sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Um belo reforço de 26 anos no SL Benfica

Difícil saber o que despertou o click. A maturidade com a idade seguramente que ajuda bastante, e ou talvez a frustração pela ausência de troféus tenha tido também direito a uma reflexão pelo próprio, que é hoje incrivelmente mais jogador do que quando chegou à Europa.

Não é apenas o posicionamento sem bola. Outrora porque é inteligente Gaitán já era cumpridor. Hoje, ao imenso talento que lhe permite continuar com enorme classe a presentear-nos com pequenas maravilhas saídas das suas botas, o argentino junta bastante maior responsabilidade. Não expõe a sua equipa às suas decisões.

No rescaldo do derby com o Sporting haviamos escrito: "Gaitán. É sempre um prazer aquele toque de bola. Também o argentino cresceu imenso. Mais preocupado em vencer e menos em aparecer. Bastante cumpridor defensivamente e mais responsável com bola nos pés. Está num momento extraordinário, porque de uma vez por todas parece ter percebido que a equipa é a prioridade."

O argentino prova-o a cada jogo. Hoje é até um jogador agressivo e culto na transição defensiva.

Se há duas, três épocas atrás visualizasse este pequeno video. Acreditaria?





O lance trazido não foi caso único. O argentino cresceu bastante, e todas as criticas que lhe fomos fazendo ao longo dos anos aqui no blog, parecem hoje injustas. É todavia um caso em que foi o próprio jogador a mudar e não a nossa opinião. Ultrapassou defeitos manteve qualidades. Poderá ser um dos homens do ano em Portugal.

16 comentários:

Roberto Baggio disse...

Certíssimo. Já o vinha dizendo desde o início da época.

http://possedebolla.blogspot.pt/2013/12/ao-virar-do-ano-destaque-nacional-e.html

Estava no meu onze do ano, já aí. O click foi quase de certeza o final na época passada.
Está top!

Anónimo disse...

Gaitán é um rebelde que aprendeu a domesticar o seu talento e irreverência em prol de algo maior: uma carreira digna de um jogador de topo.

Ao contrário de Quaresma, Gaitán deseja dar o salto necessário para ser jogador habitual na selecção argentina e não passar ao lado de uma carreira que ainda tem tudo para ser memorável! Já afirmei no passado que muitos que pedem banco ou a venda de Gaitán, irão sentir a sua falta quando partir do Benfica! É um jogador diferente de Di Maria, em muitos aspectos, mas penso que é muito mais jogador e capaz de desempenhar diversas posições no meio campo ofensivo de qualquer equipa!

É um dos meus jogadores favoritos desde que chegou ao Benfica e de ano para ano está cada vez melhor!

Luis Santos disse...

Há outro lance no jogo de ontem que achei ainda mais "diferente" do que estamos habituados a ver do Gaitán. É um carrinho que ele faz a seguir a um canto ou livre do lado direito. Muita agressividade que não se via antes

Anónimo disse...

Há uma jogada neste jogo que ainda impressiona mais. Gaitan bate o canto, a bola é cortada e na transição defensiva é ele o jogador mais próximo de Artur e assegura toda a cobertura aos colegas que vão fazendo a contenção.
Quem te viu e quem te vê...

Frigoliny

hertz disse...

Aquele livre à panenka...não me lembro de ter visto algo igual.
Em relação ao Gaitan, nota-se claramente que está "outro" jogador, muito mais dado à equipa.

João Barata disse...

Que programa usam para edição de vídeo?
Cumprimentos

Paolo Maldini disse...

baggio... consegues responder?

Roberto Baggio disse...

Sony Vegas

Baresi disse...

O Gaitan deveria ser um caso de estudo, mas sério.

Acho que o muito banco que ele "papou" o ano passado lhe fez crescer e tornar um melhor jogador. Que não podia continuar a fazer coisas como ele queria, só porque lhe apetece.
Atenção que a quantidade de bolas que ele perde, chega a roçar o absurdo, seja em passes errados, fintas que não saem uma e outra vez, cruzamentos para a bancada, etc
No ultimo Setúbal - Benfica, naquela célebre primeira parte que deve ter sido record com 0 remates feitos, a primeira acção correcta que teve foi aos 39 min. É obra.
Na segunda parte faz um centro para a área, Rodrigo marca golo. Eu disse logo para o moço amigo meu "Já está, amanhã é o melhor em campo para os jornais." Dito e feito.

O que mudou essencialmente foi a maneira como ele reage à perca da bola porque ofensivamente, Gaitan não evoluiu tanto assim. Acho que um jogador da categoria dele, internacional Argentino, não pode andar a marcar 4/5 golos por época em 45 jogos oficiais, jogando no Benfica, que todos os anos passa a barreira dos 100.
São números ridículos para ele, para as equipas que apanha neste campeonato, e para a qualidade inata que ele tem.
O Varela tem 45 golos pelo FCP em 5 épocas. Salvio tem 23 em duas, o mesmo que Gaitan em 4 anos.

Ontem há uma jogada de entendimento entre Gaitan e Silvio, onde este ultimo consegue uma desmarcação nas costas do defesa, e o argentino em vez de lhe colocar a bola (e ia entrar na área pela esquerda sozinho), olha para a bola, e pumba, lá foi ela para dentro da área...
Mas ele fez isto SEM OLHAR para a área. Foi mesmo á minha frente.
Bola a 1 metro de altura ao primeiro poste, onde o único avançado que estava na área estava ao segundo (Lima) com 3 gregos pelo caminho.
Não me preocupa que o centro seja mal feito. É normal nele, já me dei ao trabalho de contabilizar isso, é factual.
O que me preocupa é ver uma jogada bem feita com um colega, onde há duas decisões para tomar, e ele tente sempre a mais complicada, com menor probabilidade de êxito, em relação às outras. Mas ele nem olhou para a área, para ver onde estava o avançado.

Sei que o post aborda mais a questão defensiva e de agressividade aquando da perca de bola, e a questão táctica da transição. Jesus consegue fazer de jogadores como Jardel e André Almeida jogadores tacticamente a roçar a perfeição. Gaitan não seria muito diferente. Está bem melhor nesse aspecto.

O ano passado vi uns 13/14 jogos do Benfica ao vivo, e embora pareça ser uma grande parvoíce para muitos, a grande época que o Benfica fez também se deveu muito ao aparecimento e crescimento de um jogador: Ola John.
O rácio boas/más decisões com bola era bastante superior à de Gaitan. Acelerava quando tinha que acelerar, dava a bola atrás quando tinha que dar, mesmo se lhe custassem assobios. Não sabia "jogar para a bancada".
Não cresceu tanto defensivamente como deveria ter crescido, e devido a vários factores, voltou para a Holanda.
Mas acho que Ola John (e agora Markovic) fizeram ver a Gaitan que o lugar não é dele, tem que lutar para jogar.
Fizeram mudar a mentalidade de Gaitan, e se calhar a maneira como ele vê futebol.
Para melhor sem dúvida alguma.
Mas é como diz um amigo meu, se ele fosse tão bom, como as pessoas o querem fazer crer que é, fosse, de certeza que já não jogaria no Benfica nesta altura.
E se calhar Gaitan, com a maturidade que ganhou com a idade, já começou a perceber isso.

E começa a "fazer um pouco mais pela vida".

Edson Arantes do Nascimento disse...

Baresi: Classe, Classe e mais Classe!

Abre os olhos e deixa as tuas opiniões para trás. Liberta-te. Free your mind. Mudar de opinião não custa nada e é sinónimo de evolução da espécie.

Com a necessidade de dar mais linhas de passe por dentro (devido às alterações feitas pelo Jesus, como os nossos escribas chamaram à atenção nas últimas semanas) o Gaitán parece-se cada vez mais com o David Silva.

Que também apareceu muito jovem (no Celta de Vigo, emprestado pelo Valência, e que deixou logo toda a gente de olhos nele) a jogar no corredor...

Fábio disse...

O Gaitan está a jogar como nunca jogou, é verdade. Está mais próximo daquilo que eu esperava que ele pudesse ser, mas ainda pode melhorar muito... o homem tem um pé esquerdo como há poucos, tem velocidade, tem criatividade e tem uma equipa que lhe permite que ele dê tudo o que pode dar. Portanto, ainda pode e deve dar muito mais.
O Baresi falou aí numa coisa muito importante. Um jogador que joga na posição que ele joga, com a capacidade técnica que ele tem e na equipa que joga, tem que fazer muito mais golos. Na finalização é fraco. Nota-se alguma melhoria desde que chegou (mas já passaram muitos anos...) mas não se percebe porque falha tanto. O Salvio que é muito pior tecnicamente e joga na mesma posição, marca o dobro...
Eu sempre defendi que o Ola deveria ser o titular. Claro que nesta fase a minha opinião é outra, mas o Gaitan pode e deve fazer mais do que 2\3 jogadas brilhantes por jogo. Isso é para o Markovic que tem 19 anos!

Pedro disse...

Olhando para jogadores do SLB na mesma posição pode-se dizer que Gaitan marca poucos golos mas será que compensa com assistências?

Andrea Pirlo disse...

Temos a mesma opinião Baresi.

Baresi disse...

Comparar Gaitan com David Silva parece-me um sacrilégio, Edson.
Já são muitos anos a ver Gaitan a jogar.
Essa do "evolução das espécies" e "liberta-te" é boa sim senhora. Tem a sua piada sim senhor.

Não devias ligar ao que as pessoas escrevem.
Vai ver jogos e tira as tuas próprias ideias. Essas são as minhas, não preciso que ninguém concorde com elas ;)

Anónimo disse...

Concordo contigo Baresi.
E o mito das assistências também poderia ser dissecado, mas ia dar uma longaaaa conversa...

Silva, Gaitan?? A sério?

J. Marques

Baresi disse...

Jogador - Golos Assitências; Minutos na época; minutos precisos para marcar golo ou fazer assistência

Rodrigo - 10G 5A ; 1218m ; 81m
Sulejmani - 3G 4A ; 577m ; 82m
Cardozo - 10g 1A ; 925m ; 84m
Djuricic - 2G 4A ; 648m ; 108m
Lima - 13G 6A ; 2131m ; 112m
Markovic - 7G 3A ; 1560m ; 156m
Gaitan - 4G 8A; 1943m ; 162m
Ivan Cavaleiro - 1G 2A; 491m ; 164 m
R.Amorim - 0G 4A; 772m ; 193m

Vale o que vale.