segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Controlo da profundidade. Jorge Jesus.

Volta e meia aborda-se por aqui o controlo da profundidade defensiva. 

Mais recentemente tal foi abordado no post Sporting x Utrecht, onde havia referido: "Contudo a linha defensiva ainda tem dificuldades em perceber a distância para a bola. Muito diferente do que era com Domingos, onde não reagia ao estímulo (portador sem pressão - baixa. Portador de costas - sobe. Portador com contenção - sobe. Portador em progressão - baixa) mantendo-se sempre alta, mas ainda com muito trabalho para rever por forma a ter as costas sempre protegidas."

Hoje ao Expresso, palavras interessantes de Quim, ex guarda redes de Jorge Jesus.

"Falta o Luisão naquela defesa. Ele tem uma grande relação com o Jesus e é o jogador indicado para comandar aquilo porque ninguém o conhece como ele. Eu acho o Jesus fantástico na forma como comanda a defesa, mas digo-lhe já, a maneira como ele trabalha é difícil de seguir. Não é mesmo para toda a gente. Ele exige muito com a história da bola coberta bola descoberta: se o adversário que tem a bola está com alguém por perto, a equipa não se mexe, se o adversário que tem a bola está sem ninguém por perto, a equipa tem de recuar. E depois, aquela forma de defender à zona as bolas paradas é difícil de assimiliar: os jogadores dão as mãos, todos numa mesma linha, e impedem os adversários de irem área dentro. É preciso muito trabalho, coordenação e repetição."


14 comentários:

Tomcat disse...

Na mouche! Se até o Quim se apercebeu da coisa...

Btw, e julgo que vos interessará, interessantíssimo documentário da Reporttv acerca do Fernando Valente. Lembrei-me pelas palavras do Quim nessa reportagem, que diz que no início não compreendia o Valente, porque ele (Quim) SÓ queria ganhar à força toda, e o Valente dava raspanetes quando a equipa ganhava e jogava mal.

O link, caso estejam interessados e não tenham visto.
https://www.youtube.com/watch?v=AT2tTUdMc8o&list=UUUGd8fNqbGAxLJ0XR65N-ow

Unknown disse...

Este pessoal que se interessa mais pelo futebol do que pela bola (Luisão, Enzo, etc), levam uma bagagem importantíssima numa potencial carreira de treinador. Já agora, outro que podia sentar no banco com o JJ para começar, é o Aimar. Penso que pela maneira como ele entendia o jogo vai querer ser treinador.

Nuno Ribeiro Margarido disse...

Se impedem os jogadores de irem área dentro, é falta...

Anónimo disse...

Garay craque, mas aqui está a prova de quem realmente é importante naquela defesa.

Gonçalo Matos disse...

Maldini,
Viste hoje o Sporting? Gostei bastante do Sarr, domina perfeitamente os comportamentos da linha defensiva que referes. Muito interessante, não só fisicamente.

Paolo Maldini disse...

Matos, não vi

Nuno Margarido, é, é falta dar as mãos e não soltar. E é para vermelho que é agressão...

Miguel Pinto disse...

Existem equipas juvenis e juniores que conseguem operacionalizar esses conceitos de uma forma bastante consistente. O principal problema de JJ e de outros treinadores terá que ver com a ausência desses princípios e sub princípios de jogo na formação dos jogadores que integram o plantel.

Nuno Ferreira disse...

Grande documentario Tomcat

Zizou disse...

Maldini, desculpa colocar uma questão totalmente desconectada do post, mas já era para a ter colocado antes.

Há dias vi um jogo do São Paulo e eles tem lá um central que me parece ter um potencial enorme. Chama-se Caio.

Pelo que estive a ver ele participou no Torneio de Toulon, e como sei que costumas acompanhar e estar atento a essas competições, fica a questão.

Infelizmente não pude ver mais dele desde que o conheci, porque acabou de contrair uma lesão que levará de 7 a 8 meses, segundo dizem.

Abraço.

Paolo Maldini disse...

Zizou, n conheço.

Tomcat, o Fernando Valente foi um dos primeiros profissionais de futebol a seguir o blog, já há muitos anos. Muitas vezes partilha coisas daqui e isso é algo que nos enche de orgulho naturalmente.

Roberto Baggio disse...

Tomcat, http://possedebolla.blogspot.pt/search/label/Fernando%20Valente

Edson Arantes do Nascimento disse...

Também gostei muito da reportagem com o Fernando Valente. Muito interessante.

Zizou, também gosto do Caio. É um bom jogador, começou a jogar na primeira equipa praí com 17 anos. Na altura jogava mais como 6 ou 8 mas do pouco que lhe vi a central parece-me que tem grande futuro nesta posição.

Tomcat disse...

Não fazia ideia de que o Valente seguia o blog, mas faz sentido. :)

Roberto Baggio disse...

Obrigado pela partilha Tomcat