sábado, 25 de maio de 2013

Antes da final, outra vez Klopp. Porque é interessante ouvir o que tem para nos dizer.

"A autoconfiança, para mim, é determinante. Depois, sim, trabalhamos os pontos fracos.

Qual é a função de um defesa central? e Por que é que ele é um jogador crucial na equipa? A resposta é imediata: o defesa central é, quase sempre, o nosso último recurso. Quando perdes a bola ou se não a souberes parar convenientemente, é praticamente certo que o adversário vai ter uma oportunidade para marcar um golo. Nessa posição, é crucial ter jogadores com um nível técnico considerável. Isso analisa-se com base em três parâmetros: recepção/controlo da bola, condução da bola e passe.

 técnica é, do meu ponto de vista, o primeiro pré-requisito para um futebolista. A arte, se quiser. Depois, segue-se o segundo passo: a inteligência de jogo. E aí há uma necessidade de melhorar individualmente, como também do ponto de vista colectivo

Por exemplo, reúno-me inúmeras vezes com os quatros defesas para lhes mostrar como reagiram às situações do jogo. É fundamental definirmos os tempos certos, para que a linha de quatro funcione na perfeição: não se podem mover demasiado rápido, nem de forma demasiado lenta.

Quando tecemos críticas, gostamos de as fazer em frente a todo o plantel. A nossa crítica é feita ao comportamento posicional, nunca é uma crítica à pessoa. 

A inteligência dos jogadores de futebol é francamente subvalorizada. As pessoas julgam-nos pelas declarações que fazem no final dos jogos, muitas vezes por responderem a perguntas muito pouco inteligentes. Experimentem pôr um microfone à frente do nariz de um cirurgião imediatamente após uma operação de duas horas ao coração. Ele é quem nos salva a vida. Mas dele, nessa circunstância, também não ouviriam as melhores respostas.

Isso tornar-se-ia rapidamente normal. É como tudo. Como trabalhar uma linha de 4 defesas sem libero."

Retirado do excelente "Futebol Mundial".


17 comentários:

Ricardo Faria disse...

Off-topic: Sei que provavelmente não acompanhaste o Europeu Sub-17 mas, se puderes passa por aqui http://olheiroaoservico.blogspot.pt/2013/05/prospeccao-internacional-europeu-sub-17_25.html e diz-me o que achas

Cumps

Schmeichel disse...

Hoje não foi bem isso que se viu. Um desastre.

Miguel Nunes disse...

Foi um jogo soberbo e o Dortumund teria sido campeão se em vez de um árbitro preocupado com a qualidade do jogo tivesse estado um árbitro cumpridor das regras do jogo.

Como adepto agradeci, mas não posso deixar de achar q foi o árbitro que tirou o titulo maior ao Dortmund.

daniel duarte disse...

Fala-se de arbitragens por aqui?...

Daniel Martins disse...

Nunca daria o 2º amarelo ao Dante no penalty que ele provocou. Não foi uma entrada maldosa nem anti-desportiva, ele procura jogar a bola mas entra de forma desastrada. Para além disso o sítio da falta não é frontal à baliza. A maior falha da arbitragem foi sim o vermelho perdoado ao Subotic no lance em que puxa o Muller que seguia isolado e de frente à baliza.

Jogo espectacular, esperava que o Dortmund conseguisse ganhar mas enfim, ao menos proporcionaram-nos 90 minutos de grande futebol. No fim o maior talento individual do Bayern acabou por justificar a vitória bávara.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Árbitros: penso que o Miguel se refere à jogada do Ribery não? Aquilo é vermelho em qualquer jogo. Ele agride o Hummels na primeira parte...

Mas foi um grande jogo e é apenas isso que vou recordar. Uma grande equipa, o Dortmund, e um grupo de jogadores fantásticos - tirando o Dante e o Jerome Boateng - inseridos numa boa ("apenas") equipa, o Bayern de Munique.

Miguel Nunes disse...

Foi mm um jogo soberbo!q qualidade! referia-me ao Dante. Tinha de ser expulso...

AAA disse...

E O CARA QUE PISOU O ALABA?!

Edson Arantes do Nascimento disse...

Ah ok ok enquanto via o jogo não me apercebi que ele já tinha cartão. Poderia ter sido amarelo, a falta foi parva e dura, mas talvez tenha mantido o critério quando comparado com a jogada do Ribery...

HerrKommandant disse...

"Foi um jogo soberbo e o Dortumund teria sido campeão se em vez de um árbitro preocupado com a qualidade do jogo tivesse estado um árbitro cumpridor das regras do jogo.
Como adepto agradeci, mas não posso deixar de achar q foi o árbitro que tirou o titulo maior ao Dortmund" - agora já falas do árbitro? E o que se tem passado em Portugal? Não têm sido os árbitro a tirar o título ao SLB para o oferecer ao fcp? Alguma vez os árbitros em Portugal têm cumprido as regras de jogo?!? Isto quer dizer que vais parar de branquear o que tem sido a competição no nosso país? E ontem não se viu nenhum golo em fora-de-jogo, não se viu penalties inventados, não se viu nenhuma não-falta fora da área transformada em penalty e expulsão, não se viu mãos na bola sem o respetivo penalty, etc, porque senão imagino... pode ser que isto seja um bom sinal para futuras análises que faças... e qualquer dia também perceberás que não vai dar para fingir que não existe o efeito Casagrande...

Manuel disse...

Não costumo comentar arbitragens mas acho que o árbitro fez aquilo que se chama uma arbitragem à inglesa, critério largo. Beneficiou o espectáculo e não acho que tenha sido por isso que o Bayern ganhou.

A vantagem do critério largo é que castiga os simuladores, um tipo de animais (vulgo "chico-espertos") que costuma infestar os países latinos.

Mas se tivesse sido em Portugal tenho a certeza que o Dante tinha sido expulso e o Borussia provavelmente teria ganho. Critérios de gente pequena.

PedroF disse...

PB, o Klopp já aprendia como coordenar a linha defensiva com o JJ, não?

Anónimo disse...

4 jogadores mereciam ter sido expulsos - ribery, dante, subotic e lewandovsky. Nenhum dos treinadores falou de arbitragem, porque não foi isso o mais determinante - parece-me conversa de outros lados e estranho ver por aqui.

O Bayern mudou na segunda parte e o Dortmund foi incapaz de acompanhar. Depois do 1-1 o Bayern carregou e o golo apenas pecou por tardio. Aliás, o golo do Dortmund caíu um bocado do céu. Do outro lado, o Dortmund soçobrou perante a genialidade de Ribery e Robben - no primeiro Ribery atrai 3 defesas, no segundo fixa um dos centrais e serve o Robben de calcanhar que marca um golo fantástico, ele que tinha servido o mandzukic para o primeiro.

ainda na retina ficaram-me 2 lances, um do Bayern em que Lahm vai até à linha, cruza atrasado, Mandzukic deixa passar a bola e o Bastian remata ao meio da baliza e do outro lado, uma desmarcação espectacular do lewandovsky que roda sobre um defesa, penso que seja o boateng e remata à saída do neuer.

A defesa do Bayern foi o ponto mais fraco, em especial Alaba, um passador, e Dante, penalty idiota.
O meio-campo do Dortmund morreu na segunda parte e não fosse o guarda-redes e tinham levado uma dose.

Anónimo disse...

todos rotos e o rei da táctica e da bazófia quase a levar nos cornos no fim do jogo? logo agora que já trata os jornalista por tu...

Anónimo disse...

Miguel, tens seguido o Málaga? O que achas do Pellegrini em relação ao Vitor Pereira?

Ricardo Cunha disse...

Miguel,

uma autêntica decepção a defesa do Dortmund nesta final.

Como é possievel numa final da Champions uma defesa permitir 4 ou 5 situações de 1x0 ao adversário???

Anónimo disse...

Que desilusão ver falar-se aqui de arbitragem quando os seus pontos de vista não são por uma vez corroborados em campo.
Não esperava.