terça-feira, 7 de outubro de 2014

Estreia de Jonas

Jogou pela primeira vez pelo SLB contra o Arouca no Domingo passado.

Primeiras impressões? É alguém bem mais virado para a equipa e para as soluções colectivas do que virado para o próprio umbigo.

Ou pelo menos foi assim que foi na estreia.

Preocupou-se em dar linhas de passe a esquerda ou a direita. A mostrar-se em apoio frontal ou em cobertura ofensiva.

Mal marcou o golo procurou Ola John como que a dizer que foi graças ao colega que o golo aconteceu, valorizando a assistência em vez de fazer uma cambalhota qualquer a dizer que "estou aqui".

Teve ainda a oportunidade de "cabritar" um adversário na 1ª vez que tocou na bola, o que também é sempre um prazer de ver.

Veremos se o treino e o modelo de jogo não o formata para ser diferente daquilo que nos mostrou no 1º jogo.

Faltou conseguir perceber como se comporta em organização defensiva para conseguir ter uma ideia do que pode dar ao SLB em jogos a sério.

12 comentários:

Daniel Martins disse...

Boas Bergkamp. Já o conhecia bem do Valência e aqueles primeiros minutos foram o suficiente para confirmar a sua qualidade. Vai trazer à equipa o que Saviola trazia há uns anos atrás: muita técnica e inteligência no último terço e sempre ao serviço do colectivo. Já tinha saudades de ver um jogador assim no Benfica.

Alberto disse...

Exactamente, a dúvida será ver se nesta fase da carreira estará disposto a ter ocomportamento defensivo, que se exige a jogadores na sua posição, no modelo de Jesus.

Não é vertiginoso como Rodrigo, mas é mais inteligente na procura da bola, e tem toque de classe. A comparação com Saviola também encaixa bem :)

Anónimo disse...

Nunca o tinha visto jogar, mas andava ansioso para o ver, também pelos rasgados elogios tecidos por Vitor Pereira no Grande Área e, para primeiro jogo, deixou me bastante agradado.

Pablo10Aimar

LGS disse...

Deixou boas impressões na estreia. A procurar oferecer sempre linhas de passe, a baixar para oferecer soluções. Tecnicamente muito bem também. Veremos se as confirma nos próximos jogos.

PS: "cabritar" é muito bom :P

GV disse...

Concordo 100% com o post. À partida parece uma clara mais-valia.
Vamos ver como continuar a sua adaptação.
Cumps

Edson Arantes do Nascimento disse...

Bom jogador e acho que pode encaixar-se bem na equipa do Benfica. Inteligente e muito forte a virar-se para a baliza.

Aliás, acho mesmo que o Benfica está a necessitar rapidamente do Jonas em boas condições (o ataque tem sido fraco mas também a qualidade individual do Benfica na frente é baixa; julgo que quase todos os avançados do Sporting e FCP seriam titulares do Benfica, neste momento).

O que acham do Derley? Para mim, o gajo é mesmo muito mau. 3,5 milhões? Pfffff

Mas é tão chato, tão descoordenado, tão imprevisível nas decisões que toma (na mesma jogada é capaz de ser inteligente e burro ao mesmo tempo - estou a lembrar-me de uma na primeira-parte em que ele entra na área pela esquerda, temporiza (e com isso arruma o defesa contrário) e depois... tufas prá baliza, quando o Salvio estava de cara para as redes), tão robusto, dizia, que acaba por ter algum sucesso.

Mais um caso para juntar aos meus apontamentos dos fenómenos estranhos que acontecem no futebol.

Anónimo disse...

Boas,

Terá, ao contrário de Rodrigo, dificuldade na acelaração de jogo em posse que Jesus tanto gosta? Poderá ter dificuldades se Jesus procurar nele o mesmo que procurava em Rodrigo?

O lance que o Edson fala do Derley é um paradoxo, de facto. Calma e intelegiencia no primeiro movimento, desastre e fuçanguice no segundo. Incrível.


Cambalhotas, tipo Nani? :) (provocação)

Xavier

Bruno Pereira disse...

Era pra ter feito um post sobre o Jonas. O homem decidiu sempre bem cada vez que tocou na bola. O pormenor do apontar para o Ola John no golo foi delicioso (embora o Sálvio tenha feito o mesmo :P). Mas o mais relevante foi o critério em posse que apresentou! Lembrei-me logo do Saviola :) Era tão bom que o SLB tivesse alguém que pensasse na equipa lá na frente e que tivesse uma qualidade superior ao que o Lima tem apresentado. A questão agora é quem sai? Lima? Não me parece que JJ abdique dele pelo conhecimento que tem das dinâmicas. Talisca? Também não me parece que saia quanto mais não seja para "não desagradar adepto". E pronto, lá estará Jonas "condenado" a entrar nas 2ªs partes dos jogos... espero estar enganado. Para mim neste momento seria Samaris, Enzo, Gaitan, Ola, Sálvio e Jonas... tão bom que era :)

Prosinečki disse...

A questão que o Bruno Pereira é bastante pertinente. Neste momento não me parece que possa entrar no "onze" isto porque Talisca é o homem do momento e Lima é um indiscutível desde que chegou.

Baresi disse...

Um jogador que consegue marcar mais de 40 golos numa época, no campeonato brasileiro, nunca podia ser mau.
Agora é ver se se habitua ao nosso campeonato, e àquilo que JJ, jogando ele como 1º ou 2º avançado (ou até saindo do banco).
A época é longa, e vai haver tempo para todos jogarem.
E contente deve ser o treinador que sem poder contar com Gaitan, Lima, R.Amorim, Fejsa, Silvio e mais um ou outro, tem Ola John, Pizzi ou Jonas no banco.

Taborda disse...

Pois eu acho que, em função das características individuais e potencial, Jonas encaixará melhor com Derley.

Apreciei bastante o desempenho do Derley, principalmente na 2 º parte. Existe uma natural e expectável, digo eu, adaptação ao modelo de jogo de Jesus.

Paranhose disse...

Não concordo quando se refere a parte da formatação. Pelo menos ao mais alto nível, tem que existir alguma formatação à forma de jogar da equipa, ainda para mais num futebol tão bom mas também tão exigente do Jorge Jesus.

Quanto ao Derley, não me parece que ainda tenha nível para o Benfica, mas sem dúvida que tem qualidade e no futuro poderá ser um jogador útil. Veremos com o tempo e as circunstâncias.