domingo, 2 de novembro de 2014

Nolito

Seguia o jogo enquanto jantava com uns amigos. E antes deste maravilhoso lance já Nolito tinha colocado um colega numa situação muito privilegiada para finalizar, tendo eu ironizado sobre a opção de Jesus em deixar partir este jogador. E tendo, ainda antes ver quem tinha sido o autor do lance, eu dito em exagero, que só havia um jogador no Celta com imaginação para fazer isto. Ontem, na casa que o formou, no estádio que sempre sonhou jogar, contra um dos seus antigos treinadores (no Barcelona e no Celta) mostrou... Classe.

É deste tipo de jogadores que Jesus precisava caso quisesse ver o seu modelo evoluir no sentido de controlar melhor os ritmos de jogo. Precisaria de quem temporizasse o jogo.

Vá lá mister, é impossível não ver qualidade neste, ainda que não vá sempre pra cima, não é?

23 comentários:

Giacommo disse...

Baggio, gostava de ver um de vós escrever sobre o Tottenham desta época, mesmo que brevemente. O Pochettino, discípulo do Bielsa sobre quem escreveste recentemente, tinha-me impressionado bastante no Southampton. Agora, o Koeman está a pôr os méritos dele em perspectiva, enquanto que o Tottenham joga um futebol reminiscente do AVB. O que achas do argentino?

Pedro disse...

Mais uma das teimosias de JJ...

João disse...

Ontem ao ver o jogo, fiz dois vídeos sobre esses lances e acrescentei que ele poderia dispensar um pouco de cérebro ao Sálvio... Fui logo apelidado de burro que não percebe nada de futebol... Há com cada cepo sentado nos estádios

João disse...

E João de Deus já a espalhar 'magia' no scp b lol

hertz disse...

Não sei se viram o jogo do Vit. Guimarães esta semana, mas se sim, gostava que dessem a vossa opinião sobre o trabalho do Rui Vitoria, em particular nesse jogo.

PedroF disse...

Isto de ter um cérebro... As maravilhas que faz.

LC disse...

Tanta coisa por causa disto? O que mais salta à vista é a mega fífia do Daniel Alves, o resto é bananas.

PP disse...

Este saiu do Benfica porque era necessário criar espaço para o Ola John...

Pedro Manuel Anastácio disse...

Existem coisas que me fazem muita confusão.
Louva-se Nolito critica-se Sálvio....2 jogadores que são demasiado semelhantes no que diz respeito "à leitura de jogo" a diferença está na capacidade fisica e do conhecimento da sua própria valia.

Nolito não é um tipico extremo, é um jogador que rebenta qualquer tática do adversário e até da sua própria equipa pois ele lê o jogo de uma forma muito peculiar, com ele não existem apoios ao lateral, não existem jogadas de insistência à linha não existe o ganhar a linha com o centro atrasado, não existe nada disto...mas ao mesmo tempo existe tudo, Nolito tal como Sálvio vive do momento da sua capacidade fisica de sair a ganhar de determinado lance, a principal diferença entre Nolito e Sálvio e aqui reside o factor que "ajudou" a JJ preterir o Nolito é a capacidade de se manter efectivo durante o máximo de tempo possivel, vamos agora a fazer um apanhado de várias situações:

- Nolito é um jogador estranho, joga na ala mas preferencialmente canaliza o seu joga para o centro de terreno e até parece que quando obrigado a se manter na linha a bola lhe queima no pé, não olha o campo todo e joga apenas nos ultimos 50m de terreno tal como que à medida que o jogo se vai arrastando ele próprio vai baixando a sua efectividade no jogo: Sálvio é extremo puro, joga em qualquer ala e não tem uma zona preferencial para canalizar o seu jogo para ele o campo tem cento e tal metros de comprimento e mais a volta de setenta de largura, metros esses que ele sub entende serem os seus metros para se mostrar durante 90 minutos.

Pedro Manuel Anastácio disse...


- Nolito Conhece muito bem a sua morfologia e as suas limitações técnicas como tal sai em norma vitorioso nos seus lances de 1v1 porque sabe e conhece que "determinado adversário" ou não lhe dará espaço ou até dará para ele o fintar e ser efectivo naquilo que ele idealiza para "lance ideal"; Sálvio desconhece o seu limite técnic apenas sabe que fisicamente consegue fazer o que quiser de seu corpo sem se desgastar, como tal usa e abusa dos lances de 1v1 porque apesar de saber que tem um dversário que pode ou não ser poderoso ele tb sabe que conseguindo ultrapassar esse adversário "a estrela" fica bem mais perto, como tal para jogadores como o Sálvio o "apanhar da estrela" é a sua vitória.

- Nolito desgastado em campo é menos 1 em todos os sentidos, para o jogo, não verticaliza, não dá velocidade não fura defesas; Sálvio quando está desgastado é 30 vezes mais perigoso do que em pique de forma, porque ilude o adversário para zonas "estranhas" do campo fazendo com que o adversário caia no engodo de que está qubrado fisicamente mas como Sálvio desconhece o seu limite técnico mas sabe que em velocidade rebenta qualquer um procura simplificar o jogo procurando um apoio em zona mais próxima e em triangulações com o lateral ou com os médios (trinco ou médio centro) sai em pique para a linha de fundo ou para a baliza deixando qualquer adversário pregado ao chão.


- Nolito decide melhor durante a maior parte do seu tempo em jogo (sem desgaste), mas quando desgastado Nolito é menos 1 em campo; Sálvio não decide bem em 65% das vezes mas mantem a vontade e técnica e a velocidade durante os 90minutos para alem de que se torna muito mais perigoso e bem mais "decisivo" no ultimos minutos das partidas, porque continua a decidir da mesma forma que decidia mas os adversários ficam desgastados de tanto corre pára corre pára como tal dão lhe mais espaço, e ai Sálvio eleva as suas boas decisões para uns bons 90%.

Em suma:
Nolito tem 85% de boas decisões em 70% de um jogo de 90minutos, começando com 100% de boas decisões até ao intervalo e depois vai baixando a percentagem até sair completamente de jogo quer por substituição quer por quebra fisica completa.

Sálvio tem 75% de boas decisões em 100% de um jogo 90 minutos, tirando que começa com uma taxa de 25% a 40% até ao intervalo e depois vai aumentando a taxa até ao "FIM" do jogo.


Conhecendo-se JJ como treinador de intensidade máxima, é lógico a sua nada "popular" escolha de preterir Nolito em prol de Sálvio, Sálvio sua as estopinhas e dá o litro em 90 minutos, já o Nolito não aguenta mais que 65/70 minutos, e como JJ gosta de jogadores de intensidade máxima durante os 90 minutos e que esses jogadores sejam versáteis e não meros robots Sálvio há de ser sempre titular.

Quem fala de Nolito facilmente tb pode incluir no mesmo lote Ola Jonh, fosse o holandês mais intenso e intempestivo em campo e JJ até se babava por ele, mas como o Holandês é quase que um "gemeo" da sua almofada, com JJ não há de passar disto...de um enorme talento para o banco...




Claro que eu não concordo com as leituras de JJ e até acho que Nolito no plantel era sempre uma vantagem, mas tendo em conta aquilo que o treinador pede para a sua equipa, não vale a pena ter um jogador que apenas irá jogar cerca de 35% dos jogos.

Rafael Antunes disse...

Para que servirá a decisão afinal?!

Deixemos de complicar o que é simples...

http://uefa.to/1h0Uq7j

Rafael Antunes disse...

Pedro Anastácio,

Assim ainda tira o lugar ao Luis Freitas Lobo!!!

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Jesus na altura disse que não o queria deixar sair. Se for procurar posso deixar aqui os links, como já deixei uma vez.

O problema do Nolito no Benfica chama-se Gaitan. Gosto muito do Nolito, mas não é melhor do que o Gaitan. Não é. Ponto.

Por isso, não podia jogar sempre. Acho que o Jesus é muito óbvio nestas coisas: faz uma espécie de escala gradativa sobre a qualidade dos jogadores à sua disposição e só muda de ideias perante um facto consumado (veja-se Artur vs. Oblak; para a história da casmurrice ficou a disputa Capdevila vs. Emerson).

Normalmente tem razão, mas talvez com um bocadinho mais de sensibilidade pudesse ter melhores resultados na gestão de recursos humanos.

Futebol Táctico disse...

Pedro Manuel Anastácio, há muito tempo que não ouvia tanta barbaridade junta.

Salvio é um jogador robotizado. Força sempre e em qualquer circunstância a jogada individual, não analisando o "Mundo" em seu redor, logo não tomando a decisão mais correcta. Muitas vezes é bem sucedido por ter indíces físicos e técnicos top (top mesmo). No entanto ainda são mais as vezes em que perde a bola ou simplesmente estraga potenciais lances de ataque promissores.

Nolito tem tudo aquilo que o argentino não têm ... um cerébro (por falar nisto, gostei muito da 2ª parte ontém do Magique contra o Braga, nunca o tinha visto jogar e até gostei bastante). Sabe identificar o espaço entre-linhas, sabe jogar lá. Decide a esmagadora maioria das vezes bem, é forte tecnicamente. Acrescenta qualidade ao jogo interior. Finaliza bem. Para mim um dos melhores extremos que passaram pelo Benfica recentemente. Cantera Blaugrana ...

Pedro Manuel Anastácio disse...

Rafel Antunes

Só me limitei a colocar a minha opinião pessoal acerca de Nolito....

Esse que tanta gente ainda hoje chora...já há muito que o esqueci, não vale a pena andar a insistir num jogador que não encaixa naquilo que o treinador idealiza.....

Nolito é um enorme jogador, é verdade, mas lá está não está talhado para o futebol qu eo Benfica pratica nem nunca se conseguiu adaptar a 100%, ele diz que podia ter dado mais.....concordo....não o deu porquê???
Foi porque o JJ não quis ou foi ele que apenas se apercebeu disso já tarde??

João disse...

Nolito além de golos, foi responsável por muitas assistências e, apesar de não estarem contabilizadas, muitas oportunidades de golo.

Se isto não é contribuir muito, eu não sei o que será então. O seu problema, aparentemente residia naquilo que 'dava' ao jogo na parte defensiva, e que o jj exige aos seus extremos. Agora que era evidente que o jj não atinava com ele, lá isso não tenho dúvidas.

Jj tem realmente preferidos, está no seu direito, só que isso saltava à vista de todos. Por exemplo, cada vez que o Nolito errava (ou hoje o ola John, só para dar outro exemplo) o jj fazia questão de o demonstrar publicamente, 'espumando-se' todo, saltando e berrando. Até aqui tudo bem (embora seja discutível a eficácia destas repreensões, mas eu não tenho dados para dizerem se são boas ou más) só que o mesmo não acontece se for o Sálvio. O argentino pode repetir até à exaustão os seus erros durante um jogo, que o jj não lhe faz um décimo daqui que faz a outros. E olhem que o salvio é burro como uma porta.

Tenho pena que o Nolito tenha saído, embora o gaitan seja superior, um jogador como ele é extremamente útil numa equipa.

Pedro Manuel Anastácio disse...

Futebol Tático

É a minha modesta opinião, aliás eu lembro-me bem de Nolito no Benfica, lembro-me que por exemplo só conseguia ser 100% eficaz nos seus intentos quando a seu lado estava um senhor chamado Aimar, mas tb me recordo ainda de nunca Nolito baixar no apoio ao lateral, de nunca se preocupar depois de ter perdido/passado a bola para outro jogador em recuperar a sua posição de estar numa posição que o poderia levar a continuar a ser efectivo no jogo.

Sálvio para mim e como eu já o disse no meu comentário anterior, tem alguns problemas de decisão, aliás nota-se bem mais esta época do que por exemplo na época passada ou à 2 épocas atrás, isto porque Sálvio deixou de ter 2 jogadores perto de si no centro do terreno, à 2 épocas tinha Lima ou Gaitan (à 2 épocas Gaitan foi muito utilizado a falso 10) na época passada era Lima ou Rodrigo, esta época Sálvio apenas tem Talisca, um jogador Rookie no futebol europeu e que raramente sai da zona central algo que provoca e de que maneira alterações brutais no ataque do Benfica as quais obrigam a Lima a ser o sacrificado, ou seja, como aqui foi dito anteriormente, na época passada Lima e Rodrigo jogavam nos espaços que cada um deles abria Rodrigo abria espaço para Lima e Lima abria espaço para Rodrigo, esta época tens Lima a abrir o espaço e Talisca a aparecer nesse mesmo espaço, o que obriga tambem a que os extremos a terem as suas referêncas no ataque bem mais distantes, se no caso de Gaitan, é muito relativo porque lá está Gaitan é para mim a par de Nani aquele que no futebol Português melhor sabe ler o jogo e criar futebol por isso quase que dispensa referências pois ele é uma referência por si só, já Sálvio não sendo um criador de jogo efectivo, é um jogador de explosão e de vertigem, à semelhança de Hulk (diferentes eu sei mas no mesmo estilo, Hulk com a mesma idade era igual a Sálvio) Sálvio insiste e insiste porque isso é lhe pedido, não cabe na cabeça de ninguém por exemplo que na época passada com um Markovic a 100% e com rotinas, JJ tenha sempre preferido Sálvio a Markovic.
Sálvio é um jogador selvagem em campo, não existe limites para a estupidez que cria mas tb não existe limites para aquilo que consegue criar porque lá está Sálvio faz 90 minutos sempre em cima do adversário, é óbvio que nem sempre decide bem, mas rebenta qualquer adversário, relembro o Chelsea Benfica da final da Liga Europa e gostava que me indica-se quantas vezes passou o Cole pelo Sálvio, eu poupo lhe o tempo e digo 2 vezes em 90 minutos, mas Sálvio conseguiu sempre passar por Cole e na grande maioria das vezes passou e criou perigo.


Nolito no Benfica só honesto lembro-me dele fazer uma excelente sequencia de jogos a entrar a suplente, que virava sempre o jogo, mas a titular via tb ele a insistir em demasia em jogadas que muitas das vezes se via sozinho, Nolito está talhado para um futebol de apoios e que os laterais quase que não saiem das suas posições, no futebol Português Nolito não encaixa facilmente sem ter uma equipa que jogo toda à sua maneira....lembrate que Gaitan é um jogador que tem uma capacidade de decisão assinalável mas que teve que aprender a jogar mais para a equipa, aliás para mim neste momento o 11 ideal do Benfica passaria por desviar o Lima para uma posição de falso extremo esquerdo/2º avançado, deixar o Gaitan a meio com Talisca e Enzo, Sálvio na direita e Derlei ou Jonas na frente de ataque, porque assim conseguirias retirar o melhor de cada um dos jogadores sem perder qualidade quer no meio quer na lateral..


Mas volto a afirmar que Nolito não encaixa neste estilo do Benfica tal como por exemplo Javi Garcia encaixa muito bem no Benfica e no City já não encaixava tão bem.....

Pedro Manuel Anastácio disse...

João

Ai está Sálvio é Burro, ok, são opiniões....mas o gajo cumpre a risca o que lhe é pedido, aliás Sálvio é daqueles jogadores que joga em qualquer zona do campo sempre da mesma forma, se tiver que jogar a lateral ele fará e será o mesmo Sálvio de sempre, como tal o JJ sbae o que o Argentino pode ou não fazer como tal é fácil prevenir-se, já o Nolito não corria para trás não ajudava a fechar a defesa.

Era um jogador muito bom é verdade eu próprio gostava e gosto bastante de Nolito, mas não encaixava neste Benfica, porque é uma equipa feita com base noutros principios de jogo e não o tal jogo de futebol apoiado no qual Nolito foi trabalhado, Ola Jonh é igual...se bem que o hoje em dia JJ mostra-se bem mais moderado com o puto porque.....o puto afinal tb já corre para trás e isso por vezes tb é preciso saber fazer...

Rafael Antunes disse...

Pedro,

Para além de dar a opinião sobre Nolito, aproveitou para elevar o Sálvio à condição de super estrela...

"Sálvio tem 75% de boas decisões em 100% de um jogo 90 minutos, tirando que começa com uma taxa de 25% a 40% até ao intervalo e depois vai aumentando a taxa até ao "FIM" do jogo."

É notável a precisão a que tenta chegar, para tentar dar credibilidade a uma ideia sem qualquer fundo de verdade, sem apoio nenhum da realidade!!!!



Só faltou colocar o Sálvio ao nível do Messi...

Rafael Antunes disse...

Pedro,

Para além de dar a opinião sobre Nolito, aproveitou para elevar o Sálvio à condição de super estrela...

"Sálvio tem 75% de boas decisões em 100% de um jogo 90 minutos, tirando que começa com uma taxa de 25% a 40% até ao intervalo e depois vai aumentando a taxa até ao "FIM" do jogo."

É notável a precisão a que tenta chegar, para tentar dar credibilidade a uma ideia sem qualquer fundo de verdade, sem apoio nenhum da realidade!!!!



Só faltou colocar o Sálvio ao nível do Messi...

Carlos Humberto Almeida disse...

Concordo inteiramente!

Sobre o Nolito, deixei o seguinte testemunho ainda nos tempos de SLB:

http://linhadepasse.blogspot.pt/2012/09/subaproveitado-o-estranho-caso-de-nolito.html

Um autêntico desperdício! :/

Pedro disse...

"Força sempre e em qualquer circunstância a jogada individual, não analisando o "Mundo" em seu redor"

O Lateral Esquerdo criou um mito que, como tantos outros no futebol, vai pegar.

Sálvio pode não um Iniesta da decisão mas um pouco mais de calma. Quem acompanha o Benfica sabe (tem que saber) que Sálvio procura, muitas vezes, com Maxi o 2x1 contra o adversário. São carradas de vezes que os dois tabelam entre si para ultrapassar adversários um de cada vez. Ainda agora com o Rio Ave fizeram isso várias vezes.

Pedro Manuel Anastácio disse...

Pedro

Disso não tenho duvidas, o Sálvio é um jogador que tem em si apenas 2 pensamentos à partida servir os companheiros ou marcar.....e pronto......o resto lá está nasce do impeto, da situação e do próprio improviso.....

Tenho na retina uma jogada de Gaitan com Sálvio tudo ao primeiro toque em que depois Gaitan mete a bola cruzadinha a régua e esquadro para um remate de moinho de Lima (foi frente ao Sporting à 2 épocas atrás salvo erro)...ora se Sálvio fosse assim tão burro não lhe tinha saido sequer o primeiro toque na bola...


Não há duvida que Sálvio é um jogador teimoso...selvagem...bruto na abordagem da jogada...aliás o próprio Hulk é e era assim...mas tb é uma verdade que precisa de ser dita é que não conheço nenhum lateral de todos os que ele já defrontou ao serviço do Benfica que tenha lhe conseguido levar a melhor durante todo o jogo....em norma Sálvio perde 3 ou 4 lances para o lateral mas ganha muitas mais vezes, a diferença depois está no apoio que o adevrsário dá ao seu lateral, que se for consistente, o Sálvio leva a melhor sobre o lateral mas perde para os centrais ou trinco, se não for um apoio consistente, Sálvio é um perigo para a baliza...

Como dizes e bem Sálvio vive dos apoios com MAxi e com os médios, e tem de ter uma referência no ataque, esta época as coisas não lhe estão a sair tão bem porque não tem uma referência na frente, Lima está muito afastado e o Talisca ainda não está muito entrosado com o funcionamento de equipa à "Europeia"