quarta-feira, 17 de abril de 2013

Jesus a gerir a condição física contra o Paços de Ferreira

Muita controvérsia pelas opções de Jesus na partida com o Paços de Ferreira. Como por cá gostamos de fazer cair alguns mitos da internet e da gestão que o treinador do SL Benfica faz dos seus jogadores, resolvemos ajudar-vos a compreender o porquê das opções de Jesus. 

Estamos certos que a opção pelo melhor onze não foi, como todos pensaram, uma questão de "medo" de perder a eliminatória, mas antes, a melhor forma de gerir a condição física dos seus jogadores para o ciclo infernal que começará Domingo, e que poderá culminar ou não, em glória. Não sendo, todavia, físicos os motivos que definirão o sucesso ou insucesso dos encarnados nas competições em que estão envolvidos.

Um dos princípios mais importantes do treino é o da sobrecarga. "O desenvolvimento de qualquer aptidão física (muscular, aeróbia, etc.) só é possível a partir de estímulos necessariamente mais forte do que aqueles a que se está acostumado. O treinamento de uma capacidade física se dá pelo aumento progressivo do esforço a ela relacionado. Esse aumento é chamado de sobrecarga.
A sobrecarga adequada a um exercício físico é aquela que causa um gasto considerável de energia e provoca mudanças funcionais no corpo. E cada sobrecarga utilizada no programa de treinamento tem data de validade , ou seja após um certo período ela deixa de promover progressos na aptidão física, sendo necessário novamente provocar o estímulo. Abaixo do suficiente, o esforço não traz efeito positivo ao treinamento e pode até reduzir a capacidade funcional do organismo"

Trocando por miúdos. Muitos não saberão, mas a competição é o principal momento da semana no que concerne ao ganho de condição / forma física para um atleta. Como mencionado na citação anterior, com esforço abaixo do suficiente, não há efeito positivo e pode até haver uma redução da capacidade funcional do organismo.

Com uma pausa dez dias entre Newcastle e Sporting, seria altamente contraproducente ter os jogadores num período tão alargado sem um estímulo forte. Sobretudo lembrando que os níveis não só físicos mas muito de concentração devem estar mais do que nunca altíssimos.

Causou polémica a permanência de Enzo no relvado. O argentino está castigado e estará ausente na primeira mão da meia final da Liga Europa. Ter falhado a semi final da Taça valeria-lhe a participação em apenas um jogo em dezoito dias. Jesus contrariando as teorias da internet não só não colocou em causa a condição física de Perez como contribuiu de forma decisiva para que na fase decisiva que se aproxima o argentino esteja ao nível mais alto que se lhe pode pedir. As decisões pedidas pela bancada teriam diminuído seriamente o potencial dos melhores jogadores encarnados para o que ainda há para jogar.

O futebol é assim. Apaixonante e permite-nos a todos falar do que pouco ou nada percebemos. O importante é que as pessoas certas estejam dentro da "estrutura" a tomar decisões, ignorando o ruído exterior.

66 comentários:

Miguel Nunes disse...

Faltou concluir. 18 dias com apenas um período de competição para Enzo teria acabado com a época do Argentino. Desceria abruptamente e não haveria tempo p voltar a subir até ao final da época.

venis disse...

Qt's jogos fez o scp neste espaço de tempo? nem um particular contra os Bombeiros de Santo André? Vai ser uma segunda parte interessante.

Miguel Nunes disse...

n tenho duvidas que do ponto vista físico o SLB estará mt mais preparado. Mas a diferença é sp táctica... (se o nível técnico se equivaler)

Redceltic disse...

Mas quer-me parecer que o nível técnico não é comparável entre as duas equipas.
Pode é ser uma questão motivacional, mas isso está e cada um dos intervenientes. E a sorte tb joga como em qq jogo. A bola que bate no poste ou que entra pode mudar um jogo.

Anónimo disse...

óbvio... por isso é q tb se mandam jogadores menos utilizados jogar pela equipa B,mas tu não podes continuar a tirar o docinho das criticas sem sentido à malta! Assim n tem piada lol

Rui Monteiro disse...

Meu caro,

Há um excessivo paternalismo no seu post que não estou habituado a ler. As pessoas vêm futebol e dão as suas opiniões. Fazem-no enquanto adeptos da modalidade. Não precisam de ser treinadores para o fazer.

Leio imenso romances, tenho opiniões sobre o que leio e nem por isso sou escritor. Isto é válido para a música ou para outra coisa qualquer. Há sempre aquela célebre frase do Oscar Wilde, depois de uma pateada, "que se mude o público". No fim quem manda, em qualquer atividade cultural ou desportiva, é o público. Pode não ser bom, mas é assim que é.

Cumprimentos.

Blessing Lumueno disse...

Este Miguel não brinca em serviço...Sempre a postar conhecimento. Também acho que assim muita gente fica desmoralizada, por isso olho para muitos poucos blogues. Poucos dizem realmente alguma coisa.
Menoa um mito, menos senso comum, maia conhecimento teorico-pratico.
Obrigado amigo

Ricardo disse...

«O Matic e o Enzo Perez acabaram o jogo com queixas. Quando meti o André Almeida a aquecer, aliás, foi na ideia de tirar o Matic ou o Enzo Perez, mais até o Enzo porque estava a pedir-me a substituição. Mas fui adiando porque o Enzo é um excelente organizador de jogo, o André Almeida é mais defensivo, tive algum receio de perder alguma qualidade no meio campo e por isso foi adiando. Acabei por não tirar nenhum deles, mas se o resultado fosse outro tê-lo ia feito.»

Palavra do Senhor.

No.Worries disse...

Também interpretei a equipa escolhida para esta meia-final que estava praticamente decidida como essa questão do estímulo, a querer que os jogadores estejam numa rotação" altíssima, quer em termos fisicos, quer em termos mentais. E de facto vai ser curioso a resposta dos jogadores de ambas as equipas no derby do próximo domingo, isto porque o scp depois do jogo contra o moreirense não fez mais nenhum jogo, e o Benfica no mesmo período de tempo fez 3 (olhanense, newcastle e paços).
O que que não gostei lá muito foi a do Jesus pôr o Aimar aos oitenta e muitos minutos...

Miguel Nunes disse...

Rui, totalmente de acordo. Desde que não se deixe esse público entrar na peça. Apenas ver e criticar ou aplaudir.

Cumprimentos

Grande abraço Blessing

Anónimo disse...

Visão correta mas muito parcelar.
Falta, entre outros, um conceito importante: o de fadiga (fisiológica e competitiva).
Nesta altura, seria bem mais prudente salvaguardar o atleta com um pequeno (e controlado) interregno competitivo do que com "sobrecarga" de competição.


Miguel Nunes disse...

Ricardo, por acaso as declarações que eu li do Jesus no jornal A Bola são contrárias a essa. Ele diz q n tirou o Enzo e o Matic porque o jogo tava ganho. Se tivesse em dificuldades teria mudado para jogadores mais "frescos" como ele diz.

Ricardo disse...

Miguel, eu depois ouvi a conferência de imprensa quando cheguei a casa. Foi mesmo aquilo que ele disse.

Eu defendi, antes do jogo, que Salvio, Matic e Enzo nem sequer deviam ter entrado de início, mas aceitava que jogassem. Acho, no entanto, absurdo que tenham jogado os três 90 minutos. E o Jesus, pelos vistos, também.

Miguel Nunes disse...

anónimo, a fadiga coloca-se dependendo do tempo de recuperação. Verás que contra o Maritimo (domingo depois de jogar 5a) haverão mt mais alterações. Ai os iluminados vão dizer q com Paços q já tava ganho n mudou e num jogo determinante mudou. É assim :)

Acredito porque me dizes, mas no Jornal A Bola vem o contrário. Vem que ele diz que n os tirou porque o resultado e a eliminatória nc teve em causa. Se tivesse jogaria com outros q lhe dessem mais garantias naquele momento. (Estou a tentar procurar na net essas declarações)

Miguel Nunes disse...

Se achasse absurdo teria convocado o A.Gomes. E se bem me recordo nem no banco estava...

Miguel Nunes disse...

"Fui adiando, adiando, porque a eliminatória estava controlada e porque o Enzo é um excelente organizador, mesmo cansado, e o André é mais defensivo. O resultado também estava controlado e acabei por não o tirar"

http://desporto.pt.msn.com/benfica/enzo-p%C3%A9rez-n%C3%A3o-gostou-de-fazer-os-90-minutos

:)

Miguel Nunes disse...

No jornal o Jogo as declarações apontam para o mesmo sentido. Jesus diz q n tirou pq o resultado e eliminatória estava controlado.

http://www.ojogo.pt/Futebol/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=3168717

O Maisfutebol esqueceu-se da parte mais importante das declarações e deu a entender que ele tava preocupado com o resultado e por isso n os tirou, qd foi precisamente o contrário.

Ricardo disse...

Miguel, essa citação que aí pus retirei-a de um comentário de um gajo lá na página de fb do blogue. Mas eu ouvi o que o Jesus disse. Se tiveres MEO ou ZON vai a um dos programas de Segunda-feira e consegues ouvi-lo, que é sempre melhor do que ler citações.

A questão é simples: o Jesus admite, como é evidente, que os dois médios não deviam ter jogado os 90 minutos. São dois dos jogadores mais desgastados, especialmente o Matic, do plantel e aqueles que não têm alternativas de igual qualidade. Devia ter poupado - aceito que jogassem, mas não o jogo todo.

Agora já passou. Vamos esperar que consigam superar algumas debilidades físicas com a motivação de poderem ter uma época de sonho.

Blessing Lumueno disse...

Sim anónimo o que interessa é o tempo de recuperação para a fadiga...

Miguel Nunes disse...

É como te digo. Acredito pq TU o dizes. Mas não foi isso q li na edição escrita do Jornal A Bola, nem nestes jornais todos (excepto Maisfutebol) onde procurei a citação.

Abraço

Miguel Nunes disse...

ahh (n tenho sportv, portanto n posso ir ouvir o q ele disse).

Unknown disse...

No essencial estou de acordo com o Miguel Nunes. É o ritmo competitivo que leva ao melhor rendimento e de facto ia haver muito espaço temporal entre o Newcastle e o Sporting. No entanto nem tanto ao mar... A meio da segunda parte do jogo com o Paços, o Enzo entrou em stress creio que preocupado com a sua própria condição física e começou a arriscar a expulsão. Acho que teria sido sensato substituílo nessa altura. O que achas Miguel ?

Miguel Nunes disse...

Sim! Se estava a fazer disparates, devia ser substituído. Mas foi determinante ter pelo menos 60/70 min de competição para o q ai vem.

Ricardo disse...

Miguel, podes ouvir nos programas O DIA SEGUINTE ou PROLONGAMENTO.

Abraço.

Anónimo disse...

"anónimo, a fadiga coloca-se dependendo do tempo de recuperação".

A fadiga fisiológica, não a competitiva!
Depois, tens inúmeras outras variáveis, como a diferente exigência dos jogos e as diferentes exigências dos próprios jogadores.
Sálvio esteve cerca de 10 dias sem jogar e voltou como se nada fosse.
Digo, apenas, que não podes postular os benefícios da "sobrecarga" como uma verdade absoluta.

paulo disse...

Miguel,

se bem me recordo Jesus disse, acho que por volta de 2010, que os jogadores "devem suar no treino para não sangrar nos jogos".

Ou seja, se não há competição, ela terá de existir nos treinos, se a há, então "substitui" o treino, certo?

Cumprimentos

Miguel Nunes disse...

se vocês repararem, o SLB organiza imensos jogos qd há paragens. Mtas x jogos à porta fechada no Seixal.

Miguel Nunes disse...

se vocês repararem, o SLB organiza imensos jogos qd há paragens. Mtas x jogos à porta fechada no Seixal.

Ricardo disse...

Já agora, dou-te a novidade, que sei que gostas muito do jogador que é: Hugo Viana no Benfica.

Miguel Nunes disse...

Qd mo contaram há poucos dias atrás, incluiram tb o Custódio. É verdade?

P o Benfica seria soberbo. Tendo só 2 grandes médios... precisa mt de outros 2!

Ricardo disse...

Sobre o Custódio não me disseram nada. Seria fantástico que viessem os dois. É exactamente do que o plantel do Benfica precisa para o miolo.

paulo disse...

Boas Miguel Nunes,

se bem me recordo, por volta de 2010, Jesus disse que "os jogadores devem suar nos treinos para não sangrar nos jogos"...

e em Março de 2013:

"Aimar tem de jogar, treinar não chega"...

ou seja, tem de se treinar ao máximo para se obter a condição necessária para se competir, mas só na competição se apuram e atingem níveis de excelência, não só físicos mas também mentais.

Certo?

Parabéns pelo melhor lateral esquerdo do futebol mundial!

Abraço

Miguel Nunes disse...

Paulo, certo. Obrigado. O Jesus já desistiu do Aimar. De todas as vezes q contava c ele, ele entrava para jogar 20, depois 30 e cada x mais minutos, para ele melhorar a condição física e estar apto para ajudar. Neste momento o tempo q lhe dá significa que já n conta com ele. Apenas o mete pq é Aimar.

Ricardo, de acordo. O post de ontem (SLB q já n dorme), e essa noticia q dás, relaciona-se. Se for campeão e isso precipitar a saída do V.Pereira, e renovação de JJ o FCP terá de saber escolher bastante bem, sob pena de ver os dados virarem um pouco mais.

Miguel Nunes disse...

o tempo em q o PCosta podia meter no banco qq Carlos Alberto Silva já lá vai.

Miguel Nunes disse...

o tempo em q o PCosta podia meter no banco qq Carlos Alberto Silva já lá vai.

zorg disse...

Não quero acreditar que seja verdade a notícia da vinda do Hugo Viana (e muito menos o Custódio) para o Benfica. Só consigo conceber isso a concretizar-se num cenário em que JJ sai do Benfica. E, nesse caso, seria somar um erro (a vinda dos referidos jogadores) a outro (a não continuidade de JJ).

Miguel Nunes disse...

a contratação deles é um erro como a do Lima?

zorg disse...

A contratação do Lima não foi um erro e já na altura me pareceu muito acertada.

A contratação do Hugo Viana é um erro, porque é um jogador sem características para jogar no Benfica, na minha opinião. Ou, pelo menos, neste Benfica do Jorge Jesus. O Hugo Viana não é uma espécie de Xavi português (ressalvando as devidas distâncias) que julgo que seja a tua opinião dele, pelo que vou lendo aqui. É um jogador com algumas qualidades, mas que me parece que nem sequer são fundamentais para encaixar neste Benfica e alguns defeitos, que me parece que showstoppers.

A contratação do Custódio seria ainda mais despropositada. Mais depressa tiraria o André Almeida da lateral, do que colocaria o Custódio a jogar no Benfica na posição do Matic.

Concordo que o Benfica pode e deve contratar mais jogadores para o meio-campo.

Miguel Nunes disse...

Só perguntei, pq no Benfica há a soberanceria de que o que vem de outras equipas portuguesas não presta. Depois volta e meia aparece um Lima a mostrar que é melhor q qq outro q já estava no Benfica.

Ainda hj fui ver a ficha do Braga x SLB meia final UEFA, e aquela equipa bracarense (Viana, Custódio, MOssoró, Alan, Lima,Meyong, Silvio) sem dúvida que tinha qualidade p eliminar o Benfica, n tendo sido um acaso. Sobretudo pq o Benfica estava com Jardel num 1o ano de clube grande, Peixoto e Martins de início, e com Kardec Menezes e Jara a sairem do banco para ajudar.

Por vezes só anos mais tarde e/ou qd passam pelas nossas equipas é que nos apercebemos do valor dos jogadores q desvalorizamos

Miguel Nunes disse...

ahh e o ARtur q tb é superior ao Roberto. Mas isso os benfiquistas tb só toparam qd houve troca de clube...

M disse...

e essa do Viana veio de onde? não deixa de ser algo inesperado...

Redceltic disse...

Custódio e Hugo Viana eram sem dúvida boas segundas linhas para o Benfica, aumentando a competitividade dentro do plantel e permitindo ainda maior rotatividade selectiva entre os jogadores. São jogadores com experiência que viriam a custo zero e por isso sem custos demasiado elevados. Depois era fazer evoluir os jovens médios como os dois Andrés e Leadro Pimenta além de David Simão. Uma equipa que pretende ser forte na Europa não pode contar só com miudos. A experiência conta e de que maneira.

zorg disse...

Os únicos dessa equipa que tinham qualidade para jogar no Benfica eram o Lima, o Artur e o Mossoró. Mas julgo que a razão que tem impedido que o Mossoró vá mais longe que o Braga é o seu temperamento e não a sua qualidade.

Em relação aos outros (Viana, Custódio, Alan, Meyong e Sílvio), talvez pudessem ter sido úteis no Benfica que perdeu a taça UEFA para o Braga (embora não titulares), mas quero-os longe deste Benfica. :)

O Benfica quer comprar um médio de qualidade e português? Vá buscar o puto do Paços de Ferreira, que tem um pé esquerdo e uma qualidade do caraças e pode ser um caso sério nas mãos de um treinador competente. Agora, desperdiçar dinheiro em Hugo Viana e/ou Custódio? Por amor de deus!

SLBfan disse...

Miguel, concordo em pleno com a tua análise às palavras do jesus, não entendo porque alguns insistem em as deturpar.

Não estou de acordo com a tua opinião sobre o H Viana, acho que não tem andamento para o meio-campo do Benfica. Custódio sim, seria uma tremenda mais valia quando fosse preciso um 6 mais posicional.
Confesso que fui daqueles que criticou a compra do Lima :D

hertz disse...

Eu também não percebi essas criticas todas por causa do JJ ter usado o melhor 11 contra o Paços. Então os jogadores do Benfica têm jogado sempre de 3 em 3 dias e depois iam ficar mais de uma semana sem jogar? Não me parecia nada sensato.
Lembro-me por exemplo há uns anos atrás o Porto do Jesualdo se ter sagrado campeão umas boas jornadas antes de acabar o campeonato e estava na final da Taça de Portugal onde ia jogar contra o Sporting. Então o Jesualdo decidiu começar a fazer alterações na equipa e os habituais titulares pouco ou nada jogaram até esse jogo da Taça, enquanto que o Sporting continuou a jogar com os titulares até ao fim do campeonato. No jogo da Taça viu-se um Porto com dificuldades e um Sporting mais fresco e superior que lhe permitiu ganhar a Taça.

Essa do Hugo Viana é mesmo verdade? Eh pá, espero bem que seja. É um dos meus jogadores favoritos a jogar em Portugal e devia dar pena de cadeia ele não ser convocado para a selecção.

Também não concordo com essa do "não tem lugar no Benfica" só porque vem de outros clubes portugueses "inferiores". Artur, Lima, Coentrão, o próprio Jardel (sempre achei que algumas pessoas só o criticam tanto porque veio do Olhanense) foram óptimas contratações.

PS: Miguel, o que é que achas do Ricardo e do Tiago Rodrigues?

Pedro disse...

O problema não foi o 11 escolhido mas sim a pouca utilização de outros jogadores exactamente pelos motivos q apontas. O 11 está em alta rotação mas depois Aimar, Urreta, Kardec, Martins, não têm ritmo competitivo e isso pode ser grave se for necessário chamá-los à competição a doer.

Viana e Custódio? MEDO!!!

Pedro disse...

Boas,

Estou com o M, isso vem de onde?

Abraço
Pedro

JL Martins disse...

"Muitos não saberão, mas a competição é o principal momento da semana no que concerne ao ganho de condição / forma física para um atleta"

Isso é uma Lapalissada que me custa a crer que haja alguém ainda nesse patamar.

Já agora, o conhecimento teórico é óptimo (eu próprio sou um teórico na minha vida profissional...) mas a verdade é que na prática nem sempre resulta.

Aqui há dias estive num treino do Paços de Ferreira (aconteceu por acaso estava com um colega e acabamos por tomar café num local próximo do estádio e daí a ver o treino foi um pulinho...) e vi que nuns exercícios havia jogadores em tempo de espera que estavam na galhofa enquanto esperavam a sua vez na fila. o treinador em momento algum os chamou à atenção durante TODO o treino. Pelo contrário, quando chegava a vez deles executarem o exercício só ouvi incentivos. Aparentemente é uma coisa normal nos treinos do Paços e depois um gajo olha para a tabela classificativa e para aquilo que eles jogam e questiona-se:

"mas afinal aqueles teóricos do esquerdo falavam do quê mesmo?"

venis disse...

Eram os dois bem vindos, mas o Viana só se o JJ mudá-se pra um trio no meio campo e não apenas só com dois médios, mas quem sou eu?

Cole disse...

Boas,

Sai Martins entra Viana;
Sai (ou melhor, já saiu) Javi entra Custódio...

Parece-me um upgrade!

Se saírem Martins e Aimar, o Benfica precisa de experiência no miolo. E neste caso o Viana e o Custódio seriam excelentes escolhas. O Djuricic parece ser craque, mas é preciso dar-lhe 1 ou 2 anos para começar a bombar.

E relativamente aos jogadores do Braga, o Alan encostava o Ola John nas calmas e o Mossoró rendia mais que o Aimar (apesar de me custar mt dizer isto), que o Martins, que o Nolito, que o Bruno César...

Cumps

Edson Arantes do Nascimento disse...

Concordo em absoluto com o texto. Não há dúvidas sobre a interpretação, ainda que, pessoalmente, talvez tivesse mudado uma ou outra peça.

Agora, o Viana está bem onde está. Ele que não se meta em aventuras caso contrário estará no Al-Shabab (ou Kashima Antlers ou Seattle Supersonics) daqui a poucos meses. Ele e o Peseiro, diga-se de passagem. Parece-me que fazem um bom casal.

Por outro lado o Benfica já contratou um tal de Djuricic (que eu não conheço por isso não tenho opinião sobre), mais um Sulejmani e para apanha-bolas preferirei, sempre, e para sempre, o Aimar. Não troco nenhum Viana pelo Aimar com 45 anos.

Quanto ao Custódio... Epá. Se o Matic for vendido espero que se encontre outra opção. Em termos de rendimento é um jogador interessante. Pode ser uma boa opção. Eventualmente. Não sei. Dá-me medo, na verdade. Muito.

Miguel Nunes disse...

JL eu tb já vi mts treinos do Paços a fazerem o jogo tal como defendemos, e tal como defende pelo menos um dos treinadores do Paços. Pode ser que ele veja este teu post, uma vez que segue o blog e te queira esclarecer.

E atenção que os teóricos do esquerdo são téoricos porque confirmam as suas teorias na prática, se não, não o seriam. Ou pelo menos não seriam bons teóricos :)

Miguel Nunes disse...

ahhhh inclusive, jogam durante o aquecimento! JOGAM no Aquecimento, JL! :)

há por ai um blog, q n me lembro agora qual é, que fez um post sobre isso. Sobre o facto de até no aquecimento do próprio jogo, o Paços organizar um jogo em função do seu modelo de jogo. Vou procurar isso. Entretanto, se alguém ai souber qual é o blog em questão avies, para pode mostrar aqui.

Miguel Nunes disse...

ah, e já agora, para q um dia n calhes ver um treino meu e dizeres "entao mas tb há filas", eu como creio que todos, tb tenho exercicios com filas :)

Miguel Nunes disse...

Encontrei

http://www.tacticzone.com/?p=623

diverte-te :)

Miguel Nunes disse...

Tantas equipas para escolher, e foste logo escolher aquela com quem já debati ideias com um membro da equipa técnica, que até era treinador do Sporting na época passada :)

Anónimo disse...

E com a escolha do "melhor" onze e com a exibição mediana que foi, o JJ tem o melhor exemplo para apontar dedos e apurar responsabilidades... Este tipo de discurso mais duro será uma ótima maneira de os motivar para o jogo com o SCP

Rocky Balboa disse...

Parabéns pelo artigo Miguel.
Tb concordo ctg qd dizes que a Pinto da Costa já não basta ter um qualquer CA Silva. Ele também já o saberia desde do tempo de Octávio Machado.
Pelo que se ouve, PC estará mesmo possuído para conseguir Jesus na próxima época. No entanto, têm surgido notícias sobre Domingos. Parece-me que domina o plano da comunicação muito melhor que Vítor Pereira, mas não me parece que seja um treinador capaz de fazer crescer esta equipa do FC Porto.
As equipas de Domingos sempre foram muito limitadas ofensivamente face à criatividade e qualidade dos plantéis que dispôs.
Aproveito a deixa do Paços de Ferreira e veja-se o que Paulo Fonseca faz com Cícero, Manuel José, Josué e Vítor. E veja-se o que Domingos fez, em termos de qualidade do processo ofensivo, com Alan, Lima, Mossóro, Viana, Matheus.

JL Martins disse...

@miguelnunes

num post anterior [http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/04/perceber-e-nao-decorar-e-criatividade.html] dizes

"Observámos recentemente um treino verdadeiramente assustador naquilo que (não) proporciona ao desenvolvimento do jovem jogador. Primeiro, situação de 1x1. Filas de cinco jogadores cada. Fila de espera de 50'', tempo em actividade de 7''. Vinte minutos com esta situação. Em vinte minutos de treino, cada atleta teve pouco mais de dois minutos e meio de actividade. O restante, fila de espera."

Eu disse-te que uma das melhores equipas da Liga faz isso que tu não recomendas. Daí a diferença entre conhecimento teórico e a prática.

Aliás, não é preciso ser muito inteligente para se saber que se o conhecimento teórico fosse o ponto fulcral (não é, de todo) então todos os anos tínhamos pazadas de Mourinhos.

Nunes, não sei que equipa treinas (Penafiel ou Sintrense?) se for o Penafiel olha que, por vezes, tenho aí uns afazeres e um dia destes faço-te uma visita, o café fica por tua conta. :D

Obrigado pelo link, vou ler, mas somente na perspectiva de adepto de bola.

Cumps.

Ricardo Perna disse...

Esta das contratações é off topic, mas não resisto a comentar, já que o resto me parece claro como água :)

Acreditas mesmo que o Hugo Viana tem andamento para este modelo de jogo do Benfica? Eu punha o Aimar a dar aulas particulares ao Gaitan e ficava o problema da sucessão garantido... :)Não consigo ver o Hugo Viana com rotação suficiente para ser segundo médio, no lugar do Enzo, e muito menos para ser segundo avançado, como faz o Gaitan ou fazia o Aimar. E o JJ n gosta do 4x3x3... onde é que encaixarias o Viana?

O Custódio parece-me outro Javi Garcia, e não desfazendo do senhor, que fez um excelente trabalho, penso que todos concordamos que o Matic representa um passo em frente em relação ao Javi Garcia, e o Custódio representaria um retrocader, não achas? Isto presumindo que o Matic sai e o Custódio vem para ser, em teoria, titular...

Miguel Nunes disse...

JL, depende do tempo de actividade e do tempo de espera. E depende tb da intensidade do que virá ou do que já veio. :)

E n, uma das melhores equipas da Liga n faz o q n recomendo.Pelo contrário, quase todo o processo de treino do Paços é jogando. As ideias aqui expostas são partilhadas pela tal equipa técnica que está a fazer maravilhas. Como te disse depende do tempo de actividade e do tempo de espera, e da intensidade do restante treino ou do dia da semana.

Por exemplo, o mm exercicio q vi só com 2 em cada fila dava uma intensidade brutal :) é o mm exercício, mas mudando uma variável muda todo o aproveitamento.

Como te disse, tb os faço em determinadas situações (poucas). Estas formas jogadas são óptimas para controlar melhor a decisão dos jogadores. Mas, repito tudo depende da forma como jogas com as variáveis. No caso referido em 20min de treino os atletas tiveram 2.30'' em actividade. É mt mau. Mt mt mt mt mau. e Mais mau ainda pq mm no restante processo de treino não se joga futebol. Portanto só a equipa técnica do Paços pode dizer-te qual o objectivo do que fizeram. Pode ser que apareçam ai a explicar.

Miguel Nunes disse...

Ricardo, acho que o Custódio "casaria" bem com qq um deles. O Viana é fantástico, mas sim, num modelo que exige tanto fisicamente dos 2 médios centro, acho que teria dificuldades. Mas teria dificuldades contra o Porto, o PSG e o Chelsea. Não creio que tivesse qq dificuldade em 90 por cento dos jogos da Liga.

O Gaitán nc aprenderá com Aimar. É fraco no último passe, na última decisão (diferente de cruzamento).

Edson Arantes do Nascimento disse...

Olha eu acho mesmo é que o Benfica vai buscar o Eric Dier e o André Martins e está o problema do Garay e de mais uma opção para o meio resolvida...

Ricardo Perna disse...

Mas se o Benfica pensa em grande, e quer dar-se bem na Europa, vai buscar um jogador que só lhe serve para as competições internas?

Quando ao Gaitan, sim, o último passe é o que falha mais, mas será que o JJ já o tentou treinar nesse capítulo a sério?

Não teria o JJ soluções dentro do plantel para evitar o Viana? Miguel Rosa, Diogo Rosado? o próprio André Gomes, se bem que a falta de agressividade do miudo mexe-me com os nervos, mas ainda é novo, talvez se lhe derem bastante pancada ele aprenda... o próprio David Simão, que me parece um bom jogador (ainda é SLB ou já foi vendido?)

Miguel Nunes disse...

Ricardo p o pensar em grande tem de manter os 2 que já tem e juntar outros 2 para fortalecer o plantel. Acho os dois óptimas contratações. Aliás, no inicio da época c a saida do Witsel e do Javi e ficando só com o MAtic (Enzo n sabia q jogaria ali) pensei q a unica hipotese do SLB no campeonato seria aguentar até Janeiro sem perder o titulo e ai atacar os 2 jogadores q se fala agora poderem seguir p lisboa. acho q escrevi isso na altura

Pedro disse...

"Olha eu acho mesmo é que o Benfica vai buscar o Eric Dier e o André Martins e está o problema do Garay e de mais uma opção para o meio resolvida..."

O Dier resolve o problema do Garay???

MEDO!!!!!

:)