quarta-feira, 15 de maio de 2013

FC Porto x SL Benfica. 1a parte.

57 comentários:

Anónimo disse...

Miguel Nunes, é sempre um prazer ler os seus posts.
Sou portista e vi o jogo no Estádio.
Como também joguei futebol profissional, estive, desde o início, atento à postura táctica das equipas.
Subscrevo tudo o que refere na sua análise.
Desde bem cedo que percebi que o Benfica estava tacticamente perfeito e muito bem trabalhado, sob o pnto de vista defensivo.
Também no estádio fiquei convicto que o 1.º golo do Porto se trata de um lance em que o Artur é muito mal batido; a bola simplesmente não pode entrar ao primeiro poste.
Não obstante o que referi em cima, não julguei adequada a forma como o Benfica jogou no Dragão.
Revelou sempre pouca ambição em vencer o jogo e jogou sempre na contenção.
Esta não me pareceu a melhor abordagem a um jogo desta natureza, sobretudo quando a mesma é aplicada a todo o tempo de jogo, pois há domínios do jogo que o treinador não controla, como sejam os erros individuais e as bolas paradas.
Lembro-me, por exemplo, que a melhor oportunidade do jogo (para mim) foi um livre do João Moutinho que o Jackson falha o cabeceamento quando está livre de marcação e só tem o Artur nas suas costas.
Isto é a prova evidente que mesmo com o controlo do jogo o Benfica não podia assegurar o controlo do resultado.
Daí que considere que o Benfica deveria ter tido outra atitude táctica perante o jogo se não quisesse estar sujeito aos imponderáveis do mesmo (como o que se verificou no lance do golo já nos descontos).
No fundo, venceu (com muita felicidade, diga-se) a única equipa que procurou vencer.

Tiago disse...

(1/2)

Quando analisares a segunda parte, vais ver claramente que o lance do segundo golo do porto só surge devido a um GIGANTE ERRO COLECTIVO, primeiro a nível posicional, fortalecido por más decisões a nível individual na recuperação das posições defensivas.

Aos 90 minutos e 47 segundos de um jogo em que o Benfica estava quase a garantir um dos resultados satisfatórios surge um erro tremendo:

1- Três defesas ficam para dois médios do Porto(OK, aceita-se, mas...);
2- Dois médios mais à frente, para um médio do porto, que rapidamente se colocaria como terceiro avançado (três para três);
3- Os restantes cinco jogadores do Benfica estavam DEMASIADO e DESNECESSARIAMENTE adiantados, num simples lançamento lateral no meio campo do porto, diminuindo as possibilidades de recuperarem e assumirem posições defensivas.

90minutos52segundos:
1- O Maxi, que era um dos três defesas do Benfica, adianta-se para pressionar o Kelvin que era portador da bola. O Benfica ficava então com apenas dois defesas para três avançados. O Maxi nunca devia ter saído a pressionar o Kelvin sem CONFIRMAR se algum dos médios estaria próximo e capaz de o substituir na defesa de três. Mal por mal, seria muito melhor o Maxi ficar na linha de três, esperando o que viesse mais próximo da zona nevrálgica da defesa.
Mais... o Luisão, para compensar o Maxi, sairia a pressionar o Liedson que viria a recuperar a bola. Mais valia o Luisão ter ficado quieto na linha defensiva, porque a sua presença a meio dificultaria o passe de ruptura para o Kelvin. NO entranto, em 3 ou 4 segundos nenhum médio PERCEBEU ou conseguiu respeitar a urgência de recuperarem e compensarem a deslocalização de Maxi e Luisão.
2- O Benfica já tinha quatro médios atrás da linha da bola, mas todos mais preocupados em olhar para a bola do que em recuperarem o controlo do terreno defensivo junto à área. Se em vez de olharem para o Kelvin a passar para o Liedson, tivessem corrido para a zona central da entrada da área, não teriam sofrido o golo.
2.1- O Roderick, devia ter corrido para alinhar com os dois defesas, ocupando o espaço para onde seria feito o passe do Liedson, que desse modo seria interceptado com muito mais probabilidade. O Roderick não correu a ocupar esse espaço, e provavelmente foi para isso que ele foi lançado no jogo. MAs em vez de se preocupar com a sua função, ficou a olhar para a bola, que o Kelvin passaria ao Liedson.
2.2- Pelo menos um dos médios do Benfica deveria ter sprintado para se colocar à frente dos defesas, em posição central, a controlar alguma compensação necessária. Matic, ou Enzo, ou fosse quem fosse!

Resumindo:
O Benfica é uma equipa muito bem treinada, que mostra em muitos momentos que os jogadores sabem exactamente o que têm de fazer.
Mas aos 90.47, até aos 91, os jogadores tiveram 10 DEZ segundos de PARAGEM CEREBRAL, que lhes custou um título!

(1/2)

Tiago disse...

(2/2)

Mais:
Não percebo a opção (não sei se dos jogadores ou do JJ), de aos 91 minutos de um jogo, num lançamento de linha lateral, terem cinco jogadores completamente plantados no meio campo do porto, incapazes de recuperar a tempo para o contra-ataque que o porto faria.
Porque não manter 6 ou 7 jogadores atrás (4 defesas e 2 ou 3 médios), e apenas 3 jogadores a preocuparem-se com aquele lançamento de linha lateral?!?
Mesmo que esses 3 jogadores perdessem a bola (por exemplo, Cardoso, Aimar e Salvio/Enzo),
o benfica teria 7 jogadores atrás, a três minutos do fim (MAxi-Luisão-Garay-Almeida-Roderick-Matic-Salvio/Enzo), completamente capazes de anular o contra-ataque do Porto... que não aconteceria, pelo que o Porto teria de fazer ataque organizado onde raramente colocou problemas ao Benfica.

Porque é que o André Almeida não recuou para a linha defensiva, deixando que fosse o Salvio/Enzo a marcar aquele lançamento para o Cardoso, com o Aimar por perto?
Se o tivesse feito, mesmo que perdessem a bola, não estariam descompensados atrás...

Naquela altura, o Benfica tinha o jogo da mão e deixou fugir.
Foram 20 segundos fatídicos que determinam o desfecho de uma época.

Este lance põe em causa também a ideia de que o Benfica só estava a jogar à defesa.
Como é que uma equipa que só joga à defesa põe 5 jogadores num lance lateral a 3 minutos de acabar um jogo que garantiria uma óptima posição para conquistarem o campeonato?!?
O Porto, a três minutos do fim, marcou em contra ataque!!!
Uma equipa concentrada e equilibrada, aos 91 minutos de jogo, manteria sempre PELO MENOS 6 jogadores mais o GR só a defender.
Só os restantes três ou quatro é que poderiam sair ao ataque, próximos uns dos outros, para tentarem manter posse de bola.

NÃO COMPREENDO.
Provavelmente sou muito burro.

Adoro o JJ, respeito muito. Mas este erro, dele ou dos jogadores, não compreendo.

rsa disse...

Excelente analise o Benfica fez um jogo quase perfeito jogando com o resultado curioso que a equipa que precisava do resultado pouco ou nada fez para desmontar a estratégia do Benfica e ganha o jogo....
Artur?? Acho que depois do PreudHomme é o melhor guarda redes que passou pelo Benfica pode melhorar sem dúvida, a jogar com os pés o lance com o fcp na 1ª volta tirou-lhe muita confiança mas não acho que tenha culpa no golo a bola resalta e pronto, o golo do Benfica também é uma carambola sem culpas.....
Já o 2º golo do fcp que me dizes da troca de Ola por Aimar desmontado o meio campo ? Afinal faltavam 5 minutos porque não Urreta?

André Almeida está feito um grande defesa e é a prova da competençia de JJ .

JJ é um grande treinador mas os resultados são o que são e é por aqui que quem decide têm que pensar são 4 anos de grande exibições um excelente trabalho mas no fim são os outros que ganham e isto para o adepto....

Anónimo disse...

acho um pouco curiosa a analise a situação no momento em que o Varela faz o golo - o Benfica tem muita gente na área, bem distribuida, só que... o Lucho está a frente do Luisão pra dar o toque na bola que a desvia pra dentro do golo! claro que não aconteceu assim, e que não é evidente que se o Maxi não tocasse o Lucho chega lá, mas o Luisão está sempre do lado errado dele.

globalmente, o Benfica só se aguentou defensivamente porque o James está muito longe do seu melhor (já desde a lesão). todo o mérito para o Porto (inclusivé equipa técnica) não só pelo jogo muito conseguido (o Benfica então não teve um lance que fosse para golo do jogo jogado), mas sobretudo como conseguiram manter a cabeça fria e não se deixaram condicionar pelo antijogo do Benfica, que não quis apenas não perder, mas que no fundo não quis jogar o jogo.

Miguel Nunes disse...

http://www.futebolmundial.net/equipa/chelsea-a-lupa-nao-este-nao-e-o-chelsea-mais-fraco-dos-ultimos-anos

Não tive tempo de ver o Chelsea, mas deixo aqui um link

Aza Delta disse...

Miguel Nunes, se defendes que o Jesus esteve impecável, com explicas que o Benfica não tenha criado uma única oportunidade em bola corrida?


Dizer que o Artur é muito mal batido também me parece arriscado. o desvio que a bola sofre é traiçoeiro.

MC disse...

Tiago, subscrevo quase tudo o que escreveste, passando pela abordagem trágica do maxi (era só fazer contenção) e pela lentidão absurda do roderick (se um central sai do meio o médio tem imediatamente de ocupar o espaço central vazio). em dois comportamentos básicos falhados foi-se tudo (sendo certo que o remate do kelvin, bom, se calhar em outros 10 não acertava mais nenhum). dizes que havia demasiados jogadores na frente e que isso põe em causa a ideia de que o benfica estava a jogar à defesa, mas sabes que isso não é verdade. o benfica jogou de facto mais interessado em cumprir o processo defensivo do que propriamente em transitar rapidamente para o ofensivo (ainda que nos momentos de transições def-at do slb o fcp tenha sido sempre fortíssimo a cortar os lances, recorrendo à falta sempre que necessário - coisa que o slb também poderia ter feito nesse lance fatídico, aliás). mas também é verdade que esta equipa não está propriamente habituada a passar grande parte do jogo sem bola e, se já jogaste futebol, sabes que o esforço (mental e físico) que isso exige é redobrado e basta uma desatenção para as coisas deixarem de funcionar. mas o miguel saberá dizer isto muito melhor do que eu, de certeza

Miguel Nunes disse...

anónimo, em 5 mil lances q ali chegassem ao pé do Lucho n entrava um único na baliza do SLB. Ia marcar golo como mesmo?! nem percebi o q estava ali a fazer o argentino. Só se a ideia fosse estorvar e fingir q tocava p deixar a bola passar e enganar alguém. Agora ele em 1000 dali desenquadrado, nc meteria a bola dentro da baliza

DC disse...

Na minha opinião acho que podias também focar-te no outro ponto de vista. Ou seja, quando o benfica tentou sair a jogar e não conseguiu, o porquê de ter chutado tantas vezes a bola para a bancada.
A ideia com que fiquei é que sim, o benfica defendeu bem mas esteve péssimo na saída para o ataque porque o Porto esteve enorme na pressão e no posicionamento.

Miguel Nunes disse...

O FCP é mt forte. O SLB ofensivamente foi o q eu esperava, pq a verdade é q o FCP n deixa respirar. Mm assim ainda sairam p o meio campo ofensivo mais x q as q eu pensava q iam conseguir.

Defensivamente n vou dizer q teve mt bem (e teve) ao contrário do q esperava, pq o jogo foi qs igual a Leverkusen. lá teve a ponta de sorte q n teve no Dragão. É futebol.



Miguel Nunes disse...

e já agora, quem diz q o SLB devia ter ido p o Dragão como costuma jogar contra as outras equipas, são os mm q criticam qd o SLB perdeu por jogar tudo ao ataque em jogos na Liga dos Campeões. O SLB n teria a minima hipotese de ir dividir o jogo c FCP ao dragão. Até na Luz é complicado.

LGS disse...

Miguel, achas que Oblak pode ser uma solução para a próxima época do Benfica?

Apesar dos erros que lhe apontas, o que achas do Artur?


Abraço

Miguel Nunes disse...

http://www.marca.com/multimedia/primeras/13/05/0515.html

Miguel Nunes disse...

http://www.marca.com/multimedia/primeras/13/05/0515.html

Miguel Nunes disse...

Acho o Artur bom guarda redes. Melhor no SLB em alguns (largos?) anos. Mas está longe do nível do Helton. Aliás, o FCP nem sabe, mas terá um problema grande qd o brasileiro sair...

cfsp disse...

Miguel, não consegues disfarçar a tua Clubite!:)

Devo dizer-te q na minha modesta Opinião -não percebo do 'jogo' como tu-, a grande arma do Processo Defensivo SLB, foi na primeira fase Construção, e no modo como as Relações q dão começo ao Processo de Criação foram anuladas.

A articulação setorial e intersetorial é bem clara, mas não é mais do q disputar um jogo para não o perder! As TO foram sempre um caos, com dificuldade para meter o 2 passe, sem espaço nas costas, e com AV pressionado no Apoio frontal.

Como sabes, a Organização, é um meio para, apenas! O q aconteceu no golo de Varela, é o melhor e mais recente facto disso.

Era importante focar q o Processo Defensivo do Porto, foi tão ou mais conseguido q o do adversário!

Gostava de saber a tua Opinião sobre esta matéria.

Sim, JJ não tem culpa, mas fez por isso com uma estratégia usada no Dragão por todos os 13 restantes 'incompetentes' Clubes da prova.

Ab

Deusébio disse...

Boas Mister :)

Mais uma vez, parabéns pelo Post!

Só uma pergunta...

Não achas que o FCP, com a cultura de posse que VP implementou, é pouco objectivo em ataque organizado?

Para um leigo como eu, a postura do SLB foi: Toma lá a bola e brinca que não fazes mossa... E em ataque organizado não fez!

Acabou por correr mal... mas acho que em 10 jogos com estas caracteristicas, o SLB perde 1, se perder... Concordas?

Abraço

Miguel Nunes disse...

Deusébio, conhecemo-nos?

Acho q o VP tem sofrido com a ausência de James. E defende tão bem no pouquissimo tempo q n tem a bola q em qs todos os jogos basta marcar um golo para ganhar. E n é fácil passar 90' sem sofrer golos do FCP. Sobretudo para as outras 14 equipas da Liga.

Não concordo, pq qd n se tem a bola controla-se o jogo, mas como disse alguém ai em cima, n controlas o resultado. Sem bola, mm estando bem, estás sp sujeito a uma fatalidade. Mas acho q em 10j com estas caracteristicas o SLB faz melhor q em 10 jogos a querer assumir-se ofensivamente.

abraço

António Almeida disse...

o que acho mais piada em todos os comentários, neste ou noutros posts é o pensarem que adivinham o clube do Miguel, cujo primeiro nome nem é Miguel, se me permites dizê-lo, e pensarem que isso se reflecte no que escreve

E aposto que mais de oitenta ou noventa porcento das pessoas que lê o blog está enganada em relação ao clube que ele apoia. Eu até sei que algumas simpatias surgiram por motivos profissionais.

É apenas errado quando se vem para um espaço desta qualidade condicionado.

A propósito não percebi se ele hoje é do Porto ou do Benfica... O que percebi foi que não se enganou em relação ao poderio do FCP qd todos aqui o queriam "matar" com os elogios feitos ao Porto qd o SLB saltou para a frente...

Anónimo disse...

se em 5 mil lances o Lucho não fazia golo ali, pergunto-me como o Maxi conseguiu que teve um ângulo ainda mais complicado... não digo que é uma oportunidade daquelas que não se podem falhar, mas se o cruzamento passa é uma oportunidade clara na mesma, e não fica tão bem ao central estar escondido atrás do adversário.

até convém ao FCP que os benfiquistas continuem a acreditar que temos tido sorte, mas sorte tiveram eles que em zero jogadas de ataque perigosas marcaram um golo.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Acho piada algumas pessoas virem dizer que o Benfica não teve nenhuma hipótese... E o Porto teve alguma?

O FCP teve alguma jogada de perigo em organização seja nos jogos da Luz ou do Dragão? Sem teve, foram poucas, e não foram no jogo de sábado.

Como já foi por aqui dito (e eu concordo plenamente) as duas equipas demonstraram uma enorme competência táctica. Foi um jogo super-interessante.

Não concordo com aquilo que se escreve aqui do Artur. Então mas em Paris o Helton deu um frango danado. Também foi por causa disso que o FCP foi eliminado da Champions? (Podia ter ficado em primeiro lugar do grupo!)

No primeiro golo do Porto posso dizer que o Artur foi mal batido mas a bola é super-complicada e traiçoeira... Quantos pontos deu o Artur ao Benfica? Vários. E na Liga Europa? Decisivo. Portanto, estes argumentos são para mim uma falácia.

Uma das imagens fala do lance em que o Helton dribla o Salvio. Sabem o que pensei quando estava a ver o jogo? Que o Salvio foi um anjinho. Que o Salvio foi à queima sem necessidade... Que os jogadores do FCP, num lance igual, tinham pelo menos feito falta no guarda-redes.

O jogo terminou com um grande golo e um momento que faz parte deste jogo que parece simples - mas essa é outra falácia.

Deusébio disse...

Olá Mister,

Não, infelizmente penso que não nos conhecemos ...

obrigado pelo teu ponto de vista!

abraço

Anónimo disse...

Sou o Anónimo (Tiago S.) que colocou o primeiro comentário a este post.
O Miguel disse aqui uma coisa muito relevante e que parece contrariar o que eu havia afirmado.
É que o Benfica a jogar ao ataque contra o FCP, tenderia a perder a maior parte dos jogos disputados entre as duas equipas.
Eu concordo em absoluto. Acho ainda que a única forma de o Benfica sair do Dragão com pontos era jogar na contenção e assentar a sua matriz de jogo sob o ponto de vista defensivo.
No entanto, e é aqui que eu sublinho que tal conclusão não é contraditória com o que afirmei, considero que o jogo do Benfica podia ter tido uma vertente mais ambiciosa e ofensiva, sobretudo nos momentos em que o Porto revelava mais desorganização defensiva e um pouco mais de ânsia face ao decorrer do tempo.
Senti que o Porto esteve sempre confortável sob o ponto de vista defensivo, o que fez com que a equipa nunca se tivesse desorientado de uma forma perigosa nem abdicado dos seus princípios de jogo.

Bruno Lopes disse...

Durante o jogo comentei com um amigo que a grande diferença do Porto neste jogo é que estava a conseguir receber sempre a bola entre linhas, ou seja, entre a defesa e o meio campo do Benfica, aparecia Lucho, Moutinho, James, Jackson e até Fernando a receber a bola não teria sido uma melhor substituição assumir o Matic como trinco e colocar o André Gomes em vez de meter o Roderick (que não jogava a titular em quase nenhuma equipa da 1ª divisão) ?

Continuação de bom trabalho para este blog de referência

Miguel Nunes disse...

obrigado, Bruno. Concordo com a apreciação ao Roderick, mas devo referir que o A.Gomes naquilo q mais falta/faltou ao Roderick, não lhe é superior (agressividade sobre o espaço)

LGS disse...

Miguel obrigado pela resposta mas faltou a opinião sobre o Oblak. Achas que pode ser superior ao Artur? E será que está pronto para aguentar a responsabilidade?


Já agora, eu até posso aceitar a responsabilidade do Artur nesses pontos que dizes que ele custou ao SLB, mas a verdade é que ele garantiu outros tantos com defesas importantes. Se ele não tivesse as falhas que apontas seria um GR quase perfeito, não? Mas isso não existe...


É de facto injusta a posição de GR (principalmente comparando com qq outro jogador de campo) se não falha está apenas a fazer o que lhe compete, se falha é um vilão...

Miguel Nunes disse...

Vi só alguns jogos do Oblak, contra os grandes. NEsses jogos é mais fácil um gr evidenciar-se. N tenho opinião formada... É muito jovem, não estaria a salvo dos erros determinantes de Artur. Que como disse em cima, continuo a achar o melhor no SLB em alguns anos. Mas a verdade é q n se podem apontar culpas a um treinador qd tem um gr que oferece mais de metade dos pts q a equipa perdeu na época...

Anónimo disse...

"em 5 mil lances q ali chegassem ao pé do Lucho n entrava um único na baliza do SLB" ..
assim como o slb perdeu o campeonato em 20 segundos tambem num instante se perde toda a credibilidade.

LGS disse...

Pois, percebo o que dizes.

Não critico JJ, acho qté que tem feito um trabalho extraordinário e pôs o Benfica a jogar como há muito não se via. É um estilo de jogo que entusiasma.

Mas, e pegando em algo que disseste há pouco tempo, "o modelo de jogo do FCP é superior" (superior é um bocado relativo, costumo dizer que é muito mais sólido/seguro, mas também menos entusiasmante. Os adeptos raramente "sofrem" durante os jogos, mas também pouco se entusiasmam -excepto aquando de algum lance individual de grande qualidade.).

Posto isto, achas que o caminho mais rápido/eficiente para o SLB finalmente conseguir superar o FCP passa por o JJ mudar radicalmente o modelo (duvido que o faça) ou apenas por fazer pequenos ajustes? Ou nada disso é assim tão relevante e no fim os jogadores e a sorte é que têm influencia? O modelo actual do Benfica está condenado a ser sempre "derrotado" pelo do Porto?

Desculpa o bombardeamento com perguntas, mas quando se tem alguém com o teu conhecimento aqui tão "à mão" é dificil resistir à tentação de buscar algumas respostas. :)


Abraço

-37! disse...

A grande diferença entre Artur e Roberto, é que devido à experiência, evita sair a diversos cruzamentos, resguardando-se de erros que poderia ser imputáveis a ele.
Falhou diversas vezes esta época (Estoril duas vezes, Beira-Mar, Porto, etc) e esses erros valeram pontos importantíssimos que poderá ser a diferença entre ganhar e perder o titulo.

Para quem não sabe, Artur fez a primeira época completa como sénior no... Benfica.
A esperança tem um nome: Oblak.
Vi cerca de 15 jogos dele ao vivo, e é um guarda-redes assombroso. Também pagou-se 2M€ por ele, quando tinha 17 anos.

hertz disse...

Sendo tu uma pessoa que percebe enormidades de futebol, custa-me ver-te dizer que o Benfica perdeu x pontos por causa do GR, Artur. Sendo um jogo colectivo não é demasiado injusto querer pôr as culpas todas num só jogador porque cometeu um erro (afinal são humanos)? Concordo 100% contigo que não se deve culpar o treinador nestes casos pois, afinal, são situações que ele não consegue controlar. Mas, volto mais uma vez a dizer, não me parece correcto atribuir assim as culpas "Artur custou x pontos". E depois lá está, um GR pode fazer umas 50 defesas de outro mundo durante o jogo todo mas sofre um golo em que é mal batido, em que comete um erro, e caem-lhe logo todos em cima. Por exemplo, o Lima contra o Estoril falhou lá pelo menos uns 3 golos feitos mas no final do jogo apenas falaram no Artur (eu pessoalmente não acho que tenha sido um frango, podia ter feito melhor, mas é um lance complicado para os GR). Ninguém disse "ah e o Benfica perdeu pontos por causa do Lima".

masterzen disse...

Miguel Nunes,

Já disseste várias vezes que o SLB não conseguiria ganhar jogos assumindo-se ao ataque no Dragão.
Deixo-te aqui um desafio, na próxima época serias o Manager do SLB com plenos poderes para decidir tudo e trabalharias apenas com uma premissa do presidente, assumir uma postura ofensiva em todos os campos e especialmente no Dragão como forma de acabar com este ciclo vitorioso/motivacional do Porto sobre o Benfica.

Que medidas tomarias para que isso acontecesse? Que jogadores terias que contratar? Que modelo de jogo assumirias? Que esquema táctico montarias?

Abraço e não pares de escrever!

Miguel Nunes disse...

epa oh anónimo, mas tu achas q algum jogador do futebol mundial no vértice da pequena área de costas p a baliza com um adversário encostado atrás marca golo? Mas tu és louco?!

Vai lá ao utube procurar um golo dali nas condições em que está o Lucho. Pode ser de qq campeonato europeu, sulamericano, profissional, amador. Arranja-me um golo naquelas condições pq em mts mts mts anos de vida nc vi nenhum.

Hertz, exagerei um pouco, claro. Foi mais para dar a perceber q o SLB perdeu ptos por algo q o treinador n controla. Pelo individual.

Master, 4x3x3 :) se pudesse ia buscar o Danilo, Alex Sandro, Helton e Moutinho ou Fernando. :)

Bruno Lopes disse...

é verdade que André Gomes têm essa falta de agressividade, mas ao contrário de Roderick não é Central ou trinco, por isso disse que baixando Matic, agressividade e inteligência que sobra,e fazendo André Gomes de Matic (só na inteligência, claro) talvez tivessem conseguido segurar o empate.

masterzen disse...



Miguel,

Os jogadores do Porto não contam! Tens que ir busca-los a outros clubes e tens que saber de antemão que no Sporting também não os podes contratar.
Estou curioso acerca do que seria a tua estratégia.
Ps: Não abuses no valor contratações que o dinheiro não estica ahahah

Anónimo disse...

Oh Miguel vai dormir:
http://www.youtube.com/watch?v=7daYAouV3IM

Credibilidade sempre a descer .

Miguel Nunes disse...

anónimo, serás tu tão, mas tão, mas tão burro que não entendes que acabaste de me dar razão?!

Anónimo disse...

"mts anos de vida nc vi nenhum"
Vai à Merda, grande hipócrita desonesto.

Miguel Nunes disse...

agora já vi, e acabaste de me dar razão, mas como és tão burro não percebeste. É que és mm burro, nc vi nada igual.

Anónimo disse...

Mas como tu vejo todos os os dias, és um catedrático.

Mas compreendo, gosta de descontos.

Rodrigo disse...

LOOOOOOOOOOL CABURRO!!!!!

Acho que o video postado demonstra o pq da afirmação. Consegues arranjar mais golos assim? CABURRO!!!!!!!!!

e moderar os comentários de gente burra, não?

Gonçalo Ruivo disse...

Dali não se faz golos / Traz um dos melhores por qs impossivel golos da história do futebol

É melhor não dizeres que os guarda redes não devem tentar marcar de baliza a baliza, pq se o disseres trago-te eu o video


loooooooooooooooooooooooooool

Burrice épica!

Miguel Nunes disse...

vá, tenham calma, o nosso anónimo só tem 12 anos e não merece ser tratado como o acéfalo que é...

Anónimo disse...

ahaahhahahahahahah

Tão burro. E melhor, diz q o Luisão que estã entre o adversário e a baliza está do lado errado LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

alguém explique a esse burro que se marca entre o jogador e a própria baliza LOOOOOOOOOOOOL tipo... os putos de 6 anos já sabem isso

Caciano disse...

http://www.youtube.com/watch?v=a9rY65B1qgY

Miguel, vc diz que é impossível golo de baliza a baliza?

Seu hipócrita desonesto

kakakakakakkakakakakakka

Anónimo disse...

Ainda agora acabaste de sofrer um golo do vértice da área.
Para mim é difícil encontrar outro video porque só vejo os descontos.

Miguel Nunes disse...

sabes anónimo, o futebol n é PS. Se estás virado para um lado, não consegues por magia fazer a bola ir para o outro. Eu sei que tu nunca deste um chuto sequer na bola, é por isso que estás a comparar um golo de um tipo bem enquadrado, de frente p a baliza e sem oposição à possibilidade de haver alguém de costas para a baliza num vértice da pequena área (e c adversário em cima...)a fazer golo. Acho que só tu ainda não percebeste o pq de teres trazido um video que comprova a minha versão de um óptimo posicionamento defensivo.

Continua a aparecer, mas esforça-te por aprender, para evitares ser chacota por aqui...

Anónimo disse...

Chacota é o que tou a fazer contigo.

Voltar?!!Oh pá, aquilo do catedrático era ironia.

Miguel Nunes disse...

volta lá... vá lá, ou então diz-me onde escreves que eu quero seguir-te como me segues a mim. vá lá...

looool burro

António Almeida disse...

não percas o teu tempo com retardados, Miguel

Anónimo disse...

Caro miguel nunes depois desta exibiçao do Benfica na final da taça uefa como explicas que contra o Porto tenha tido tanta dificuldade em construir jogo?Nao poderia ter tido uma atitude e prestação identica?

Cumprimentos
Daniel Santos

Miguel Nunes disse...

Fácil :)

mas vão aparecer ai os malucos todos a criticar a opinião, como apareceram qd o FCP caiu com o Málaga, depois de ter apelidado o FCP de equipa de nível mundial...

O FCP é mt superior ao Chelsea. Além de que sabe perfeitamente como anular, pelo conhecimento que tem, o SLB. Ao contrário do Benitez.

Anónimo disse...

Parece-me que o benitez nao percebe e de nada...se nao tivesse jogadores que individualmente sao superiores teria sido trucidado...Podemos considerar que o Porto nao parecendo contra o benfica tambem esteve brilhante nos momentos de transição ataque-defesa e em processo defensivo?

E ja agora se porto e benfica juntassem os planteis poderiam ser um fortissimo candidatos à champions?

Daniel Santos

Pedro disse...

"Não é o treinador que joga"

Mas é o treinador que faz substituições não é?

Renato Rodrigues disse...

Miguel, achou que não faz sentido nenhum o Benfica levar um golo de contra-ataque aos 92m, quando tem o campeonato na mão. O Tiago logo num dos primeiros comentários faz uma análise acertada aos vários erros defensivos dos jogadores. Esses sim erros individuais. No entanto, o Roderick nunca devia lá estar. Estavam Melga e André Gomes no banco, logo foi um erro tremendo meter o Roderick. O Jesus é muito bom, mas tem um fascínio estranho por rapazes altos e espadaúdos. Dêem-lhe um Emerson ou um Roderick e ele perde a cabeça

Anónimo disse...

Miguel Nunes, a 2ª Parte está a caminho?
Abraço e obrigado por estas relíquias a que nos proporcionas.