terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Jorge Jesus

O SL Benfica chega novamente a Março líder, nas duas semi finais das provas nacionais e perto dos Oitavos da Liga Europa. E ainda há quem pense que basta reunir um grupo de bons jogadores para continuadamente percorrer este trajecto. Ainda há quem pense que juntando onze bons jogadores em campo é suficiente para se continuar a vencer jogos atrás de jogos. Quando na verdade, sem um trabalho de enorme competência por trás de um treinador fenomenal do ponto de vista táctico, nada disto seria possível. 

Naquilo que o treinador controla, o SL Benfica está mais uma vez apto a ser bem sucedido. Se as bolas forem ao poste, os penaltys à figura ou o guarda redes facilitar oferecendo pontos, é futebol. 

Na época passada, foi sobretudo Artur que oferecendo metade dos pontos que Jesus perdeu em toda a época, fez ficar mal na foto o treinador do Benfica, que estaria hoje bem mais perto de ser campeão se Cardozo não falhasse em Barcelos um lance crucial. Mas quando corre mal, vão sempre atribuir-se as culpas ao mesmo. Aquele que possibilita e prepara a sua equipa como ninguém para que lá dentro estejam muito perto de fazer correr bem.

Aguarda-se com alguma expectativa a sua partida para outro clube para se perceber o que será. Um pouco como sempre fomos referindo em relação a Vitor Pereira quando liderava brilhantemente o FC Porto.

91 comentários:

Roberto Baggio disse...

Isso não serve para nada. Estar perto de ganhar não interessa, se no final perde. Ainda que consecutivamente ganhe a esmagadora maioria dos jogos, no final zero troféus. Mais valia continuar a somar terceiros e quartos lugares, chegando a esta fase da época sempre arredado do título. Mais valia que, havendo outra equipa com o mesmo poder financeiro (ou maior), com uma equipa fabulosa para o campeonato em questão, com um treinador super competente, ficasse com 20 pontos de atraso. E em Março, a Taça da Liga, ou a Taça de Portugal fossem a única forma de "salvar" uma época desportiva.

Anónimo disse...

em barcelos a grande penalidade nao existiu.

Paolo Maldini disse...

por aqui n tecemos considerações às que não existem e são marcadas nem às que existem e não são marcadas.

abraço

Andrea Pirlo disse...

A verdade é q os títulos são muito importante no futebol, para o negócio, ou seja para o extra-futebol. Se ele em 5 anos no Benfica, só consegue ganhar 1 campeonato, mesmo ter chegado a 1 final europeia, mesmo estando sempre nas decisões, isso no Benfica não chega. Os sócios e a SAD exigem títulos. E há que compreender isso.

Mas sinceramente, este ano o titulo não foge ao JJ, devido ao estado do Porto, e a qualidade q a equipa apresenta, muito bom futebol, gostei muito do Benfica ontem.

E na Liga Europa podemos esperar outra vez uma boa prestação.

rsa disse...

Claro que sim naquilo que controla JJ é do melhor que há Falha na gestão emocional dos jogadores acredito que os jogadores ao fim de algum tempo não queiram mais ouvir o seu nome
(exemplo a forma como geriu a situação de do Quim do Pablo Aimar ou como não percebeu a instabilidade de Artur embora o ano passado não tivesse alternativa...)
Outro exemplo Vítor Pereira com muito problemas na gestão de balneário mas que na altura a famosa estrutura do fcp se apressou a resolver (remodelação da equipa técnica chamada de Paulinho Santos e a contratação de Lucho)isso permitiu concentra-se no treino e resultado foi campeão duas vezes em condições difíceis.

Paulo Fonseca é doutro nível ainda está muito verde e não teve apoio.

Por incrível que pareça a época passada valeu pela montanha russa de emoções se quero repetir ? Não :)
Por isso espero que JJ e todo o seu staff tenha aprendido alguma coisa aproxima os meses decisivos.

NSC disse...

Se bem me lembro, foi neste blog que li, no final da época passada, que o clube que mantivesse o treinador (SLB ou FCP) seria o principal candidato ao título. Parece que sim.

Mas é difícil para muitos adeptos do Benfica perceber que o Jesus é um grande treinador. Há 3 anos pediam o Rui Vitória, no ano passado pediam o Paulo Fonseca, agora há quem peça o Marco Silva. Vão ser os primeiros a ter saudades do Jesus quando ele sair do Benfica. Coisa que espero que só aconteça daqui a muitos anos.

Ricsilva76 disse...

Eu reconheço o merito no aspecto tactico e na metodologia de treino, agora não posso deixar de referir que JJ é um treinador fraco em termos de comunicação e gestão de grupo de trabalho.
É o treinador que teve mais "ovos" nos últimos 20 anos de Benfica, embora reconheça que alguns jogadores ele potenciou ao máximo. No entanto os "grupo" dele ao fim de dois anos sofrem um grande desgaste devido á sua forma de comunicar.
Espreme um 11 do principio até ao fim do campeonato e no final paga sempre caro isso. Este ano parece estar a mudar um pouco, mas é raro fazer uma substituição antes dos 70 minutos de jogo.
O seu discurso é muito para quando ganha é a táctica dele e quando perde é os jogadores.
Psicologicamente nunca consegui vencer nos momentos de pressão e em luta directa com o FCP perdeu sempre nos momentos decisivos. Este ano o FCP está quase fora da corrida.
O seu Ciclo no Benfica já acabou há muito e por muito merito em termos tecnicos e tacticos que lhe reconheço neste momento, é a minha opinião que qualquer treinador minimamente competente com estes meios fazia o mesmo ou melhor.
Sem que interesse minimamente sou adepto benfiquista e para finalizar devo dizer que acompanho o Lateral Esquerdo há uns anos e gosto muito dos artigos que publicam e percebo que se baseiam em aspectos mais tecnicos e tacticos e não se revêm na clubite e no ataque apenas aos arbitros e aos "sistemas". E agora fico á espera da vossa opini~ao quanto ás minhas criticas ao JJ . Força. :)

Anónimo disse...

O autor do texto ignora "n" erros da responsabilidade do JJ.

Uma coisa é elogiar o bom trabalho do JJ, outra é ignorar os erros e utilizar desculpas esfarrapadas para os maus resultados.

Um treinador do Benfica (ou de qualquer outro clube de dimensão similar) não pode ser bom apenas a treinar. Isso é PARTE do trabalho. Ele deve também dominar a gestão emocional e física. Deve ter capacidade analisar o plantel e fazer os ajustes necessários (com a ajuda do scouting, claro está).

Dizer que o final horrível da época passada se deve a um pontapé do Cardozo ou um "frango" do Artur é tentar tapar o sol com uma peneira.

Termino apenas com um erro colossal que o JJ cometeu, apenas e só devido à sua própria incompetência, e que custou MUITO ao Benfica:

quando dispensou um bicampeão (Quim) através da televisão porque queria um GR que "valesse pontos". Pois, o Roberto valeu pontos... para os adversários.

De que vale ser "fenomenal do ponto de vista táctico" se depois comete erros desta magnitude?

Fenomenal a nível táctico? É possível que sim, mas isso não chega, se nas outras vertentes da sua profissão ele for fraco/medíocre.

Paolo Maldini disse...

sim, foi aqui que leste isso, NSC.

Miguel Barata disse...

Se falam nas quase-vitórias que não o foram por azar, também deviam falar nas vitórias que o foram por sorte, e dessas também há bastantes exemplos esta época (sobretudo no início).

Depois o "estar quase nos oitavos da Liga Europa" é (novamente) um falhanço, não uma conquista (e mais uma vez se se fala do azar em Atenas, devia-se falar da sorte em Bruxelas).

Portanto um único jogador é responsável pela perda de metade dos pontos da equipa na época, e que faz o treinador? Coloca-o como titular na época seguinte até ele se lesionar. Bate certo...


Não invalida que de facto o Jesus trouxe algo ao futebol do Benfica que provavelmente só com a saída dele se vai perceber que não é assim tão devido ao plantel que tem como se pensa. Mas em quase 5 épocas, os efeitos de sorte/falta dela deveriam tender a anular-se, e não é o que mostra a estatística.

Pedro disse...

Em Março JJ é o maior. Em Maio são os jogadores que não prestam. Assim é fácil.


Paolo Maldini disse...

Miguel, estás a dar demasiada atenção à sorte ou azar. Não era isso que pretendia fazer passar. Era mesmo o facto do FCP ser melhor que o SLB. Na época passada metia 3 jogadores do SLB no 11 do campeonato. Os outros 8 do FCP (e ainda deixava Moutinho de fora).

JJ liderou o SLB em 3 anos em que o FCP teve apenas uma derrota. Uma derrota em 3 anos. É mta competência... e mm assim ele esteve sp perto de quebrar o melhor FCP dos últimos 30 anos em q sp dominou em Portugal. Se lá estivesse outro, teria acabado as épocas todas a 15 ptos ou mais...

Roberto Baggio disse...

RicSilva76,

"é a minha opinião que qualquer treinador minimamente competente com estes meios fazia o mesmo ou melhor"

Sugestão para de treinadores "minimamente competentes", tens alguma?!

Paolo Maldini disse...

Pedro, os jogadores com JJ prestam 100x mais do que antes de JJ. Parece-me a mim que isto é tão óbvio como o Messi e Ronaldo estarem acima dos outros todos...

Bobe disse...

Este Benfica está preso por arames... Se JJ sai, começa a perder. Se LFV sai, vai por aí abaixo. Se Cardozo sai, já não marca golos.

Rui miguel fortes disse...

baggio ,o que melhorou no benfica a nivel defensivo e ofensivo deste ano ?

DC disse...

Só não concordo com uma coisa. Se o Artur comprometeu na época passada, também o Jackson comprometeu em vários penalties falhados.
Sem os penalties falhados contra Olhanense e Marítimo, o campeonato teria ficado resolvido bem mais cedo.

Isso não invalida que o JJ seja actualmente o melhor treinador em Portugal. Mas na época passada, os factores que não são controláveis, foram mais a favor do que contra.

Miguel Barata disse...

"Na época passada metia 3 jogadores do SLB no 11 do campeonato. Os outros 8 do FCP (e ainda deixava Moutinho de fora)."

Concordo (e até metia o Moutinho) mas mais uma vez é só parte da história. O 11 base era superior (na defesa então...) mas VP teve 2 anos com plantéis demasiado curtos. De cada vez que me lembro do banco do Porto no 2-2 na Luz...

Eu percebo o que querem dizer, e acho que muitos benfiquistas deviam fazer um ranking de pontos/jogo nos últimos 30 campeonatos do Benfica e ver quais foram as melhores épocas, para por as coisas em perspectiva.

Agora não dá é para branquear alguns falhanços sucessivos. Sim, o adversário era competente. Mas em dois anos consecutivos (e vamos ver o 3º) foram desperdiçadas vantagens consideráveis em alturas avançadas da época. E nem todos os desaires podem ser explicados com um FCP superior (campanhas na CL são um bom exemplo).

Roberto Baggio disse...

DC,

Os factores que não são controláveis, foram "iguais" para VP e para Jesus! A diferença é que o Benfica perdeu 3 competições no final, e o Porto ganhou uma.

Os pontos que VP perdeu no campeonato, a perda de fulgor pela lesão de James, a expulsão do Defour contra o Málaga, os penaltys de Jackson, tudo isso são factores que não se controlam, e tu isto foi falado aqui, quando o Porto estava em segundo, e toda gente queimava o VP.

Da mesma forma para o Jesus. Se o Porto não falha os penaltys, e o Artur não dá frangos, acabavam a época equilibrados na mesma. Nem mais tarde, nem mais cedo. Exactamente no último jogo!

E a derrota com o Chelsea, depois a derrota da Taça (impossível de ganhar, diga-se, pelo estado anímico dos jogadores) dão mais foco e ênfase a isso mesmo.

Rui,

A nível defensivo melhorou a reacção à perda de bola, de resto tudo igual. Ao nível ofensivo melhorou a construção

http://possedebolla.blogspot.pt/2014/02/benfica-mudancas-na-construcao.html

Pedro disse...

"os jogadores com JJ prestam 100x mais do que antes de JJ"

Djaló? Éder Luiz? Kardec? Airton? Menezes? Roberto? Nelson Oliveira? Cuidado com essa linha de argumentação.

"Se lá estivesse outro, teria acabado as épocas todas a 15 ptos ou mais"

Ou se calhar tinha sido campeão.

Para vocês JJ ou não comete erros ou os mesmos são irrelevantes. A culpa do fracasso é dos jogadores. Isto é teimosia pura. Quando se escreve tão bem como vocês escrevem é absurdo terem tamanha teimosia.

Roberto Baggio disse...

Pedro,

"Djaló? Éder Luiz? Kardec? Airton? Menezes? Roberto? Nelson Oliveira?"

Não é preciso ter cuidado com nada. É só tu fazeres o exercício contrário, e colocares os nomes das mais valias que Jesus conseguiu. Quantos nomes são em oposição aos falhanços?! A esmagadora maioria saiu valorizada (tendo ficado no clube ou não).

Paolo Maldini disse...

Djaló? Éder Luiz? Kardec? Airton? Menezes? Roberto? Nelson Oliveira?

Só podem jogar 11. Propões que o JJ trocasse o Sálvio para potenciar o Djaló, trocasse o Saviola para potenciar o E.Luiz, trocasse o Cardozo pelo Kardec e Oliveira? o Javi ou Matic pelo Airton? O Aimar pelo Menezes? É isso?

E se não têm a qualidade que se espera... queres fazer o q?

Ah já sei, se não têm qualidade, o JJ n os devia querer. Mas sobre Matic, Markovic, Ramires, Saviola, etc etc, ai já foi outro a escolher. Ele só escolheu os flops. Os bons foram outros a escolher...

Rui Pedro Silva disse...

O Jesus não é pentacampeão pq pelo meio apanhou o melhor porto de sempre... Se ficar outros 5 anos no Benfica será mt difícil ao porto continuar a ter épocas em que ganha os jogos todos e é fácil adivinhar uma mudança de domínio! AVB e VP foram golpes de génio que não acredito que voltem a acontecer

Paolo Maldini disse...

DC, tens razão! Quando o ano passado defendia o VP (qd estava em 2º) n te lembras q o argumento era exactamente o mesmo?

Se Jackson fizesse os penaltys era campeão... mas, não...a culpa de n estar em 1o (acabou por terminar assim) era dele...

qd no que controla, como JJ, é fabuloso

Pedro disse...

" Ele só escolheu os flops. Os bons foram outros a escolher..."

Por acaso...se calhar é melhor não ires por aí. :)

JJ faz o que carradas de outros treinadores fazem: potenciam grandes jogadores a serem ainda melhores. Eu gosto é de ver um treinador pegar num Djaló, que ninguem espera nada dele, e transformá-lo num grande jogador. Agora fazer de Di Maria um avançado de eleição é, no mínimo, mais fácil.

PS: Matic, tido como grande exemplo da mestria de JJ, se Javi não fosse vendido teria tido o mesmo destino de Nolito.

José Fernandes disse...

a frase mais repetida por quem não gosta do Jesus: "com aquele plantel qualquer um ganha"
que frase tão descabida... basta pensar no plantel do Quique que acabou na última jornada a lutar pelo 3º lugar, que com o Jesus dominou a 1a liga. a realidade é que o Porto e o Benfica nas últimas 3 épocas tem sido muito fortes e 2 desses campeonatos decidiram-se por detalhes. este ano será o do Benfica já que o Porto está a jogar pouco (escolha pouco acertada de treinador) e o Sporting está no ano 0...
Deixo apenas um exercício para aqui: caso JJ estivesse no Porto e PF no Benfica diria-se possivelmente que o Benfica só tinha Flops e que no Porto eram só craques... PF com Fejsa, Markovic, Sulejmani, Lima, etc com lesões de Salvio, Cardozo e o JJ com Quintero, Herrera, ALEX SANDRO, DANILO, Mangala o que faria? eu acho que com os 2 laterais do Porto o JJ conseguiria aplicar uma dinâmica brutal...

Pedro S disse...

JJ é um grande treinador, sem dúvida.

Agora deixar tudo o que ele não controla para "falhas dos jogadores, bolas ao poste e frangos" é esquecimento de um factor essencial que JJ tem a favor dele e que não é ele que controla, mas antes a direção: não há obstáculos nos homens do apito. O jesus não vê os jogadores marcarem golo e serem anulados apenas e só porque sim (LJ já os vê). O benfica é a melhor equipa do campeonato, mas se se analisa os factores para o sucesso não se pode (pelo menos em comparação com outras equipas), esquecer esse. O Sporting joga muito mal mas não devia estar a 5 pontos de distância e provavelmente não deveriae star fora da taça. Mas não é isso que se discute aqui..l

Paolo Maldini disse...

Pedro, ng vai fazer nada do Djaló pq ele é mt fraco. Se isso fosse assim, eu ainda queria ser profissional de futebol. Mas o q fez do Javi, por exemplo...

Di Maria entre outros só explodiram (como vai acontecer c Markovic) pq foram integrados num grande colectivo.

Tiago Beça disse...

O JJ é bom treinador, percebe muito de futebol. E consegue, geralmente, transmitir esses conhecimentos aos jogadores, que melhoram com isso. Matic, Enzo, Coentrão, Dí Maria, Salvio, Javi Garcia. Salvio melhorou muito como jogador na primeira época de vermelho. Enzo tornou-se um 8 fantástico, para mim devia ser titular da Argentina, gosto mais dele do que Banegas e amigos. Mesmo o Dí Maria, nada regular, tornou-se um dos melhores extremos em Portugal da década, fintava 2 ou 3 e metia a bola na cabeça do Cardozo.

O JóJó (Jorge Jesus) tem é umas manias estranhas que deitam tudo a perder. Manias essas que com mais força da direcção, acabavam.

Se JóJó embirra com um jogador, acabou, muito dificilmente aquele jogador pode voltar a calçar. Quim, Ruben Amorim (anos afastado), Ola John.

Se JóJó mete na cabeça que o jogador X é bom, então só vê aquele à frente.
Emerson, Roberto, e numa menor escala, Artur e Cortez.
O Cortez então era apenas o maior cepo que vi actuar pelo Benfica, para mim até pior que o consagrado Emerson, o fantástico lateral esquerdo que num jogo de 90 minutos nunca conseguiu parar Ramires(que sendo um excelente jogador, está longe de ser um tremendo poço de técnica e drible à lá Ronaldinho Gaúcho).

A mentalidade com que prepara a equipa para os jogos com o Porto. De joelhos no Dragão, depois de um jogo onde teve várias opções tácticas bastante discutíveis. Entrasse o Benfica com a força e querer com que jogou contra o Chelsea e tinha rebentado o Porto no seu próprio estádio.

Paolo Maldini disse...

Pedro, tu tal como os adeptos do FCP, vais aprender à força :)

DC disse...

Continuo a preferir VP, mas JJ é enorme treinador e enquanto a concorrência continuar como está, vai vencer tudo em Portugal. Este ano ganha mais 4 vezes ao Porto, tranquilamente.

Paolo Maldini disse...

Tiago... "Entrasse o Benfica com a força e querer com que jogou contra o Chelsea e tinha rebentado o Porto no seu próprio estádio."

não tem nada a ver com isso. o futebol é um pouco disso, mas é mt mais. A força com o Chelsea foi do inexistente controlo do Benitez sobre o jogar do SLB. N bloqueou Matic nem Enzo... enfim, um pc como o SCP na Luz.

Não foi o SLB que mudou...foi o adversário..

Anónimo disse...

Devemos contextualizar as nossas avaliações. A questão da valorização dos jogadores acaba por ser secundária num clube da dimensão do Benfica (num braga já é outra conversa). Basta olhar para a carreira de praticamente todos os treinadores do porto dos últimos 20 anos. Valorizaram muitos jogadores (Bruno Alves saiu por quase 20M€!!!), a maioria ganhou vários títulos, e não fizeram absolutamente nada após deixarem o clube. O clube actual do Vítor Pereira é sintomático...

O JJ pode ter todas as qualidades do mundo, mas em 4 épocas no Benfica ainda está longe de igualar o palmarés de uma única época do AVB, que em Inglaterra foi um flop gigantesco.

Não estou a dizer que o AVB é superior (é-me díficil fazer essa avaliação neste momento), mas factos são factos e o JJ tem de ganhar mais títulos para podermos considerar que teve uma carreira superior ao AVB, Jesualdo etc.

Se retirarmos o título 09/10, o JJ hoje não passava de um Peseiro. É a realidade.

Se tivesse ido para o porto hoje já teria bem mais títulos? Provavelmente, mas a única coisa que o separou dos títulos (pós 09/10) no Benfica... é ele próprio.

Como benfiquista espero que ao 4º "round" consiga um "comeback" digno do Rocky, mas é impossível ter "confiança cega" num treinador que fez o que fez nas últimas três épocas...

Pedro disse...

Maldini, aprender o quê? A não ganhar? Já estou calejado. Tranquilo.

Pedro disse...

"Não foi o SLB que mudou...foi o adversário.."

É tão isso, mas mesmo tão isso.
:)

Paolo Maldini disse...

anónimo,

"Se retirarmos o título 09/10, o JJ hoje não passava de um Peseiro. É a realidade."

e se for campeão este ano consegue 2 em 5, q é exactamente o mm nº de campeonatos em proporção com a história do slb. Ou, se é para especular. Se lhe deres o do ano passado (se retiras um q ganhou, tb podes dar um q n ganhou) tem melhor média que a instituição Benfica...

Paolo Maldini disse...

e isto depois de pegar numa equipa que há 4 anos que não cheirava sequer um 2o lugar...

NSC disse...

«e isto depois de pegar numa equipa que há 4 anos que não cheirava sequer um 2o lugar...»

Não vale a pena que não percebem. Ou não querem perceber.

Há uma meia dúzia de anos acreditar no Benfica resumia-se a uma questão de fé.
Hoje o acreditar baseia-se em confiança.
Paradoxalmente, a passagem da fé para a confiança está num indivíduo chamado Jesus.

Baresi disse...

"Matic, tido como grande exemplo da mestria de JJ, se Javi não fosse vendido teria tido o mesmo destino de Nolito. "

Cuidado que uma mentira dita muitas vezes pode-se não tornar verdade.
Matic na sua primeira época fez 30 jogos oficiais pelo Benfica. 18 a titular.

Paolo Maldini disse...

e em cada um dos 18 jogos q iniciou 90% dos adeptos criticaram a opção

bareira disse...

Maldini, esperemos bem que os "Pedros" não aprendam é nunca... que continuem por muitos anos a "menorizar" os méritos de Jesus...

Djaló? Éder Luiz? Kardec? Airton? Menezes? Roberto? Nelson Oliveira?

Di Maria? Coentrão? David Luiz? Luisão? Garay? Maxi? Javi? Matic? Ramirez? Sálvio? Gaitan? Rodrigo? Markovic? Enzo?

zorg disse...

Quem não se lembra da histeria colectiva quando o Benfica vendeu o Javi e foi anunciado que o seu substituto sera o Matic. Ou a "vergonha" que foi ter aceitado que Matic viesse para o Benfica avaliado em 5 milhões de euros, no negócio David Luiz...

Roberto Baggio disse...

"e em cada um dos 18 jogos q iniciou 90% dos adeptos criticaram a opção"

90% dos adeptos, percebe zero, zerinho, de futebol.

Anónimo disse...

"Atrás de mim virá, quem bom de mim fará"

Eu, com 32 anos, faço parte daqueles benfiquistas que passou quase 20 anos a chegar a janeiro e ver navios.
Os últimos 5 anos deram-me 1 campeonato só. Mas para perder os outros 3, o FCP "só" teve de fazer o melhor de sempre em campeonato nacional.
Espero que Jesus fique muitos anos, porque com ele seremos sempre verdadeiros candidatos ao título, e não candidatos pelo peso histórico.

Roberto Baggio disse...

E para quem duvida que Matic foi sobretudo trabalho de Jesus, como ele próprio diz, e por trabalho entenda-se não apenas com a individualidade, mas com a organização da equipa:

http://www.youtube.com/watch?v=N3B7OlbWbpM

E o que o LE dizia em 2011,

"Prémio Revelação. Matic. Dificilmente será muito utilizado, e porventura até bem sucedido no modelo de jogo de Jorge Jesus. Apesar da morfologia falta-lhe a imponência tão característica de Javi Garcia, e tão determinante na posição 6 das equipas de Jorge Jesus. Não tendo a mesma disponibilidade física e capacidade de se impor nas primeiras bolas como Javi, será sempre uma segunda opção para uma posição que, tão pouco é a sua de origem. Revelou, contudo, ser um jogador com uma capacidade técnica bem invulgar para atletas com tal morfologia. Fantástica a forma como recebe e passa, sempre de cabeça levantada. Seria uma mais valia em qualquer modelo de jogo que incluísse alguém a ocupar espaços mais próximos do trinco. A capacidade para sair a jogar é notável."

Aqui,

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2011/07/sl-benfica-premios-torneio-guadiana.html

Pedro disse...

Estou à vontade pq desde cedo reclamei mais minutos para Matic quando muitos o criticavam. Tal como sempre elogiei Enzo quando muitos o queriam ver pelas costas. Estou tranquilo.

Nolito e Ola John tb foram, em muitos jogos, titulares e tiveram muitos minutos nas pernas. Foram corridos à mesma.

"Di Maria? Coentrão? David Luiz? Luisão? Garay? Maxi? Javi? Matic? Ramirez? Sálvio? Gaitan? Rodrigo? Markovic? Enzo?"

Tudo toscos. I rest my case.

"90% dos adeptos, percebe zero, zerinho, de futebol."

Concordo. Cada vez mais. Ainda ontem na única boa decisão de Rodrigo a malta gritou por ele não ter rematado. :)

Rodrigo disse...

lol Pedro, sabes lá tu o que é uma boa decisão. Não percebes que estás dentro e bem dentro dos 90% lol

Vasco disse...

Baggio/Maldini
Em 1º lugar é um regalo saber que re-abriram o meu blog preferido :)
Em 2º tenho 4 questões a fazer:
1) O que acham do Marco Silva?
2) O Peseiro continua a ser um GRANDE treinador?
3) O VP é melhor q JJ?
4) JJ é sublime na parte defensiva, mas meu deus, ofensivamente até dá dó, como é possível que os gajos não saibam a trocar a porcaria da bola? Com tanta qualidade ofensiva...e passamos sempreos últimos 15minutos na incerteza do resultado. Por exemplo com Peseiro, Wenger, Pellegrini, Guardiola entre outros isso não acontece..


UM grande abraço!
Vasco

Anónimo disse...

A minha esperança era que tivesse conseguido o 2 em 4. 50% de aproveitamente seria, a meu veu, muito bom. Mas lá está, não teve capacidade para lá chegar.

Se as minhas contas não estiverem erradas, o Benfica ganhou 40,5% dos campeonatos (dou de barato as TdP onde o JJ teve 0% de aproveitamento) e se ganhar este ano passa a ter um aproveitamente de 40%.

Neste momento o balanço destas 5 épocas tem que ser obrigatoriamente negativo. Cabe ao JJ provar daqui a uns meses que as 3 últimas épocas de sofrimento, para os benfiquistas claro e está, não foram em vão...

Gostava de ter o JJ no Benfica por muito mais anos (admiro-o), mas não a ganhar 25% das ligas e 0% das TdP.

Deco disse...

Pedro, ainda me achas um flop e ao mm tempo achas que o Jesus devia ter feito do Menezes mais? lol

bareira disse...

Pedro, a tua percepção do futebol permite te achar que bom treinador é aquele que transforma toscos em craques...

I rest my case...

Anónimo disse...

Clarificação:
Se as minhas contas não estiverem erradas, o Benfica ganhou 40,5% dos campeonatos (dou de barato as TdP onde o JJ teve 0% de aproveitamento) e ganhando esta época a liga o JJ fica com um aproveitamente de 40%.

De facto enquadra-se na média histórica... se ganhar esta época.
________________________________

Quanto à valorização dos jogadores é inegável. Se alguém dissesse ao Matic no dia em que veio para Lisboa como "palha" que no início de 2014 seria titular no Chelsea de Mourinho só o consigo imaginar a rir-se desalmadamente.

Baresi disse...

Coentrão, Witsel, Di Maria, Javi Garcia, Matic, Rodrigo, Ramires, Melgarejo, David Luiz.
Custaram 38M€ (estão incluídos os 5M€ por Matic), foram vendidos por 230.
Há uns anos fez-se uma festa por se vender Simão pelo valor que foi.
Agora torna-se banal um bom jogador do Benfica atingir um valor acima dos 20M€.

Este é o negócio do Benfica, comprar bom, e vender melhor. Um bom colectivo potencia as individualidades.
O engraçado, é que desses 9 jogadores que foram potenciados e vendidos, NENHUM saiu do seu clube por um valor superior do que aquele que o Benfica vendeu.
E não sei se algum chegará a sair.
Eles saem do Benfica como jogadores feitos, para os maiores clubes do Mundo.
Mourinho veio buscar 3 a Jesus para as suas equipas.
Coincidência?

Pedro disse...

Boa tarde malta,

Técnicamente não tenho motivos para duvidar que JJ é competente, isto porque não sendo eu um expert na matéria como vós, apenas um mero apreciador de futebol não me considero mais habilitado a falar do assunto.

Por outro lado, a questão humana de JJ que é tão fundamental ou mais que lado técnico, como avaliam?

Sinceramente, uma pessoa que tem um ego do tamanho do mundo que maltrata publicamente os jogadores...caramba, cada jogo é um festival de má educação, acham sinceramente que uma mão lava a outra?

Acham que com um treinador competente no seu todo, o caso Cardozo no Jamor tinha acontecido?

É que sinceramente o lado humano de um treinador é a meu ver essencial, pois não lida com homens, mas a maior parte das vezes com putos mimados de 20 anos que da vida sabem muito pouco...

Um abraço
Pedro

Anónimo disse...

Essa do Deco é muito bem lembrada. Pedro, qualquer opinião tua depois daquilo que disseste vale basicamente zero, a não ser que faças um pedido de desculpas público e um felattio ao Deco.

Aza Delta disse...


"- Normal, é o que acabou de acontecer em Barcelos. Numa altura em que um rival directo perde na Madeira, o SLB não conseguiu melhor do que um empate, com Cardozo a falhar um penalty já depois da hora. Ao mesmo tempo, o Benfica continua a ser o principal candidato ao título, é tanta a qualidade individual (Gaitan este ano está do outro mundo) que mesmo jogando 30 ou 40% do que poderia jogar arrisca-se a ser campeão."

então há umas semanas era a qualidade individual e agora já é o jesus?


Atenção que eu gosto do jesus, e não acho que tenha tido culpa na época passada. Mas acho um pouco exagerado estar já a glorificar o homem por um 1º lugar isolado que é mais fruto de um mau porto e de um sporting com menos recursos.

Ainda para mais quando a primeira metade da época a nível de qualidade exibicional foi um desastre.

kurt cobain disse...

tacticamente e a nivel de treino (o trabalhar os jogadores) acho o jesus excepcional, no entanto, enquanto benfiquista, acho k ele, por vezes, se acha superior à instituição que representa e insiste em por as suas convicções pessoais à frente das que melhor servem os interesses do clube. exemplos: a insistencia em jogadores como roberto, emerson, artur, cortez, a birra com certos jogadores (miguel rosa, r.amorim, capdevilla, nolito, etc). pessoalmente dou muito mais valor ao campeonato ganho pelo trapatoni pois tinha uma plantel imensamente inferior a qqr um de jesus (e foi finalista da taça) e, tambem por esse facto, apostou definitivamente em 2 jogadores da casa: manuel fernandes e joao pereira. a proposito do que disse atrás em relaçao ao jesus por as suas convicçoes pessoais à frente dos interesses da equipa dou o exemplo contrario do trap: após um inicio com o paulo almeida a titular soube reconhecer o erro e a partir dai entregou a titularidade ao manuel fernandes com os resultados conhecidos.

Paulo disse...

É incrível como a maioria dos benfiquistas tem memória muito curta. Vão buscar os treinadores anteriores e a equipa que ficava a 20 pontos do FC Porto e atrás do grandioso Sporting de Paulo Bento...

Como já foi dito aqui imensas vezes pelos autores do blog, só quando Jesus sair é que lhe será dado o devido valor.

Sou dos poucos benfiquistas que conheço que quis manter JJ no final da época passada. Ainda falta muito campeonato, mas se o Benfica de JJ for campeão, vai-me dar um gozo muito especial :)

Abraços!

Ricsilva76 disse...

Roberto Baggio, penso que por 4 milhões por época não deve ser dificil arranjar outro. Basta procurar algum treinador entre o 11º e o 20º mais bem pagos da Europa :)
Basta ver que JJ ganha mais do dobro do que Vitor Pereira ganhava e 10 vezes mais que Paulo Fonseca ou Leonardo Jardim ganham para ver que JJ é um trenador muito caro em termos de preço / titulos ganhos.
No nosso país vejo apenas 2 treinadores com condições (em termos de conjuntura) e valor para o substituir: Rui vitoria e Marco Silva. Mas é claro que o Leonardo Jardim tb teria muito valor.

Pedro disse...

Lá está...JJ é o responsável por tudo de bom que aconteceu ao SLB nestes 4 anos e meio e os titulos perderam por culpa de todos menos do Catedrático.

Um dia, quem sabe, pode ser que percebam o quão é errada esta postura.

Deco, és um bluf. Diferente de flop. :)

Rodrigo, lol. :)




Matias disse...

O único erro que aponto ao JJ é o discurso e a maneira como pode perder um grupo ou mostrar-se pouco ambicioso como ainda à uma semana atrás disse que a época passada é um sucesso. De resto vou sentir falta de JJ quando sair.

Ps: Podias fazer uma leitura das equipas de Marco silva ou de Preud'homme?

Gorbyn disse...

A quantas equipas, com igual ou melhor plantel que o Benfica, Jesus se orgulha de ter ganho na época passada ou mesmo esta época?

Puta de Lata disse...

Puta de Lata é o que o Pedro S tem para vir para aqui dizer que o Benfica tem ajudas dos árbitros, quando perdeu 4 ptos por sofrer golos em fora de jogo (Sporting e Belenenses) e isto numa fase muito precoce da época. Hoje, sem essas duas falhas vergonhosas já era campeão

Puta de Lata é o que o Pedro do meu SLB tem para falar de futebol, quando disso percebe zero. Fodasse, o homem queria que o Jesus fizesse o que do Djaló?!? Pelos vistos mais que o que fizeram do Deco?!!?

Anónimo disse...

Gorbyn

quantas se orgulha o Guardiola de ter ganho?

Bom é o Zé Mota! Já ganhou aos grandes!

Anónimo disse...

Eu gosto muito do PF, adoro vê-lo a bater palminhas ao Quaresma sempre que ele toma aquelas "excelentes" decisões para alimentar o proprio ego.
JJ, vê lá, tens de começar a bater palminhas. Assim não incomodas os meninos e muito menos a gente bem!

Ainda não consegui perceber quando é que o futebol se transformou num desporto de gente fina e delicada!

RC

Baresi disse...

Estugarda, Leverkusen, Newcastle, Fenerbahce, PSV, Twente, Lyon (perdeu um, ganhou outro), Man. Utd (dois empates - que poderiam ser derrotas para os ingleses), Bordéus, Chelsea (só derrotas - mas em termos de qualidade de jogo?), Liverpool (uma vitória e uma derrota), contra o Sporting perdeu um jogo em cinco anos e todos sabemos em que condições isso aconteceu, Everton do Moyes (dois jogos: sete-a-zero para o Benfica), PSG (eliminados na Liga Europa e este ano uma derrota clara e uma vitória), Zenit... "

Isto é copy-paste, mas é tão óbvio, que ás vezes até aborrece.

Ah, o pobre OLympiacos, que o Benfica não conseguiu eliminar foi a única equipa a vencer um primeiro classificado de um grupo, neste caso o Man. United.

Gorbyn disse...

Vamos mesmo falar das conquistas do Guardiola?! Só numa época foram 6! Podemos concluir que foi competente. Será que podemos dizer o mesmo em relação ao nosso?... Não me interpretem mal, não é por isso que não vou estar em Belém. Tem mérito mas também várias falhas e apenas acho que o balanço é negativo.

Paolo Maldini disse...

Já agora, os meus 5 cêntimos. Usei os resultados como avaliação no post, mas não são eles, nem nunca foram, os que me levam a catalogar a qualidade do JJ ou do VP, mas sim a forma como as suas equipas se apresentam no campo.

Acho que é um critério mt mais fiável, pq a verdade é que quem joga são os jogadores e é ténue onde começa acaba mérito demérito de jogadores e treinadores.

Numa Liga com os melhores 16 treinadores do mundo, metade pareceriam incompetentes, para quem olha aos resultados.

Por isso digo que JJ pode perder outra vez tudo que continuará aos meus olhos a ser excelente do ponto de vista táctico. Pq no que controla (organização da sua equipa) é de facto excelente. E isso só me leva a pensar que se tem entrado no FCP qd veio p o SLB, estaria agora com o pentacampeonato garantido.

jose disse...

Baresi, falta ai o Marselha nessa lista.
Ja agora, essa estoria que se perpetua, que os jogadores nao podem com o homen, vem de onde? E que quando os gajos se vao embora para outro lado, nao se queixam. Ou e so mais uma estoria de assustar criancinhas? (A pergunta nao e para ti Baresi como e obvio)

Baresi disse...

Também podemos falar do treinador que fez-nos levar 7 em Vigo.

Em 2012 perdeu tudo com o Bayern, no ano a seguir ganhou tudo.

Passou de mau para excelente num ano?

Paolo Maldini disse...

Baresi, aprendeu tudo num instante. :)

Quer dizer já sabia qd foi campeão europeu no real, depois esqueceu-se durante vários anos, até ao culminar do ano em que perdeu tudo, onde para além de se ter esquecido de tudo o que sabia era um burro de primeira. Mas depois aprendeu outra vez tudo... e pronto.

B Cool disse...

Não devem discutir Jesus pela potencialização de activos, pois senão também devem referir o jara, o bruno césar e o sidnei (só estes 3 activos custaram ao Benfica cerca de 20 milhões de euros que foram cano abaixo) e outros afins.

Reconheço a capacidade dos escribas para discutirem os aspectos técnicos e provarem que Jesus é um grande treinador.

Em termos de investimentos, a verdade é que de 2009-10 até 2012-13 o Benfica investiu 190 milhões de euros em aquisições de jogadores (uma média de 47,5 milhões/ano) a que se somam já mais de 25 em 2013-14, ou seja 215 milhões de euros.

Será que algum treinador teve ao seu dispor este nível de investimento ? É que feitas as contas entre compras e vendas não há esse abismo que muitas vezes querem fazer crer.

Pessoalmente penso que Jesus é bom no trabalho do dia-a-dia, mas é mau no momento de pressão, a ter que decidir e pior ainda quando tem o Porto pela frente, ao contrário do Sporting que é a sua vítima favorita. Não me esqueço de aquando da lesão do Aimar, Jesus optou por um avançado e vez de fazer entrar um médio e ter criado uma auto-estrada no meio do campo que permitiu o 2-2 e depois levaria ao famoso 2-3 (não esquecendo o condão ilegal que o golo teve). Nem me quero lembrar do 5-0, do 1-3 da Taça e da vergonha que o meu clube fez apagando as luzes e ligando os aspersores depois de mais um brilhante espectáculo para o campeonato, na verdade o ano Vilas-Boas foi mesmo um descalabro (começou na arrogância do Jesus na preparação para o jogo da Supertaça).

É um bom treinador, mas não é um grande treinador. Faz evoluir muito alguns jogadores, mas os que deixa cair condena-os, independentemente da valia. Mas há jogadores que nunca evoluirão, apesar da insistência cega - Emerson, Roberto, etc.

Aquilo que são as suas falhas pessoais transpõem-se totalmente para o campo com as consequências que se conhecem. Espero que este ano seja campeão e ganhe mais alguma coisa, mas acho que o seu tempo no Benfica já passou.

Quem o poderia substituir ? Sinceramente não sei, mas com tantos treinadores no mundo, será que não há nenhum que com um salário de 4 milhões por ano tenha a capacidade e competência pelo menos igual ao Jesus ?

Entre italianos, alemães e mesmo portugueses não haverá mesmo ninguém ? Sinceramente, não acredito mesmo nessa versão.

Roberto Baggio disse...

É fácil dizer que não se acredita. difícil é avançar com nomes...

Qual foi mesmo a mais valia financeira BCool? Não a vi no teu comentário

Henrique disse...

Bcool, já que é assim tão fácil diz aí um treinador, que aceitasse vir treinar para Portugal, que seja claramente melhor que o JJ.

B Cool disse...

Baggio, acredites ou não, o valor de alienações de jogadores de 2009/10 a 2012-13 foi de 196,8 milhões de euros. Este valor é o que está registado nas contas da Benfica SAD.

A mais valia financeira é de cerca de 6 a 7 milhões de euros. Se houve mais gente a ganhar com a potencialização de jogadores ? Não duvido, mas olha que não tem sido o Benfica que tem obtido grandes proveitos financeiros.

Uma coisa é o que sai nos jornais, outra bem diferente é o que é registado nas contas.

B Cool disse...

Quanto a treinadores Baggio não tenho o conhecimento que tu tens e portanto mesmo que avance com nomes se calhar dirás que não são tão bons como o Jesus, mas por exemplo penso no Joachim Low (não sei se viria, mas ganha muito menos que o Jesus) ou no Marcelo Lippi.

Roberto Baggio disse...

Não entendo nada disso dessas contas. Mas o que estás a dizer é que o SLB gastou mais de 200 milhões e só recebeu 196? Parece-me estranho.

Quanto aos treinadores, o trabalho de uma selecção não se pode comparar ao trabalho num clube. Será sempre uma incógnita aquilo que o seleccionador alemão poderá ou não fazer. Quanto ao Lippi, ganha mais do que Jesus. Bem mais.

Baresi disse...

Bcool,
Eu não sei se querias que o Benfica depois de vender os jogadores, pelos valores que vendeu não comprasse ninguém.
Poderia fazer como fez o Sporting e investia nos juniores, mas parece que esse não foi o objectivo de Vieira, como é natural.
O Benfica tem de investir continuamente na sua equipa de forma a manter um plantel de qualidade.
Futuramente será retocado com jogadores da formação de qualidade, e que possam ser mais valias. E vão surgir esses jogadores para serem lançados, com tempo, mas sempre inseridos numa estrutura forte.

Tu vais ao pormenor de ir buscar valores dos relatórios e contas, e tentarei elucidar-me em relação a isso, porque não gosto de ser impreciso nesse aspecto.
Mas se estás a tomar em conta os relatórios da Sad, não contabilizaste ainda os valores de Matic, André GOmes e Rodrigo pois não? (70M€, mais coisa menos coisa)

Mas tomando isso tudo como verdade, ainda falta calcular aí o valor do plantel actual, que é contabilizado nas aquisições e não nas vendas, como é óbvio.
E acho que neste momento estamos num patamar infinitamente superior àquele que estávamos à 5 anos atrás.
Quer em termos de qualidade de plantel, quer em termos de futebol jogado.

Hugo disse...

Essa história da valorização dos activos é muito discutivel. Por exemplo ninguém acredita que o André Gomes vale 15 milhões ou o Rodrigo 30. Já o Matic vale bem mais que 25 por exemplo

Nelson Lopes disse...

Como sportinguista acho íncrivel os próprios benfiquistas serem tão cegos em relação à realidade futebolistica do próprio clube....
Há poucos anos atrás, o benfica era um clube que investia muito € já, e nem por isso tinha resultados.
Eu lembro-me de um benfica com Luisão, David Luiz, Aimar, katsouranis, aimar, di maria, cardozo e suazo... E lembro-me muito bem de que essa equipa acabou relativamente longe do meu Sporting (bons tempos) a 7 pontos... quando o plantel do sporting era Liedson e 2 ou 3 miudos em afirmação.
O benfica nunca conseguiu apresentar futebol de topo em 10 anos por aí. Entretanto chega JJ e os investimentos começam a render, o futebol passa a ser de exigência máxima, e o nível dos dois primeiros (slb e fcp) subiu imenso.... Irremediavelmente precipitando o meu clube para o declinio futebolistico.
Vejo no próprio sporting a diferença que faz ter um treinador capaz, LJ tem uma equipa 'teoricamente' bastante inferior àquela que tinha o Domingos... e a diferença é abismal! (a favor do LJ).
O único ponto onde dou razão de queixa aos benfiquistas é no ordenado que ele recebe. È um exagero para a realidade portuguesa.
Fora isso.... que saia do benfica o quanto antes e que NÃO VÁ PARA O PORTO PFF!!!!!!

Edson Arantes do Nascimento disse...

Muitos dos que comentam, caso o Jesus tivesse ganho três campeonatos em quatro (esteve muito mas muito próximo disso), estavam a dizer que o homem é o melhor treinador do mundo! Que ninguém tenha dúvidas disto.

Mas nem que os ganhasse isso seria verdade.

Baggio tu perguntas muitas vezes por um nome para substituir o JJ: eu digo o Marco Silva.

Com convicção. E posso justificar a minha ideia.

O Estoril é uma equipa muito consistente, com boa organização, com bons princípios de jogo para aquilo que eu idealizo (na teoria apenas): zona defensiva, apenas um médio-defensivo, preenche bem os espaços e controla bem tanto a largura como as bolas nas costas da defesa, a equipa sente-se confortável com a bola - não joga 90 minutos em transições e bolas rápidas, pelo contrário, é uma equipa pausada - e o Marco Silva aprecia jogadores com critério e que sabem decidir com qualidade (estou a olhar para as contratações que eles vão fazendo).

Aquele Evandro, que já conhecia das selecções jovens brasileiras e depois do A. Paranaense era fraquíssimo (lembro-me bem dele e sempre tive essa opinião; decidia mal e não tinha conhecimento do jogo apesar da qualidade técnica) e agora está a jogar muito!

É só um exemplo... Também gosto do Yohan Tavares - forte em todos os momentos do jogo.

Aza Delta disse...

É certo que o Jesus não merecia perder o campeonato do ano passado, e que teve mérito. Mas o culpado do fiasco de 2012 foi ele.

Bobe disse...

Mesmo sendo tão bom, JJ em fim de contrato só teve um convite de um clube brasileiro.

De resto, o orçamento do Benfica ter aumentado, tal como a sua dívida, não terá tb a ver com o aumento de qualidade do plantel do Benfica e respetiva equipa?

Com esse aumento de orçamento, coincidente com diminuição dos rivais, não deveria o Benfica conseguir o 2º lugar, com JJ ou sem JJ.

Como é que um treinador tão bom acaba 4 épocas seguidas com os jogadores estoirados e a perderem mais pontos que no resto da época. Como é que um treinador tão bom não consegue ter os suplentes em forma para darem resposta cabal nessa altura do campeonato?

Como é que um treinador tão bom não consegue valorizar Ola John ou mesmo Nolito?

Quando dizem que a grande maioria saiu valorizado estão a resumir-se aos jogadores habitualmente titulares.

Bobe disse...

E sim, é bom taticamente. Mas levou banhos de bola de AVB e com o Vitor Pereira nunca conseguiu impor o seu jogo.

Roberto Baggio disse...

Edson, o Marco joga com DP.

http://possedebolla.blogspot.pt/search/label/Marco%20Silva

João disse...

Mesmo sendo sportinguista aprecio bastante a qualidade do Jorge Jesus.

No entanto, quero deixar uma palavra de apreço para o meu treinador (Leonardo Jardim) que, abordando o jogo de forma diferente, se aproxima bastante do técnico do Benfica.

No entanto, qual é a vossa opinião sobre o madeirense? Alguns posts vossos têm dado sinais incertos.

Primeiro, indicaram que a diferença entre Benfica e Sporting era sobretudo do ponto de vista técnico das individualidades (ofensivas creio). Há muita diferença de facto, principalmente nos jogadores que levam a bola aos avançados.

Segundo, quando se referiram a André Martins (que é um jogador ofensivo) disseram, se não estou em erro,que ele precisava de ser treinado pelo JJ, que Leonardo Jardim não aproveita as suas melhores capacidades.

Não sendo posições contrárias, podem indiciar alguma preferência pelo JJ (que eu não tenho). Gostaria, quando tiverem oportunidade, que fizessem um post onde descreveriam quais consideram ser os pontos fortes e fracos destes 2 grandes treinadores.

Quanto ao André Martins, concordo com alguns dos vossos argumentos.
No entanto, tenho muita dificuldade em ver o André Martins a não ganhar poder de choque (não sendo condição necessária para se ser um grande jogador, creio que ajudaria)e sobretudo a falhar em aspetos técnicos (passes errados, más receções, más decisões a ler o jogo).

Posto isto, deixo à consideração o seguinte: que tal uma troca André Martins-Djuricic. Seria benéfico para ambos os clubes e jogadores?

Cumprimentos e bom trabalho!!

Roberto Baggio disse...

João, as comparações podes tu fazê-las. Não faltam aí artigos, nas etiquetas sobre JJ e LJ. Compara tu as dinâmicas dos modelos, e faz tu a tua análise.

João disse...

Baggio,

Combinado.
Relativamente à minha questão, tens opinião formada? Vale o que vale, até poeque é mera especulação. Mas no outro dia, em virtude do vosso artigo, dei por mim a pensar que o sérvio poderia responder ao tipo de dinâmicas que o Leonardo Jardim solicita hoje ao André Martins.

Cumprimentos

Roberto Baggio disse...

Tenho, mas é só uma opinião.
Para mim, aquela dinâmica não favorece qualquer tipo de jogador criativo. E Djuricic, assim como A.Martins, é desse tipo. Aquela dinâmica pede um jogador como Sálvio. Monstro físico, qualidade técnica, e cavalo (no sentido de quem gosta de travar constantemente duelos individuais, em igualdade ou inferioridade numérica).

B Cool disse...

Baresi,

Não ponho em causa que a equipa está a um nível muito superior ao nível a que estava há 5 anos atrás, mal seria se não estivesse com todo o investimento.

Também não deixo de reconhecer que o Jesus valorize muito alguns jogadores, não só financeiramente, o melhor exemplo é Witsel, como também futebolisticamente, o melhor exemplo é Matic.

O que digo é que em 4 anos (2009-13), a diferença entre compras e vendas é só um saldo positivo de 7 milhões de acordo com os R&C.

O que digo é que em 4 anos em 4 campeonatos o JJ ganhou um e perdeu 4 e em Taças de Portugal perdeu 4. Sim, na Europa melhorou a capacidade competitiva, mas nada ganhou e fez o mesmo que Braga ou Sporting nos últimos 10 anos que tiveram investimentos muito menores.

E sim, não digo que não seja bom treinador, digo é que tem falhas que não lhe permitem ser um óptimo treinador e que só quando o Porto fraqueja (2009-10) e parece que este ano vai pelo mesmo caminho, é que tem hipóteses de ser campeão. Digo é que custa 4 milhões por ano.

Lippi ganha mais ? Não sei. Low é treinador de selecção e o trabalho de clube é muito diferente, obviamente. Digo é que face aos resultados, o dinheiro investido, quer no ordenado, quer no plantel, a avaliação não pode ser positiva.

Esta é a minha opinião, mas aceito que existam outras.

Jorge Carolo disse...

Edson Nascimento,

Em relação à tua opinião sobre o Marco Silva, julgo que, te esqueceste de um dos momentos de jogo que, na minha opinião, é o ponto fraco das equipas de Marco Silva, isto é, a dinâmica ofensiva. Jogo muito lateralizado, ou seja, procura insistentemente o jogo exterior, tornando-se com alguma ocorrência uma equipa facilmente anulável.

Se conseguir tornar o seu jogo mais dinâmico pelo corredor central, talvez abdicando do duplo pivot a meio campo, poderá ter mais gente no jogo interior e assim potenciar claramente a dinâmica ofensiva.

Embora de facto a equipa defensivamente seja muito equilibrada, não concordo quando diz que joga com apenas um medio defensivo. Na verdade já apresentou diversas vezes o duplo pivot, como referi anteriormente. Para evoluir neste aspeto com vista a poder augurar um lugar num grande, terá de abdicar do duplo pivot, pois na maioria das situações a sua equipa precisará de estar posicionada mais à frente no terreno, o que se tornará contraproducente com dois médios lado a lado ou então dar lhes outra liberdade de acções!

Concluindo, e apesar de para mim Marco Silva ser a melhor alternativa a JJ, tendo em conta o custo/qualidade que apresenta, julgo que se encontra alguns degraus abaixo do segundo.

Cumprimentos