sábado, 4 de maio de 2013

Como preparar a época desportiva. Fala Valter.


O nosso estimado Valter Correia não é apenas um critico dos temas do blog. Deu-nos também o prazer de sabermos ser um blog "único", ainda que "porque mais ninguém se aplica". Isto segundo o estimado Valter.

Ai aplica, aplica, Valter. E muito. Sabes quem? Tu, Valter! Queres ver?

Como preparar a época desportiva. Aqui.

“Ao analisar estas equipas, encontramos imediatamente um ponto comum a todas elas: tentam explorar o nosso meio-campo defensivo ( a equipa B tem uma jogada a criar situações a partir do nosso meio-campo defensivo; a equipa C contra-ataca; a equipa D tenta criar vantagem numérica). Concluímos imediatamente que precisamos marcar o nosso meio campo defensivo com eficácia.

Não! Isso dos adversários quererem entrar no nosso meio campo defensivo é um mito. Eles só lá vão para nos enganar. Deixa isso. Mas precisamos mesmo de marcar o nosso meio campo defensivo com eficácia. Trouxeste a cal, Valter?

“Todas as equipas vão tentar atacar pelo nosso lado esquerdo, logo, precisamos de usar um bom posicionamento que possamos recuperar as bolas por toda a zona defensiva, principalmente no nosso lado esquerdo.“

Grande ideia, Valter! Um bom posicionamento em toda a zona defensiva é capaz de ser porreiro. Principalmente no nosso lado esquerdo então é genial. Porque eles vão tentar atacar por esse lado, não é?

“a equipa B deixa cinco jogadores com mentalidade defensiva”

Ah sacanas! Mas, quais é que têm essa mentalidade defensiva? Imagina que são os avançados, e os defesas têm mentalidade avançada! Enganávamos os gajos com uma pinta… Mas os gajos são lixados! Não acredito nisso…cá para mim são os defesas que andam com essa mentalidade…

 “A equipa C pratica marcação com direção horizontal, e será por isso relativamente fácil transportar a bola durante alguns metros, pois tentará contra-atacar e joga com as linhas posicionais algo recuadas.“

Espera, espera. O que é isso da marcação horizontal? Bem não interessa, se é fácil transportar a bola alguns metros… mas espera quantos metros ao certo, para eu avisar os meus jogadores? Espera lá, pois tentará contra-atacar, como? Agora perdi-me. Ajuda-me lá…

“No nosso modelo de jogo idealizado, podemos aproveitar a ideia de construir uma organização defensiva forte e oferecer alguma liberdade criativa aos jogadores mais adiantados

Epa, isso é genial! Eu estava a pensar construir uma organização defensiva fraca e oferecer alguma liberdade criativa aos jogadores mais adiantados, mas assim vou antes construir uma organização defensiva forte! Obrigado, Valter!

 “Então, vamos definir um processo para atacar rapidamente. Uma vez que vamos usar uma organização defensiva de qualidade, sendo esta numérica, o meio-campo ofensivo com amplitude será um pouco mal povoado. Não podemos permitir que tal aconteça. Será muito útil mandar subir um lateral e encostar o médio-ala do lado desse lateral para o meio campo ou para zonas de finalização. Uma vez que vamos defender mais no lado esquerdo, o médio-ala no lado esquerdo terá funções um pouco defensivas. Logo, temos a oportunidade de mandar subir o lateral direito. O médio defensivo que joga mais no lado direito, pode apoiar este lateral no caso de ser necessário criar vantagem numérica, assim como acelerar o jogo no momento da distribuição de jogo. É importante ter este jogador a acelerar o jogo, pois, o médio ofensivo, se vem atrás buscar a bola, cria desvantagem numérica em zonas mais adiantadas.”

Hein?! Espera. Como é? Não podemos permitir o quê? O meio campo ofensivo com amplitude mal povado? Ah, claro! Nem sei como demorei a lá chegar!

“Criar um modelo de jogo que possa anular os vários pontos fortes e servir-se dos vários pontos fracos, se possível, de todos os oponentes

Isto é genial, Valter! Eu ia criar um modelo de jogo para anular os pontos fracos deles e servir-me dos seus pontos fortes, mas sendo assim vou reconsiderar…

“Permitir sempre que o modelo de jogo possa ser modificado durante uma partida ou de uma partida para a outra. Isso chama-se criar um modelo de jogo dinâmico

Hein!?! Permitir que o modelo de jogo possa ser modificado chama-se o quê?! Modelo de jogo dinâmico? E se o modelo de jogo não for modificado, Valter? É o modelo de jogo estático? Hmm já percebi. Quem critica o Barcelona por não ter um modelo alternativo no fundo está a dizer que o modelo de jogo dos catalães não é dinâmico. Faz sentido…

O texto foi escolhido ao acaso, mas é certo que qualquer outro poderia ser aqui abordado, porque o potencial cómico do site daria para escrever cinco livros. Apesar de ainda haver muito para ler, não será fácil encontrar pérolas superiores às que garantem que a condução é uma forma mais segura de progredir no campo que o passe, uma vez que a bola vai nos pés, ou a que garante que a forma correcta de conduzir a bola é com a parte interna. WOW. Mas alguém consegue conduzir a bola com a parte interna sem ser o Charlot?! 


E finalizamos com um pensamento (escrito) que por certo vos ajudará a criar a vossa própria concepção do jogo:

"Geralmente, e não é um conceito errado, o campo é dividido em duas zonas fundamentais: meio-campo da própria equipa e meio-campo do adversário, (...)"


Vá, Valter, não te zangues. Este post não fala do Messi, do Melgarejo nem do Coentrão...

103 comentários:

DC disse...

Discordo, e o meio-campo do árbitro não conta?

hehe espero que o rapaz continue a escrever porque isto é muito bom.
Já agora, ele treina alguma equipa? Acho que também quero acompanhar os jogos dessa equipa.

Anónimo disse...

"Curiosidade: Existem imensos treinadores que usam os espaços do campo para organizar o jogo da equipa. Por exemplo, explicam aos seus jogadores que em determinado espaço do campo, os jogadores devem jogar de determinada forma, mas se o adversário estiver posicionado diferente, que devem jogar de outra forma."

really??

João Pedro disse...

Isto é muito muito muito bom! Devias pegar em todos os textos loooooooool

Válter disse...


Ahahahahahahha

Mas olha que tens aí mais pérolas na caixa de entrada! Continuo é convencido que nem todas as equipas querem entrar no nosso meio campo...

Anónimo disse...

Futebol Profissional a descer ao nível do futebol amador.

Anónimo disse...

Desconhecia a sabedoria do Valter, mas ele agora tmb falou demais... eu se o apanhar vou atacar sempre pela direita que até o fodo!

Anónimo disse...

Realmente este site/blog/qqcoisa não é das coisas mais interessantes. No entanto é um rapaz que gosta de pensar nas coisas e com iniciativa. E isso é sempre positivo.. Que tenha uma melhor aprendizagem e experiências que o façam seguir um caminho mais lúcido!

No entanto, belo post Miguel! Fez-me lembrar o do PB a cascar nos livros do Castelo, fui até reler.. xD

Abraço,
Sérgio

Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Havia necessidade disto? Gozar com um miúdo (?)? Que classe Miguel...

masterzen disse...

Na minha opinião editava isso em capítulos a sair no Record todas as segundas sempre com uma análise por parte do Manuel Machado que seria uma espécie de provedor.

Se um dia mais tarde se descobrir que o dono daquele Blog andou a fazer de consultor no Moreirense desde a entrada do Augusto não me admirava nada.
Obrigado por esta delicia de post.

Miguel Nunes disse...

Calma Valter. Há outra centena de textos para pegar...

Anónimo disse...

Calma lá que o rapaz quer ser o campeão dos gostos e das visualizações.

Miguel, vais ter de te contentar com seres o campeão do conhecimento dos blogues (ah pera ele tem site..)

Quanto à monotonia do conteúdo, continua que ainda n fartei.. Quem acha q se fala muito do benfica está enganado.. Fála-se muito é de futebol. O resto é conversa.

PS: Não tinha percebido que isto estava tão animado antes de ir visitar a caixa do post anterior.

PS: Vocês aqui a uns tempos n fizeram publicadade a um dos livros do homem? Um com mil e dois exercícios maravilha?

Abraço
Sérgio

Miguel Nunes disse...

Master, há uns tempos mostrei o site ao Nuno do entredez q ele tem mil x mais jeito p estas coisas do que eu, só que ele ainda não lhe pegou... hoje o Valter veio outra vez chatear, logo qd eu tava c tempo livre...olha...

No próprio posse de bola já me tinham dito que se n pegasse nestes textos todos que o fariam eles... eu disse q n ia pegar... mas pronto, há material para todos!

Anónimo disse...

"acontece porque as equipas tentam finalizar ou criar situações de finalização perto da baliza, e longe da baliza, tentam criar situações que possam levar a bola até à baliza."

Ahhh espertalhões!!!!! eu nas minhas equipas tento sempre criar situações de finalização longe da baliza, e longe da baliza tento levar a bola ainda para mais longe da baliza! Mas se calhar ando a fazer errado...

Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DC disse...

ahaha eu quando fizeste o post era logo para dizer que isto parecia ideia do Nuno.

Anónimo disse...

Esse Valter é o Sá Pinto disfarçado!

masterzen disse...

Miguel,

Propunha que na época de defeso ( depois de tirares dois dias de férias do blog ahah) com a falta de temas que existem pegasses nisso para que o ritmo do blog não abrandasse.

Não sei se reparaste mas no fim dos artigos do amigo Valter tem um pequeno quadro com este texto " Valter Correia fundador e administrador do site teoria do futebol, ferramenta que disponibiliza conteúdos sobre futebol de grande qualidade,equivalente a uma escola virtual, que já é seguido por treinadores e jogadores de futebol em Portugal e no Brasil" WTF?!?!?!!?

Anónimo disse...

Ó Valter se soubesses onde trabalha o Miguel às tantas ficavas surpreendido. Olha que é num clube maior do que o daquele treinador que te fez like

DC disse...

"estás a ser ultrapassado por um miúdo que nao tem estudos, que em breve, será bem mais famoso do que tu."


Valter, posso ser teu amigo?
Quero ser amigo do próximo Mourinho ;)

Miguel Nunes disse...

Estás a ser injusto! Eu quero aprender ctg! Apesar de ser verdade o que dizes, sofro mt por saber q és ou serás mais famoso que eu :((( e que me estás a ultrapassar :((((

Por exemplo, aqui: http://www.teoriadofutebol.com/apps/blog/show/25461303-descubra-pormenores-taticos-que-muitos-treinadores-desconhecem

reconheço que desconheço muitos desses pormenores e estou-te grato por me ensinares...

Hélder disse...

Valter,

Sem merdas, também passaram anos a gozar com o JJ e agora querem ir todos ao jamor de bigode. Pá, se tu acreditas mesmo nas merdas que escreves, debate as ideias, argumenta, e defende-as! Claramente não escolhes a melhor forma de as transmitir, mas não desistas disto se é o que te move.

Segundo, quando te queixas da falta de formação, devias era ficar contente por haver tanta informação disponivel à distancia de um clique. Olha que no tempo de Jesus ele teve de ir estagiar com o Cruyff ou nunca saia da cepa torta.

Se "acarditares" nas tuas convicções e te APLICARES, de certeza que acabas por ouvir o hino nacional! Nem que seja com pinguins.


Agora quanto ao Blog parece que os textos tem a forma do Jorge Jesus com o conteudo do Rui Santos!! Talvez se tentasses falar das matérias onde te sentes mais seguro, sei lá. Dá lá um jeito nessa merda...

Cumps

H

João Couto disse...

Valter,

Não tens a mínima noção do rídiculo. Até podias ter o "gosto" do Mourinho
e trinta triliões de páginas vistas que não deixava de ser rídiculo aquilo que escreves. E o facto de não teres formação não justifica a tua burrice. Não é a formação em determinada área que justifica a sabedoria de cada um. Há mais, muito mais! E para te aperceberes disso lê os muitos textos deste blogue. E não é por ser neste blogue, que todos elogiam, é pelo conteúdo e a argumentação neles colocados!

Desculpa que te diga, mas só idiotas ou atrasados mentais é que podem aprender alguma coisa sobre futebol com aquilo que escreves. Mas o mais espantoso é tu acreditares nisso.

E, por favor, não maltrates aqueles que não têm formação!

Anónimo disse...


Diz o Valter

"Caracteristicas dos treinadores:
Amizade: Normalmente, sentimos vontade e temos mais capacidade para aprender com pessoas em quem confiamos e partilhamos experiências positivas. Assim, o treinador deve ser um amigo, companheiro e conselheiro do seu grupo desportivo. Através de ações que geram confiança nos jogadores, o treinador pode usar essa confiança para ensinar o que pretende aos atletas, pois estes estão mais recetivos para aprender com alguém que sentem ser da sua confiança. Afinal de contas, todos nós damos mais ouvidos aos nossos amigos do que a desconhecidos e inimigos, não é assim mesmo?
D
istância: Quando pretendemos ser profissionais, existe uma mão cheia de coisas que não podemos abusar, incluindo na amizade. Por vezes, ser demasiado amigo dos jogadores pode levá-los a confiar que tem autorização para brincar no treino e nos jogos desportivos, sem sentir preocupação ou receio de serem corrigidos, e pior do que isso, sem sentir responsabilidades em representar a camisola que vestem e a posição que ocupam na equipa. Claro que existem níveis de amizade de tal forma elevados que os jogadores sentem que devem respeito ao treinador e por isso tentam ser profissionais. Entretanto, é muito importante impedir estar demasiado próximo dos jogadores, impedindo demasiada liberdade aos mesmos. O objetivo do treino é evoluir os jogadores em vez de brincar, exato?"

That will do it... LOL

Miguel Nunes disse...

"Como recuperar um resultado negativo ao intervalo?

Então, a regra número um é: previamente, treinar os processos da equipa. Não acredito em outra forma de inverter um resultado a não ser que a equipa esteja pronta para o fazer."

Epa, essa é uma óptima regra. Mas treinamos para inverter o resultado no intervalo? Fazemos um treinozinho de 15 min ao intervalo, é isso Valter?

"Regra número dois: reforçar a confiança do plantel."

Não pode ser só dos que vão jogar? Os não convocados, tb tenho de reforçar-lhes a confiança mesmo que não estejam presenteS? Ou ligo-lhes para o telemovel?

"Regra número três: identificar os pontos fracos adversários que coincidem com os pontos fortes da própria equipa."

Esta parece-me óptima, Valter! Vou deixar de o fazer no início só para os deixar ir contentes para o intervalo e depois PUM conto-lhes os pontos fracos todos e já foram!


"Regra número quatro: a equipa deve jogar aquilo que sabe jogar, e não jogar a inventar."

Oh bolas... não dá para jogar o que não sabemos jogar? isso já é pior...

"Regra número 5: elogiar o esforço dos jogadores no fim da partida."

Esta vou usar de certeza! No fim do jogo vou elogiá-los a todos e tenho a certeza que depois na 3a parte viro o resultado...

Anónimo disse...

Valter, se tens mesmo 21 anos então já tens idade para ter o minimo de juizo, olha bem para o teu conteudo, nao precisas de ter a idade do Jesualdo para perceber isto.

E ainda vens com conversas de likes e o caralho...

21 anos já és adulto, caso não saibas.

Anónimo disse...

"Após um ano a analisar o campeonato na mão, e com um contrato chorudo como quase nenhum de nós vai ter nas nossas vidas, espero não ler um único comentário a dizer que o Guardiola é o melhor treinador do mundo, porque a equipa do Bayern já foi construída. Já cansa de guerrinhas no futebol quando os melhores do mundo são portugueses"

Adivinhem quem escreveu isto.

Gonçalo Ruivo disse...

Miguel, não pescas nada disto! Invertes o resultado ao intervalo se deres parabéns no fim, pq como é um gesto bonito a federação atribui-te a vitória! Quem é que está à frente do seu tempo, quem é?

LOOOOOOL

Anónimo disse...

"Caro Frank Vercauteren
- as linhas devem jogar juntas. Melhora a pressão no meio-campo e piora a eficácia dos contra-ataques adversários. A isso chamo cobertura defensiva. É um princípio específico
- os postes devem ser protegidos nas bolas paradas.
- jogar em ataque rápido, ampliar o jogo, subir os laterais e deixar dois defesas para fechar o espaço no meio sem ninguém à frente, não combina como modelo de jogo
- Ou sobe o Cedric, ou sobe o Insúa. Subir os laterais e separar as linhas da defesa e do meio-campo, discordo.
- É necessário um homem de ligação entre defesa e ataque. Pelo drible e pela capacidade de ocupar os dois flancos, aliando a tentativas de distribuição e várias diagonais, eu escolho Carrillo completamente solto. Bastava dois anos para o miúdo sair por um bom preço, fora o que o próprio Carrillo evoluía"

Isto é dum nível táctico brutal!

Anónimo disse...

"as linhas próximas ajudam a melhorar o espírito solidário, porque só vai à bola quem estiver lá perto. Podem lá meter 8 trincos à frente dos centrais, que afastados uns dos outros não fazem porra nenhuma! E são os defesas que devem fazer a cobertura aos médios! Respeito a sua opinião, mas disponho dos meus meios para organizar a minha equipa."

Nossa senhora, que coisa fantástica para ler!

Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hélder disse...

Para mim, a maior barbaridade que podias dizer é isto:

"onde é possivel escrever conteudos de qualidade além Benfica".

A não ser uqe seja de Ciclismo ou de Cinema, não vejo onde possa existir qualidade além Benfica

Manuel Humberto disse...

"Tens estudos, e neste momento, num pais com 10 milhões de portugueses, já estás a ser ultrapassado por um miúdo que não tem estudos, que em breve, será bem mais famoso do que tu".

"Tenho pena, mas é assim a vida", segundo Valter.

A inveja é uma coisa muito feia, e o Valter Correia infelizmente apresenta todos os sintomas:
"Não gosto de ti", mas gostava de ser como tu, porque és muito bom. Seres muito bom, é o motivo pelo qual "não gosto de ti".
Embora claro não o assuma e diga que é por falares muito no Melgarejo, Jesus ou SLB.

Outro sintoma da inveja, o dedicar-se a imaginar os teus "podres". Não sabe quais são, nem sabe sequer avaliar outros seres humanos mas imagina que sabe e então fantasia sobre os estudos que tens ou não tens, as equipas que treinas ou não treinas, os motivos pelos quais escrever num «blogue», és desempregado, ou outras. O mais curioso é que embora não percebendo a fundo os temas que tratas, tem noção que és "especial", e por isso se há coisa de 2 ou 3 meses tivesses feito um «post» qualquer elogioso ou a destacar o Valter Correia, perder-se-ia (Valter) de amores por ti. (Um pouco como os miúdos feios ou gordos que não gostam da miúda mais gira da turma porque é isso mesmo: gira. Contudo, se ela olhar para eles, apaixonam-se.)
Outra ideia importante neste tema: o Valter Correia deixa um comentário invejoso e algo mesquinho no «post» anterior. Provavelmente, a somar a outros que já deixara no Passado (não sei se sim, se não, nem é importante). Na sequência desse comentário o Miguel Nunes reage. Da mesma forma que poderia não reagir. Depende do estado de espírito do momento, do dia, da hora, nem tem o Miguel Nunes de justificar por que motivo o faz, a partir do momento em que alguém com "mau espírito" pretende achincalhá-lo. Reagindo, alguém escreve, "havia necessidade disto? Gozar com um miúdo (?)? Que classe Miguel ...". Isto é, o Valter Correia (ou as centenas de milhar ou milhões de Valteres que existem por esse mundo fora), têm via-verde para achincalhar ou procurar diminuir o que o Miguel Nunes faz. Se o Miguel reage, é o mau da fita. Porquê? Porque o Valter Correia ao pé dele é assim para o pequeno.

Obviamente, isto é errado: não é pelo Miguel Nunes ser melhor que o Valter que (o Valter) ganha direito de achincalhar o que quer que seja.

Manuel Humberto disse...

E já agora uma última ideia, menos relacionada com isto mas sobre a dose de SLB neste «blogue»: não estou por dentro da mente do Miguel Nunes, mas posso por 15 segundos imaginar que sim. O Miguel Nunes fala muito do futebol do SLB por 3 motivos:
- O SLB joga muito. Em Portugal, só o FCP faz igual ou melhor (qualitativa).
- O Miguel Nunes adora futebol, sabe de futebol como poucos (Sim, universo que inclui treinadores. E sim, treinadores como os Mourinho e Jesus, ou outros, sendo uma coisa absoluta: ele factualmente sabe de futebol como poucos), e adorando futebol gosta do SLB. Se o SLB não jogasse bom futebol, gostaria menos, e «posts» como os anteriores não apareceriam, certo sendo que não investiria tanta análise de forma tão frequente sobre equipas más.
- Por último, ele vê mais o SLB do que o FCP. Relembro que falamos das melhores equipas em Portugal. É natural que assim seja: se tivesse sido o FCP a jogar uma meia-final Europeia, seria o emblema azul-e-branco a dar cor àquele «post». O Miguel veria o jogo, com muito interesse. FCP na Choupana, provavelmente já não o viu (não sei se sim, se não). O SLB frente ao Estoril, não sendo um cartaz fabuloso, a probabilidade para que veja já é grande, isto porque o Miguel Nunes sendo de / estando em Lisboa, "convive" / cresceu / pensa mais no SCP e no SLB. O FCP tem menos importância na sua vida. Estou só a imaginar, obviamente.

Regressando ao Valter Correia, a cereja no topo do bolo são as "pageviews", nº de leitores, seguidores, etc.
O refúgio dos pobres de espírito e invejosos: tenho mais leitores e visitas, ganhei.
Pobre mundo, pobres gentes. Enfim.

E já agora só mesmo para terminar: Miguel Nunes falaste bem do SLB no «post» anterior, aparece logo imensa gente a dizer "muito bem, "bom trabalho". "bravo". Mas porque falaste bem. Tivesses falado bem do FCP, aqueles comentários teriam sido de portistas. Já os benfiquistas diriam, "desde quando os corruptos são elogiados no Lateral Esquerdo"? É tudo a mesma merda, acredita. No fundo, e tu sabe-lo, só mesmo uma minoria reduzida de gente alcança o que fazes, entre os que concordam e discordam (as diferenças entre os dois universos são mínimas).

Anónimo disse...

Só der ler estas tuas paredes de texto já me esta a dar uma valente vontade de cagar, e olha que eu tenho muito dinheiro, por isso a minha sanita é toda ela de prata... tens uma sanita de prata Valter? Quando tiveres podes falar.

No fim, no fim, é este o tipo de pessoa que transmites ser, tanto falas da atitude do tipico "tuga", e depois andas para aqui a dizer quanto ganhas e quem te paga (ui, cuidado com a empresa grande do rapaz)

E não te enganes, se tivesses o minimo de cabeça percebias bem que a tua tipica entrada de blog é pura e simplesmente - merda. Mas deixa lá, se tens 21 não parece, um dia quando cresceres vais perceber bem o que aqui te andam a dizer.

E não querias dizer "Bouygues"? Querias, mas és muito tapado. Não tens formação para a bola como não deves ter formação para nada.

Ai juventude...

Anónimo disse...

Epah ao Valter já não bastava escrever merda sobre futebol, ainda tinha que ser emigrante e ter a mania que é o maior porque está na França a receber 2000 euros.

Deixem-me adivinhar, o ídolo dele é o Cristiano Ronaldo...

Miguel Nunes disse...

Oh Valter, então tu apagas os teus comentários e deixas-nos sem saber quanto é que ganhas?! Por sorte tenho-os no mail...

Aqui estão eles para que não se percam Valter:

"Pega neles todos.

Já criei imagem suficiente no site para continuar a crescer, e não vai ser um gajo como tu a gozar com um miudo de 21 anos, isso mesmo, só tenho 21 anos, que vai impedir de eu continuar a crescer.

Continua a falar do Coentrao e do Matic e de quem bem tu entenderes, proque sábado é dia de trabalho, e se tu tivesses trabalho, não ficavas um sábado em frente ao PC (provavelmente pago pelo teu pai) a gozar com um miúdo.

Deves ter sido um daqueles que passou pela universidade e andou a queimar dinheirinho ao papá, para agora andar a gozar pelo PC, sem sequer dar a cara no blogue.

eu dou a minha cara no meu blogue, e por onde passo, toda a gente elogia o trabalho que tenho feito.

Enquanto eu faço disto um passa tempo fora do meu trabalho, tu fazes disso um passatempo porque não tens trabalho

Nao é a ti que eu hei-de provar alguma coisa, porque se realmente fosses bom treinador como fazes parecer aqui que és,mostravas trabalho num clube, e nao num blogue. Ai está uma grande diferença. Tens estudos, e neste momento, num pais com 10 milhoes de portugueses, já estás a ser ultrapassado por um miúdo que nao tem estudos, que em breve, será bem mais famoso do que tu.

Tenho pena, mas vai ser nessa altura que eu vou dizer a todos e abertamente:

"Obrigado a todos pelo apoio e pelo que me ensinaram, mas tenho pena que muitos nunca quiseram aprender, e por isso não estão hoje comigo!"

Essa será para ti!"

Miguel Nunes disse...

Hélder, não quero que fiques sem a resposta do Valter.

Aqui está ela:

"Helder,

Para o Miguel Nunes gozar um pouco mais comigo.

As visitas para mim é bom, porque eu sei que nao sei merda nenhuma. Mas é bom ter bastantes visitas, é um apoio a continuar a aprender.
O gosto do Rui vitoria, para mim, é um elogio, e certamente que isso faz uma pessoa sentir-se bem ao ver que alguem de valor valorizou o nosso trabalho, seja como forma de humor como diz o Miguel Nunes, seja como forma profissional como consigo ser.

Há dois anos, tive um colega que foi jogador de futebol, e abriu-me a curiosidade para aprender mais. E a forma como eu encontro para aprender é escrever.

Tenho conhecido pessoas novas, aprendido imenso do que não sabia à dois anos atrás, o que para mim é um orgulho, porque hoje, apesar de eu ainda nao saber merda nenhuma, sabia ainda menos à dois anos atrás. E isso para mim tem valor, tem valor eu gostar do que faço e conseguir fazer a diferença, nem se seja mínima e no meio de simples blogues.

Para mim não teve foi valor o Miguel nao saber aceitar uma critica simples, nem sequer tentar argumentá-la, preferindo desviar ao imediato desprezo.

Eu não me chateio com isso, porque antes de estudar "tática", já familiares meus estavam dentro do futebol a muito tempo, e sempre eles disseram que no futebol em portugal nunca é opção para ganhar dinheiro. Ganhar que? 200€ por mês? ou entao num escalão superior, 700? 800? 1500? Isso vale alguma coisa?

Ao mesmo tempo que iniciei o meu blogue, sai do país, para hoje ganhar 2000 e tal, 3000 euros. E sabem quem paga esse dinheiro? é a Bowygues. Conheces essa empresa? É só a maior empresa de França, quando alguns do que já me gozaram neste blogue devem estar em casa a mamar o dinheiro que tu pagas ao estado pelo teu trabalho enquanto tu reclamas do teu presidente.

Eu nao estou preocupado por vir agora um vidrinho nao ser capaz de aceitar um crl dum critica e preferir manter o blogue tendencioso, quando há muito mais para falar e onde é possével escrever conteudos de qualidade além Benfica.

Se eu for treinador, e for um treinador estável, serei treinador. Se não for treinador, nao serei treinador e quero que isso se foda. Enquanto tiver paixao para escrever, fazer amigos e conseguir destacar-me no meio da multidao, oferencendo um destaque a que mais "idiotas como eu possam aprender comigo", vou sempre me sentir bem e continuar a trabalhar. São 304 artigos (hilariantes) e não paro antes dos 1000 artigos (hilariantes). Não vai ser um simples blogueiro chamado Miguel Nunes nem outros tantos que estão com ele aziados por um puto tentar fazer a diferença que eu vou continuar a trabalhar.

Está com medo de descer de nível por uma critica? Porque não é ele inteligente e tenta usar essa critica a seu favor, melhorando o seu trabalho? E quanto à formação, não falo em apresentar diplomas, falo em saber apresentar conhecimento. Eu que nao tenho conhecimento nenhum, conseguem-me inserir nos únicos blogues onde se pode aprender futebol.

Como é isso possível?

Quem anda aqui com merdas não sou eu, porque me lancei a escrever sem saber merda nenhuma, sem precisar gozar com ninguém para que os resultados apareçam. O Miguel Nunes leva 6 anos a escrever e outros tantos por trás, e mesmo assim ainda não construiu uma mente capaz de crescer sem deitar abaixo. Os portugueses deitam-se abaixo a eles próprios. Não admira que estejam em crise e que sejam odiados na Europa. Os franceses não gostam dos tugas, os alemães nao gostam dos tugas, porque destabilizam, roubam tudo e destroem estupidamente o que se lhes passa a frente.

E a este Miguel Nunes bastou um comentário a contrariar o que ele escreveu para lhe ferir o orgulho.

Tenho pena, mas é assim a vida!"

FODASSE VAUTÉ disse...

Cê apága os comentários meu irmão! cê se torna mais ridjiculo ainda!

abraço meu irmão.

Assinado: Um dos jogadoris brazileiros qui ti seguem na intenet

André Ferreira disse...

Alguém que avise o Valter de que a única forma de o treinador do Guimarães gostar do site dele só pode ser confundindo com um site de comédia. Ou então vê o Valter como aliado, pois o que aquele site faz é enganar quem tem a infeliz ideia de que pode aprender alguma coisa lá. Podemos concluir com o Valter é um génio, o que ele está a fazer é a eliminar concorrência! Eu bem os vejo lá no site a elogiar o seu trabalho e dou comigo a pensar "menos um para atrapalhar", obrigado Valter! Horrível...

Valter Correia disse...

Ok ok ok, não é difícil reconhecer que o Miguel Nunes sabe bem mais do que eu, porque sempre o disse nos comentários que apaguei.

Agora, eu queria saber era qual é o mal de tentar perceber de futebol, e para aprender a perceber, fazê-lo através da escrita e divulgação.

Que eu não percebo de futebol, ninguém me deu novidade nenhuma. E podiam tê-lo dito sem o anonimato, isso é que era de homens.

Enfim, tenho uns gostos no site, umas visitas, mas nada mais do que isso. É só um passatempo ao trabalho, nada de mais.

Quando eu falo de futebol com outras pessoas, às vezes tenho dificuldade em acompanhar a conversa. Sempre disse a todos que me perguntam se sou treinador, que não sou, nem tenho formação. Apenas estudo e escrevo, porque quero um dia perceber alguma coisa.

Para mim é só um projeto, que me faz sentir bem por já ter chegado minimamente a algum lado, e que talvez um dia possa levar a algum lado sério. Se levar, muito bem, se não levar, não faz mal.

No inicio, não vim aqui com intenções de insultar ninguém. Talvez tentar transmitir uma ideia, própria, pedindo ao Miguel para tentar escrever algo diferente. Tenho pena que tenha levado a mal. Sendo uma pessoa um nível acima do meu, não lhe vou pedir desculpas, até porque ele nem se importará com um blogueiro de passatempo. Peço-lhe sim desculpas, por respeito, podendo ele ter levado a mal um comentário, apenas perguntando se alguém lhe pagava para argumentar o Messi. Na altura, foi só a minha opinião, ao ver um argumento tantas vezes utilizado para defender Ronaldo e que a meu ver ficou mal. Se ele estava numa hora menos boa ao ler o que eu escrevi, eu também estava numa hora menos boa ao ler o que ele escreveu, pela razão que acabei de escrever.

Mas o profissional é o Miguel e o amador sou eu, por isso não há problemas em eu expressar o meu estudo no meu site, enquanto ele expressa o ponto de vista no blogue dele. Sites diferentes, pessoas diferentes, trabalhos diferentes e vidas diferentes.

Contudo, vou continuar a estudar e a publicar artigos, sejam eles qualitativos ou não.

Se um dia chegar ao profissionalismo do Miguel, não me importo. Se não chegar, também não me importo, porque futebol profissional não é a única coisa deste mundo.

Vá pessoal, fiquem bem

Quanto a mim, perceba que não perceba, vou continuar a escrever. Se um dia perceber, percebi, se não perceber, não percebi. Mas em vez de tentar perceber pelos outros, tentei perceber pela minha livre consciência, ou pelo menos enquanto a tiver nesta vida curta que se avizinha. Nada que aflija.

Afinal, não tenho de ter conhecimentos como o Miguel Nunes para escrever apenas pelo gosto de aprender, não é assim mesmo?

Miguel Nunes disse...

vá, fazemos as pazes? :)

Miguel Nunes disse...

Valter, em público :)

dá cá um abraço...

Miguel Nunes disse...

para estes srs todos ficarem a saber que ficámos amigos :)

Signori disse...

"Entretanto, o processo de bola longa é um processo mais adaptável do que a saída pelo chão, justamente porque pelo chão há oposição, mas não há oposição pelo ar. Tal argumento significa que uma equipa pode tentar uma ligação direta em qualquer altura do jogo e conseguir levar a bola ao ataque, algo que nunca conseguirá fazer através da saída de jogo pelo chão, enfrentando adversários"

Ah rapaz, mas tu só dizes coisas intragáveis. Tanto entulho nesse blogue, só dizes coisas ridículas e, na melhor das hipóteses, redundantes. Fónix, a bola longa é mais adaptável pq não há oposição pelo ar, e então faz-se uma ligação direta??! Para onde, Bruxelas?

Miguel Nunes disse...

Aqui tenho de dar razão ao Valter..pelo ar não há oposição... se bem que o ar é de todos, e para efeitos de contagem de posse de bola não sei exactamente como isso funcionará....

Signori disse...

Não faz mal. Faz-se já uma ligação direta pelo ar e teremos a resposta. Sim, pq ligação direta pelo chão deve ter muitas interferências e não passa a mensagem. Acho que isto é mais um blogue sobre teoria da comunicação, Valter.

José Guilherme Ribeiro disse...

Qualidade de informação de qualidade escasseia, dai o lateral-esquerdo ser top!
Continua a haver uma grande aversão aos profissionais de desporto no futebol ou a quem tenta compreender e sistematizar o jogo, é um mundo carregado de fundamentalistas!

Signori disse...

Regra de ouro para um bom modelo de jogo: Os corredores laterais, junto à linha de fundo, não devem nunca deixar de ser uma opção fiável, mesmo para equipas que ataquem rápido.

Eh pá, desisto, isto é muito à frente, começo a pôr a hipótese de afinal isto tar avançado uns 50 anos. Isto é o futebol total v5.0, não atinjo, ajudem-me.

Signori disse...

Por acaso descobri o lateral esquerdo por acaso, há 1 mês, e pensava que era sobre o dia-a-da do Fernando Mendes, pós Big Brother. Mas ainda consegue ser melhor. Parece que me roubam as ideias sobre futebol aqui ehehhe.
Realmente é top. Não aspiro a ser treinador, mas como ex-praticante e por gostar do jogo, ajuda a sistematizar ideias e a ter uma ipercepção mais elevada sobre os vários momentos do jogo. E é ótimo para nos destacarmos nas discussões de café, que é o principal motivo de visitar o blog. Obrigado por elevarem o meu status pelos snack-bares de Portugal! Grande trabalho!

Miguel Nunes disse...

lool Obrigado Pepe! Um dos meus preferidos! Então a marcar penaltys...

Signori disse...

Mas Valter, agora a sério, a tua genuinidade e simplicidade desarmam-me, assim como o teu empenhamento no teu blogue, que é notório. Continua sim a escrever, e aos poucos vais aperceber-te que o teu nível actual ainda é básico, há coisas que não fazem muito sentido ou são redundantes, mas irás acabar por evoluir. E isso vai dar-te gozo, e eu cá estarei para te lembrar da tua evolução.

Signori disse...

Pois, e das escolas do Sporting, onde agarrou a titularidade cedinho. Começou a descambar qdo foi para o Benfica, mas ainda chegou a tempo de passar a ternura dos 30 no Porto, e fica para a história por ter corrido os 5 campeões de PT. Houve mais algum jogador que fez isso, já agora?

Miguel Nunes disse...

Falava do Signori, pa :)

Miguel Nunes disse...

O FMendes jogou mta bola em Belém. Livres directos eram penaltys!

Valter Correia disse...

Epah, colegas

A hora de rir já passou. Até eu me ri com os comentários que aqui deixaram ficar, mas tudo tem um limite. Gozar só por gozar, se eu fosse uma lenda, tudo bem, agora sendo eu ainda novo. E mesmo assim não me afecta

Quanto ao Miguel, não me importa que saibas mais que eu, nem me aflige. Quem não gostar do que escrevo, não vou pedir para gostar. Certamente eu não agrado a todos, nem o Miguel, nem mesmo Messi ou Ronaldo, Mou ou Pep, nem esses agradam a todos.

Da minha parte, o comentário inicial foi um pouco fora do contexto e por isso peço-te desculpa. Também podias não publicar se não gostavas que não ficava mal, nem perdias nada com isso.

Quanto ao meu blogue, quem me vem dizer que não sei, pode dizer à vontade. Realmente é preciso ter um QI mesmo muito elevado para perceber isso. Gosto do que faço, escrevo com gosto, estudo e aprendo. Não é a única fonte onde aprendo, mas é uma boa fonte aqui no lateral esquerdo, e eu nunca o neguei.

Muitas das coisas que escrevo, aprendi aqui com o PB e com o Miguel, não com a maioria que hoje tentou pegar em tudo para comentar, e comentar. Parecem famintos por lazer, coitados.

Vá Miguel, pazes feitas da minha parte, embora tenhas sido tu que começas-te com um titulo que para mim não fazia sentido, na minha maneira de ver, claro.

Quanto ao resto, terei sempre orgulho no que faço, mesmo que isso custe a alguém, ou não agrade a amigo de alguém, ou apenas que desagrade alguém.

Quanto mais escrever, mais leitores me virão dizer que o conteúdo é excelente, mais leitores me virão dizer que o conteúdo é uma bosta. O lateral esquerdo é um bom blog, mas não é perfeito, e muitos sabem porque.

Até lá, boas futeboladas
E chega desta treta

Miguel Nunes disse...

era isso que eu queria ler!!! AMIGOS VALTER!

Valter Correia disse...

Quanto a quem goste ou não, já muitos sabem onde eu publico.

Nunca pratiquei futebol sequer. Eu cá sinto que evolui muito, e vou continuar a escrever para evoluir. Se comsigo agradar a amadores que estao a anos na área, hei-de agradar a profissionais também, custe o que custar.

Mas não tenho medo.

E Miguel Nunes, apaga os comentários que aqui foram copiados, mas nao apagues os posts. Para que um dia eu possa comparar a evolução que eu alcançar, está bem?

Só precisava era de um tutor para organizar as ideias........

Anónimo disse...

Miguel,
ele tem aprendido contigo...
temos pena!!!
Ricardo Nascimento

Jorge disse...

Eu de futebol não percebo muito, mas de Biologia até achava que dava uns toques: parece que o fenótipo e genótipo são características institucionais, porreiro! Vou ver se encontro os livros do famoso doutor Ibidem, para me instruir melhor:

"A capacidade institucional Genótipo, caracteriza os ideais, a predisposição inata ou aptidão. Podemos considerar que o Genótipo é o dom que nasce com o indivíduo e o distingue dos restantes. Cada indivíduo é mais propenso a realizar determinadas tarefas, seja a nível físico, psicológico ou técnico. Por sua vez, a capacidade institucional Fenótipo é a capacidade que o indivíduo tem para evoluir, ou seja, após a nascença do indivíduo, os vários estímulos do meio ambiente definem a personalidade e características do indivíduo, mas sempre em volta da sua predisposição inapta. Para Ibidem (1995), o campeão seria aquele que nasceu com o seu dom natural, e o desenvolveu adequadamente ao longo de muito treino."

Miguel Nunes disse...

Valter estou a tentar convencer o Jorge D. e o Roberto Baggio a serem teus tutores. Eu não posso :(

Roberto Baggio disse...

http://possedebolla.blogspot.pt/2013/05/ainda-ha-quem-venda-gato-por-lebre.html

Signori disse...

De facto, tava a ver, F.Mendes e penaltis, só se fosse no Est.amadora ou Montijo. Sim, aos 29 anos faz uma grande época no belém e sai para o Porto para ser tricampeão!
Peppe signori, SS Lazio Forever (Mas não da facção de ext direita eheh)

Valter Correia disse...

Goza.... xD

Signori disse...

E para ser má-língua, mais um que passou no FCPê e diz que se dopou eheh. No hard feelings, fê quê pê enses

Roberto Baggio disse...

Participei num programa de Mentorando na faculdade. Tenho experiência disso amigo Valter. Tenho mesmo!
1/3 do que ganhas com o site e Habemus Mentor!

Signori disse...

Neste artigo, vamos estudar duas e apenas duas regras onde a periodização tática se baseia. Com apenas estas TRÊS regras, os treinadores novatos vão compreender como funciona a periodização tática."

I rest my case!

Valter Correia disse...

1/3 do que ganho no site? Olha, 1/3 será bem mais do que 100/3 daquilo que ganhas no teu......

Signori disse...

"Para ser treinador de futebol preciso: 11 - Jogue computador"

O Mourinho, o AVB e o JJ reservam o treino de 2ª e 5ª para jogar FM e PES. O JJ acha que PES desenvolve mais o processo de decisão com bola, mas o AVB prefere o FM para programar defesa zonal. O Mourinho, dizem, anda mais virado para o FIFA, mas parece-me boato

Signori disse...

"um jogador praticamente só precisa dos músculos das penas para efetuar um passe, e apenas precisa de alguns deles, não dos músculos de todo o corpo."

praticamente...mais coisa menos coisa

Roberto Baggio disse...

Amigo Valter, o que eu ganho com o meu blog é conhecimento... Conhecimento amigo. Discussões que me fazem aprender mais, expor ideias, debate-las e ganhar algo com isso que não seja um gosto do mister do Guimarães...

E depois claro, o meu blog fala de algo muito específico, que só utiliza, plagiando vossa Excia, um orgão do corpo: O cérebro!!!!

Benfiquista Tripeiro disse...

Deixem lá o Valter em paz. Perceba muito ou pouco de futebol, vê-se claramente que é um apaixonado pela bola. De outra forma, como poderia ter um site tão extenso? Isso não tem valor? Se tem lá coisas erradas, deixem-no ter, também se aprende assim. Não está a fazer mal a ninguém.

Valter, não tens razão quando dizes que só se fala do Benfica, aqui. Muitos posts elogiam o porto, "uma equipa de classe mundial", por exemplo. Vários posts a elogiar o moutinho, o james, o jackson e outros. Também elogia o sporting de jesualdo. Talvez agora fale mais do Benfica, porque é o que está melhor, é natural.

Quanto ao Miguel e ao resto do pessoal, perdem a razão quando gozam e rebaixam o Valter.



Isto é só a minha opinião, comigo escusam de gozar, porque sou um simples adepto que gosta de ler sobre bola nos tempos livres.

Roberto Baggio disse...

Ahhh o amigo Valter abandonou... Pena, pensava mesmo que se apertasse um pouco mais com ele e depois de me oferecer autógrafos do JJ, iria pedir amizade comigo e para que fosse tutor dele.
Pena mesmo.
Amigo, duas coisas positivas sobre o teu site: -Nunca vi, mas nunca vi mesmo tamanha criatividade no futebol. Começar uma nova vertente neste ramo não é fácil. Acho que podes chamar-lhe StandUp Soccer, vai vender.
-Está nos meus sites favoritos, assim vejo logo quem são os treinadores (portugueses ou brasileiros) que estão eliminados da concorrência. São aqueles que dizem muito obrigado quando explicas hmmmm "coisas" que os treinadores desconhecem.

Roberto Baggio disse...

Benfiquista Tripeiro, cheers up, mas há limites... Tu viste os comentários dele? Os que foram apagados? Os do post anterior?

Gosto da tua opinião mas ninguém certamente gozaria e rebaixaria se não fosse pela postura dele.

Um abraço ;)

Valter Correia disse...

Eu sei que fala mais do Benfica porque está melhor, mas mérito maior seria falar mais de espanha, frança, alemanha, inglaterra, ligas com muito mais valor do que a nossa, que é um autentico desastre. É a minha opinião, e que faria do Miguel, mais do que um analista nacional, um analista fenomenal. Mas sou só um blogueiro novato e da vida dele, só a ele lhe diz respeito.

Comigo também podem gozar. Aqui o Roberto Baggio tem um cerebro tão grande e um blogue com tanto conhecimento, que o conteúdo é muitas vezes alheio e nem uma única visita entrou vinda do blogue dele. Deve ser um conteudo com tanto conhecimento que pouca gente o segue. Deixem-nos gozar....

Benfiquista Tripeiro disse...

Roberto Baggio, também tens razão, bom ponto de vista.

Valter Correia disse...

Quanto à minha postura, foi o Miguel Nunes que levou a mal o que eu escrevi e foi a ele que pedi desculpa. Não me dirigi a mais ninguém, ou dirigi? A quem dirigi, mostrem-me se faz favor, para acabar com esta palhaçada. Certo?

HC Marx disse...

Obrigado pelo post, deu para rir imenso com o post e com alguns comentários. Quanto ao miudo, não há que dar grande importância. O rapaz faz por gosto e ainda não tem noção, portanto é deixá-lo ir. Se o faz feliz ter muitos seguidores, óptimo, é da maneira que não vêem cá parar. Eu pelo menos quero 'acarditar' que sim.

De resto, os dois sites são como comparar um manual de português de primeira classe e outro sobre econometria avançada. Não que o LE se dedique a questões quantitativas, mas foi a analogia que me lembrei a esta hora...

Quanto ao Miguel Nunes, quero dizer que me estou a borrifar se são mais posts do Benfica ou do catano. A malta gosta de futebol e gosta de aprender a pensar sobre futebol sempre que vem cá. Além do mais, algumas destas lições aplicam-se a todos os clubes, não é por falar mais de um clube que é mais elogioso ou negativo de tal clube. Acontece que o Benfica está a jogar muito, e mesmo eu enquanto sportinguista gostei de ver o jogo contra o Fenerbahce tal como gostei dos posts do PB na primeira metade da época sobre o desastre que era a linha defensiva do Sporting.

E já agora, aproveitando o tópico, que é feito do PB? Imagino que com os dois a 'bombar' no LE, este blog era ainda melhor! :)

E que tal um post sobre o Rojo - qual fénix renascida - ou sobre a recta final do Sporting com o Jesualdo? Ou mesmo sobre a relação entre o estilo de jogo do Jesus com o Cruyff? Vi por aí nos comentários dos ultimos posts uma notícia de Espanha a fazer a ligação, mas gostaria de saber a vossa interpretação sobre a influência de um no outro.

Parabéns aos dois (MN e PB) e boa continuação.
De um leitor assíduo mas que raramente

No.Worries disse...

Absolutamente surreal.
E se percebi bem pela caixa de comentários do post anterior decidiu escrever sobre futebol porque um colega do restaurante jogava à bola?!? Priceless.
Já agora não sei como é no país para onde emigrou (França?), mas em Portugal tem que se ter jogado futebol federado para se tirar curso de treinador. Só se o numero de "likes" dispense este critério

Nuno Mendes disse...

Também não havia necessidade de humilhar desta forma outra pessoa. Se ele tem de evoluir no conhecimento que tem do jogo, tu certamente terás de evoluir nas tuas qualidades humanas.

Miguel Nunes disse...

Citando

"Manuel Humberto disse...
"Tens estudos, e neste momento, num pais com 10 milhões de portugueses, já estás a ser ultrapassado por um miúdo que não tem estudos, que em breve, será bem mais famoso do que tu".

"Tenho pena, mas é assim a vida", segundo Valter.

A inveja é uma coisa muito feia, e o Valter Correia infelizmente apresenta todos os sintomas:
"Não gosto de ti", mas gostava de ser como tu, porque és muito bom. Seres muito bom, é o motivo pelo qual "não gosto de ti".
Embora claro não o assuma e diga que é por falares muito no Melgarejo, Jesus ou SLB.

Outro sintoma da inveja, o dedicar-se a imaginar os teus "podres". Não sabe quais são, nem sabe sequer avaliar outros seres humanos mas imagina que sabe e então fantasia sobre os estudos que tens ou não tens, as equipas que treinas ou não treinas, os motivos pelos quais escrever num «blogue», és desempregado, ou outras. O mais curioso é que embora não percebendo a fundo os temas que tratas, tem noção que és "especial", e por isso se há coisa de 2 ou 3 meses tivesses feito um «post» qualquer elogioso ou a destacar o Valter Correia, perder-se-ia (Valter) de amores por ti. (Um pouco como os miúdos feios ou gordos que não gostam da miúda mais gira da turma porque é isso mesmo: gira. Contudo, se ela olhar para eles, apaixonam-se.)
Outra ideia importante neste tema: o Valter Correia deixa um comentário invejoso e algo mesquinho no «post» anterior. Provavelmente, a somar a outros que já deixara no Passado (não sei se sim, se não, nem é importante). Na sequência desse comentário o Miguel Nunes reage. Da mesma forma que poderia não reagir. Depende do estado de espírito do momento, do dia, da hora, nem tem o Miguel Nunes de justificar por que motivo o faz, a partir do momento em que alguém com "mau espírito" pretende achincalhá-lo. Reagindo, alguém escreve, "havia necessidade disto? Gozar com um miúdo (?)? Que classe Miguel ...". Isto é, o Valter Correia (ou as centenas de milhar ou milhões de Valteres que existem por esse mundo fora), têm via-verde para achincalhar ou procurar diminuir o que o Miguel Nunes faz. Se o Miguel reage, é o mau da fita. Porquê? Porque o Valter Correia ao pé dele é assim para o pequeno.

Obviamente, isto é errado: não é pelo Miguel Nunes ser melhor que o Valter que (o Valter) ganha direito de achincalhar o que quer que seja."

Anónimo disse...

N foi Jesus q deu a outra face, Miguel? E tu gostas mt de Jesus... lol

Anónimo disse...

Eu admito que no início também achei má onda... há uma óbvia bipolaridade em alguém que diz que "pouco ou nada sabe" (como é notório) mas que depois considera o seu site como uma escola para treinadores e jogadores e outras manias de grandeza que dali saíram, mas não era preciso gozar tanto. No entanto ia lendo umas respostas nos comentários que não compreendia. Quando finalmente o Miguel (que é o próprio PB, julgo eu) pôs os comentários apagados, deixei de achar má onda. Talvez seja de ser novo mas há coisas que não se dizem em público. Miguel desempregado a estoirar o dinheiro dos papás, ganha 3000 por mês, a Europa odeia os portugueses porque são preguiçosos e ladrões... WTF??? Tino nessa cabeça Valter, se tens 21 na certidão pareces ter 16 na cabeça. Se quiseres trocar umas ideias sobre biologia (a do genótipo e fenótipo do senhor Ibidem iam-me matando), e principalmente sobre geo-política e economia, é só escreveres para aí.

Valter Correia disse...

E a cena continua.

Gozem lá à vontade de eu não saber nada de futebol, que eu não me importo.

Cai na desgraça de demonstrar inveja, pela forma que fiquei fudido ao ver o Miguel Nunes gozar comigo. São reações normais de quem se tenta defender como sabe.

Deixem o Miguel Nunes gozar, deixem os outros todos que apetecem gozar.

O Miguel, podia ter deixado um comentário por publicar e ter evitado tudo isto. Em vez disso, preferiu picar e eu acabei por cair no jogo dele pela primeira e ultima vez.

Fiquei tão mal eu pelo que escrevi, como ficou ele pela atitude que tomou.

Pelos vistos até incomoda eu escrever futebol porque um colega me incentivou. Até isso incomoda. Eu já parei com estas tretas, pedi desculpas pelo comentário que começou isto tudo, mas agora já não sou eu que estou a ter atitudes de baixo relevo. Já era tempo de serem homenzinhos e terem atitudes sérias, ou não era?

Tantas vezes vejo aqui boas palavras a falar de quando um jogador deve parar com a bola. Porque não estou a ver agora atitudes para parar com esta palhaçada?

O Miguel escreve por profissão, eu escrevo por passatempo, por um projeto que me lembrei de começar, para aprender alguma coisa além trabalho e sair da tão chata rotina dia a dia.

O meu trabalho nem está ligado ao futebol, mas lá consegui fazer um site com alguns visitantes e vocês querem-me comparar com alguém da área? É mesmo preciso fazê-lo? Ser amador e ter expressado o meu ponto de vista uma vez não foi suficiente?
Quem gosta ou segue o que escrevo, por mim tudo bem, porque não obrigo a isso. Quem não gosta, mando fazer melhor.

É um site, não uma profissão. Só a puxar para o lado que lhes convém. Se tivessem algo na vida que realmente lhes fosse interessante, não pegavam com ninguém para ter alguma coisa de interesse neste triste mundo.

Tristes

Moreira disse...

E também não foi Jesus que nunca perdia uma oportunidade para achincalhar os Fariseus?

Miguel Nunes disse...

Valter, já passou. Lamento, mas tu mereceste. Agora é seguir. A ver se me lembro de ideias rapidamente p um novo post p este ir ficando p trás.

Valter Correia disse...

E se o mereci olha, que remédio. É destas formas que se aprende na vida. Se não fosse hoje, talvez fosse amanhã, e amanhã podia ser tarde. Tu deves ter passado pelas tuas, assim como todos nós.

A intenção não era achincalhar ninguém, mas se foi essa a mensagem que transmiti, peço desculpas por isso.

Agora que vou continuar a trabalhar para aprender, disso podes ter a certeza. E no meio disto, o meu site vai ser renovado de uma ponta à outra. Só há que tirar partido dos erros!

Anónimo disse...

Miguel, tens o Sporting - Porto em juniores às 16h no Porto Canal para veres e tirares umas ideias :P

Valter Correia disse...

E se queres uma ideia, faz o prognostico da final da liga europa, e outra da final da liga dos campeoes.

Isso tem interesse para o leitor, e para todo o tipo de leitor

André Ferreira disse...

Valter vê se percebes de uma vez o porquê do pessoal cair em cima de ti...
Se essa imagem que tu tentas passar aqui com os teus comentários fosse a que tentas passar no teu site ninguém te ligava nenhuma, eras só mais um dos muitos papagaios que falam de futebol sem nada saber. E estaria tudo bem porque tens esse direito. O problema é que a imagem que tentas passar no teu site não é, e passo a citar:
"Que eu não percebo de futebol, ninguém me deu novidade nenhuma"

"Quando eu falo de futebol com outras pessoas, às vezes tenho dificuldade em acompanhar a conversa"

A imagem do teu site é mais isto:

"Saiba praticamente tudo acerca das..."

"Descubra tudo..."

"Série de exercícios para ensinar novos treinadores"

E a lista continua! Não achas que há algo de errado aqui? Uma pessoa que diz que não sabe nada de futebol, que tem dificuldades em acompanhar o discurso de alguém que perceba, e depois tem esse tipo de retórica que tens no teu site? Um gajo que diz saber tudo sobre "bolas longas e ligações diretas" e depois diz que não percebe nada de futebol para logo a seguir já se sentir apto a ser a ensinar "pormenores que muitos treinadores desconhecem".

Epa não sei porquê mas acredito mais na versão que deixas aqui nos teus comentários, o que quer dizer que me chateia um bocado (como deve chatear outros) o facto de enganares as pessoas que vão ao teu site. Pessoas que querem aprender e vão sair de lá a saber menos do que sabiam.

Se o teu site é mesmo o que dizes ser, uma maneira de aprenderes e partilhares as tuas ideias então transforma-o, e ao teu discurso, nisso mesmo em opinião. O que tu fazes ali é vender porcaria como se fosse de muita qualidade. Mostra quem és no teu site, alguém que não percebe nada mas está a tentar aprender, vais ver que o pessoal te vai deixar em paz (isto se não vieres outra vez provocar quem sabe) e te vai respeitar um bocadinho mais.

Roberto Baggio disse...

Uma forma bem pensada de fechar a discussão André... Sábias palavras às tuas, como sempre.

Valter Correia disse...

Eu já escrevi que vou renovar o site de uma ponta à outra. Se ainda não está bem, há sempre formas de melhorar.

Agora, se comecei a fazer um site à dois anos para estudar, estava completamente a zero no futebol, estava completamente a zero na construção de sites, sou obrigado a de um momento para o outro construir um site perfeito para que possa agradar a todos? Ou vou ter de passar 10 anos a trabalhar no futebol para ter conhecimento profissional mínimo e outros 10 anos a trabalhar com sites para que então possa criar um site? É preciso ser profissional para criar um site?

Vou ficar três dias a elaborar um artigo super cientifico com um titulo banal que no fim não vai ter interesse nenhum para o leitor e ele nunca mais volta, ou vou tentar criar um titulo convidativo, simplificar o conteúdo e convidar o leitor a ler mais páginas e artigos? Qual dessas duas opções escolhes se criares um site? Nem me vou alongar mais nos títulos porque não tenho de dar explicações como arrumo o meu quarto. São estratégias apenas.

Se o Miguel ganha 3.000€ ou 4.000€, ou 5.000€, isso não me diz respeito. Mas com o que ele sabe escrever, e com a periodicidade que publica conteúdo, tem bem capacidades para criar um blogue e tirar esse dinheiro por mês sem dificuldade nenhuma, porque aquele anuncio ali ao lado nunca vai render um chavo. Mas a vida é dele, ele faz o que bem entender, escolhe quem o rodeia e nem o vou criticar por isso. Cada um que organize a sua vida e as suas escolhas da forma que melhor entender. Este blogue não me diz respeito para o que foi criado, se bem que é o blogue de melhor conteúdo em Portugal, porém que em Portugal há poucos blogues de jeito. Lateral esquerdo, escolas +, e só mais um ou dois que estão a marcar a diferença, pelo menos para os conteúdos que sinto interesse. É como já escrevi aqui, quem me dera ter exatamente as mesmas visitas, mas o meu site fosse um dos sites portugueses menos visitados. Dos mais visitados, a maioria dos blogues portugueses é de humor, porque é o único mercado que dá para explorar em Portugal. E é um mercado sem qualquer tipo de produção, a não ser pins, camisolas com frases, que não passam de passivos sem qualquer tipo de retorno para quem comprar isso e pouca usabilidade. Grandes nomes mundiais não andam com pins das calças, camisolas a falar das sogras e de bêbados, mas de fato de pinguim a defender os valores que aprenderam e que acreditam ser ideais. Acredito apenas que quem faz do humor uma carreira marca a diferença, mas quem faz do humor um negócio, aproveitando-se do pobre ceguinho, não marca a diferença.

TF e LE tem conteúdos de futebol que não são noticias e afins como a maioria dos blogues, e tem visitas acima do comum, leitores na maioria diferentes, e exploram mercados diferentes. O que tem de mal, se eu escrevo a para o leitor ficar com as bases mínimas de futebol e ter uma ideia diferente de ver uma partida? Em vez de ver um jogo, pelo menos distingue alguma coisa do que lá se passou, e já é melhor do que nada.

(continuando)

Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

e o Miguel n partilhou o outro comentário q o Valter apagou q dizia q o Miguel nc iria ter o nº de gostos da pagina dele nem o gosto do Rui Vitória no facebook.

"qd o meu blog estiver a milhas do teu é a minha vez de vir cá gozar"

qq coisa deste tipo LOLOLOL

Aza Delta disse...

Também acho o site do valter um pouco pretensioso, e um pouco rui santos.


Mas Miguel Nunes? qual a razão deste post?! Se eu começar a criticar-te também vais fazer um post com todas as minhas citações para me achincalhares? já há uns meses fizeste um post todo ofendido porque havia sportinguistas que criticavam o teu blog, porque raio tens sempre de fazer uma cena destas cada vez que alguém não gosta do teu trabalho?

Espero que este tipo de posts deixem de ser postados em virtude do bom conteúdo que me habituei a ver aqui.

Manuel Humberto disse...

O Valter Correia está-se nas tintas para se vende gato por lebre, se fala do que não sabe, se é ignorante, mas pretensioso, ridículo, mal formado, e está-se nas tintas se o gozam por isso ...
Está na maior porque ganha muito dinheiro com aquele website.

Isso dos princípios está altamente sobrevalorizado. O Valter é que está bem. "O meu objectivo é aprender", "sei pouco", "não fiz por mal", tenho 21 anos", "faço isto nos meus tempos livres por distracção", ao mesmo tempo que vende livros sobre futebol e dá formação virtual a jogadores e treinadores de futebol.
Ele está-se nas tintas para as vossas opiniões. Tem tudo o que precisa.

O mundo não é para gente honesta.
É para os Valteres.

Benfiquista Tripeiro disse...

Miguel, que tal um post rápido sobre a luta pela permanência? Os resultados de hoje ainda baralharam mais as contas, em vez de as definir.

E, já agora, sobre a subida à primeira liga. Leixões e Arouca a perderem pontos jornada após jornada, não aproveitando os deslizes do adversário.

Hélder disse...

Valter, uma dica:

Podes tentar começar a escrever artigos de discussão, isso põe o pessoal a discutir, aprendes e não te colocas em cheque com essas opiniões "diferentes".

Pá olha um exemplo "até que ponto devo por a minha equipa a procurar a superiodade numérica ofensiva, quando se a recusar posso ter superioridade a defender".


Esta frase mais desenvolvida um pouco e pões toda a gente a discutir!!

Vê lá miudo ;)

DC disse...

Porra Manuel, agora assustei-me. Este indivíduo escreve E VENDE livros sobre futebol????!!!!

Eu já sabia que havia muito burro à volta deste desporto, mas nurros que nem sequer fazem a mínima ideia como devem aprender sobre ele?

Quer dizer que chegamos ao ponto em que qualquer vendedor de banha da cobra que escreva meia dúzia de páginas consegue passar por escritor?

José Guilherme Ribeiro disse...

"Acredito apenas que quem faz do humor uma carreira marca a diferença, mas quem faz do humor um negócio, aproveitando-se do pobre ceguinho, não marca a diferença."

Caro Valter tu vendes livros sobre futebol...

Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Valter Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nuno disse...

Epá, só hoje é que vi isto. Ando sem tempo para nada.

Que grande tareia!