domingo, 31 de março de 2013

Mourinho, podes dar um toque ao Rodrigo?

Foi depois do SL Benfica x Rio Ave que aqui foi escrito. "Rodrigo melhorará bastante se algum dia perceber que não precisa de golos para ser importante".

Um dia depois as declarações de Drogba "Mourinho dizia-me: Tranquilo, não precisas de marcar golos para ser o homem do jogo".

E de facto assim o é. Por estranho que pareça, um avançado pode terminar a época com zero golos e ter feito uma época soberba. Mesmo que isso seja altamente improvável.

O jogo proporciona uma diversidade de situações (7x8, 5x8, 3x2 / bola no corredor lateral, no corredor central) quase infindáveis. E a cada uma dessas situações pede-se aos jogadores envolvidos que de forma colectiva (na movimentação e na decisão com bola) saibam mover-se / decidir da forma mais eficiente para que a situação tenha mais possibilidades de ser bem sucedida (terminar em golo). Imagine uma situação de 3x2, bola no corredor lateral com o extremo, que a conduz na direcção do central. Ao avançado pede-se que abra no corredor de onde vem o portador da bola em condução, para que este fique com opção de passe à direita e à esquerda. Ou seja, a forma mais eficiente de resolver tal situação é por um afastamento da baliza por parte do avançado. Este afastamento da baliza por parte do avançado, oferecendo uma opção diferente ao portador da bola faz aumentar as possibilidades da sua equipa chegar ao golo, mas reduz as suas reais chances de ser ele a marcar o golo. 

A um avançado, como a qualquer outro jogador, pede-se que conheça e que aplique o melhor comportamento a  adoptar em cada situação. Afastando-o ou não do golo ou da assistência. Um jogo enorme que ajude decisivamente a sua equipa a vencer não depende minimamente do número de golos ou assistências obtidas na partida. Mesmo para um avançado.

É óbvio que jogando mais avançado no campo de jogo que qualquer outro jogador, terá por norma, sobretudo num período largo de jogos, mais situações em que se impôs movimentações para procurar situações de finalização, e mais situações de finalização. Pelo que seja altamente improvável que termine uma época a zero fazendo tudo bem.  Mas pode acontecer! É decisivo que se perceba que não é o golo que determina o seu rendimento. Quanto muito é o golo da sua equipa. Não o seu. A menos que pelas situações próprias do jogo se imponha que apareça em situações de finalização e as vá desperdiçando.

13 comentários:

Ricardo disse...

Excelente.

Confesso que tenho vindo a perder esperança no Rodrigo. O que foi primeiro uma ideia de que tinha ainda a crescer e aprender passou rapidamente para uma dúvida clara: seria Rodrigo capaz de se adaptar a um jogo colectivo que lhe exija uma decisão (não é só passe e remate ou resolução, é mais, muito mais, de quase nenhum entendimento de como deve movimentar-se em campo) de outro nível? Neste momento, são cada vez menos as dúvidas e cada vez mais as certezas. Ele compreende muito pouco do jogo. Há lances típicos em que se nota a sua incapacidade cognitiva: passe vertical do médio (Matic ou Enzo, normalmente), em que esse mesmo médio passa e vai logo dar um apoio, Rodrigo geralmente não sabe cumprir a triangulação ou, porque o apoio veio apenas dar mais uma escolha, não uma necessidade, abrir noutras soluções que tinha. Não, Rodrigo recebe, mesmo com dois ou três atrás dele, e acaba invariavelmente a correr com bola para trás só com uma coisa na cabeça: "tenho de virar-me para depois começar a correr para a baliza". Isto se fosse esporádico, não tinha importância. O problema é que é regra. Só pode jogar como o mais avançado e mesmo aí, apesar de poder ser potenciado, tem dificuldades claras. É um bom exemplo de que um jogador com qualidades atléticas e técnicas de nível superior, se não entender prncípios básicos do jogo, será sempre não mais do que medíocre.

Mas quero acreditar que ainda alguém fará dele algo mais do que hoje é. Até agora o Jesus não tem sabido resolvê-lo.

Válter disse...

Basta relembrar a época soberba do Rooney quando Ronaldo era o homem golo no seu último ano em Manchester

B Cool disse...

tipo Postiga na selecção que precisa de 3 ou 4 oportunidades flagrantes para marcar 1 golo

Ricardo Perna disse...

E aqui entraria o Nuno Gomes na conversa, e num nível menor (porque fazia mais golos), o Saviola...

Neste momento não teriam lugar no Benfica porque há Lima e Cardozo, que jogam bem para a equipa e marcam muitos golos, mas serão sempre injustiçados só porque não marcavam golos...

Miguel Nunes disse...

pois B Cool. Que jogador seria o Postiga se não fosse fraco na finalização? Foi isso que escrevi num dos posts da selecção.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Agora fizeste-me lembrar o F. Torres.

Também sou da opinião que deveria marcar mais uns golitos, e que a partir de determinada altura perdeu um certo fulgor (físico, talvez). Mas continuo a apreciar a forma dele jogar e muitas vezes é claramente injustiçado - sobretudo porque dá à equipa e aos colegas muito mais do que golos.

Se não me engano o Miguel PB já escreveu algo muito fixe sobre esta situação do Torres.

Rocky Balboa disse...

Fora do contexto do post.
Sabem de algum site para download de jogos da liga Portuguesa?

Miguel Nunes disse...

rocky, só conheço o roja directa

Rocky Balboa disse...

Obrigado Miguel. Também costumo sacar através desse. Mas da nossa liga nunca tem nada. Queria ver o Porto a jogar com James e Izma por dentro. N deixei o jogo a gravar. E tambem queria rever os 3 centrais do Nuno contra o Benfica. Imagino que a ideia era fazer algo como a Juve. Mas o comportamento do lateral do lado contrário a fechar dentro não é facil de fazer, muito menos quando é novidade e quando a bola anda tão depressa como num jogo na Luz. O tempo que se tem para fechar na Luz não é propriamente o tempo que se tem quando se joga contra o Olhanense ou contra o Moreirense.

Tsubasa disse...

Por isto Fabregas é tão bom ponta-de-lança :)

Adrien e André Martins, que talento tem o Sporting :)

Grande movimento de Martins nos dois primeiros golos e uma temporização perfeita de Adrien no 3º golo.

E sempre defendi Wolfswinkel muito por o que vem referido no post, mas para os adeptos só quando marca 3 é que é bom...

Constantino disse...

Talvez não precisasse de ser Mourinho a falar com Rodrigo... Saviola chegaria. Pode ser um lugar comum ou um exagero, mas para mim Saviola para além de não precisar de marcar para ser o melhor em campo, também podia bem passar sem tocar na bola. Penso que o que está a contribuir para o retrocesso evolutivo do Rodrigo é o seu actual posicionamento no 11 benfiquista. Jesus está-se a deixar enganar pelo tecnicismo e poder de mudança de velocidade do espanhol e pensa retirar mais dele atrás do ponta de lança do que sendo ele memso o jogador mais adiantado. A diferença que se nota ao ver Lima atrás de Cardozo ou Rodrigo atrás de Lima é substancial. Perde o SLB a inteligência das movimentações, logo a dinâmica de ataque esvai-se tambem. Rodrigo é ponta de lança, tal como Ronaldo o era (com as devidas diferenças qualitativas, claro). Tivese Jesus treinado ROnaldo e certamente o fenómeno teria recuado uns metros no seu posicionamento. Rodrigo não percebe que há muito mais para lá do golo, tal como nenhum ponta de lança de raiz percebe. Parafraseando Luis Freitas Lobo, diria que o jogo de Rodrigo apenas revela o seu código genetico de ponta de lança de raiz.

Abraço

TaKuara disse...

O "maior" problema de Jesus é tentar conciliar 3 numeros "9" de excepção, fazendo de um deles um 9/10...

Lima tem de jogar em cunha, Rodrigo tem de jogar em cunha, Cardozo não se fala, mas acho que a melhor opção ás vezes até poderia ser ver o paraguaio a jogar um pouco mais recuado em relação a estes 2.

Mas como já vi escrito, quando se tem qualidade, pode-se jogar em qualquer posição, de forma competente.
Rodrigo rende menos atrás de Cardozo ou Lima. Mas só em comparação com estes 2, porque pode não parecer mas ele já tem 10 golos esta temporada. Nada mau, para quem parece estar longe de confirmar todo o seu potencial.

Tomás disse...

Fez-me lembrar o 4-6-0 da Roma há uns anos. Desde quando é preciso um avançado para marcar golos?