domingo, 19 de maio de 2013

"Vitor Pereira tem de continuar!"

Lucho. Um dos mais inteligentes de sempre em Portugal.

Curioso é haver quem ainda não perceba o tremendo valor de quem em três anos de equipas técnicas do FC Porto somou apenas uma derrota para o campeonato nacional.

53 comentários:

DC disse...

Sem a menor dúvida. ficarei extremamente desapontado com a direcção caso o deixem sair. O Everton agradeceria certamente.

hertz disse...

Para ele é óptimo que fique no Porto porque depois de ver a bipolaridade dele nas conferências de imprensa e principalmente este último jogo digo aqui, mais uma vez, que se ele sair do Porto não terá sucesso e não vingará no estrangeiro. Lá fora não há uma estrutura como a do Porto, um sistema e uma CS a barrer para debaixo do tapete lances como o 1º golo em Paços. Isto é um blog de futebol e não queria estar aqui a falar em coisas extra mas quando não é o futebol dentro das quatro linhas que ganha fica difícil dar o mérito.
O VP é muito bom tacticamente? Ok. Então e o JJ também não é? Pois. Era trocá-los de clube e queria ver o VP sequer a dar luta.
Volto a repetir. Ele quando sair do Porto simplesmente desaparece do mapa futebolístico.

Anónimo disse...

Inglaterra, 4 anos de contrato, 3 milhões por época. qualidade paga-se!
o próximo: fonseca

Roberto Baggio disse...

Subscrevo Lucho e acrescento:... Por muitos anos...

Anónimo disse...

O ladrão é campeão! eheh

e antes que o miguel diga, o vitó e o porto pró ano serão os maiores candidatos á liga dos campeões! mesmo se o messi fosse pró Bayern!

Curioso é que haver (espera aí, tu foste à escola?) quem ainda não perceba como é que uma falta fora da área dá penalty!

e não é que este gajo esteve no Apito Dourado???!! no Apito Dourado fdx e ainda arbitra jogos e ainda por cima arbitra jogos da corrupção?= e agora responde o miguel, este vitó sabe muita da bola pá!

beijinhos lá pra casa ***

Anónimo disse...

loooooooooooooooooooooooooooooooool que blog de comedia..todos ou nem todos tipo burros como voces sabem bem pq so teve 1 derrota em 2 campeonatos..continuam a tentar encobrir a corrupçao seus lagartos nojentos filhos da puta

O Bandido disse...

os aziados que aqui comentam, desdenham da qualidade do treinador.. Devem estar melhor servidos por um autoproclamado catedrático que anda á três épocas seguidas a morrer na praia.

rsa disse...

Este blog quando fala de futebol até vale a pena mas achar que vitor pereira é um grande treiandor Lol
A sério a carreira sucesso do vitor pereira acabou hoje.

Qualquer encartado é campeão no campeão da corrupção (penaltie? bola na mão ? para o fcp as regras são diferentes)

Se por exemplo o Benfica e o fcp trocassem de treinadores a unica coisa igual seria o fcp campeão de resto vp não chegaria ao Natal no meu clube ele é muito fraquinho a sério, o ano passado se não fosse o Paulinho Santos e o Lucho a partir de Janeiro nunca teria sido campeão quanto a este ano olha agradeçe á carreira do Benfica na Liga Europa ( o desastre com o Estoril foi consequênçia disso ).

T disse...

Exacto, depois de um jogo em que o Porto estava à rasca, a ver o Paços tomar conta do jogo, e eis que o Hugo Miguel que amarelou o Aimar por sofrer falta na grande área contra a académica (o benfica tinha 4 pontos de vantagem e ficou só com 1, nessa altura!)...
... o mesmo hugo miguel consegue punir o jogador do paços por não fazer falta, marca penalty a um lance em que se existisse falta seria fora da área, e ainda por cima expulsa o jogador!
Brilhante Hugo Miguel!
O Pinto da Costa na tribuna riu-se. (Tudo normal)

E tu vens falar da competência do Vitor Pereira?!?

Quem é o treinador que não ganha campeonatos assim? O Couceiro?

Este blog está a ficar podre.

Anónimo disse...

Caro Hertz,

Não percas o teu tempo!!!

Abraço. João Alves

Anónimo disse...

É só aziados, irra. E engraçado que quando se rebatem os argumentos sobre os lances deste campeonato sobre os quais urram, e se contrapõe com as vitórias tangenciais com penalties roubados no último instante, ou de penalty contra o último classificado e penalty roubado por mão do Luisão, ou das Capeladas, ou até quando perdem pontos e mesmo assim são beneficiados como naquela primeira parte do Estoril.


Mas já sei que não vale a pena. Aziem filhos da puta... E continuem assim!

Anónimo disse...

Eu queria ver o vitó no Benfica, era capaz de ainda ficar atrás deste sporting. pró ano vai treinar um panathinaikos ou algo parecido e se ficar lá uns 3 meses já é uma vitória!

Anónimo disse...

eu cá pra mim, o miguel é da familia do vitor pereira eheh brincadeirinha

Anónimo disse...

oi oi eu aposto ctg que o vercauteren era campeão nos corruptos! bi, tri, tetra, os anos que fosse preciso, o vercauteren e o azenha eheh e não ganhávam a liga dos campeões se não calhasse eheh mas que eram os maiores candidatos a ganhá-la, sem dúvida!

hertz disse...

E deixando de lado os super influentes erros de arbitragem, há que analisar outra coisa, nestes 2 anos o VP praticamente só disputou o campeonato pois foi eliminado muito precocemente das outras competições, ao contrário do rival, Benfica.
1ª época: nem sequer conseguiu passar um dos grupos mais fáceis da Champions dos últimos anos e na Liga Europa levou 6-1 do City. Foi humilhado na Taça de Portugal pela Académica, ficando apenas a preocupar-se com o campeonato.
2ª época: mais uma vez um grupo fraco e claramente acessível e nem em 1º conseguiu ficar quando bastava um empate em Paris. Jogou contra o Málaga e apesar do golo deles no Dragão ser ilegal e ainda anularem um golo legal ao Málaga em Espanha, não conseguiu passar a eliminatória não aproveitando uma vantagem preciosa de 1-0. Mais uma vez eliminado cedo na Taça de Portugal e mais uma vez a concentrar-se apenas e só no campeonato.
Ora uma equipa como o Porto, com todo aquele plantel de luxo (e sempre com uns factores extra à mistura) a disputar apenas o campeonato era uma avaria era se não fosse campeão.
Como seria o campeonato se chegasse até ao fim da época, ou perto disso, a lutar por outras competições?
Tu dizes que o VP é grande treinador e eu acredito pois é uma pessoa que percebe muito de futebol que o está a dizer, mas como explicas tamanho fracasso na Europa e eliminação tão precoce do resto das competições?
O Jesualdo também tem décadas de carreira mas fora do Porto ganhou ZERO. É por isso que digo, o VP no Porto vive num mar de rosas mas quando sair vai sentir os espinhos e se tivesse uma mala de dinheiro (como diz o CR lol) apostava-o todo em como o VP não terá sucesso fora do Porto.

Anónimo disse...

O Porto estava à rasca com 0-0 aos 20 minutos? Com o teu clubeco empatado e depois a perder? E a mão jnexistente assinalada ao Varela que meteu a bola direitinha no Jackson na pequena área? Se tens melão mais vale nem vires aqui. Foi falta e seria vermelho, o Porto ganharia contra 10. "Se existisse falta"... LOL que puta de lata! Faz o deve e o haver e bem que ficavas prai a 10 pontos!

Anónimo disse...

Pah talvez... Com estas equipas sempre melhores de longe, é natural. Fora o facto de não festejarmos antes do tempo.

Anónimo disse...

Tem a ver com saber aproveitar os treinadores. Clubes de merda nem o Mourinho aproveitam, mandam-no embora depois de goleadas aos rivais.

O Jesus também é muito bom e não passou um grupo com Spartak e Celtic

Miguel Nunes disse...

pa...vou bloquear os comentários fora do âmbito do post...

há ai mts blogs para a clubite, este n é um deles.

Anónimo disse...

Era o melhor que podias fazer Miguel! Pessoal que queira vir para aqui comentar sobre o assunto do post perde logo a vontade.

-37! disse...

Pode-se falar em competência. E acho que VP tem, embora nunca chegue a ser um fora-de-série.
Isso é o trabalho feito durante a semana, que se reflecte no relvado.
Transições, bolas paradas, momentos de jogo, como a equipa se comporta nos 4 (ou 5) momentos dele.
Embora VP não tenha conseguido potenciar seriamente um jogador jovem do FCP nestes 2 anos, "bebeu" do trabalho e matriz de jogo que Villas Boas tinha implementado aquando da sua passagem pelo FCP.

Outra é não ver decisões de arbitragem completamente aberrantes a tornar este campeonato naquilo que VP bem disse: Sujinho, Sujinho.

James Rodriguez, o maior simulador de Portugal, arranca um penalty fora-da-área (como tinha sido o do Danilo nos Barreiros), exactamente como tinha tentado duas vezes contra o Benfica (aí as regras de simular faltas não deram direito a cartão).
Já para não falar dos lances de Alex Sandro, Mangala, etc etc.

Fica-me uma pergunta, se a lei que permite virem árbitros estrangeiros apitar jogos em Portugal foi aprovada, porque razão tivémos que levar sempre com os mesmo árbitros durante esta época?
Não seria melhor para Portugal, para a sua imagem (que lá fora infelizmente é pobre, como se pode demonstrar em Espanha) ter os melhores árbitros do MUndo a apitar os nossos jogos, aproveitando esses fins de semana para dar palestras/conferências a jovens árbitros?

Anónimo disse...

pa...vou bloquear os comentários fora do âmbito do post..

tas chateado rapaz?

Miguel Nunes disse...

tou jovem. o que aqui se faz não é falar de árbitros. É falar do futebol e da sua vertente individual e colectiva.

Anónimo disse...

podemos falar do hugo miguel então? essa máquina de desbloquear jogos?

Anónimo disse...

ah tu vives num mundo onde não existem árbitros num jogo de futebol, mas acreditas no pai natal?

Pedro disse...

e deixas passar comentários em que se diz aziem filhos da p***? olha o nível...

Anónimo disse...

ora fdx, se os corruptos podem marcar penaltys fora da área, podem bem dizer o que lhes apetecer não?

Miguel Nunes disse...

"Curioso é que haver (espera aí, tu foste à escola?) quem ainda não perceba como é que uma falta fora da área dá penalty!"

ai anónimo, só agora vi isto. Foi um lapso por estar a escrever outra coisa. Talvez não tenha ido à escola, e talvez os teus pais te tenham falhado à grande na hora de te educar. Lamento por eles e pelo nosso país.

JMM disse...

Custa "encaixar" como é que um treinador que ganha tanto pode ser tão desvalorizado. Contudo, não é dificil de entender se se perceber que é a atitude normal para com o futebol.

E não é só treinadores, jogadores também. Valoriza-se a personalidade e aquilo a que se chama raça acima de tudo o demais. O jogador A é mau porque não corre como se estivesse a jogar à rabia e o treinador Y é mau porque não domina a conferência de Imprensa. Em contrapartida, o jogador que corre muito é o maior e o treinador que controla as CI tem um grande futuro.

É assim no futebol, quando as equipas perdem é sempre culpa da "atitude", quando ganham é "raça". O futebol para o adepto é um jogo de MOTIVAÇÃO e portanto o treinador bom é aquele que o adepto acha capaz de motivar. Dessa forma, VP é mau porque um "banana" nas CI não pode conseguir motivar. Mais, a diferença no SCP pré e pós Jesualdo é uma questão de motivação. Jesualdo o motivador.

Portanto, 60 jogos com 1 derrota é fácil de analisar: a derrota é porque o VP não sabe motivas, as vitórias? Toda a gente ganha no porto.

Rui Sousa disse...

Não sou do FCPorto, mas os números falam por si

Campeonato 2012/2013 14 golos sofridos! Não venham a dizer que o campeonato isto e aquilo, pq é mérito.

Ora vejamos, os golos sofridos pela europa:

Porto 15
Bayern 18
Paris SG 22
CSKA 22
Juventus 24
Atlético Madrid 30
Ajax 31
Man City 34
Galatasaray 35

M disse...

Miguel, permite a pergunta(ou algumas em sequencia) de um assíduo leitor que de futebol pouco sabe e por aqui passa para ir aprendendo alguma coisa com aquilo que escreves...

não consideras a arbitragem um elemento do jogo futebol? negas a importancia da mesma e o modo como esta pode ou nao, em pequenos pormenores ou vicissitudes de um jogo, por em causa o trabalho especifico de uma semana ou mes de trabalho que tanto defendes?

assume-se a genialidade de certos jogadores como elemento destabilizador que pode fazer a diferença num minutos ou dois face a um trabalho sério e específico (um gajo prepara uma equipa para anular e superar tactivamente o
Barça e depois, o Messi dribla 4, parte aquilo tudo, mete batata lá dentro e fodeu-se trabalho todo) e depois, erros da arbitragem não existem e não contam para nada.

2 temporadas sem derrotas...poder-se-ia dizer o mesmo com a marcação de várias penalidades contra e a não marcação de várias a favor? nunca saberemos....

agora simplesmente retirares da equação a arbitragem como factor muitas vezes decisivo de um jogo de futebol (ou factor que não devia ser decisivo!!!!) é,para este teu leitor assíduo, algo que turva qualquer análise que faças...

abraço

No.Worries disse...

A sério? Depois de mais um campeonato oferecido pelos árbitros o que é destacado é o drogadinho do lucho (em marselha nem andava, agora graças à vitamina casagrande parece que tem 20 anos, hehehe) dizer que o vitó tem que ficar? Portanto como em duas/três épocas só somou uma derrota vamos fingir que não andaram a jogar com as mãos dentro da área, é isso? Se isto fosse um blogue de ciclimo o Armstrong era o maior, porque interessava era as vitorias, não a forma como se tinha lá chegado. Gostava de saber um dia que o teu filho chegue a casa em lágrimas porque foi vergonhosamente prejudicado pelos árbitros se tu te revoltas ou não, se te juntas ao sofriento dele ou se dizes que o que interesa é a vertente individual e colectiva do futebol. E já agora, e por também eu sou pai, gostava de saber: há quem minta aos próprios filhos e diga que o fcp ganhou com mérito, ou dizem a verdade? Acho que todos nós temos a responsabilidade de dizer às gerações futuras a verdade sobre este clube e as suas vitorias forjadas e vitaminadas. Mas isto é só para quem não mente lá em casa...

Pedro disse...

Havia tanto para falar mas faltam as forças. Os erros entram pelos olhos dentro com uma velocidade fulgurante...

Quem me dera estar errado e tu certo. O estado de espírito, hoje, seria outro.

Pode ser que as forças voltem e possamos debater tudo o que há a debater.

Miguel Nunes disse...

M, eu n retiro a arbitragem, apenas n a considero nas avaliações para o blog. Como n considero mt os resultados, mas a forma de lá chegar (pelos modelos). Foi por isso que me trucidaram por ter elogiado o FCP qd estava a 4 ptos de atraso e tinha sido eliminado pelo Malaga e afinal...

Sobre a eliminação com o Málaga, até ai há uma lição. Criticaram-me por dizer q foi azar, uma parvoíce de uma expulsão a determinar quem foi eliminado. Mas ontem, qts após a expulsão do Paços n perceberam logo que tudo estava terminado? Eu percebi-o logo. Mas lá está, eu tb considerei determinante p o insucesso europeu esse cenário...

M disse...

não vi jogo de Paços (e ja agora, nem o da Luz, fui carpir mágoas em prova BTT no Alentejo) mas o jogo percebeu-se que estava terminado com um penalty inexistente e a expulsão e questão acaba por ser essa...ficaria com a percepçao de estar tudo terminado com golo normal, fantástico, às 3 tabelas, sei lá..mas não, é um golo, ilegal, que arruma a questão do título!!! Como já foram outros...


A expulsao em Málaga foi incorrecta? jogaria o Porto do mesmo modo em Espanha sem ter ganho o jogo cá com o golo marcado como foi, apesar da superioridade(face aos números, questionável face a oportunidades)?

falamos de erros de arbitragem que prejudicam e que condicionam resultados, confiança, colocam em causa trabalho e métodos do mesmo....e acima de tudo, vice-versa!!

acabo por ir percebendo o que queres dizer e tua postura...é um discurso de treino, sobre futebol e/ou sobre jogo específico...que depois bate na realidade de tudo aquilo que não está escrito, pensado ou controlável dentro do terreno de jogo.

abraço, keep up!

Diário de um Dragão disse...

Não quero acreditar que Pinto da Costa vá cometer o erro de mandar Vítor Pereira embora. Já seria um erro não renovar mesmo que VP não tivesse sido campeão. Sendo campeão é uma injustiça de todo o tamanho.

Para que é que serviria mesmo fazer aqui contabilidades de arbitragem? Para encher egos? Já não chegam todos os outros blogues para isso? Ainda bem que este não é mais um desses blogues e se centra no futebol jogado, quer seja Porto, Benfica, Sporting, Barcelona, Bayern, etc.

hertz disse...

Antes da expulsão do Defour já o Málaga ganhava 1-0 (podia ser por 2 se não lhe fosse anulado um golo limpo) e controlava o jogo. Não me parece que a expulsão seja desculpa quando o Porto não foi capaz de marcar um único golo legal (que foi validado) e sofreu 3 golos legais (1 mal anulado). Tanta bola, tanta bola no Dragão e o Willy foi praticamente um espectador. Em Espanha, Málaga a jogar muito e a merecer claramente, não só a vitória, como também a passagem na eliminatória.

portista_amadorense disse...

Por mim se continuar, só com o reforço do plantel. Não nos podemos dar ao luxo de ter mais um banco pobre. E há que despachar os velhos e lentos, sim tou a falar de Lucho e Varela, ou o nosso 4-4-3 vai se tornar obsoleto. Por mim as alternativas ideais seriam Manuel Fernandes e Licá, que acha Miguel Nunes?
Outra questão que me preocupa diz respeito a Jaackson Martinez, sim foi o melhor marcador mas nos últimos jogos a sua qualidade regrediu drasticamente, cada vez que ele recebe a bola de costas dá-me uns nervos, tem que trocar a bola mais rápido, quem sabe se não funcionava melhor em 4-4-2 ou com um 10 atrás para combinar.

-37! disse...

afinal... esta vitória do FCP é apenas mais uma que é conquistada, não por mérito desportivo, mas por situações extra-futebol.

O FCP foi eliminado claramente pelo Málaga. Durante a eliminatória beneficiou claramente de 2 erros graves da arbitragem (golo fora-de-jogo de Moutinho, um golo mal anulado ao Málaga) quando as equipas estavam a jogar 11 para 11.

Este é um titulo conquistado como no ano em que o Sporting perde pela célebre "mão de ronny", ou do ano em que o Benfica perde com o golo de Maicon, ou deste, que são tantos os casos (Mangala, Alex Sandro, 2 penaltys fora-da-área, os jogos Académica-Benfica, Benfica-Braga e Benfica-Estoril que por erros de arbitragem tiram 6 pontos ao Benfica).

Para culminar, a actuação de ontem do árbitro (o tal que vem referenciado no apito Dourado) consegue sentenciar completamente um campeonato.

O nosso campeonato já não passa em Espanha.
Ontem na Al-Jazzeera perguntavam-se como é que o Paços era a 3ª equipa do nosso campeonato.
E lá vamos nós assobiando para o lado, neste cantinho á beira-mar plantado...

Anónimo disse...

Portanto trocar o lucho pelo manuel fernandes?

EU ri-me...o miguel nunes riu-se mt mais acho eu...

Tiago Azevedo disse...

Aqui percebe-se muito de bola sem dúvida, mas às vezes ficam um bocado excitados pelos "bonitos". O Vítor Pereira é bom treinador e o Porto joga bem, sem dúvida nenhuma. Mas nas competições a eliminar tem tido uma carreira muito pobre! Será que ficar atrás do APOEL também foi azar?

E o que dizem do modernaço e inteligente Costinha que vai espalhar sabedoria para a 2a Liga? Ou da fantástica época do Benfica, apesar do modelo apelidado de suicida no início da época?

Parabéns e obrigado pelo blog. Aprendi mais sobre futebol aqui do que em anos a ver e ler sobre futebol

Anónimo disse...

-37!, arbitragem do benfica-estoril tirou pontos ao benfica? Lol do benfica-braga também?? Aquele em que ficaram a jogar contra 10 porque o arbitro confundiu o Douglao com o Custodio? O academica benfica compensou com o da segunda volta com um penalty inventado aos 94!

Ja tens sorte de nao ser conhecido como o campeonato das Capelas!!! Ate o exemplo favoravel aos lagartos vais buscar... Pq falar na mao do ronny quando o Ricardo em Leiria tirou uma bola 2 metros dentro da baliza?

zdamen disse...

Concordo que são dois treinadores de grande nível, e que provavelmente se equiparam em grande parte.

Mas se eu fosse presidente de um clube de futebol e a vitória do meu clube nos próximos 10 campeonatos dependesse do remate de um qualquer Kelvin desta vida, na quina da área, a 1 min do fim, eu estaria muito satisfeito. É uma posição excelente de se estar...

-37! disse...

Anónimo (sei lá quem és, é sempre complicado estar a discutir com um anónimo)

O golo do Estoril, apesar do frango do Artur é fora-de-jogo.
Com o Braga anulam um golo limpo ao Benfica por pretensa falta de Cardozo que não existe (dava o 3-2). Os dois penaltys inventados contra o Benfica em Coimbra (é estranho que faltas fora da área contra o Benfica passam a ser dentro, e com o FCP passasse exactamente o contrário.
O penalty sobre o Gaitan é claro, embora não o queiras vez.

Falas de um lance em 2005/06 num Scp-Leiria, e a célebre mão de Ronny foi em 2006/07...

Vale a pena discutir com anónimos, que só dizem disparates e mentiras?
Acho que não..

Cole disse...

Há mta competência de VP neste processo todo. No aspeto em que, aparentemente, é menos forte, a estrutura do clube dá-lhe um apoio tremendo (e.g. lidar com a situação de um jogador que é detido por conduzir sem carta, para que sem grandes alaridos decida o campeonato uns dias depois. Noutros clubes nunca mais calçaria depois do episódio na esquadra...).
O pessoal que continua a teimar nas arbitragens como único motivo para os anos e anos de títulos do Porto, vai continuar a levar na cabeça nos próximos anos sem saber o que lhe aconteceu. Espero que os dirigentes do Benfica tenham mais cabeça que a esmagadora maioria dos seus adeptos e saibam reconhecer todo o mérito de Jesus em aproximar o Benfica do Porto. Se as coisas se mantiverem assim vai ser a qualidade dos plantéis a fazer a diferença na decisão dos títulos. Espero que dos sérvios que aí vêm sejam uma grande mais-valia para a próxima época e que uma outra saída no Porto mal colmatada possa fazer a diferença no final. Caso contrário, daqui a um ano será mesma história: Porto campeão e os árbitros como a eterna desculpa...

DC disse...

não percebo como é que tanta gente que não liga absolutamente nada a futebol comenta neste blog.
Será para se sentirem um bocadinho mais inteligentes por comentarem num blog onde realmente a inteligência abunda. Será que pensam que ficam menos estúpidos por contágio?

Miguel, a decisão será sempre tua, mas deixares passar tantos comentários a falar sobre árbitros, pelo menos a mim, causa-me o problema de se calhar perder bons comentários no meio dos outros por não ter paciência para ler tanta treta.

Benfiquista Tripeiro disse...

Miguel, desculpa lá, mas consideras as arbitragens, sim senhor. Andaste um mês a dizer que o porto teve azar em falhar 2 penáltis, ou lá o que foi, senão ia à frente. Manda a coerência dizeres que teve sorte em converter um penálti/falta fora da área que lhe desbloqueou um jogo potencialmente muito complicado.
Ou não?

Carrela disse...

tanto melão falante... que gozo que dá!

Anónimo disse...

-37! ai agora pode-se tocar no Gr na pequena área? e pq que nao dizes que estavam a jogar contra 10 porque o arbitro "confundiu" o Douglao com o Custodio? e a expulsao forjada na segunda volta em Braga? E o penalty inventado aos 93 com a Academica que anula o único jogo em que o teu clube perdeu pontos prejudicado (academica fora)??

Vai ver o tribunal do jogo, não houve qualquer irregularidade no golo do Jefferson, e de qualquer maneira por essa altura já o Artur tinha feito uma grande penalidade a somar ao fora de jogo mal assinalado ao Estoril já com a baliza aberta e só encostar.

Mais a capelada, o beira mar, o proprio clássico... agora vai procurar os penalties roubados ao Porto no fim (não é aos 10 minutosm com hipoteses de reviravolta) nos jogos que empatou (pista: Gil Vicente e Rio ave), para não falar nos 3 foras de jogo com jogadores isolados ou quase no clássico da Luz, e os vermelhos perdoados aos do costume (maxi e matic)

Andre disse...

Miguel em relação ao jogo de Malaga não achaste um erro a titularidade de Defour?Ou a não de James?E Atsu não seria melhor que Varela?Ou seja, em relação ao Vitor Pereira parece-me ser um super treinador de campo mas em termos de discurso é muito fraco, parecendo que não prepara as conferências e que por vezes toma algumas decisões erradas.Parece-me que o modelo do Porto é muito forte mas em termos ofensivos Varela não causa o desiquilibrio necessário para chegar mais vezes ao golo.Por exemplo em Paços esteve excelente, mas quando apanha um lateral mais forte vacila.

Anónimo disse...

Ficar ou não ficar vai dar ao mesmo! Os proenças,xistras e migueis entre outros é que jogam e decidem!

Cláudio disse...

http://www.tacticzone.com/entrevista-com-vitor-pereira/

Anónimo disse...

A final mesmo num blog como este onde é para falar de futebol e unicamente de futebol na sua definição mais académica, ha sempre pessoas a poluir o blog com clubismo e fanatismo, é cansativo. Para me referir ao artigo, eu tive sempre mau olhar com o VP ao desejando o seu fim de ciclo no FC Porto, contudo tirando minhas analises a quente e sem nenhum fundamento concreto em termos de tática de futebol, com retrospectiva admito que se trata de um treinador muito inteligente (exceto nos mind game), cultura tactica de nivel mundial. Na minha opinião com o valor que ele têm e pelo o jogo apresentado este ano, nao esquecendo que os extremos estavam em baixa forma na segunda metade da época o que condiciono muito o jogo ofensivo do Porto, a sua permanecia nao seria injusta.

Peace