domingo, 24 de março de 2013

Israel x Portugal. Primeira parte.





















14 comentários:

Luis Santos disse...

Boas!

No segundo golo de Israel, o movimento de Bruno Alves não terá sido para tentar corrigir o erro de Pepe com a tentativa de pôr os adversários em fora-de-jogo? Se o Coentrão e o João Pereira tivessem feito o mesmo, tinha resultado bem.

B Cool disse...

pareceu-me que muitas das dificuldades para receber a bola jogável e enquadrar se deviam ao estado do relvado, ou isso ou à falta de motivação para o jogo

Tsubasa disse...

Aguardo ansiosamente pelo proximo jogo, em que Ronaldo não participará, para ver se a equipa soltando-se dessa condicionante que é jogar para Ronaldo consegue elevar o nível exibicional e jogar colectivamente.

Sendo certo que perde e muito no capítulo da finalização, sem Ronaldo.

Bem tento pensar numa táctica alternativa para esta Selecção, mas simplesmente falta qualidade..

Miguel Nunes disse...

Luis, mas ai abandonou os 2 laterais, e como aquilo n é treinado, n os podia abandonar. ficava no meio, laterais juntavam um pc e resolvia-se a coisa

Tsubasa, o Ronaldo é vitima da falta de qualidade, que n o consegue colocar na carreira de tira. Mas a selecção tb é um pc vitima de um modelo de jogo construido só p fazer brilhar um jogador com dificuldades nas 2 fases ofensivas que antecedem a finalização.

De forma mt simples,
Antes éramos fabulosos na criação mas pecávamos na finalização. Só que criávamos tanto e tinhamos tanta tanta tanta bola que acabávamos p fazer golos e jogavamos sp bem. Mas faltou sempre excelência dum Ronaldo a finalizar p ir mais longe.

Hoje é ao contrário.

Miguel Nunes disse...

Luis, mas ai abandonou os 2 laterais, e como aquilo n é treinado, n os podia abandonar. ficava no meio, laterais juntavam um pc e resolvia-se a coisa

Tsubasa, o Ronaldo é vitima da falta de qualidade, que n o consegue colocar na carreira de tira. Mas a selecção tb é um pc vitima de um modelo de jogo construido só p fazer brilhar um jogador com dificuldades nas 2 fases ofensivas que antecedem a finalização.

De forma mt simples,
Antes éramos fabulosos na criação mas pecávamos na finalização. Só que criávamos tanto e tinhamos tanta tanta tanta bola que acabávamos p fazer golos e jogavamos sp bem. Mas faltou sempre excelência dum Ronaldo a finalizar p ir mais longe.

Hoje é ao contrário.

LS2011 disse...

Sem duvida, era trocar Meireles, Varela e Postiga por Rui Costa, JVP e Figo.

portista_amadorense disse...

o bruno alves ta francamente mal, apesar do golo, ele nem titular é no zenit e ja desdeo euro que joga quase sempre da mesma maneira: bola longa la pa frente e fé em deus. banco com ele temos o neto.

Anónimo disse...

Dizer que o CR só é de top na finalização é um absurdo.
Então e a assistência para 0 golo do Postiga? Bem superior á do idolatrado Messi do post anterior. E a recepção e enquadramento e passe para o Postiga a meio da 2ª parte que este isolado desperdiçou?
O Cr não defende? Ok... são as ordens... mas tal como vi aqui escrito sobre o FCP x Málaga... defender com duas linhas de 4 e não sofrer golos não é difícil... e o Málaga é bem superior a Israel.
É uma linha editorial deste blog indicar que o CR não é forte na criação e na construção, então expliquem porque é que ele foi para o MU se não fazia os golos que faz agora? E as assistências para golo a partir do corredor lateral?
Quanto a vossa teoria dele decidir mal remete ás teorias normativas da tomada de decisão e isso nem me dou ao trabalho de contra argumentar de tão básicas que são.

Miguel Nunes disse...

LS, se desse para fazer isso, havia ainda mt mais para trocar

último anónimo, o que tu não sabes é que aquela assistência continua a fazer parte da fase de finalização, onde ele é mt forte. MAs, eu tb n te vou explicar.

Anónimo disse...

3ª fase: criação de situações de finalização e e depois existe a fase de finalização certo

C.P.C. disse...

Miguel, o Ronaldo na primeira epoca de Real Madrid, se nao estou em erro, marcou menos golos que Higuain. Quando foi para Espanha, procurou nesse primeiro ano, participar mais na construçao. So depois de Mourinho, voltou novamente a preocupar-se menos em participar na construçao. Ainda assim, logo nesse primeiro ano, foi considerado de longe, mas de muito longe, o melhor jogador no Real Madrid. No Manchester como ja foi ai dito, ja antes dos golos era considerado a grande estrela da equipa e um dos melhores do mundo.
Nao é correcto falar de Ronaldo como tendo dificuldades na construçao. Pode-se aceitar que seja menos criativo que outros grandes jogadores, mas se ele agora simplesmente deixasse de marcar tanto, para se dedicar mais à participaçao no inicio do processo ofensivo, seria igualmente um dos melhores do mundo. Como já foi nesses moldes.

Miguel Nunes disse...

CPC, o Ronaldo tem as suas qualidades. Mas em Inglaterra sp jogou no corredor lateral, onde recebia com mt espaço e pc concentração de pernas. Era e sp foi letal nas saidas rápidas p o contra-ataque. Em transição a trazer em velocidade de fora para dentro sp fez mta mossa.

Isto de jogar como 2ndo avançado é relativamente recente, e se antes n jogava ai mas sim como extremo foi sp precisamente pq tem muitas carências na construção em espaços centrais (curtos).

Há 50 jogadores mais capazes que o Ronaldo naquela posição. Mas a verdade é q nenhum é capaz de individualmente sem a ajuda de mais colega nenhum (sem ser o Messi) de resolver de forma tão sistemática como ele. E é por isso q ele é o 2ndo melhor e não o 5o ou 6o do mundo.

O Jardel só fazia golos. Mas fazia tantos que continua a ser o melhor avançado q passou por cá. Compensava as carências com infindáveis golos.

O Ronaldo é um pouco assim. Tb tem qualidades p alem dos golos. Claro que sim. Mas Jardel estamos a comparar com os melhores de Portugal. O Ronaldo estamos a comparar com os melhores do mundo. O que ele tem sem ser a finalização não é mau. Mas está a anos luz de óscar, Modric, Ozil, kaká, Messi, etc etc etc. Jogadores que aparecem mt nas fases que antecedem a finalização.

Anónimo disse...

Sou o anónimo das 11:12.
Se a criação é a 3ª fase quais as 2 anteriores? Eu conheço 3... construção - criação - finalização. Na forma de sistematizar o pensamento acerca do jogo a finalização é a 3ª.
A recepção, enquadramento, condução e passe para o golo do Postiga fazem parte da fase de finalização? São perspectivas diferentes.
Atentemos á contradição num só paragrafo "Há 50 jogadores mais capazes que o Ronaldo naquela posição. Mas a verdade é q nenhum é capaz de individualmente sem a ajuda de mais colega nenhum (sem ser o Messi) de resolver de forma tão sistemática como ele." Se há 50 mais capazes porque não resolvem de forma tão sistemática como ele? Se calhar porque quem afirma isto tem uma ideia do que é decidir correctamente estereotipada... quando decidir correctamente é decidir de acordo com a situação e com as capacidades do próprio jogador e da equipa, ou seja o que é correto no Messi pode não ser correto no CR e vice-versa.

Miguel Nunes disse...

anónimo, se sentisse que percebesses um pouco que seja de futebol e que soubesses sequer interpretar uma frase discutiria ctg e talvez pudessemos ambos aprender um pouco. Como não é o caso, não vou perder o meu tempo. Aparece sempre.

Abraços