quarta-feira, 11 de junho de 2014

William Carvalho

A continuar com este ritmo de crescimento, e com este nível exibicional, vai ser muito difícil de segurar, caso seja aposta no mundial.

É impossível não perceber que depois de Moutinho, é o melhor médio da equipa que vai ao mundial. E deixa os restantes a anos luz.

36 comentários:

Válter disse...

Adorei os minutos em que o trio era Wiliam, Moutinho e Ruben Amorim.

trocas posicionais e fluidez de posse de bola. todos a saber quando progredir ou passar de primeira e compensar quando o colega vai comer linhas defensivas em movimento com bola.

Falando noutro sector... sou só eu que acho que a quantidade de bolas que se perdem ao passar pelo Postiga é assustadora?

Joao disse...

o william é excelente, mas roberto, tb nao é muito difícil ser o melhor (com o joao). aquele meio campo é só picaretas sem criatividade.

Pinetree disse...

Confesso que até sou apreciador das qualidades do William, mas ontem, nomeadamente na primeira parte assustou-me a quantidade de bolas perdidas pelo homem em situações que até costuma resolver com alguma facilidade... pelo menos no nosso campeonato, que é o maior nível de exigência que ele conhece! A tua opinião, de que é melhor que os outros, com a qual concordo é que me preocupa!!
Na minha opinião o nosso melhor meio campo seria o William com o Moutinho e o Amorim!!

deervsmoose disse...

É o nosso Patrick Vieira!

Luís Suarez disse...

Tás a gozar? Certo? Este jogador é de todos os que fizeram amigáveis, a par do João Moutinho, o jogador que mais tem desapontado.

Extremamente lento. Muito lento a pensar, perde a bola a jogar com adeversários muito mas muito inferiores à equipa.

E acima de tudo ele não consegue fazer 1 passe a rasgar a defesa.

Não sei mas acho que adormeces-te durante o jogo Baggio.

Para não falar que tenho a certeza que se jogar no Mundial, nenhum clube europeu o vem buscar.

Nuno Gomes Rodrigues disse...

Então porque é que toda a gente cascou nele no último jogo?
Cegueira do comentador?

PS: Que maus comentadores de futebol temos... nem os nomes acertam! Para eles o QPR está perdido na segunda divisão do Reino Unido...

ricnog disse...

E o amorim a lateral, não era mais eficiente que o João?

Laranja disse...

Para mim o meio campo era William, Amorim e Moutinho.

Anónimo disse...

fartou-se de andar a apanhar bonés,contra 2 linhas da premier league,notou-se bem a diferença quando o Ruben Amorim passou para o meio campo e começou a existir alguém para alem de Moutinho que tem pés ao invés de tijolos

Joao Rodrigues disse...

E provavelmente vai começar no banco

Roberto Baggio disse...

"Extremamente lento. Muito lento a pensar, perde a bola a jogar com adeversários muito mas muito inferiores à equipa."

A gozar? Não. Nem por isso. William sempre que jogou nestes amigáveis foi sempre o melhor em campo. Contra a Grécia esteve muito bem. Contra estes esteve muito, mas muito melhor!
Lento a pensar? Não creio. Tem conseguido nestes últimos jogos encontrar em quase todas as situações o melhor passe.

"E acima de tudo ele não consegue fazer 1 passe a rasgar a defesa."

Isso é para o Meireles e o Veloso. Ahh não mas espera, o Meireles e o veloso estão sempre a fazer isso. Ahh não, mas espera, em quantas situações do jogo, o melhor passe era um passe de ruptura, quando o William teve a bola? Ah espera, não respondas, eu digo, zero. Zerinho situações.

"Não sei mas acho que adormeces-te durante o jogo Baggio."

Não me parece.

"Para não falar que tenho a certeza que se jogar no Mundial, nenhum clube europeu o vem buscar."

Se o dizes...

Roberto Baggio disse...

"E o amorim a lateral, não era mais eficiente que o João?"

Gostei muito do Amorim a lateral. Mas não é nada que me surpreenda. Claro que é melhor que o Pereira, ou mesmo que o Maxi, no SLB.

Antonio disse...

Não me parece que seja em jogos com equipas como a Rep. Da Irlanda que se possa avaliar a excelência de um jogador. Realmente mais vale cair em graça do que ser engraçado!!!

André disse...

Sem duvida, com esse trio no meio campo a seleção ganha outra dinâmica na minha opinião a dinâmica que precisamos...futebol mais rápido, ao primeiro toque, mais mexido. O Raul Meireles apesar de grande qualidade penso que é um jogador que joga mais lento e para um bocado o ritmo do jogo...com Amorim o nosso meio campo fica mais atrevido. Ate o William fica mais desinibido a jogar.

Anónimo disse...

O william contra a grecia nao esteve bem nem esteve mal, perdeu muitas bolas, parecia que estava nervoso

Roberto Baggio disse...

"Não me parece que seja em jogos com equipas como a Rep. Da Irlanda que se possa avaliar a excelência de um jogador."

Sim. Os jogos contra a Real Sociedad servem para avaliar isso melhor.

Faço das suas palavras minhas: "Realmente mais vale cair em graça do que ser engraçado!!!"

Ricardo Cunha disse...

Todas estas certezas lembram-me quando li aqui neste blogue que o André Martins era de longe o melhor médio Português.
Só o estatuto é que estragava tudo...

Roberto Baggio disse...

"quando li aqui neste blogue que o André Martins era de longe o melhor médio Português."

A par do Moutinho.
E assim o era, na altura!

Ricardo Cunha disse...

Na altura era, agora desaprendeu...
Acho uma graça tamanha quando se desacreditam jogadores como Miguel Veloso, um dos melhores médios do último Europeu.
Deve ter desaprendido também...
Já vi que das certezas às dúvidas é a distância que separa a velocidade de "desaprendizagem".

FC disse...

Muita inveja se distila neste post. Ontem concordo que William até esteve alguns furos abaixo do que consegue, mas foi uma exibição positiva.
O problema é ele nos ter habituado a um nível elevadíssimo, e agora está apenas alto (com algumas falhas no controlo de bola e passe ao primeiro toque). Cansaço? Nervosismo? Só Paulo Bento poderá responder.

P.S. - Relativamente ao André Martins, acredito que ainda pode voltar ao nível que mostrou (levou a equipa às meias finais da LE), se o colocarem a jogar na posição dele, a 8 e não como segundo avançado. Vamos ver como Marco Silva organiza a equipa.

GC disse...

Ricardo Cunha, pergunta rápida:

Em que sistema jogou o Sporting com LJ?

Se a resposta foi 4x3x3, então estás bem longe de poder perceber o que condicionou a afirmação de André Martins como um dos melhores médios portugueses esta época...

Roberto Baggio disse...

"Na altura era, agora desaprendeu..."

quantos jogos do André Martins viste este ano? É preciso explicar-te tudo como se fosses bébé? Se é, toma: http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2014/02/onde-anda-esse-prodigio-chamado-andre.html

Pronto. Agora que já se percebeu que o Martins esteve um ano a jogar um desporto em que o objectivo era ver quantas bolas não perdia pressionado, e a jogar para a bandeirola de canto, podemos começar a falar.

"Acho uma graça tamanha quando se desacreditam jogadores como Miguel Veloso, um dos melhores médios do último Europeu.
Deve ter desaprendido também..."

Já vi que só lês algumas coisas que aqui se passam, e como tal, vou mostrar-te outras: http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/search/label/Miguel%20Veloso

Pronto, agora que já percebeste o que se acha por aqui sobre Veloso, podemos começar a discutir.

Talvez já tenha é acabado a discussão. Talvez nunca tenha começado. Porque o problema é sempre o mesmo. O saber ler não se esgota em perceber o significado das palavras soltas nos textos.

Manuel Nascimento disse...

E continua a ser! Só espero que seja desta que temos um treinador que o mete a jogar com regularidade onde ele possa pensar o jogo (o que não foi feito pelo Jardim). E se não houvesse William, nem que fosse a 6! Que o Jardim leve o Adrien e que o 8 daquela equipa seja o André Martins, nem que seja, ou que, vá, o novo treinador veja nele o seu Evandro... Ainda vai a tempo!

Ricardo Cunha disse...

Tens razão Baggio, a discussão nem começou.
Um gajo que nem sabe ler como pode discutir com um Sábio como tu.

Abraço!

PPM disse...

Meio-campo da selecção: William, Moutinho, Rúben Amorim. Mas a kilómetros dos outros.. O Miguel Veloso podia tirar umas "mini-férias" e desfilar para a Fátima Lopes :)

PPM disse...

Meio-campo da selecção: William, Moutinho, Rúben Amorim. Mas a kilómetros dos outros.. O Miguel Veloso podia tirar umas "mini-férias" e desfilar para a Fátima Lopes :)

Roberto Baggio disse...

Não. Sei é o que se defende por aqui. E quando se vêm com afirmações baratas, do disseram, das certezas, e nem sequer corresponde ao que foi escrito por aqui, perde-se para mim qualquer hipótese de discussão. Se é a tua opinião, fixe. Não venhas é dizer que a nossa é isto e aquilo

Anónimo disse...

A mim parece-me que voces recebem comissão com a venda deste jogador... Fraco, fraquito, mas aqui só fazem apologia... Cheira a comissão

Pedro Simões disse...

Para mim, o William fez bons jogos mas penso que só se soltou no jogo de ontem, quando entrou Amorim.

Tem estado abaixo daquilo que fez no Sporting, talvez por ter algum medo de falhar. Com os jogos vai ganhando confiança e vai estar ainda melhor, a não ser que afinal não seja aquilo tudo que a malta vê nele e quando apanhar jogadores de outra valia, simplesmente ande aos papeis...


Gonçalo Matos disse...

O William joga no apoio frontal como poucos. Sabe muito, esse menino. Houve um passe a rasgar a defesa, que me lembre, na segunda parte, pelo ar.

Laranja disse...

O André Martins continua a ser top, mas é a 8, a jogar a Segundo Avançado como fez este ano é banal... é como se pegasse-nos no Moutinho e de repente fosse ele o gajo a jogar logo atrás do Falcao...

jorge gaspar disse...

Ontem fiquei com uma ideia diferente do William daquela que tive nos poucos jogos que eu vi esta época do Sporting. Ele com bola, é mesmo muito bom, é jogador para qualquer equipa de topo a nível europeu, e inicialmente não sei bem porquê até o achava um pouco tosco (deve ser porque ele faz as coisas com uma calma tão grande que parece que tem 35 anos e tá a acabar a carreira na liga vietnamita). A única dúvida que tenho sobre ele, prende-se com o facto de me parecer um pouco fraco sem bola (posiciona-se mal, é muito passivo e dá muito espaço á frente dos centrais). Mas posso ter ficado com essa sensação e estar completamente enganado.
Em relação ao Amorim, não gosto de o ver a defesa direito, mas adorei vê-lo ontem no meio campo com o Moutinho e o William. Penso que esse trio seria o ideal para formar o meio campo da selecção nacional.
Por último quero sugerir aos bloggers e aos que visitam o blog que tentem prever o 11 inicial do Bento contra a Alemanha. Na minha opinião, ele vai jogar assim Patrício, João Pereira, Bruno Alves, Pepe, Coentrão, Veloso, Moutinho, Meireles, Ronaldo,Nani e Postiga. Ou seja, acho que vai jogar com o 11 habitual.
Já agora o meu onze seria : Patricio( é a única dúvida que tenho, não gosto muito dele) André Almeida, Pepe, Luís Neto, Coentrão, William, Moutinho, Amorim e Nani em losango, Ronaldo e Éder na frente. 4-4-2 losango.

Roberto Baggio disse...

A segunda parte foi só bolas no apoio frontal. Também, o jogo já tava morto, mas ainda jogou melhor.
curioso, verificar que ele cresceu mais no periódo em que o Sporting começou a baixar o rendimento. Quando aquilo ficou pior, o William apareceu, cresceu, evoluiu e evidenciou-se. Também pela habituação ao contexto da primeira liga

Vasco disse...

Se leres os post sobre o Miguel Veloso a partir de 27Novembro no link que deixaste aí, o Miguel Nunes aponta a falta de agressividade q acaba por vezes a deixar a equipa em inferioridade, não falhas ao nível de posicionamento, pelo contrário. Talento, mais talento e inteligência, aliás até diz que só não é melhor q Moutinho pq não quer. :)

Só estou a pegar no que disseram, disto percebes mil vezes mais do que eu!
Com os melhores cumprimentos

Roberto Baggio disse...

"Miguel Nunes aponta a falta de agressividade q acaba por vezes a deixar a equipa em inferioridade, não falhas ao nível de posicionamento, pelo contrário."

Um tipo que não se sabe colocar no sítio certo, à hora certa, é um tipo que não se sabe posicionar...

O que ele diz, é que não lhe falta conhecimento específico da posição. Falta-lhe perceber que os espaços são para ocupar ontem. e ele deixa tudo para amanhã.

Isso faz parte do não saber posicionar-se. Porque se não vai a tempo, muito provavelmente já não é o melhor posicionamento a adoptar. Com a bola nos pés, só regrediu. É um tipo que está interessado em brilhar. Não procura o melhor passe. Procura o passe mais vistoso. O que nem sempre foi assim, mas evoluiu no sentido errado.

Quanto ao que o Miguel Nunes diz, e ele, percebe muito mais disto do que eu (sem falsa modéstia) é o que pensava dele há uns anos. Só que agora está pior.

Anónimo disse...

Se não temos muita criatividade e não, imagino como seria uma seleção com meio campo Fernando, William, Amorim e Moutinho e Ronaldo e Nani na frente. Inteligência, técnica e ainda assim com muito poder físico (2 matulões e um Moutinho máquina).