aproximaram-se do seu nível a questão reside no facto de esse nível por ser mediano não permitir agora ajudar a elevar o desempenho colectivo. A menos que jesualdo faça um milagre e consiga melhorar a produção ofensiva da equipa. Julgo que nunca na sua carreira terá tido uma tarefa tão dificil entre mãos. O Sporting não dispõe de alternativas de qualidade para a frente de ataque e Godinho Lopes, por incompetências próprias, não foi capaz de suprir essa lacuna no plantel.
O Sporting é hoje uma equipa que integra o lote das equipas cuja qualidade lhes permite evitar a descida de divisão - num passado recente nem isso parecia adquirido - e, caso as coisas corram bem aspirar a um lugar na Europa. Das 16 equipas que disputam a Liga o grupo da frente integra o Porto, o Benfica e o Braga. O grupo dos que lutam para não descer integra quatro equipas(O Moreirense, o Beira-Mar, o Vitória de Setúbal e o Olhanense). O Sporting disputa uma Liga com mais oito equipas. Neste momento está em sexto-lugar muito longe dos dois lugares de cima que dão o acesso à Europa. Nada animador.
Se olharmos para as entradas e saídas das últimas sete épócas o Sporting sofreu uma demolidora diminuição da qualidade do seu plantel. Comparem lugar por lugar e vejam quantos dos actuais jogadores jogariam no Sporting quando o clube, com Peseiro, disputou a final da Liga Europa. O único que podia disputar um lugar era o guarda-redes. Comparem o plantel com que Jesualdo trabalha com aquele que foi semifinalista da Liga Europa. Os milagres estão cada vez mais dificeis.

PLF disse...

Miguel Nunes,

Agradeço mas a pergunta era mesmo para o PB.

Anónimo disse...

miguel dá,me um ponta de lança do 3º para baixo melhor e com mais rendimento que o ricky...

Miguel Nunes disse...

PLF, mas o texto foi escrito por mim...

Anónino, Ghilas. E pelas declarações de ontem do JEsualado, ele próprio concorda.

José Guinote, de acordo.

PLF disse...

Miguel Nunes,

Peço desculpa pelo erro. Não me ocorreu que isso pudesse acontecer (mas por acaso até andei à procura da lista de autores do blog).

Se fosse o PB poderia insultá-lo de alto a baixo, porque nos conhecemos. Como é consigo vou dizer-lhe respeitosamente que discordo.

ÃM disse...

Vi o post e li os comentários.Como é costume comenta-se em função dos resultados.Acho também que estão a subestimar o efeito que a crise directiva em que estamos mergulhados está ter na equipa.

A equipa do Sporting-Bilbao está aqui

http://www.record.xl.pt/emdireto/?id_game=56484&id_post=1136950

e a do Bilbao-Sporting está aqui:

http://www.record.xl.pt/emdireto/?id_game=56486&id_post=1150917

Uma equipa que foi à semifinal da LE.
Onde se vê uma mudança profunda é no sector defensivo.De resto a equipa é praticamente a mesma.Temos ainda Rinaudo,na altura lesionado.De repente,jogadores semifinalistas da LE não cabem em 10 ou 11 das nossas equipas.
É o costume,comentar em função do momento.Mas é por isto que ainda tenho a esperança de ver um Sporting muito melhor esta época.Assim haja alguma paz.

AF disse...

Li o post e os comentários.
Acho que se comenta em função do momento e estão a subestimar o efeito que a tremenda instabilidade directiva está ter na equipa.

A equipa do Sporting-Bilbao está aqui:

http://www.record.xl.pt/emdireto/?id_game=56484&id_post=1136950

e a do Bilbao-Sporting está aqui:

http://www.record.xl.pt/emdireto/?id_game=56486&id_post=1150917

Uma equipa semifinalista da LE.
Onde existe uma mudança profunda é nos 4 defesas,de resto a equipa é praticamente a mesma.Temos ainda Rinaudo,na altura lesionado.
De repente,jogadores de uma equipa semifinalista europeia,não têm
lugar em 10 ou 11 equipas do nosso campeonato.
É por isto que espero ainda ver o Sporting a um nível bem mais alto que o actual.
Assim haja alguma paz.

JR disse...

Eu também concordo com o post. Gostava que dissesses quais são os jogadores com mais "potencial" neste Sporting. Os elementos mais.

A meu ver, além de Patrício, acho que Dier (pode vir a ser um excelente defesa), Rinaudo (mas com um acréscimo de cultura táctica), André Martins (acho que tem tudo), Labyad (pelo que vi dele no PSV) e Ricky (pelo intinto) são os únicos com qualidade para este Sporting.

Por outro lado acho que chega a ser ofensivo jogadores como Miguel Lopes (acho-o terrível), Cédric (um zero táctico), Xandão (enfim...) vestem a camisola dos leões.

Todos os outros são medianos. Sobre Joãozinho ainda não formei uma opinião consistente mas, para já, tende a ir para o negativo.

Anónimo disse...

Miguel,

o Ghilas é tusa momentanea, o jesualdo so tem um avançado e por isso acha que qq outro seria como uma coca-cola no deserto, ate o niculae dispensaod em 2005 servia...

como o ghilas ja vi dezenas, ha uns anos era o Carlão.. veremos pois, mas eu sinceramente nem lhe reconheço qq valor extraordinario, mas para ja fica registado a sua opiniao que Ghilas é melhor que ricky e lhe tirava o lugar...

MM disse...

Miguel Nunes, e então se recuarmos 2 épocas relativa a essa as distâncias são estratoesféricas, quando existiam Viana, Barbosa, Custódio ou Carlos Martins, quando 3 destes ainda jogam à bola.
É óbvio que perdemos qualidade, muita, quando mesmo ao nível de simples 'trocas' nada é feito com cabeça: dá-se 2 milhões por um jogador para 1 ano depois rescindir-se e dar-se mais 2 milhões por outro que é em termos qualitativos igual, apesar de poderem como jogadores ser diferentes. Não obstante idades e perspectiva de valorização associada à idade, e não obstante as diferenças entre os futebóis, qual é a diferença de rendimento entre por exemplo Valdés e Labyad? Nenhuma quando o Chileno até rendia mais. Dispensa-se Simon Vukcevic para 1 ano depois dar-se mais alguns milhões por Viola, e de milhões em milhões vamos perdendo qualidade para não sairmos do mesmo sítio.

A acusação de andares a reboque de resultados é muito engraçada, num «post» que afirma o crescimento do Sporting 1 dia depois de ter perdido novamente e quando das 3 vitórias que tem nos últimos 5 jogos, uma foi muito feliz (para o campeonato) e outra nos últimos minutos (taça da Liga). Que surpreendente a realidade coincidir com o que escreves hein, quando por coincidir acusam de andar a reboque de resultados. Genial. Parece o outro que há uns dias acusou-te de maltratar os treinadores Portugueses.

Miguel Nunes disse...

PLF, o PB manda dizer q concorda totalmente c o texto :)

Miguel Nunes disse...

Pois MM.

Há uma expressão q sp usei. Não sei se percebes o alcance dela.

"jogador de plantel"

Aquele jogador que não é mt bom, mas também não é mau.Não ata nem desata. Se só entrar ele no 11, é tranquilo. Vai cumprir e serve perfeitamente.

O problema é qd o teu 11 é formado por 8 ou 9 jogadores de plantel.

E o teu banco é formado por jogadores que nem de plantel deveriam ser, pq já sabes q dali n vem nada...

O Valdés era mt bom. É ver as etiquetas p se perceber a opinião sobre ele. E acrescentou qualidade em mts jogos. Neste 11 era qs ele e mais 10.

Por isso digo q arranjo um jogador por posição q entre logo no 11 do SCP. E arranjo mm e n me esforço mt, e nem é má vontade. Por exemplo o Joãozinho que não é nada mau jogador nem era o melhor def. esq q estava por ai. Na minha opinião o Jefferson do Estoril é mais interessante que ele. O Anderson tb do Estoril é mais interessante q o M.Lopes.

Isto n significa que os queira para o Sporting. Significa apenas que há mt entulho q é mais caro que outros com mais qualidade

Anónimo disse...

Estranho é ainda haver quem acha que com 17 jogos ja feitos a equipa q está em 9º tem mts jogadores bons e q o problema é sp dos treinadores.As oito que estão acima e as 4 abaixo separadas por 1 ou 2 ptos devem ser todas treinadas pelo Guardiola

É a clubite na sua máxima essência!

José Alvito disse...

Gostava de destacar o teu último PS.

Elias + Pongolle + Wolfswinkel + Viola custaram mais que Jackson + James + Witsel + Mangala.

É o q temos... gente que percebe nada de nada de futebol! Gastam-nos mal o dinheiro, enchem o clube de jogadores medianos e depois desculpam-se de não ter dinheiro.

RUA

Anónimo disse...

"Melhorou muito por comparação com o período pré-jesualdo mas, infelizmente, parece já se ter aproximado do seu limite."

Para se dizer semelhante coisa não há a mínima noção das condições que é preciso reunir para se trabalhar em qualquer clube. Melhor só mesmo não ter a mínima noção da carreira de Jesualdo Ferreira.

"Julgo que nunca na sua carreira terá tido uma tarefa tão dificil entre mãos."

Aqui escreve-se mesmo para passar o tempo. A seguir pega-se nos 2 jogadores mais caros da história do Sporting, ambos a chegar em alturas no mínimo impróprias e tira-se a conclusão que dá mais jeito.

"Elias + Pongolle + Wolfswinkel + Viola custaram mais que Jackson + James + Witsel + Mangala."

Mesmo que não haja consciência Porto e Benfica têm flops muito mais caros. Já agora Viola não custou nada ao Sporting.

Pinto disse...

Não é verdade, mas quase.

Gonçalo Ruivo disse...

MM,

"A acusação de andares a reboque de resultados é muito engraçada, num «post» que afirma o crescimento do Sporting 1 dia depois de ter perdido novamente e quando das 3 vitórias que tem nos últimos 5 jogos, uma foi muito feliz (para o campeonato) e outra nos últimos minutos (taça da Liga). Que surpreendente a realidade coincidir com o que escreves hein, quando por coincidir acusam de andar a reboque de resultados. Genial. Parece o outro que há uns dias acusou-te de maltratar os treinadores Portugueses."

É tão isto! O mais engraçado é que ainda não tinha eu noção de que o Sporting estaria condenado a uma época destas e já o PB ia alertando aqui o que podia vir a acontecer em função da pouca qualidade do futebol do Sporting.

O que me espanta é tu, sendo sportinguista teres capacidade para colocares assim de lado o coração. Mas acredita que é melhor assim, só com a critica se evolui!

De qualquer das maneiras, se a equipa for a mesma para o ano, depois vê-se a quantos pontos do Porto e do Benfica acaba. Ai logo se saberá quem tem razão... ainda que me palpite que a culpa vai voltar a ser só do treinador... (aquele que agora é bom)

AF disse...

Perdoem-me a imodéstia mas parece-me ter lido aqui piadas várias ao facto de ter dito que se comentava em função dos resultados.Curiosamente todos os esses comentários eram em função dos resultados.Sou o adepto típico do futebol.Alguma coisa que aprendi foi em blogues como este,que sigo com muito prazer e que considero muitíssimo bom.Mas o que disse é verdade e foi documentado.O meio campo e ataque do Sporting é basicamente o da 1/2 final da LE.Mas algo mudou e muito.Foi a defesa.Cèdric,Boula,Rojo e Insúa.3 jogadores novos em 4,cortesia de Sá Pinto.Quando se muda assim correm-se muitos riscos.E logo dois centrais sem rotina do lugar, que nunca tinham jogado juntos e ambos novos na equipa.Ou os jogadores que entram são indiscutíveis ou o que pode correr mal corre.Mais em pormenor:Cèdric,um jovem que, vinha da Académica,Boula que não jogava regularmente e quando jogava não era a central e Rojo era LE há vários anos.Mudar tanto e com estes jogadores.Podia correr bem?Mas ocorreu a SP,fruto talvez da sua inexperiência e voluntarismo.Não se pode construir uma casa pelo telhado.Se as bases são fracas ,a casa cai.Não estará aqui uma das grandes explicações para o que se tem passado com o Sporting?Além da instabilidade,como é óbvio.E perdoem-me a intromissão em tão douta discussão.

AF disse...

Perdoem-me a imodéstia mas parece-me ter lido aqui piadas várias ao facto de ter dito que se comentava em função dos resultados.Curiosamente todos os esses comentários eram em função dos resultados.Sou o adepto típico do futebol.Alguma coisa que aprendi foi em blogues como este,que sigo com muito prazer e que considero muitíssimo bom.Mas o que disse é verdade e foi documentado.O meio campo e ataque do Sporting é basicamente o da 1/2 final da LE.Mas algo mudou e muito.Foi a defesa.Cèdric,Boula,Rojo e Insúa.3 jogadores novos em 4,cortesia de Sá Pinto.Quando se muda assim correm-se muitos riscos.E logo dois centrais sem rotina do lugar, que nunca tinham jogado juntos e ambos novos na equipa.Ou os jogadores que entram são indiscutíveis ou o que pode correr mal corre.Mais em pormenor:Cèdric,um jovem que, vinha da Académica,Boula que não jogava regularmente e quando jogava não era a central e Rojo era LE há vários anos.Mudar tanto e com estes jogadores.Podia correr bem?Mas ocorreu a SP,fruto talvez da sua inexperiência e voluntarismo.Não se pode construir uma casa pelo telhado.Se as bases são fracas ,a casa cai.Não estará aqui uma das grandes explicações para o que se tem passado com o Sporting? E a instabilidade directiva permanente,obviamente.E perdoem-me a intromissão em tão douta discussão.

PS:como o comentário já tinha sido enviado e não apareceu,reenviei-o.Se aparecer em duplicado,peço as minhas desculpas.

Rearviewmirror disse...

José Alvito

Elias + Pongolle + Wolfswinkel + Viola custaram mais que Jackson + James + Witsel + Mangala.

Stepanov 4M€
Walter 6M€
Jara 5M€
Sidnei 7M€
Balboa 4M€
Kleber 4M€
Iturbe 4M€
etc etc

Tem é que haver dinheiro para os comprar, e ver se são bons

MM disse...

Gonçalo Ruivo, acho (mais ou menos óbvio) que tanto sucesso como insucesso são nalguma medida imprevisíveis. Tantas vezes as coisas mudam a partir de um jogo, ou a partir de um momento. O 'circunstancial' pesa muito e ainda há 2 anos o Benfica de Jorge Jesus 'lutou' por um campeonato mas terminou a 20 pontos do primeiro, perdendo e empatando muitos dos últimos 10 jogos nessa temporada. Em 1999/00 o Sporting foi campeão numa época marcada por um 'click'. E em 2001/02 o filme repetiu-se.

O objectivo não é olhar para os resultados mas perceber a realidade e as opções que se tomam, da mesma forma que não existe separação entre coração e racionalidade. Esses 2 títulos conquistados pelo Sporting, como exemplo, poderiam ter sido alcançados com muito menos recursos.

Sobre o 'coração' que mencionas, o Sporting não é o melhor clube na história do desporto em Portugal por decreto, algo que o Miguel Nunes, tu, Rearviewmirror, AF, eu e todos quanto comentaram sabem, porque quando todos nascemos o Sporting já o era e assim permanece. Para continuar a sê-lo e reaproximar-se do seu natural - porque historicamente adquirido - estatuto, precisa de boas opções. É o único caminho para lá chegar e é disso que o Miguel Nunes trata quando fala sobre o Sporting.

Sporting, SLB, FCP e todos. Ao contrário não seria este por todos reconhecidamente, independentemente do clube que gostemos, o melhor espaço de aprendizagem do jogo.

Pinto disse...

Tanta guita, f***-se... Lol

Anónimo disse...

Há tantos mas tantos nomes para juntar à lista do rearviewmirror, Sokota e Cristian Rodriguez por exemplo custaram muitos milhões e a ambos para o que produziram também em ambos os clubes. Ao fim e ao cabo o que define um flop, muitas vezes inclusive sem estar em causa a valia do atleta. Elias é um bom exemplo disso, chega ao SCP numa altura em que enfim...

E só para rebater a ideia propagandeada que por Joãozinho ter entrada directa no onze do SCP implica a menos valia do plantel? Para além de também ter visto entrarem directos no Benfica Luizinho e Melgarejo, que também não vieram propriamente de nenhum campeão europeu e até independentemente de outras necessidades não terem permitido um período para adaptação e entrosamento, isso sim mais importante e aqui negligenciado.

O SCP não comprou a equipa do Beira-Mar mas um jogador em que reconheceu potencial. Como há outros no Rio-Ave, no Paços ou no Braga, só para citar equipas que estão a fazer bons campeonatos que até dependem tanto das boas estruturas e da estabilidade que existe nesses clubes como da qualidade individual.

Chegam jogadores de fora que efectivamente se conseguem afirmar como craques, provenientes de equipas, estruturas, organizações ou clubes, como preferirem, muito mais fracos.

A propaganda é fodida.

Miguel Nunes disse...

Rear, não dês o Iturbe como morto. Tem 19 anos e já o queres enterrar...

Anónimo disse...

Há tantos mas tantos nomes para juntar à lista do rearviewmirror, Sokota e Cristian Rodriguez por exemplo custaram muitos milhões e a ambos para o que produziram também em ambos os clubes. Ao fim e ao cabo o que define um flop, muitas vezes inclusive sem estar em causa a valia do atleta. Elias é um bom exemplo disso, chega ao SCP numa altura em que enfim...

E só para rebater a ideia propagandeada que por Joãozinho ter entrado directo no onze do SCP implica a menos valia do plantel? Para além de também ter visto entrarem directos no Benfica Luizinho e Melgarejo, que também não vieram propriamente de nenhum campeão europeu e até independentemente de outras necessidades não terem permitido um período para adaptação e entrosamento, isso sim mais importante e aqui no blog negligenciado.

O SCP não comprou a equipa do Beira-Mar mas um jogador em quem reconheceu potencial. Como há outros no Rio-Ave, no Paços ou no Braga, só para citar equipas que estão a fazer bons campeonatos que até dependem tanto das boas estruturas e da estabilidade que existe nesses clubes como da qualidade individual.

Chegam jogadores de fora que efectivamente se conseguem afirmar como craques, provenientes de equipas, estruturas, organizações ou clubes, como preferirem, muito mais fracos.

A propaganda é fodida.

Gonçalo Ruivo disse...

Miguel, já que ninguém te pergunta (por medo?) LOL pergunto eu

diz ai um jogador por posição q entrasse directo no 11 do Sporting :)

Miguel Nunes disse...

último anónimo, houve ai uma má interpretação. Não é por ter vindo do Beira Mar que não é um craque! Podia de facto ser. O Barbosa veio do Guimarães e é um dos melhores jogadores portugueses dos últimos 20 anos.

Não tem nada a ver com isso. Não é craque, pq não é. E não deixa de ser um jogador com qualidades. E entra no 11, porque não há melhores.

Gonçalo,

eu excluí o GR. certo?

DD - Anderson
DE - Jefferson
DC - Roberge e Vitória
MC - Vitor, Leão, F.Augusto
Ext - Ricardo e Licá
Av - Ghilas

Atenção que não digo que entravam os 10 ao mesmo tempo. Mas qq um deles contratado individualmente, tal como o Joãozinho entraria logo directo no 11, c uma semana de trabalho.

E há mais... Mas isto não significa que devem ser considerados. Pouco mudaria. Está tudo a nível semelhante. Desses todos contrataria apenas o Ghilas e o F.Augusto, q me parece que incrementariam logo a qualidade da equipa.

Em Portugal não há matéria prima suficiente para uma equipa se reforçar e lutar pelo 1o lugar. A frase não pretendia dizer que o Sporting tem de procurar soluções em Portugal. Antes dar a entender que com a qualidade individual actual, não se vai aproximar do Porto e do Benfica. Com um bom treinador, vai aproximar-se do Braga.

Para mudar isso, tem de expandir as suas observações. E sobretudo saber fazê-las. Ter alguém que perceba de futebol no clube, que é mais do que óbvio que não há! O Jesualdo não consegue ser treinador e ainda conhecer 10mil jogadores por esse mundo fora.

Miguel Nunes disse...

Já agora o pq de n contratar esse camião de jogadores, mesmo achando que no imediato jogariam logo em deterimento de mts dos q jogam actualmente, vou parafrasear um comentário mais acima

"é óbvio que perdemos qualidade, muita, quando mesmo ao nível de simples 'trocas' nada é feito com cabeça: dá-se 2 milhões por um jogador para 1 ano depois rescindir-se e dar-se mais 2 milhões por outro que é em termos qualitativos igual, apesar de poderem como jogadores ser diferentes. Não obstante idades e perspectiva de valorização associada à idade, e não obstante as diferenças entre os futebóis, qual é a diferença de rendimento entre por exemplo Valdés e Labyad? Nenhuma quando o Chileno até rendia mais. Dispensa-se Simon Vukcevic para 1 ano depois dar-se mais alguns milhões por Viola, e de milhões em milhões vamos perdendo qualidade para não sairmos do mesmo sítio."

Anónimo disse...

"A entrada do ex lateral esquerdo do Beira Mar directamente no onze, espelha mais o nível actual do plantel do Sporting que o próprio valor do atleta. Que poderá até ser interessante."

Vamos lá ver uma coisa, se é para dizer uma coisa num dia e outra no dia seguinte aviso já que estou fora! Se a ideia dizia respeito só ao jogador porquê a referência à proveniência?

E até posso dizer quem foi o precursor da ideia que entretanto ganhou força na propaganda lampiónica: Joaquim Rita!

Ninguém põe em causa a mais valia de Insua, que entretanto também ficou encravado na garganta de muitos benfiquistas e não preciso de lembrar porquê, em relação a Joãozinho, Luisinho ou Melgarejo.

Insua teve que sair e Jesualdo Ferreira indicou Joãozinho como no passado indicou Rolando, Maicon ou Fernando ao Porto. Todos jovens em que se admitiu à altura muito potencial, mais ou menos como Coentrão quando chegou ao Benfica. No futuro veremos quem volta a ter razão.

Mas em que é que a entrada de um jovem jogador interessante numa equipa ou num clube põe em causa o valor do plantel actual do SCP?

Aliás o post até acaba a dizer que se trata de um jogador interessante, seja lá o que isso quer dizer.

Miguel Nunes disse...

anónimo,

Joaquim Rita não sei quem é.

"Há mais de uma dezena de jogadores de equipas classificadas abaixo do terceiro lugar que entrariam directamente no onze. O Sporting não descobriu recentemente um craque para a sua lateral esquerda."

Não tem directamente a ver com o Joãozinho.

Eu até acho q n me expliquei mal, que tu é q simplesmente n chegas lá. Mas tb pode ser ao contrário.

O Joãozinho foi so´um. Como entrariam outros 9 para cada uma das posições em campo. Se o Joãozinho fosse caso único, não colocaria em causa a qualidade da larga maioria dos jogadores do Sporting.

É como digo ai para cima. São jogadores de plantel. Servem, se tiverem que substituir pontualmente 1 ou 2 lesionados. O problema é quando no 11 se tem 8 ou 9 "jogadores de plantel".

Como é o caso do Joãozinho,ou do Luisinho do SLB.

Miguel Nunes disse...

e é isso. subscrevo. Deixemos o Sporting começar a próxima época com o 11 maioritário desta e veremos quem terá razão! Agora é só aguardar.

Anónimo disse...

Já agora do lado direito o Sporting até ficou a ganhar com a entrada directa de um lateral internacional, o mesmo que Jesualdo já tinha levado para o Porto.

Os bons jogadores são sempre bem vindos e de algum lado têm que chegar. O outro caminho é a formação e nenhuma constitui um plantel profissional de um momento para o outro. O que eu percebo é uma discriminação clara em relação aos clubes portugueses mais pequenos, que sempre tiveram e vão continuar a ter alguns bons jogadores. Consciente ou inconscientemente. Se chegasse da América do Sul ainda estava em avaliação. Joãozinho foi um dos melhores laterais na 1ª volta.

E também afirmo que nem com todo o dinheiro do Mundo o SCP ou outro clube qualquer consegue formar uma equipa de um dia para o outro e colocar-se no mesmo patamar de clubes que têm estruturas montadas há várias épocas. Isso é um mito e não foi o SCP que o disseminou, foi a imprensa. E com esta segunda parte espero ter desfeito qualquer duvida.

O caminho das equipas de futebol como de qualquer organização faz-se caminhando. No SCP há um problema adicional, mais recentemente especializaram-se em levar a vida a desfazer o caminho e a caminhada e daí o atraso na actualidade em relação aos principais adversários, que não tem nada a ver com os bons jogadores como o Joãozinho. Ainda há pouco o PB no SCP batia o pé a orçamentos com muitos mais Milhões num Benfica que se dedicava ao mesmo.

Miguel Nunes disse...

Anónimo, estás a ir de encontro ao que eu defendo

"PB no SCP batia o pé a orçamentos c mt mais Milhões num Benfica que se dedicava ao mesmo."

É precisamente o q sugiro no último PS. É preciso é saber escolher. Jogadores como Izmailov, Romagnoli, Simon,Liedson, entre outros foram baratissimos e eram craques de mais valia indiscutível. Outros foram formados sem custos, são hj mt melhores q os que estão, mas já lá n moram (Moutinho, Viana, Custódio, sobretudo)

E sim, tb sp disse q o ML entrava directo no 11, principalmente pq o Cédric me desiludiu bastante (mas ainda lá pode chegar. No imediato é q é dificil, e pq o Pereirinha nc foi levado a sério). Mas ainda há melhores D.D. q o ML no nosso campeonato.

Anónimo disse...

Ok Miguel Nunes,

Eu também nunca disse que o Joãozinho já era o melhor, ainda tem muito que evoluir, a entrada directa no onze é tão nefasta para ele como para a equipa, é a conjuntura financeira actual dos clubes.

A questão principal é que numa estrutura oleada como a do Benfica actual entra qualquer puto como entrava no Sporting do PB, sem grande prejuízo.

O fundamental no futebol leva tempo, o actual projecto do Sporting nunca foi para ganhar o campeonato mas para ir à Champions já e daí a chegada de jogadores de valor indiscutível e outros para potenciar e eram estes últimos que mais à frente iam lutar pelo título com os putos da B mais crescidos e mais alguns que chegassem entretanto.

O tempo no futebol é tão ou mais importante que a qualidade dos jogadores.

Anónimo disse...

Da contratação de Joãozinho pelo Sporting não é admissível dizer muito mais que o Sporting acabou de contratar um jovem com enorme potencial, muito menos certas conclusões. O Sporting com PB participou na Champions e discutiu títulos, aliás roubaram-lhe títulos, com laterais esquerdos inferiores. Como alias dizer que qualquer puto que Jesus lança tem um futuro muito promissor?! Com mais dinheiro alguns nem nunca chegavam à equipa principal.

Não há análises de futebol ou a jogadores sem contextualizar o momento do clube. E também nunca vi nenhum maratonista cortar a meta depois de levar 3 tiros no peito como Domingos Paciência levou no início. O Sporting ainda prosseguiu com alguns grandes jogadores e foi o que foi até Jesualdo chegar.

Anónimo disse...

Falar-se hoje da equipa do SCP era o mesmo que falar do Porto ou do Benfica se tivessem acabado de perder 7 jogadores. Num projecto que já tinha terminado Janeiro serviu para baixar custos. Forçosamente terá que ser a próxima direcção a reforçar a equipa no Verão que é quando deve ser sempre. Janeiro também serve para retoques cirúrgicos mas é para quem ainda está na luta por títulos. Que diga-se de passagem, o campeonato em Portugal é quase uma conquista romântica dos adeptos.

Nenhuma administração pensa na conquista do campeonato antes das receitas da Champions, até para transaccionar activos, nem é possível e é o que o SCP tem que consolidar primeiro. Depois vêm as assistências no estádio que permitem os contratos comerciais e finalmente a conquista do campeonato. Como se vê o SCP tem um longo caminho para percorrer e para isso convinha consolidar primeiro um projecto de clube.

Não faz pois muito sentido estar agora a tentar desvalorizar jogadores que ainda podem vir a ser muito importantes no futuro.

Rearviewmirror disse...

Miguel

Já vi muitos jogos do Iturbe.
É um "Rabiu", a grande promessa nigeriana do Sporting.

1000 vezes C.Atsu.

Anónimo disse...

Estou totalmente de acordo com a observação relativamente ao que falta no Sporting. Será preciso no Sporting pessoas que pensem desta maneira