quarta-feira, 26 de março de 2014

FC Porto - Os dois melhores Pontas de lança do campeonato.

Grande jogo de Jackson, a desequilibrar completamente o jogo no Dragão. Fantástico e muito inteligente na forma como procura pressionar o adversário, ou cortar as linhas de passe. Incrível a forma como procura constantemente os colegas para jogar. Joga sempre, sempre, para a equipa. Tanto na forma como escolhe as linhas de passe a abrir, ou quando tem nos seus pés a definição dos lances. É uma pena não vermos mais vezes juntos, os dois melhores Pontas de Lança do campeonato.

Sem tempo para treinar e aprimorar o modelo de jogo, Luís Castro, hoje, apresentou-se muito bem do ponto de vista estratégico. Fez o que ninguém fazia ao Benfica há muito tempo, escolhendo sufocar e pressionar no campo todo. Ficaram evidentes as dificuldades de construção quando Gaitan, Markovic,  e Enzo, estão de fora. Foram muitas as recuperações de bola no meio campo ofensivo, por parte do FCP. Ficou também evidente, aquilo que defensivamente o Benfica não é tão forte com Cardozo em campo. A forma que Jesus, este ano, trabalhou para defender não tem espaço para o avançado Paraguaio.

Destaque também para Fernando, que está de volta à regularidade que nos habituou.

65 comentários:

DC disse...

Com um bocadinho mais de critério no último passe, tinha sido goleada para o Porto.
Muito mau o último passe do Porto hoje.

João Bernardo disse...

Mais uma vez ridiculo o Quaresma, se eu treinasse o porto ele nem na equipa b o punha a jogar, estaria a tirar o lugar a jogadores com mais qualidade e com mais vontade de jogar futebol, nao fifa street

Aamodt disse...

O Fernando controlou o meio campo e fez um jogo enorme mas entradas como a que teve no Fejsa não podem passar em claro.

Para o Benfica jogar com o Cardozo é pior que jogar com menos 1. Não consegue integrar nenhuma movimentação ofensiva e obriga o resto dos jogadores a correr dobro.

Daniel Martins disse...

Não estava à espera de um Benfica tão mau defensivamente. O condicionamento da saída de bola do Porto pareceu-me satisfatório, mas de resto... Até acho que o Cardozo nem esteve muito mal sem bola. Agora que a equipa deixou de saber explorar as melhores características do paraguaio, isso é um facto.

Foi só a mim que pareceu ÓBVIO que ao intervalo tinha de entrar alguém no meio-campo do Benfica para dar mais linhas de passe? Alguém com capacidade para se virar com a bola controlada em direcção à baliza do Porto?

VV disse...

Ah agora já não é o rodrigo?

Ricardo Perna disse...

O JJ andou toda a época a gerir jogadores, a preparar este final de temporada. Ainda o vai poder fazer na primeira mão da Liga Europa, mas depois disso acabou. Para ganhar tudo, tem de pôr os melhores, e esperar que o descanso a que os submeteu lhes dê a frescura para esse ciclo de jogos.

Hoje, Cardozo foi péssimo, Sulejmani inexistente (pelo menos duas bolas perdidas de forma infantil e clamorosa)e o próprio Salvio não está ainda em forma para 80 minutos. Em virtude disto, o meio-campo na primeira parte, enquanto os jogadores do Porto tiveram pulmão, sofreu e muito. Depois acalmou,porque o Porto não tem jogado assim e não aguentou o ritmo.

Com o meio-campo Markovic, Fejsa, Enzo e Gáitan, e Lima e Rodrigo na frente, acho que tudo se ajusta, mas não sei se a gestão foi suficiente para fazer face a este ciclo de jogos. É que dos outros só memso o Ruben Amorim pode dar uma ajuda substancial a estes 4 do meio-campo...

emanuel melo disse...

eu até posso perceber pouco disto.. mas o posicionamento do maxi.. nem nos distritais se ve. Encostado á linha lateral, sempre afastado da referencia mais proxima, nesse caso luisao.. e dando sempre o corredor ao quaresma, que se fosse um jogador inteligente teria explorado melhor aquela ala

Laranja disse...

Tanto Ghilas é melhor que Lima como Jackson que Rodrigo (e vice-versa), seria uma delícia este 442 de JJ com os PL do Porto...

No Benfica penso que o Amorim a espaços mostrou grande qualidade, quebrou algumas vezes a contenção com qualidade e os seus passes entraram bem... mas penso que foi o único ao seu nível do costume, de resto...

Pedro disse...

A culpa é do Cardozo. Claro.

André disse...

O Porto foi melhor que o Benfica, isso foi indubitável, mas não podemos esquecer que faltaram jogadores que estão a ser decisivos no Benfica. Entrar no Dragão sem 6 titulares, num jogo que é decisivo para o Porto, é pedir claramente para não ganhar.

O JJ sem querer, pôs uma pressão brutal na equipa para domingo em Braga.

António Teixeira disse...

O Porto hoje foi muito superior ao Benfica na primeira parte. O jogo na segunda esteve mais equilibrado, mas como disse o DC, com maior acerto era goleada na primeira parte. O problema é aquele que foi dito aqui há uns tempos: falta de qualidade individual.
Mais uma vez, e apesar de faltarem elementos importantes no Benfica, o modelo do Porto, que se aproxima cada vez mais do que é o real modelo do Porto com algumas variações, prova ser superior ao modelo de Jesus.
Cumprimentos, e desculpem a falta de participação mas ando sem tempo :S:S:S

António Teixeira

Roberto Baggio disse...

VV,

APRENDE A LER ANTES DE COMENTAR. DESSA FORMA EVITAS FAZER FIGURAS!


Aamodt

"Não consegue integrar nenhuma movimentação ofensiva e obriga o resto dos jogadores a correr dobro."

É isso mesmo. Está mais que morto para esta temporada. Não tem "pedalada" para o que o Benfica pede dos avançados.

"Foi só a mim que pareceu ÓBVIO que ao intervalo tinha de entrar alguém no meio-campo do Benfica para dar mais linhas de passe? Alguém com capacidade para se virar com a bola controlada em direcção à baliza do Porto?"

Dar mais linhas de passe? Na minha opinião, não. As bolas que o Sulejmani, e o Sálvio perderam de forma ridícula é culpa das linhas de passe, ou da tomada de decisão dos jogadores?
Para não falar do que isso (não) faz a dinâmica de uma equipa.

Ricardo Perna,

Não acredito nisso. Se continuar em todas as competições, vai ter de continuar a gerir.

PM disse...

Ainda no outro dia o Baggio dizia no seguimento do jogo de Nápoles e cito "A recepção de Jackson quase nunca é perfeita. Quase nunca orienta, quase nunca fica com ela totalmente controlada ao primeiro toque". Hoje já é com o Ghilas o melhor PL do campeonato... gosto do blogue mas ou várias pessoas usam o perfil ou a bipolaridade começa a ser um problema...

António Teixeira disse...

Lance Armstrong,

Desafio-te a fazer essas declarações com o teu nome verdadeiro e num papel assinado.

Cumprimentos,
António Teixeira

Roberto Baggio disse...

Emanuel,

"eu até posso perceber pouco disto.. mas o posicionamento do maxi.. nem nos distritais se ve."

Ah vê-se, vê-se. É exactamente isso que o Maxi é defensivamente, de distrital. É tanto erro grave que até mete dó.

Laranja,

Amorim, Garay (excepção feita ao primeiro golo), e Rodrigo estiveram mesmo muito bem.

António,

"Mais uma vez, e apesar de faltarem elementos importantes no Benfica, o modelo do Porto, que se aproxima cada vez mais do que é o real modelo do Porto com algumas variações, prova ser superior ao modelo de Jesus."

Permite-me discordar. A qualidade dos interpretes do SLB hoje não se pode comparar aos habituais titulares. Ou seja, mesmo com esta pressão, com Gaitan e Marko o Porto não conseguiria 1/3 das recuperações. Ia ser obrigado a recorrer a faltas, como aconteceu na 2ºparte. De resto, o modelo do Porto, hoje, não esteve sequer próximo do de VP. Foi é estrategicamente muito bem trabalhado o momento da pressão.

Roberto Baggio disse...

PM,

A malta tem mesmo problemas graves de interpretação.

Queres ver porquê? Porque a comparação era para o Ghilas. E dizia-se lá, que não era muito acima da média. E não o é. É muito competente. E sabes o que é que faz dele, por exemplo, muito melhor jogador que o Quaresma (que é tecnicamente perfeito)? A inteligência! Depois estranham-se as respostas arrogantes e tudo mais. Aqui, a inteligência é sobrevalorizada! Enquanto não entenderem isso, não estão aqui a fazer nada.

Jackson, e Ghilas, seriam os dois titulares em qualquer equipa do campeonato. E o que é que isso faz deles?! É simples, é só usar o cérebro.

PS: Queres ver outro jogador fantástico que não é muito acima da média tecnicamente? Muller.

António Teixeira disse...

Baggio, discorda à vontade :D

Repara, a nível de apoios, este modelo cada vez mais se tem aproximado de um modelo de posse a sério. Há que entender que o treinador tem pouquíssimo tempo de trabalho.
E claro que a qualidade não se pode comparar, mas pese embora não conseguisse as recuperações, tens de entender que o plantel do Benfica é muito superior ao do Porto. Troca o Gaitan ou o Markovic pelo Varela e Herrera, quanto ficaria o jogo?
O modelo não pode estar tão próximo quanto queremos, mas o caminho seguido é o mesmo. É normal que seja estratégico porque há pouco tempo de trabalho. Mas o facto de a estratégia passar por determinados factores, leva a concluir que o objectivo será um modelo próximo.
Cumprimentos

VV disse...

O PB ESCREVEU AQUI MAIS QUE UMA VEZ QUE O RODRIGO SE FOSSE TITULAR TERIA POTENCIAL PARA SER CLARAMENTE O MELHOR PL DESTA LIGA. ENTÃO CALA A BOCARRA.

agora bloqueia

Daniel Martins disse...

Não foram só o Salvio e o Sulejmani a perder bolas, nem me refiro só a isso. Quantas vezes o Benfica saiu a jogar desde a sua área? 3? 4? O Porto colocava sempre mais homens no centro do terreno, o que levava o Benfica a lateralizar jogo. E nas laterais não temos o Alex Sandro e o Danilo, infelizmente. Depois com os nossos extremos a receberem a bola sempre de costas, talvez com mais alguém a servir de apoio sempre desse para tabelar e sair a jogar. Mas isto digo eu, que não percebo nada disto.

O Porto com a confiança e o "killer instinct" de outros tempos bem recentes tinha humilhado o Benfica, sem dúvida.

PM disse...

Sim o comentário que fizeste era no contexto de uma comparação com o Ghilas (que consideraste melhor tecnicamente que o Jackson)... mas n é preciso ser prof de português para dizer que quando falaste da receção do Jackson (que foi o que citei) n estavas a comparar nada... estavas a afirmar que recebe mal... o que na minha modesta opinião n faz sentido pois até acho que o primeiro toque é um dos seus pontos fortes... mas isso cada um pode ficar na sua...

João Bernardo disse...

Baggio, o que achaste do Reyes ?

Roberto Baggio disse...

VV,

O PB ESCREVEU AQUI POR MAIS DO QUE UMA VEZ QUE O RODRIGO TEM POTENCIAL PARA... O PB ESCREVEU AQUI VARIAS VEZES QUE JACKSON É!

ENTÃO JÁ QUERES PARAR DE SER PARVO, OU SERÁ QUE TENHO DE TE ENSINAR TUDO?!

Roberto Baggio disse...

António,

"Mas o facto de a estratégia passar por determinados factores, leva a concluir que o objectivo será um modelo próximo"

permite-me discordar novamente. Estratégia, para mim, são nuances específicas tendo em conta o que o adversário apresenta. Logo, essa varia de jogo a jogo. Logo, não se pode/deve comparar ao objectivo final (que é o modelo de jogo). Na minha opinião, claro.

Daniel Martins,

"Quantas vezes o Benfica saiu a jogar desde a sua área? 3? 4?"

O Benfica tentou sair tantas vezes, quanto em jogos anteriores. A diferença foi o (não) sucesso dessas situações. Que consequentemente leva a que os jogadores, com o suceder dos erros, deixem de o tentar fazer, pelos riscos que acarreta. Na minha opinião.

PM,

Vê o post do jogo com o Málaga. Ou então, revê a oportunidade que ele tem na segunda parte e atira ao poste. No pormenor, percebem-se, na minha opinião, essas dificuldades.

Anónimo disse...


Outro Ancelotti a pensar que eram favas contadas, com 2 médios e Cardozo a ganhar ritmo. Com um plantel destes e nem estofo há para a dobradinha. Bem podem mudar as fraldas ao JJ.

Daniel Martins disse...

Deduzo então que para ti, mais do que mudar algo no modelo de jogo, a causa do insucesso das saídas a jogar do Benfica foi a escolha dos intérpretes, certo? Se sim, e dado que alguns dos ditos "titulares" ficaram no banco, que é que mudarias ao intervalo?

Roberto Baggio disse...

Para mim, tinha gerido de forma diferente o jogo com a Académica. Ou seja, era aí que teria mudado.

forpipi disse...

Baggio, o que achas que falta ao Montero para ser tão bom quanto esses dois? É um jogador que aprecio bastante e estranho muito a sua condição de suplente no Sporting.

João Bernardo

Anónimo disse...


Com Braga ali tão perto e de comboio para não cansar os meninos. O autocarro bem podia ter trazido alguns Nas Nádegas Boys.

Roberto Baggio disse...

João Bernardo,

Eu também estranho muito o facto de o melhor jogador do Sporting ser suplente. Para mim ele é muito forte mesmo.
Quanto ao que falta, é o que os outros dão a mais. Ou seja, são inteligentes na forma como jogam. Procuram na maior parte do tempo soluções colectivas com qualidade, jogam bem dentro e fora da área. Os outros dois para além disso tudo (que se diga, é o essencial), conseguem juntar uma compleição física brutal!
É esta a minha opinião.

Anónimo disse...


O Jesus nunca ganhou ao Castro.

masterzen disse...



Baggio,

Se o porto hoje preenchia o corredor central com muitos jogadores tentando que o Benfica seguisse o seu jogo pelas laterais, porque não efectuar a saída de trás com três homens ( será mesmo necessário três homens se o porto só colocava lá Jackson..) colocando os laterais nos apoios centrais e os extremos juntos as linhas? É que assim sempre a que a bola entrasse na linha os extremos estariam 1c1 com os laterais... O barcelona de Guardiola utiliza muitas vezes esta variante.
Para mim nota negativa hoje ao Jesus, se queria rodar a equipa teria que perceber que Sálvio, Cardozo estão num momento miserável e que Sulejmani ao intervalo já tinha batido o recorde mundial de perdas de bola em 45 minutos.

O mau momento é tão evidente que hoje poderia ter colocado o Djuricic com o Rodrigo na frente e na direita o André Gomes.

forpipi disse...

De facto são mais atléticos que o Montero. Contudo parece-me que o Montero ser mais dotado do ponto de vista técnico. Quero com isto dizer que é capaz de executar mais e melhor que os restantes, ou seja, concretizar melhor as suas ideias! Mas isto também é a minha opinião.

João Bernardo

forpipi disse...

De facto são mais atléticos que o Montero. Contudo parece-me que o Montero ser mais dotado do ponto de vista técnico. Quero com isto dizer que é capaz de executar mais e melhor que os restantes, ou seja, concretizar melhor as suas ideias! Mas isto também é a minha opinião.

João Bernardo

Roberto Baggio disse...

Masterzen,

Estás a falar de modelo de jogo. Dinâmicas. Que têm de ser trabalhadas durante o período em que tens tempo para trabalhar. São alterações que levam tempo a ser implementadas. Não chega treinar dois dias, uma semana, ou duas. Se o Benfica nunca saiu assim esta época, já não o vai fazer. Na minha opinião isso seria mau, tentar, agora, coisas que nunca fez durante a época. Agora, só pode mesmo mexer estrategicamente. E isso não é uma questão de estratégia. É de trabalho semanal.

"Para mim nota negativa hoje ao Jesus, se queria rodar a equipa teria que perceber que Sálvio, Cardozo estão num momento miserável e que Sulejmani ao intervalo já tinha batido o recorde mundial de perdas de bola em 45 minutos.

O mau momento é tão evidente que hoje poderia ter colocado o Djuricic com o Rodrigo na frente e na direita o André Gomes."

O Cardozo é mesmo menos 1 em todos os momentos do jogo. O Sálvio é o Sálvio. A diferença é que já perdeu o comboio. Logo, em vez de em dez perder só cinco, perde 8 lances.
O Sulejmani que até nem vinha fazendo maus jogos, esteve mesmo muito mal. Mas para mim, isso deveu-se muito a pressão do FCP.

PPM disse...

Baggio

A mim parece-me que no jogo contra o FC Porto ficou evidente que Cardozo está a atravessar uma crise de confiança grave e claramente não se enquadra no estilo de jogo actual do Benfica! O que achaste da exibição do Sílvio? Sinceramente acho-o um lateral fantástico, muito competente, defensivamente é muito certinho e ataca com critério! Gostava que ficasse no Benfica. Achaste que o JJ fez bem em poupar a equipa no Dragão a pensar nos próximos jogos para o campeonato? Caso fosses treinador, o que farias? Abraço

Unknown disse...

"Com um bocadinho mais de critério no último passe, tinha sido goleada para o Porto.
Muito mau o último passe do Porto hoje"

Ora fdx, mas que bem. Se o Porto tivesse tido mais critério, mais bola, mais rapidez de processos, mais afinação no remate e mais tudo ira dar goleada. A cena é que isto também é valido para o SLB.

Tirando este tipo de declarações que me irrita um pouco, penso que o FCP foi superior ao SLB, reflectindo-se isso no resultado. Mas também não se pode escamotear que a frente de ataque não era a titular e podemos ver aí os problemas para o início do processo ofensivo, principalmente nos apoios no corredor central, que tanto o Gaitán como o Markovic os asseguram com muito maior rigor e técnica que o Sálvio e o Sulejmani. Também notei alguma falta de concentração, e aqui discordo um pouco do Baggio na exibição do Garay, pois a jogada da bola ao poste do Jackson (grande recepção), parte de uma falha ao corte que estava ao alcance dele.

Em relação à gestão do JJ, foi algo arriscada, pois aumentou as probabilidades de um resultado mau aqui, mas também o fez de uma maneira positiva para o jogo do Braga. Portanto, enquadrado com o discurso de que o campeonato é prioritário. E digamos que uma vitória em Braga fecha praticamente o campeonato. No cômputo geral penso que o JJ, se ganhar em Braga por apresentar o melhor onze, fez uma aposta acertada, já que a taça continua em aberto.


Roberto Baggio disse...

PPM,

Achei que esteve ao seu nível. Não o achei fantástico. Mas é competente. Poderá ainda melhorar mais, com mais jogos, e sobretudo mais tempo de trabalho com JJ.

Quanto a questão da gestão, é obrigatória. Quanto à opção de que jogos gerir, depende do treinador. Daquilo que o treinador preconiza como objectivo, dentro do grupo, para a temporada. Isto tendo em conta as expectativas da direcção, e dos adeptos. Portanto é injusto estar a optar. Contudo, eu teria mudado no jogo com a Académica. 45 minutos Para Nico, Marko. Mas também entendo que por exemplo JJ quisesse poupar Marko, e Nico, tendo em conta o nível de agressividade do jogo, nomeadamente gerindo uma possível lesão.
É complicado sabes.

Anónimo disse...


Para o JJ perder com o Porto não tem nada de extraordinário, já está mais que habituado - palavras do mister no fim - a sorte dele e do benfas foi não ter havido Porto esta época. Extraordinário é estar cheio de medo do Sporting, com 6 pts de vantagem e a 6 jornadas do fim. E se calhar medo do Cardozo.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Achei que o FCP esteve muito bem na saída de bola do adversário e isso condicionou o jogo. Falar em goleada, epá, isto é ridículo...

O jogo foi super-interessante tacticamente ainda que relativamente mal jogado em termos técnicos e de execução.

Para além do golo, que foi um bocado chouriço (porque daquela posição acertar onde a coruja mora é 1 em 50), e do lance do Varela - precedido de uma falta claríssima no Fejsa - o Porto só conseguiu entrar na área do Benfica na grande jogada do Jackson na segunda-parte.

De resto, nunca mais lá conseguiram entrar. Portanto, jogo defensivamente normal do Benfica (forte em todos os aspectos), pontuado com alguns - poucos - erros de decisão e execução em processo defensivo, e uma forte pressão do FCP durante o jogo todo.

Acho sempre que não é por meter mais um jogador no meio que o problema fica resolvido na transição para o ataque. Isso para mim não faz sentido. Porque da maneira que o JJ vê o jogo tal alteração não muda nada - a dinâmica de transições rápidas vai manter-se quase sempre.

As únicas alterações que me recordo foram num meio-campo a três com Fejsa, Ruben e Enzo (nas segundas-partes dos jogos com o Tottenham, por exemplo). Se em Londres correu bem e a equipa melhorou, em Lisboa tal não aconteceu.

Para mim o Rodrigo e o Cardozo tinham que ser suficientemente inteligentes para baixar e dar mais uma linha de passe próxima do Ruben - que fez um bom jogo. O Lima fez isso quando entrou e julgo que pelo perfil tem essa capacidade.

O Rodrigo também tem estado muito melhor com bola, e nas decisões que toma, e esperava que ele fosse mais assertivo ainda no jogo de ontem. Apesar de ter sido dos melhores do Benfica julgo que a equipa precisava de mais cérebro.

Salvio muito mal tanto nas transições como nas decisões e se vocês acham que o Cardozo não serve para o que o JJ pede no processo defensivo, eu digo o mesmo em relação ao Salvio em organização ofensiva (especialmente com as alterações que o JJ fez; agora os extremos pedem jogo mais por dentro).

Sobretudo nos jogos contra equipas mais apetrechadas são evidentes as suas dificuldades em enquadrar. Acumula más recepções e más decisões a cada toque na bola e não sabe sequer utilizar os atributos físicos que tem. Acho até que o Sulejmani é muito melhor do que ele neste aspecto (apesar de ser um jogador descoordenado o que lhe complica todo o processo).

Isto enquanto o Markovic com apenas um toque enquadra nas calmas e na cara do Alex Sandro e às vezes com esse único toque deixa logo o adversário para trás...

No FCP gostei do Reyes, do Jackson (claro) e o Quaresma é um jogador horrível... Para pará-lo basta estar sempre entre a bola e a baliza. Porque entretanto ele sai de campo com ela.

Registei também a sua bazófia durante a primeira-parte a tentar desestabilizar o Maxi com reviengas e tretas e merdinhas que não valem uma beata... O Maxi é actualmente o pior jogador do Benfica, porque é o que comete mais erros, mas ontem fez um jogo relativamente tranquilo.

João Silva disse...

«Se os nossos avançados pressionarem, a linha defensiva sente-se mais confortável e não tem medo de subir alguns metros. Se os avançados não exercerem pressão e deixarem o adversário ter a iniciativa, então a tendência da defesa é para proteger o espaço nas costas. É uma ideia coletiva», salientou Mourinho.

Boas Baggio, para confirmar o que se disse sobre o Cardozo, é isto que falta? Ao não estar presente essa pressao inicial (e talvez nao houve segundo o teu post) o SLB nao se soube "adaptar" ao jogo?

Cumps a todos

Roberto Baggio disse...

João Bernardo,

Reyes está a crescer. No próximo ano dará para perceber melhor até onde pode ir.

João Silva,

Houve pressão. Houve sempre pressão. Só que Cardozo ficava invariavelmente batido.
Não entendi o que queres dizer com o SLB não se soube adaptar ao jogo, podes reformular sfv?

Ricardo Perna disse...

A questão da gestão, de que já falei acima, parece-me fácil de entender.

JJ tem como prioridade o campeonato, portanto é preciso ler as alterações todas em face disso. Para além disso, era um jogo fora, com a 2ª mão em casa, possivelmente numa fase em que o campeonato já estará decidido. Aliás, a 2ª mão a 16 de abril calha no meio dos jogos com a Olhanense e o Arouca, teoricamente mais fáceis que a deslocação a Braga.

Portanto, o JJ acabou por considerar que empatar ou perder por poucos aqui não hipotecava nada (e não hipoteca), porque ficava com a 2ª mão em casa, onde pode lançar toda a carne no assador, gerindo os jogos do campeonato, porque a manter-se esta vantagem, no jogo da 2ª mão com o Porto o Benfica terá 8 pontos de vantagem (confronto direto com o SCP) e estarão 9 em disputa...

E vai fazer o mesmo no jogo com a Alkmaar, como fez com o PAOK, porque a 2ª mão é em casa, mais uma vez...

Quanto ao plantel à disposição, sim, o SLB teve alguma sorte no jogo, com a bola ao poste e uma ou outra situação, mas foi claramente com uma segunda linha do meio-campo para a frente que segurou toda a pressão fantástica que o Porto fez, mesmo com dois extremos a perderem bolas que nem crianças... é obra!

Fora isto, o jogo foi exatamente igual ao que costuma ser. Estou com vocês: não foi a estratégia que falhou, foram os jogadores que estavam em campo que não a implementaram... portanto, tudo normal e a seguir, penso eu, o esquema definido. Se vai ou não resultar, pois, só no final da temporada se verá.

João Silva disse...

Quando dizes que o Benfica nao é tao forte defensivamente com Cardozo em campo, o jogo colectivo da equipa nao se soube "adaptar" a uma forma de jogar diferente?
O erro talvez seja meu de interpretaçao do post porque talvez Cardozo tenha sido demasiado macio e portanto tenha permitido mais à vontade à transiçao ofensiva do FCP.
Disclaimer: Não sou dos que acha que Cardozo tenha sido o cancro da equipa neste jogo atençao, até porque acho que os benfiquistas nao deviam castigar tanto os jogadores neste jogo, foi um problema de executantes/gestão nao de modelo de jogo ou de atitude. Quem já jogou bola saberá que ter companheiros que perdem bolas constantemente nao é bom para o estado animico

Obrigado Baggio
Cumps

João Silva disse...

Ricaro Perna, 100% de acordo! É o que penso também, como disse no comentario anterior, para benfiquistas acho que nao há razao para tanta desmotivaçao. Mas todos sabemos o porquê de quererem esta vitoria, motivos extra futebol, contra mim falo também.

Cumps

Jorge Carolo disse...

Edson Nascimento,

estou de acordo ctg em relação ao Salvio. Está totalmente desfasado do modelo do Benfica. Não procura jogo interior e quando o faz tem sempre más decisões, que passam essencialmente por conduzir na direção da linha lateral ou então fazer passe lateralizado, mesmo com melhores soluções interiores. Julgo que JJ tem de trabalhar melhor esta vertente com Salvio senão dificilmente, e mesmo que o faça, tirará o lugar a Markovic.

Quanto à possibilidade de ter mais um homem a meio campo, tenho uma opinião diferente da tua, ou seja, julgo que mais um elemento a meio campo (ou então Lima no lugar de Cardozo) seria fundamental para dificultar a pressão do Porto, na 1ª fase de construção do Benfica. Porque Fejsa e Amorim não conseguiram ver-se livres dos seus opositores pondo em risco a saída de bola.

Quanto ao jogo de Sulejmani que quanto a mim não foi bem conseguido, mas as perdas de bola que teve apesar de infantis, nalguns dos casos, muito se deviam à ausência de apoios (principalmente frontais) o que foi uma tónica no jogo de ontem do Benfica. Julgo que o maior erro da equipa ontem foi a distância entre sectores o que em muito dificultou a posse de bola com critério e lé está nesse aspeto Cardozo também esteve muito mal.

Por falar em Cardozo, julgo que também está totalmente desfasado deste modelo de jogo do Benfica, pois a sua inoperância a pressionar e a condicionar a 1ª fase do adversário associado à sua fraca condição física, torna-no num corpo estranho, sobrecarregando os outros elementos da equipa, porque tem que estar constantemente em readaptações, o que consequentemente faz com que tenham de se desgastar mais. Enfim acho que Cardozo precisa de mais minutos mas não pode ser em jogos de exigência máxima!!

Cumprimentos,

Anónimo disse...

Edson,

estou de acordo ctg em relação ao Salvio. Está totalmente desfasado do modelo do Benfica. Não procura jogo interior e quando o faz tem sempre más decisões, que passam essencialmente por conduzir na direção da linha lateral ou então fazer passe lateralizado, mesmo com melhores soluções interior. Julgo que JJ tem de trabalhar melhor esta vertente com Salvio senão dificilmente, e mesmo que o faça, tirará o lugar a Markovic.

Quanto à possibilidade de ter mais um homem a meio campo, tenho uma opinião diferente da tua, ou seja, julgo que mais um elemento a meio campo (ou então Lima no lugar de Cardozo) seria fundamental para dificultar a pressão do Porto, na 1ª fase de construção do Benfica. Porque Fejsa e Amorim não conseguiram ver-se livres dos seus opositores pondo em risco a saída de bola.

Quanto ao jogo de Sulejmani que quanto a mim não foi bem conseguido, mas as perdas de bola que teve apesar de infantis, nalguns dos casos, muito se deviam à ausência de apoios (principalmente frontais) o que foi uma tónica no jogo de ontem do Benfica. Julgo que o maior erro da equipa ontem foi a distância entre sectores o que em muito dificultou a posse de bola com critério e lé está nesse aspeto Cardozo também esteve muito mal.

Por falar em Cardozo, julgo que também está totalmente desfasado deste modelo de jogo do Benfica, pois a sua inoperância a pressionar e a condicionar a 1ª fase do adversário associado à sua fraca condição física, torna-no num corpo estranho, sobrecarregando os outros elementos da equipa, porque tem que estar constantemente em readaptações, o que consequentemente faz com que tenham de se desgastar mais. Enfim acho que Cardozo precisa de mais minutos mas não pode ser em jogos de exigência máxima!!

Cumprimentos,

Jorge Carolo

Roberto Baggio disse...

João Silva,

A equipa tem uma ideia de jogo, para todos os momentos do jogo. E quando um elemento não se apresenta dentro disso, toda estrutura se ressente. Eu acho que o Cardozo foi um dos cancros do SLB, porque a dinâmica defensiva, este ano, começa aí. Nos avançados. E mesmo quando o Benfica tem a bola, Cardozo acrescentou zero. Esta época, para ele, é para esquecer.

Cardozo não foi macio. ele não consegue correr mais depressa, reagir mais rápido, encurtar logo os espaços, obrigar a lateralizar ou a bater. Ele não tem capacidade para isso.

Portanto não acho que não tenha sido o Benfica colectivamente a falhar. Os executantes é que não eram os melhores tendo em conta a ideia de jogo do treinador, e sobretudo, aquilo que o adversário apresentou.

Anónimo disse...


Esta época ou o que falta da época com este modelo de jogo? Nos 61 pts na Liga vários têm a assinatura dos golos do Cardozo no principio da época. E com mais ritmo ainda pode vir a ser muito útil nas várias provas.

João Silva disse...

Perdoa-me por insistir no assunto e centrar a discussao apenas no tema Cardozo mas Oscar sempre foi aqui elogiado no Lateral Esquerdo (tendo em conta que sempre também se enunciou que uma aposta mais constante em Lima e Rodrigo mais golos seriam possiveis - algo que ainda nao se viu :P) pela sua inteligencia, ao inves da profundidade, Cardozo, oferece capacidade entre linhas. Pergunto, foi profundidade que faltou ontem, porque o modelo de jogo do Benfica desta epoca é diferente justamente para golos como se viu de Rodrigo em Londres, algo que Oscar nunca conseguiria? E a inteligencia? Não é importante também e nao fez falta ontem?
A minha insistencia neste ponto é compreender como um jogador de tantos golos está em iminencia de se tornar obsoleto, mas se calhar para a proxima epoca voltará tudo ao mesmo se Rodrigo sair...

Obrigado mais uma vez,
Cumps

Anónimo disse...


Cardozo bem tem sempre que voltar ao jogo, até para não se chatear muito com o treinador ou para o mercado. E Sálvio continua a ser só o ala com mais golo.

S. Nakamura disse...

Caro Baggio,

Gostava de perceber como avaliarias o Herrera, se fosse possível. Considerando que a perfomance individual de um jogador se pode dividir em duas vertentes, a tomada de decisão e a execução, achas que se pode dizer que atualmente o Herrera é bom na decisão, mas muito mais fraco na execução?

Cumprimentos

Edson Arantes do Nascimento disse...

De acordo quase a 100 por cento Jorge!

Especialmente no que acrescentaste em relação ao Salvio. A condução dele é sempre a mesma, independentemente de ter melhores opções ou não.

Só não estamos de acordo em relação à ideia do terceiro homem... É que já houve outras partidas (poucas, mas existem) em que o Jesus fez essa alteração mas as ideias foram as mesmas.

Mas estamos de acordo em relação ao Lima.

Com ele em campo tenho a sensação que o jogo poderia ter sido um pouco diferente.

Vamos ver se o FCP vai fazer o mesmo tipo de jogo na segunda-mão. Vai ser outro jogo bem interessante.

Jorge Carolo disse...

Totalmente de acordo Baggio, comentário das 10:35.

O Cardozo que no inicio da época foi importante, com nuances diferentes no modelo de jogo do Benfica, não se consegue adaptar ao de hj em dia principalmente pelas suas características físicas, e quanto a mim associadas a uma fraca condição física que apresenta atualmente. Muito do jogo defensivo do Benfica de hj em dia passa pela pressão na 1ª fase de construção do adversário, que com Cardozo se torna difícil!!

Por outro lado julgo que Salvio fruto das suas más decisões terá muitas dificuldades em tirar a titularidade a Markovic!!

Com constantes "lateralizações", ao nível do passe e condução de bola, que prejudicam o jogo ofensivo do Benfica.

Que opinião tens em relação a Salvio?

Abraço

Walter of Allbano disse...

Baggio:

Concordo com alguns aspetos que referes, contudo, creio que o maior problema do benfica foi a falta de enzo pérez.
O ruben amorim é na minha opinião um jogador fantástico ao nível de construção de jogo, mas tem um "handicap" ao nível de agressividade e capacidade pressionar a equipa adversária.

Por outro lado, o enzo pérez consegue juntar ao referido uma capacidade de recuar e vir construir jogo atrás.

Paralelamente, também pela ausencia do gaitan e do markovic, o slb construiu o jogo mais pelas laterais (que devido às falhas dos extremos levou à ausencia de bolas no terceiro quarto de terreno).

Concordo com as falhas do Cardozo, no entanto isso é algo já descrito e debatido. As potencialidades do Cardozo denotam-se a prender os defesas e "tabelinhas" junto à área.

Por fim, creio que a derrota foi mais por culpa da incapacidade do Slb do que mérito do FCP. Denote-se que na fase de construção defensiva os defesas do porto várias vezes erraram passes quando pressionados!

p.s.: concordo com o grande jogo do jackson. Herrera apresentou um nível muito interessante. Quaresma e Varela são nulidades ofensivas em termos de decisão!

Walter of Allbano disse...

Baggio:

Concordo com alguns aspetos que referes, contudo, creio que o maior problema do benfica foi a falta de enzo pérez.
O ruben amorim é na minha opinião um jogador fantástico ao nível de construção de jogo, mas tem um "handicap" ao nível de agressividade e capacidade pressionar a equipa adversária.

Por outro lado, o enzo pérez consegue juntar ao referido uma capacidade de recuar e vir construir jogo atrás.

Paralelamente, também pela ausencia do gaitan e do markovic, o slb construiu o jogo mais pelas laterais (que devido às falhas dos extremos levou à ausencia de bolas no terceiro quarto de terreno).

Concordo com as falhas do Cardozo, no entanto isso é algo já descrito e debatido. As potencialidades do Cardozo denotam-se a prender os defesas e "tabelinhas" junto à área.

Por fim, creio que a derrota foi mais por culpa da incapacidade do Slb do que mérito do FCP. Denote-se que na fase de construção defensiva os defesas do porto várias vezes erraram passes quando pressionados!

p.s.: concordo com o grande jogo do jackson. Herrera apresentou um nível muito interessante. Quaresma e Varela são nulidades ofensivas em termos de decisão!

Jorge Carolo disse...

Totalmente de acordo Baggio, comentário das 10:35.

O Cardozo que no inicio da época foi importante, com nuances diferentes no modelo de jogo do Benfica, não se consegue adaptar ao de hj em dia principalmente pelas suas características físicas, e quanto a mim associadas a uma fraca condição física que apresenta atualmente. Muito do jogo defensivo do Benfica de hj em dia passa pela pressão na 1ª fase de construção do adversário, que com Cardozo se torna difícil!!

Por outro lado julgo que Salvio fruto das suas más decisões terá muitas dificuldades em tirar a titularidade a Markovic!!

Com constantes "lateralizações", ao nível do passe e condução de bola, que prejudicam o jogo ofensivo do Benfica.

Que opinião tens em relação a Salvio?

Abraço

Mats Magnusson disse...

Boas Baggio. Se calhar já respondeste a isto. Gostava de saber a tua opinião sobre o facto de o Benfica de Jesus nunca (em 5 anos) ter conseguido ganhar um jogo contra um adversário superior ou igual fora de casa. Ao passo que contra equipas pequenas é sempre a varrer. Isto é quase diametralmente oposto dos treinadores anteriores no Benfica, que tinham muitas dificuldades em ganhar jogos pequenos mas faziam sempre grandes jogos contra equipas grandes lá fora. É que ao fim de tanto tempo já são precisas mais explicações do que "o azar" do Jorge Jesus. Abraço!

Mats Magnusson disse...

Boas Baggio. Se calhar já respondeste a isto. Gostava de saber a tua opinião sobre o facto de o Benfica de Jesus nunca (em 5 anos) ter conseguido ganhar um jogo contra um adversário superior ou igual fora de casa. Ao passo que contra equipas pequenas é sempre a varrer. Isto é quase diametralmente oposto dos treinadores anteriores no Benfica, que tinham muitas dificuldades em ganhar jogos pequenos mas faziam sempre grandes jogos contra equipas grandes lá fora. É que ao fim de tanto tempo já são precisas mais explicações do que "o azar" do Jorge Jesus. Abraço!

Roberto Baggio disse...

S.Nakamura,

Não estive particularmente atento ao jogo de Herrera no pormenor. Pelo que a minha opinião de pouco ou nada valerá.

Do Porto, para além do Jackson e Fernando, gostei do Danilo, Alex, e Defour. Nada que não tivesse à espera, no entanto, pela sua qualidade.

Roberto Baggio disse...

Mats Magnunsson,

1º Acho que divergimos naquilo que considerámos equipas superiores ou iguais.

2º Sendo crível que o SLB fez jogos contra equipas superiores, não tinha qualquer obrigação de os vencer.

3º Do meu ponto de vista, Jesus já venceu equipas de superior ou igual valia. Por exemplo o FCP.

Seria mais fácil discutir ou fazer esse exercício se me dissesses quem são esses adversários, ou se te focas em algum em particular.

VV disse...

NÃO, É QUE ENTRETANTO O GHILAS TAMBÉM JÁ É

Roberto Baggio disse...

VV,

Como isso já se está a tornar chato, e como nem aos arquivos você é capaz de ir, aqui fica uma lição:

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2012/12/caetano-e-ghilas-caminho-de-braga.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/02/no-mexico-estava-mais-habituado.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/02/ghilas.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/07/one-man-show-se-jackson-acabar.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/05/o-que-acaba-de-fazer-ghilas.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/04/curiosidades-na-danca-das-transferencias.html

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/04/completissimo.html

http://www.lateral-esquerdo.blogspot.pt/2013/07/futuro-azul.html

Se assim você o souber interpretar, claro.

Era mais simples, voc~e ter carregado nas etiquetas, ler o que se dizia sobre Rodrigo e como isso foi evoluindo. Ver-se o que se dizia de Ghilas, e a evolução disso. Ver o que se dizia sobre Jackson, e a evolução disso. Poupa-se a todas as patetices e figuras ridículas que fez até agora. Não lhe valeu de nada.

PM disse...

Embora (pessoalmente) até goste mais de modelos de jogo que privilegiam a posse de bola e a organização ofensiva (daí adorar os barças e bayerns deste mundo) não consigo perceber a paranóia coletiva com tomada de decisão de jogadores como o salvio ou quaresma... são jogadores de risco... o que implica que se por um lado vão perder um camião de bolas por outro chegam ao final da época com uma quantidade generosa de golos e assistências que tb beneficiaram as suas equipas. Tudo depende do que os treinadores pretendem. O próprio Ronaldo ao nível da tomada de decisão é muito semelhante aos salvios e quaresmas.. a diferença é que marca golos em quase todos os jogos o que claramente compensa as perdas de bola e egoísmos (burrices?). Se ele fosse melhor (?) na tomada de decisão ia perder menos bolas mas tb ia desequilibrar menos... iria isso beneficiar a equipa... sinceramente n sei

Helder disse...

o q achaste do reyes baggio?

fiquei com a impressão que o rapaz tecnicamente é bom e que as saídas de bola deviam começar por ele. também me pareceu relativamente bom a nível de posicionamento.

Roberto Baggio disse...

Acho que está a melhorar, mas ainda tem muito por onde trabalhar com e sem bola.