sábado, 20 de abril de 2013

Fala Fernando. Um dos médios mais influentes tacticamente da Liga Portuguesa

"O Jesualdo Ferreira tinha uma filosofia de ensinamento, parava o treino, ensinava, mostrava receção... O André Villas-Boas taticamente era muito forte, tinha uma filosofia de que se perdesse a bola, tinha que recuperar logo. O Vítor Pereira é parecido, quer que cadencie às vezes. Mas quem me ensinou muito foi o Jesualdo. Pois é totalmente diferente o futebol europeu do brasileiro, e era ele o treinador quando cheguei"

Muito abordada aqui a questão da imensidão de diferenças das Ligas Europeias para a Brasileira. Naturalmente que não é extensível a todas as equipas da Liga nacional. Recorde que Fernando passou um ano emprestado ao Estrela da Amadora de Daúto Faquirá, e ainda assim refere que foi com Jesualdo que mais aprendeu. O "click" europeu do FC Porto surgiu com a competência dos seus treinadores. O do SL Benfica surgiu com a competência de um em específico. Relembre que há a possibilidade de termos duas equipas nacionais no primeiro pote de candidatos na Liga dos Campeões, onde só cabem oito equipas. Quando há não muito era pelo terceiro pote que definhava o Benfica, por exemplo.

Foi com uma melhor selecção, ou apenas sorte na mesma, das suas equipas técnicas que FC Porto mantém a sua hegemonia em Portugal, e que o SL Benfica disparou e é hoje uma ameaça muito credível ao habitual domínio azul e branco. 

Têm melhores onzes e plantéis, mas sobretudo porque a subida de nível colectivo permitiu aos dois clubes aproveitarem e potenciarem melhor as individualidades, e manterem-se até mais tarde nas provas Europeias. São hoje clubes apetecíveis. Antes de Jorge Jesus o Sporting ia ficando à frente do SL Benfica. Em apenas quatro anos o Benfica parece agora inalcançável. E Quique Flores já havia tido um plantel parecido aos actuais...

Felicidade por trabalhar com as pessoas certas. Felicidade a de Fernando. Integrado em equipas que são mais que a soma de onze jogadores, integrado em equipas que se regem por princípios comuns, que se movem em conjunto, vêm as suas potencialidades disparar. O mesmo jogador que hoje é determinante e importante na Liga portuguesa, poderia ser apenas mais um na árdua luta pela permanência que tantos enfrentam. 

Por vezes o sucesso / insucesso de uma carreira é determinado pela felicidade de encontrar algures no caminho quem perceba o jogo e quem saiba na operacionalização, e isto é o mais difícil, fazer crescer a equipa.

Os jovens jogadores do Sporting precisam de uma boa escolha. Pelo clube, mas também por eles. Ninguém imagina a diferença e o peso que pode ter uma decisão desta natureza em todo o futuro de um clube e dos atletas.

O Fernando explicou bem nas suas declarações que o futebol não são apenas onze a correr contra outros onze.

20 comentários:

JMM disse...

Tenho duas questões:

A minha primeira pergunta é simples: é possível o Sporting alcançar alguem com do patamar qualitativo do Jesualdo?

Tendo em conta as circunstâncias não me parece que seja possível. O Sporting poderia chegar talvez a um Paulo Fonseca ou Rui Vitória mas será que estes se encontram no patamar de Jesualdo?

A segunda pergunta o final da primeira, como se percebe a qualidade de um treinador para um patamar superior? Por exemplo, será que o sucesso de Paulo Fonseca e Rui Vitória indica que no SCP também dava? Qual o critério?

E já agora uma terceira: saindo Jesualdo, quem seria uma boa opção? E essa opção é melhor que manter o próprio Jesualdo?

JMM disse...

Estabilizar pessoas competentes nas estruturas dos clubes, parece fácil. O Sporting tem sofrido muito pela incapacidade de contratar pessoas competentes (o caso gritante e máximo de incompetência foi SP) ou a incapacidade de apoiar as pessoas que tem.

Outro dia, no twitter dizia eu que o Sporting com 2 ou 3 reforços inteligente e um bom treinador poderia, com a sua equipa jovem da Academia, procurar chegar ao terceiro lugar. Falei de 3º lugar e não nos dois da frente, quer queiramos quer não o SCP está a anos luz do plantel quer do FCP quer do SLB. Por outro lado acho que com esta equipa o Sporting pode aspirar a conseguir o terceiro lugar.

Pode aspirar a isso com a competência de um treinador capaz de dotar a equipa de princípios de jogo colectivo assim como com a qualidade de alguns dos miudos do plantel. Sendo já por si só uma tarefa dificil parece-me um objectivo possível a curto prazo. Correctamente disseram depois que seria complicado na UCL mas nisso não tem de se pensar ainda.

No meio desta conversa um dedicado Sportinguista disse qualquer coisa como: Sou ambicioso e não gosto de 3º lugares.

Admito que me custa encaixar uma afirmação deste tipo mas a verdade é que revela porque é que as direcções têm de ser fortes a segurar as pessoas competentes e a apoiar essa mesma gente, têm de o ser porque os adeptos não são. Os adeptos querem o mundo, cabe à direcção pensar passo a passo como lá chegar.

Tudo se joga na competência do treinador e na capacidade de uma direcção o segurar mesmo perante a irracionalidade dos adeptos. O terceiro lugar é possível para o SCP, os primeiros são uma miragem. Os adeptos têm paixão, a direcção tem de ter cabeça.

Miguel Nunes disse...

1 - Sim. Claro. Muitas vezes os melhores treinadores são desconhecidos. Claro que ir buscar um português desconhecido está fora de hipótese pq seria morto à nascença. Mas há milhares por ai como o Jesualdo. O problema é q se aceita melhor os Vercauterens (campeões lá n sei da onde). Mas p ir buscar um treinador estrangeiro q saibas q é mt competente tens de o ter visto treinar. N m parece q no Sporting haja algum controlo sobre essas coisas. Nem sobre jogadores. É contactar empresários eles que escolham. A direcção q entrou agora de certeza q n teve tempo p essas coisas e a anterior mostrou q de futebol era 0.

O Rui Vitória este ano tem um futebol horrível. O q ele tem este ano em Guimarães nc seriviria o Sporting. Mas tb está a jogar c as armas q tem. Mas n sei se n chega ao Sporting e tb acha q tem poucas armas e vai o mm modelo de jogo do bico para a frente. A equipa técnica do Paulo Fonseca tem mta qualidade, e um deles até era treinador do SCP na época passada. Era uma opção interessante, desde que o clube não lhe colocasse objectivos irrealistas. Aqueles que partilhámos no twitter.

3 - Trocar o Jesualdo pelo Leonardo Jardim, por exemplo, é mais ou menos o mesmo. Qq um dos dois pode ter uma época feliz, pq são bons, ou infeliz pq não são extraordinários. Mas o Leonardo Jardim gostava de ver mais, pode ser q mude a minha opinião.

Acho q para se escolher bem n se pode apenas olhar aos resultados, mas À forma como foram obtidos. Numa liga de 16 incompetentes, 1 incompetente é campeão. Mas isso n o torna competente...

Talvez fosse preciso ter mta gente a seguir mtas equipas. Mtas observações n só a jogadores, mas a equipas para perceber onde há dedo ou n dos treinadores.

Miguel Nunes disse...

A próxima época tem de ser bem jogada! O Braga vai perder o Viana, Amorim, talvez o Custódio. O Alan n será de certeza tão importante, o Mossóro mais um ano sem sair vai baixando os braços. A defesa n é mt forte individualmente.

Pode haver uma quebra. Pode, n sei se vai, mas creio q pode mm haver uma quebra com a partida dos melhores jogadores. Para aproveitar isso o Sporting tem de jogar (escolher) bem. Jesualdo ficaria lá bem, sem dúvida. Mas precisa de alguns reforços importantes (em qualidade, não em nome)

Miguel Nunes disse...

ah já agora. Aquela noticia do interesse num treinador brasileiro foi assustadora. Por isso peguei tb no q diz o Fernando...

JMM disse...

Miguel, obrigado pela resposta.

Sim, não acredito que tenham tempo para ir par ao terreno ver treinadores e muito menos para escolher um desconhecido que, num clube como o SCP, morre depressa. A pressão é muita. Se a opção Jesualdo acabar por falhar creio que Jardim poderia ser uma boa opção. Mas evidentemente que é apenas uma opinião infundada, nunca o vi treinar e mesmo que por acaso fosse ver não saberia o que procurar para saber se é ou não bom.


Disse, se bem te lembras, que o dinheiro devia ser investido nos miudos. Tanto na renovação como na re-compra das partes dos passes já vendidas. Acho que seria o melhor, isso mais dois ou três reforços bem pensados. O reforço seria particularmente importante na posição mais avnçada, Viola e Rubio não me parecem suficientemente bons para jogar a titulares como PL de referência. De resto, acho que poderiamos beneficiar muito de um médio como o Hugo Viana mas deve ser caro.

Quanto ao Braga, creio que tens razão. Mais, parece-me o máximo a que o SCP pode aspirar e mesmo para isso já tem de fazer quase tudo bem feito. Mas não está fora do alcance, se houver inteligência poderá se lutar por isso.

O Celso Roth assustou-me muito, a primeira coisa que me passou pela cabeça foi "lá vai mais uma época pelo cano". É um pouco como aquela história do Inácio para treinador... Nada é mais importante que escolher o treinador, se não puder ser Jesualdo que se aposte no Jardim . Ou então no Jesus, acho que merece a chance de se mostrar :)

Mas se o Jesualdo ficar achas que DIER permanece no meio-campo? Eu ainda não entendi se ele joga com o DIer no meio-campo apenas porque o SCP não é forte na defesa e para valorizar Rojo na medida do possível (ptt, estabilizando o processo defensivo numa nova época DIER regressaria à defesa) ou se para Jesualdo o DIer é mesmo médio...

JMM disse...

Ainda quanto ao Brasileiro treinador, fica por perceber até que ponto não seria melhor um tipo do nosso campeonato que fosse arriscado (Fonseca ou Rui Vitória) a um treinador brasileiro habituado a um estilo muito próprio de jogo e, penso eu, de treino?

Mais, o que poderia ele oferecer a jovens jogadores em fase de "construção"?

Por causa de interrogações como estas prefiro a opção pelo treinador português. Era importante que fosse um com algumas das qualidades que Jesualdo apresenta na evolução de diversos jogadores. Espero que não se caia no erro de escolher um estrangeiro só porque a exigência inicial é menor. Excepção para o Bielsa que até podia dar merda mas gostava de o ver nem que seja para o ouvir falar de futebol. Isto se Jesualdo não quiser ficar.

DC disse...

O Jesualdo sempre foi um treinador muito estranho. Que ele sabe muito de futebol era evidente, embora fosse se calhar demasiado fiel às suas transições rápidas o que tornava o Porto europeu um clube acessível e que foi várias vezes goleado.
Agora o que eu estranhava muito nele é que ele teve nas mãos jogadores como Vieirinha, Paulo Machado, Hélder Barbosa, Bruno Gama, Nuno André Coelho, entre outros, uma geração que foi provavelmente a melhor de juniores do Porto, que tinha muitos dos vencedores do Europeu de sub-17, e no entanto, não apostava neles.
E apostava em Valeri, Tomás Costa, Prediger, Mariano, Tarik, Lino, Ezequias, etc, etc... tudo jogadores sem um pingo de qualidade nem potencial.

Olhando hoje para a carreira desses jogadores, muitos deles mesmo sem nunca terem apanhado um treinador razoável, são titulares em bons clubes como Olympiakos, Wolfsburgo ou Braga.

Portanto o que pergunto é qual achas que foi a razão para ter ignorado completamente a formação no Porto?
E garanto-te que a decisão foi dele porque lembro-me bem do Vieirinha renovar por 4 anos com o Porto, marcar na supertaça com o Rui Barros e depois ser queimado pelo Jesualdo.

Miguel Nunes disse...

O Jesualdo é um bom treinador. Mas o FCP tem mt melhor. PElo menos até ao final da época.

Não recordo bem as apostas dele, portanto prefiro não comentar

abraço

Anónimo disse...

O que achas do Paulo Fonseca em comparação com o Vitor Pereira? os últimos rumores indicam que vai ser ele a substituí-lo.

Rocky Balboa disse...

O Vitor Pereira sabe de futebol. Mas tem grandes problemas de comunicacao. O que ele é na conferencia de imprensa é no balneario. Entediante. Alem disso, apsar do Porto ter uma equipa cuja organizacao tactica e de top, peca por falta e creatividade. Exagera no passe interior, e quando encontra esses espacos fechados tem imensa difucldade em jogar por fora, para atrair.
o Paulo Fonseca esta numa dimensão humana muito superior ao VP. Há dias li uma entrevista de um jogador do Paços que dizia que sentia que o treinador estava a jogar com eles no campo tal é a ligação, e que admirava a forma como transmitia tranquilidade a equipa. A nível de jogo o Paços tem um jogo extremamente criativo face ao.talento de que dispõe. E em alternância, pois embora privilegie jogo interior também sabe fazê lo por fora.
Ao nível do treino e do jogo nao tenho duvidas que o Paulo Fonseca esta, ou muito próximo disso, num nível de topo. a nível humano tem tudo para chegar ao top e se manter por lá, ao contrario do VP, que sairá do Porto, e nao chegara de novo a uma equipa que lute por objectivos semelhantes, pois para se ser treinador de futebol é preciso saber muito mais que futebol.

Anónimo disse...

Quem está na foto é o Paulo Assunção e não o Fernando...

Cumprimentos

KARLOS disse...

Miguel,

A verdade é q todos no Brasil ficarão espantados com o interesse de "Portugal" em Celso Roth, até pq ele não está entre os tidos "melhores" treinadores q temos...

Aliás, os melhores em minha opinião são:

Vanderley Luxemburgo
Tite
Cuca
Autuori
Mano Menezes

O resto é resto!!

Desses q citei o melhor é o TITE (custo a crer q não seja do mesmo nível do JJ) é bom, pode acreditar!

O MANO MENEZES em clube fez sempre excelentes trabalhos, acho q seria também uma boa pedida...

Sinceramente espero q o CELSO ROTH possa ir treinar um time daí de Portugal, queria saber como um treinador brasileiro se sairia numa Pré-temporada na Europa... (claro q para os adeptos talvez não fosse tão interessante assim...kkkkkkk)

Porque embora eu saiba e concorde q o nossos técnicos estão defasados, com raríssima exceção, eu queria vê o q eles fariam se tivesse tempo pra trabalhar...

Não sei se vcs sabem mais aqui no Brasil, os jogadores se apresentam depois das férias, têm dois dias de exame médicos e 10 dias para trabalhar (físico, técnico, tático), até o primeiro jogo oficial... Ou seja, 12 dias da apresentação ao primeiro jogo.

Queria vê como ele se sairia, com tempo pra trabalhar...

PS.
Estavam falando também do TITE na INTERNAZIONALE DE MILÃO... Seria interessante vê isso!!

Abraço Miguel!

Onde está o PB?

Anónimo disse...

"... e a anterior mostrou q de futebol era 0." A que contratou o professor? E que começou com Domingos e com um plantel que Domingos ainda hoje considera fantástico? É verdade que pelo meio aconteceram muitas coisas más mas continuar a duvidar da qualidade de jogadores fantásticos que Domingos e Sá ainda tiveram à sua disposição... A maior parte dos treinadores aqui referidos nunca na vida vão poder contar com 1/10 da qualidade ao longo da carreira. Não há nada como continuar a falar de uma realidade sobre a qual nada se sabe.

Anónimo disse...

"Foi com uma melhor selecção, ou apenas sorte na mesma, das suas equipas técnicas que FC Porto mantém a sua hegemonia em Portugal..."

E depois de mais este momento de bom humor também podemos saber quais foram os empresários envolvidos nas piores escolhas da vida do Sporting?

Jorge Fernandes disse...

Eu acredito que o Jesualdo pode fazer um bom trabalho com o Rinaudo como fez com o Fernando. Adaptá-lo à realidade europeia. Depois se Rinaudo terá a mesma qualidade de Fernando? Provavelmente não porque Fernando é mm mt bom, mas acredito que o Fito se torne um bom jogador.

Jorge Fernandes disse...

Outra questão:

Seria benéfico um regresso de André Santos ao Sporting?

Ou André Martins, Adrien, Schaars(?Hugo Viana?), Zezinho, Rinaudo, João Mário, Labyad, ... Têm todos mais quallidade?

Anónimo disse...

Concordo com o anónimo das 11:042, claro que facilmente se percebe que acabou o dinheiro no Sporting e o quanto é difícil prosseguir fora da Champions até na Liga Portuguesa. Numa net onde só comentam campeões europeus é muito fácil apontar erros a quem quer que seja, só é pena que não tenham ao mesmo tempo alcance para perceber que direcções que levam mais de uma década à frente de outros clubes, algo completamente impossível no Sporting, já cometeram também as mesmas “asneiras” ou até maiores. Mas enfim...

Miguel Nunes disse...

Jorge, N sou fã do A.Santos. Se desse p conseguir alguma verba c ele...

Anónimo disse...

Com isso da alguma verba com o André Santos é preciso muito cuidado, o Cadete, com o desemprego que também há no futebol em Portugal, ainda agora veio avisar que o Sporting também tem a mania de vender os putos ao desbarato. Também deve ser comparando com as grandes verbas resultantes das grandes vendas das grandes formações encarnadas e azuis.