terça-feira, 22 de julho de 2014

Curtas de pré-época II

- Impressionou a organização do Sporting na final da Taça de Honra. Secou completamente o adversário, não lhe consentindo qualquer oportunidade de ser feliz. E se é certo que o Benfica apresentou uma equipa com um decréscimo de qualidade demasiado evidente face ao passado recente, não é menos certo que ainda assim é uma equipa com uma organização e qualidade individual mil furos acima de todos os outros adversários que os leões encontrarão na Liga. FC Porto será a excepção. O optimismo não tem nada a ver com o resultado. Apenas com os processos colectivos apresentados. O resultado foi fruto do trabalho colectivo, dos processos. Ficou a sensação de que será tremendamente difícil magoar o Sporting quando a equipa leonina estiver em vantagem. E porque há organização para tal, e não porque como nas épocas anteriores em quase todos os jogos o guarda redes leonino fazia de salvador;

- Ao contrário do que se vivenciava por esta altura em Lisboa na época transata, não desembarcou na capital um único jogador entusiasmante. Não se sabe se na Luz têm noção de que se não houver qualidade será mais difícil valorizar os três ou quatro com potencial para algo mais. A torneira das transferências fechará, como fechou há já uns anos no outro lado da segunda circular, sem um nível elevado que ajude a equipa a crescer e a potenciar dentro desta os melhores jogadores. Ou seja, se a ideia for manter a actual política, será mais fácil vender daqui por umas épocas Talisca, César,etc, se a equipa tiver outras individualidades que num modelo de jogo entusiasmante quanto é o de Jorge Jesus, elevem o nível de todos. Assim será complicado para todos. E haverá que lidar com a insatisfação dos que ficaram numa equipa que agora não lhes permite sonhar mais (que motivação terá por exemplo Enzo, para ficar numa equipa condenada?);

- Ronny Lopes. Sigam-o no Europeu sub 19;

- FC Porto com contratações entusiasmantes. Mas também com a perda de dois demasiado influentes. Mangala e Fernando. Confirmando-se a saída de Jackson, são três baixas tremendas. O potencial dos reforços é enorme. Não esquecer, porém, que pela idade e vivências passadas não é certo que se possa esperar rendimento no imediato. Em Portugal vão encontrar situações de jogo mais difíceis de resolver no plano ofensivo. Ainda que contra adversários sem um décimo da qualidade dos que enfrentavam na Liga Espanhola. Ainda assim, se Lopetegui mostrar credenciais na formação de um colectivo forte é o claro candidato ao primeiro lugar. Para já, parece uma luta - Individualidades do FC Porto contra Jorge Jesus e Marco Silva;

- Foram apenas dois jogos e o risco de uma precipitação é enorme, mas o que apresentou Marco Silva foi de facto muito interessante. Até domingo ainda não conseguia olhar para o Sporting como um candidato real ao título em Portugal. Hoje o cenário é diferente. Aguarda-se com maior expectativa os próximos jogos. O desenvolvimento do seu jogar e não os resultados que obtém, naturalmente. Finalmente será possível por cá realizarmos aquelas análises com fotos e mostrar que o Sporting é uma equipa de futebol que se move em conjunto e não onze jogadores soltos no campo. O maior perigo é mesmo a pontuação descabida para o nível apresentado que Leonardo Jardim fez. E no final a matemática estará sempre presente na avaliação do trabalho do promissor Marco Silva. Ignorando-se as condições em que tal pontuação surgiu (o tempo de preparação para cada jogo. Jardim guardava os dois últimos dias da semana só para preparar o jogo em função do adversário tendo por base, naturalmente o seu modelo, utilizando os primeiros dias da semana para modelar o seu jogar. O foco e o tempo de preparação de cada jogo foi tão determinante como foi a invulgar eficácia que os leoninos tiverem na maioria dos jogos com Jardim ao leme, apesar de um modelo nada entusiasmante). Marco Silva, porque Jardim foi brilhante na marca que obteve, terá pouquíssimo tempo de jogo para jogo, para treinar.

67 comentários:

Anónimo disse...

O que achas da noticiada dispensa do Josué do Porto?

Vasco disse...

Que jogadores sugeres p/ a Luz?
Renato Augusto, +?

DC disse...

Ronny tem estado assim tão bem?
Tenho ideia de ter lido coisas aí pelos blogs que não lhe davam grande valor.
E os putos do Porto? Ivo, André, Rafa e Podstawski? Viste alguma coisa?

Quanto ao Sporting sim, impressionou-me a organização. Já as individualidades além de Dier, João Mário, Montero e William não me impressionam minimamente. Mesmo o André Martins parece que está a regredir.

Quanto ao Porto a confirmar-se a dispensa do Josué e do Ghilas é a primeira desilusão.

Paolo Maldini disse...

DC, o Ronny joga de caral%&%

Só deu um jogo. O Pod jogou a 6 e teve bem. O jogo foi mt fácil tb. O André e o Ivo não me encheram o olho.

O Josué é um tipo complicado. Se não for para ser indiscutível se calhar é mesmo melhor deixá-lo ir. O Ghilas é um craque. Espero que o prove.

Paolo Maldini disse...

Vasco, creio que querias dizer Filipe Augusto. No Benfica há quem saiba melhor que ninguém quem deve chegar. A questão é se vão mesmo chegar.

Joao disse...

a dispensa do josué foi confirmada ? já nao há volta a dar ?
que grande desilusão. não se percebe.

Pedro disse...

Agora imagine-se Marco Silva com mais e melhor matéria prima...

JON disse...

DC,

o Josué, por muito que me custe, consigo perceber... Vários jogadores para a posição e incapacidade do menino em lidar com as pressões e vida extra-futebol. Não basta ter bons pés, é preciso ser-se minimamente inteligente na gestão das relações, e o Josué queimou-se completamente a época passada.

O que não entendo é como é que vão despachar o Ghillas e manter o Sami no plantel. Fdx, o Sami??? Mas agora queremos cavalos de corrida? Não chegou o Quinzinho?

Ai Lopetegui...

PS: também não gostei de ver demasiada pressa em chegar com a bola ao ataque, muitas vezes com passes longos... mas foi só um jogo e dou o benefício da dúvida!

Paolo Maldini disse...

na volta arriscava-se a ganhar tudo a nível nacional e a ir a finais europeias, não Pedro? Não sabemos ne? só sabemos quem o fez.

Joao disse...

JON,

conta la um pouco melhor essas historias (pressoes, extra futebol, "Josué queimou-se completamente a época passada"), parece que sabes muito.

abraço.

Pedro disse...

O que prova que o mundo não acaba...há alternativas e, provavelmente, de melhor valor.
:)

DC disse...

"o Josué, por muito que me custe, consigo perceber... Vários jogadores para a posição e incapacidade do menino em lidar com as pressões e vida extra-futebol. Não basta ter bons pés, é preciso ser-se minimamente inteligente na gestão das relações, e o Josué queimou-se completamente a época passada."

JON, eu ouço muita gente a dizer isto mas não vi nada em campo nem ouvi sequer rumores. O Josué fez mesmo alguma coisa ou continua a pagar pelos erros de há 3 ou 4 anos?
É que o gajo mais indisciplinado do clube foi capitão de equipa contra o Genk...

Quanto ao Sami fica porque conta como português, Pelos vistos Lopetegui vai meter como 4 portugueses na Champions Ricardo redes, Ricardo, Quaresma e Sami. Acho que Josué ficaria melhor do que qualquer um desses, mas enfim... Quando o Casemiro se lesionar veremos quem é que entra naquela posição e depois comparamos com os jogos que o Ricardo e o Sami vão fazer.

Anónimo disse...

O "assustador decréscimo de qualidade individual" no Benfica, na minha opinião deve se ao facto de como alguém já referiu, apenas 3 dos 11 jogadores que iniciaram a partida pode ser incluídos no "11 base" (algo que para Jesus não existe) do Benfica. 
Um 11 com Artur; Maxi; Luisao; Lisandro/César; Benito; Fejsa (lesionado, tal como no fim da temporada anterior); Enzo ; Salvio ; Gaitan; Lima; Derley/Bernardo/Ola John (com Gaitan a 10) é um decréscimo de qualidade assim tão grande em relação ao ano anterior?As alternativas parecem me mais fracas sim, Candeias e LuiLuís Filipe são 0, não entendo as suas contratações, mas em termos de 11 não está assim tão fraco. Se ninguém mais sair, penso que apenas 1 avançado seria necessário pois até Fejsa voltar, Rúben Amorim faz muito bem o seu papel. 

Gostaria de saber se a minha opinião é válida ou se estou a ver mal o filme, obrigado. 

Pablo10Aimar

JON disse...

O que eu sei é por portas travessas e, portanto, vale o que vale:
o Josué era o queridinho do Fonseca e foi considerado um "chibo" por uma facção importante do plantel, nomeadamente pelo Lucho e pelo Helton. Não terá tido a melhor conduta...

Vale o que vale, mas episódios vários e conhecidos dentro do campo (apuramento de Portugal na Suécia); demasiada impetuosidade, etc, etc, atestam que o rapaz não será muito dotado para "medir os comportamentos"...

Quando assim é, ou se tem mesmo muita qualidade, ou fica mais difícil...

Diácono Remédios disse...

Não quero chamar desonesto intelectual ao autor do post pois não o considero como tal, no entanto, lendo até parece que o Benfica jogou com a equipa A o que não é verdade.
O Sporting jogou a final contra a equipa B do Benfica ligeiramente reforçada. Faltaram, Luisão, Salvio, Lisandro, Pizzi, Suleimani, Silvio, Fejsa, todos lesionados, mais Maxi, Ruben Amorim, André Almeida e Enzo Perez. E já não estou a falar de mais 2 ou 3 reforços que irão chegar.
Por isso, perder contra quase a totalidade da equipa do Sporting do ano passado, com interferência flagrante do árbitro em 2 ou3 lances claros, penso não estar a exagerar pois factos são factos (pelo menos um pénalti e uma agressão), num jogo que sendo o segundo da época com quase todos os jogadores nunca tinham jogado juntos, penso que não foi assim tão mau.
Eu se fosse sportinguista estaria bem mais preocupado, isto dito com sinceridade, quando ainda por cima o golo que marcaram foi uma oferta de um jogador do Benfica.

Anónimo disse...

Sim DC, porque o josué ia dar um jeitaço a trinco... (Ironia)
Parece que não viste o Rúben Neves...

João Marinho disse...

agora a sério josué e ghilas embora? Lopetegui deve ter se esquecido que emprestimos não sao titulos definitivos.. Mandar o médio que no ano passado tinha os melhores pézinhos,não tem lá muita logica, se calhar ele está a espera que o defour por ter sido "poupado" no mundial seja um craque.. Menos mal que o ghilas vá só por emprestimo.

Tiago Stuve Figueiredo disse...

No tópico do Casemiro alertei para esta situação do Josué e chamaram-me de aldrabão.

Já tinha ouvido há um mês que estava vendido por 3M...

Infelizmente, diga-se!

Quanto a Ghilas, a ver vamos se sai. Espero que fique! Licá, Defour e Abdoulaye, boa viagem!!!

cumprimentos

Anónimo disse...

Ahah josué médio com melhores pezinhos?

António Teixeira disse...

Tiago não ouviste que estava vendido por 3M, leste que havia uma proposta de 3,5M. Mas adiante...

O Josué sai porque o futebol não se joga só dentro de quatro linhas, e não são robots que lá andam sem sentimentos, sem defeitos, sem qualidades. E o Josué já toda a gente sabe como ele é, para muita pena minha. Mas é a vida, se sair, boa sorte no clube em que estiver :)

DC, sobre o Quaresma tens uma certa razão...
Cumps

João Marinho disse...

se calhar para ti o melhor médio é o carlos eduardo,é que ele trasnpira futebol .. #eoAbdoulayeéomelhorDCdomundo

Anónimo disse...

looooooool esta mentalidade lagarta é demais por pensarem que sao os maiores todos os anos é que sao encavados ano apos ano na luz e ja la vai mais de 10 anos a ver navios loool

Anónimo disse...

o sporting usou de inicio 9 titulares da epoca que aí vem e 10 jogadores do ano passado.

o benfica usou de inicio 3 titulares + 2 candidatos a titular da epoca que aí vem, e 5 jogadores do ano passado, 1 deles o guarda-redes.

o jogo ser diferente do que foi é que era estranho...

Anónimo disse...

sami pode jogar como extreo esquerdo e nessas posiçoes, sim, o porto sempre gostou de ter "cavalos de corrida" para certos jogos.

nao implica a saida do ghilas. implica a saida do varela ou licá.

António Teixeira disse...

Se o Sami jogar como jogou contra o Genk, então que venham muitos Samis! Eu gostei muito, e não foi pelos golos...

Mas foi o único jogo que vi dele

Alex Costacurta disse...

Maldini, com que impresão ficaste do Ruben Neves? Nos jogadores muito jovens, geralmente associo a maturidade em campo a um potencial acima da média. Acima de tudo ao nível da decisão.

O que achas do puto?

Bons posts!

Abraço

Paolo Maldini disse...

costacurta, meu colega de sector, eu ainda n tive oportunidade de ver o Rúben. à mesma hora jogava-se o euro sub 19.

DC disse...

Quanto ao Ruben eu gostei do que vi mas as reacções que estou a ver e a ler também as vi com o Sérgio Oliveira.
Calma, ele não vai ficar na equipa A de certeza, ainda nem na B jogou sequer. Ainda tem muito degrau para ir subindo.

Gonçalo Matos disse...

DC,

Eu digo sem medo que o Oriol Rosell foi o melhor jogador no jogo contra o Benfica. Ter o Oriol em campo é o mesmo que ter o Marco Silva a jogar ao lado dos restantes, o homem não falha um unico posicionamento, seja ofensivo, seja defensivo. Não me parece que tenha imensa qualidade técnica, mas também não compromete. Eu vi o jogo no estádio e estava claramente um furo a frente dos outros em termos cognitivos.

Maldini,

Pensando que o SCP vai jogar com duplo-pivot, e assumindo que o William fica, qual jogaria descendo para meio dos centrais e qual daria s mais liberdade de movimentos? Ou não jogarias com os 2? É que neste momento parecem-me os 2 melhores médios e provavelmente os melhores do plantel a par do Montero.

Alberto Acosta disse...

A acefalia lampiã é uma doença lixada. Se o Benfica jogou sem 'n' titulares, o Sporting não jogou sem Patrício, Rojo, William e Slimani? O Sporting não tem culpa da convulsão total que vai no planeamento da época do Benfica e mesmo assim é o Benfica, entre os dois, quem já investiu mais dinheiro em reforços, por isso não percebo a tese dos 'coitadinhos'...

DC disse...

Gonçalo, sinceramente na transmissão não reparei muito no Oriol. Também não estava muito atento.
Mas acredito no que dizes, ele tem escola, normalmente quem sai dali sai a saber o que fazer em campo.

Zinedine disse...

A idiotice clubistica está a ganhar força nesta caixa de comentários...

Alex Costacurta disse...

Não querendo abusar, tenho lido assiduamente e blog e nunca me tinha apercebido que por aqui se apreciava muito o Josué. Posso perguntar porquê?
Dos jogos que vejo dele parece-me que muitas vezes se precipita a decidir e tenta sempre a opção mais difícil...

Tiago Silva disse...

Josué - gosto muito dele. Acho que tem muito futebol nos pés. Quanto ao resto, não opino porque desconheço. Mas, tal como sucede com o que refiro acerca do Ghilas, também me parece que o trabalho intenso de ginásio que fez fez-lhe perder velocidade e retirou-lhe a
alguma agilidade (vejam fotos dele no Paços e no FCP)
Ghilas - parece-me o típico caso do jogador que, por via do trabalho do ginásio, alterou-se morfologicamente, perdendo as melhores capacidades que tinha (sempre me pareceu rápido, ágil e potente; neste momento, parece um armário, com muita força mas com muito menos velocidade e agilidade).
Sami - só vi o que fez contra os Belgas e confesso que fiquei agradavelmente surpreendido; tudo o que fez revelou boa capacidade de decisão (excepto, curiosamente, no segundo golo), para além de haver demonstrado um bom entendimento do jogo, capacidade técnica e de interligação com o contexto da equipa, velocidade e capacidade de finalização. A acompanhar.
Jon, não me pareceu haver esse recurso sistemático a passes longos no jogo do Porto, antes pelo contrário.
O que me pareceu ainda haver foi, isso sim, jogadores muito afastados entre si.

pitons na boca disse...

Ronny Lopes. Que máquina, daqueles que, ao ver 5 minutos, sabemos logo que está ali um diamante. Gostei muito e fiquei a desejar que o meu clube o fosse buscar outra vez (sonhos irreais, eu sei).

DC, o Podcastkowsky (ou lá como se escreve) fez um jogo muito bom, como era de esperar, o André Silva marcou 4, atirou uma ao poste num bom lance e foi mais ou menos isso. Os outros dois não me chamaram muito a atenção.
Os que mais me saltaram à vista foram mesmo o Ronny Lopes, o Gelson Martins e o Podcast-aquele. :P

Já não me lembrava de ver aquele símbolo numa equipa de futebol... ou usado por gente com vontade de correr, se fosse preciso...

(sobre os 3 grandes, ainda não comento - parece-me demasiado cedo para aferir comportamentos que não sejam extemporâneos e estar a extrapola-los para o resto de uma longa época parece-me um tiro no escuro, ainda... daqui a um mês já se deve ter melhor ideia)

JON disse...

Fui só eu que achou o Gelson horrível? Só vi o jogo de ontem, mas foi sempre 1x1, 1x2, 1x3, muitas vezes sozinho, com colegas com quem tabelar... Até no golo foi egoísta.

Detestei.

Anónimo disse...

Há um ano o SCP-B é que jogou realmente com o SLB-A e ganhou.

Este ano o SCP-A ganhou ao SLB-A.

"ah faltavam muitos jogadores no Benfica..." - No Sporting, faltava o William, Slimani, Rojo e Patricio (4 titulares).

"ah a equipa ainda está muito desfeita..." - O SLB gastou MUITO mais do que o SCP até agora. E o Marco Silva e os jogadores do SCP não têm culpa da desordem que tem sido a preparação do SLB neste defeso.

E já estão a falar em arbitragens na Taça de Honra... Pois, os calimeros são os do Campo Grande, né?

Deixem-se de choradinhos.

Dito isto, não embandeiro em arco, mas estou a gostar da organização do Marco Silva (o resultado é realmente secundário).

Edson Arantes do Nascimento disse...

Vejo por aqui muitas certezas. Eu, por enquanto, só tenho dúvidas. E uma certeza: o Marco Silva é um excelente treinador.

O resto é preciso ver para crer.

DC disse...

Do que vi ontem também gostei do Francisco ramos e do rafa. Acho que o meu clube está a trabalhar bem nessas idades. Falta depois aproveitar na equipa a.

José Fernandes disse...

Maldini
o Rafa no Benfica enquadrava-se mais como 2o avançado ou extremo?
Pogba sempre vai para o Chelsea? o Mou disse que já estava fechado o plantel

Anónimo disse...

O calimero... Se o slimani for titular o montero não o é. Mas dando de barato que no Sporting faltavam 4...no Benfica faltava gr, dd, dc (1 ou 2),mdef, mc, md e pl. Agora faz as contas.

Anónimo disse...

https://www.facebook.com/photo.php?v=820641774635575&set=vb.334002296632861&type=2&theater

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Bernardo Pinheiro disse...

JON, não estás sozinho nessa do Gelson, também n gostei de Rafa, Francisco Ramos. E Ronny ontem esteve muito mal.

JON disse...

Eu só vi o jogo de ontem.
Gostei do André Silva de quem conhecia muito pouco. Sempre à procura de dar apoios, sempre a jogar no colectivo, sempre disponível para tabelas. Os golos foram o mesmo. E é engraçado é que se não tem marcada os golos (só encostar) teriam dito que "não tem golo". Fiquei surpreendido, mas também jogaram contra picaretas.

Gostei do Rafa, mas não foi desafiado. Do Francisco Ramos pareceu-me inteligente a jogar, mas com limitações técnicas.

O Ronny pareceu-me ter muito talento, mas estava a fuçar um pouco demais...

Porque não gostaste desses que enumeraste, Bernardo?

Dejan Savićević disse...

Ruben Neves,
Joguei contra ele este ano!! Há bem melhor na geração de 97!

Anónimo disse...

Dejan Savićević ,

Tipo Quem ?

Johnny McCaco disse...

Porra é impressão minha ou o Paulo Oliveira é do pior?!

Ryan Gauld, bem moldado, vai dar jogador. Levanta a cabeça, procura o movimento interior e depois o colega/passe de rotura; embora pareça que exagera na tentativa de criar passes de rotura. Mas nada que não se ajeite com o tempo (hj o passe para o 4º golo foi um cheirinho, trade mark)

Mesmo com segundas linhas, e contra uma equipa da 3ª divisão holandesa, já se ve muito de Marco silva neste Sporting, as constantes linhas de passe, quando há possibilidade há passe no apoio frontal, bem mais troca de bola que no ano passado, equipa mais junta, a qualidade das movimentações ofensivas e na org defensiva. Dá agua na boca, lá isso...

Bernardo Pinheiro disse...

Rafa - tomada de decisão.
Francisco Ramos - limitações técnicas sobretudo.

PS: Também só vi o jogo de ontem.

Antonio disse...

Off topic não sei se conhecem esta exposição do Van Gaal mas parece-me muito interessante http://goalpoint.pt/blog/destaque/louis-van-gaal-explica-por-que-falhou-paulo-bento_8245

Anónimo disse...

E continuas a ser aldrabão. Ele n foi vendido foi dispensado.

Tywin Lannister disse...

Hoje contra o Achilles '29, uma equipa que se estreou em provas profissionais em 2013/14, o Sporting alinhou com o seguinte onze inicial: Marcelo, André Geraldes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Jefferson, Wallyson, Slavchev, João Mário, Mané, Shikabala e Tanaka. No banco ficaram Luís Ribeiro, Maurício, Montero, Capel, Héldon, Rosell, Gauld, Chaby, Iuri, Esgaio e Stojkovic.

Apenas pude ver a primeira parte e "ouvir" os "comentários" e "relato" da Sport TV na segunda parte.

Marcelo pouco teve para fazer, mas já fazia mesmo muito tempo que não via um guarda-redes de boné em campo, sinais dos tempos em que se joga quase sempre ao início da noite, adiante. Não teve culpas no golo sofrido, o adversário entrou rápido e rematou bem colocado, sinal de inspiração e inteligência num lance em que a defesa leonina falhou claramente em termos de organização. Marco Silva, muito pouco interventivo, mas bastante observador, terá tomado nota e concerteza vai puxar as orelhas aos jogadores para não perderem a concentração.

Concentração que era coisa difícil de ter num jogo disputado num campo de treinos com muito pouco público, onde os jogadores se ouviam perfeitamente. A mente dos jogadores dificilmente imerge na ideia de que "isto é mesmo um jogo, mais do que um treino". Difícil, complicado.

André Geraldes, não reparei que tivesse sido solicitado para sair com a bola na primeira fase de construção do ataque leonino. Não sei se Marco Silva disse à equipa para não o fazer. Se nada disso em relação a isso, então os seus colegas da defesa não confiam nele...

Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo passaram muitas bolas entre si e entre os laterais, diante da organizada oposição, bem posicionada no terreno cortando bem as linhas de passe. A bola ia dos centrais para os laterais, destes para os centrais e destes para os laterais outra vez...

Até que finalmente Wallyson desceu para junto dos centrais, recebia a bola destes, de Tobias na maior parte das vezes (não esquecer que se conhecem da equipa B) e logo a seguir executava o passe, acho que das poucas vezes que fez este movimento, só numa ocasião o colega que recebeu a bola teve oposição em cima, mas por outro lado, já havia outros leões por perto. Não vi muito mais dele, pareceu-me que no lance do 1-2, ele estava posicionado a meio dos centrais, quando Boean entrou pelas costas de Jefferson.

Este alguma deve ter feito, ou então está invejado, até o Carlos Mané fez um passe por alto da linha contrário, que o brasileiro teve de receber quase à queima. Aliás, Jefferson estava tão marcado em cima ou com vigilância apertada, que fartou-se de receber passes à queima. Foi o que me chamou à atenção na eventual falta de confiança no Geraldes.

Slavchev e João Mário, pouco se viram, este ainda roubou uma bola a um defesa que escorregou, para Tanaka fazer o seu primeiro golo. Ainda esteve em acção em mais uma ou outra jogada de ataque, jogando em combinação com os colegas, mas do búlgaro, não vi mesmo nada, tirando um lance ou outro no meio campo recebendo e passando a bola, ou numa recuperação de bola. Praticamente passou ao lado do jogo na primeira parte. Mas é dele a abertura para o cruzamento de Carlos Mané no lance do 1-5, em que Tanaka faz uma movimentação típica de ponta-de-lança e sem tirar os pés do chão até teve de baixar um pouco para cabecear e fazer o golo. Nesta altura os jogadores adversários já não tinham pernas.

De Tobias deu para ver alguma coisa, porque logo após o primeiro golo (muito consentido pelo guarda-redes contrário), quase que marcava outro golo. Facilidades qe talvez não tenha em abundância caso fique no Sporting esta temporada e seja esporadicamente utilizado na primeira equipa.

CONTINUA...

Tywin Lannister disse...

Tanaka pareceu ser o centroavante, muito móvel, como tal, nem sempre na zona do ponta-de-lança. Na segunda parte foi muito criticado pelas correrias que fazia, por se desgastar em demasia, mas apareceu para encostar no 1-4, num lance em que passe a rasgar de Ryan Gauld desmarca Helton que acerta no segundo poste para depois o japonês ter apenas de encostar.

Carlos Mané, esteve bastante activo e jogou e fez jogar, inteligente a forma como oferece o 1-5.

Shikabala parece que não é jogador de futebol para o Sporting, porque se fosse, já teria sido usado por Leonardo Jardim mais vezes na pretérita temporada. Mas ontem procurou dar apoio a Jefferson e combinaram algumas vezes, com o brasileiro a tirar alguns cruzamentos, mas sem grande proveito (Slimani ainda nem treinou). Trocou de posição com Mané e só numa jogada, em que esteve perto do 1-3, o remate saiu frouxo e mal direccionado é decidiu francamente mal, pois tinha um colega melhor colocado. Saiu ao intervalo, talvez seja a forma do Marco Silva de lhe dizer, "já que fizeste birra no Domingo, agora ficas a descansar mais cedo..." Mas Shikabala é um artista da bola, daqueles que os adeptos gostam de ver, e teve um lance, junto à linha, a meio do meio campo, contra três adversários, em que faz uma finta com o calcanhar e tentou dar a bola a um colega, mas saiu fraco o passe. O lance não deu em nada para a equipa contrária, porque logo a seguir a equipa recuperou o esférico.

No global, o Sporting aproveitou dois erros, criou algumas oportunidades não concretizadas, jogou praticamente certinho, a forma como trocava a bola na defesa por não ter linhas de passe devido ao bom posicionamento dos jogadores contrários mostrou isso mesmo, mas não recorreram ao Marcelo para este dar o chutão para a frente, tal como se viu diante do Benfica. Cometeram um erro defensivo evidente que pagaram caro, mas de um onze com apenas 2 habituais titulares da época transacta.

Ao intervalo, saíram Shika e Jefferson (Geraldes foi para defesa esquerdo) e entram Heldon e Ricardo Esgaio, que alinhou a defesa direito. O primeiro por pouco que não fez 2 golos, pois no lance do 1-4 acertou no poste. Beneficiou do desgaste do adversário, mas a equipa do Sporting pelo que fui ouvindo não esteve tão bem no ataque.

Depois saíram aos 57 minutos, Marcelo e Wallyson, João Mário recuou para trinco ao que parece, entraram Luís Ribeiro e Ryan Gauld, este em evidência no lance do 1-4.

Mais perto do final do encontro, entraram Chaby e Iuri Medeiros, mas acho que Marco Silva pouco ou nada de útil pode ver deles, o melhor mesmo é colocá-los de início e deixá-los fazer pelo menos uma hora de jogo ou perto disso.

Tendo em conta que este era apenas um jogo-treino, Marco Silva deve ter tirado algumas ilações importantes. Tobias pode ser útil, Wallyson não comprometeu e até soube fazer o lugar no lançar do ataque em algumas ocasiões, Tanaka parece ser um atleta "incansável", vamos a ver como estará a meio do Inverno a jogar em campos alagados, Shika pareceu ser jogador de futebol.

Geraldes pode ser um problema, se a equipa não confia nele para sair a jogar, Paulo Oliveira é para rever, Slavchev está/anda algo perdido e precisa de se reencontrar, João Mário já fez melhor.

Sábado há mais. =D

Johnny McCaco disse...

O 5º golo, uma sequência de 12 passes em que a bola passa por todos os sectores, foi o ponto alto do jogo. Não sei se com LJ se marcaria um golo assim, ainda por cima com segundas linhas e/ou jogadores que pouco se conhecessem.

Johnny McCaco disse...

Este é um vídeo de Slavchev que me deixou com água na boca. Nesta pré-época parece que tem demorado em soltar-se, embora contra os holandeses tenha começado a dar um cheirinho do que pode valer, lá mais para o fim do jogo. Observando este vídeo, acham que pode destacar-se em Portugal e no Sporting de MS? Abraços
https://www.youtube.com/html5

Johnny McCaco disse...

Aliás, oivídeo é este , sorry https://www.youtube.com/watch?v=5Hx1MyvZCMY#t=117

Duda disse...

Qual a vossa opinião sobre o futebol do Eliseu?

Tywin Lannister disse...

Duas notas muito rápidas:

ReporTv - No princípio era a bola
http://www.youtube.com/watch?v=OMazPs0ki4M


Rui Águas sucede oficialmente a Lúcio Antunes, controlador de tráfego aéreo, agora treinador do Progresso Sambizanga de Luanda, 10º com 22 pontos em 18 jogos.

Rui Águas foi treinador do Estoril Praia na 2ª Divisão de Honra 1998/1999, 18º com 28 pontos em 34 jornadas. Sem certezas, parece que outros dois técnicos lhe sucederam no cargo. Na equipa havia nomes "famosos" como Mauro Airez, Jorge Vidigal e Toni Vidigal, Tiago Lemos, Freddy e Paulo Ferreira. Sim, esse mesmo, que acabou a carreira no Chelsea. E Marco Paulo, ex-treinador d'Os Belenenses. E um tal de João de Deus.

Treinador do Vitória de Setúbal em 1999/2000, 17º com 33 pontos em 34 jornadas, sucedendo a Carlos Cardozo.

Na temporada seguinte, ficou seis jornadas à frente da equipa e fez 2V2E2D, 7-7, 7º com 8 pontos. Um tal de Jorge Jesus tomaria conta da equipa a partir da 7ª jornada e acabaria em 2º.

Depois disso, voltou a ser adjunto e mais tarde, observador ou olheiro. Parece que voltou a ser treinador lá para as arábias... Para os juniores do Al-Hilal. Portanto, nada que se pareça com um tal de Vítor Pereira.


Como é possível Cabo Verde fazer esta escolha?


Curiosidade: quando Rui Águas passou pelo Estoril Praia, um avançado de nome Baroti "brilhava" na equipa. E quem é Baroti? É irmão de Lúcio Antunes.

Paolo Maldini disse...

Duda, n conheço bem

Tywin, ser um nome famoso abre mtas portas. é natural...

DC disse...

Já agora, curtas de pré-época, o Paulo Ferreira ainda era titular no Benfica e no Sporting se lhe apetecesse :P
E o Deco era onde quisesse.

António Teixeira disse...

Foste ao estádio DC? Os assobios eram mesmo assobios ou era dos microfones da transmissão?!

Cumps

Zizou disse...

Eram mesmo assobios... Mas felizmente foram abafados pelos aplausos.

DC disse...

Sim, haviam por lá alguns idiotas mas rapidamente foram abafados.

Tywin Lannister disse...

No complexo desportivo do Utrecht, Sporting organizado a nível defensivo, há um atraso para o guarda-redes que sai curto e mal, Montero intercepta o passe, André Martins está por perto, o Robbin Ruiter sai a fazer a mancha e o que faz Fredy Montero? Tenta o remate à baliza com o guarda-redes pela frente ou finta-o e depois remata, certo? Nada disso, dá para o lado, para o André Martins bisar...

Só que este ficou nas costas do colombiano, pois esperada que Montero definisse de outra forma, em vez de dar-lhe linha de passe para a esquerda...

Fredy Montero, em 1x1 prefere decidir o lance para que André Martins fique 1x0. A melhor decisão, certo?

O que é que ouvimos nos comentários da Sport TV? Que Montero tinha de ser mais egoísta... para regressar aos golos...

Entretando, Adrien chutou duas vezes, Robbin Ruiter defende muito mal em ambas as ocasiões ao não segurar a bola e a deixá-la escapar para a frente e André Martins e Cédric Soares agradeceram as ofertas.

A ver se o Twente dá mais luta na segunda-feira.

Johnny McCaco disse...

Porra, este GR dos holandeses que entrou...quer dizer, está gordo!

Johnny McCaco disse...

Já agora, com Wiiliam e João Mário juntos no meio campo, claramente a música é outra...

Anónimo disse...

Boa noite ! Têm algum conhecimento em relação ao Josè Angel próximo defesa-esquerdo do F.C.Porto ?

Paolo Maldini disse...

anónimo, n conheço...