sábado, 17 de maio de 2014

Por Espanha, ainda antes de acabar


"El Atleti ha jugado muchas 'finales' esta temporada. En todos esos días Tiago ha dado lecciones de inteligencia y sentido táctico." Francisco López (SpheraSports)

23 comentários:

Roberto Baggio disse...

Nos últimos minutos. A equipa toda em cima da área. Desespero por defender a baliza e manter a bola o mais longe da mesma, leva a que o chutão seja uma constante. A cada recuperação, segue-se nova entrega para o adversário.
Tiago recupera, dentro da área, apertado. Fica com a bola, tenta sair, sofre falta, a equipa respira, ganha segundos preciosos, estende-se no campo, e ganha uma possibilidade de manter a bola longe, na sua posse.
Classe, fdc

Pedro disse...

Enorme Tiago. Enorme Atlético.

Pedro Ribeiro disse...

Que o Tiago tem muita classe é uma evidência. É um daqueles jogadores cujas qualidades cognitivas se sobrepõem às qualidades físicas. Ainda me lembro quando começou no Braga (pela mão do Manuel Cajuda, ainda era júnior) que muitos adeptos torciam o nariz porque era lento ou porque não tinha "físico" para jogar no meio-campo.

Dito isto, sei que por aqui não morrem de amores pelo At. Madrid, mas eu fiquei muito contente pela sua vitória. Para além de ser quase um milagre, atendendo à diferença de valores individuais em disputa (e isto era uma prova de regularidade!), mesmo que não se goste do estilo de jogo do Atlético, foi uma punição justa para os colectivos fraquíssimos de Real Madrid e Barça - ainda que, os madrilenos, frente ao Bayern, me tenham surpreendido (mas um ou dois jogos não fazem uma época). Ainda hoje pudemos apreciar como este Barça é muito menos do que a soma das suas individualidades. O exemplo paradigmático é Messi. Pessoalmente, não acredito na quebra de forma de Messi, acho sim que a equipa não o enquadra da mesma forma. O Messi dos últimos anos não errava um passe... porventura porque a equipa lhe oferecia sempre várias possibilidades. Hoje, as suas perdas de bola são inúmeras. E são tantas as bolas para o quintal por parte do Barcelona...

LUIS REIS disse...

Este titulo do Atletico de Madrid vale por 10 do Real e Barcelona, com um orçamento deveras surreal comparativamente com o Barcelona e Real, o Atletico não só consegue ser campeão de espanha mas consegue-o fazer não hipotecando as demais competições em que estava envolvido, sendo inclusive finalista (para já) da Liga dos campeões.. Tremendo trabalho de Simeone, com um plantel curto comparativamente aos dos rivais fez um autêntico milagre, este Atletico joga muito e bonito, é uma equipa equilibrada em que os seus jogadores têm a percepção perfeita das suas tarefas em campo, uma grande lição de Simeone a outros treinadores, nomeadamente a Mourinho, para se ganhar e ser consistente não é necessário matar a essência do futebol.

Roberto Baggio disse...

Pedro, concordo com a punição aos outros grandes.
E o Real não me enganou, nunca. Disse-o antes, e depois dos jogos (Bayern). Colectivamente não são nada de especial.
Quanto ao Atlético tem coisas boas, obviamente, se não nunca seria campeão, nem com os outros mal. Está organizado defensivamente. E tem uma agressividade brutal. Vive de aproveitamento das transições, lances individuais, e bolas paradas. E isso tudo somado torna-os uma equipa forte. Também é de se dizer que é uma equipa que "não tem medo" de ter a bola. Tem jogadores com boa qualidade técnica. Há algumas coisas do Atleti que queria na minha equipa. Assim como em muitas outras que não considero que tenham qualidade. Por acaso, no Atlético, reconheço qualidades. Que não são as minhas preferidas, mas são qualidades que os tornam muito, muito, perigosos.

Joao Rodrigues disse...

Quando penso em que vamos levar com o Meireles no mundial, da uma vontade de chorar.

PM disse...

O Tiago é excelente! Que continue a espalhar classe e inteligência mais algumas épocas ao mais alto nível.

Grande feito deste Atlético! Estava por eles no campeonato e pelo Real na Champions.

Baresi disse...

11 épocas no estrangeiro, sempre com uma qualidade incrível (mesmo nos 2 anos e meio de Juventus onde esteve mais apagado fez 54 jogos).
Juntando as 3 no Benfica, são 14 épocas seguidas com uma intensidade que tem pouco paralelo em Portugal.

Duas ligas Inglesas, duas ligas Francesas, uma Liga Espanhola, uma Liga Europa, duas Supertaças Europeias.

Parabéns Tiago.

Baresi disse...

Off-topic

Wenger conseguiu esta época mais um titulo que o Mourinho... quem diria...

Vitor disse...

Messi? Não é apenas um problema colectivo, embora o mesmo potencie a quebra de forma.

Sempre achei piada aos que desvalorizavam Ronaldo, o tal que era apenas produto do trabalho e fisico quando comparado com Messi que viveria apenas de talento. Estupidez simplista. Messi é também muito dependente do fisico! Confunde-se às vezes é que carateristicas físicas importam no futebol. O Ronaldo não é um eleito "fisicamente" para o futebol porque é grande e tem músculos. É bom, porque tem uma grande velocidade de execução. Como Messi tem(menos agora). Messi fazia tudo mais rápido que qualquer outro jogador. E depois aquelas inacreditáveis acelerações e aquela agilidade brutal, capaz de mudar de direcção como se fosse quadrúpede. Messi perdeu parte disso e isto é demasiado evidente para mim. Continuará a ser um enorme jogador, mas nunca voltará a ser o Messi de outras épocas, a menos que recupere a dimensão fisica que possuia(duvido).

Esta época será uma das piores da carreira, porque ainda se está a adaptar. Somou numeros recorde de perdas de bola, porque ainda procura desenvolver o mesmo tipo de acções do Messi ET. Mas é muito inteligente e certamente moldará o seu jogo de forma a aproveitar todas as outras vastissimas capacidades que continuarão intactas durante muitos anos.
Agora, aquele que foi provavelmente o melhor jogador de todos os tempos, parece-me que não voltaremos a ver. Mas fomos uns privilegiados enquanto durou...

Roberto Baggio disse...

Vitor, ginásio?

http://possedebolla.blogspot.com/2013/11/treino-de-forca.html?m=1

Roberto Baggio disse...

E claro que isso é uma carambola que leva à falta de confiança nas capacidades dele, o que o leva a errar ainda mais, e consequentemente menor confiança ainda.
E jogador sem confiança é "zero"

Fernando Redondo disse...

Já fizeram as contas de jogadores(incluindo o Tiago) que renunciaram à selecção nacional desde que o Paulo Bento ficou com o lugar de seleccionador?? Azar o nosso è que para nos vermos livres dele temos que ver a nossa selecção dar.se mal.....

kchron disse...

Redondo, o próprio Tiago admitiu que o Paulo Bento tentou bastante demovê-lo de renúnciar.
Se é verdade ou não.....

Markez disse...

dasss n morro de amores pelo Paulo Bento mas... os abandonos forma todos no espaço de tempo entre o mundial e a chegada do PB!

João Campos Costa disse...

O Tiago deixou a selecção nacional porque estava farto de ser criticado que era péssimo sempre que vinha à selecção. Não foi por causa do Paulo Bento.

Infelizmente faz falta, mas agora não há nada a fazer.

DC disse...

Este campeonato foi uma punição merecida ao Barça. O Atlético neste jogo não me recordo dum lance de ataque digno desse nome, mas marcou numa bola parada. E o Barça não teve reacção. Os minutos finais com o Neymar a tentar fintar tudo sozinho foram deprimentes.
Venha o Lucho! Tanto para o Porto como para o Barça o único caminho possível é para cima.

Vitor disse...

Baggio, acho que é muito muito provavel que tenhas razão. Ginásio!
E brutal a entrevista do Frade que está nesse link que me enviaste. Interessantissimo o que ele fala sobre o Ronaldo. Para mim, a época do Cristiano mais entusiasmante foi a de 2006/2007, mas não necessariamente a melhor no rendimento. Se ele não continuasse no ginásio nas épocas seguintes, julgo que estariamos hoje perante um jogador ainda mais devastador.

Conjugaria golos(embora talvez em menor numero), com uma incrivel capacidade de desequilibrar. É discutivel se o rendimento seria menor ou não, mas os momentos de magia seriam muito importantes para consolidar a imagem de um dos melhores futebolistas de todos os tempos. Hoje Ronaldo é visto na generalidade(embora erradamente), como um jogador máquina. Incrivelmente eficaz, mas incapaz de deslumbrar.

Recordo-me que em 2008, 2009, quando todos elogiavam o grande trabalho que o Manchester tinha feito, transformando-o num jogador mais completo, eu discuti varias vezes esse processo com amigos que estão no futebol como treinadores. Eu tinha apenas a observação empirica, incapaz de explicar cientificamente as razões do que observava, mas tinha uma certeza. O Ronaldo já não era o mesmo. Tinha perdido e muito, a fluidez de movimentos, a agilidade. E associava isso ao trabalho de musculação, embora não tivesse conhecimentos da area. Claro que procuraram desmontar a minha teoria com termos técnicos e estudos sobre coordenação motora, etc, que eu admiti que não poderia contestar, por falta de conhecimento. Mas nunca mudei a minha opinião. Estava plenamente convicto do que observava. Para mim, o Robotnaldo nunca poderia entusiasmar da mesma forma.

Cristiano perde a Bola de Ouro em 2006/2007 no jogo da vida de Kaka, em Old Trafford. Nesse jogo fica na memória de todos, a supremacia do brasileiro e um jogo apagado de Ronaldo. Mas isto estava tambem contaminado por expectativas. Agora, anos depois, observem o suposto pessimo jogo de Ronaldo.

http://www.dailymotion.com/video/xc91uh_cristiano-ronaldo-vs-ac-milan-home_sport

A tal fluidez de movimentos fica bem explicita aqui. Enorme capacidade de mudar de direcção e fazer tudo a uma velocidade alucinante(nao estou a falar de sprints!)

Recordam o jogo contra a Roma?

http://www.youtube.com/watch?v=n40LE61qbhc

Parece-me que apesar de tudo, houve mais bom senso depois da chegada a Madrid ou então foi ele que se readaptou ao novo "corpo", recuperando alguma fluidez quando comparado com o panzer que viamos em 2008/09, ultima epoca em Inglaterra, claramente a pior depois de 2006.

Agora de Messi nunca tinha pensado que poderia ser ginásio. Mas agora...faz todo o sentido!

Anónimo disse...

O Tiago abandonou a seleção pouco tempo após o início de Bento e porque a carreira não lhe corria bem na altura! A culpa não foi de bento. Os outros desistiram ainda no tempo de Queiroz. Lagartos aziados....

Vitor disse...

Cristiano desde 2006 melhorou imenso no momento da finalização, melhorou uma bestialidade nos movimentos sem bola, melhorou muito no entendimento do jogo, mas para mim piorou na relação que tinha com a bola(exceptuando o primeiro toque).

Mas parece-me que com o passar dos anos, ele iria melhorar nos pontos onde melhorou, sem necessitar de ginásio. Ok, poderia não ter a mesma capacidade de aguentar uma carga ou outra, mas não teria compensado? Não retiro mérito a tudo o que o Manchester fez por ele, mas talvez, talvez, tivesse sido melhor, se ele saisse 1 ou 2 anos antes daquele ambiente onde se sobrevaloriza a força...bruta.

Roberto Baggio disse...

"mas para mim piorou na relação que tinha com a bola(exceptuando o primeiro toque)."

Exacto!

Fernando Redondo disse...

Espero que o "Lagartos aziados" não seja para mim, porque até gosto é do vermelho! :), mas que me lembre o bosingwa e o Ricardo carvalho tiveram problemas com...? Até vou te dizer uma coisa, ao que consta o Danny mandou o PB levar no... Mas este como tem o mesmo empresário nem abre a boca. O Paulo Bento leva selecção dele, os jogadores que o apoiaram no passado a quem ele guarda essa dívida. Sendo do Benfica não tenho problemas em dizer que o A. Almeida é fraco, fraco. Ainda ontem com aqueles pés, queria fintar e então aquele corte de cabeça junto relvado não lembra a ninguém.

Anónimo disse...

falaste de jogadores que renunciaram e, desses, apenas o simão, miguel e depois tiago se enquadram. e decidiram assim sem bento ter culpa. quanto aos outros, esperavas o quê? o r. carvalho ao fazer aquela estupidez de sair do estágio a meio assinou a sua certidão de óbito na seleção. danny ao jogar dois dias depois pelo seu clube qd estava lesionado para a seleção, ficou queimado e com razão, mais vale um cepo com ganas de seleção do que um cracalhão da sibéria sem amor à camisola. bosingwa, desconheço a situação, mas para além de ter tido uma carreira pelo cano abaixo, já era recorrente em problemas disciplinares inclusive no porto. deves achar que o que a seleção precisa é de insurretos e gunas...