sexta-feira, 11 de abril de 2014

Erro ofensivo


Sobre o 2º golo do Sevilla, para mim, erro ofensivo do Fabiano. Sem qualquer tipo de erro defensivo evidente. Sem grande culpa para Danilo. A bola de Fabiano foi uma treta.

32 comentários:

Unknown disse...

Danilo é o elo mais fraco, desde amo passado.....que venha pro benfica!!

DC disse...

A grande diferença entre Hélton e Fabiano é esta, a nível ofensivo.

Baggio, tinha-te falado. O Sevilha é mau, mas as feridas deste Porto são muito profundas. Vão demorar muito tempo a curar e não vai ser com o Luis Castro.

Helder disse...

nca poderia ser o LC a "curar" o porto qd se vê o quão árido de qualidade é o jogo d porto qd o quaresma joga.
será marco silva o próximo?

Roberto Baggio disse...

DC,

Verdade! Ainda assim, creio que podiam ter resolvido na 1ºmão fácil. Mas pronto. Tens toda razão.

Pedro Reis disse...

E que dizer do posicionamento de Reyes? Mal no ínicio, no durante e no após golo. Sem intensidade, sem noção do local onde estava. Faz-me lembrar o Lisandro do Benfica só que mais novo. Erros posicionais atrás de erros posicionais...

Roberto Baggio disse...

O Reyes? Não vejo nada de errado, sinceramente.
Mas, diz-me o teu ponto de vista, como é que poderia fazer melhor.

Abc

Anónimo disse...

https://twitter.com/quaresmasincero

formatted error free disse...

o mangala trocou os pés 3 vezes...

Baresi disse...

Esse passe de Fabiano é muito mau... Mas uma andorinha não faz a primavera.
Ele e Oblak podem-se tornar em algo sério... o potencial está lá todo.

Em relação a este jogo, do que vi (estive na Luz a ver o Benfica), foi mais do mesmo.
Parecia uma equipa que se reuniu num instante para fazer uma peladinha.
Falaram mal de Fonseca, mas por este andar, Luis Castro vai pulverizar todos os recordes negativos do FCP deste século...

Pedro Reis disse...

Aquando da reposição do Fabiano está no bico da àrea, a uns 6/7 metros do homem do sevilha, e uns 5 metros atrás do último defesa do Porto, neste caso o Mangala. A bola é perdida pelo Danilo e ele urge em ir de encontro à bola apercebendo-se tarde que já lá estavam 2 homens do Porto e que a distância lateral para o Mangala era demasiado grande, fazendo com que o homem do sevilha recebesse à vontade. Ele passa por ele sem ele esboçar qualquer tentativa de desarme e fica a olhar ele rematar para a baliza, parado. Agora imagine se a bola ia ao poste? quem chegava primeiro, o Reyes ou os 2 homens do sevilha que já apareciam para a recarga? É apenas a minha visão.

Roberto Baggio disse...

Sinceramente não o entendi. Para mim o lance é simples. A equipa está posicionada para sair a jogar, com grande distância entre os elementos da linha defensiva. O Sevilla recupera, e há uma disputa com o MDF que tira completamente qualquer hipótese de Reyes disputar o lance. E isto acontece porque Reyes, quanto a mim, bem, aproxima-se da disputa do lance para uma eventual 2ºbola.

Depois, ao ficar batido, só tem que trocar de posição com Mangala, assegurando a cobertura do corredor central, enquanto esse sai na contenção, que é o que faz, e bem. É esta a percepção que tenho do lance, sobre a acção de Reyes.

Roberto Baggio disse...

"Luis Castro vai pulverizar todos os recordes negativos do FCP deste século..."

Sem qualquer tipo de culpa, obviamente. O lugar há muito que esteva queimado, viesse quem viesse.

Paolo Maldini disse...

O Fabiano até pode ser mt bom. O Oblak tb, e o Patrício para mim é o melhor do ano, mas o Hélton é o melhor da última década! E uma das grandes diferenças do FCP para o SLB sobretudo na última época!

Anónimo disse...

aproximou-se da disputa de bola mas mal sai o passe do fabiano (sim o danilo n tem culpa nenhuma) poderia ter fechado mais a zona central aproximando-se do mangala. A verdade é q o jogador do Sevilha passou no espaço entre centrais e o Reyes n revelou o sentido de urgência e intensidade necessárias para pelo menos condicionar um pouco a condução do Vitolo....

DC disse...

Já agora, qual é a vossa opinião sobre o Herrera?
Eu acho que nunca vai dar nada, faz 24 anos este mês e ainda não sabe fazer um passe e uma recepção.
Tem na resistência e na velocidade de condução as suas mais-valias mas nem perto do nível dum Ramires chega.

A maior parte dos adeptos do Porto parece adorá-lo, já eu continuo a perguntar o que é o Josué tem de fazer para jogar...

João Silva disse...

Obrigado DC, haja alguem que nao crucifique o Josue! Quintero ainda tem que aprender mas é jogador, mas porra o Josue tem muito mais toque de bola (leia-se qualidade de passe) que o mexicano. Faltará concerteza agressividade do portugues mas ainda há Defour caramba. O mexicano é tanque nada mais, nao é na minha opiniao o que o FCP precisaria...

Cumps

Edson Arantes do Nascimento disse...

Ok Baggio, o lugar estava queimado. Sem dúvida. Mas o problema deste Castro é que a equipa do FCP continua sem identidade nenhuma - e eu não tenho visto muitos jogos.

Contra o Benfica para a Taça condicionaram a saída de bola desde o guarda-redes, mas no jogo a seguir com o Nacional são capazes de entrar com o bloco mais baixo. E depois contra o Sevilha já jogam mais em largura e contra o Nápoles voltam a pressionar no campo todo. (Estou a falar à toa só para perceberes a ideia.)

Este Castro não vai longe. Fala muito em conceitos mas trabalho demonstra pouco. Entretanto olhamos bem e o Quaresma é o rei da picada. Isto para mim é tudo desconexo. Não cola.

Acho que dizer que uma equipa portuguesa, seja ela qual for, vai eliminar facilmente uma equipa espanhola, seja ela qual for, é sempre um tiro no escuro.

Porque para mim, em média (digamos assim), as equipas espanholas são as que melhor sabem jogar à bola. E acho que nós sabemos porquê. Já várias vezes o assunto foi tema de debate. O modelo de desenvolvimento desportivo espanhol é o melhor do mundo. E não é só no futebol.

Eu se ligar agora a televisão e estiver a passar o Maiorca-Osasuna vou olhar e ver três ou quatro jogadores que nunca ouvi falar mas que jogam muito. Têm o jogo todo na cabeça.

O Sevilha, para além de estar inserido neste contexto, tem jogadores de muita qualidade que vieram de outros campeonatos e origens. Ainda têm outra coisa que joga a seu favor: em casa aquilo é um autêntico caldeirão.

O Sevilha é quase sempre uma equipa que deve ser encarada com muita seriedade e atenção, mesmo que tacticamente apresente várias deficiências.

... disse...

Sem Quaresma ganham 3-1, com Quaresma levam 4. Com as devida diferenças entre Academica e Sevilha, isto ajuda a explicar muita coisa.

Tywin Lannister disse...

Fernando não jogou em Sevilha, e num FC Porto preso por arames... ;)

Anónimo disse...

há diferenças enormes entre correlação e causa-efeito. o quaresma pode ter alguma coisa a ver com o n marcar 3... mas parece-me q tem pouco a ver c o sofrer 4... veja-se por exemplo a tranquilidade com q o Alex Sandro (jogador fantástico... quando quer) vinha a recuperar no 4º golo do sevilha... o golo foi na recarga mas se o cruzamento sai ao 2º poste era só encostar porque o menino n lhe apetecia fazer linha c os centrais. A verdade é q tirando a parte mental que parece ter melhorado um bocado com o Castro... e o aproveitamento do ghilas (que neste jogou nem cheirou bola) a equipa tem exatamente os mesmos problemas e nuns jogos é mais eficaz e ganha... noutros o adversário é mais eficaz e perde.

Baresi disse...

O problema deste Porto não foi Paulo Fonseca, não foi a a falsa questão do duplo-pivot, ou outros factores acessórios com os quais se tentava justificar a má temporada actual.
O problema do FCP é a falta de qualidade na maioria dos seus jogadores e um plantel extremamente mal construído.
Basta ver quantos jogadores do FCP caberiam no plantel do Benfica, e vice-versa e aí constata-se o verdadeiro problema que Paulo Fonseca e Luis Castro tiveram/têm entre mãos.
E com o nível de exigência que os adeptos do Porto têm, e com o desinvestimento que temos assistido na construção do plantel nos últimos tempos, a tendência é para piorar e não melhorar.

Roberto Baggio disse...

Baresi,

Isso é treta. Claro que agora o plantel é consideravelmente mais fraco. Mas com PF tinha Lucho e Otamendi.
A diferença para o SLB, nessa altura seriam os extremos. De resto, Helton, Ghilas, Jackson, Otamendi/Mangala, Alex, Danilo, Fernando/Lucho, entrariam directo no onze. Ficavam no SLB Luisa ou Garay ou Nenhum, Enzo, Marko, Gaitan. 3/4 contra 7/8. Isso da qualidade é uma grande, grande treta. A equipa tinha que jogar muito mais, e melhor. No ataque e na defesa. PF é grande responsável.
Luís Castro não. Está a jogar com o que pode, uma vez que não tem tempo para treinar.

Jorge disse...

O Porto nao tem o plantel do Benfica mas tem jogadores de qualidade suficiente para fazer uma equipa muito melhor do que a actual. TEnho a certeza que com o VP estariamos a jogar muito melhor e muitos dos novos jogadores teriam evoluido muito mais.
Nao acho que o Luis Castro seja treinador para este nivel mas nao teve tempo nenhum para treinar a equipa e trabalhar um modelo de jogo... O Porto tem tido dois jogos importantes por semana.

DC disse...

Totalmente de acordo com o Baggio. O porto tem um plantel muito bom. Falta apenas organização.

Anónimo disse...

Com o VP n sei se a equipa estaria a jogar melhor. O q sei é q seria uma equipa muito mais organizada em todos os momentos de jogo (a la Sporting). E vindo de 2 campeonatos ganhos tb haveria maior recetividade por parte dos jogadores para as suas opções. Neste momento as bolas paradas é tudo para o Quaresma e fé em Deus... e n se pode culpar o Quaresma mas sim os treinadores. Por exemplo o Danilo na pre-epoca fez 2 golos de livre no mm jogo... nunca mais vi bater nada. é tudo aleatório... mas a falta de qualidade no plantel é gritante e nem vale a pena comparar com o benfica... basta pensar na equipa do AVB há 3 anos atrás (menos Falcao, menos Hulk, menos Moutinho, menos James, menos Alvaro Pereira, menos Otamendi/Orlando) e a unica posição onde agora há claramente mais qualidade é a de lateral direito (e o Sapunaru defendia melhor em termos de posicionamento que o Danilo) e qd muito lateral esquerdo. Além disso jogadores como o Lucho ou o Moutinho fazem parecer qq treinador inteligente...

Anónimo disse...

Baggio, a fazeres essa comparação entre jogadores do Benfica e Porto partes tens em conta aquilo que os jogadores do Porto jogavam (no passado) e não no que jogam agora, ou que têm jogado nos últimos meses valentes.
Apenas Fernando e Jackson entrariam no 11 do Benfica.
No plantel entrariam mais uns 5 ou 6, não mais que isso.

Rodrigo Paulo

Roberto Baggio disse...

Não. Quando se diz que o plantel do Porto é fraco, é baseado naquilo que eles jogam agora. Não é baseado no valor que eles têm quando inseridos num modelo de qualidade, e isso é o que eles podem dar. Estando num modelo de qualidade como o do Benfica. Os que citei entravam facil, fácil, no 11. Porque são melhores que os do SLB.

Jackson, Ghilas, Fernando/Ghilas, Alex, Danilo, Mangala/Otamendi, Helton.

Unknown disse...

Quem era melhor que o Matic, diz lá? Eu punha: Helton, Danilo, Otamendi, Garay, Alex, Matic, Enzo, Marko, Gaitas, Jackson. O que falta depende da táctica. Se mais um médio, ou um avançado. O Ghilas sempre me agradou, mas vi mais do Rodrigo (vi de ver, de não conhecer o Ghilas ao pormenor). Se for um médio, o Rúben Amorin.

Baresi disse...

Danilo anda a jogar pouco ou nada, o Alex Sandro desta época é bastante inferior a Siqueira, e até Sílvio.
Como já alguém disse, neste Benfica entraria Fernando e Jackson.
Josué, Carlos Eduardo, Licá, Abdoulaye, Ricardo, e mais uns poucos não são jogadores com qualidade suficiente para jogarem no FCP.
Outros está-se a dar o beneficio da dúvida (Reyes, Herrera) devido ao que custaram. Mas não me encantam nada.

"Mas com PF tinha Lucho e Otamendi."

E tinha uma derrota na Liga. O FCP teve que vender, estavam a dever dinheiro a Lucho, precisavam do dinheiro de Otamendi para despesas correntes. No final da época vão sair Jackson, Mangala e Fernando.
O Benfica também vendeu Matic, teve lesões em quase todos os jogadores nucleares na primeira metade da temporada. Mas tem soluções bastantes superiores às do FCP no banco, e até na bancada.

Quando se faz umas futeboladas 5x5 e tens 5 bons jogadores de um lado, e 4 do outro, a equipa que tem um jogador que é o grão de areia na engrenagem, normalmente acaba por perder o jogo.
E o FCP tem demasiados grãos desse tipo para poder aspirar a elevar a qualidade do seu futebol.

Roberto Baggio disse...

Se colocas o Matic, tens de colocar o z Lucho que é muito melhor que o Rúben. Se não colocas o Matic, tens de colocar o Fernando que é melhor que o Fejsa. Ghilas e Jackson são melhores que os do SLB.

Anónimo disse...

Ghilas é melhor que Rodrigo, Lima e Cardozo?

Roberto Baggio disse...

Ghilas e Jackson, são os melhores da liga. Para mim, claro.