terça-feira, 22 de abril de 2014

O meu coração estará sempre com os que conseguem fazer bem, ainda que tenham pouco. Editado.

Conforme havia sido observado, aqui, o Everton de Martinez é uma certeza.
Está neste momento a realizar a melhor época do clube, desde que a competição se passou a designar Premier League, ao nível de pontos (69). Sendo que ainda faltam disputar 3 jogos (9 pontos), caso o campeonato terminasse hoje, com actual pontuação, teria classificado o Everton para a 3º pré-eliminatória da champions, 5 dos últimos 10 campeonatos, e entraria directamente na prova milionária uma vez. Acabaria 3 campeonatos na posição actual (5º) e um no 6ºlugar.

Colectivamente é, para mim, a equipa mais equilibrada da Premier, tendo em conta a resposta em todos os momentos do jogo. Todos eles têm qualidade. Pelo que o mérito terá de ser em grande parte das ferramentas que o treinador possibilita aos seus jogadores.

Caso fosse eu a escolher o próximo treinador do Barcelona (caso se confirme a saída de Tata), do Man United, do FC Porto, ou do SL Benfica (caso Jesus saia), Martinez seria a minha escolha, desde o primeiro momento.

Dessa forma, com a qualidade de jogo com a qual me identifico, com organização em todos os momentos do jogo, torço para que continue a desafiar as probabilidades tendo em conta a fraca qualidade individual que possui.
O meu coração está com Martinez e com Rodgers. Uma vez que são eles que fazem esquecer a desilusão que é o Arsenal, o Man City, o Man United, o Tottenham, e o Chelsea.

Sobre o Modelo de Martinez, uma entrevista de Leighton Baines, capitão do Everton, aqui.

"That's been the big thing for me: the difference in the style of play, committing to that and not feeling like we have to adapt to the opposition. The new manager has that confidence and belief in himself, in his own blueprint. And then in us. He tells us we're not going to change, we're just going to improve constantly and keep practising until we get to the level where we want to be. Stick to it, don't compromise, get better at it."
"It's very different. The full-backs at Everton are more advanced now. If [the goalkeeper] Tim Howard has the ball, I'll be encouraged to be higher up the pitch and that creates more space for the midfielders. We can then start our play, building up from the back.
"People will say there's a risk involved, and there are times, as a defender, when I'm one side, Seamus [Coleman] is on the other, and I'm thinking: 'I could do with being 15 to 20 yards further back here.' But the idea is we stick to it, keep the ball and build. What the manager says is: 'We're going to get so good at what we do, we're not going to compromise that, we're going to stick to our principles and just get better because the top sides, the really top teams who have mastered this way, are the ones that gets success.'"
"I'm reluctant to say Barcelona or Bayern Munich, but it is based round those principles. We're trying to gain an advantage in what we do. It's attacking football, and we just have to trust ourselves."

31 comentários:

Joao Rodrigues disse...

Não fosse a derrota na quarta-feira frente ao Palace e iam a champions. Esmagaram o United no domingo, e acho que ainda vão limpar o City acho eu

Moreira disse...

Aqui está uma entrevista com Baines com que se pode tirar algumas ilações interessantes:

http://www.theguardian.com/football/2014/apr/18/leighton-baines-everton-england-david-moyes-roberto-martinez?CMP=twt_gu

Aqui, uma homenagem dos adeptos do Everton ao ex-treinador do Everton e agora ex-treinador do Man United, David Moyes:

https://www.youtube.com/watch?v=_O3Zw4qjNM8

Roberto Baggio disse...

Moreira,
Muito obrigado, vou acrescentar ao post algumas partes.

Mike Portugal disse...

Baggio,

Moyes foi um fiasco no Man Utd. A minha questão é: o trabalho realizado no Everton na época transata foi assim tão bom para o irem lá buscar?

Rafael Antunes disse...

O Mourinho também já foi assim... :(

Roberto Baggio disse...

Mike,

"A minha questão é: o trabalho realizado no Everton na época transata foi assim tão bom para o irem lá buscar?"

Na minha opinião, não o foram buscar pelo trabalho na época anterior. Foi pelo que vinha fazendo desde que chegou ao Everton, conseguindo colocar o clube quase todos os anos a lutar pela Europa (Liga Europa). Se isso é suficiente? Para mim não. Um grande clube tem de ter um treinador com ideias de jogo de acordo com a grandeza do clube. Moyes não as tem.

DC disse...

Ainda que não explique tudo, acho que o facto de tanto Everton como Liverpool estarem, desde há muito, focados só na Premier lhes traz vantagens.

City e Arsenal sofreram com o excesso de jogos e perderam pontos por culpa de lesões e da rotatividade necessária.

Mas Martinez está a fazer um grande trabalho, sem dúvida.

Roberto Baggio disse...

Eu preferia a (des) vantagem do City, Arsenal, Chelsea, United, e Spurs: ter milhões para contratar e pagar salários a quem entendem como bem entendem. Que para mim, é uma vantagem clara. Muito mais que não disputar competições europeias.
Mas isso sou eu a pensar. Outros podem ter outras ideias.

zorg disse...

O Arsenal não tem tido milhões para gastar, nem muito menos para pagar salários, mas essa é uma confusão habitual. O clube entrou num controlo de custos muito severo, desde a altura em que foi construído o estádio novo. Este foi o primeiro ano em que fizeram uma contratação de peso (o Ozil) sem terem tido de vender uma das suas pérolas. Mas 10 anos de contenção deixaram as suas marcas no plantel.

AInda no outro dia li um artigo no guardian em que, por exemplo, revelavam que se se considerar o que se gasta em contratações e o que se recebe em vendas, o arsenal nos últimos 10 anos (excluindo este), gastou uma média de 1.5 milhões de libras por ano, sendo o 4º clube que menos gasta na premier league, ao nível de clubs como o Cardiff e o Hull City. Como comparação, no mesmo período o Chelsea gastou uma média de 40 e tal milhões por ano e o City mais de 50. Consta até que o Wenger ainda não terá assinado o contrato de renovação que lhe foi proposto, por querer garantias em relação aos montantes disponíveis para investir nas próximas épocas.

Roberto Baggio disse...

"O Arsenal não tem tido milhões para gastar, nem muito menos para pagar salários, mas essa é uma confusão habitual."

Estou a comparar com Liverpool e Everton...

Interior-Direito disse...


o Carvalhal em destaque:

http://www.marca.com/2014/04/22/futbol/futbol_internacional/1398165195.html

zorg disse...

Mesmo em comparação com o Liverpool e o Everton, no deve e haver entre entradas e saídas, o Arsenal fica a perder nos últimos 10 anos. Está ao nível dos que menos gastam, de clubes como o Cardiff e o Hull City. Liverpool e Everton estão acima disto.


Mike Portugal disse...

"conseguindo colocar o clube quase todos os anos a lutar pela Europa (Liga Europa)"

Isto fez-me lembrar a contratação de Paulo Sergio por parte do meu SCP. Até me trouxe arrepios lembrar-me desse homem. lol

Roberto Baggio disse...

Mas estamos a comparar o Arsenal actual, de hoje, ou o de há dez anos? É que nos últimos 4 anos, de certeza que já não podes fazer esse exercício. E mesmo que o faças, o Arsenal é o 4ºmaior orçamento para salários, e o já foi maior que o City.

Pelo que meter o Everton nisto é absurdo. E meter o Liverpool, dos últimos tempos também. Quantos jogadores de 15M contratou o Everton em toda sua história, por exemplo?

O Liverpool e o Everton dos últimos 4 anos estão em grande desvantagem para o Arsenal. Grandíssima.

DC disse...

Baggio, Arsenal e Everton têm estado na diferença entre compra e venda sensivelmente ao mesmo nível nas últimas 5 épocas.
Embora eu considere o elenco do Arsenal bem superior ao do Everton, essencialmente no meio-campo.

http://transferleague.co.uk/league-tables/transfer-league-table-last-five-seasons.html

Mas tendo em conta que Arsenal esteve na Champions e está numa final da taça, acaba por ter outro desgaste. O que para uma equipa sem grandes soluções na defesa e só com um ponta-de-lança, acabou por custar caro no campeonato.
Mas obviamente, se pensarmos que amabas as equipas estão a 5-6 pontos de Chelsea e City, o trabalho é muito bom. E para uma primeira época de Martinez então, fabuloso!

E, sendo eu adepto do Barça, também gostaria bastante dessa escolha. Bem mais do que outros que são falados como Simeone, AVB ou até Klopp.
E já agora, passando um bocadinho para esse tópico, Valverde conheces o trabalho?

DC disse...

Baggio, o Liverpool gasta muito. Mas gastava muito mal.
Espetou 15M no Borini, mais de 25M no Downing (!!!), 20M no Henderson, 10M no horrível Charlie Adam e os anedóticos 40M no Carrol.

Felizmente depois da chegada do Rodgers viraram-se para gente como o Coutinho ou o Sturridge.

zorg disse...

Baggio, não percebeste, ou eu é que me expliquei mal: se considerares os últimos 10 anos de compras e vendas o Arsenal gasta EM MÉDIA POR ANO 1.5 milhões de libras. E este nível de gastos torna-o a 4ª equipa da Premier League que menos gasta em média, por ano.

Não sei os números do Everton, mas lembro-me que o artigo que li referia os tais 3 clubes que estavam atrás do Arsenal em termos de gastos e acho que o Everton não constava dessa lista.

Interior-Direito disse...

Um 11 e um meio-campo de susto para hoje: Cech; Azpilicueta, Cahill, Terry, Ashley Cole; Obi Mikel, David Luiz, Lampard, Ramires; Willian y Torres

E queria o Mourinho mudar o Chelsea...

Dipeca disse...

Sei que o modelo não é o mais dominador nem o mais apreciado pelo blog mas Simeone tb faz mtooo com menos que os outros.

Roberto Baggio disse...

Zorg, agora entendi :) hahaha eu tinha claramente entendido mal. Desculpa.

DC,

Mas olha que isso "pouco" importa nê? Olha-se para o que o Everton gastou, e para o que o Arsenal gastou...Compra jogadores melhores, e consegue pagar-lhes mais. Isto no Everton. No Liverpool, a crise deve ser recente.

Interior-Direito,

Eu já não comento nada sobre Mourinho. Ele é afinal o supra-sumo do futebol. E em Portugal é intocável e inatacável. Vive na sombra do que já foi, infelizmente.

Dipeca,

É pah, eu percebo. E tens razão. O modelo é organizado defensivamente. As transições estão trabalhadas. Mas em Posse, é tão mau quanto o Chelsea. E tem jogadores para fazer muito melhor.

DC disse...

Baggio, isto hoje até doeu.
Uma equipa que não quer atacar contra uma que não sabe. Se o futebol fosse assim eu era adepto de curling. Tão mau!

Guilherme disse...

@ DC

acompanhei a 1ª volta do Athletic e apesar de não saber 0,01% do que a malta aqui do L-E sabe o que te posso dizer é que me parece uma equipa organizada defensivamente (mas nada ao nível do Simeone). Em termos de organização ofensiva: transições rápidas e chuveirinho puro e duro para a cabeça do Aduriz, independentemente do que as jogadas pedissem. O Athletic sofria muito frente a equipas em modo autocarro. Ao fim da 1ª volta era a equipa com mais golos de cabeça da La Liga...
Ahh, e aparte os atacantes, tem mais que plantel para garantir o 4º posto à vontade: lembro-me de gostar de ver o Ander Herrera e o Iturraspe. O Muniain pareceu-me desaproveitado.

Gonçalo Matos disse...

Não gostei nada do Atlético hoje.. Até criavam superioridade no corredor por vezes, mas acabavam sempre a cruzar pra zonas com inferioridade..

Fez-me lembrar um pouco o Sporting com Slimani em campo. O facto de ter um jogador forte fisicamente na área parece que leva a que a equipa caie no facilitismo de apenas procurar o choque com os centrais e a bola pelo ar.

Roberto Baggio disse...

O Atleti é como o Chelsea em O.Ofensiva. Fraco, fraco, fraco. Mau, péssimo, mete pena, dó, tudo.
De resto, tirando a organização ofensiva, até são duas equipas organizadas.

João disse...

Tinha comentado com amigos que este ia ser um jogo de bocejo: duas equipas que têm como ponto forte o processo defensivo e são muito pobres no ataque tinha tudo para dar no que deu. Um porque não quer, outro porque não sabe.

Talvez seja azar, mas os jogos que vi do Atleti foram muito fracos. E hoje só com o Arda pareceu que fizeram algo que não fosse cruzar, de qualquer lado, para a área...

Este Mourinho precisa de perder. Tantas vezes quantas forem necessárias para desistir desta coisa que ele meteu o chelsea a fazer no relvado...

Anónimo disse...

jkmmlm lkç,l,

Anónimo disse...


Se os Milhões explicassem tudo o Mourinho nunca tinha ganho a Champions com o Porto. Mas já não é o mesmo treinador? E já alguém o avisou ou acham que ele sabe?

DC disse...

Guilherme, nesse caso estou a torcer pelo Luis Enrique. Embora tenha alguma curiosidade com o treinador do Rayo. O homem tem apresentado um futebol muito positivo com jogadores banais.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Nestes elogios ao Martinez só faltou acrescentar uma coisa: é que ele está a conseguir isto tudo com jogadores fracos. Eu apenas gosto dos laterais, do Pienaar e do Deulofeu.

O resto, e mesmo reconhecendo que posso estar a ser injusto com um ou outro, tanto faz serem estes como alguns do Hull City, do Sunderland, do West Ham, do Aston Villa e por aí adiante.

Mérito total do treinador.

Roberto Baggio disse...

Edson, foste tu que me falaste do Everton e que me fizeste olhar para eles com a devida atenção. Obrigado.

De resto, "Dessa forma, com a qualidade de jogo com a qual me identifico, com organização em todos os momentos do jogo, torço para que continue a desafiar as probabilidades tendo em conta a fraca qualidade individual que possui."

Edson Arantes do Nascimento disse...

Ops... desculpa, essa parte passou-me. :-P