terça-feira, 11 de junho de 2013

Seminário "Da rua à competição" com Horst Wein


Organização da Academia SevenFoot / Sociedade União Primeiro de Dezembro

9 comentários:

O Regedor disse...

Desculpem o off-topic, mas o que acham das contratações de Pedro Emanuel para o recem-promovido Arouca e de Costinha para o pre-Champions Paços de Ferreira. Mostraram esses treinadores caliber para treinar estes clubes ou algo de incomprensível se passa no futebol português?

SLBenfica Vencedor disse...

Caro Miguel Nunes, venho desafiar-te para responderes a um off-topic (fiz o mesmo desafio no "Posse de Bolla"):


Será que faz sentido que tantos clubes da primeira divisão portuguesa tenham treinadores com carreiras associadas ao FCP?
Sabendo-se que não tinham treinado antes, e que os clubes da primeira divisão portuguesa arriscam pô-los a treinar mesmo sem terem experiência prévia em escalões inferiores durante pelo menos dois ou três anos?

Será que as contratações de Costinha, Pedro Emanuel, Sérgio Conceição, como antes de Nuno Espírito Santo e Jorge Costa, e Domingos são DEVIDAS ao seu talento e qualidade enquanto treinadores?

Serão eles melhores treinadores que muitos dos que se estão a formar em Portugal e que nunca ou RARAMENTE chegam a ter uma oportunidade para treinar os clubes mais mediáticos em Portugal (primeira liga)?

Não beneficiarão eles de uma certa protecção "extra-desportiva"?

São eles mesmo os melhores treinadores que Portugal tem?


Um abraço

Jorge Vicente disse...

Aproveitando a "deixa" dos comentários anteriores, estamos mesmo perante um verdadeiro "case-study". É de todo incompreensivel o numero de ex jogadores do fcp que nunca foram nada enquanto treinadores a liderar equipas da 1ªliga. Veja-se o caso do costinha: é treinador principal durante 6 meses, o clube que treina desce, e o clube que na época passada ficou em 3ºlugar vai buscá-lo! É mais do que flagrante que são apenas objectos para usar e deitar fora, como o foi o vitor pereira. E para quem inocentemente não acredita em sistemas corruptos, talvez com mais esta vergonha comece a abrir os olhos. É evidente que o fcp não confia no seu próprio trabalho e dos seus jogadores e técnicos, e como tal "semeia" ex jogadores para os clubes amigos, para depois ganhar facilmente, ou dificilmente, mas com ajudas dos hugos migueis que depois os treinadores prejudicados calam-se bem caladinhos. A juntar a isto o facto de que no fcp os jogadores são uma espécie de "armstrongs" como ficou provado pela entrevista/confissão do Casagrande, e temos uma competição desigual e uma verdade desportiva ferida de morte em Portugal. Mas pelos vistos há quem goste, talvez por saber que de outra forma não havia titulos nenhuns...

Mouraria nunca disse...

O Costinha é um peão do Bruno de Carvalho

ahahahahahahahahahah

coitados dos lagartinhos, é q já nem ao benfica fazem cocegas qt mais ao tricampeão

Anónimo disse...

Continuem com as teorias, estou a gostar.

Anónimo disse...

Como explicas então que metade dos treinadores da superliga sejam ex jogadores do porto? Coincidência?

Anónimo disse...

Também será coincidência que os treinadores exportados tenham sido todos do FCPorto? As melhores vendas de jogadores nos últimos 10 anos também? O único clube com sucesso internacional tenha sido somente este? Se calhar tudo interligado ajuda a explicar... mas realmente é um exercício que a vossa demência não permite alcançar e por acharem que está sempre tudo corrompido é que não ganham nada, mas por mim podem continuar assim, burros que nem tamancos...

Qualquer dia se o Primeiro Ministro for um parente próximo do primo de Pinto da Costa, também temos o país dominado pelo FCPorto.

Felizmente que este blog prima pelo futebol e os vossos comentários de nada valem no meio de tão bom conteúdo, é só pena que não haja um bot automático para banir estúpidos e ignorantes.

Um abraço.

Saber Sobre o Saber Treinar disse...

“No futebol, um grama de tecido cerebral pesa mais que cem gramas de músculo” Horst Wein

Anónimo disse...

LOL ó anónimo, quantos desses treinadores exportados tiveram sucesso lá fora? Pois.
As melhores vendas de há 10 anos sim, mas desde há 4 anos já a historia muda de figura.
E sucesso europeu então nos ultimos 4 anos vai ver o rank...
Mas mesmo assim o que é que isso tem haver com metade dos treinadores da superliga serem do porto?
Agora por serem jogadores do porto dão de certeza bons treinadores? Porque? Muitos nem o curso têem...