segunda-feira, 23 de junho de 2014

O mundial de Robben

O mundial tem sido isto. Espaço, espaço, e mais espaço. Não é de estranhar o super rendimento do holandês, que chega nas melhores condições físicas a este mundial. Garante-se assim a sua sobrevalorização. Robben tem atributos individuais fantásticos, e invejáveis. Este mundial está na medida exacta para ele. Para que com o seu potencial individual consiga resolver problemas colectivos.

8 comentários:

Sérgio disse...

Guardiola trata bem dos seus.

Sam disse...

Cada vez é mais evidente que os bons treinadores, com raras excepções, não querem ser seleccionadores. E assim, é uma pena ver estas grandes competições, recheadas com os melhores jogadores do mundo, e que não tem treinadores à altura. É um autentico desfile de vacas sagradas nos bancos das selecções.

Anónimo disse...

Baggio, não sendo eu um admirador do Quaresma, não seria este um Mundial ao seu jeito??
Tantas vezes aqui é criticado o Quaresma, concordando 99,9% das vezes, mas não é o Robben em algumas situações um jogador de tomadas de decisão idênticas? Principalmente nas situações em que flete do corredor lateral para o centro e não opta pelo passe apostando no remate colocado quando tem colegas em melhor posição para finalizar.

Roberto Baggio disse...

O Robben e o Quaresma são muito parecidos. Com a diferença de o Robben para além de mais rápido, jogar as vezes para colectivo.
Mas entendo a tua questão, e digo que não sendo ele líder, metendo ele o egocentrismo de lado, tinha que ser titular desta selecção. O problema é os sesss

dezazucr disse...

É curioso que o Chile é das selecções que menos espaço dá para que os seus adversários joguem.

Ceriz46 disse...

O que têm achado do Depay? Parece-me um jogador muito muito interessante...

Anónimo disse...

Obrigado Baggio, respondeste à minha questão da comparação do Robben e do Quaresma.

Continuem o excelente trabalho do BLOG!!

Abraço!

Roberto Baggio disse...

Ceriz46 não olhei com atenção. Vou olhar mais agora que falaste