segunda-feira, 5 de maio de 2014

Reforços para o Sporting 2014/2015

O maior reforço para o Sporting da próxima temporada terá de ser o treinador. Não obstante da maravilhosa temporada que fez, desafiando todas as probabilidades, com uma equipa sem grande qualidade individual, e muito desequilibrada em algumas posições, a melhoria terá de surgir de Leonardo Jardim. Para melhorar ainda mais os resultados, para que seja mais consistente em todos os jogos, para que crie mais situações de golo, e não deixe criar tantas, pedem-se alterações no modelo de jogo. Ao nível da proximidade das linhas de passe, por forma a permitir um maior controlo da transição defensiva. A linha defensiva também deve ser melhorada, ao nível dos princípios que utiliza. Isso tudo, subjacente a um melhor controlo dos espaços, com e sem bola, bem como com uma maior proximidade entre sectores. Atacar para defender, defender para atacar.

Não é necessário fazer um grande esforço financeiro, tendo em conta a realidade do Sporting, para que consiga melhorar o plantel de forma substancial.

Começando pela linha defensiva, é o sector obrigatório e que carece de mais atenção.
Aposta incondicional em Dier. É o melhor central do Sporting, e anda no banco de suplentes. 
Na próxima época, apostaria em Ricardo Esgaio para concorrer com Cédric. Esgaio "perdeu" um ano na equipa B. Não aprendeu lá "nada". É um jogador que deveria ter rodado na primeira liga, para que este ano integrasse o plantel. Ainda assim, seria uma das minhas apostas para reforçar o plantel principal.
Nuno Reis, regressado do empréstimo. Se mais estável do ponto de vista emocional, ficaria no plantel.
Yohan Tavares, central do Estoril. Parece-me, este, também bastante melhor que os actuais titulares do Sporting, com e sem bola. Domina os comportamentos defensivos zonais, tem conforto com a bola nos pés.

No meio campo defensivo, João Mário. De volta do empréstimo, para concorrer com William, na equipa principal. 
Caso William saia, Filipe Augusto e Fernando Ferreira (Belenenses) na linha da frente.
No meio campo ofensivo, a grande e melhor contratação que poderiam fazer é Evandro do Estoril. Fora os 3 grandes, é o melhor jogador da Liga, este ano. Com entrada directa, por exemplo, no onze do FC Porto. Criatividade, critério, técnica, jogo entre-linhas. Filipe Augusto, do Rio Ave, poderia ser também uma alternativa. Tiago Silva, também seria uma possibilidade, mas só se existisse uma mudança de sistema táctico.
Melhor aproveitamento de André Martins. É jogador para jogar de frente para o jogo. Descobrir soluções com o jogo de frente, enquadrado. Aí, seria fácil de explorar as suas melhores qualidades.
Filipe Chaby, talento. Também faria parte do plantel principal. A treinar com os melhores, adaptando-se aos estímulos e maior exigência de um patamar competitivo superior, acelerando o seu futuro.

Na frente, entendo que o melhor extremo do Sporting é Carlos Mané (Muito potencial para evoluir, grande temporada que fez). Pelo que são necessários reforços na frente, no sentido de colmatar um Capel que não tem qualidade para o Sporting, e um Carrillo que tarde em mostrar aquilo que "pode". Um Héldon que não trouxe nada de nova à equipa, e um Wilson Eduardo que não tem espaço nem na equipa B.
Iuri Medeiros, talento. Faria definitivamente parte das minhas escolhas para ficar no plantel, pelos mesmos motivos de Chaby. Acelerar o seu crescimento.
Seba. Muita qualidade individual. Técnica, velocidade. Muito competente na tomada de decisão. Responsável defensivamente.
Ricardo Horta. Qualidade técnica, velocidade. Muito por onde evoluir dado a tenra idade, não obstante de se ter já apresentado a um nível bastante interessante esta época. Seria também o jogador ideal para jogar na posição actual de André Martins, no modelo actual.
Maior aproveitamento de Montero, para que a qualidade do futebol apresentado aumente.

Na minha opinião, dispensaria Piris, Shikabala, Magrão, Capel, Carrillo, Maurício, Wilson Eduardo, Héldon. Aproveitava, também, para inflacionar Rojo e Slimani, depois do mundial.

O plantel teria no máximo 22 jogadores. Isto, para que possam ser integrados regularmente nos treinos/jogos jogadores da equipa B.

65 comentários:

Xibinha disse...

não concordo com quase nada

Anónimo disse...

joao mario nao joga a seis. é oito. e tira o lugar do andré martins no onze. trinco? danilo do maritimo, mas deve ser caro para o sporting.

capel e carrilo servem par ao posrting fazer uns trocos. mesmo com mais um puto talentoso, o sporting tem que ir buscar um extremo que desiquilibre de facto.

yohan e muito bom, mas acho que nao dispensaria o mauricio. é melhor do que pensei quando chegou...

piris nao acho nada mau, mas so ficava com ele se o vendessem mesmo barato.

Pedro Simões disse...

N se esqueçam que este ano é ano de Champions,ou seja, as exigências sobem em flecha...

Daniel Martins disse...

O melhor reforço do Sporting seria a venda de Rojo, sem dúvida

Anónimo disse...

o que acham do Lopetegui?

costa disse...

o carrillo não pode ser vendido! é muito craque, vai afirmar-se mais tarde ou mais cedo.

duvido que LJ mude de sistema, por isso o andré martins, esse sim, deve ser vendido.

qt a reforços, como já alguém referiu, este ano é ano de champions. não sei se com sebás e yohann tavares o scp terá a qualidade necessária. dos ditos, filipe augusto é o único que cabe como uma luva. não só no scp como nos restantes grandes.

cumps

Anónimo disse...

Também não concordo com quase nada. O que é raro.
Caso William saia, é inconcebível ir buscar Fernando Ferreira que não é trinco, nem tem caracteristicas para ser trinco. Filipe Augusto é bom, mas é arriscado apostar nele num ano de champions. É uma boa alternativa.
Trocar Heldon, Capel, Wilson e Carrillo por Iuri, Ricardo Horta e Seba é um erro na minha opinião. Apesar de gostar de todos eles.

Dimitris Nalitzis disse...

Boas Baggio, o que achas do Ruben Ferreira do Marítimo para concorrente do Jefferson?

Não achas que falta também um outro ponta de lança que permita ao Sporting verdadeiramente jogar com 2 avançados em certos jogos, algo à imagem de Lima e Rodrigo?

Roberto Baggio disse...

"joao mario nao joga a seis. é oito. e tira o lugar do andré martins no onze."

Pela sua lógica, o André Martins não joga a 8, é joga como 9.5 pelo que J.Mário não lhe tira o lugar. No máximo, e repito, pela sua lógica jogava por Adrien.

Pela minha lógica, J.Mário é muito melhor como 6, do que como 8. Pelo que, pela minha lógica, seria para colmatar William, ou para assumir caso ele saia.

"N se esqueçam que este ano é ano de Champions,ou seja, as exigências sobem em flecha..."

Antes de se pensar na Champions, é preciso consolidar a equipa ao nível Nacional Para que de forma sistemática lute pelos lugares cimeiros da tabela, e quem sabe, pelo título. É muito importante não trocar as prioridades, e não se deixar deslumbrar por estar a disputar a Champions... Mais importante que disputar a Champions este ano, é conseguir entradas directas, consecutivas, nesta prova.

"o que acham do Lopetegui?"

Não conheço."

Roberto Baggio disse...

"Fernando Ferreira que não é trinco, nem tem caracteristicas para ser trinco."

O que são características de trinco? Em que posição tem jogado ele no Belenenses?

Ninefingers disse...

Concordo com muito do que foi dito, na linha de centrais - Rojo nunca percebi, jogador sem cabeça, muito fisico realmente, mas sem cabeça. Dier para substituir Rojo seria mesmo essencial. Dier seria um grande upgrade, porque não é só mais um central, percebe o jogo e recebeu uma boa escola do Sporting.

Mauricio é um pouo diferente, há que ter atenção que o jogador veio do nada, estava perdido lá pela segunda divisão Brasileira e quando chegou pensei mesmo que seria um barrete. Pelo contrário, tem correspondido minimamente, é daqueles cães rafeiros que até faz bem à equipa, trabalhador sério, com um bom treinador penso haver ali muito que se possa aproveitar e melhorar.

De resto é como foi dito, Capel tem de sair, jogador banal e sem cuja melhor qualidade é arrancar faltas - não suficientemente bom para u Sporting que se quer aproximar dos 2 rivais.

Esgaio... veremos, não tenho muita paciencia para ver equipas B (e falta de tempo tmb!), mas do pouco que tenho visto nos últimos 2 anos, ainda falta ali qualquer coisa, mais regularidade.

O Sporting e Jardim terão de repensar muito da filosofia do jogo, apesar do sucesso é notório que o nivel de jogo do Sporting baixou consideravelmente nos últimos meses - será Montero? O que aconteceu mesmo a Montero? Quando marcava e deixava arte no campo, toda o jogo do Sporting parecia diferente... para mim, o jogador mais importante e ESSENCIAL para o sucesso ofensivo do clube.

Roberto Baggio disse...

"Boas Baggio, o que achas do Ruben Ferreira do Marítimo para concorrente do Jefferson?"

Não o acho nada de especial. Nem acho que traga algo diferente relativamente ao Jefferson. A verdade é que, tendo em conta o plantel actual, cabia, na minha opinião. Mas penso que seria "desperdiçar" dinheiro. Na minha opinião, claro.

"Não achas que falta também um outro ponta de lança que permita ao Sporting verdadeiramente jogar com 2 avançados em certos jogos, algo à imagem de Lima e Rodrigo?"

Para o modelo de Jardim este ano, sim. Acho que faltou. Mas tenho a impressão que ele irá mudar o sistema para um 4x3x3. Se não mudar, fica claramente a falar um jogador para jogar como segundo avançado.

Roberto Baggio disse...

". para mim, o jogador mais importante e ESSENCIAL para o sucesso ofensivo do clube."

100% de acordo.

Anónimo disse...

"O que são características de trinco? Em que posição tem jogado ele no Belenenses?"

Baggio, nos últimos jogos que tenho visto do Belenenses, o Fernando Ferreira, tem jogado sempre à frente de Bruno China e Danielson. Quase como apoio ao ponta de lança, Deyverson ou Caeiro. Adoro o Fernando Ferreira, sobretudo desde a época passada onde jogava a 8 com Diakité atràs e Tiago Silva à frente (meio-campo fenomenal).
Acho que para um Sporting não pode jogar a trinco. Na minha opinião Fernando Ferreira não tem capacidade de desarme para jogar a seis e não o imagino a dobrar os laterais. É um jogador mais de ataque. Com boa visão e bom remate.

Roberto Baggio disse...

Dos jogos que vi do Belém, jogou como 6, com o Bruno China/Diakité e o T.Silva à frente deles. Pelo que me dá a impressão de estar habituado a jogar num meio campo à 2.
Acho que neste Sporting, não pode jogar a trinco. Mas como disse, tenho a sensação que vai mudar para um 433. Sendo que João Mário, e Filipe Augusto parecem-me muito bons para a posição.

Roberto Baggio disse...

Ah, esqueci de dizer que André Martins também pode ser uma solução interessante, para 6.

Joao Rodrigues disse...

Infelizmente nos ultimos dois jogos o Tiago foi relegado para o banco, e o Fernando tem jogado no apoio ao ponta-de-lança.

Manuel Humberto disse...

Baggio, subscrevo por inteiro. Infelizmente, veremos muito pouco ou nada do do que recomendas.

Rojo e Mauricio continuaräo a jogar pelo Sporting. Capel, idem. Heldon e Shikhabala foram recentemente contratados pelo que presumivelmente ficaräo no plantel (no universo de opcöes para o 11). Welder e Magräo foram duas contratacöes falhadas e se o concurso de Magräo até o percebo porque tecnicamente seria um jogador de qualidade, a contratacäo de Welder foi simplesmente estupida. Noutro plano, Vitor poderia ter mais utilizacäo e fazer parte do 11 com A. Martins, sendo pena que L. Jardim aparentemente nao lhe de grande relevo. Ainda ao contrário do que recomendas, Nuno Reis nao regressará, subscrevendo que tem mais qualidade que os actuais titulares e Dier é o melhor central do Sporting, evidentemente. No passado recente o unico que (na minha opiniäo) se superiorizou ao Ingles foi Tiago Ilori, por ter maior qualidade com bola. Já Joäo Mário, deveria ter feito parte do plantel e da equipa este ano.

Näo obstante a mais-valia que Leonardo Jardim representou, o Sporting nesta época voltou a falhar naquilo que deveria fazer com acerto: composicäo de plantéis, onde tendo à sua disposicäo jogadores de qualidade revela preferencia por elementos desnecessários.

O Sporting acertou em Fredy Montero e Vitor. Tudo o mais (alguns 8 ou 9), infelizmente, pouco ou nada acrescentam em termos de qualidade. Slimani é por um jogador simpático e näo é completamente tosco mas num contexto mais exigente terá um peso muito pequeno relativamente ao muito bom Montero.

PedroC disse...

Desde já assumo o meu Sportinguismo. E para mim o melhor reforço para o ano que vem, será Tentar manter a estrutura tecnica, e o maximo de jogadores possiveis, e à falta de milagres financeiros, fazer contratações na linha de Jefferson, Mauricio...Montero. Ou seja baratas. Pelo que considero a aposta na 1ªliga benefica. Acredito que na equipa B há muito potencial(penso que o Abel é que esta muito fraquinho e conflituoso), e além dos jogadores referidos ainda ha o dramé a rebentar, jogador em quem tenho muitas esperanças.

Mas para mim o principal é os sportinguistas manterem a calma...e não nos pormos ja com somos candidatos ao titulo e afins. Por isso é que, a falta de dinheiro a serio(estilo abrahimovic), aceito a aposta em jogadores baratos e com potencial e em jovens da equipa B, porque acredito que da forma em que o Sporting se encontrava não vai ser numa ano ou dois que vamos voltar a ribalta a serio. Espero enganar-me claro lol. O que peço é um projecto sustentavel, na linha do Dortmund por exemplo, e para isso é preciso paciencia.

Porem se ja a contratar "craques"....é um risco. Mesmo com a champions. O ano passado era so internacionais(velhos) e foi o que foi. As vezes para dar-mos cabe dum projecto é simples...basta so dar um passo maior que a perna.

Ps- a ser verdade a contratação do anderson do leixões, penso que ja estao a começar bem.

Anónimo disse...

Tiago Silva e Fernando Ferreira são jogadores que precisam de ter a bola. Com bola são fenomenais, sem bola são capazes de passar ao lado de um jogo. André Martins a mesma coisa.
O Sporting precisa de jogadores que saibam ter a bola e que saibam correr atrás dela. Se conseguirem fazer a diferença com pouca posse, perfeito.
Para o ano o Sporting vai ter de jogar contra clubes fortissimos. Tem de ter um meio-campo com jogadores que saibam jogar sem bola 90 minutos.

Manuel Humberto disse...

Baggio, esqueci Jefferson: foi uma boa contratacäo. Montero, Vitor e Jefferson, assim é que é.

Roberto Baggio disse...

Manuel, deixa-me dizer que subscrevo por completo. Acho que só perdi 2,3 jogos do Sporting este ano e a impressão foi a mesma que a tua.

PedroC, dizendo desde já que não conheço o Anderson, concordo e subscrevo a tua opinião. A prioridade é reforçar a posição do Sporting ao nível nacional. Depois, daqui por um, dois anos, pensar em começar a comprar para a Champions.

Roberto Baggio disse...

"Para o ano o Sporting vai ter de jogar contra clubes fortissimos. Tem de ter um meio-campo com jogadores que saibam jogar sem bola 90 minutos."

Para o ano, a esmagadora maioria dos jogos do Sporting vão continuar a ser em competições internas. E depois, dizer-se que o A.Martins não sabe jogar sem bola, é estranho. Para mim, é dos jogadores mais evoluídos do ponto de vista dos posicionamentos defensivos, do Sporting. Mais que Adrien, por exemplo.

Marte 8 disse...

Não dispensaria Mauricio e Carrillo, os dois têm qualidade.
E o Mauricio pode ser um 3º central de qualidade, tranquilamente.
E contraria também um lateral para concorrer com o Jefferson

Cantinho do Morais disse...

Baggio,

Muitos pontos em comum.

João Mário e Martins podem bem ser 6. Já disse aqui uma vez e repito: dos melhores jogos do André foi (é incrível) com o Sá Pinto. Para mim o melhor foi em Kharkiv, com o Metalist, onde jogou a 6.

O que eu gostava era que o futebol português fosse digno e sem guerras. Se assim fosse, e visto que o Benfica não precisará deles (porque tem melhor), gostava que houvesse possibilidade de contratar o Ola John e o Nolito (ou o Miguel Rosa, ou o Pizzi).
Era um grande upgrade no plantel do Sporting (e também seria bom para os jogadores).

Roberto Baggio disse...

É pah, não sei como me esqueci do Rosa. Mas com esta guerra com o SLB, parece-me haver uma cláusula qualquer que não deixe ele ir para um dos grandes. Enfim. Ola John, é caro, parece-me... Pizzi, é caro, também. Não estou a ver o SLB emprestar jogadores ao SCP. É possível, mas não estou a ver...

Roberto Baggio disse...

Parece-me que concorrência para o Jefferson seria importante. Mas no mercado Nacional, não estou a ver... Daí não ter colocado.

Gonçalo Matos disse...

Baggio,

Disseram-me, alguem com muito conhecimento do que é o Sporting, que Adrien, Patrício e Capel ganham 1/3 da folha salarial deste Sporting. Por outro lado, o William ganha meia duzia de patacos. Desconfio que vai ser necessário vender, pra equilibrar o clube financeiramente. Eu faria todos os possíveis para manter o William, venderia Adrien, Capel, Patrício e até o Paulinho se fosse preciso. Que pensas disto? Parece-me o jogador mais dificil de subsituir, o WC.

Se houvesse ai umas coroas fixes, eu sei bem em quem investia. Era no Ceballos, que me parece que faz qualquer posição do meio campo para a frente.

Assumindo que Adrien, Capel e Patrício saem, pra encaixar uns patacos:
Boeck
Cedric, Yohann, Dier, Jefferson,
William, João Mario, André Martins,
Ceballos, Montero e Mané

Seja em 4-3-3 ou 4-4-2

Calheiros disse...

o Shikabala ainda nem sequer fez um minuto.

não seria prudente dar-lhe uma oportunidade de se mostrar o que sabe?

PedroC disse...

Manuel Humberto, lamento mas não concordo de todo com a sua analise.

Ambos sabemos que o plantel do Sporting tem pouca qualidade. Quando o comparo com o ultimo com que fomos campeoes....ate choro. Mas o que se fez este ano, foi o que se tinha de fazer, e o que se conseguiu foi na minha opinião um milagre.

Muitos dos jogadores que vieram este ano são jogadores de transição. Foram os jogadores que se poderam comprar na altura, e os que se tinham de comprar. Muitos deles irão sair a medida que a qualidade do plantel for subindo ano apos ano(assim o espera-mos), e após terem feito o seu papel de transição e integração de outros valores realmente com qualidade.

A aposta só em jogadores da casa nunca iria resultar por si. Ambos sabemos como é a tribuna de alvalade, e a pouca paciencia que vão tento(viu se este ano com wilson eduardo...jogador claramente de transição). Nem todos são williams, nem todos pegam de estaca. Precisam de ser postos com calma, e de outros a volta deles que os integrem e que levem com as balas que se disparam da bancada quando as coisas correm mal. Senão corre-se o risco de os queimar.

Num futuro 11 titular campeão do Sporting(no plano teorico, porque na pratica depois temos o atletico de Madrid), mantendo-se Benfica e Porto a um bom nivel, só veria neste momento dois nomes...William e Patricio. E Mané talvez...com mais uns aninhos. A maioria do restantes nem sequer no plantel estavam...

Temos de ter paciencia. Antes virem Mauricios e Welder a custo Zero do que Miguel Lopes e Boularouz's ou Pongolles.

Roberto Baggio disse...

Calheiros, isto é a minha opinião. Pelo que tu, ou outro qualquer pode discordar. Para mim, não tem qualidade para o Sporting. Para mim, repito, nem deveria ser contratado.

Gonçalo, Desse ponto de vista, William e Patrício deveriam ser mantidos, para mim.

Anónimo disse...

Sebá?!?

PedroC disse...

Cantinho do Morais...nos ja tivemos exemplos da qualidade dos negocios entre clubes em Portugal...temos la um agora, chama-se miguel lopes.

Ainda temos de evoluir muito para chegar esse momento. Nesta fase ainda estamos numa de emprestar jogadores as outras equipas para eles depois não jogarem contra nós...

E incluo o Sporting neste lote, não somos mais puros que os outros se as tiver-mos de fazer.

Manuel Humberto disse...

"Para o ano, a esmagadora maioria dos jogos do Sporting vão continuar a ser em competições internas".

Baggio, e mesmo na Liga Portuguesa, em condicöes normais, o Sporting terá dificuldades acrescidas comparativamente à época que agora termina, näo porque de repente regredirá (se tanto, esperemos, melhorará) mas porque este ano a pontuacäo näo espelhou completamente a qualidade da equipa. Pode até dar-se o caso de para o ano exibirmos mais qualidade mas somarmos menos pontos. O Filipe no "Jogo Directo" foi ao longo da época avancando uma das principais causas: produtividade. Criar pouco jogo mas fazer muitos golos. Idem para os golos consentidos: fomos durante muito tempo a defesa menos batida do campeonato sem que fossemos evidentemente a melhor defesa do campeonato. Além da anormal produtividade, em meia duzia de jogos (Guimaräes, Braga e outros), um elemento de plana sorte. Fazendo parte do jogo o Sporting este ano teve-a do seu lado. Ainda agora com o Belenenses voltou a acontecer, ganhando sem que se tivesse revelado superior.

Como dizes no texto, nada disto servirá para retirar mérito a Leonardo Jardim e a 3 ou 4 bons jogadores que o Sporting efectivamente tem. Importa sobretudo melhorar o jogo do Sporting porque nos ultimos 2/3 da época deixou bastante a desejar.

Roberto Baggio disse...

Manuel,

Sim. E ainda mais. Agora, os clubes já não vão jogar contra o Sporting "para ganhar". De igual. Já vão estar mais alertas, vão baixar as linhas, deixar o Sporting ter domínio. Pelo que será importante ter muito mais qualidade na organização ofensiva, e muito, muito, muito, treino de transição defensiva (reacção à perda, e situações de igualdade e inferioridade numérica com muito espaço para defender).

Anónimo disse...

num sporting, acho que o trinco tem que ser atleticamente na onda do fejsa, william, javi garcia, etc.

joao mario para mim e melhor a oito. o andre martins? de facto nao e a mesma posicao. o que quis dizer no fundo e que como jogador gosto mais do JM.

DC disse...

Bom post, Baggio. Se tiveres tempo faz para os outros grandes.
E o Gonçalo do Estoril e os egípcios do Nacional não achas boa solução para os grandes?

Manuel Humberto disse...

PedroC, o Sporting na minha opiniäo reuniu um plantel qualitativamente limitado sem que isso se explique pelo orcamento (como afirma Baggio, no texto). Aliás a história do Sporting nos ultimos 20 anos demonstra bem que o nosso problema nunca esteve nos orcamentos, fiquem aquém ou ultrapassem o dos rivais. Mas isso vale para o Sporting e para qualquer outro grande clube Europeu porque em futebol nao há uma relacäo directa entre dinheiro gasto e qualidade de uma equipa. O problema esteve mais uma vez ao nivel de escolhas, para efeitos de composicäo do plantel.


"Antes virem Mauricios e Welder a custo zero do que Miguel Lopes e Boularouz's ou Pongolles".

Ambos os cenários säo sintomáticos do mesmo mal e para efeitos desportivos (qualidade) equivale positivamente ao mesmo.

"A aposta só em jogadores da casa nunca iria resultar por si".

Os jogadores dividem-se entre os que tem qualidade e os que näo a tem. Ë irrelevante se säo da casa ou näo.

Roberto Baggio disse...

Os do Nacional não conheço no pormenor. Precisava ver mais jogos. O Gonçalo não me parece que acrescente ao que os grandes já têm. Provavelmente vou ter tempo, mas só depois de perceber quem é o treinador e etc.

Abraço

Manuel, isto é só em comparação com o orçamento dos outros grandes, que podem comprar como querem. ABC

Anónimo disse...

Antes de mais, será interessante ver como vai ser o trabalho do Jardim. A este nivel será, ao que tudo indica, a primeira vez que vai começar a segunda época no clube. Agora se verá se Jardim será realmente treinador para estas andanças e muito mais ou se é só "treinador de transição" bom a criar rotinas simples em equipas escavacadas como estava o Sporting (e mesmo o Braga que tinha havido alguma limpeza).

Quanto aos reforços, concordo na sua maioria, falta um lateral esquerdo mas já foi explicado o porquê de não estar nenhum. E gostava de, além de ver se experimentado o J. Mário a 6, Zezinho e Wallyson, e para alas (também podia fazer o papel 2º avançado) o Víola.

Pedro Neves

GC disse...

100000 % de acordo. O modelo precisa de melhorias e há muito por onde melhorar. Para uma época sem expectativas e com Braga e Porto em baixo deu perfeitamente para fazer um brilharete. Mas se se quer ser regular, é óbvio que há muito por onde melhorar.

Acrescentava Betinho. Há muito futebol naquele rapaz. Tirando o jogo de cabeça, dá 15-0 em tudo ao Slimani. Inteligência/tomada de decisão, técnica, responsabilidade, etc. Eu juntava Slimani ao Rojo nas tentativas de "inflacionamento" via Mundial.

Anónimo disse...

Já agora, outro promenor importante, seria um treinador para a equipa B. Abel, é uma personagem simpática desde que não peçam para ele fazer mais do que sabe. Quando assim é, um pouco à imagem do que foi enquanto jogador, o homem faz muita borrada. Talvez um treinador jovem, que venha mostrando algum potencial seria opção?

Pedro Neves

El_Tigre disse...

Desculpem a minha sinceridade, mas em ano que tanto se ouviu a dizer que a liga está nivelada por baixo em qualidade, eu penso que foi um ano em que nas diversas equipas foi possível vislumbrar-se jogadores com qualidade para fazer parte do plantel (não ser titular no curto prazo) de qualquer um dos 3 grandes.

Aos já falados destacaria os seguintes:

Nacional, acho interessante o central Miguel Rodrigues e ambos os egipcios.
Do Maritimo o Danilo Pereira e o Derley claramente jogadores para outro nivel
No Braga, o Pardo excluindo o Benfica é titular em qualquer dos outros grandes.
No Setubal para além do Ricardo Horta o Pedro Tiba um médio muito interessante a lembrar os bons tempos do Maniche na chegada à área não tão culto tacticamente mas uma opção que seria interessante.
No Guimarães o central Paulo Rodrigues (pre-convocado pelo Paulo Bento)
Para concluir os 3 do Rio Ave: o Central Marcelo, o Filipe Augusto e o Diego Lopes (este como é possivel a dispensa/não aposta como queiram chamar do Benfica neste jogador ??!!!, só por ser pequeno? há coisas que não se percebem de facto é esta dispensa e a falta de oportunidades dadas a um jogador como Miguel Rosa que o ano passado brilha na 2 Liga e que apesar de saber que tinha capacidade para outros voos e com vários interessados aceita ficar na Luz e demonstrar um enorme profissionalismo que e em troca nem uma unica oportunidade para as taçinhas).

Abc

PS: Peço desculpa entusiasmei no texto :P


Ninefingers disse...

Pardo El_Tigre? Por uma razão ou outra o S.Braga desceu tanto de nivel...

Pardos há muitos.

Gonçalo Matos disse...

O Pardo é terrível, El_Tigre.. É um gajo que invarivalmente erra na decisão.. Desequilibra pela força. velocidade e alguma capacidade de drible, mas normalmente joga mal.

Anónimo disse...

Concordo com quase tudo, nomeadamente com as sugestões do mercado nacional.
Esgaio foi perdeu um ano na equipa B (não fez qualquer sentido a contratação de Welder ou mesmo Piris).
Dier é muito melhor que Maurício (jogador muito lento e limitado). Nuno Reis creio que já não regressa pois estava no último ano de contrato. São precisos mais dois centrais, caso não saia Rojo, mas este também vai sair.
João Mário sempre pensei que ia dar um excelente 6, no entanto tem revelado falta de intensidade. Também gostei de ver AM a jogar a 6, mas em Portugal criou-se a ideia que o 6 tem de ser alto e forte fisicamente!
Montero foi absolutamente fundamental. Só W. Carvalho conseguiu ter uma importância próxima da que ele teve.
Mané é o melhor extremo, sem dúvida. Capel já devia ter sido vendido. Carrillo continua a não querer jogar futebol, mas ainda lhe daria mais uma hipótese.
Vi poucos, confesso, jogos da equipa B e nenhum onde tenha participado Dramé, pelo que fiquei sem perceber se o mesmo joga a extremo e se poderá ser uma solução.
Mas o principal reforço terá de ser a melhoria do modelo de jogo.
Concordo também que o mais importante é a consolidação da equipa a nível do campeonato e competições internas.
A LC é para ganhar algum dinheiro e experiencia internacional, o que vier a mais (entenda-se passar a faze de grupos) será ótimo, mas não exigível nesta altura.

PedroC disse...

"Os jogadores dividem-se entre os que tem qualidade e os que näo a tem. Ë irrelevante se säo da casa ou näo."

Claro que sim Manuel. Só falei nisto porque a sensação com que fiquei do seu comentario foi do genero...para virem estes tão "fracos", mais valia a pena contarem com os da casa só, que são melhores(E sim são melhorer...potencialmente).

Era bom que debaixo de cada pedra encontrasse-mos um jefferson ou um Montero a meia duzia de tostões. Isso não é facil.

Nunca como neste ultimo defeso o Sporting atacou o mercado com tão pouco dinheiro...e tão pouca credibilidade principalmente. Até os Rafas desta vida optaram pelo Braga em nosso detrimento. Ora assim não é facil.

Fui durante a época, e sou agora tambem o primeiro a admitir que a equipa é bastante limitada. O jogo na Luz mostrou-nos isso claramente. Mas isso é a força dos tempos, e aconteceu-nos devido as azelhiçes que fomos fazendo.

É obvio que quando vamos para a guerra com menos armas que os adversarios se torna complicado. Este ano que me lembre pelo menos 2 ou 3 jogadores que queriamos foram desviados pelos nossos rivais so para não virem para o Sporting...nem sequer jogaram pelos novos clubes.

Ora quando se pode ir buscar um Markovic ou um Gaitan, um Jackson ou um Danilo, a vida torna-se um bocado mais facil...o que não quer que não hajam erros(temos o Porto este ano), mas não é todos os dias que apanhamos Peixe de primeira qualidade ao preço que o Sporting neste momento pode dar...

E não podemos já estar a esticar a corda só porque este ano melhora-mos um bocado. É preciso dar um passo de cada vez, sob pena de para o ano voltar a ser tudo posto em causa na primeira adversidade...

Godinho Lopes provou desse veneno no primeiro ano do seu mandato. Gostava de ver os recursos de que ele dispos na altura, agora nas mãos desta direcção sinceramente.

Válter disse...

No outro dia o Benfica tinha um plantel um pouco abaixo do PSG, agora o Pardo era titular em todos os clubes da primeira liga excepto o Benfica...

Daqui a nada os laterais do Braga (os piores da liga no meu ponto de vista) passam a ser bons. Estas caixas de comentários estão cada vez mais interessantes LOL

Quanto ao Sporting espero que passem a jogar em 4-3-3 e que comecem a tirar realmente partido do André Martins. Nunca compreendo porque é que treinadores insistem em sistemas táticos que não potenciam o melhor da equipa. Acho que o Adrien está completamente sobrevalorizado na opinião geral. Para mim é bom para a primiera liga, mas cada jogo com mais dificuldades é sempre o elemento menos, foi notório contra Porto e Benfica. Talvez contra o Porto no último jogo menos notório devido à mega exibição do Wiliam de Carvalho. (Já achava o mesmo do Adrien dos tempos da académica.)

Concordo inteiramente que a prioridade do sporting deve ser consolidar a nível interno e manter a equipa nas competições europeias (Champions)

De resto acho que há algum tempo que uma época de transferências não era aguardada por tantos motivos:
-Quem sai do Benfica.
-Como o Porto vai operar a revolução que o Pinto da Costa anunciou
-Como o Sporting vai alargar e melhorar o plantel
-Estoril/Nacional/Rio Ave: depois de épocas com o mesmo treinador como vão entrar na europa (especialmente do Estoril se mantiver o treinador espera-se uma melhoria na prestação europeia)
-Como vai o Braga recuperar da pior época desde que o Salvador é presidente?
-Maritimo sem P. Martins?

Prevejo um verão escaldante! bom é para os jornais desportivos!!

Carlos Rodrigues disse...

"Na minha opinião, dispensaria Piris, Shikabala, Magrão, Capel, Carrillo, Maurício, Wilson Eduardo, Héldon. Aproveitava, também, para inflacionar Rojo, depois do mundial."

Piris e Magrão de certeza que vão sair - não foi apenas William que faltou na Luz, Piris também foi um a menos. Shikabala e Heldon ficam, porque o clube está de mãos atadas visto terem chegado apenas há uns meses atrás. Wilson não sei como será resolvido, até pela questão das quotas de jogadores nacionais.

Maurício é de uma utilidade enorme, basta ver o que Jardel faz no Benfica, quanto mais não seja por isso, merece ficar. E, não tendo a qualidade de Rojo ou Dier, com bola, é muito mais fiável defensivamente (quanto mais não seja por não inventar), a combatividade defensiva é valiosa em jogos onde a equipa "adormece" e a sua eficácia nas bolas paradas foi fulcral este ano. Maurício fica e, IMO, fica bem, faz muito bem a Dier ter alguém que puxe por ele porque, com toda a inegável qualidade de Dier, teve jogos este ano onde se deslumbrou em demasia e comprometeu de forma clara.

João Mário a 6 parece-me desperdício. Percebo a teoria de ter o máximo de qualidade atrás, tipo Hummels a central, mas isso pressupõe que na frente tenhas alguém com, pelo menos, qualidade técnica equivalente e, neste Sporting, não sei se o JM não é mesmo o jogador mais dotado tecnicamente no MC ofensivo - pelo menos parece-me superior nesse capítulo a Martins (apesar de Martins ter outras qualidades) e até a Adrien, se bem que Adrien por vezes tenha uma técnica bastante underrater.
Olhando para a integração de JM como um todo, e olhando para o que o Sporting já tem em mãos, com William, Adrien e Martins, preferia tentar aproveitar JM como o médio de desequilíbrios mais ofensivos, fazendo Martins baixar no terreno para a posição de Adrien ou até de William, numa alternativa a ambos que o Sporting nunca teve ao longo desta época inteira.
Além disso, JM tem um jogo entrelinhas e um último passe que mais ninguém me parece ter neste Sporting. Relembrando a exibição que fez contra o Benfica na abertura da época desportiva (Taça da AFL), é possível que tenha sido a melhor exibição individual de um médio-ofensivo do Sporting ao longo da época toda. Por isso, ter JM a trinco é um bocado como ter o Gaitan a lateral: ele vai jogar sempre bem, até porque não sabe jogar mal, mas é um desperdício ter tanta qualidade atrás e depois ter que resolver os problemas do ataque com jogadores de qualidade bem inferior.

O principal problema do Sporting é ter problemas em posições do campo (extremos/alas e /MOC) onde a qualidade individual é bastante cara e o Sporting não é propriamente um clube que tenha desafogo financeiro para resolver isso com alguma facilidade.

E mais do que valorizar o Rojo, não sei se o Sporting não está a valorizar o Slimani: titular em quase toda a segunda volta, equipa mais ajustada para o seu estilo de jogo, para um tipo que é titular quase garantido de uma equipa que vai estar no mundial e que custou zero ao Sporting. Aliás, atendendo às notícias em termos de valores para recompra do passe do Rojo, curioso para saber se o Sporting não apostou mais em Capel e Slimani para fazer cash-in nestes jogadores e alocar esse dinheiro noutros com maior potencial de valorização.

Carlos Rodrigues disse...

"Na minha opinião, dispensaria Piris, Shikabala, Magrão, Capel, Carrillo, Maurício, Wilson Eduardo, Héldon. Aproveitava, também, para inflacionar Rojo, depois do mundial."

Piris e Magrão de certeza que vão sair - não foi apenas William que faltou na Luz, Piris também foi um a menos. Shikabala e Heldon ficam, porque o clube está de mãos atadas visto terem chegado apenas há uns meses atrás. Wilson não sei como será resolvido, até pela questão das quotas de jogadores nacionais.

Maurício é de uma utilidade enorme, basta ver o que Jardem faz no Benfica, quanto mais não seja por isso, merece ficar. E, não tendo a qualidade de Rojo ou Dier, com bola, é muito mais fiável defensivamente (quanto mais não seja por não inventar), a combatividade defensiva é valiosa em jogos onde a equipa "adormece" e a sua eficácia nas bolas paradas foi decisiva neste ano. Maurício fica e, IMO, fica bem, faz muito bem a Dier ter alguém que puxe por ele porque, com toda a inegável qualidade de Dier, teve jogos este ano onde se deslumbrou em demasia e comprometeu de forma clara.

João Mário a 6 parece-me desperdício. Percebo a teoria de ter o máximo de qualidade atrás, tipo Hummels a central, mas isso pressupõe que na frente tenhas alguém com, pelo menos, qualidade técnica equivalente e, neste Sporting, não sei se o JM não é mesmo o jogador mais dotado tecnicamente no MC ofensivo - pelo menos parece-me superior nesse capítulo a Martins (apesar de Martins ter outras qualidades) e até a Adrien, se bem que Adrien por vezes tenha uma técnica bastante underrater.
Olhando para a integração de JM como um todo, e olhando para o que o Sporting já tem em mãos, com William, Adrien e Martins, preferia tentar aproveitar JM como o médio de desequilíbrios mais ofensivos, fazendo Martins baixar no terreno para a posição de Adrien ou até de William, numa alternativa a ambos que o Sporting nunca teve ao longo desta época inteira.
Além disso, JM tem um jogo entrelinhas e um último passe que mais ninguém me parece ter neste Sporting. Relembrando a exibição que fez contra o Benfica na abertura da época desportiva (Taça da AFL), é possível que tenha sido a melhor exibição individual de um médio-ofensivo do Sporting ao longo da época toda. Por isso, ter JM a trinco é um bocado como ter o Gaitan a lateral: ele vai jogar sempre bem, até porque não sabe jogar mal, mas é um desperdício ter tanta qualidade atrás e depois ter que resolver os problemas do ataque com jogadores de qualidade bem inferior.

O principal problema do Sporting é ter problemas em posições do campo (extremos/alas e /MOC) onde a qualidade individual é bastante cara e o Sporting não é propriamente um clube que tenha desafogo financeiro para resolver isso com alguma facilidade.

E mais do que valorizar o Rojo, não sei se o Sporting não está a valorizar o Slimani: titular em quase toda a segunda volta, equipa mais ajustada para o seu estilo de jogo, para um tipo que é titular quase garantido de uma equipa que vai estar no mundial e que custou zero ao Sporting. Aliás, atendendo às notícias em termos de valores para recompra do passe do Rojo, curioso para saber se o Sporting não apostou mais em Capel e Slimani para fazer cash-in nestes jogadores e alocar esse dinheiro noutros com maior potencial de valorização.

Bruno disse...

O grande upgrade terá mesmo que ser o aumento significativo da criatividade ofensiva do SCP através de Leonardo Jardim. É um ano em que Jardim terá de mostrar se realmente é treinador de alto nível, talento ofensivo creio que tem para dar e vender... Carrillo, Chaby, Iuri, Mané, Montero só para falar nos da frente. Depois Martins, Adrien e William a jogar de frente pro jogo são muito talentosos também. Dier é o central com mais potencial em Portugal, em todos os aspectos, então a forma como ele sobe no terreno com a bola totalmente controlada lembra-me Hummels só que estamos a falar de um jogador de 20 anos com uma margem de progressão tremenda, oxalá Jardim seja o treinador ideal para o fazer crescer.
Nuno Reis, que jogador mais mal aproveitado.. tenho pena, o seu potencial é muito grande. João Mário terá que regressar.

Para sonhar... Dier e Garay a jogar pelo meu SCP no centro da defesa.

A quando do jogo com o benfica na luz pro campeonato, a minha ideia para substituir William seria Adrien, ainda tive esperança que assim Leonardo escolhesse. Que acham de Adrien a 6? Isto numa perspectiva de William sair já (espero que não aconteça).

Mike Portugal disse...

Eu tenho uma visão ligeiramente diferente.

Para defesa esquerdo o Rojo pode concorrer com o Jefferson, se ficar no plantel.
Para a direita, de facto, o Esgaio pode concorrer com o Cedric e até pode fazer de médio direito interior quando necessário.

Para centrais podemos manter o Rojo, o Mauricio e o Dier e o que sugeriste, o tal Yohan Tavares. Se o Rojo for vendido então ficamos com estes 3 útimos e podemos ver o que dá o Semedo, por exemplo.

Para o meio-campo se o William ficar será o titular da posição 6. Senão e como não temos mais ninguem com as caracteristicas dele, teríamos que mudar a tatica da equipa para jogar de outra forma.

Para o resto do meio-campo temos Adrien, A.Martins e J.Mário. Esgaio também consegue jogar no meio-campo se necessário. Contratar o Evandro seria uma otima ideia. Eu daria uma hipotese a Shikabala de mostrar alguma coisa, já que não vi nada dele.

Depois temos o Mané, o Carrillo e o Heldon que para mim não saíam. Heldon apesar de não ser grande coisa, é melhor que Capel e MUITO menos caro para as despesas do clube. Sebá seria uma boa contratação a nivel interno, mas não sei se não será necessário ir buscar alguem "lá fora".

Na frente manteria Montero e Slimani, mas poderia integrar Betinho.

Todos os jovens que falaste também seriam interados no plantel principal.

Para mim deveríamos vender: Capel, Wilson Eduardo, Piris, Welder e Magrão. Patricio podería ser vendido para se encaixar algum dinheiro também. William seria um erro vender já.

Anónimo disse...

Não percebo parte dos teus comentários.
Tentas fazer uma análise exaustiva ao plantel do sporting mas depois demonstras um enorme desconhecimento sobre os jogadores do plantel actual e pertencentes aos quadros do clube. A maior parte dos jogadores que sugeres são segundas alternativas (nunca jogadores para a LC) como Filipe Augusto, Fernando Ferreira, Tiago Silva ou Yohan Tavares - nem vou comentar o facto de achares o Yohan Tavares melhor que o Rojo (internacional Argentino) que fez uma época imaculada (apesar do excesso de cartões) onde para além de ter estado bem defensivamente marcou ainda 6 golos.

Roberto Baggio disse...

A mim da-me sempre algum gozo ler tipos que falam de profundo desconhecimento e depois afirmam: Rojo fez uma época imaculada.
Hahahaha só dá mesmo para rir.
Bom, post isto, o melhor é nem comentar.

LGS disse...

Baggio, para esses amigos anónimos devia haver censura.

“You are not entitled to your opinion. You are entitled to your informed opinion. No one is entitled to be ignorant.” ― Harlan Ellison


Abraço

Ninefingers disse...

Nunca irei perceber como ser pode defender Rojo e comparar com qualquer outro central, Rojo é dos jogadores mais fracos de cabeça que já pisaram o relvado, só se aproveita o fisico, se não fosse futebolista - só dava para as obras.

Elvaslion disse...

Da leitura atenta dos comentários, muitos deles elaborados por quem muito leio e respeito, fico com a impressão que este Sporting foi William, meio Montero e muita sorte.

Para mim nada de mais errado!
Há muito trabalho tactico e se é verdade que nos últimos tempos não se tem visto bom futebol, é também verdade que a motivação não é a mesma.

No que diz respeito a reforços, é preciso um excelente extremo, mais um bom trinco (dois caso saia o William) e um bom central para se poder vender Rojo. Julgo que 2 laterais seriam bem vindos e vendendo Slimani, mais 1 ponta de lança para juntar a Montero e Dramé.

Concordo com Esgaio, João Mário, Chaby, mas espero que se compre bem para o resto das posições, isto se queremos lutar pelo 1º lugar o mais tempo possível, pois só assim conseguiremos mais uma vez o acesso directo para a LC.

Na LC acho que o nosso papel este ano é tentar amealhar 5 pontos, sendo que o que vier por acréscimo será um bónus, embora muito complicado.

Anónimo disse...

"Mas isso vale para o Sporting e para qualquer outro grande clube Europeu porque em futebol nao há uma relacäo directa entre dinheiro gasto e qualidade de uma equipa."

FQ disse...

Já que ninguém, nem no post, nem nos comentários, referiu um nome que aponta ser um dos primeiros reforços anunciados pelo Sporting, deixo aqui um link para os que ainda não conhecem passem a criar uma opinião sobre o homem que se perfila para ser a sombra do William Carvalho (caso ele fique) ou que lute pela titularidade como pivot defensivo.

https://www.youtube.com/watch?v=2mtC9JR7QP0

Saudações

Alberto Poua - Roupa disse...

Derlei , Aly Gazal e dois médios terá que ser as aquisições do Sporting época 2014/ 2015, mas vender o LEONARDO JARDIM E IR BUSCAR O Marco Siva

Alberto Pouca - Roupa disse...

Torno a dizer, Derley, Aly gazal e dois médios de categoria que não da equipa B nem João mário, dois médios de classe e fisico, mais o Marco Silva , vendia-se o Leonardo Jardim. E então venha o campeonato. Dispensava-se o Wilson Eduardo Gerson Megrão e o Heldon (fíasco), é verdade mais um extremo também. <E tinhamos uma grande equipa.

Anónimo disse...

Percebes 0 de futebol, dedica-te à pesca ...

Roberto Baggio disse...

Agradecido

Anónimo disse...

ora viva roberto baggio!!nao achas que o sporting acima de tudo e devido aos problemas financeiros tem que contratar bem com pouco dinheiro "cá dentro",mas a minha questão é...nao seria possivel trazer experiencia de fora mesmo por pouco dinheiro,visto tambem equilibrar um plantel mais ao nivel de champions??
e pontas de lança?montero nao chega apesar da qualidade,caíu muito de forma na 2a metade do campeonato,slimani nao me parece que esteja bem a nivel de patamar europeu...o que achas??rafael martins do v.setubal?o eder por exemplo nao seria uma melhor aposta??

Anónimo disse...

Posso obviamente estar errado e ate ser alvo de críticas, mas penso que o Patrício, William, Rojo e Slimani deveriam ser transferidos já depois do mundial. Dificilmente algum deles se irá valorizar mais do que isto a curto prazo. Cedric tem bom mercado na Alemanha , Capel supostamente terá em Inglaterra e näo é certo que estes 2 futuramente venham continuamente a ser internacionais. Heldon pareceu-me desde o inicio uma contratacäo mal avaliada, pois näo terá o perfil ideal para ser vendido para uma liga de topo, apesar de näo ser fraco. Näo me recordo de nenhum jogador cabo verdiano ter jogado em Italia, Espanha, Inglaterra ou Alemanha em equipas com poder de compra. Talvez só para Franca, Rússia ou Grécia. Carrillo, sinceramente será o único caso em que näo sei bem se vender ou ficar com ele.

Por outro lado Fucile poderá vir em fim de contrato tal como Simäo Sabrosa, que é português, experiente e ate da cantera. Ideal para as quotas da UEFA, portanto. Näo será o mesmo de há alguns anos atras, mas seguramente poderá ajudar, e de várias formas, a valorizar uma equipa jovem. Jogando mais ou ficando no banco. Idade para mim näo é parâmetro na hora de escolher a equipa, mas a prioridade deverá ir para quem possa ser transferível. Capitäo ou näo, para mim seria uma questäo secundária, tal como ter jogado muito tempo num rival. Nunca o ouvi ostensivamente a insultar ou criticar o Sporting e isso para mim é o que conta. É muito profissional e sempre teve uma postura correcta.

Na baliza ficariam na minha opiniäo o Boeck, o Ventura e o Golas
Na defesa: Fucile, Jefferson, Petkovic e um miudo da equipa B como laterias.
Dier, Rabia, Mauricio e Paulo Oliveira como centrais. Parece-me um conjunto experiente que chegue e, mesmo assim, com muita gente ainda com perfil e potencial para futuramente poder ser transferida.

No meio-campo näo acho assim täo dramatico jogar de inicio sem extremos. Um bom treinador pega na melhor equipa que tem à disposicäo. Rossell, Adrien, J.Mario e A. Martins podem fazer um belíssimo meio-campo. Com Mané ora na direita ora na esquerda e um ponta de lanca móvel a questäo estaria resolvida. Dá sempre jeito ter um bom treinador. Slavchev, Fokobo, Fidel, Shikabala, Esgaio e ate Simäo como outras opcöes. Haveria experiencia e, mesmo assim, muita gente com potencial para ser vendida.

No ataque ficariam Monsalvo e Montero e quando necessário o próprio Mané.

Todos os anos há ainda gente da equipa B a apertar para chegar à primeira equipa estilo Iuri ou o Dramé. Mesmo assim estariam cerca de 10 jogadores de cantera na primeira equipa. O que, ja de si, é raríssimo em qualquer equipa de topo.