quinta-feira, 24 de abril de 2014

Superioridade muito grande da Juventus

Será preciso um dia extraordinariamente feliz em Turim. Procurar marcar desde logo porque não parece possível sair de Turim sem sofrer golos.

Em cinco anos de competições europeias na Luz com Jorge Jesus apenas o Barcelona havia submetido o Benfica a tanta correria e trabalho defensivo.

54 comentários:

Anónimo disse...

E mesmo recuperado o Fejsa, Gaitan e tal, não altera muito o cenário se do outro lado também o Vidal voltar.

João disse...

Muito, muito difícil... Muitas perdas de bola, muitos duelos físicos - como era espectável.

Como achas que o Benfica deve abordar a 2ª mão? Manter a "formula", ou alterar para um meio campo a 3 com Fejsa, Amorim e Enzo, num triangulo?

Pedro Lemos disse...

O Benfica só lá vai com Fejsa, Gaitán e Lima.
E isto é dizer claramente que André Gomes, Sulejmani e Cardozo falharam muito, estiveram com performance muito fraca.

Isso e uma semana de recuperação, sem excessos e com a equipa a descansar no Domingo.

Se assim for, vai ser ela por ela.

nuno leão disse...

Completamente de acordo... mas também ficaram expostas as debilidades da Juventus na transição defensiva. Não é difícil de imaginar que vai ser um jogo de nervos e de resultado incerto

Anónimo disse...

Se jogar com Oblak, Lima, Fejsa e Gaitan penso que o Benfica tem equipa para os italianos. A meu ver, a saída de sulejmani desequilibrou a partida. André Gomes à esquerda não permitia qualquer contra ataque por esse lado. É a minha opinião.

Cumprimentos

hertz disse...

Bem, pelo menos na 2a mão é provável que o Fejsa e Gaitan já estejam recuperados.
Nem Artur nem Cardozo podem jogar esse jogo (e nem A. Gomes mas isso já esta assegurado pelo amarelo que viu). Simplesmente não podem!

O Benfica costuma marcar sempre nos jogos fora mas em Turim vai ser sofrer a bom sofrer.

Aza Delta disse...

Concordo plenamente.

Não foi nas individualidades, foi no colectivo que mais senti (apesar de as individualidades também serem melhores): Na ocupação de espaços, na reacção à perda de bola, houve muita bola que andava perdida no meio campo, em que os médios da Juventus chegavam sempre primeiro. (talvez o factor físico tenha influenciado mas não me parece só isso).

Inteligente o Jesus a tentar apostar em contra-ataques, mas perde-se muito em não ter um dos melhores gajos a conduzir esses ataques (Gaitan) e em ter o outro desses "condutores" (Enzo) muito preso pela força do meio campo da Juventus.

É preciso um milagre para sobreviver à 2ª mão.

abraço

Alberto disse...

Sim, acredito que na próxima mão com os jogadores recuperados possa ser melhor a prestação do Benfica, mas a verdade é que em Turim eles também estarão mais fortes (à partida).

Estou a torcer para que a Roma perca pontos!

Zé5 disse...

Não sei mesmo como é que JJ deve abordar o jogo em Turim... 3 no meio campo?

Daniel Martins disse...

Este resultado é uma benção caída do céu, e as hipóteses são muito remotas. Mas com Fejsa, Gaitán e Lima ainda tenho algumas esperanças. Com o onze titular de hoje, não tenho esperanças nenhumas.

Aqueles chutões para a frente terão sido ordens do JJ? É que aquilo contra os Chiellinis desta vida não dava nada nem que o fizessem mais 50 vezes. Só espero que a presença de Cardozo no onze inicial se explique com alguma razão plausível e não com a utópica ideia de que o paraguaio iria ganhar bolas de cabeça...

Anónimo disse...

O Benfica deu um avanço à juventus ao colocar o cardeal em vez do Lima e o André Gomes, de que tanto gosto, fez um jogo péssimo. A segunda mão vai ser sofrer, sofrer e sofrer. Luís Carvalho

Hélder disse...

Se a uma equipa de monstros físicos tu juntas um arbitro amigo tens um domínio de todas as bolas jogadas no raio de acção do jogador da Juventus. Tudo que era bola no espaço era do Benfica, mas aí tens de correr. Se ao menos o campo tivesse mais uns metros para cada lado :)

Acho que em Turim o Benfica vai ter mais espaço para explorar e se for assertivo pode marcar um ou mais...

A Juve em organização ofensiva é só na força. Habilidade e critério só a espaços... Quem deve gostar disto é o Mourinho

FranciscoB disse...

Marcaram 1 golo de "ressalto" e tiveram mais uma boa ocasião em que o Artur fez uma enorme defesa...

Dominaram e atacaram mais... é verdade... mas não é assim que eles costuma ganhar? marcam um golo e controlam o jogo como fez o Benfica?

Nesta Liga Europa perderam fora pela 1ª vez - o Benfica é grande... os festejos no golo do Tevez são aprova disso!

O 2º golo é fenomenal... eles ficaram a ver jogar.

Basta 1 golo lá e dificilmente a Juventus passa... penso que gastaram muitas das suas "fichas" neste jogo...

LGS disse...

Bolas, vi com pouca atenção o jogo. Não me pareceu tão desequilibrado assim... A primeira parte então pareceu-me que a Juve não era assim tão "assustadora", pareceu até algo frágil nas transições defensivas (o Sulejmani falhou o 2-0 logo na primeira parte e ainda houve outros dois lances parecidos que poderiam ter tido melhor desfecho).

Podes elaborar um pouco mais Maldini?

Abraço

Gonçalo Teixeira disse...

A qualidade individual é tao distinta que se o Jesus fosse treinador da Juve, o Benfica saía de saco cheio hoje..

Helder disse...

Cardozo não pode jogar nunca.
Parece-me que ali o Cáceres, com um árbitro de jeito e alguém a picá-lo pode ser expulso.

M.C. disse...

Superioridade só se foi na posse de bola,porque de resto e com um pouco mais de assertividade por parte do Suljmani, do Rodrigo ou até do Markovic, e a história da 2.parte teria sido outra. Sem as perdas de bola do A.Gomes e com um árbitro mais honesto,a 2.mão em Turim iria ser mais fácil.Nota final para a fraquissima exibição do Andrea Pirlo, mesmo assim, bem melhor que os despautérios dos comentadores da SIC !

Anónimo disse...

o ressabiamento é enorme a 1º parte foi toda do Benfica mesmo com arbitragem habilidosa a inclinar o campo,no qual com melhor tomada de decisão poderiam ter saído com maior vantagem no marcador,e a jogar sempre com menos um até á saída do cardozo o que provocou enorme desgaste à equipa

Rui disse...

Não consigo entender determinados comentários. Vitória caída do céu??!! Dificilmente iremos à final??!! Claro que fácil nunca será, mesmo antes do jogo de hoje todos sabíamos que seria dificil, mas depois do jogo de hoje mais confiança tenho que estaremos na final. Tenho a certeza absoluta que em Turim a jogar em contra golpe marcaremos. Para o jogo em Turim não tenho receio nenhum da Juventus, pois hoje durante largos minutos ficaram bem visiveis que debilidades, apenas tenho receio e bem grande que apareça mais um "turco" a empurrar o Benfica para trás.

Anónimo disse...

E atenção que em termos financeiros, não é 1 bicho papão do futebol europeu. O orçamento da Juve é de 115 milhoes, o do Benfica de 90. Não existe grande diferença.

Rui Gonçalves disse...

Penso que houve foi uma má abordagem ao jogo. O Benfica quis jogar de igual para igual nomeadamente no aspecto físico onde nisso sim eles são melhores. Pressão muito alta mas penso que foi mal feita pois foi feita aos jogadores e não no espaço, muitas vezes os centrais perfeitamente enquadrados e os avançados ainda assim a pressionar e invariavelmente batidos abrindo imensos espaços. Outra era o Enzo no Pirlo e depois fica um jogador(André) para cobrir toda a largura no meio campo, não era preferível defender apenas com referencias bola e colegas de equipa conduzindo o adversário a jogar para as laterais. Como defenderiam contra um 3x5x2?

Count Zaccone disse...

Sinceramente não houve tanta superioridade da juve. Foi uma parte para cada lado, oportunidades partilhadas e mais golos do SLB. Em turin ire-mos ter melhor jogadores disponíveis, e vamos com vantagem.
Que vai ser difícil? Claro, sempre iria. Impossível é que não.

NunoC disse...

Não li os comentários todos, mas penso que se esqueceram dos jogos com o PSG este ano quando referiram o Barça como única equipa melhor que esta Juve.

Mas sempre um regalo ler este blog, sempre o primeiro sítio para ler as impressões sobre os jogos. Muito obrigado pelo serviço público.

M disse...

Ha algo de muito estranho por aqui, e não critico as observações do escriba, falo genericamente...o Benfica ganha ao tricampeão italiano (!!!!)....e parece que se ganhou à Udinese ou Sampdoria ou algo do género.....

Elogios e mais elogios ao JJ por ter elevado o nível do SLB (concordo!) com as tais 3 meias em 5 anos, mas quer-me parecer que nível seguinte é começar a ganhar as equipas do nível seguinte, temos de valorizar esta vitoria, independentemente de se seguir em frente oi não, porque estes srs são de outro nível, quer queiramos quer nao...

Estou satisfeito. Ser mais importante que ser campeão é ser bicampeao, mais importante que ganhar a Juve, é ganhar à juve E ganhar, por exemplo, ao Milan e assim sucessivamente...criar habitos de vitória, subir gradualmente os níveis de experiencia, etc.....

Roberto Baggio disse...

M,

O Maldini e eu concordámos contigo.

"mais importante que ser campeão é ser bicampeao, mais importante que ganhar a Juve, é ganhar à juve E ganhar, por exemplo, ao Milan e assim sucessivamente...criar habitos de vitória, subir gradualmente os níveis de experiencia, etc....."

Sobretudo nessa parte.

Abraço

Anónimo disse...

Aos anónimos com mentiras... Orçamento de 90 milhões, so o fcp que eu tenha conhecimento.o orçamento do Benfica para a presente temporada e de 40 milhões. Mentir e feio. A Juventus tem mais do dobro do orçamento do Benfica, o que só demonstra que os nossos jogadores, perante uma equipa que fisicamente e em termos qualitativos e superior, o jogo demonstrou isso, sao uns heróis. Um excelente resultado. Vamos a segunda parte em Turim.

João disse...

JJ hoje ajudou e muito ao trabalho da juventus.

Como disse o Carlos Daniel : "JJ vive no dilema entre o ganhar e o querer provar que tem razão. Hoje escolheu querer provar ter razão"

Isto acerca de Cardozo.

Além de algumas escolhas erradas do treinador, existe ainda a atenuante de o maior craque ter faltado.
Ah e o fesja faz mesmo muita falta.

Anónimo disse...

O blog do Roberto Baggio chama-se posse de bola. O Paolo Maldini defende o futebol de posse de bola, logo obviamente para eles, a equipa superior é sempre a equipa que no final do jogo teve maior percentagem de posse de bola.

Anónimo disse...

O Benfica vai ter vida muita complicada para passar, o Benfica não se dá assim tão bem em contra-golpe, é melhor quando pode dominar os adversários. Basta veres os últimos 5 anos do Jesus contra o Porto, por exemplo. Ainda assim hoje fez mais do que eu pensava que fariam contra uma Juve que me desiludiu neste jogo, ainda por cima o Benfica jogou sem Fesja e Gaitan, apesar que na Juve também não jogou o Vidal mas isso são outras contas.

Ao anónimo que falou dos orçamentos, se acha que os outros estavam a mentir o que dizer da sua mentira. Acha mesmo que o Porto tem o dobro do orçamento do Benfica? A diferença de orçamentos entre Porto e Benfica é minima, até porque o Benfica este ano manteve todos os jogadores para tentar chegar longe na Champions (só vendeu o Matic a meio da época), o Sporting esse sim tem um orçamento bastante mais baixo que o Porto e Benfica.

Anónimo disse...

O Benfica vai ter vida muita complicada para passar, o Benfica não se dá assim tão bem em contra-golpe, é melhor quando pode dominar os adversários. Basta veres os últimos 5 anos do Jesus contra o Porto, por exemplo. Ainda assim hoje fez mais do que eu pensava que fariam contra uma Juve que me desiludiu neste jogo, ainda por cima o Benfica jogou sem Fesja e Gaitan, apesar que na Juve também não jogou o Vidal mas isso são outras contas.

Ao anónimo que falou dos orçamentos, se acha que os outros estavam a mentir o que dizer da sua mentira. Acha mesmo que o Porto tem o dobro do orçamento do Benfica? A diferença de orçamentos entre Porto e Benfica é minima, até porque o Benfica este ano manteve todos os jogadores para tentar chegar longe na Champions (só vendeu o Matic a meio da época), o Sporting esse sim tem um orçamento bastante mais baixo que o Porto e Benfica.

Fábio disse...

A Juventus terminou o jogo por cima, mas nem sempre foi assim. E como se disse, a jogar com 9 era muito dificil ter corrido melhor.
Espero que na segunda mão jogue a equipa principal, que é como quem diz sair o Cardozo e o André Gomes... O Artur não devia jogar nunca, mas isso não acredito que o JJ mude.
A juntar a isso temos um arbitro ao nivel da nossa liga. Mais um penalti por marcar e a jogar com 9, o Benfica ía para Turim com 2 golos de vantagem.
Quando é que o JJ vai deixar de poupar jogadores? O campeonato já tá ganho...

M disse...

Obrigadinhos :)

Cardozo, Cardozo, Cardozo, Carlos Daniel, Carlos Daniel, Cardozo....

O Benfica faz (corrijam-me SFF) 2 meses com 2 jogos por semana....se me parece que ha 1 tipo de dinâmica colectiva que nao se coaduna com Cardozo actual (haverá outra), solução é jogar SEMPRE com Lima e Rodrigo? Os defesas da Juve (e mesmo o Pirlo, que não acompanha o Lima no golo) aos 80 minutos, terão a mesma frescura após levaram com Cardozo 70 minutos? E o Lima, correria e chutaria com tamanha pujança física se tivesse 84 minutos nas pernas?

Tenho mesmo alguma dificuldade em perceber o que é isso da rotatividade num plantel, isto num ano em que me parece que no Benfica quase todos jogam, sempre que alto nível, em que todos se sentem uteis e motivados. Em que ate jogadores que possuem menores atributos, num grupo bem organizado, entram e não comprometem....

DC disse...

A Juve é bem mais forte que o Benfica e até por isso há que dar mérito. O Benfica, tal como o Porto em Nápoles pode passar. Depois há a questão do merecer mas isso em futebol vale pouco, principalmente nesta fase.

Agora, com Vidal e Llorente vai ser um sufoco certamente (se é que eles vão jogar)

Anónimo disse...

>o orçamento do benfica é de 40M

Ri-me da credulidade

Anónimo disse...

Onde é que andam os hábitos de vitória do Ajax que foi campeão europeu 4 vezes, ou do nottingham forest bicampeão europeu?
Já o Chelsea, ou PSG não precisaram de ganhar hábitos de vitória nenhuns para se afirmarem como 2 dos melhores clubes da europa. Os hábitos de vitória são para jogadores que ao fim de 2 ou 3 anos estão noutro local qualquer da europa? ou são para os adeptos? se calhar para o presidente se sentar de forma diferente na tribuna.
Vocês com os hábitos de vitória e com o ambiente de balneário a fugirem àquilo em que são bons, e a assemelharem-se a um qualquer Rosado. Quando tal andam a falar de equipamentos rosa
Jorge Gaspar

Ace-XXI disse...

Individualmente esta Juve está muito mas muito acima de qqr equipa portuguesa por isso achei que aquela frase do Hélder a meio da semana a dizer que o plantel do SLB é top-5 mundial era piada de mau gosto.

Dito isto achei que o Benfica fez 1 excelente jogo e fica a ideia que com o seu melhor 11 (hoje na minha opinião jogaram com 9 porque tanto AG como Cardozo não produziram nada embora Cardozo tenha alguma atenuante por o jogo não estar ao seu jeito) pode eliminar a Juve.

Pirlo merece todos os elogios, é verdade que as pernas já não ajudam (no golo de Lima fica a marcar com os olhos) mas o homem transpira classe e sabedoria em tudo o que faz em campo.

Angelino Ferreira disse...

Anónimo das 23:17, falas mas não sabes do que falas.
O orçamento do Porto de 90M€? Só se for contando com proveitos extraordinários, mas ninguém com um mínimo de competência em gestão se dedica a fazer isso.
Mas não me admirava nada já que a febre do FCP é ser maior do que o Benfica, mesmo que para isso façam do orçamento um exercício de númerologia e não um instrumento de ajuda na gestão.

O orçamento do Benfica de 40M€? Para tua informação, apenas nos primeiros 6 meses deste ano o Benfica facturou 50M€ consolidados. Estás a confundir o orçamento de uma das empresas do grupo com o orçamento consolidado do grupo.

A Juve foi melhor? Não concordo e a ajuizar pela conferencia de imprensa do treinador, este também não concorda.
Vejo aqui muita azia. O Benfica irá à final da Europa.

Aza Delta disse...

Inacreditável. O Benfica tem um resultado menons entusiasmante, e já vêm os pseudo-comentadores dizer que o homem inventou, quando nem há nada por onde se pegar.

O André Gomes que era capa de jornal há uma semana por marcar ao Porto, já passou a besta. O Amorim devia ter sido titular mesmo não tendo feito nenhum jogo nas últimas semanas e vindo de lesão.

Não a culpa é do malandro do Jesus "que inventa nos jogos grandes" e não do facto de termos jogado contra uma das equipas mais fortes da Europa.

João disse...

Claro que não têm de jogar sempre os dois. Mas nesta altura (eu sou um fã do tacuara) o Cardozo nada acrescenta à equipa.
Quanto ao argumento relativamente à frescura do Lima, epa.. tenho muita dificuldade em aceitar que no futebol de hoje se utilizem 'lebres', que ao contrário do atletismo, no futebol serviriam para cansar alguém..

Repito, gosto muito do Cardozo mas, nesta altura, e admito que a hérnia atrapalhe muito, o Óscar é um jogador a menos.

Acho o JJ um excelente treinador mas é demasiado teimoso. E aquela do André Gomes à esquerda não lembra ao diabo.

Que falta faz o Grande Gaitán!

Revisor disse...

Se o Lyon pôs a Juve a sofrer em Turim com 1-1 e só um chouriço do Marchisio acabou com o sofrimento, porque que é que o Benfica não pode acreditar!

JJ tem que escolher já o 11 para Turim, e nada de desperdiçar energias para Domingo!

Anónimo disse...

O Benfica gasta 90 milhoes por ano. A juve 115. Esses valores sao publicos. Inclusive estao no Record de hoje. Agora se gastam mais ou menos nao sei. Foram as contas que apresentaram.

PAMA disse...

Vi o jogo ao vivo. A equipa da Juve foi a equipa que, nos últimos anos no estádio da Luz, mais me impressionou a nível táctico. Incluindo o Barça do ano passado. A equipa consegue durante os 90 minutos variar a sua forma defender e pressionar com uma organização invejável, ora fazendo uma linha de 3, de 5 ou ainda de 4 atrás, dificultando muito as saídas pelas faixas do adversário. Tivesse a Juve melhores alas e um 9 de nível mundial (Vucinic não será já com certeza) e seria do Top 5 europeu, em minha opinião.
Só uma equipa muito bem trabalhada e confiante como a do Benfica conseguiria sair viva deste jogo e foi, com alguma felicidade nesta 2 parte, o que acabou por acontecer. Para ter sucesso na 2 mão penso que a forma de pressionar a saída de bola da Juve terá que ser diferente. Uma maior pressão de Lima e Rodrigo em Chielini e Cáceres, deixando a construção para Bonucci no meio, apertando somente no momento da aproximação de Pirlo ao central, permitirá ao Benfica fechar melhor as alas, onde Pogba e Marquisio (Vidal no segundo jogo) caem permanentemente, fazendo aí superioridade numérica (já que um dos alas do Benfica pressionou invariavelmente um dos Centrais/lateral).
Caso isso não aconteça, temo que a 2 parte da Juve na Luz se repita, saindo com facilidade através do central/lateral ou do ala, o que, tendo em conta que Llorente deverá jogar o 2 jogo, fará com que se sucedam cruzamentos na área, né o espanhol é temível.

vedderjg disse...

Nao há melhor jogo para aplicar a expressao cliché "o Benfica n pode perder a sua identidade" .
Isto é, o Benfica se tivesse jogado à Benfica com a postura habitual de jogo q tem com mto empenho e caudal ofensivo tinha feito o 2-0 ou 3-0 mas a equipa intimidou-se e achou q seria melhor jogar à defesa cheia de medo ao fim de 2 mins. A Juve +e mto forte , mas a sua defesa alem de só ter 3 jogadores é mto fraca, especilamente em velocidade. Amedrontamo-nos em demasia , confiamos pouco na nossa capacidade, na qualidade do nosso futebol. Ainda q se mantenha tudo para a segunda mão se nao mudarmos apenas a postura, (atitude) passamos de poder ganhar de novo lá para ser-mos goleados.

Gaia Hunter disse...

Festa no Domingo.
O terceiro ou quarto Manel em vez de Fejsa (duvido que a Juventus tivesse tido tanto controlo no meio campo).
Um Sulejmani decente mas que não é a mesma coisa de que Gaitan versão 2013/2014.
Não ter um Sálvio que se quer queira quer não é um jogador que faz mossa física nos adversários.

Contra equipas mais fracas não se nota tanto (apesar de nenhuma das exibições do benfica na liga europa este ano tenham sido grande coisa) mas existem diferenças.

Se 2-1 é curto ou não, veremos.
Até pode ser que quem esteja de ressaca na próxima semana sea a Juventus.

António Teixeira disse...

Gostei de ver a Juventus do pouco de vi do jogo, uma equipa a seguir.

Sobre os orçamentos, muito me tenho rido. Vão aos R&C, vejam os montantes em ordenados+transferências, e vejam qual é realmente o orçamento. Orçamento do Benfica é 40milhões: ordenado do Jesus é logo 10%. Deduzo que o teto salarial seja semelhante ao do Porto, e que haja três jogadores a ganhar nesse nível, logo são cerca de 7 milhões. Já queimámos 25%~ do orçamento só no ordenado dos três jogadores e do Jesus. Mais, ordenado médio quanto será? Número de jogadores? Prémios? Isto sem sequer entrar na questão das transferências, porque então dizer que o orçamento do Benfica é de 40 milhões é uma visão muito distante da realidade. Atenção, isto vale para Porto e Benfica, não me acusem de clubismos.
E a competência em Portugal está ai: duas equipas com orçamentos muito grandes (uma que até conseguiu compor um excelente plantel diga-se, que é o Benfica) a lutarem na Liga Europa, quando tem orçamentos maiores e poderio económico maior que a grande parte das equipas da Champions. O meu problema com o futebol português é esse. Estranho era que quando não havia orçamentos deste género, havia brilharetes na Champions aqui e ali. Agora não há, isso dá que pensar. Não é clubismo nenhum, sublinho.

Cumprimentos,
António Teixeira

Anónimo disse...

DC,
Com Vidal acredito que acrescente muito, mas com o Llorente? Se me dissesses Giovinco assim até podia concordar contigo.......

Interior-Direito disse...

90% do jogo da Juve era o Pirlo a meter a bola nas costas de defesa, independentemente de estar lá alguém ou não. E na maior parte das vezes, não estava, a bola seguia pela linha de fundo ou era controlada pela defesa.

No estádio, vi um Benfica superior na 1.ª parte e uma Juve superior até ao empate, com o Benfica a reagir depois e até a desperdiçar mais ocasiões, no global, do que os italianos. A visão de adepto pode distorcer, mas não notei essa superioridade tão flagrante da Juve.

Aliás, até tinha aqui lido que a Juve era muito má ou miserável, algo do tipo, na organização ofensiva...

Baresi disse...

Nem mais

Benfiquista Tripeiro disse...

Ia comentar, mas a minha opinião é a mesma da do Interior-Direito.


Só para desanuviar, e passando o exagero, mesmo depois de ler este post, a reacção dum benfiquista depois do que viveu o ano passado e tem vivido estas duas últimas semanas só pode ser esta:

https://www.youtube.com/watch?v=KX5jNnDMfxA

fui disse...

Não foi fácil jogar contra a Juventus, não fossem o vucinic e companhia terem sido constantemente apanhados em fora de jogo e teria sido mais sufocante. Mas é normal, eles vão tri-campeões italianos!
Por outro lado o Benfica aguentou-se bem, entrou em grande no jogo e reagiu bem ao golo. Com o Gaitán a decidir melhor os contra ataques ou o Salvio a conseguir alargar o jogo até à linha a coisa teria sido ainda melhor.
Se marcarmos primeiro em Turim temos boas possibilidades, não podemos desperdiçar as primeiras ocasiões! Caso eles marquem primeiro vai ser muito complicado pois perdemos o contra ataque...
Uma coisa é certa: nunca fazer faltas à entrada da área!

Válter disse...

A Juve foi superior, concordo. Mas o André Gomes fez um jogo fraco, denotou cansaço e a sua lentidão a reagir a cada momento foi ainda maior que a do costume. A exigência do jogo também o foi. O Pogba é um monstro e a sorte foi não haver Vidal. Também havia sempre marcação a Enzo na saída de bola do benfica (muito bem a Juve com Pogba e Marchisio) acho que para a segunda mão vai ser interessante haver Gaitán e não ser apenas Markovic o único capaz de conduzir ataques quando Enzo está marcado. Também haver Lima e Rodrigo seria interessante mas concordo com o que foi dito acima, são muitos jogos e o Lima e o Rodrigo não podem jogar sempre. Mas talvez fosse interessante ter o Djuricic no lugar do Cardozo, ou até o Cavaleiro (mas isso já são contas do próximo ano) porque a chave da eliminatória (ou a única hipótese) é explorar as debilidades defensivas do Pirlo.

Já agora... com Vidal e Gaitán só pode melhorar o jogo. E mais uma vez me fica a ideia que Enzo era titular de caras na selecção Argentina.

DC disse...

Llorente é muito bom no apoio frontal além de ser extremamente perigoso em qualquer bola que esteja na área.

Roberto Baggio disse...

Llorente é muito bom jogador. Muito melhor que qualquer Vucinik, ou Osvaldo. Na minha opinião

Anónimo disse...

Vejo a cruxificarem o andre, mas questiono o porquê do JJ manter o miúdo tanto tempo com um amarelo num jogo de grande intensidade??? o Objectivo é queimar o miudo???