terça-feira, 26 de agosto de 2014

Transição ofensiva exemplar do FC Porto

Com inteligência é muito mais fácil. Evandro tem que ser indiscutível neste FC Porto. Casemiro, Evandro, Brahimi, Oliver, Jackson e Adrian podem catapultar o nível do futebol ofensivo dos dragões de nacional para mundial. Veremos se Lopetegui concorda.



45 comentários:

Marco Morais disse...

E a organização defensiva? Parece-me bastante boa (exceptuando as bolas paradas), mas pode-me estar a escapar algo. Faz o favor de me iluminar, Roberto!

Já de Rúben, Casemiro e Herrera, eu só escolhia um. E nunca seria o mexicano... ;)

hertz disse...

Vamos lá ver. Até agora tem sido uma média de 1/2 remates à baliza por jogo.

Sérgio Tavares disse...

Quanto mais jogos vão passando mais se vai vendo a qualidade deste plantel do Porto. Tantas opções e a qualidade individual está altíssima!

Vamos ver se o colectivo vai evoluindo e se todos o conseguem acompanhar, mas até agora mostram um potencial colectivo interessante. Oliver e Brahimi são qualquer coisa.

Para mim o ponto fraco deste porto era se as coisas não começassem bem os adeptos iam cair em cima do Lopotegui pelo quaresma e contra os mil espanhóis que contrataram. Mas até ver vai ser muito complicado isso acontecer. Os resultados estão a ajudar o processo.

Abraço

Honoris disse...

Baggio, se na vez do passe de 1ª o Evandro tivesse conduzido a bola até fixar o "eliminado" tinha sida uma má decisão?

Clarence Seedorf disse...

Acho que ler este blog e ao mesmo tempo ter começado a ginasticar a análise que faço aos jogos me tem feito bem.
Reparei exatamente nesse pormenor r ja estava a dizer que era necessária a entrada de evandro para amadurecer o meio campo e o ataque do porto no jogo de hoje.
A leitura que faço é que o jogo começou a bom ritmo, com um ratio de jogo vertical-horizontal equilibrado.
Com a não-concretização da equipa portista, comecei a ver o ego de todos os jogadores a decrescer drasticamente. Incrivel como Martins Indi não assumia o papel de iniciador das jogadas e optava sempre por passar para maicon (fazendo-o a medo).
Assim que a equipa ficou mais confortavel, com os golos, o futebol regressou ao lado do porto.
Talvez tudo isto se possa dever à inexperiencia, e tenra idade deste plantel. Mas nada que nao possa ser melhorado à medida que a equipa comece a ganhar confiança.
P.S.- Achei o Brahimi muito bem no golo. E achei que dribla tao bem que mesmo tomando decisoes erradas, a sua qualidade nao deixa que erre^^.
abraço!

GV disse...

Baggio,
Qualidade, sem dúvida!
E qual a opinião acerca do posicionamento defensivo do Lille no lance?
Cumps,

Gito Bastos disse...

Este foi o primeiro jogo que vi no estadio ... e não gostei nada do papel dos centrais na 1a fase de construção. Nunca conduzem,mesmo com o campo aberto, nunca!
E priveligiam a saída pelo lateral.
Espero que evolua este aspecto.
Realmente Evandro é outro andamento. Ruben (gosto muito) tem alguma dificuldade em progredir com bola.
E o herrera... Ai senhor

Anónimo disse...

neste golo, nas repetições da acção do brahimi, só me lembrava daquela discussão há uns posts atrás sobre "a pausa"

Miguel Fontes

Roberto Baggio disse...

Honoris, não tinha sido má. Mas tinha sido pior que esta. Passo a explicar: o tempo que ele levaria a conduzir, ia dar tbm mais tempo para o adversário recuperar, e colocar mais homens perto do Brahimi por exemplo.
Pensa assim, se ele segurasse primeiro antes de passar, já n era tão bom. Pq o Brahimi já ia ter de certeza menos tempo e espaço para pensar/executar.

Guardiola: "não há nada mais rápido do que a bola". É este o caso.

Gito, n posso falar do Herrera. Já irrita bater tanto no mesmo lol. Os centrais ao que parece n têm qualidade para isso. Assim n comprometem o seu posicionamento e o equilíbrio da equipa com possíveis perdas de bola. mas q as jogadas perdem mt potencial, perdem.

Marco, n te posso elucidar sobre nada agora.

Sérgio, sim. As vitórias jogam sempre um papel mt importante no crescimento. E já tinha dito que seria fundamental neste FCP ganhar já. Está a acontecer, e assim a equipa vai ter mais tempo e espaço para crescer, com tranquilidade. Veremos para onde vai caminhar, e se o Lope n vai repetir esta graça do TRIVOTE, só pq hje ganhou.

GV, central e lateral mais longe da bola a controlar a profundidade até à linha da grande área.

DC disse...

Não gostei nada do Porto hoje. Estes dois centrais não podem jogar juntos, tem que haver um com mais qualidade técnica. Nenhum compromete muito mas também nenhum constrói nada.
Depois os 3 de meio-campo a mim desiludiram-me incluindo o puto. O puto na 2a parte tem 2 jogadas em que tem que atrair para soltar mas tem medo e passa para o lado.
E colocar o Oliver na ala é um crime. Todo o potencial dele na construção se perde para jogadas de 1 para 1 com pouco apoio, em que naturalmente ele não é muito forte.
O Herrera é o Herrera. É comédia todo o jogo. É mau em tudo.
Mas Brahimi e Jackson são top mundial. Impressionante.

Roberto Baggio disse...

DC, o puto não é interior. não é para acções de condução e criatividade desse tipo. as suas qualidades técnicas e criatividade fazem com que seja mt adequado para a posição 6, e só.
n é que ele tivesse medo, apenas n conhece, nem sente confiança para executar esses movimentos. n são dele. n é um criativo no 1x1, e na condução. só mesmo no passe.

DC disse...

foi estranho o que se passou com ele, pareceu que de repente perdeu a confiança. Noutros jogos vi-o a fazer coisas engraçadas em progressão, nada de transcendente, mas hoje na 2a parte parecia outro jogador.
Mas este meio-campo não pode voltar a jogar junto. Oliver é obrigatório no meio.

Houve tanto, tanto espaço no meio e praticamente só depois do Evandro entrar é que o aproveitamos.

Diácono Remédios disse...

Vi o jogo e mais do mesmo, igual ao que tinha visto antes. Quantos remates fez o Porto, 2, 3?

Em Lille, o Lillie fez 6 remates à baliza, o Porto também fez 6 remates. Melhores ocasiões, duas do Lille.

Em Paços, o PF fez 7 remates à baliza, o Porto também fez 7 remates. Melhores ocasiões, duas do Paços.

Hoje, o Porto fez 2 ou 3 remates contra uma equipa má, muito má mesmo, com jogadores que não conseguem sequer segurar ou dominar uma bola, que não sabe atacar e com um treinador medíocre. O Porto fartou-se de falhar passes, chegou a ser patético. E o Lille dominou em grandes partes do jogo a jogar fora de casa. O golo do Brahimi foi super, o resto foi patético!

Depois de ter visto 3 jogos do Porto, a minha opinião neste momento é que a equipa do Porto não passa de um grande bluff, a lot of hype!!! Um balão cheio de ar!

"O Rei vai nu!!"

Vamos a ver o que nos reserva o futuro.

GC disse...

"A leitura que faço é que o jogo começou a bom ritmo, com um ratio de jogo vertical-horizontal equilibrado."

Um gajo lê cada coisa...

Dipeca disse...

DC, colocando o Oliver no meio, quem colocarias na linha? Não sobram mtos para lá com qualidade e que garantam o equilíbrio que Lopetegui pretende (?), neste momento.. Ainda não vi o jogo de hoje, mas estes centrais já vinham mostrando que dos pés deles ou sai charuto ou passe de 2m..

Edson Arantes do Nascimento disse...

Epá eu ainda tenho de ver mais jogos do FCP. Continuo na minha: tem coisas que gosto muito, e jogadores de qualidade, mas apresenta outras situações que me desagradam.

Achei - será que foi impressão minha? - que os jogadores do FCP estão sempre muito afastados no momento de transição ofensiva. Isto, conjugado com algumas más decisões e execuções, resultou numa série de bolas perdidas logo no primeiro e segundo passe.

Neste contexto (maus passes e jogadores muito afastados) qualquer erro é um contra-ataque perigoso.

Por vezes, sobretudo na primeira-parte, achei que este ritmo (FCP perdia a bola, contra-ataque do Lille) partiu o jogo. O FCP não controlava nem a bola, nem o adversário.

Depois marcaram o primeiro golo e as coisas ficaram diferentes. Depois do golo já não segui o jogo com muita atenção mas pareceu-me que o FCP jogou melhor.

Roberto Baggio disse...

Edson!!!!

Abraço :)

DC disse...

Dipeca, numa ala o Brahimi na outra, por ordem de preferência: Tello, Adrian, Quintero, Quaresma

PedroF disse...

Baggio, e um comentário ao desastre do United? Aquilo nem nas distritais, mas só me dizem que o Van Gaal é que é bom, vejam lá que levou a Holanda às meias finais!

Anónimo disse...

O passe nao puderia ter entrado logo no jackson??

Helder disse...

Não seria mais útil o Casemiro descer para junto dos centrais, de forma a iniciar a fase de construção ele mesmo?
É q n vi linhas de passe nenhumas. E o Indi fazia passes à queima, o Maicon era chutão para a frente. O Herrera estava sempre na frente, não descia, de forma a dar linha de passe vertical, de maneira q os centrais ou passavam um para o outro, ou para o guarda-redes, ou para o lateral.


se o casemiro descesse e, com ele, descesse também um interior (dependendo do lado q estivesse a bola, basculando para o centro um dos alas, ou até o jackson baixando, como muito se viu hj), a organização defensiva melhoraria a meu ver.

andre disse...

Comentario a este jogo mas ao de apresentaçao e do maritimo (visto do estadio). O pior do jogo de hoje foi o duo (herrera-ruben). Acho que a principal razao no miudo é o cansaço, 4 jogos em 12 dias para um ex-juvenil é dose. Houve lances em que se viu nitidamente que nao havia pernas. A contruçao atraves da defesa so serve para dar calafrios ( o meinho fabiano, indi, maicon, alex um dia destes vai correr mal e vamo levar com 1 golo). Eles começam com o meinho, depois acho que falta mobilidade aos centrocampistas, o adversario começa a pressionar e aquilo começa tudo a tremer pois dá ideia que tem ordens do julen para nao mandar chuto a sorte para a frente. O publico começa a assobiar e é uma bola d neve. Quanto a transiçao ofensiva, sinceramente e mais pela 1ª parte, dos 30 aos 45 min, é inexistente. REcuperamos uma bola e so sabem jogar para o lado ou para tras, nao arriscam nada o que tambem leva ao desespero da bancada, pois nao fazemos contra-ataques. Cruzamentos sao muito raros, remates e chances de golo muito poucas. Penso que contra o moreirense o herrera e ruben vao descansar, assim como o alexsandro. Evandro deve entrar pois tem entrado e cumprido bem e acredito que o quaresma tbm ira jogar de inicio. Na defesa, deve entrar o jose angel ou entao joga o indi na esquerda e estreia-se o marcano ao lado do maicon.

jorge gaspar disse...

Mais uma vez achei que o Maicon fez um bom jogo, e que até saiu bastantes vezes a jogar, até por vezes com passes um pouco arriscados que acabaram por sair bem. Continuo sem perceber como o colocam no mesmo patamar que o Indi, Indi que pelo que pude perceber é muito pior sem bola do que com ela. Com bola, mesmo que tenha jogadores adversários a 30 metros de distância não avança, sem bola é um desastre completo. Ainda assim acho que é um bocadinho melhor com bola do que pensava.
Está visto que chegou a hora de atacar o Herrera. Já disse anteriormente que o Herrera não tem lugar no onze deste Porto e tem estado muito mal, ainda assim não percebo o porquê deste massacre de parte dos adeptos. Esperemos que o Oliver não tenha outra vez as perdas de bola que teve hoje porque se voltar a acontecer será ele o massacrado. Os adeptos perdoam toda a estupidez do Quaresma, remates a cada 5 minutos, e cruzamentos a cada 2. Só não aceitam perdas de bola a tentar construir jogo.
Sem dúvida nenhuma que com Oliver, Brahimi Adria e Evandro o Porto atinge um outro patamar. Em tudo o resto tendo a concordar mais com o comentário do Edson.

Honoris disse...

Baggio, que me dizes de um losango com Casemiro, Oliver, Evandro e Brahimi? Com Adrian e Jackson na frente claro

PepAlves disse...

Perfeito era vir o Clasie e montar um meio campo com; Clasie - Evandro - Óliver. Gostei bastante do Evandro hoje, e do Brahimi, que enormidades ele joga.

Sobre os centrais...Tem me agradado bastante o Maicon. Nada de transcendente, mas o que ele era e o que é, que diferença.

Clarence Seedorf disse...

depois do golo o jogo ficou diferente, precisamente pelo aumento de confiança, o mesmo com que começaram o jogo. E no que toca às descidas do casemiro, atéo fez algumas vezes, ja que o Indi nao queria, sabe-se lá porquê, que as jogadas nao saissem do pé dele. Maicon ainda tentou assumir um pouco esse papel a dada altura, mas acho que não tem atributos para ser ele o protagonista deste papel.

GC, em miudos, quando a equipa começou a jogar a medo fizeram-se em média 30 passes para progredir um metro (fontes desta estatística ainda estão por averiguar), enquanto que no inicio do jogo, assim como no segundo golo (ex. de jogada com menos passes), a equipa alternava entre um jogo de posse e um jogo mais incisivo e com movimentações verticais.

Achei que nas alturas de insegurança os jogadores se agarraram de mais ao principio que devem ouvir mais nos treinos de: "circulação de bola" e esquecem-se que no futabol não contam passes, mas sim golos.
Mas como tambem houve muita coisa que gostei de ver e, como o baggio disse, a altura pra crescer é esta (e as vitorias estao a aparecer), continuo a crêr nesta equipa de Lopetegui.

Francisco Sousa disse...

Ver o Herrera ao vivo neste Porto de tanto talento ainda custa mais...

Anónimo disse...

Uma bola parada e uma oferta do Lille?

Roberto Baggio disse...

Honoris, acho chato, XD. não acho mau. Aliás, é o "meu" sistema de jogo. E eu provavelmente jogaria assim. Mas, o Porto tem bons jogadores nas alas, convém aproveitar isso.

Anónimo disse...

O Evandro viu bem e o Lille estava partido. O lateral dto está mto longe.

Dipeca disse...

DC, lá está, se calhar nenhum te dá a agressividade que o Oliver dá no momento da perda... Assumindo que o Tello tem para algumas semanas e que Adrian seria mais um segundo avançado..

Dipeca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JON disse...

A equipa tem coisas boas e coisas más (especialmente a saída de bola, defesa HxH nas bolas paradas e os €8M pelo Indi). Mas também tem uma carrada de jogodores a chegar a Portugal, 23 anos de média de idades, e especialmente 4 jogos juntos feitos em 10 (!) dias.

Relembro o início da época (quase perfeita) do Benfica o ano passado...

Quanto aos comentários a desvalorizar, parecem-me um bom sinal. Alguns estão como a gelatina. Treme-treme.

Anónimo disse...

No jogo do Paços a SPortTv e o árbitro deixou passar em claro um lance que dava expulsão do Indi e pénalti contra o Porto.

http://colunadaguiasgloriosas.blogspot.pt/?m=1

JD disse...

Não poderia haver uma alternativa, ao invés de ter feito o que fez ou de tentar fixar o "eliminado", que seria colocar a bola imediatamente para o Jackson?

Segunda pergunta, nesse caso, deveria colocar a bola no Jackson para a frente dele?

Abraços

DC disse...

"DC, lá está, se calhar nenhum te dá a agressividade que o Oliver dá no momento da perda"

Também faltou agressividade no meio, tanto da parte do Herrera como do Ruben. Além disso não deram qualidade em posse. O Herrera falhou 18 passes e já nem falo das recepções.
Por acaso o Lille pouco ou nada pressionou os defesas e médios do Porto. Senão as perdas de bola ainda seriam mais.

E não vejo porque é que, por exemplo o Adrian, que jogou na equipa agressivíssima do Simeone, não daria agressividade.

Acho que o Porto ganharia muito com Oliver e Evandro no meio.

Dipeca disse...

"Acho que o Porto ganharia muito com Oliver e Evandro no meio."

Sim, concordo contigo. Mas estou a colocar-me no papel do Lopés.

A equipa do Simeone é agressiva , literalmente. Eu estava a falar da reação à perda.

Adrian é uma espécie de Benzema (na minha modesta opinião), tem de ter apoios por perto para brilhar. Sozinho no meio ou a partir da linha, é difícil para ele, penso...

DC disse...

Eles no Atlético além de agressivos no sentido de dar cacetada também são muito agressivos no posicionamento. Estão sempre em cima da bola. Acredito que o Adrian esteja mais que preparado para isso.
Aliás, ninguem diria que o puto franzino Oliver fosse assim defensivamente.

Dipeca disse...

Sim, tens razão!

E será talvez(?) a próxima fase da implementação do modelo...

Lopetegui, estás leendo a DC? Hay que poner a Óliver en el medio!! :D

Artur Semedo disse...

JD,

na minha opinião, meter no jackson directo pareceria um caminho mais curto/fácil, mas:
- o jackson não é um jogador rápido o suficiente para nunca mais o apanharem num lance destes;
- para o passe ser óptimo, teria de ir para entre os dois defesas mais recuados, e poderia ser mais complicado eliminar o camarada que está no círculo;
- indo bola para o jackson, o camarada mais recuado de todos (ao meio) não tem dúvida sobre o que tem de fazer, que é recuar para se pôr entre o jackson e a baliza, o que, considerando o acima, poderia conseguir até porque está mais perto da dita cuja;
- conseguindo obstruir o jackson, as opções deste seriam menos boas que as que o brahimi teve ao receber ele a bola, pois o eliminado poderia impedir igualmente um passe ao lado para o argelino...

portanto, na minha opinião foi melhor "passar indirectamente" ao jackson. :)

JD disse...

Obg Artur Semedo!

Quando comentei não tinha visto o lance corrido.

Vendo o video fica perceptível que o central "apanharia" o Jackson.

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=aJkOypS8K4c

Tanto talento desperdiçado por aí..

Anónimo disse...

Lance banal...porque contruído por dois excelentes jogadores.
Brahimi fez o que tinha a fazer e no momento certo, assim como Jackson.
Transição defensiva bem delineada? Sim, graças à inteligência dos intervenientes, não do treino, até porque se tratam de dois jogadores que pouco se conhecem ainda.Fosse o Licá ou o Quaresma em vez do Brahimi talvez os princípios fossem os mesmos mas com resultados diferentes.
Nota para a má decisão do central, estando tão perto de Jackson devia tê-lo acompanhado, até porque o colombiano tinha sempre como "referência" para a linha do "off-side" o outro central. Optou, estupidamente, por tentar colocá-lo em fora de jogo.

Anónimo disse...

Baggio que opinião tens do Campbel do arsenal? Dizem que o JJ o quer no SLB.

Anónimo disse...

Não perguntes essas coisas ao baggio, futebol sénior não é a sua praia, ele só percebe de futebol juvenil...