terça-feira, 23 de setembro de 2014

Valência ou Vezo em construção?

Lance fantástico do Valência. Desde a recepção de Rodrigo, até a decisão de enquadrar A.Gomes com a defesa adversária. Depois, entra em cena a melhor forma de ultrapassar um adversário com um apoio interior: tabela. Segue-se um 1x0 e o consequente golo. Resta saber se a procura deste tipo de situações é padrão na equipa do treinador português, ou se foi fruto da qualidade individual que tem ao seu dispor.

Deixo contudo uma perspectiva diferente do lance, nomeadamente no início da construção onde se destaca Rúben Vezo.

24 comentários:

Diogo disse...

Destacar Vezo mas pela negativa. De todas as opções escolhe das piores que só resulta porque o Rodrigo faz uma recepção de outro mundo!

Johnny McCaco disse...

Dass que charuto lol. Soooooobeeeeeeee!!!!

GBC disse...

Só mesmo o Bento para o levar aos A's.

Ricardo Perna disse...

Eu pessoalmente só consigo ver a receção do Rodrigo :) assim de cabeça, não sei se recordo alguma tão perfeita...

Mas sim, o início da jogada é um charuto daqueles que nem na peladinha do fim-de-semana fica bem, ainda por cima com tantas opções de passe que tinha disponíveis bem perto...

Artur Semedo disse...

de cabeça? bergkamp vs argentina, mundial 1998. :)

Johnny McCaco disse...

https://www.youtube.com/watch?v=0GepGIPcd5k

Messi, Xavi & Iniesta - Magical Ball Controls

Take your pick :)

Johnny McCaco disse...

Ou o Domingos vs Dinamarca no Euro 96, alguém se recorda? Vítor Baía bate a bola e o Domingos recebe de primeira a meio do meio campo contrário. A imprensa inglesa delirou. Não encontro isso no youtube

Anónimo disse...

Impressão minha ou a liga espanhola está muito desequilibrada temos muitas equipas a jogar a 8 e umas 4 a jogar a 80.

Ricardo Perna disse...

Em termos técnicos, acho esta do Rodrigo bem mais difícil de executar, Artur... falo apenas do movimento em si.

A do Bergkamp é praticamente perfeita também, mas o Rodrigo tem o defesa central em cima dele, a receção é feita quase ao nível do chão e orientada de imediato para a corrida... a outra dá golo e tem um contexto de maior responsabilidade que faz com que seja mais importante, provavelmente, mas esta é, digo eu, bem mais difícil de executar...

Sui Generis disse...

Li uma entrevista do Vezo onde ele se equiparou ao Otamendi - "somos os dois baixos, mas muito rápidos" - disse ele ...

Tomcat disse...

Não conhecia o Vezo. Fiquei sem vontade de conhecer.

Gonçalo Matos disse...

Quem tb é maquina é o Alcácer. Este Valência tem uma equipa com putos mto interessantes. Faz lembrar a do tempo do Silva e do Villa, qnd tinham qualidade individual à séria

Anónimo disse...

Pablito no valência contra o barcelona - ainda nem vi a do rodrigo mas não é preciso.

Pedro disse...

Quase todas do Maxi Pereira...
:)

Estádio da Luz, jogo amigável entre SLB e Real Madrid. Roberto Carlos manda um charuto lá da linha esquerda para o lado oposto. Zidane, junto à linha direita, recebe o balão com a bola colada no pé. Tinha cola.


Luis Ramos disse...

https://www.youtube.com/watch?v=io2FMwKEFk8

D10S

Artur Semedo disse...

há também uma do del piero, contra o matarratos, em que o passe é como este. a diferença é que ele dominou e deixou o matarratos no chão, enquanto se dirigia alegremente para a área! génios, estes gajos todos! :D

Miguel Pinto disse...

Para o Rodrigo com amizade e carinho

http://youtu.be/rLMfGF8dKyc

Johnny McCaco disse...

Ronaldinho, ou a fantasia de um craque do freestyle conseguir ser um grande jogador de futebol. Único neste aspecto.

MFM disse...

Please...

http://youtu.be/Hf9b23BSeos

António disse...

Vezo é o ultimo homem, a sua equipa está toda la "metida", nota-se que está a receber de um passe para trás e a equipa adversária está a subir para pressionar. nota-se o PL adversário a cortar a linhas de passe para a esquerda e a direccioná-lo para a direita, nota-se o ala esquerdo adversário preparadissimo para pressionar o LD, ou seja, estavam a condiciona-lo para saír pela direita e pelo lateral. A sua equipa não esta posicionada ofensivamente em ataque posicional para começar a construção.
Conclusão: o Vezo, atendendo às circunstâncias (principalmente os seus companheiros e equipa adversária), jogou o que o jogo lhe dava. Não possuia condições para rodar para a esquerda, não possuia opções para passar para entrar no bloco adversário e, a opção para o LD seria um indicador de pressão para a equipa adversária. Assumir em condução, progredindo com bola para deixar PL adversário para trás seria opção de risco porque é o último homem e não tinha cobertura.
Com isto, dizer que o Vezo não tomou uma má opção (poderia jogar no GR e iniciar a construção), os seus companheiros, principalmente, é que não o ajudaram na referida situação para decidir de outra forma.
Até porque, estas situações devem estar pensadas pela equipa, ou pelo TREINADOR, relativamente à discussão entre o uso do passe lateral e em que situações, porque a principal opção que possuia(passe lateral para o LD) poria a sua equipa em sérios riscos. Seria interessante pensar como a equipa iria agir se ele passasse para o LD com a pressão que eu perspetivava que ia sofrer. Ou até, ver imagens em situações semelhantes.
Para finalizar, creio que o Vezo viu mais à frente, mas não existe ninguém melhor que o NES para esclarecer esta discussão.
Cumprimentos

Paranhose disse...

António, até percebo a tua perspetiva, mas dificilmente um Otamendi, Garay ou outro faria o mesmo. Para além de poder jogar no GR, certamente que conseguiriam arranjar outra solução.

Mas sim, compreendo o que disseste e penso que tens alguma razão. É um charuto, mas compreende-se essa decisão, dado quem é o jogador.

P.S: já que estamos numa de toques fantásticos, já se esqueceram daquele calcanhar do Silva para o Nasri na Champions, frente ao Barça?

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Vezo tem, pelo menos, duas linhas de passe escancaradas - pela direita (ir ao corredor para voltar ao meio - se o passe entra ali, o lateral pode depois procurar uma linha interior e se acompanharmos a jogada ela aparece facilmente) e tem uma solução óbvia: rodar pela esquerda.

O outro colega está sozinho, solto, de frente para a baliza e, cereja-no-topo-do-bolo, no corredor central.

Portanto, para mim, aquilo foi um charuto sem qualquer nexo. Deu em golo porque o Rodrigo "passou-se".

Edson Arantes do Nascimento disse...

Já nem falo da linha de passe para o redes. É demasiado óbvio e demasiado fácil.

Johnny McCaco disse...

https://www.youtube.com/watch?v=OnuMXsYuGOk

Aqui fica clarinho como água, num vídeo que mostra a jogada ainda antes do vídeo aqui postado. Há tempo mais que suficiente para decidir melhor. VEzo perde tempo, vai recuando, acaba por sentir,por culpa própria e incompetência, que lhe diminuíram as opções de passe (apesar de ainda as ter, claramente) e manda um charuto.