quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Um Benfica europeu

Jesus numa visão "Fergusiana". Um 4x4x2, bastate próximo do que caracteriza o United. Perante adversários mais poderosos, a solução terá de passar sempre por um "falso" segundo avançado. Ferguson usou Kagawa. Jesus, Gaitán. 

Ajuda a fechar um pouco mais o corredor central e ganha mais dinâmica e qualidade na saída para o contra-ataque.

Matic e Enzo enormes no meio campo. Agressivos defensivamente, sempre no espaço certo e sempre capazes de sair para o ataque com bola. A lesão de André Gomes terá ajudado de sobremaneira ao sucesso final. O português não tem a minima agressividade defensiva (chegar rápido diferente de bater). Move-se lentamemente para os espaços que deve ocupar, e ofensivamente não acrescenta nada. Muito pelo contrário, as suas perdas na primeira parte foram o principal alimento do ataque do Leverkusen.

Bastante forte defensivamente o SL Benfica de Jesus, sempre que assume uma postura de organização defensiva. Mesmo que seja importante recordar que o Leverkusen sendo uma equipa de nível Europeu em organização, individualmente é uma equipa onde o talento escasseia. Tudo muito rotinado, pouca criatividade, e portanto passível de ser controlado por bom cohecimento e organização. Os extremos a acompanharem individualmente as subidas dos laterais adversários. Os médios sempre em constantes compensações (quem sai, quem fica?) e a linha defensiva extremamente assertiva (que jogo sublime defensivamente de André Almeida). A excepção terá sido o último lance do jogo. Melgarejo evitaria o empate, sobretudo porque quando Luisão disputa a primeira bola no ar, ao contrário do habitual, Matic não baixou para a linha defensiva.

Destaques individuais:

O quarteto defensivo. Todos a um nível elevadissimo. Surpreendente o nível a que Almeida se tem exibido. Posicionalmente há muito que controla a largura. Sem falhas na profundidade há vários jogos.

Matic. Sempre o melhor do Benfica. Escasseiam palavras para descrever a sua qualidade. Criatividade, inteligência, capacidade técnica, física e táctica. Depois de James é o melhor jogador do campeonato português. A Alemanha ficou a conhecê-lo depois de mais uma exibição tremenda em todos os momentos, em todas as fases.

Enzo. No corredor central, não tem a aura nem a classe dos médios de nível europeu ou mundial. É todavia bastante agressivo e inteligente na ocupação do espaço, além de que pela boa capacidade técnica encontra sempre forma de dar saída aos ataques da sua equipa. Num modelo desgastante com apenas dois médios, é o homem certo no lugar certo. Defensivamente e ofensivamente. É um dos insubstituiveis no SL Benfica.

Gaitán. É ali que o seu talento explode. Com dois centrocampistas nas costas preparados para reagir às suas perdas, a equipa está preparada para o "arriscar" do seu maior talento. Move-se a toda a largura e a sua qualidade técnica vai desviando adversários do caminho. Todavia precisa de melhorar na forma como define alguns lances. Contra o FC Porto, depois de deixar cinco adversários para trás, em situação de 2x1 com Cardozo, explorou a profundidade do paraguaio e perdeu-se um ataque de potencial perigoso enorme. Hoje, em nova situação de superioridade numérica impunha-se que conduzisse até bem próximo do adversário, o fixasse e soltasse em Ola John, isolando-o. O passe saiu cedo de mais e Ola John não ficou na cara do guarda redes, no lance que poderia ter ditado mais um golo na Alemanha.

Voltaremos com lances concretos da segunda vitória em terreno alemão do SL Benfica.

24 comentários:

PedroF disse...

Também desesperei com esse passe do Gaitán. O que uma pessoa aprende por aqui... ;)

Miguel Nunes disse...

Aquele ataque nos pés do James era golo! 90 por cento de hipoteses disso!

José Alvito disse...

Acertaram em cheio c o Melgarejo! Deu p perceber principalmente qd n jogou!

Miguel Nunes disse...

Tinha escrito no twitter, que tendo em conta que para todas as outras posições há quem no minimo desenrrasque, os intocáveis do Benfica são o Matic, Enzo e Melgarejo.

Pedro disse...

O que achas actualmente do André Almeida como defesa direito? Já disseste uma vez que não tem qualidade para jogar no Benfica e por isso faço a pergunta. Sem ironias. Eu, pessoalmente, fico sempre mais tranquilo com ele em campo, em detrimento do Maxi.

Miguel Nunes disse...

Está ai no post

"Surpreendente"

pq de facto nc pensei q atingisse este nível. Pelo menos defensivamente tem estado excelente.

Pedro disse...

É um facto, muito forte defensivamente. Na minha opinião o lado direito da defesa deve, regra geral, ser dele. O Maxi, apesar de ser forte a atacar (mas nem por isso inteligente), em termos defensivos deixa muito a desejar. A equipa fica mais equilibrada com o André Almeida.

Anónimo disse...

Eu acho que no lote dos intocáveis falta 1, Lima. N concordas?

RC

lp22 disse...

O Gaitan ainda perde bolas que nem eu perderia... Praticamente 25 anos e ainda parece uma criança a jogar, muito imaturo... enerva ver tanto talento desperdiçado!

Rearviewmirror disse...

O Leverkusen não é uma equipa qualquer, é a terceiro classificado da Liga Alemã, e o único que conseguiu ganhar no terreno do poderoso Bayern.

Enzo não é tão bom como pode parecer parece, mas safa bem o lugar. Chega a ser impressionante o Benfica vender o seu meio-campo por 60M€, e mesmo assim não parece estar mais fraco comparativamente com o ano passado, pelo menos naquilo que eu acho que é o mais importante, a dinâmica da equipa.

Acho que hoje tivemos uma mostra da competência que a equipa de JJ mostra a todos os níveis, quer em termos tecnico-tacticos, quer em termos de concentração, transições, entre-ajuda, etc.

Ah, e Melgarejo está feito um senhor jogador. Gostava de saber onde andam agora os pratas, os Carlos Danieis, etc...

venis disse...

O sprint do AA :)

http://www.youtube.com/watch?v=kdY-me0K5w8

JR disse...

Comentei o mesmo que tu com um amigo em relação ao A. Gomes. A lesão do português fortaleceu imenso o Benfica, dúvido que tivessem ganho com ele em capo 90 minutos.

Cava disse...

o benfica precisa e muito de melhorar a manutenção e circulação de bola, principalmente quando as circunstâncias o exigem. Depois de marcar o golo, portou-se como uma equipa pequena : pontapé para a frente e queimar tempo. Atrasos de bola para o Artur, para ele chutar para a frente e os alemães voltarem a ganhar a posse, foi a jogada mais recorrente.

Mike Portugal disse...

"O quarteto defensivo. Todos a um nível elevadissimo"

Discordo da palavra "elevadíssimo", pelo simples facto de que os alemães falharam muitas oportunidades de golo faceis. Concordaria se tivesses escrito "bom".

Quanto ao resto, de acordo. Gaitan é, para mim, um jogador "estranho". É capaz de deixar 11 jogadores para trás e de, logo a seguir, falhar 1 passe de 5m.

dezazucr disse...

O problema de André Gomes parece-me que advém da inexperiência. Não te esqueças que ele começou agora a jogar com os grandes. No início irritava-me porque perdia muitas bolas, algo crítico para a posição que ocupa. Já não perde tantas. No entanto o defeito que mostra agora é a quantidade de faltas que faz, normalmente por chegar muito tarde à bola, ou por querer antecipar-se quando deve fazer contenção. Está a aprender, esperemos que na sua aprendizagem não comprometa a equipa e verdadeiramente cresça para ser o jogador que vaticinam. Na primeira metade da época passada também desesperava pelas falhas e defeitos de Matic e vê como ele está agora. Se alguém consegue moldar André é Jesus, isto mesmo descontando o facto de tecnicamente Matic sempre se ter mostrado forte, o que facilita.

Pedro Simões disse...

o aNDRÉ aLMEIDA JOGOU BEM DEFENSIVAMENTE E OFENSIVAMENTE, É DELE O PASSE QUE GAITAN DEIXA PASSAR PARA CARDOZO...

No.Worries disse...

Discordo totalmente com a análise ao André Gomes. Parece-me flagrante que está ali um enorme talento, e as poucas bolas que perde (ontem foram uma ou duas) devido à sua pouca experiência são compensadas e de que maneira com o seus passes "a rasgar" (não percebo como se pode dizer que não acrescenta nada em termos ofensivos... tens que ver mas jogos dele). Da idade dele não vejo melhor em Portugal.
"Depois de James é o melhor jogador do campeonato português" - esta frase deve ser para rir... em 1º lugar o matic é um jogador completíssimo, que enche o campo, que defende e garante coberturtas e dobras ao quarteto defensivo, e além disto (que não é pouco) ainda transporta jogo, faz a passagem para o ataque, fruto dum drible que o "safa" de situações que parecem impossivis, com uma passada larga que lhe permite em pouquíssimos segundos passar do meio campo defensivo para as imediações da àrea contrária. O outro, sendo do clube que oferece fruta de dormir a árbitros, nunca se lhe poderá ver reconhecida grandes qulidades ou méritos.

Pedro disse...

André Gomes falha muitos passes é verdade e não se pode esconder mas é impressionante a capacidade de decisão e carácter que o puto tem para tão tenra idade. E isso é das coisas que este blog mais gosta de elogiar. O puto decide quase sempre bem e tem tomates para arriscar um passe difícil invês de fazer um passe certo para o lado que não erra mas tb não acrescentaria nada. Decisão e carácter estão lá. O resto virá com o jogo, a experiência e aprendizagem. Acredito no puto.

E o passe do Lima naquele contra ataque è beira do fim com o Sálvio isolado???? Fresquinho como estava só tinha era que correr mais uns 10 metros com a bola e depois passá-la certinha para Sálvio.

Anónimo disse...

Nos primeiros 10/12 minutos, as saídas de Melgarejo e Urreta, pelo flanco esquerdo, foram pavorosas. As percas de bola na zona do meio campo foram constantes e sempre causadas por má decisão. Driblar no momento errado ou passar (por isso mal) só em última instância.Aliás penso estar nos corredores laterais e nas suas más decisões, em posse, o calcanhar de Aquiles desta equipa.Recorrentes percas de bola e de forma gratuita. Pedro Marques

ricnog disse...

Concordo com o que dizes.

Enzo não é fabuloso, mas neste momento, não vejo melhor ali.

Andre Gomes é aquela incognita. Conheço pessoal que já jogou contra ele nos juniores e que este ano jogou contra ele na equipa B e diz que ele é craque. Realmente também ainda não vi nada disso, porque se calhar a qualidade no Benfica esteja realmente alta. O miudo tem 19 anos! Está a jogar, pode ser que evolua....agora que não seja como o Hugo Leal e o Manuel Fernandes.... ;)

Também me parece que a defesa seja mais forte com o Almeida....aliás, acho que o maxi pereira só joga, porque está no benfica....não sabe defender, sao erros atras de erros e ofensivamente remedeia pela sua raça, mas não tem qualidade.

Edson Arantes do Nascimento disse...

O André Almeida "só" anda a jogar aquilo que o Pereirinha nunca há-de jogar na carreira inteira.

Superman Torras disse...

O André Gomes não acrescenta nada em termos ofensivos,enquanto o Enzo Perez... acrescenta?

Miguel Nunes disse...

Comparar um com o outro é quase como comparar o Kardec com o Villa. :)

Superman Torras disse...

Se meu falares do Enzo dos primeiros meses desta epoca tudo bem,já este que se tem apresentado nos ultimos dois meses esquece lá isso.André Gomes (já) dá muito mais à equipa em termos ofensivos.

E não esquecer que nesta táctica do Benfica aquela posição em concreto tem na sua componente ofensiva uma importancia muito grande na maior parte dos jogos.