segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Mark Robins, from Hudersfield Town presents Crossing and Fininshing


31 comentários:

B Cool disse...

embora na última folha falem nas movimentações para o espaço, na primeira falam de movimentações para locais específicos independentemente dos adversários. faz sentido um treino assim ? o objectivo é mecanizar as movimentações ?

Miguel Nunes disse...

Sim. Embora apenas em alguns casos considere o cruzamento como uma boa decisão (ou por condição óptima de alguém na área, ou por ausência de outras opções do portador), fazendo-o, há que saber onde vão aparecer os colegas.

abraço

PP disse...

Bah!!!

"Primeiro estranha-se, depois entranha-se!" lá dizia o ditado, não é Miguel Nunes?

Para quem criticou-me noutro dia, que os cruzamentos era coisa do século passado... enfim!


@ B Cool: Faz todo o sentido e de preferência que quem vai cruzar faça-o num movimento contínuo, ou seja, sem esperar para ajeitar a bola e sem perder tempo a olhar para a área. É preciso visualizar sem olhar. Ter percepção do espaço.

O avançado ou o médio ofensivo é que têm de atacar o espaço para onde previamente está definido a bola cair. No caso das movimentações para o espaço, é para os avançados aprenderem a atacar a bola. No caso em que a bola tem de cair numa zona mais povoada é para também treinar o comportamento dos centrais nestes lances.

Só assim se consegue surpreender defesas neste tipo de lance. Caso contrário cai-se num "chuveirinho" redutor, o que facilita quem defende.

Em Portugal, e pela amostra do Miguel Nunes sobre esta temática, percebe-se porque não há "know-how" deste tipo de lances, daí que invariavelmente vemos os jogadores a terem aproveitamentos irrisórios deste tipo de lances.

Nem mesmo os avançados têm escola para se movimentarem na área, como há na Holanda por exemplo.

Miguel Nunes disse...

fogo, tu n consegues mm compreender nada...

vergonha alheia...

B Cool disse...

PP,
Se eu for treinador duma equipa adversária e analisar que os jogadores aparecem invariavelmente em 3 ou 4 zonas para finalizar os cruzamentos, eu vou ajustar os meus comportamentos defensivos para responder a essa prática.

ao invés, se os avançados procurarem os espaços livres entre os defesas e quem cruza procurar servir os avançados que entram nos espaços livres, será potencialmente um lance muito mais perigoso.

Esta é a minha visão, mas eu não sou treinador, acho é que voltamos novamente à temática do espaço, da criação de superioridade, neste caso o procurar o 1x0 para finalizar, e o posicionamento/deslocamento da equipa adversária.

Se houver condições para finalizar 1x0 faz sentido cruzar, senão, faz sentido não cruzar e atrair os adversários do centro da área para a lateral, para que através de uma circulação rápida da bola se criem desequilíbrios no outro lado do campo.

PP disse...

B Cool,

Eu só te descrevi o que o exercício pretende. O que estás a questionar é a praticabilidade dos movimentos em situações durante o jogo.

Como é óbvio, a tua equipa deverá ser capaz de interpretar isso durante o jogo e procurar reproduzir estes movimentos quando possível.

Mas, este é só um exercício que trabalha a qualidade do cruzamento e o trabalho no interior da grande área.

Há exercícios específicos para criação de espaços para um extremo ou lateral ter tempo e espaço para cruzar. O Benfica de Camacho fazia muito isso com o "soneca" e o Miguel. O próprio Barcelona faz isso para criar espaço para o Dani Alves ou o Alba subirem e centrarem.

Miguel Nunes disse...

Pensei que uma sessão de treino do Hudersfield da 2,3a ou 4a divisão inglaterra, sei lá eu, te sensibilizasse, mas tu n consegues mm entender nada.

"O próprio Barcelona faz isso para criar espaço para o Dani Alves ou o Alba subirem e centrarem."

Vergonha alheia...

José Augusto disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL vergonha alheia é pouco! Isto é mesmo confrangedor... És humilhado no posse de bola onde te perguntam se és o Valter, que pessoalmente me parece que até sabe mais de bola do que tu, és humilhado no Entre Dez, e ainda vens para aqui dizer que o Barcelona faz não sei o quê para cruzar? Epa, isto é a sério? Ou decidiste criar uma personagem que se fizesse passar por parva?! Fdx como é que tu queres que alguém te passe cartão ou responda quando demonstras ser um burro incorrigível?!

Vou retirar um pouco do comentário que te fizeram no entre dez

"quem é que disse que o futebol, por ser futebol, é algo de que qualquer um possa falar?"

Ultrapassa isso, pa! Pára de fazer essa figura de urso, quando é óbvio que não percebes absolutamente nada de futebol...

E pior que não perceberes nada é não aceitares esse facto e andares para aqui todo zangado com essas tuas teorias valterianas que envolvem movimentos do barcelona para cruzar. Para cruzar, fodasse! Tu és assim tão burro?!!? És! Óbvio que és... basta ler "primeiro estranha-se, depois entranha-se" porque estavas a ver um exercício dum ex Man Utd da década de 80 que envolve cruzamentos, e achaste que este blog estava a dizer que assim é que era...

Pára para pensar! Embora seja divertido, estás a envergonhar-te perante toda a gente!

Miguel Nunes disse...

Augusto, olha o mail que recebi ontem lol

"Os comentários no teu blogue sinceramente, lol, aquele PP a interrogar-te e a dizer que "metes os pés pelas mãos em futebol". Gente sem noção mesmo, idiotas totais. Estão em toda a parte, 99% da blogoesfera é isso"

"apetece-me partilhar uma boa parte deste teu mail, mas sem dizer quem é... lol

vê a ultima do pp"

"Lol partilha à vontade. Quanto a esse PP a internet é uma merda por isso, qualquer gajo sem noção mínima de nada fala e tem voz. Fui ver o blogue dele, no meio daqueles lugares vazios e análises de merda está lá o Blessing a comentar e a discutir ideias com esse idiota."

O Blessing é um romântico. Adora causas perdidas LOL é por isso que o posse de bola é bastante bom para trocar ideias.

Roberto Baggio disse...

Quem é o Blessing?

Pois esse gajo deve ser mesmo uma bênção para o futebol

Gonçalo Matos disse...

Olá Miguel,

Que pensas quanto a fazer exercicios sem oposição, como é o caso da primeira sessão que aqui apresentaste? Pessoalmente acho que não tem sentido, visto que a unica coisa que treinas é uma movimentação que normalmente não é complexa. Como jogador sempre senti que treino sem oposição é treino perdido.

Miguel Nunes disse...

Gonçalo, completamente. É treino perdido sobre todos os aspectos. Não ganhas de facto nada que possas usar no jogo e ainda tens os jogadores altamente desmotivados e desconcentrados...

futebol britânico... parado há 3 décadas...

Fernando disse...

Bem me parecia que reconhecia a escrita do PP de algum lado... É mais conhecido pela internet por Guerreiro ou SuperGuerreiro e tem uma atracção especial por jogadores como o Kaz Patafta, ainda esse potencial grande craque jogava no Benfica...

Fico feliz por ele ter conseguido finalmente ter o seu blog para descarregar as suas di... ideias.

Francisco Frutuoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Nunes disse...

Francisco, não percebi bem a pergunta. o método das imagens, como?

LOL Esse Kaz foi um junior qq do Benfica, n foi? mandava mta charutada lá para cima, era? LOL
Mas, tu só estás a dizer isso porque andamos nos workshops juntos LOLOLOL

Miguel Martins disse...

Boas.
Miguel Nunes: Como enquadras o post "jj vintage" nas actuais noticias que afinal o jj quer é livrar-se a todo o custo do Melga? "a internet é uma merda por isso, qualquer gajo sem noção mínima de nada fala e tem voz" a Internet é o que te dá algum reconhecimento, se não fosse este meio de comunicação ninguém te conhecia, excepto os adoradores, por isso deves respeitar mais a opinião dos outros. Não percebo como respondes da forma que respondes a quem tenta dialogar e aceitas e enalteces comentários que não fazem mais nada do que insultar!
Este post é sarcasmo? Pq é totalmente contra a ideia geral do blog!
No post sobre a criatividade do Hazard apresentas ideias contraditórias com o post da tomada de decisão. Espero que se perceba porque é um texto feito a partir de um apanhado de frases tuas.
"Cada lance é um lance e mesmo que na mesma fase do jogo, pode requerer respostas diferentes" ou seja, não é apenas a situação que interessa, ao contrário de "Quando um jogador toma uma decisão, apenas uma coisa importa. A situação de jogo em que está envolvido" sendo que mesmo para situações idênticas existem diversas decisões corretas.
Reconhecendo que "Os melhores jogadores na actualidade são os menos formatados", aqueles que fazem o inesperado e tornam decisões diferentes das preferidas do treinador, tornando-se por isso diferentes da maioria de "Cada vez mais jogadores incapazes de se soltar duma base mecânica que lhes foi incutida em demasiados casos por outrem."... devemos reconhecer que as decisões que nós idealizamos não são as únicas e por vezes nem as melhores e devemos concordar também que uma decisão incorrecta á partida "Se com um colega preparado para se isolar decidir driblar cinco adversários e for bem sucedido e terminar com um golo fantástico, tal não significa que eu decidi bem" pode resultar em sucesso e ser a decisão ajustada daquele jogador para aquela situação?
"Já se tomasse a liberdade de arrancar pela linha e tirar um cruzamento, mesmo que tivesse dado golo, teria sido uma má decisão, porque as probabilidades de chegar ao golo dessa forma são incrivelmente mais reduzidas do que fazendo a bola chegar a um colega enquadrado no corredor central só com a linha defensiva adversária à sua frente" é uma decisão criativa do jogador e a qualidade do jogador fará com que essa decisão se demonstre adequada ou não, pois se a taxa de sucesso for elevada a decisão, para aquele jogador, naquele contexto é correta!
José Augusto: Insultos muitos, argumentos e ideias 0.

Miguel Nunes disse...

Miguel, não percebes o pq da saída do Melgarejo? Lê para ai as caixas de comentários que o tema é tocado...

Miguel Nunes disse...

Ah, o post não é sarcasmo. É uma sessão de treino de um treinador. Há ai muitas... para quem me anda a ler há 3 anos, tens-te distraído! Fico desapontado, Miguel! Tens para ai igual com treinos do Mourinho, MArtin O'neal, e mais uns qts. E vão aparecer mais.

Apareceu ai algum comentário a dizer que concordava ou discordava com o treino deste treinador? ou isto e´como daquela vez que se diz q X tem mais potencial e tu dizes que foi dito q X é o melhor de todos? Começas a cansar de ser tão burro. E não, não discuto com burros. É por isso que tu e o génio da bola vão ficando sem resposta.

Fernando disse...

Foi um júnior australiano do Benfica que jogou 5 minutos num particular de pré-época qualquer e depois foi dispensado. Para o Guerreiro na altura era "o" jogador que completava a sua equipa.

No fundo nota-se que é um bom rapaz mas que lhe faltam conhecimentos para falar de futebol sem escrever barbaridades frequentemente.

Miguel Nunes disse...

e sempre foi assim mt sensível ao tema de toda a gente lhe dizer que não percebe nada de futebol, ou a patologia tem evoluído com o tempo? lol

Miguel Martins disse...

Não é eu não perceber a saída. É de que forma (tu) enquadras a situação actual (despacha-lo a qualquer custo) com o ponto defendido no Teu post (jogador tremendamente valorizado e melhorado pelo JJ), não na caixa de comments.
Há muitas sessões, mas não podes negar que esta é contra o sentido do blog! Em diversos posts dizes que não faz sentido treinar sem oposição e no teu modelo de jogo não dás preferência aos cruzamentos... até nesta caixa dizes: "É treino perdido sobre todos os aspectos."... ou seja fico a concluir que não sabes o que dizes pois negas-te a ti próprio, ou se calhar dizer que é tempo perdido não é discordar! Do Mourinho são de acordo com o sentido do blog!
Mais uma vez, volto a repetir, eu falo por mim, tenho as minhas ideias e apresento-as por mim, não tenho nem preciso advogados de defesa, não preciso de juntar uns amigos para insultarem alguém de modo a que as criticas desapareçam, e não critico ninguém apenas discuto ideias. Tens um blog em que 4/5 pessoas comentam para discutir a sério e os restantes vêm para aqui insultar quem tenta debater algo.
Quanto a parte dos insultos só te posso dizer que não sou teu familiar, por isso não sou burro. Aliás mais uma vez não tens um único argumento... para quem aparenta ter alguma formação mostras muita falta de educação! Costuma-se dizer para não discutir com um idiota porque ele leva-te para o nível dele e ganha por experiência... mas eu não vou baixar a esse teu nível, nesse teu nível perco por falta de comparência.
Responder a parte fundamental do meu comentário?

Pedro M Magalhães disse...

fds, acho que burros são vocês por acharem que o gajo, pp, fala a sério. perdem tempo a responder e não entendem que é tudo gozo da parte do gajo.

Miguel Nunes disse...

Já pensei nisso, Pedro!

Roberto Baggio disse...

Como é possível não perceber que a "situação" significa situação (com constrangimentos específicos)?
E é a especificidade dos constrangimentos que faz o lance, mas não é por isso que deixa de ser uma situação...

Miguel Martins disse...

Baggio: não sei se esse comentário e dirigido a mim. claro que uma situação é uma situação... tal como um ovo é um ovo. não percebi o que queres dizer... consegues explicar melhor ou de forma diferente.

Roberto Baggio disse...

Sim, tu disseste que havia uma contradição :
"Cada lance é um lance e mesmo que na mesma fase do jogo, pode requerer respostas diferentes" ou seja, não é apenas a situação que interessa, ao contrário de "Quando um jogador toma uma decisão, apenas uma coisa importa. A situação de jogo em que está envolvido"


Onde encontras a contradição quando se diz exactamente a mesma coisa, por palavras diferentes?

Roberto Baggio disse...

Ps: Espero que não te sintas novamente incomodado já que não foi dirigido a mim o comentário

PP disse...

Miguel Nunes,

Porque não publicaste o meu comentário?

É impressionante, como as minhas opiniões tiram do sério muita gente por aqui, ao ponto de irem procurar comentários meus noutros blogs.

A tua argumentação e dos teus "amigos" é apenas o insulto e continua a ser. Como se ao insultares-me tivesses mais razão.

Que mediocridade!

Miguel Nunes disse...

pp, qq coisa se passou, pq eu n rejeitei nenhum comentário teu. Nenhum mesmo, estou a ser sincero.

Mas, isso não significa que não vá acontecer daqui em diante, porque ao início tem graça, depois já só cansa.

Miguel Martins disse...

Baggio: tas a vontade. Acho que já deu para perceber que eu tenho uma atitude positiva e quero discutir ideias, não insultar e dar uma de ser o maior da minha rua. Se disse que não tinha percebido era mesmo porque não tinha percebido sequer do que estavas a falar.

Ora bem, eu escrevi (as aspas são citações de posts do Miguel Nunes): "Cada lance é um lance e mesmo que na mesma fase do jogo, pode requerer respostas diferentes (2ºpost)" ou seja, não é apenas a situação que interessa, ao contrário de "Quando um jogador toma uma decisão, apenas uma coisa importa. A situação de jogo em que está envolvido(1º post)" sendo que mesmo para situações idênticas existem diversas decisões corretas.

Significa: no primeiro post foi afirmado só interessar a situação e desse modo a cada situação correspondia uma decisão correta, no entanto posteriormente foi afirmado que a mesma situação pode requerer decisões diferentes... ou tem uma decisão correta ou pode requerer decisões diferentes... é contraditório. A minha opinião é que a mesma situação pode requerer decisões diversas e a quantidade de soluções que um jogador pode optar com sucesso na mesma situação é o que o diferencia dos demais.

Roberto Baggio disse...

A questão é a forma como tu entendes situação. E cada situação tem a sua especificidade. E nunca ele disse que a cada situação correspondia uma só boa decisão em concreto.
Há várias boas, e há algumas melhores. E há as más, que também não são só uma.