sexta-feira, 31 de outubro de 2014

O culto da tomada de decisão promove a robotização do jogo. Será?



Educar para a melhor decisão limita a criatividade e mata os jogadores. Os "novos Mourinhos" estão tão preocupados com a tomada de decisão que não dão liberdade para os jogadores fazerem coisas novas e fugirem do correcto.

E depois o Pjanic faz este passe, e entre outras opções que não eram más (passe para a direita que era onde havia menos defesas e o colega ia ter espaço e tempo para decidir, provavelmente progredir e aproximar a equipa do golo) a escolha do menino foi "comer" 8 adversários e meter um colega em situação privilegiada para finalizar.

Esta é sem dúvida a melhor decisão. Só está ao alcance de predestinados, porque nem toda gente tem a capacidade para realizar aquele passe, mesmo que o identifiquem.

10 comentários:

Mike Portugal disse...

A "melhor decisão" tem que ter em conta o conhecimento que o jogador tem das suas próprias capacidades, portanto se um jogador sabe que só consegue acertar aquele passe 5% das vezes, então a melhor decisão é NÃO o fazer ;)

Tomcat disse...

Sem desprimor pelo maravilhoso passe do Pjanic, mas organização da equipa do Cesena é deprimente.

Matsu disse...

A melhor decisão quando se quer criar ruptura e quase sempre a mais imprevisível. Por isso o FCP de Mourinho (com Deco) foi muito melhor que o 1o Chelsea de Mourinho... Os artistas fazem muita falta ao jogo!

Rafael Antunes disse...

Palavras para quê?

michael disse...

foi á Quintero :D

Francisco Soares Franco disse...

Por acaso acho que a frase final deveria estar ao contrário...

Nem toda gente terá a capacidade para visualizar aquele passe, ainda que tenham a capacidade técnica para o realizar.

Jorge disse...

"Educar para a melhor decisão limita a criatividade e mata os jogadores."

Discordo, um bom "educador" deve ensinar o jogador a procurar a melhor decisao sem limitar a criatividade do jogador, deve ajudar o jogador a pensar o jogo para que este possa encontrar a (sua) melhor solucao para os problemas que encontre.

Futebol Táctico disse...

"Educar para a melhor decisão limita a criatividade e mata os jogadores."

No meu modelo de jogo tenho um princípio que diz: Criatividade nos momentos certos e nas devidas proporções. Não obstante para mim o melhor jogador é aquele que tem a melhor tomada de decisão e ao mesmo tempo a capacidade técnica necessária para a executar. No treino tento estimular a criatividade (no momento certo e nas devidas proporções) e ao mesmo tempo não só "educar" para a melhor decisão como fazer ver e fazer (com determinados exercícios) os próprios jogadores qual a melhor decisão!

Pedro Vieira disse...

Este passe é tão espetacular como improvável. Diria que o Pjanic conseguiu ter na sucesso com uma dose grande de rico. Seria como se tivesse rematado dali e a bola fosse golo.

A melhor decisão não será a melhor entre o rácio de Qualidade e probabilidade de sucesso?

ricnog disse...

Isto é um problema que nasce de base, na nossa educação....! A própria escola retira-nos a criatividade. Fromata-nos para aquilo que acham ser o correcto e não podemos fugir dali....não se estimula a criatividade. Limita-se....no futebol acontece o mesmo...! Inacreditável que não conheço um unico treinador/coordenador que não diga que usa e abusa da criatividade e vamos ver os treinos e é a mecanização, pura e dura!