terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Um FC Porto mundial

Se no rescaldo da vitória do SL Benfica apelidamos de Europeu o SL Benfica, que dizer deste FC Porto?

No final da época, porque só um poderá vencer é seguro que Vitor Pereira, ou Jorge Jesus serão tidos por incompetentes. É a equipa que não aguenta fisicamente, serão os erros nas substituições ou estratégias erradas. Não que possíveis explicações não possam passar um pouco por tais crenças. Mas um pouco bem bem bem reduzido. 

Em Portugal joga uma equipa de nível Europeu e outra que se mostra de nível Mundial, assim mantenha o seu núcleo de 11,12 jogadores sem lesões. Um verdadeiro candidato a campeão europeu assim a sorte o proteja nos sorteios (evitar o Barcelona e Messi, sobretudo). O insucesso de uns será sobretudo e maioritariamente pelo sucesso de outros.

Verdadeiramente impressionante o curtíssimo espaço que o FC Porto permite aos adversários para jogar. E se o espaço já é curto, que dizer da agressividade do FC Porto dentro do bloco? Nível assombroso dos cinco mais recuados com João Moutinho. Impossível enquadrar dentro do bloco azul e branco. O Málaga tem vários bons jogadores. Porém para se ser bem sucedido contra este FC Porto é necessário nível mundial. Relembre que na Luz, num dos jogos mais complicados que enfrentou Vitor Pereira, só Matic foi capaz de ter bola contra um Porto sensacional na velocidade a que responde a cada situação nova na partida. A forma como Danilo, Mangala, Alex Sandro, Otamendi, Fernando e Moutinho se antecipam aos seus adversários não se traduz em benefícios unicamente defensivos. As dezenas de antecipações que protagonizam por partida tem o condão de desde logo deixar atrás da linha da bola o adversário que esperava para receber a bola. A agressividade defensiva acaba por garantir tantas vezes vantagem numérica na transição ofensiva azul e branca.

Ofensivamente, em jogos de Liga dos Campeões, será sempre determinante que James esteja a um nível elevado. É o toque de criatividade, decisão e qualidade técnica que ajuda a resolver jogos. Jackson beneficiará da presença do compatriota, podendo explorar ainda mais vezes a profundidade. Ele que tem mil e uma movimentações de ruptura. 


Destaques individuais:

Alex Sandro. Fantástico. Melhor lateral esquerdo, e com larga vantagem, em Portugal. Agressivo, muito veloz e com grande qualidade técnica. Muitas das suas recuperações desenvolvem-se para ataques de enorme potencial perigoso do FC Porto. Talento brasileiro integrado na cultura táctica do FC Porto. Verdadeiramente soberbo.

Mangala e Otamendi. Grande poderio físico e muita classe. Sobretudo de Otamendi, que se antecipa e começa desde logo a provocar desequilíbrios ofensivos. Os centrais do FC Porto parecem inultrapassáveis. Controlam o espaço com enorme qualidade e revelam velocidade e assertividade nas respostas posicionais de cada vez que a situação de jogo se altera.

João Moutinho. Curioso que um dos "defeitos" que lhe é apontado e sugerido como razão para não jogar numa liga diferente, seja o físico. Nada mais falacioso. O jogo de Moutinho é todo ele físico e mental. É e sempre foi, um dos jogadores mais rápidos nas suas decisões sem bola. Muito pressionante sem bola, é um verdadeiro exemplo de abnegação. Com bola, não prima propriamente pela criatividade. Todavia é rápido a  fazê-la circular, retirando-a do centro do jogo, garantindo condições de sucesso a quem a recebe. Inteligência e perseverança são os dois traços mais admiráveis do melhor médio português.

Fernando. Sempre posicionalmente bem, e sempre rápido na forma como sai para recuperar. Não é só a qualidade técnica e decisão dos jogadores do FC Porto que faz parecer que apenas uma equipa tem bola ao longo de todo o jogo. É a agressividade e cultura posicional do meio campo e defesa azul e branca que garante que ninguém consegue jogar contra o FC Porto.

Jackson Martinez. A Europa ainda não percebeu a sua enorme qualidade. Em Malaga, com James mais disponível, poderá afirmar-se. Como o finalizador de excelência que é, mas também na forma como a sua movimentação em apoio para os corredores laterais oferecerá possibilidades à transição do FC Porto.


51 comentários:

Anónimo disse...

São tão brilhantes que ganham com um golo em fora de jogo...E alguem me pode explicar como é que França Lucho jogava 20 30 min..e no FCP Joga o jogo todo?!....Será que o Chazinho do povoas esta a funcionar na sua plenitude?!

Ricardo disse...

Jogo de grande qualidade do Porto, não há como negar essa evidência. O Sandro tem crescido esta época de uma forma monstruosa, mesmo sabendo que já tinha demonstrado ter este potencial que hoje explora quase totalmente. Com um lateral a jogar assim, qualquer equipa adversária tem de criar mecanismos colectivos que evitem os seus movimentos, logo podendo perder identidade.

Meio-campo com grande capacidade de circulação, especialmente esse notável jogador que é Moutinho. Acho fantástico dizer-se que atleticamente o puto não tem condições para outros campeonatos quando a sua forma é, há 7 anos ou mais, de uma constância total. Confundem ser pequeno com ser fraco; forma com compleição física. Se há motor que não encrava, é o Moutinho. A decisão, então, é pornográfica. Quantos passes, más decisões, erros, perdas de bola terá Moutinho desde que começou a jogar na equipa principal do Sporting até hoje? Encontrem a resposta e descubram a razão de ser aqui apelidado de "melhor médio português". De muito longe, aliás. É verdade que não é um portento de criatividade e talvez até nem o limite; pelo contrário: força-o a descobrir onde pode ser bom e a melhorar essas características. Se tivesse outros recursos, provavelmente não seria o jogador tão intenso que é.

Sobre Jackson já não digo mais nada. É fabuloso muito para além dos golos. Mesmo jogando sozinho, consegue ondular todo o jogo ofensivo portista, consoante as necessidades colectivas. Sabe receber de costas, variar flanco, permitir apoios de todos os tipos, guardar a bola, enquadrar, aparecer em combinação com os médios e os extremos, romper numa desmarcação. A prova de que uma grande equipa não tem de jogar com dois avançados nem é isso que cria melhor futebol ou mais golos.

B Cool disse...

se puderes vê o arsenal-bayern e diz o que pensas do bayern, que a mim me parece novamente candidato a ir all the way

Anónimo disse...

Que patético esse comentário anterior !
Depois de verem um grande jogo de futebol , de nível estupendo , em vez de aprenderem a jugar a bola , não criticam a arbitragem !
Este 1-0 é muito , escasso e super injusto , que falta de argumentas , e que excesso de inveja !
Enquanto nós andamos aqui , voces andam na liga das repescagens !
Com todo o consentimento .

Anónimo disse...

O Jesus queria os 2 laterais do Porto! Mas ficaram-lhes por mais de 20 Milhões! Difícil competir com isto, mas ele tem estado sp na luta! Quando sair acaba o Benfica

Anónimo disse...

Moutinho um monstro !
Danilo ainda verdinho .

Benfiquista Atento disse...

... "E alguem me pode explicar como é que em França Lucho jogava 20 30 min..e no FCP Joga o jogo todo?" ...

E o que dizer do russo Marat? -Quem o via no Zbording e quem o vê agora...

E o inefável Mangala, que continua a utilizar o físico á margem das leis de jogo, e no pasa nada ?

E o golo... com o Caga-tacos deitadinho na banheira ?

É muito Puorto sem dúvida !

hertz disse...

Não tirando qualquer mérito ao Porto, a verdade é que este foi o 7º jogo nesta edição da Champions e ainda não defrontou uma equipa de Champions. Como será contra um Dortmund, Barça, Real, Bayern, entre outros?
Em relação à equipa do Porto, acho que o Jackson não fez um grande jogo hoje mas é sem dúvida um talento monstruoso.
O Alex Sandro também tem estado soberbo, já o Danilo considero um bocado banais as suas exibições. Acho que anda tem de melhorar muito. O Alex Sandro está num nível muito superior a ele.

DC disse...

É uma pena que o 1º comentário seja logo de alguém a quem não interessa minimamente o futebol.

Gostei do Porto mas o James faz uma falta enorme. O Varela está morto. Tacticamente é mais fiável que o Atsu mas ofensivamente não consegue acrescentar nada ao Porto. Não tem explosão nem qualidade técnica para causar desequilíbrios. Com James vai ser outra música.

E aliás é brilhante o Porto ter mantido este nível sem o melhor jogador em Portugal.

Depois Alex e Moutinho, jogam onde eles quiserem pura e simplesmente. Real, Utd, City, teriam lugar em qualquer uma dessas equipas tranquilamente. O Alex então, tem tudo para ser o melhor do mundo na posição dele.

Jackson é fabuloso, pode ter menos instinto que o Falcao mas o Falcao nunca conseguiu segurar a bola como ele.

Henrique disse...

O Porto pressiona muito bem, encurta muito os espaços ao adversário, mas também me parece que encurte um pouco o seu jogo ofensivo. Neste em particular, para além do golo, não houve outras oportunidades. Da parte do Málaga foram mesmo inexistentes, o que é mérito da organização do Porto.

Mas já acho um exagero atribuir mais favoritismo ao Porto que ao Real Madrid, Manchester, Dortmund e Bayern Munique.

Miguel Nunes disse...

Henrique n atribuo mais favoritismo q aos q mencionaste. Apenas digo que é possível! Tirando Barça, o FC Porto pode eliminar qq um. N quer dizer que o faça ou q seja favorito na eliminatória.

Pedro disse...

Tanto blogue de merda, para irem debitar a verborreia, que os seus cérebros de minhoca produzem e vêem para aqui.

Enfim.

Adiante.

Caro Miguel concordo com tudo o que escreveste, mas quero perguntar-te algo. Não será o Barcelona superior em Espanha, devido a quase todas as teams espanholas, insistirem no duplo pivot defensivo?

A ideia que tenho, é que a maioria destas duplas, apenas destrói e pouco ou nada produz, emperrando assim o joga da sua equipa.

Que te parece.

Abraço

Henrique disse...

Miguel Nunes, sim, é possível, até o Chelsea eliminou o Barça o ano passado, e era uma equipa fraca. Tinha era um grupo de jogadores bons, que, de vez em quando, dá para ganhar uns jogos.

@DC "E aliás é brilhante o Porto ter mantido este nível sem o melhor jogador em Portugal." Esta frase é paradoxal :)

DC disse...

Henrique. o "este", neste caso, refere-se ao nível alto dos últimos jogos.

Mas acredito que esse nível pode aumentar com James ;)

Blessing Lumueno disse...

Boas Miguel, ainda não vi o jogo, está gravado. Mas acho que já nem preciso de ver...

Desde o início da época, que ando a dizer o que afirmaste aqui! Se o Porto evitar o Barça, está na final da champions!!!!! A mim impressiona e sempre impressionou este Vitor Pereira e engraçado que sendo benfiquista andei a época anterior inteira a defende-lo dos meus amigos portistas... E o resultado está aí, bem aí... Sempre lhes disse: Dá tempo para o homem trabalhar, dá tempo para que se comecem a mostrar os processos, deixem o homem meter as ideias que ele percebe muito do jogo e é obcecado pelo treinar bem! Aí está!!!!!

abraço!

Blessing Lumueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

HAHAHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

NÃO VÁS AO MÉDICO VER ISSO NAO...

JÁ OS VI INTERNADOS POR BEM MENOS.


NUNCA VI TANTA MENTIRA, PATETICE, PALERMICE E IMBECILIDADE JUNTA.

QUE DEMENCIA LOL

Anónimo disse...

Perdem o vosso tempo a vir logo aqui debitar m**** complexada sobre o bicampeão... conseguem ser os primeiros (!!) a comentar este belo post.

Qual é o top 3 de laterais esquerdos mundial hoje?

Como já disseram, incrível como o Porto "come" o espaço ao adversário. Domínio total. Ao intervalo o Málaga além de 1 remate e 36% de posse, tinha apenas 49% de passes completados. Bárbaro.

Rearviewmirror disse...

Bem, uma coisa é a pressão que a equipa do FCP produz aquando da perca de bola, mas isso é apenas um dos muitos factores que é um jogo de futebol. Aí o Porto é excelente, tem jogadores que fisicamente são rápidos e poderosos, mas sinceramente noutras etapas do jogo, nomeadamente quando entravam no ultimo terço de terreno, não vi nada que me tivesse surpreendido, nem de extrema qualidade.

Relembro que contra o Benfica, o FCP depois do segundo golo, não mais rematou á baliza do Benfica (em 70 min), e quem teve mais próximo de ganhar o jogo foi mesmo o Benfica, mas a exibição do Porto foi sobejamente elogiada.

Já hoje nenhum dos guarda-redes faz uma defesa digna desse nome, e apenas me lembro da ocasião de Izmailov (ou Izmaylov) em que ele se antecipa a Antunes.

O golo é em claro fora-de-jogo, e se tivesse sido apontado se calhar estávamos aqui dizer que este Málaga foi jogar ao Dragão como a Académica á Luz, mas tinha tido um excelente resultado.

Como já alguém disse, o Porto faz 7 jogos contra equipas que não estão nada habituadas a frequentar estes palcos, e só sentiu verdadeiras dificuldades com o PSG devido ás suas individualidades.

O Málaga em casa é uma equipa fortíssima, mas o FCP poderá aproveitar o contra-ataque para marcar o golo que matará a eliminatória.

Rearviewmirror disse...

Já agora, a gestão deste Bayern é qualquer coisa.
Hoje foram dar mais uma demonstração de enormíssima qualidade a Inglaterra, e eu pergunto-me o que é que o Guardiola vai fazer para lá.

Os seus registos são avassaladores: 33 jogos oficiais, 27 vitorias, 4 empates, duas derrotas (Bate e Leverkusen), 87 golos marcados e 16 sofridos.

Para mim este Bayern já é o grande adversário do Barcelona nesta Champions.

Luca disse...

Eu gostava mesmo é de ler uma análise sobre a JUVE, nunca falaste do calcio. Gostaria mesmo de saber a tua opinião.

Tudo de bom
Excelente blog.

Abel Cop disse...

Um Porto de "nível mundial" que para ganhar precisa de um golo em offside..

Jorge disse...

cheguei há pouco do Dragão, já escrevi no meu estaminé e vim ler a tua parte. não há dúvida que os jogos europeus dão uma motivação extra, aquela vontade de subir o nível que em lusa terra raramente se consegue. quando o FC Porto joga com este nível, a apertar o adversário e a sufocar as iniciativas contrárias, é muito difícil de parar. mas discordo que possa ser candidato a troféus a este nível, sinceramente. não é suficientemente consistente no último passe, na concretização e acima de tudo na rotação de peças importantes que se desgastam ao fim de 60/70 minutos. Atsu é interessante mas imaturo. Castro talvez nunca seja opção válida pelos nervos que mostra em campo. E se Jackson se lesionar, não estou a ver Liedson a criar espaços, a usar o corpo e a lateralizar em diagonais como o colombiano. nem é suposto, eu sei.

um abraço,
Jorge
Porta19

zorg disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zorg disse...

O porto defendeu muito bem e asfixiou o Málaga, mas também teve muitas dificuldades em criar oportunidades de golo. Se a eficácia defensiva impressionou, a capacidade ofensiva nem por isso. Faltou criatividade e até capacidade de entrar na área adversária com a bola controlada.

Parece-me que o Málaga também não saiu completamente insatisfeito com o resultado. A segunda eliminatória vai ser interessante.

Anónimo disse...

"Em Portugal joga uma equipa de nível Europeu e outra que se mostra de nível Mundial, assim mantenha o seu núcleo de 11,12 jogadores sem lesões. Um verdadeiro candidato a campeão europeu assim a sorte o proteja nos sorteios (evitar o Barcelona e Messi, sobretudo)."

Uma das frases mais descontextualizadas e com menos rigor que vi neste blog, desde que o sigo. E já lá vai um tempo.

Não se pode ver esta exibição, contra um Málaga que é uma equipa vulgar (com jogadores dispensados de várias equipas de maior qualidade, outros na curva descendente da carreira (Saviola, Santa Cruz, Lugano, Demichelis, Joaquin, Julio Baptista, ou até Antunes e o outro jogador que não tinha lugar no U.Leiria), Malaga que é a equipa numero 62 do ranking europeu, como uma afirmação de poderio, quando há pelo menos 20 equipas na Europa de Futebol actualmente bem melhores a esta equipa espanhola.

Como já foi mostrado recentemente pelas equipas portuguesas, qualquer equipa espanhola sem ser o Barcelona e Real é acessível aos nossos clubes. E nem é preciso jogar muito.
A Académica, essa que não fez um remate no estádio da Luz, ganhou ao Atlético Madrid, o Braga eliminou o Sevilha á pouco tempo, o Porto dizimou duas ou 3 equipas espanholas quando ganhou a liga Europa.

A partir daí dizer-se que o FCP é candidato a vencer esta Champions, que só tem de ter cuidado com o Barcelona no sorteio, esquecendo todas as outras, é de uma displicência gritante.
Sigo este blog diariamente, e sinceramente esperava (mais) uma análise objectiva, e não umas palavras sem pés nem cabeça.

Rodrigo Paulo.

Válter disse...

E DC: Falcao no Porto nunca conseguiu segurar a bola como ele. Não o deves ter visto jogar desde então. O Jackson é soberbo mas ainda não é em nada superior a Falcao, para mim o melhor finalizador do mundo.

Miguel Nunes disse...

Pedro, bem rotinado, o duplo pivot pode funcionar. É assim que está a jogar por exemplo o Dortmund

Blessing, o homem é mt forte tacticamente. Falta-lhe carisma, é por isso o chateiam

Luca, talvez um dia. Pelo menos os jogas da Champions vou tentar ver. Este jogo em Celtic foi mt atipico. A Juve qs n saiu do seu meio campo e...goleou!

Jorge, o FCP não tem um bom plantel. Por isso no texto falei na importância de manter os 11,12 do núcleo dura sem lesões. Pensei q a ausência do James se fosse sentir mais a nível interno, mas sem dúvida que p o nível da Liga dos Campeões, sem ele, ofensivamente a coisa já não brilha tanto. Se alguém conseguir eliminar o Barcelona (e isto deve ser um pensamento comum a todos eles), é possível, mm q n seja provável.

Zorg, em suma faltou James ao seu nível.

Concordo com o DC de que o Jackson é mais interessante fora da área q o Falcao.

Miguel Nunes disse...

Blessing, jogas onde?

Blessing Lumueno disse...

Já joguei Miguel, já joguei... agora ando por lá só a passear chuteiras hahahah no AC Porto Salvo

Anónimo disse...

É o que dá escrever logo a seguir aos jogos....

Considerar um Porto Mundial depois de ter ganho 1 a 0 ao málaga....dá que pensar.

Ver a exebição do Bayer frente ao arsenal e ver os seus numeros dá que pensar.....

Uma vez que o Porto é mundial, o que será o Bayer!

O Porto tem uma excelente team, disso ninguem duvida, mas considerar o Porto um candidato á champions....dizendo que tirando o Barça pode ganhar a qq um....

Obvio que pode, pq isto é futebol! Mas só devido a isso!

Ao porto falta banco...e falta um campeonato competitivo...ou pelo menos com equipas que queiram jogar à bola!



No.Worries disse...

Surreal! O clubeco regional de andrades corruptos ganhou OUTRA VEZ com um golo em fora-de-jogo. Não sei se reparaste. Bem sei que é a típica vitoria "à porto", mas mesmo assim branquear MAIS UMA vitória com golo iregular parece-me um bocado estranho. O futebol tem balizas, e eles podem ter jogado muito bem, maravilhosamente, arrebatadoramente, mas a vitoria só foi conseguida com golo irregular!!! Se calhar é melhor acabar com os árbitros e com as regras, e depois quero ver o que será deste desporto que tu dizes que tanto gostas...

zorg disse...

Não sei se bastará James para ultrapassar a questão. Falta imaginação colectiva no ataque do porto. Ontem foi bater na parede até resultar, mas sempre a fazer a mesma coisa. O Málaga foi jogar para o empate e acabou por estar muito perto de o conseguir. O que mais me impressionou não foi tanto o deserto de oportunidades de golo que o porto criou (e o Málaga criou ainda menos, não me entendas mal), mas a incapacidade de sequer conseguir entrar na área do Málaga com a bola controlada.

Não considero que o porto tenha mostrado neste jogo ser de nível mundial. Foi impressionante em termos defensivos, mas quase inexistente em termos ofensivos. Aliás, nem sequer estou convencido que seja de nível suficiente para ultrapassar este Málaga. Uma bola parada em Málaga que corra bem e a eliminatória decidir-se-á nos penalties.

LS2011 disse...

Espectacular este blog ... Acompanho desde algum tempo e fascina-me as análises que fazes, Muitos Parabéns Miguel Nunes !!!

Anónimo disse...

Realmente, depois de defrontar esses colossos europeu habituadíssimos a jogar na champions todos os anos, como são os casos de Dinamo Zagreb, Dinamo Kiev, Paris SG e Málaga, há que dar o porto como favorito a ganhar a competição.
Quero ver contra um barça, real, bayern, man united, milan ou outro clubezeco...

José Guinote disse...

A ideia que o jogo nos transmitiu foi a de que se defrontaram duas equipas ambas competentes mas muito diferentes entre si. De um lado uma grande equipa, de nível mundial, como se escreve no post, candidata a ganhar tudo incluído a Liga dos campeões e do outro uma boa equipa que teve que trabalhar arduamente para conseguir sobreviver sem danos de maior.
Este jogo deixou-me a sensação que o jogo de Málaga será apenas a continuação deste e a conclusão lógica da manifestação da superioridade do Porto sobre o Málaga. O Porto tem melhores jogadores que o Málaga e como equipa está num patamar a que o Málaga não conseguirá aceder num futuro próximo. Um patamar que apenas é abordável por três ou quatro equipas na Europa. O Porto jogou a uma velocidade incrível, fez circular a bola com mestria por todo o campo, abortou as tentativas de contra-ataque do Málaga através de uma pressão altíssima com um abafamento completo dessas tentativas, com uma camisa-de-forças a fechar todos os espaços logo na linha de meio-campo, quando não mais à frente, com uma teia de passes curtos e de trocas de bola em espaços sobreocupados que acabavam por possibilitar a saída para situações de ataque organizado. Nenhuma equipa faz isto em Portugal e poucas – contam-se pelos dedos de uma mão – o fazem no Mundo inteiro. Mérito de Vítor Pereira que, porque tem uma má imprensa, recolhe poucos elogios do seu extraordinário trabalho. Um enorme treinador capaz de conjugar muitos talentos em prol de uma equipa muito maior do que a soma das partes.
Subscrevo a análise individual ponto por ponto. Mangala está soberbo. Relegou Maicon para um segundo plano e percebe-se porquê. Uma capacidade física impressionante e uma velocidade e poder de impulsão notáveis. Um enormíssimo central do presente e do futuro próximo. Vale milhões. Otamendi é menos exuberante que o seu colega mas sempre o achei o melhor defesa central do Porto e talvez o melhor que joga em Portugal. Notável a sua capacidade de antecipação a qualidade com que saí a jogar, a sua capacidade de passe, o seu posicionamento e a fiabilidade nos duelos individuais.
Quanto a Moutinho não há nada a dizer. O melhor médio português logo desde que começou no Sporting e um dos melhores jogadores da Europa na sua posição. Com lugar nas maiores equipas Europeias. Titular em todas as que estão em prova na Liga dos Campeões com excepção do Barcelona, em que teria mais dificuldades mas capaz de disputar um lugar nesse meio-campo mágico. Faz impressão que, por exemplo, o Manchester tenha gasto tanto dinheiro em jogadores medianos e que desde que Scholls – na versão antes da reforma - saiu nunca tenha sido capaz de perceber que havia em Portugal um jogador como João Moutinho. Já nessa altura Carlos Queiroz andava completamente distraído.
Jackson Martínez é soberbo. Letal, tecnicamente evoluído, amigo da equipa, um enormíssimo ponta-de-lança. Mais 40 milhões para o cofre do Porto.
Alexandro é de facto o melhor lateral-esquerdo a jogar em Portugal. Grande jogo antem à noite. Capacidade de desarme acima da média e uma velocidade e lucidez na fase atacante que fazem a vida negra a quem tem que o parar.
É bom ver jogar uma equipa assim tão boa.

hertz disse...

Eu cá aposto numa final Bayern-Barcelona, aliás, para mim o Bayern é quase tão favorito a ganhar a Champions como o Barça.
Quanto ao Porto, parece-me cedo e exagerado que se diga que são candidatos à final pois, como já disse anteriormente, o Porto ainda não defrontou uma única equipa de Champions.

Anónimo disse...

Ó Miguel Nunes...quanto te pagaram para fazeres uma prosa destas??...és mesmo filho da pvta.

Diário de um Dragão disse...

Há pessoas que não gostam de futebol. Gostam de outra coisa qualquer que eu não percebo.

É muito bom que Portugal tenha duas grandes equipas. Reconhecer o mérito no adversário não nos diminui, mas engrandece ainda mais os nossos feitos.

Parabéns pelo blog.

Anónimo disse...

já sigo este blog à algum tempo e admirava bastante a tua visão do futebol, mas algumas coisas que disseste neste post são de rir. O porto teve defensivamente perfeito, ocupou bem os espaços, fez uma pressão invejável mas em termos de criatividade ofensiva foi praticamente uma nulidade, poucas foram as oportunidades de golo.
Que achas Miguel ?

DC disse...

Há aqui muita gente a falar de falta de imaginação no ataque do Porto que se esquece que o Málaga é a melhor defesa de Espanha...
Não estavamos a jogar contra a Académica!

Anónimo disse...

olha olha 3 equipas de nivel mundial, a primeira é o porto claro, a segunda o olhanense e a terceira? esse colosso do futebol mundial o malaga do emprestado antunes de outro colosso mundial, o paços de ferreira, e do saviola suplente dos suplentes na anterior equipa, um colosso que ta tao habituado á liga dos campeoes como o grande sporting, outro colosso mundial.

Hugo disse...

Alguns comentarios sao tao tristes que nem percebem que o seu clubeco foi eliminado pelos colossos Celtic e Spartak

Count Zaccone disse...

PB, penso que estás a alucinar com a teoria do FCP ser favorito.

Parece-me a mim que o FCP peca, não só pelo plantel curto, mas por falta de imaginação no ataque, pois criou poucas oportunidades de golo. Um bom exemplo disso foi o jogo contra o SLB por exemplo.
Mas apesar de tudo, quando o James começar a entrar em ritmo irá dar mais frescura ao ataque portista (boas perspectivas aqui).

Miguel Nunes disse...

o FCP n é favorito. Apenas não é o parente pobre perante ninguém, excluíndo o Barcelona

Rearviewmirror disse...

Engraçado que no ano passado o Benfica ganhou 2-0 ao Zenit ninguém referiu que o Benfica era verdadeiro candidato ao titulo europeu, porque simplesmente não o era.

Passando oito equipas aos quartos de final da Champions, o Porto (se passar) estará no grupo dos outsiders com Galatasary/Shalke), atrás claramente de BAyern,Barcelona, PSG, Dortmund, Juventus, Real/Man.

Daniel Romano disse...

Rearviewmirror, o Porto claramente atrás de PSG e Dortmund? Não me parece. Gosto muito do estilo de jogo do Dortmund mas apesar de tudo parece-me uma equipa ao nível do Porto. 50/50. O PSG igual, como se viu pela fase de grupos - ganhámos em casa e, não fosse a fífia do Hélton, saíamos incólumes do Parc des Princes. Atrás de Bayern, Barcelona e Real Madrid, concordo. Que se eliminem uns aos outros até à final. Uma eliminatória com qualquer outro adversário, com o Porto na máxima força, seria extremamente equilibrada. Não é muito provável que sejamos campeões europeus ou que cheguemos sequer à final, mas é perfeitamente possível.

Anónimo disse...

Sigo o Blog à imenso tempo e sou grande apreciador. No entanto já sei que o Miguel peca um pouco pelo exagero. Basta por exemplo dar um salto pela etiqueta do Jara para ver isso mesmo.

Concordo que temos no nosso país duas equipas de grande nível. Não entendo muito bem a diferença entre nível europeu e mundial... até dá ideia que fora da Europa existem equipas superiores às europeias...
O Porto é fortíssimo no condicionamento que faz aos adversários e tem vários jogadores muito fortes na resposta ás perdas e muito fortes fisicamente, o que ajuda bastante. No ataque tem dois grandes talentos...

O Alex Sandro é um optimo jogador. Perto de 10M de euros daria para comprar muitos grandes jogadores de ataque, estranho seria se não desse para comprar um bom lateral... de qualquer das formas o porto vai lucrar imenso com ele, assim como com o Mangala.

Para terminar, o Porto deve passar esta eliminatória com maior ou menor sofrimento. Apartir daí, julgo que tenha tantas hipóteses como têm as restantes equipas (excepção feita a barça, real e bayern). Basta dizer que no ano passado ganhou o Chelsea...

Anónimo disse...

Sera que é possivel uma equipa mais fraca ganhar a Liga dos Campeoes? eu diria que sim, ja que o porto quando foi Campeao Europeu com o Mourinho isso sucedeu. Nesse ano o AC Milan e o Real madrid estavam fortissimos. O Real Madrid com o Zidane por exemplo. Eu percebo pouco de futebol. Acho o Porto uma equipa solida e equilibrada mas penso que ha equipas mais fortes. Dito isto, era bom para os Benfiquistas que o porto fosse mais longe pessivel ja que o plantel do porto nao tem plantel para o Campeonato e a Liga dos Campeoes.

Saudacoes

Rearviewmirror disse...

Daniel Romano

Sigo atentamente este Dortmund há cerca de 3 anos, e digo-te que dificilmente o Porto o passa em duas mãos.
São das equipas mais perigosas da Champions a jogar fora-de-casa, e têm dois jogadores fantásticos, Gotze e Reus.
Aliás, as equipas alemãs têm a vantagem de terem o campeonato decidido, portanto podem-se apresentar na máxima força nos seus jogos.

Quanto ao PSG de agora, nada tem a ver com aquele de inicio de época que foi ao Dragão.
Deixaram de ser um conjunto de jogadores brilhantes (Lavezzi, Pastore,Ibrahimovic e T.Silva eram só os 4 melhores jogadores da série A á 2 anos), para serem uma equipa temivel.
A exibição portentosa deles em Valencia demonstrou-o.

Anónimo disse...

Málaga roubado? E então este penalti não conta?
http://www.youtube.com/watch?v=XjGTz6M74fk