sábado, 20 de setembro de 2014

Petit. Algumas ideias


17 comentários:

Anónimo disse...

olhando a realidade atual do boavista faz muito em dar prioridade aos processos defensivos e transições, e depois sim dar enfase ao processo ofensivo depois de os processos defensivos estarem estabilizados, começa-se a construir uma equipa de tras para a frente e como é uma equipa nova , acho que não está fazer um mau trabalho, como ouvia e ouço muita gente a criticar que era treinador de distrital.

João Bernardo disse...

Que picareta, imaginem o que eu sofro todos os jogos

José Lemos disse...

Lol :)

Gonçalo Matos disse...

cruzamentos e 1x1 nas alas são das coisas mais fáceis de defender e provavelmente com menor taxa de eficácia. tendo em conta as melhores equipas cá, então nunca há 1x1. é sempre 1x2 pelo menos. Depois, tendo em conta que os jogadores deles não são propriamente top a nivel técnico, obriga-los a jogar 1x1 pode n ser mto bom.

8 semanas de trabalho e ainda não conseguiu trabalhar processos ofensivos como deve ser?? que eu saiba, dá pra trabalhar processos defensivos e ofensivos ao mesmo tempo... nem tem grande sentido trabalha-los em separado.. Como será que se treina compensações se o ataque não tem dinamica? compensa-se o que?

Dipeca disse...

Ainda não vi nenhum jogo do BFC. Se ele fosse um treinador com boas ideias (1x1 c/ cruzamentos não é assim grande ideia), diria que ele criava exercícios com superioridade numérica do ataque e dirigia feedback apenas para a equipa mais defensiva... Mas, por alguma razão, acho que ele só disse aquilo para "adiar" a exigência...

Anónimo disse...

Ainda nem vi o Boavista jogar, mas não vou encostá-lo já por não saber falar. O Paulo Fonseca parece um retardado com gaguez e é tido em boa conta por aqui.

Dennis Bergkamp disse...

Com a equipa a começar a soltar-se deve ser cá um cheiro que não se pode!

Anónimo disse...

não posso comentar, não vi nenhum jogo do boavista. mas seria interessante pensar qual o critério para a escolha de certos treinadores da 1ª liga. porque é que homens como carlos brito, álvaro magalhães e outros não têm trabalho e os rui quintas desta vida têm. mas a arbitragem do olegário hoje no penafiel-setubal responde à minha inquietação.

a pessoa disse...

Álvaro Magalhães? :facepalm:

Gonçalo Matos disse...

Como pode uma equipa jogar bem (respeitando os prinicipios do jogo) se o seu treinador tem ideias que não respeitam os mesmos?

Anónimo disse...

Porquê que a arbitragem do penafiel setubal responde à tua inquietação?

Anónimo disse...

Como adepto do BFC e tentando realizar uma análise imparcial, devo dar a minha opinião.

Apesar das 8 semanas e do grupo novo, acredito que o BFC poderia estar melhor a nível de jogo do que está nesta altura. Não ajudou nada os "melhores" jogadores chegarem mais tarde e às pingas e sim, acredito que com um grupo 80/90% novo e 8 semanas não dá para tudo.

Mesmo na pré-época há vários treinos de recuperação em que não trabalhas muito devido à grande quantidade de jogos amigáveis (e sim, parece-me ser uma boa opção ter essa quantidade de amigáveis, talvez menos 1 ou 2 não fizesse mal, mas não vou por aí).

Ainda assim, o BFC podia estar melhor.

Concordo em absoluto com o Petit quando dá prioridade à Org. Def. e transições. Presumo que a maioria do pessoal daqui goste de um estilo mais em posse, mas essa não é a cultura do Boavista. A cultura de jogo é chuto para a frente, muita raça, não sofrer golos e aproveitar erros e bolas paradas... Não sei se é bom ou mau, mas é esta a ideia de jogo do clube.

Mesmo assim, nos momentos que deveriam ser mais importantes nesta forma de jogar o Boavista ainda não me parece estar bem.

Em Org. Def. é juntar linhas (em 1-4-1-4-1 ou 1-4-4-1-1) e aglomerar jogadores perto da bola, e sempre vai safando.
É relativamente fácil abrir espaços na linha média, mesmo com o nº 10 a recuar mais.

Em transição depende muito de alguma individualidade.

Em BP parece-me faltar alguma inteligência, sobretudo no jogo contra o Benfica. Nunca se poderia deixar um jogador como o Eliseu mais solto para o remate, nem faz sentido mandar cantos ofensivos para a área, mas não os direcionar para o Pouga e Lucas Rocha, que nesse jogo eram os 2 melhores a nível de jogo aéreo. Ou então mandá-los para a zona de Luisão.

Apesar de tudo isto, prevejo muitas dificuldades a quem vá jogar ao Bessa, pelo ambiente que se cria lá, seja com quem for, embora me pareça que a equipa que irá ter pior ambiente será o Sporting.

moskow disse...

desculpem o off topic, mas fecharam o posse?

Rui Dias disse...

Percebo que tentou uma análise imparcial mas acho que não conseguiu!

Chamar modelo de jogo ao que indicou é, no mínimo, atroz! E dizer que o petit está a implementar o sistema de jogo da equipa idem!

Infelizmente o problema do Boavista não tem que ver com falta de tempo mas sim com falta de qualidade! E quando o digo estou a referir-me a tudo. Presidente, treinadores, jogadores, relvado....enfim, não é uma equipa de primeira divisão (como muitas outras que estão na primeira) e deveria estar onde pertence!
Achar que o facto de ter subido á primeira da forma que subiu é que isso não iria trazer complicações ....
Se um clube da dimensão do Boavista não teve qualidade para voltar á primeira divisão pelo seu próprio pé (o Arouca, que é uma equipa de uma localidade minúscula e sem história conseguiu) como podeis achar-se possível criar uma equipa com condições numa situação como esta?

Eu não sei nem me interessa se o Boavista devia ter subido ou não mas o que eu sei é que se fosse responsável pelo clube diria na hora que não queria subir deste modo! Diria que preferia que me pagassem uma indemnização para que eu pudesse criar um grupo de trabalho de qualidade e almejar a subir conquistando a segunda liga! Se o conseguisse estaria bem melhor preparado!

Quanto aos cruzamentos para o lado do luisao....é só o mais forte no jogo aéreo em todo o plantel do Benfica! Tendo o Benfica laterais de palmo e meio e um médio defensivo relativamente baixo (agora o samaris já é mais alto mas na altura não existia ainda) parece-me óbvio onde essas bolas teriam que entrar e onde teriam que estar os jogadores mais fortes do Boavista....

Saudações desportivas

Hélder disse...

O Petit, pelos treiadores que já apanhou, tem a obiragação de perceber de futebol...

Lito disse...

um off topic. Estou a seguir o Beira Mar porto B da 2 liga e estou chocado com o defesa central do porto, lichnowski(ou algo do genero). Primeira vez que o vejo e vinha com expectativas elevadas pelo que tinha lido aqui.

Mais um que voces elogiam. É obrigatorio ser-se um jogador lento e magrinho, sem nenhuma carateristica fisica boa para ser elogiado por voces?
Se há uns anos me metia impressao a forma como jogadores talentosos eram descartados apenas por nao serem gajos com corpanzil de segurança da disco, esta nova onda parece-me no extremo oposto.

Aparece um central magrinho e lento que toca a bola com delicadeza, é logo um gajo com potencial. Aparece um medio ofensivo baixinho e agil, é logo um jogador do catano. Se ha um central bruto, forte e rapido, nao passa de um gajo acefalo que so sabe correr e ganhar nas alturas.

Reyes e Lich sao uma dupla MEDONHA. MEDONHA! Se qualquer um deles chegar a titular do Porto, muito mal estará o clube. E nunca irão evoluir para niveis aceitaveis, porque o que de pior têm não se consegue modificar. A lentidão e falta de agilidade exasperantes!

Ricardo T disse...

Apesar de este tópico estar completamente ultrapassado, e como só vi agora, não quero perder a oportunidade de responder ao senhor Rui Dias.

Antes de mais, em relação ao adepto do Boavista que tão bem fez a de facto imparcial avaliação, queria deixar os meus parabéns.

Agora em relação ao Sr. Rui Dias, deveria informar-se um pouco mais antes de proferir atrocidades publicamente, senão vejamos:

1 - Parece-me no mínimo precipitado dizer que os jogadores do plantel do Boavista tem falta de qualidade, quando, à data da sua mensagem, teriam decorrido três jogos.

2 - Em relação à "falta de qualidade" da equipa técnica/direcção, a sua opinião só demonstra que, apesar de criticar os outros, Vossa Excelência é demais faccioso, uma vez que acusar um treinador (es) de falta de qualidade sem critério de avaliação absolutamente nenhum, não será mais que maldoso. Em relação à presidência, e com todos os defeitos que poderá ou não ter, há que salientar que foi com esta presidência que, à parte do Belenenses em tempos já remotos (sem querer tirar mérito), o Boavista se tornou o primeiro e único campeão da 1ª Liga à parte dos "grandes". E mais, é logicamente útil ter alguém que tenha o know-how da primeira liga a dirigir um clube que em tão precárias condições se encontra.

3- É no mínimo complicado comparar um clube com a estrutura do Arouca, que tanto mérito tem por tudo o que conseguiu, a um Boavista que desce de divisão judicialmente, e fica imerso em campeonatos dos quais as receitas provenientes são irrelevantes, porém com um passivo que ascende os 50M€.

4- A classificação actual do Boavista deverá/deveria deixa-lo envergonhado por tão maldosos comentários para com um grupo de trabalho que deixou, desde o primeiro jogo, tudo em campo. Se a sua equipa tivesse metade do empenho e garra que tem esta, ganhavam a Champions.