segunda-feira, 17 de junho de 2013

Os centrais de quem se fala. De Vitória a Dier, passando por Otamendi, Mangala e Ilori.

Otamendi. Custa "apenas" 15 milhões de Euros o melhor defesa central da Liga Portuguesa. Não tem o "hype" de outros, mas é certo que tem ainda mais qualidade. Fisicamente extraordinário, qualidade na leitura das diversas situações e velocidade nas respostas que dá a cada situação nova que enfrenta. Tecnicamente bastante bom. Próximo do nível de Garay, por exemplo, no passe, e com grande qualidade a sair em condução desde trás.

Mangala. A sair um central, deveria ser o francês o negociado. É um portento físico. Força e velocidade imensa a recuperar. Praticamente intransponível nas situações defensivas de 1x1. Menos qualidade na decisão em termos ofensivos. Ofensivamente menos capaz que Otamendi e defensivamente menor sentido posicional do colega, ainda que pela elevada qualidade física consiga disfarçar os erros que por vezes comete.

Steven Vitória. Com Dier e Ilori a revelação dos defesas centrais em Portugal. Algumas parecenças com Jardel nas qualidades físicas. Imbatível no ar como tanto Jorge Jesus aprecia. Fica por descobrir a velocidade na passada agora que enfrentará situações onde possivelmente se sentirá menos confortável (mais metros nas costas para jogar) e a adaptação ao modelo do Benfica (como, posicionalmente, ocupar o espaço com 3,4,5,6 etc atrás da linha da bola e em função do posicionamento desta). Tecnicamente mostrou-se capaz. Sendo importante perceber que emocionalmente é mais fácil estar confortável e confiante num clube de responsabilidades menores. Confiante é inegável a sua qualidade. Veremos como se adapta a maior responsabilidade.

Tiago Ilori. Potencial incrível para poder tornar-se no melhor defesa português da próxima década. Tudo o que precisa é de acumular experiência jogando. Errar, corrigir, voltar a errar e voltar a corrigir. Precisa de ficar ou de saber escolher bastante bem o destino para que possamos contar com Tiago no futuro na selecção. Qualidades técnicas e potencial físico imenso.

Eric Dier. Especula-se uma mudança definitiva de posição para o meio campo do jovem inglês. Uma má decisão. Para Dier e consequentemente para o Sporting. Talvez seja o Sporting a equipa com a dupla de centrais mais prometedora do futebol mundial (algo a perceber no Mundial U20 que está à porta), todavia, aparentemente poderá não chegar nunca a fazer uso dela. Nem para benefício próprio, nem para potenciar a evolução individual dos jovens em questão. Dier é um jogador tremendo, com qualidades extraordinárias para além das mais visíveis (técnicas e físicas). É um líder destemido de grande inteligência. Espera-se que essas qualidades o façam perceber onde poderá (como defesa central) atingir o "olimpo". E que faça questão de exigir que tratem da sua individualidade da melhor forma possível. Até porque será bastante melhor para o clube que representa (não só pelo maior potenciar de Dier, mas também porque há Rinaudo para a posição 6 de Leonardo Jardim) que assim seja.

35 comentários:

RuiCosta disse...

Parei de ler na 1ªparte do Otamendi...

joao disse...

Estamos perante o novo zandinga do futebol português.
E não deve ser nada Sportinguista.

hertz disse...

Pelos vistos a clausula do Otamendi é de 30M. Também o acho um grande central mas entre ele e o Garay preferia o Garay pois tem muito menos "paragens cerebrais" do que o Otamendi.

Na minha opinião o Mangala é o Bruno Alves francês. Trepa pelos adversários, dá cacetada à grande e assim vai limpando tudo na defesa...

Steven Vitória parece-me ser uma boa opção para 3º central. Veremos como se adapta a um grande.

Não sei se é verdade se o Dier vai para o meio campo mas se for será um erro de todo o tamanho. Para quê estar a estragar um central promissor? O Dier tem jogado a LD e a trinco só não joga é na sua posição. Porquê? Será porque está tapado por esse central estratosférico que é o Rojo? LoL

GBC disse...

Por acaso, até gostava (muito) de ver o Dier a trinco.

Numa linguagem simples: tem bons pés, bons argumentos físicos e técnicos e é inteligente. Parece-me "trabalhável" ali.

Se o Rojo ficar, vai quase seguramente ser titular. No final da época há o Mundial, e a ideia deve ser valorizá-lo para ser vendido no próximo Verão. Se ao lado do Ilori (era bom que ficasse) ou do Dier, não sei.

Se o Dier tivesse também de ser suplente este ano, não vinha mal ao Mundo. Vai para a (teoricamente) 1ª época de sénior, e se a ideia for valorizar o Rojo (ou até o Rinaudo, caso o inglês vá para MD) para depois vender e abrir espaço ao Dier, não acho mal.

Anónimo disse...

que neste momento o Otamendi dá garantias que o Mangala não dá é evidente, só que não sei se o Otamendi ainda conseguirá melhorar algum aspecto do seu jogo significativamente, enquanto no Mangala vejo ainda imenso potencial de crescimento... posso não perceber grande coisa do assunto (de facto acho sempre complicado avaliar as qualidades individuais dos jogadores desligadas do rendimento da equipa), mas a mim parecia-me que o Mangala tem talento suficiente para se tornar um central bem melhor do que o Otamendi daqui a uns anos

No.Worries disse...

O otamendi parece-me muito longe do nível do Garay. Então em termos de classe nem se fala.
O mangala faz mesmo lembrar o bruno alves (como disse o hertz) quer por ser um carroceiro, quer pela impunidade que goza no clube frutado. Parece o típico defesa caceiteiro que habitualmente se formam por aqueles lados.
Sim, concordo que o Vitoria vai ter que se adaptar a uma nova realidade, e se Luisão e Garay ficarem comçará naturalmente pelo banco. Acho só que faltou falar na sua capacidade ofensiva, pois o numero de golos é surpreendente para um defesa.
"Talvez seja o Sporting a equipa com a dupla de centrais mais prometedora do futebol mundial" - isto é a sério ou é piada?

Rearviewmirror disse...

Garay é titularissimo de uma das melhores selecções do Mundo.
E enquanto o seu nome é associado a 3/4 dos maiores clubes do mundo, Otamendi tem o clube de Madrid atrás dele... o Atlético.

Em relação ao Mangala, poderá ter o mesmo futuro de Bruno Alves, quando sair do FCP. Aqui faz-se tudo impunemente, lá fora não...

Andre Amaro disse...

"Otamendi apenas 15 milh~eoes" "dupla mais promissora" lolol este artigo não tem ponta por onde se lhe pegue...

Leão de Alvalade disse...

Miguel,

Concordo em absoluto com as análises. Naturalmente que o Otamendi, não correspondendo ao biótipo dos centrais da moda, causa muitas dúvidas ou até rejeição, por isso muitos poriam o outro matacão brasileiro que tem aquecido o banco. Felizmente que o futebol ainda vai premiando de vez em quando a inteligência...


Falando do que me diz respeito uma palavra para Jesualdo, porque há um Ilori antes de depois dele.

Quanto ao Dier, é um centralão mas percebo que o JF o tenha posto a jogar ali naquele momento era preciso consistência. Seguindo aquilo que aqui costumas dizer o Dier é daqueles que que até à baliza jogava vem, uma vez que tem compleição para o lugar.

Um pormenor dele no jogo em Barcelos que diz tudo sobre a sua concentração e compromisso com o jogo/equipa: (se escrevi já isso aqui, sorry)

O Ilori estava no chão e o Gil não mandou a bola fora nem o árbitro mandou parar o jogo. Este prossegue e na sequência o Dier tem de ser assistido em campo. Como a regra obriga a sair, o Sporting fica sem centais porque o Ilori ia demorar a ser assitido fora do campo. Como o jogo vai ser reatado ele apercebe-se que não há centrais e, mal sai, volta a entrar, Viu o amarelo mas o lance foi anulado.

Pedro disse...

Troque-se o nome de Ilori por Carriço e temos um grande deja vu nos análises à qualidade do jogador. Como tal desconfio. Não conheço o suficiente do jogador para opinar. Do Carriço viu-se que os elogios eram exagerados.

Ricardo Sala disse...

Excelente post, uma análise factual sem clubites (ao contrário de alguns comentários, no mínimo, tristes). Só não concordo com o facto de ser o Mangala o negociável até pela estratégia de valorização de activos por parte do FCPorto. Otamendi já mostrou valor, já deu títulos e vem aí o miúdo Reyes (por falar nisso, alguma análise para breve?). É certo que o francês impõe o físico, é a sua principal arma, mas violento? Caceteiro? Nem quero saber o que dizem do Maxi Pereira. Medo.
A dupla do Sporting tem valor e principalmente muito potencial, pena é a crise financeira do Sporting paralela à péssima gestão desportiva dos últimos anos. Rojo é para gerar mais valias e os miúdos passam a ser o esteio da defesa, mas sem alguém experiente que os guie e com a pressão dos adeptos provavelmente perdem-se...
O Steven acredito que vá ser mais importante no Benfica por ser português do que propriamente por trazer uma mais valia desportiva. Bom jogador, com perspectivas de futuro, mas quem tem um Garay (se ele ficar claro)...
Só ainda não consegui perceber como é que a dupla na selecção argentina não é Ota/Garay.

Anónimo disse...

Nem o PB nem os burros do beifica perceberam ainda quem é o Mangala... Compará-lo com o Bruno Alves deve ser só para mandar a referência que contra o Porto não se marcam faltas e é por isso que somos tricampeões e eles tri-melão... Já o Maxi, o Matic, o Luisão e o Cotovelozo são expulsos todos os jogos tadinhos...

E PB, o Otamendi é "fisicamente extraordinário"? O gajo é lento e baixo. Compensa é com a leitura extraordinária que faz dos lances.

Cinfães disse...

Apenas os antibenfica concordaram com o post, elucidativo.

Daniel Martins disse...

Também gosto do Otamendi mas não o acho melhor que Garay. Perde na serenidade e tem mais "paragens cerebrais" que o benfiquista. Sem o meio-campo de luxo que tem à sua frente, as falhas de Otamendi seriam ainda mais. De facto 15M por ele era uma pechincha, mas pelos vistos a cláusula dele não é assim tão baixa.

Se andam a oferecer pelo Mangala o dinheiro que os jornais dizem, não pensava duas vezes e vendia. Sinceramente não me convence, e não acho que ele evolua muito mais do que isto. Ainda para mais goza de uma impunidade por parte dos árbitros que só beneficia o seu jogo predominantemente físico.

Outro que devia ser vendido era o Rojo. Andarão mesmo atrás do argentino? Não é a toa que chamam "silly season" ao verão futebolístico...

Anónimo disse...

E que tal o Leonardo Jardim tentar uma defesa a 3? Rojo-Dier-Llori? Parece-me que fazer do Dier líbero seria o melhor de dois mundos (trinco/central).

Ricardo Sala disse...

...elucidativo da arrogância e prepotência dos adeptos do Benfica se calhar.

Anónimo disse...

Quando vão perceber que este blog é sobre futebol e não sobre clubes?

Há tantos blogs para espalhar a clubisse por aí...

Manuel Humberto disse...

Ilori com bola tem mais qualidade que Dier (é mais fino). Nessa medida subscrevo que é desaconselhável utilizá-lo (Dier) no meio-campo. É estarmos a trocar um central muito bom por um médio à frente dos centrais assim-assim, quando para a posição já existe Rinaudo. Além do mais, não é expectável que no 4-3-3 de Jardim caibam Dier e Rinaudo em simultâneo (para bem do futebol que queremos jogar espero que não caibam). Encaixá-lo por norma nessa posição será prejudicar a carreira do jogador e o contributo que como central pode dar ao Sporting.

- 'Tiago Ilori. Potencial incrível para poder tornar-se no melhor defesa português da próxima década'.

- 'Dier é um jogador tremendo, com qualidades extraordinárias para além das mais visíveis (técnicas e físicas). É um líder destemido de grande inteligência. Espera-se que essas qualidades o façam perceber onde poderá (como defesa central) atingir o "olimpo". E que faça questão de exigir que tratem da sua individualidade da melhor forma possível'.

- 'Talvez seja o Sporting a equipa com a dupla de centrais mais prometedora do futebol mundial (algo a perceber no Mundial U20 que está à porta)'.

Mais nada.

PB disse...

anónimo das 16.53. A altura n é uma característica física. Sobre a velocidade, não o tenho por lento na verdade.
E percebo bastante bem o que é o Mangala. É um defesa com potencial fantástico, mas c vários erros posicionais pq mtas vezes confia em demasia no seu físico. Espreita o golo do Uruguai com a França, por exemplo.

anónimo das 17.08 por norma, n concordo c líberos...pq permite ao av esconder-se atrás dos defesas sem q haja irregularidade

Gonçalo Matos disse...

Dier nesta altura, no processo defensivo, faz-me lembrar Chiellini quando era jovem. Além do mais parece ter bastante boa qualidade técnica e uma alma gigante!

Já agora, tens opinião formada quanto ao Neto? Foi bastante competente na selecção, tens conhecimento de como jogou na Rússia?

Concordo com o que foi escrito, bastante bom trabalho!

Anónimo disse...

Qual a vossa opinião sobre o Geromel?

Abraço,
JB

João Rodrigues disse...

Segundo o que li de algumas declarações do treinador sub.20 de Inglaterra deve por o dier a meio.campo

PB disse...

N conheço bem nem o Neto nem o Geromel.

João, na selecção inglesa u20 o Dier se calhar até a ponta de lança é o melhor. Não os conheço, mas arrisco dizê-lo

Chumbi disse...

Mais uma vez um excelente post! Aqui fala-se de futebol e não de clubes! Quem quiser discutir clubite vá pela internet fora!! há muitos tascos disponiveis!!
@Ricardo Sala: também pensava que a dupla argentina teria de ser o Garay e o Otamendi! Mas no jogo contra a Colombia jogou um central que está no Getafe (emprestado pelo Napoles) e gostei muito dele!! Nao consigo lembrar do nome!!
Na minha opinião acho o Tiago Llori muito bom!! Superior ao Dier!
O Steven Vitoria vai ter de suar muito mas acho que ele vem para o lugar do Garay!

Anónimo disse...

E o roderick? lol

José disse...

Dizer que Otamendi é melhor Garay é um erro escandaloso! Como é possível.. Garay talvez o melhor central que já vi jogador no Benfica e é inferior a Otamendi, o jogador que se "distrai" algumas (bastantes) vezes? LOL comédia mesmo..

José disse...

@Chumbi o central de que falas é o Juan Forlin, e não o Victor Ruiz (este sim, emprestado pelo Nápoles)

Jorge Fernandes disse...

1º Mangala é grande central mas é verdade que é um caceteiro de primeira.

2º Dier e Ilori são óptimos. Temos a melhor fornada de centrais saidos da Academia, arrisco-me a dizer de sempre. Ilori, Dier, temos o Tobias nas fornalha e ainda o Fokobo que é mais trinco.

3º Sim tem o Rinaudo, Mas acho que o LJ deveria estar muito atento ao Fokobo, acho que vai dar grande jogador.

Roberto Baggio disse...

PB, eu não acho o Ilori tão evoluído tecnicamente, pelo menos não o evidenciou em toulon, nas situações onde tinha pressão ou tinha de jogar rápido ou estava de costas para o jogo. Inclusive num canto que sobe, é batido muito largo, ele de costas para área sem sequer ver o posicionamento dos colegas, charuto para área.
Abraço

Luis Santos disse...

Gonçalo Matos, o Spalletti considerou o Neto como a revelação do ano. Vale o que vale, naturalmente.

Chumbi, foi o Federico Fernandez que jogou ao lado do Garay.

Luis Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

O central que tem feito sempre dupla com o Garay é o Frederico Fernandez que está no Getafe emprestado pelo Nápoles.

Ass: hertz

DC disse...

Para quem anda por aí a falar das distracções do Nico é favor rever o golo do Torres na final da liga Europa. Isto só para dar um exemplo porque o Garay também teve muitas.

Agora quem dera ao Garay ter a leitura e antecipação do Otamendi.
É um enorme central mas face à contratação de Reyes é normal que saia e faz sentido ficar com Mangala. Porque assim se mantém uma dupla com um central mais "fino" e outro mais possante para os duelos no ar.

Anónimo disse...

Vidic e Ferdinand discordam do comentário do DC!

DC disse...

Discordam porquê? Pelo contrário, Vidic e Ferdinand são 2 centrais mais físicos portanto só discordaria se eu estivesse a dizer que era natural ficar com Otamendi e Reyes e ter assim 2 centrais com grande qualidade técnica mas relativamente franzinos.

Mesmo assim, face às particularidades do futebol inglês isso acaba por não ter nada a ver com esta discussão.

Mas o que acaba por ser mais normal nas duplas de centrais é ter um mais forte para os duelos pelo ar (veja-se o que aconteceu entre Mangala e Cardozo este ano) e outro mais inteligente e com mais capacidade técnica para a saída de bola e organização da defesa. Veja-se a carreira do Carvalho por exemplo, sempre com um central "brutamontes" ao lado.