domingo, 26 de maio de 2013

Continuidade de Jesus

Porque pela imagem final o Benfica poderá hoje ter perdido mais que uma final, surge a questão. Deverá Jesus continuar? 

Só uma pessoa poderá decidir correctamente tão complicada questão. Luisão. Há que esperar alguns dias e chamar o capitão para conversar. O que Luisão aconselhar, será a escolha correcta.

69 comentários:

Anónimo disse...

O Luisão não sabe fazer contas, nem tu senão não escrevias isto.

JNF disse...

Porquê Luisão? Porque é o capitão? Só se for por isso, porque em termos de bom senso e benfiquismo não é exemplo para ninguém.

daniel duarte disse...

Se depois de Luís Filipe Vieira ter vindo a publico, inoportunamente, afirmar que Jesus era o "seu" treinador, que se ele continuava, Jesus também, só 2 soluções se deveriam por na mesa...ou Jesus continua, ou Vieira sai...não pode haver outra a bem duma gestão corrente...

Tiao SCP disse...

Penso que a saída do Jesus é inevitavel.
Racionalmente ele deveria ficar, mas é esta impaciencia dos adeptos e rédea curta dos mesmos que define os grandes clubes Portugueses. Um adepto dum grande nao consegue dar continuidade seja ao que for quando o seu clube nao chega ao patamar onde devia.

Quanto ao Luisao, eu sou Sportinguista, mas nao lhe punha essa decisao nas maos. ja ta la à muito tempo mas considdero o seu amor ao clube um pouco hipocrita pois nao me esqueço das novelas que ha sempre que o seu contrato esta prestes a acabar.

JoãoMPN disse...

o Luisão? lol
nem deu a cara na derrota esse fdp...nem na liga europa nem agora!mandou o matic! fraco, rua com ele

Anónimo disse...

O gajo que ameaçou bater com a porta duas ou três vezes se não recebesse mais dinheiro???

Guilherme disse...

Acho que neste momento depende unicamente do Jorge Jesus. A verdadeira questão aqui é se o LFV vai cumprir a palavra dada e apoiar o Jesus ou não. É que a alternativa (ao nível do Benfica) é uma apenas: Paulo Fonseca.

Sobre o que aconteceu hoje, já na final da Europa League o Enzo teve uma atitude idêntica à do Cardozo, se bem que desta vez foi mais violento.
Eu nem consigo imaginar o que ia na cabeça dos jogadores. É todo um acumulado de 4 competições perdidas nas finais, por azar, erros individuais ridículos e penaltis.
Depois de dois anos de erros e mais erros, a verdade é que desta vez ele não tem nenhuma culpa, uma época de trabalho não se pode resumir a 5 minutos de pesadelo.

hertz disse...

"O que Luisão aconselhar, será a escolha correcta." Ah? Não percebi.

Antes do jogo muita gente defendia a continuidade do JJ (eu inclusive) independentemente de ganhar ou não a Taça de Portugal. Pois...mas isso era teoricamente e antes do que se passou durante e após o jogo. Os que "ontem" tinham a certeza que o JJ devia ficar, hoje têm a certeza que ele tem de sair. Eu pessoalmente também considero que é insustentável o JJ continuar não por falta de competência mas sim por causa do ambiente na equipa e por uma questão de mentalidade. Não é fácil, depois do histórico, principalmente, da última época e depois de perder estas 3 finais (esta da Taça de uma forma imperdoável) ter condições para ficar no clube. E viu-se que a autoridade do JJ foi posta em causa e parece-me insustentável o JJ e o Cardozo ficarem os 2 pois vai sempre pairar aquela nuvem do episódio sucedido no final do jogo. E depois, acho que falta a mentalidade de clube grande ao JJ de nos momentos das decisões, nas finais, a equipa ter de dar muito mais e não puder falhar, dê lá por onde der.
Não sei o que se passou na época passada depois do Jupp Heynckes perder tudo (inclusive a Taça de forma humilhante) mas de certeza que o ambiente não era de cortar à faca como o que se vive agora no Benfica e por isso ele continuou e este ano foi recompensado com o sucesso. Neste momento parece-me insustentável a continuidade do JJ.

PS: Ah, claro que não nos podemos esquecer que ele não tem culpa nenhuma dos erros individuais gritantes de alguns jogadores que custaram pontos e títulos. No outro dia achei exagerado estares a atribuir x perda de pontos ao Artur mas depois da final é inevitável associar o Artur à perda de títulos. Oblak merece a sua oportunidade de lutar pela titularidade da baliza.

Manuel Humberto disse...

"Porque pela imagem final o Benfica poderá hoje ter perdido mais que uma final", poderá ter-se perdido a tolerância / vontade dos seus jogadores (a partir de hoje) para com o treinador.

E se os jogadores não querem, nada a fazer.

Luisão deverá ser um dos elementos do balneário a saber a "vontade do grupo", por conhecer-lhe o pulso (balneário). Miguel Nunes, não foi a única mas uma das razões para o futebol horrível que o Sporting jogava no início de 2005/06. A competência do treinador era a mesma, José Peseiro era o mesmo, mas a química desfizera-se toda.

Sem conhecer (obviamente) adivinho ter sido um dos tópicos que juntou Pinto da Costa e Vitor Pereira no almoço de há uns dias. O presidente do FCP pôs a questão bem: não se trata de dizer é bom ou mau, mas perceber se há condições para.

Aquele desnorte no final do jogo indicia que se calhar o SLB (jogadores e treinador) partiu-se em cacos. Daqui a 1 ou 2 anos, sem este treinador, à medida que os jogadores se forem renovando, o SLB cairá muito. Não voltará à miséria pré-Jesus (embora possa), porque muita coisa boa ficará, mas não será tão forte como foi nos últimos 4 anos.

Miguel Nunes disse...

O Hertz um pouco e o Manuel esclarecem o q pretendia dizer.

Ao contrário do que possam pensar isto n se trata de elogiar o Luisão, portanto essas criticas correctas ou incorrectas n fazem sentido neste post.

Luisão é o capitão. E mostrou que exerce a sua função qd segurou Cardozo. Ele sabe se o grupo quer continuar ou não com Jesus. É a Luisão que cabe a decisão. A competência é a mm de sempre e não é por ter um gr que perdeu 9 dos 13 ptos da época e mais uma final da taça que o treinador é mau. Mas 4 anos depois... é preciso saber se os jogadores pretendem prosseguir com o treinador.

Miguel Nunes disse...

aquela cena do Cardozo, eu tenho para ai 90 por cento de certeza de que sei o q se passou. Está relacionado com a saída do Melgarejo da equipa neste último mês. São estas coisas que os jogadores falam entre eles que fazem com que o capitão saiba se há ou naõ condições para o Jesus continuar. Pq competência há.

JNF disse...

Não me venham com filmes. O Luisão mandou o Matic à flash, não teve tomates para aparecer. Também mostrou que exerce a sua função?

Queres mesmo saber se os jogadores querem continuar com Jesus? O que o Enzo e o Cardozo fizeram não foi mais que suficiente para teres resposta?

Ou é preciso explicar o ambiente de polvorosa que se viveu no balneário no pós-jogo com o Estoril?

Manuel Humberto disse...

O que fez o Enzo?

E já agora, quem mais é que o Cardozo empurrou e apontou o dedo? Isto pq na TV o comentador dizia "apontar o dedo ao treinador e ao colega".

Eu só vi a Jesus. Quem foi o colega?

Jaime Santos disse...

Parece-me sinceramente que o Luisao também começa a estar a mais!

-37! disse...

"aquela cena do Cardozo, eu tenho para ai 90 por cento de certeza de que sei o q se passou. Está relacionado com a saída do Melgarejo da equipa neste último mês."

No golo com o Estoril JJ pôs as culpas em Melgarejo.
Quando o principal culpado, por falhar mais uma vez, foi esse tal de "Rei Artur", que fez a primeira época senior completa a titular com 30 anos no... Benfica...

Incompreensível a saída de Melga da equipa...

hertz disse...

Já que estamos numa de treinadores...Miguel, entre Rui Vitória e Paulo Fonseca qual achas que seria melhor para o Benfica?

SoaresKafe disse...

O Matic foi ao flash intervieu pois foi o jogador pedido pelos jornalistas para aparecer no flash. No final de cada jogo os jornalistas escolhem 2 jogadores para serem entrevistados e o escolhido foi o Matic.
Não há necessidade de ofender o jogador.

Sim é verdade, a continuidade do JJ passa pela opinião do capitão, que deverá transmitir ao LFV o ambiente no balneario.

Sabemos que a imagem do que se passou no real de madrid em que o mourinho não tinha o balneario do seu lado, se o treinador não tiver o apoio da equipa nunca conseguira atingir os seus objectivos.

Anónimo disse...

Miguel, pela reacção do Cardozo hoje e a do Enzo na final da LE já dá para ver bem o que pensam os jogadores..como benfiquista sou contra a sua continuidade.

Anónimo disse...

Rua com o JJ. Patético. Sinceramente vê-se nitidamente o desgaste deste no seio da equipa. Enzo e agora Cardozo à frente de todos os olhos. Já chega. Piores três anos da minha vida de benfiquista.Que mais precisa o JJ de fazer/perder para se ir embora? Jesus Über Alles.

Anónimo disse...

O JJ deve continuar é a mascar pastilhas elásticas num outro banco de suplentes num clube qualquer...é ó e apenas o maior imbecil que por lá passou...

JMM disse...

Não é a competência que interessa agora mas sim as condições que tem ou não para aplicar a sua competência. Peseiro no Sporting é o melhor exemplo, já não havia condições e, ainda assim, apostou-se no treinador. O resultado é conhecido.

Ou há ou não há condições. Quem vê de fora pode dizer que provavelmente não há. Com Jesus a equipa entrará na nova época com muito mais pressão que aquela que normalmente tem, um mau inicio de temporada e é a morte do artista. Mais que isso, até a direcção fica fragilizada.

É uma decisão importante e será curioso ver onde acabará Jesus, no Dragão?

LGS disse...

Miguel, também pensei nisso da saida do Melgarejo como justificação para a atitude do Cardozo. Mas o A. Almeida até nem jogou mal (encontras-lhe alguma culpa nestes jogos? Foi ele que atrasou a bola para o Artur mas isso é culpa dele ou do GR?...) e só foi ocupar a LE numa altura em que o Melga parecia estar fisicamente em baixo (dificuldades em recuperar a posição após uma subida no terreno e perder no sprint com adversários normalmente mais lentos). Por isto não sei que terá mais razão, JJ ou Cardozo.

Além de que estas derrotas me deixaram meio "dormente", desde o jogo com o Estoril que todo aquele entusiasmo que me preencheu durante a época se evaporou, nem quero/consigo pensar sobre os jogos, as opções e estas "mini-polémicas"...


Saindo o JJ tens ideia de algum treinador (nacional ou não) à altura do Benfica (Mourinhos e outros fora do alcanse não contam)?

Anónimo disse...

a atitude do cardozo não é virgem. vem na sequência de uma atitude semelhante de enzo na final da liga europa.

portanto.. caldo entornado. jogadores e treinador já não alinham pelo mesmo diapasão.

penso que a saida de jesus é inevitável sob pena da próxima época estar irremediavelmente perdida em caso de tropeção no início de época.

soluções:
1 - rui vitória.
2 - paulo fonseca
3 - o adjunto do mourinho.. apenas por isso!!

estrangeiros:
1 - bielsa...
2 - pelegrini
3 - heyckes!

Pedro disse...

O que o Miguel está a admitir sem o dizer é que o catedrático não tem o apoio dos jogadores. Aquela treta de todos falarem bem dele é isso mesmo, treta. As acções de Enzo e Cardozo provam as palavras de Nolito e Amorim.

Simples. E até Aimar, na forma como falou na ultima vez, deixou bem claro que as coisas não estavam bem (e, atenção, ainda havia muito para ganhar).

O catedrático é isto. Um merda incompetente. E os jogadores percebem. Sim, JJ sabe colocá-los em campo, sabe passar para eles o que os jogadores devem fazer em campo e eles fazem. O problema é quando isso não chega. Quando adversário dá luta e anula a táctica de JJ (e isso tem sido tão recorrente) e depois não há alternativa. JJ não consegue mudar o rumo de um jogo. Não consegue. E os jogadores sabem isso, já perceberam isso. Os jogadores sabem que quando é preciso não vem ajuda do banco, pelo contrário. Isso aconteceu sempre nesta recta final como aconteceu SEMPRE nos anos anteriores.

Qqr um dá banho táctico a JJ. Hoje Vitória, ontem Pereira, antes Silva...etc etc etc.

bareira disse...

Exactamente o que eu acho, e tem razao o cardozo... No fundo n se ganhou nada com isso optou-se por uma solucao mais equilibrada defensivamente e o resultado foi perder jogo atras de jogo...

Cantinho do Morais disse...

"aquela cena do Cardozo, eu tenho para ai 90 por cento de certeza de que sei o q se passou. Está relacionado com a saída do Melgarejo da equipa neste último mês. São estas coisas que os jogadores falam entre eles que fazem com que o capitão saiba se há ou não condições para o Jesus continuar."

Claramente Miguel.
E só pensando que os jogadores são robots é que se pode omitir esse facto. Cardozo (como outros), é homem, é inteligente, convive com Melgarejo (são ambos do mesmo país, numa mesma cidade, no estrangeiro e são novos), vê, joga e sabe muito de futebol (no campo). Percebe quando algo não está bem. Não há justificação para a saída de Melga em detrimento de Almeida (e logo este). A época e qualidade de Melga não justificava um final de época ausente. Vejam o golo do Ivanovic e não critiquem Jardel, critiquem quem não atacou o espaço. Ter Almeida na equipa foi colocar aquilo que, ali, não há, um jogador português, ainda mais com as convocatórias da selecção tão perto.
E Cardozo, que treinou, trabalhou, lutou, jogou e marcou muito nesta época (mais uma vez) está frustrado por nada ter ganho. E foi onde lhe doeu mais, ao treinador e à possível burrice que ele fez (onde se acrescenta a saída do próprio Cardozo para entrar Urreta).

A saída de Jesus será um retrocesso enorme para o Benfica e para a evolução de muitos jogadores. Espero que saia e só lamento o meu clube já ter treinador. O Benfica tem de perceber que perdeu uma final com uma equipa que sabe jogar pouco à bola e que só com o 2º golo é que, realmente, acreditou que podia ganhar a Taça. Antes disso, foram zombies e maus, à imagem de toda a época. Plantel fraco (mas a crescer) e muitas limitações tácticas. Mas atenção, Rui Vitória explorou as armas que tinha.

Miguel Nunes disse...

Manuel, foi o A.Almeida. O que jogou na posição do Melgarejo.

O próprio JJ disse que o Melgarejo saiu da equipa pq fisicamente n aguentou o ritmo. Mas no sábado o JJ disse que o Melga já estava bom e q devia jogar ontem.

A diferença de um p o outro é abismal. E curiosidade - O Cardozo fez mts golos após cruzamentos do Melgarejo. O AA é mm só para estar ali a defender, de resto... esquece lá isso.

Rui Vitória não

NSC disse...

O Rui Vitória não me convence. Não vi grande futebol no Vitória de Guimarães. Prefiro o Paços do Paulo Fonseca ou Estoril do Marco Silva. Resta saber é se algum destes tem mão para um clube bastante diferente...

Bruno Pereira disse...

Mais uma vez, obrigado Miguel Nunes pela tua opinião elucidada. É isso mesmo que dizes! A única coisa que interessa é perceber se o balneário está ou não com JJesus. O ano passado o Bayern perdeu tudo e este ano, mantendo tudo, ganhou tudo (falta a taça da Alemanha...). E porquê? Porque os jogadores estavam com o treinador e sabiam que foi uma injustiça o que se passou o ano passado! Por isso, vieram este ano ainda mais motivados para não darem a mínima hipótese de falharem! Infelizmente os adeptos do SLBenfica não perdoarão o que aconteceu a JJ e não darão a mínima margem de manobra a JJ. E por isso, o clima será muito mais de tensão do que de união. A pergunta que se impõe, como já disse à uma semana atrás aqui é a de qual o treinador que reunirá as melhores condições para ganhar o título para o ano? Sabendo q depois de JJesus terá que ser um treinador muito bom a nível de treino. Se anteontem condenava ainda não se ter renovado com JJesus, acho hoje que a melhor opção poderá passar pela saída de JJ e a entrada de um novo treinador, pois os jogadores aparentam estar mentalmente desgastados com tudo o que aconteceu - e fartos dos gritos e berrarias do treinador (que não incomodam quando se ganha pois claro...). Caso JJ não saia, poderá acontecer algo semelhante à 2 anos atrás onde tudo se desmorona logo no início. Miguel, tens conhecimento para indicar se Rui Faria poderia ser uma boa opção? Pelo que ouço (principalmente depois de Mourinho falar) Rui Faria poderá ser o treinador ideal para o SLBenfica (muito bom no treino, inovador, motivador e com ambição de ganhar). Que te parece? E Paulo Fonseca pode já estar pronto para treinar um grande? (com toda a pressão inerente)
Abraço e muito obrigado pelo melhor blog de futebol em Portugal!

Bruno Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edson Arantes do Nascimento disse...

A forma como alguns benfiquistas falam do treinador actual diz bem o que é este clube. A ingratidão é uma das maiores filhas-da-putice que conheço. Um nojo. Vocês são nojentos.

Eu já teria renovado com o Jesus há mais tempo - caso ele estivesse disponível para o fazer. Neste momento a situação é diferente. Talvez mesmo o próprio Jesus não esteja interessado em continuar.

Eu, se estivesse no lugar dele, teria sérias dúvidas se aceitaria liderar este barco por mais dois anos. Sobre a intolerância dos adeptos parece-me um mito: os jogos são apenas daqui a três meses.

Até lá a temperatura de todos baixa naturalmente. Bastam umas quantas vitórias no início e a maioria dos intervenientes - adeptos inclusive - fica logo com o gás todo.

Concordo a 100 por cento com o texto (o capitão de equipa, seja o Luisão, o Yu Dabao ou o Eusébio, deve ser responsável por algumas coisas) e peço desculpa mas ontem o André Almeida foi o pior em campo.

Um jogo horrível a todos os níveis. O Miguel também tinha razão acerca do Artur. Não se percebem determinadas coisas (aquele pontapé no primeiro golo foi o quê?). Mão à palmatória.

Anónimo disse...

miguel nunes, devolvo-te a pergunta.

deverá, na tua opinião, jesus continuar?

se não continuar, qual seria a tua alternativa?

para terminar, rui vitória não porquê?


eu acho que jesus ontem perdeu tudo. pela forma como a equipa perdeu na segunda parte, pela atitude de cardozo que, curiosamente, diz mais sobre jesus que sobre cardozo (não deixando de ser uma atitude grave que terá consequencias óbvias para cardozo) e sobretudo porque não conseguiu "motivar" (palavra que está a cair em desuso mas que continua, gostem ou não, importantíssima no futebol) a equipa para uma vitória que teria de ter acontecido.


Miguel Nunes disse...

anónimo, a minha decisão seria a do Luisão.

Rui Faria é interessante. Na verdade, ao contrário do que qs todos pensam o estatuto do treinador n é assim tão importante. Os jogadores hoje em dia são mt inteligentes e percebem em 1,2,3 semanas de trabalho o q ali tÊm.

Portanto, se o Rui Faria tiver algo para acrescentar, n é por nc ter sido treinador principal que vão olhar p ele de maneira diferente

Ele chega, cria dois ou três exercícios, explica 2 ou 3 coisas que pretenda. Os jogadores fazem, aquilo corre bem, eles percebem "pa, isto faz sentido..." E já está. É o treinador dos pesos pesados todos.

Chega um c estatuto mundial, 2 semanas a fazer peladinhas ... tá morto.

Pedro disse...

Miguel,

Não concordo e Jesus é a prova disso...

Por exemplo, um treinador de um grande clube como o Benfica tem de saber fazer e bem muitas coisas, para além de saber treinar...principalmente saber comunicar, e para além de ter de o saber com os jogadores, tem de o saber fazer com o exterior, quer queiras quer não! E em minha opinião a verdade é que há treinadores que por muito que percebam de treino falham rotundamente nesse aspecto...sou sócio do Benfica, e a verdade é que cada vez que Jesus abre a boca tira-me do sério!

Agora a pergunta é, como pode a massa associativa de um clube estar com o treinador quando as coisas se passam desta forma?

Abraço
Pedro

Edson Arantes do Nascimento disse...

A massa associativa de qualquer clube só quer uma coisa: vitórias.

Se nas próximas três semanas o Benfica de JJ conseguisse cinco vitórias com dois hat-tricks do Cardozo a maioria das pessoas estariam a dizer: "Como é possível este gajo ainda não ter renovado pá?"

Aquela dica de que quando "ele abre a boca tira-me do sério" faz-me recordar o Kikas Flores. Um falante espectacular. Um treinador medíocre. JJ quando fala diz o que lhe vai na alma e é sincero e sem rodeios. Um ponto para ele.

Não vai para as conferências dizer as tretas habituais dos treinadores e jogadores de futebol.

As críticas que lhe fazem, a este nível, são preconceituosas. Em Portugal continua-se a olhar muito para a embalagem e menos para o rótulo. Se o JJ fosse licenciado e dissesse as coisas que diz todos batiam palmas.

NSC disse...

Estou de acordo com o Edson e digo mesmo que aqueles que agora pedem a saída do Jesus são os mesmos que há poucos dias pediam a sua renovação.

O meu problema é outro: acho que Jesus não vai querer ficar (e é inteligente se o fizer, pois a sua posição está muito debilitada) e não vejo que as espingardas apontem para um bom sucessor. O Rui Vitória não chega para o Benfica.

Nuno Silva disse...

As razões para o fracasso do Slb são várias, ele não é o único culpado, mas todas tocam o mesmo ponto... Jorge Jesus:
- a escolha de jesus para o lugar não é sua culpa
- a hipervalorização do estilo de jogo do benfica com branqueamento e justificação dos maus resultados é responsabilidade da estrutura mas também dos adeptos e da media... resultado é o que fica para a história!
- mesmo no super ano, segundo dizem, o JJ acabou com a equipa a estoirar e discutir na ultima jornada o campeonato com o ... Braga!
- no ano de Villas boas o Jesus foi completamente esmagado ... especialmente nos confrontos directo, apartir daí manteve a dificuldade nos confrontos directos
- nos 2 ultimos anos deixou o campeonato fugir depois de o ter na mão.


...o ponto comum é a metodologia de treino e modelo de jogo desiquilibrado do Jesus, que não comtempla um modelo B (esquema táctico sim, modelo não). o benfica joga em ataque rápido, com ou sem transição rápida, em pressão média-alta continuadamente... não faz gestão do jogo, não alterna periodos de posse de bola, repouso activo, desgaste do adversário em circulação/posse, etc...

ele não contempla isto no plano micro - do jogo- nem no plano macro - da época- porque as equipas do JJ fazem os jogos todos e a época toda de prego a fundo, sem no mesmo ataque rápido, pressão média-alta continuadamente... depois estoiram física e mentalmente porque a exigência é demasiada e sem interrupção ou plano de gestão de esforço, especialmente em jogo... porque rodar atletas de um jogo par ao outro é fácil de fazer: é preciso ter atletas e que eles tenham nível para a equipa não perder qualidade.

claramente não queria o Jesus no Porto pelo que atrás expus... agora, claro que até Jan - Fev o Porto ía andar na frente e com as bancadas cheias! mas futebol não é só isso...

tenho uma máxima par ao futebol desde há muitos anos:

"não tenho medo das equipas que jogam bem, tenho medo das equipas que não precisam de jogar bem" .. .e neste sentido o benfica de Jesus necessita sempre de jogar bem e esmagar para ganhar.

posto isto... uma equipa que só sabe jogar bem, só pra frente, sempre em ataques sucessivos, sempre em alto ritmo... como é que na fase da época em que há menos disponibilidade de energia e resistência e em jogos decisivos vai saber jogar a gerir a posse de bola, ou em jogo posicional defensivo (contra o porto), gerir o esforço, baixar o ritmo de jogo... eles não treinam isso, não praticam isso... falham porque não são eficientes e competentes nesse tipo de futebol.

.D10S disse...

Miguel, já aqui te li que se o jj sai do Benfica a equipa retrocederá anos e anos de trabalho, que nos próximos anos passariam a ficar a 15/20 pontos do fcp. Confesso que não concordo contigo, apesar de ser bom treinador não o acho a última coca-cola do deserto, além de demonstrar que nos momentos chave falha sempre.

E ainda existe o facto de conseguir perder campeonatos para o VP, treinador que ao contrário de ti, penso ser fraquíssimo (sintomático não o quererem por lá, ou alguém acredita que é o VP que está a 'estudar'?). Mas não é esse o tema da conversa que queria desenvolver contigo.

Basicamente queria colocar-te três questões:

- Como pode um treinador ser tão importante para uma equipa se não consegue sequer ter o equilibrio emocional mínimo, começando a chorar durante um jogo de futebol?!

- Será que não existe nenhum treinador que o possa substituir, sem o caos aparecer no Benfica? Tenho dúvidas que assim seja..

- Saindo jj, algum treinador estrangeiro será boa opção, tendo em conta as específicidades do futeluso, ou terá de ser um tuga?

Saudações

www.benficacompaixao.blogspot.com

Deusébio disse...

Boas Miguel,

Na minha modesta opinião, Jesus devia ficar.
Nenhum adepto de futebol, sonhou sequer, que o Benfica ia chegar onde chegou quando em Setembro venderam Javi e Witsel.

Este ano o Benfica nada ganhou porque:

# Em Janeiro, não compraram "banco" para o meio-campo;

# É praticamente impossivel vencer um trofeu quando o GR está ligado a mais de 75% dos desaires da época;

# Teve o "azar" (embora dado o histórico fosse expectável) Do Aimar e o Martins estarem lesionados a época praticamente toda, e já na parte final, quando os 2 já estavam aptos, só podia dar minutos a 1, optou pelo Martins (pela idade?) que retribuiu fazendo a borrada que fez contra o Estoril, comprometendo não só o jogo em si, como condicionou as opções para o jogo seguinte no dragão.

# Não pode ser imputado ao treinador a politica de contratações da SAD, não de Zidanes e Pavones mas de Salvios e Almeidas...

Não obstante, concordo em absoluto contigo, de que é preciso "sentir" o balneário, a leitura que faço, é que os jogadores não percebem o porquê da titularidade de Almeida depois do erro clamoroso na final da LE... percebeu-se que foi um dos lances analisados exaustivamente pela equipa e o Almeida falhou... e a recompensa foi jogar a final da TP...

Só por curiosidade...
O que achas que falta a R. Vitória para estar ao nivel de um SLB? Os créditos que tem na CS, e palavras elogiosas do Prof. Manuel Sergio, são mais "boa imprensa" que mérito técnico?
Se achares que podes responder agradecia!

Abraço

Deusébio disse...

Boas Miguel,

Na minha modesta opinião, Jesus devia ficar.
Nenhum adepto de futebol, sonhou sequer, que o Benfica ia chegar onde chegou quando em Setembro venderam Javi e Witsel.

Este ano o Benfica nada ganhou porque:

# Em Janeiro, não compraram "banco" para o meio-campo;

# É praticamente impossivel vencer um trofeu quando o GR está ligado a mais de 75% dos desaires da época;

# Teve o "azar" (embora dado o histórico fosse expectável) Do Aimar e o Martins estarem lesionados a época praticamente toda, e já na parte final, quando os 2 já estavam aptos, só podia dar minutos a 1, optou pelo Martins (pela idade?) que retribuiu fazendo a borrada que fez contra o Estoril, comprometendo não só o jogo em si, como condicionou as opções para o jogo seguinte no dragão.

# Não pode ser imputado ao treinador a politica de contratações da SAD, não de Zidanes e Pavones mas de Salvios e Almeidas...

Não obstante, concordo em absoluto contigo, de que é preciso "sentir" o balneário, a leitura que faço, é que os jogadores não percebem o porquê da titularidade de Almeida depois do erro clamoroso na final da LE... percebeu-se que foi um dos lances analisados exaustivamente pela equipa e o Almeida falhou... e a recompensa foi jogar a final da TP...

Só por curiosidade...
O que achas que falta a R. Vitória para estar ao nivel de um SLB? Os créditos que tem na CS, e palavras elogiosas do Prof. Manuel Sergio, são mais "boa imprensa" que mérito técnico?
Se achares que podes responder agradecia!

Abraço

Deusébio disse...

Boas Miguel,

Na minha modesta opinião, Jesus devia ficar.
Nenhum adepto de futebol, sonhou sequer, que o Benfica ia chegar onde chegou quando em Setembro venderam Javi e Witsel.

Este ano o Benfica nada ganhou porque:

# Em Janeiro, não compraram "banco" para o meio-campo;

# É praticamente impossivel vencer um trofeu quando o GR está ligado a mais de 75% dos desaires da época;

# Teve o "azar" (embora dado o histórico fosse expectável) Do Aimar e o Martins estarem lesionados a época praticamente toda, e já na parte final, quando os 2 já estavam aptos, só podia dar minutos a 1, optou pelo Martins (pela idade?) que retribuiu fazendo a borrada que fez contra o Estoril, comprometendo não só o jogo em si, como condicionou as opções para o jogo seguinte no dragão.

# Não pode ser imputado ao treinador a politica de contratações da SAD, não de Zidanes e Pavones mas de Salvios e Almeidas...

Não obstante, concordo em absoluto contigo, de que é preciso "sentir" o balneário, a leitura que faço, é que os jogadores não percebem o porquê da titularidade de Almeida depois do erro clamoroso na final da LE... percebeu-se que foi um dos lances analisados exaustivamente pela equipa e o Almeida falhou... e a recompensa foi jogar a final da TP...

Só por curiosidade...
O que achas que falta a R. Vitória para estar ao nivel de um SLB? Os créditos que tem na CS, e palavras elogiosas do Prof. Manuel Sergio, são mais "boa imprensa" que mérito técnico?
Se achares que podes responder agradecia!

Abraço

Pedro disse...

Edson,

Não confundas, o Quique sabia falar sim, mas não dizia nada, Jesus não só não sabe falar, como é mal educado, arrogante...e podia estar aqui a tarde inteira a dizer mais adjectivos...

Por exemplo, no final do jogo com o Estoril em que ele dizia que não via qual era o problema do empate! Que dois ou quatro pontos era igual que só o Benfica podia ser Campeão no Dragão...ambicioso e confiante não é a mesma coisa que arrogante...

Edson Arantes do Nascimento disse...

Olha Pedro, tu tens a tua opinião (que eu ainda não percebi se é válida) e eu tenho a minha (fazes com ela o que tu quiseres).

Arrogante é o quê? É o Mourinho chegar à primeira conferência de imprensa em Inglaterra e dizer, simplesmente, que se considera um "Special One"?

Ou o Jesus quando disse que só o Benfica é que podia ser campeão no Dragão - por acaso disse alguma mentira? Querias que ele fizesse o quê? Que chegasse ali e dissesse "pronto, sou um merdas e o campeonato está perdido"?

É sempre a mesma conversa. Quando a bola não entra o problema é sempre - para os adeptos e os jornaleiros - falta de "atitude" ou então é porque o treinador é isto ou aquilo ou porque teve medo ou o diabo-a-quatro.

E algum argumento plausível, tens algum?

Daniel Santos disse...

Caro edson porque achas que era impossivel este ano o mourinho continuar no real madrid?

Daniel Santos

Pedro disse...

"Arrogante é o quê? É o Mourinho chegar à primeira conferência de imprensa em Inglaterra e dizer, simplesmente, que se considera um "Special One"?"

E depois é bi campeão arrasando a concorrência sem apelo nem agravo. Isto depois de se ter tornado campeão europeu.

Já a bazófia de Jesus assenta em quê? Qual o curriculo de JJ para ser tão bazófias? E depois falha em mostrar isso em campo. Se ele fosse bazófias e ganhasse ninguem diria nada...assim...é pá...menos.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Porque perdeu tudo Daniel, porque em três anos não chegou, sequer, à final da Champions e "apenas" venceu uma liga e uma taça (tendo em conta que tem como adversário este Barça é um feito e tanto).

E porque não quis lá continuar. Parece-me tudo perfeitamente normal.

Vou mudar o argumento do Mourinho: quando chegou ao Porto, a meio da época vindo do enorme União de Leiria e no seguimento de uma série horrível de resultados disse - "Para o ano de certeza que vou ser campeão!"

E agora, também foi arrogância? Ou só vais saber se foi "arrogante", ou não, passados dez anos e consoante o currículo que construiu?

Não sei porque ficam tão enchouriçados com estas tretas! Como se aquilo que se diz aos jornalistas fosse factor decisivo para ganhar jogos de futebol...

Não há paciência. Espera: talvez o golão do Kelvin tenha acontecido porque o Jesus disse que só o Benfica podia ser campeão naquele jogo.

Pedro disse...

Edson,

Os Pedros não são o mesmo, mas a opinião é a mesma!

"E algum argumento plausível, tens algum?"

Resultados! Chega? É que ser assim continuamente e os resultados não aparecerem tem que se lhe diga...mais humildade sff...

Até te digo que é verdade que o Mourinho merece o meu crédito pelo que tem conseguido, mas que também não sou apreciador da sua forma de comunicar...mas é essa a diferença entre Mourinho e JJ, Mourinho dá-se ao luxo de poder ser como é, porque apresenta resultados, como JJ não o faz, considero que qualquer comparação entre os dois é descabida... é que há uma que nunca me esqueço...
"Vitórias morais nunca ficaram para a história! As finais são para ganhar e são esses que ficam na história!"

A história mostra-nos que JJ fica como grande derrotado, por isso volto a dizer que é arrogante, mais humildade sff...

É a minha opinião!

Abraço

Anónimo disse...

E pró benfica, não hà nada, nada,nada?

NADA

Manuel Humberto disse...

Pedro, a "bazófia" neste caso não liga com currículos mas com o treinador do Benfica pegar factualmente num grupo de jogadores e dotar os seus jogadores de competências, nalguns (muitos) casos transformar bons jogadores em muito bons ou medianos em bons e - fruto do seu conhecimento e trabalho - construir equipas muito fortes.

O treinador do Benfica fá-lo, logo, pode falar.
Quem não faz, não pode.

Anónimo disse...

Tu por acaso sabes o que quer dizer" über alles"??
Realmente é patético. ..

Manuel disse...

Totalmente de acordo com o Edson. Comentário lúcido e sem medo das palavras.

"A forma como alguns benfiquistas falam do treinador actual diz bem o que é este clube. A ingratidão é uma das maiores filhas-da-putice que conheço. Um nojo. Vocês são nojentos."

Eu não sei as simpatias clubísticas do Edson, nem isso interessa agora, mas concordo e já dei por mim a pensar exactamente o mesmo. A ingratidão é mesmo uma das maiores filhas-da-putice e também acho, embora nunca tivesse tido ao coragem de o dizer até agora, que os adeptos do Benfica são mesmo nojentos!!

"Eu já teria renovado com o Jesus há mais tempo - caso ele estivesse disponível para o fazer. Neste momento a situação é diferente. Talvez mesmo o próprio Jesus não esteja interessado em continuar."

Eu já comecei a falar em Dezembro de 2012 em renovar com JJ muito antes de algum benfiquista o dizer. Se o tivéssemos feito tínhamos sido campeões e ganho as finais. O JJ não teria sido aliciado pelo Papa e estávamos numa situação completamente diferente, como é bom de ver.

Os benfiquistas até agora só têm dado tiros nos pés. Começou com o despedimento do Mourinho, depois foi a palhaçada do Roberto, a palhaçada do Emerson e agora a palhaçada do JJ.

Vamos ter de começar tudo de novo pois demos um balão de oxigénio ao Papa do norte. Balão esse que ele estava a necessitar como de pão para a boca. Como necessitou aquando da contratação do Mourinho. Que lhe prolongou a vida por uns tantos anos.
Têm sido sempre os erros dos benfiquistas que o têm alimentado.

Nunca vi adeptos tão acéfalos como os adeptos do Benfica! É com tristeza que o digo, pois sou benfiquista! Têm tido o clube que merecem!





Fábio disse...

Já para começar, essa história de criticar os adeptos do Benfica, dizendo-se Benfiquista é uma vergonha, para não utilizar palavras menos bonitas. Os adeptos do Benfica são os melhores adeptos do mundo. Claro é que estão fartos de ser gozados e de não ganhar nada.
Mesmo assim enchem estádios, correm km para ver o Benfica jogar. Acéfalo é que escreve tal barbaridade.

Continuando...

O Edson tem alguma razão. Aliás, basta ir lendo os comentários dele e doutros para perceber quem pensa um pouco nas coisas e quem não pensa. É verdade que o JJ não é culpado de tudo. O Benfica não tem gr. Acho que não teve nenhum desde o Enke e acho estranho que ninguém fale nisso, nomeadamente na preparação da próxima época. A não ser que pensem no Oblak... Não sei se é arriscado ou não, mas se cometer alguns erros, vai estar a crescer e o Artur também os comete...
Depois temos o problema da construção do plantel. E aí não sei se a culpa é toda do JJ. Embora saibamos que por exemplo as saídas e as não entradas, em Janeiro foram até criticadas por ele...

Moral da história, acho que o plantel não dava para tudo (assim como não dava o do porto. Jackson e os laterais não tinham substitutos...) e julgo que isso custou caro.

Agora uma coisa que eu não sei se concordo totalmente com o Edson. O JJ fez um grande trabalho desde que chegou ao Benfica e eu sou-lhe grato por isso. O problema é que a gratidão não chega para o manter. É como tu terminares uma relação com uma pessoa. Podes ser-lhe muito grato e até teres muito respeito, mas se chegas a um ponto em que não dá e as coisas não estão bem, não é isso que a vai manter. Se os jogadores não estão com o treinador, não pode continuar. Mesmo o Jesus no final da Europa disse que tinha que pensar... acho que mesmo ele não tem a certeza se tem moral para continuar depois de tudo o que aconteceu...

Maior problema para mim : encontrar um substituto à altura... Porque apesar dos muitos defeitos, existem também muitas virtudes. Como o Miguel disse, acho que vai passar muito pela vontade dos jogadores e pela do treinador...

Henrique disse...

"Nunca vi adeptos tão acéfalos como os adeptos do Benfica! É com tristeza que o digo, pois sou benfiquista! Têm tido o clube que merecem!"

Concordo, és acéfalo. Olha os adeptos do Porto querem despedir um treinador que só perdeu 1 (UM!!!!!) jogo para o campeonato em 2 anos.

Henrique disse...

Miguel, sem dúvida que o Jesus é um óptimo treinador, e o Benfica dificilmente arranjará melhor, caso sai.

Mas por outro lado, não te parece que a forma como o Benfica "dá" oportunidades de criar perigo ao adversário excessivas?

Eu sempre associei isso à forma como o Benfica joga em 4-4-2. Acho que é difícil, tendo em conta a disposição da equipa, fazer muito melhor em termos defensivos.

Um abraço

jdiniz disse...

resumindo: o jj é competente e o único motivo para não ficar no glorioso, segundo o miguel, é se o balneário não estiver com ele - daí a importância da opinião do luisão enquanto líder do colectivo. na minha pobre opinião parece-me fazer sentido. o único senão podem ser os adeptos, mas a gente até agosto serena os ânimos.

de resto, é obviamente muito frustrante perder tudo, mas prefiro isso do que andar nos terceiros e quartos lugares e ser eliminado da europa em fevereiro/março quase como regra. mas também acho o jj demasiado teimoso, devíamos ter mais um elemento no meio campo (por mim vinha o josué) e uma alternativa nas laterais. e guarda-redes é naquela, a pensar que o artur joga mal com os pés e isso não dá jeiteira nenhuma.

e pronto continuamos os maiores. força benfica, pro ano é que é!

JNF disse...

Manuel Humberto,

em Amesterdão, o Enzo foi pedir satisfações em pleno relvado a JJ após a derrota com o Chelsea.

SoaresKafe,

não, não foi. O Pedro Martins, jornalista da RTP, fez questão de referir que chamaram o Luisão à flash mas ele não quis ir e por isso foi o Matic.


Quanto ao Rui Vitória, basta ver o que tem feito por aí: subiu o Fátima, manteve-o na II Liga, levou o Paços a uma final da Taça da Liga e pegou num bando de marretas em Guimarães para lhes dar a primeira Taça de Portugal da sua História.

Pedro disse...

Bom dia,

Caros, tenham lá calma e vejam os posts que escrevi e na sequência do quê, é que nem sequer pedi a cabeça de JJ!

É uma coisa diferente achar que tem um discurso exagerado e arrogante para aquilo que mostra depois ao nível de resultados ou achar que não tem qualidades, que verdade seja dita tem-nas!

Mas continuo a dizer, JJ cada vez que abre a boca, tira-me do sério...

Abraço a todos!
Pedro

Edson Arantes do Nascimento disse...

Atenção que eu disse que "alguns adeptos benfiquistas" são nojentos. Alguns é bastante diferente de todos.

Pedro,

Percebi as diferenças entre os pedros... Mas não sei se já viste bem o que escreveste.

Resultados?

Do JJ?

Meu, ele bateu praticamente todos os recordes de vitórias, golos, sei lá, bolas nos postes, sequências, resultados europeus...

Em 80 jogos com o JJ o Benfica ganha 70 (50 a golear) e não-ganha - empata ou perde - 10. São factos!

Agora, se me falares de títulos... Ah ok já temos aqui um argumento mais ou menos plausível. Em quatro anos ganhou um campeonato e isto é muito pouco. Mas diz-me a sério e sinceramente: achas que o Benfica perdeu o campeonato e a Liga Europa porque o Jesus disse que no Dragão "só o Benfica podia ser campeão"?

A sério, és assim tão ingénuo?

Cole disse...

Boas,

Espero que o balneário (jogadores e técnicos) se unam e sintam que o que não nos mata torna-nos mais fortes. Talvez esta "violência" de derrotas seja a melhor mensagem para interiorizar que para ganhar títulos é preciso outra atitude, mais querer, mais humildade, mais garra, mais valorização do coletivo em detrimento do talento individual que a imprensa tanto empola.
Esta "experiência" e a aprendizagem advinda é demasiado valiosa para deitar abaixo e querer construir tudo do zero. Ainda por cima quando há competência, quer dos técnicos quer dos jogadores. Apenas surge o desafio mental para a próxima época: ser um rolo compressor e conquistar tudo o que deixamos escorregar por entre os dedos.
O medo e as cautelas trouxeram sempre dissabores ao Benfica com Jesus. Sempre que abdicou da sua identidade para montar um sistema alternativo mais cauteloso trouxe sempre mau resultado. É preferível apostar num sistema sempre mais racional, do que jogar em 4-2-4 a época toda e querer que nos jogos a doer em 4-5-1 os jogadores tenham a mesma disponibilidade mental e a mesma alegria a jogar.
Espero sinceramente que os benfiquistas se unam e percebam que podem crescer com esta época...

Pedro disse...

Edson,

Pronto ok aí dou-te a razão, para mim resultados neste contexto era a títulos que me refiro...

Não Edson, não acho que o discurso esteja relacionado com a derrota, mas em minha opinião o facto de JJ falar assim e falhar, leva a que esse discurso se vire contra ele...como eu disse ser ambicioso e arrogante não é a mesma coisa...não concordas que há discursos mais humildes que podem mostrar ambição de forma positiva? Para mim é isso que JJ não tem...e isso sai-lhe caro em minha opinião!

Ah e depois tens mais um factor, até que ponto este tipo de discurso de JJ não serve de mote à motivação adversária?

Pedro

Pedro disse...

"não-ganha - empata ou perde - 10"

O problema é que esses 10 são os decisivos ou contra equipas de igual valia. São os que representam o fracasso em termos de títulos.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Exacto Cole! Estou contigo na maioria dos argumentos. Só eventualmente divergimos (um pouquito) na questão do modelo.

Benfiquista Tripeiro disse...

Exacto, Pedro. De que vale dar 6 ao nacional e 4 ao guimarães se em 8 jogos contra o porto ganha só um 1?

Anónimo disse...

Miguel, por curiosidade mas principalmente porque preso bastante a tua opinião, qual seria a tua escolha para substituir o Jesus caso ele realmente saia? Achas que o Paulo Fonseca tem capacidade já para assumir um desafio destes e o Peseiro?

B Cool disse...

20133/14 - 56 jogos, 39 vitórias, 11 empates e 6 derrotas. Acho que estás um bocado confundido Pelé

B Cool disse...

2012/13 56j, 39v, 11e, 6d
2011/12 52j, 34v, 11e, 7d
2010/11 56j, 37v, 5e, 14d
2009/10 51j, 38v, 7e, 6d
total 215j, 148v, 34e, 33d
v-69%
e-16%
d-15%
1 campeonato, 3 taças da liga

É isto Pelé, e não 70 vitórias em 80 jogos porque isso corresponderia a 88% de vitórias, ou seja teria que ter tido mais 40 vitórias e olha que se as tivesse, teria muito mais títulos ...

É bom, mas não é a última coca-cola do deserto, caso contrário não teria perdido consistentemente para vilas boas e vítor pereira ... Se há melhor ? Só há uma forma de saber, é colocar lá alguém com os orçamentos à disposição que ele tem tido ...

E não, não é ingratidão, são muitas desilusões e ver um gajo contra uma equipa que nem consigo classificar, querer defender 1-0, diz tudo da mentalidade dele ...

Era isto que dizia Miguel Nunes, ser treinador é mais que saber de tácticas, é dominar outras componentes, como a psicológica, a liderança, a gestão do grupo e nisso jesus peca e muita.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Em 56 jogos - 39 vitórias! Epá é uma diferença do caralho em relação ao que disse lá atrás.

Ou também estou confundido acerca dos recordes que o homem bateu consecutivamente? Ou será que não sabes que o Benfica será cabeça-de-série na Champions? Podia ficar aqui horas a dizer as coisas boas que este senhor trouxe ao Benfica.

É perfeito? Não. Podia ter ganho mais títulos? Podia. Cometeu erros? Sim, sem dúvida. Mas eu não vou entrar mais nesta discussão porque pessoas como tu só olham para o chão e não vêm mais nada à frente.

Tu achas que os treinadores de futebol são avaliados consoante os títulos que conquistam. Mas eu não penso assim. Aliás, tenho a certeza que esta é uma forma errada de olhar para o desporto de uma maneira geral.

Para mim o homem pode sair ou pode ficar. Dá-me igual porque o Benfica não vai acabar. Agora, a decisão não vai ser de certeza tomada segundo os teus argumentos. Não é uma decisão nada fácil. É uma decisão difícil. Super-difícil. O trabalho que o Jesus fez no Benfica deixou marcas a vários níveis.

Tudo o que vier a seguir tem de ser objecto de uma reflexão profunda e com alguma (a possível, pelo menos) ponderação.

Tu falas com os ouvidos. Não falas com conhecimento. Tu falas como adepto e com o coração nos cornos. Lamento dizer-te mas 90 por cento das pessoas como tu só dizem é merda.

Por outro lado, ninguém aqui está em condições objectivas de fazer considerações sobre psicologia, liderança ou "gestão do grupo". És um cozinheiro - como diria o Mourinho.

Para não te fazer um desenho podes ir ali ao lado e pressionar o link "Jorge Jesus". Tem 84 entradas com quase tudo - tirando algumas, poucas, ideias com as quais não concordo - o que penso em relação ao senhor. Não fui eu que escrevi.

(Pelé é a tua tia. Estás mesmo confundido.)

B Cool disse...

Quem puxou a questão dos números foste tu, eu apenas me limitei a mostrar que os números não são aqueles que tu invocas, se a verdade te dói, põe gelo que melhora.

Os records a mim pouco me dizem, dizem-me mais os títulos que em 4 anos são manifestamente poucos tendo em conta o contexto.

Ninguém está em condições de fazer considerações sobre psicologia, liderança ou gestão de grupo ? Permites-me ao menos que faça as considerações sobre o que resulta do que não me permites fazer considerações ?

Quanto ao resto, tendo em conta o estado alterado como escreves, lamento mas não vou perder mais tempo a responder-te, não vale a pena